FOCONEWS - Jornal Online

Notícias da Geral

20 DE NOVEMBRO DIA DA CONSCIÊNCIA NEGRA
Data: 19/11/2019

20 DE NOVEMBRO DIA DA CONSCIÊNCIA NEGRA

Link Notícia:

Brasil ganha do México de virada e é tetracampeão mundial sub-17
Data: 18/11/2019

No estádio Bezerrão, em Brasília, os mexicanos abriram o placar com González e os brasileiros viraram com Kaio Jorge e Lázaro, nos acréscimos

O Brasil é tetracampeão mundial sub-17. A seleção brasileira venceu o México de virada por 2 a 1, no estádio Bezerrão, em Brasília, na noite deste domingo (17). Os três gols foram no segundo tempo. Os mexicanos abriram o placar com González e os brasileiros viraram com Kaio Jorge e Lázaro. Pressão brasileira Os primeiros vinte minutos da partida praticamente só a seleção brasileira atacou. A equipe apresentou bom toque de bola e gerou algumas chances de gols, mas os garotos não tiveram calma para acertar nas finalizações. O atacante Veron foi um dos destaques. Aos 13 minutos, Yan cruzou da direita, Kaio Jorge não alcançou e a bola sobrou para o atacante do Palmeiras, que tocou por cima do gol do México. Kaio comemora primeiro gol do Brasil Kaio comemora primeiro gol do Brasil Ueslei Marcelino/Reuters - 17.11.2019 Três minutos depois, a trave salvou os mexicanos. Na área, Kaio Jorge rolou para tráss e Peglow acertou de primeira, mas ficou no travessão. Veron poderia ter aberto o placar mais uma vez aos 22 minutos. O atacante fez bonita jogada e chutou rasteiro. A bola passou pertinho do gol do goleiro Garcia. México equilibra A primeira oportunidade real de gol mexicana foi aos 26 minutos e foi de bola parada. Álvarez cobrou falta na entrada da área e passou raspando à trave de Donelli. O Brasil respondeu e novamente com o atacante Veron. Patrick cruzou para o camisa 7 bater de primeira. Mas saiu fraquinho e Garcia defendeu. No último munito do primeiro tempo, Gabriel Veron driblou um mexicano e chutou firme de pé esquerdo. A defesa desviou para escanteio. Na cobrança de escanteio, foi a vez de Kaio quase marcar, depois de um cabeceio por cima. Segundo tempo Os meninos brasileiros voltaram do intervalo com a mesma determinação da primeira etapa. Com domínio do meio-campo e toque de bola preciso chegavam fácil ao gol mexicano, mas continuaram a falhar nas finalizações. Aos 6 minutos, Peglow foi lançado na esquerda e cruzou para Kaio Jorge bater de primeira. A bola passou por cima do gol. Se não acertava chegar com a bola em movimento, Patrick tentou de fora da área. Garcia conseguiu espalmar para fora. Aos 16 minutos, Peglow dominou na área e chutou forte, pertinho da trave mexicana. Quem não faz... Os erros de finalização foram ainda mais sentidos aos 20 minutos. Na esquerda, Pizzuto cruzou, González subiu no meio da zaga, cabeceou no canto direito de Donelli e abriu o placar para o México. A seleção sentiu muito o gol sofrido e as jogadas ficaram precipitadas. O Brasil tentava pelo meio e erravam os passes. Aos 27 minutos, Veron tocou para Diego Rosa, que chutou de primeira, na entrada da área, à esquerda do gol do México. VAR em ação Aos 35 minutos, Lázaro recebeu na área e Guzman tirou. A sobra ficou para Daniel Cabral, que arriscou de fora da área e acertou o travessão. No rebote, Veron cabeceou por cima. O árbitro foi chamado para verificar um carrinho na área em Veron. O árbitro Andris Treimanis, da Letônia deu o pênalti. Kaio Jorge cobrou e empatou. Lázaro festeja gol do título Lázaro festeja gol do título Sergio Moraes/Reuters - 17.11.2019 Virada A virada brasileira veio de novo com Lázaro, que já tinha feito o gol na semifinal contra a França. Nos acréscimos, o jogador do Flamengo fez 2 a 1.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/futebol/brasil-ganha-do-mexico-de-virada-e-e-tetracampeao-mundial-sub-17-17112019

