FOCONEWS - Jornal Online

Economia

Caixa pagou mais de R$ 10 bi a clientes que fizeram saque do FGTS
Data: 01/10/2019

Clientes do banco que não quiserem retirar o dinheiro têm até 30 de abril de 2020 para informar a decisão

A Caixa Econômica Federal já creditou mais de R$ 10 bilhões do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) para 24,3 milhões de clientes com poupança ou conta corrente no banco. Os pagamentos do saque imediato de até R$ 500 seguem um calendário. Quem nasceu em janeiro, fevereiro, março e abril recebeu primeiro, com a liberação no dia 13 de setembro. Em seguida, no dia 27, foi liberado o saque para os nascidos em maio, junho, julho e agosto. Em seguida, no dia 9 de outubro, recebem os nascidos em setembro, outubro, novembro e dezembro. Os clientes do banco que não quiserem retirar o dinheiro têm até 30 de abril de 2020 para informar a decisão em um dos canais divulgados pela Caixa: site, Internet Banking ou aplicativo no celular. Os trabalhadores que não são clientes da Caixa começam a receber no próximo dia 18, no caso dos nascidos em janeiro. Os nascidos em fevereiro terão o saque liberado no dia 25 de outubro. O terceiro grupo será dos nascidos em março, no dia 8 de novembro. Saque-Aniversário A MP (Medida Provisória) nº 889/2019 autorizou essa nova modalidade de retirada de recursos do FGTS, chamada de saque imediato, válida somente esta vez. A MP permite que todos os trabalhadores, com contas ativas ou inativas do FGTS, possam sacar até R$ 500 de cada uma delas, limitado ao valor do saldo. A outra modalidade de saque criada pela MP é o saque-aniversário, que permite o saque de percentual do saldo do FGTS uma vez por ano. Neste caso, o trabalhador deixará de fazer o saque do saldo do FGTS, em caso de rescisão de contrato de trabalho. Mas poderá sacar a multa rescisória. A partir de hoje, os trabalhadores já podem optar pelo saque-aniversário FGTS. A opção pode ser registrada no aplicativo do FGTS ou na página fgts.caixa.gov.br. O saque será liberado a partir do próximo ano, de acordo com calendário. O saque-anivesário não está vinculado ao saque imediato. O trabalhador pode sacar um ou outro, optar pelos dois ou por nenhum deles.

Link Notícia: https://noticias.r7.com/economia/caixa-pagou-mais-de-r-10-bi-a-clientes-que-fizeram-saque-do-fgts-01102019