Flamengo vence o Grêmio em Porto Alegre e abre 13 pontos no Brasileiro
Data: 18/11/2019

Os cariocas venceram dos gaúchos por 1 a 0, com gol de Gabigol, sem oito titulares em campo. O artilheiro do campeonato foi expulso por reclamação

O Flamengo foi a Porto Alegre e venceu o Grêmio por 1 a 0, neste domingo (17), pela 33ª rodada do Brasileiro. Com o resultado, o Rubro-Negro abriu 13 pontos do vice-líder Palmeiras, com um jogo a mais. Gabigol foi o destaque do jogo, fez o único gol da partida no primeiro tempo. Já no segundo tempo, foi expulso por reclamação. Com o empate do Palmeiras contra o Bahia, o Flamengo pode ser campeão já na próxima rodada, mesmo sem entrar em campo. Basta que o Verdão não vença do Grêmio, no Allianz Parque, domingo. Com a derrota, o Tricolor se mantém na quarta colocação do campeonato e está com a vaga da Libertadores de 2020 praticamente garantida. O jogo O líder do Brasileirão entrou em campo sem oito titulares, o que não significou que o time se encolheu diante dos gremistas e dos quase 30 mil torcedores gaúchos. O Flamengo teve um pouco de dificuldade no setor defensivo, mas o Grêmio não aproveitou. Do meio para frente, Gabigol e Arrascaeta procuraram o jogo o tempo todo, tanto que a primeira chance real de gol foi rubro-negra. Aos 19 minutos, Michel perdeu a bola no ataque e o Flamengo aproveitou. Gabriel tabelou com Arrascaeta e chutou rasteiro dentro da área. Paulo Victor salvou. O Grêmio poderia ter aberto o placar em uma cobrança de falta de Alisson, mas Diego Alves fez boa defesa. Aos 33 minutos, Gabriel tentou um cruzamento na área e a bola bateu no braço de Léo Moura, quando ele estava caindo de carrinho. Raphael Klaus deu pênalti. O artilheiro do Brasileiro cobrou e fez. Já são 22 gols do camisa 9 no campeonato. Confusão Foi só o juiz apitar o fim do primeiro tempo, que os jogadores dos dois times discutiram. Os gremistas entenderam que o pênalti não existiu, porque a Fifa mudou a regra. Quando a bola bate no braço de apoio do atleta não pode ser considerado falta. Mas o VAR entrou em ação e o pênalti foi validado. Segundo tempo O Grêmio voltou do intervalo disposto a empatar a partida. Para isso, aumentou a posse de bola, mas foi o Flamengo que quase ampliou o placar. Pepê perdeu a bola e os cariocas desceram em velocidade. Gabriel recebeu na direita, cortou para o meio e chutou forte. Mas não fez. O treinador Renato Portaluppi fez duas substituições e colocou cinco atacantes em campo. A pressão aumentou, porém, o time só conseguiu escanteios. Foram nove no total. Aos 25 minutos, Léo Moura tocou para Pepê, que chutou por cima do gol. Foi a melhor oportunidade gremista. O Grêmio não aproveitou o jogador a mais e os flamenguistas em Porto Alegre gritaram "É campeão", na Arena do Grêmio. Gabigol expulso aos 29 minutos, o camisa 9 no Flamengo reclamou com o árbitro e levou amarelo. Após Klaus mostrar o cartão, Gabriel ironizou e bateu palmas. Ele levou o segundo amarelo e um vermelho. Próximos confrontos O Flamengo não joga no próximo fim de semana do Campeonato Brasileiro, porque vai disputar a final da Libertadores, contra o River Plate, no sábado (23), em Lima, no Peru. O Grêmio viaja para São Paulo, onde enfrenta o Palmeiras, no Allianz Parque, no domingo, às 16.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/futebol/flamengo-vence-o-gremio-em-porto-alegre-e-abre-13-pontos-no-brasileiro-17112019

Palmeiras empata por 1 a 1 com Bahia e vê Flamengo quase campeão
Data: 18/11/2019

Resultado praticamente coroa o rival Flamengo com o título do Campeonato Brasileiro. Os gols da partida foram marcados por Arthur Caíke e Borja

Palmeiras e Bahia empataram, por 1 a 1, neste domingo (17), na Arena Fonte Nova. Os gols da partida foram marcados por Arthur Caíke e Borja. O Verdão chegou a 68 pontos e manteve a segunda colocação, 13 pontos atrás do líder Flamengo. Já o Tricolor de Aço foi a 44 pontos e parou no nono lugar. O jogo começou equilibrado, com as duas equipes usando da velocidade pelos lados para chegar com perigo a meta adversária. Dudu e Diogo Barbosa eram muito acionados pelas pontas no lado alviverde. Pelo Bahia, Élber era a válvula de escape, sempre chegando com perigo nas costas dos laterais e procurando a presença de Gilberto na área. A primeira grande chance do jogo foi do Tricolor de Aço. Aos 14 minutos, Élber achou Gilberto entre os dois zagueiros do Palmeiras. O camisa 9 saiu de cara com Weverton, mas parou na boa defesa do goleiro do Verdão. A equipe do Bahia explorava bem as costas dos laterais palmeirenses e Élber, imparável, saiu frente à frente com Weverton que, mais uma vez, parou o ataque bahiano com uma ótima defesa. O time comandado por Roger Machado, melhor na primeira etapa, foi premiado com o gol apenas nos acréscimos. Após falta sofrida por Gilberto, Arthur Caíke foi para a cobrança e contou com a ajuda dos adversários, que abriram a barreira, para abrir o placar na Fonte Nova. Segunda etapa Na volta do intervalo, Mano Menezes promoveu duas mudanças no Palmeiras. Saíram Deyverson e Scarpa para as entradas de Borja e Lucas Lima. E as alterações deram certo. A equipe alviverde voltou melhor para o segundo tempo e passou a rondar a área do Bahia com perigo. Aos dois minutos, Borja recebeu a bola na área e finalizou com perigo no canto de Douglas. E foi o camisa 9, que entrou com sede de gol, que igualou o placar na Fonte Nova. Após boa jogada de Zé Rafael, Borja recebeu no bico da área e finalizou forte de perna esquerda. O goleiro Douglas até tentou esticar a perna, mas não conseguiu impedir o gol. O Palmeiras, que já dominava as ações do jogo no segundo tempo, chegava com ainda mais perigo após o gol. Aos 36 minutos, Dudu fez boa jogada na ponta direita e cruzou para o meio da área. A bola bateu em Borja e quase surpreendeu Douglas, que fez ótima intervenção e impediu a virada do Verdão. Aos 45 minutos, o Palmeiras teve a chance da virada. Lucas Lima puxou bem o contra ataque e tocou para Dudu. O camisa 7 trouxe da ponta para o meio e achou bem Willian, que, sozinho, desperdiçou a chance de ouro e chutou para fora. Já nos minutos finais da partida, após bate e rebate na área, a bola sobrou para Lucas Lima. O meio campista pegou firme de primeira e quase colocou a redonda no ângulo de Douglas, mas a bola passou raspando a trave. Com o resultado, o Palmeiras praticamente dá adeus as chances, já remotas, de título. São 13 pontos de diferença para o líder Flamengo. Caso a equipe comandada por Mano Menezes não vença o Grêmio, na próxima rodada, o rubro-negro se sagrará campeão mesmo sem entrar em campo. Próximos confrontos As duas equipes voltam à campo no próximo domingo (24), pela 34ª rodada do Campeonato Brasileiro. O Palmeiras recebe o Grêmio, no Allianz Parque, às 18h. Já o Bahia viaja a Goiânia para pegar o Goiás, no Serra Dourada, às 16h.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/palmeiras-empata-por-1-a-1-com-bahia-e-ve-flamengo-quase-campeao-17112019

Marcão do Povo ri de homem traído e vítima se mata horas depois
Data: 18/11/2019

Apresentador foi criticado nas redes sociais; SBT lamentou a morte do rapaz e reforçou que "o ímpeto suicida do falecido não foi decorrente da notícia"

apresentador do Primeiro Impacto, do SBT, exibiu uma reportagem no telejornal, na última terça-feira (12), sobre um homem que teria sido traído pela mulher e estava pendurado em fios de alta tensão, prestes a cometer suicídio. Na transmissão do vídeo, foi possível ver que o rapaz se desequilibrou e caiu no chão. Mas, instantes depois, ele se levantou e saiu andando normalmente. Após assistir à estas imagens, o jornalista riu da situação da vítima durante conversa com o repórter, Felipe Macedo, no link ao vivo. "Você já levou chifre alguma vez na sua vida, Macedo? Deixa na tela o chifrudo, isso, vai vendo o corno aí", declarou Marcão, enquanto tocava uma música ao fundo com o refrão: "Desça daí, seu corno, desça daí. Desça daí, seu corno desça daí. Desça daí chifrudo o que é que há". Horas depois de Marcão noticiar o caso no programa, o site 24h divulgou que o homem de fato se matou. Ele foi encontrado morto em casa. Nas redes sociais, o público criticou a atitude do apresentador. "Espero que essa seja a gota d'água e que demitam de vez esse tal de Marcão do Povo", comentou um internauta. "Se ele é do povo, só se for do povo sem noção, sem escrúpulos. Do povo de bem que ele não é", criticou mais um. Procurado pela reportagem, o SBT lamentou a morte do rapaz, ressaltou que os fatos não têm qualquer ligação e que o "o ímpeto suicida do falecido não foi decorrente da notícia". "O SBT manifesta seu pesar pelo falecimento ora informado. Cumpre observar que em momento algum houve identificação pessoal, sendo incabível a ligação entre os alegados acontecimentos. Ademais, o ímpeto suicida do falecido não foi decorrente da notícia, a qual retratou a primeira e fracassada tentativa de dar cabo da própria vida."

Link Notícia: https://entretenimento.r7.com/famosos-e-tv/marcao-do-povo-ri-de-homem-traido-e-vitima-se-mata-horas-depois-14112019

Anitta rouba a cena no tapete vermelho do Grammy Latino
Data: 18/11/2019

Cantora escolheu um look poderoso de saia metalizada e top amarelo; ela concorre ao prêmio na categoria Melhor Álbum de Música Urbana

Anitta atraiu todos os olhares e roubou a cena no tapete vermelho do Grammy Latino 2019, que acontece na noite desta quinta-feira (14) em Las Vegas, nos Estados Unidos. Para a cerimônia de premiação, a cantora escolheu um look poderoso: saia metalizada com fenda e um top amarelo com direito a laço e cauda. O look de Anitta é assinado pelo stylist libanês Georges Hobeika. Nas redes sociais, a cantora dividiu com os internautas os bastidores da preparação horas antes de chegar ao local do evento. Anitta concorre ao prêmio na categoria Melhor Álbum de Música Urbana com Kisses, álbum audiovisual que traz grandes sucessos como Onda Diferente e Poquito.

Link Notícia: https://entretenimento.r7.com/famosos-e-tv/anitta-rouba-a-cena-no-tapete-vermelho-do-grammy-latino-14112019

Saída de membros afeta negócios e popularidade de grupos de k-pop
Data: 18/11/2019

Em outubro, três cantores deixaram bandas e encerraram contratos. Entenda como isso pode afetar os membros e o que fãs podem fazer

Em outubro, fãs de k-pop passaram por três golpes seguidos com a saída de três integrantes de grupos diferentes. Hwall, do The Boyz, saiu da banda alegando motivos de saúde. O jovem já não havia participado do último álbum dos meninos, lançado em agosto. Menos de uma semana depois, Woojin, do Stray Kids, deixou o grupo alegando motivos pessoais. Ele não divulgou nenhuma carta na despedida, mas fãs disseram que ele deixou uma mensagem em um grupo exclusivo de admiradores dele em uma rede social coreana. O líder do grupo, Bang Chan, postou uma carta para os fãs pedindo desculpas por não ter conseguido manter o grupo com nove membros. Três dias depois, veio a notícia de que Wonho, do Monsta X, também havia deixado o grupo depois de uma polêmica o envolvendo. O membro foi acusado de dever dinheiro para um ator e boatos diziam que ele havia sido preso quando jovem. Em uma carta pesada, ele pede desculpas aos membros e fãs pelas polêmicas e pela saída. Nunca antes o k-pop passou por tantas saídas repentinas e tão perto umas das outras. Geralmente, os artistas deixam de renovar o contrato exclusivo com as empresas na época de renegociação e saem da companhia. Em outros, eles são expulsos caso não cumpram algum acordo pré-estabelecido. Fim do contrato exclusivo Nas três saídas, os membros encerraram o contrato exclusivo com as empresas e não fazem mais parte do quadro de artistas. No caso de Wonho, a página do cantor ainda aparecia no site japonês da Starship, empresa responsável pelo Monsta X, mas ela foi deletada duas semanas depois. Depois dos anúncios, fãs subiram tags no Twitter agradecendo pela contribuição de cada integrante para os grupos, mas os monbebes, fãs do Monsta X, seguem em uma luta diária com tags exigindo o retorno do membro, e asseguram que não vão desistir enquanto a empresa não reverter a decisão da saída de Wonho. Para o jornalista especialista em k-pop Jeff Benjamin, da Billboard, o momento de agora é uma fase de teste para saber se o movimento dos fãs pode ou não reverter a decisão das empresas. “Se isso acontecesse há dois anos atrás, não teria nenhuma esperança [de que os membros voltassem]”, diz. “A Coreia do Sul é a casa e é de onde essas companhias operam, mas fãs internacionais têm mais voz do que nós percebemos”. A movimentação dos fãs fora da Coreia já gerou algumas mudanças em decisões tomadas pelas empresas antes. No ano passado, quando HyunA e E’Dawn, agora conhecido por Dawn, anunciaram o relacionamento de anos, a CUBE, empresa que cuidava dos artistas, revelou que eles foram expulsos. Depois de protestos de fãs, principalmente fora da Coreia da Sul, eles mudaram a nota e disseram que estavam negociando com os dois artistas. Impactos nos negócios A saída de um membro pode afetar negativamente a imagem e a popularidade de um grupo. Enquanto fãs podem deixar de apoiar e acompanhar a banda caso seu membro preferido saia, empresas também podem deixar de fechar negócios com os membros restantes. “Fica um espaço vazio estranho. Grupos de k-pop são meio construídos, então você vai se tornar fã do grupo. Mas todo mundo tem seu membro preferido, ou bias, como ele é chamado”, explica Benjamin. “Isso definitivamente vai afetar o grupo e a popularidade, o que ele representa”. No k-pop, os grupos trabalham as apresentações e vídeos pensando em dar destaque para todos os integrantes. Nos shows, lugar em que este membro deveria estar pode ficar vazio ou deixar uma sensação de incompletude nos fãs. Nos negócios, patrocinadores podem deixar de trabalhar com algum grupo por causa de polêmicas, novas parcerias podem não ir para frente e marcas podem não querer a imagem vinculada a alguém por algum tempo. “É preciso lembrar que a Coreia é a base de operações, e se patrocinadores e pessoas na indústria não querem mais trabalhar com algum grupo por causa de uma saída, isso não é bom para os negócios. Por bem ou por mal, a indústria do k-pop é um negócio e eles precisam considerar um grande esquema de fatores”, diz Benjamin. Outras vezes, a saída tem um efeito diferente nos fãs, que podem ouvir ainda mais as músicas do grupo e impulsionar as vendas, como aconteceu com o Monsta X. No caso do Stray Kids, fãs se mobilizaram após a saída de Woojin para votarem em premiações sul-coreanas, garantindo a liderança do grupo. ‘Eles são pessoas’ Mesmo com as cartas dos membros e o posicionamento das empresas, fãs querem entender o que aconteceu para ocasionar a saída, as negociações entre cantores e companhia e conseguir respostas, ainda que isso seja improvável. “O kpop não permite que os artistas mostrem o que está acontecendo internamente. Eu acho que várias vezes é esperado que eles coloquem uma feição feliz, foquem no trabalho, continuem sendo muito profissionais e não falem sobre o que está acontecendo”, diz Benjamin. Mas, mesmo com esse cuidado e controle sobre como essas narrativas são contadas, fãs percebem mudanças nos grupos. “Nós conseguimos ver o que está acontecendo com os artistas. Obviamente eles são humanos, obviamente eles são pessoas, eles têm sentimentos”, conta Benjamin. O que os fãs podem fazer? Em todas as cartas, tanto membros como empresas pedem que os fãs continuem apoiando os grupos. E, para Benjamin, é exatamente isso que os fãs podem fazer. “É preciso lembrar que isso é um negócio. Se você quer que o seu grupo se sinta apoiado, literalmente, continue apoiando. Se você quer que eles continuem do jeito que eles são, assista os vídeos, compre os álbuns, mande mensagens e interaja pelas redes sociais”, analisa. Os fãs também podem manter a lembrança positiva dos membros que saíram, sem deixar que eles caiam no esquecimento ou que sua marca e legado sejam esquecidos. “Os fãs podem garantir que as boas lembranças sejam guardadas, as imagens fofas, os vídeos felizes…. garantir que a saída de um membro não foi em vão ou que isso necessariamente arruíne a vida desses artistas”, conclui.

Link Notícia: https://entretenimento.r7.com/musica/k-pop/saida-de-membros-afeta-negocios-e-popularidade-de-grupos-de-k-pop-14112019

Tribunal garante aposentadoria por invalidez a segurado com sequelas de AVC
Data: 18/11/2019

Tribunal Regional Federal da 4.ª Região (TRF-4/Porto Alegre) confirmou sentença que concedeu aposentadoria por invalidez a um morador de Passo Fundo (RS) de 68 anos que, após sofrer um Acidente Vascular Cerebral (AVC), ficou acamado e sem autonomia. A 5.

As informações foram divulgadas pelo TRF-4 - 5012534-76.2014.4.04.7104/TRF O segurado, representado pelo filho, ajuizou ação contra o INSS após ter o auxílio-doença cancelado pelo instituto sob o argumento de que a sua incapacidade laborativa seria decorrente de período anterior à adesão ao Regime Geral de Previdência Social (RGPS). Além do cancelamento, a autarquia passou a descontar 30% de pensão por morte que o autor recebia. Segundo o INSS, o desconto seria para ressarcir os valores pagos em auxílio-acidente desde a data do AVC, que ocorreu em 2006. Na ação, foi requerida a anulação da decisão administrativa e o restabelecimento do benefício. O filho alegou que apesar de o pai ter sofrido uma isquemia cerebral em 2004, enquanto trabalhava de forma autônoma e sem contribuição, ele apenas teria tido o acidente que o deixou incapaz após retomar sua capacidade de trabalho e voltar a contribuir para a Previdência. A 1.ª Vara Federal de Passo Fundo condenou o INSS ao pagamento do benefício por incapacidade e determinou a conversão do auxílio-doença do segurado em aposentadoria por invalidez, considerando permanentes os danos causados pelo AVC. O instituto recorreu ao tribunal pela reforma da sentença, reforçando que a doença do segurado seria pré-existente às contribuições. O relator da ação na Corte, desembargador federal Osni Cardoso Filho, manteve o entendimento de primeiro grau e afastou a tese de doença anterior ao ingresso no Regime Geral de Previdência Social. O magistrado observou que o autor preenche os requisitos para a concessão dos benefícios por incapacidade, ao ter cumprido o período de carência de 12 contribuições previdenciárias. Segundo Cardoso Filho, 'diante da prova da incapacidade total e permanente para o exercício de qualquer tipo de atividade, é cabível o restabelecimento do auxílio-doença e a conversão em aposentadoria por invalidez, sendo comprovadas a qualidade de segurado e a carência'. A reportagem pediu manifestação do INSS. O espaço está aberto. Copyright © Estadão. Todos os direitos reservados.

Link Notícia: https://noticias.r7.com/economia/tribunal-garante-aposentadoria-por-invalidez-a-segurado-com-sequelas-de-avc-17112019

Embraer anuncia seis novos pedidos no Dubai Airshow, que somam US$ 374 milhões
Data: 18/11/2019

A Embraer anunciou neste domingo, 17, no Dubai Airshow 2019, que recebeu seis pedidos firmes de jatos. Um dos acordos é com a Air Peace, maior companhia aérea da Nigéria e da África ocidental, para três jatos E195-E2. A aérea já havia encomendado 10 aviõe

Com o novo pedido, a Air Peace tem 13 encomendas dos jatos E195-E2, com 17 direitos de compra para o mesmo modelo. A previsão é de que a primeira entrega aconteça no segundo trimestre de 2020. Os jatos serão configurados para 124 assentos. A Air Peace opera mais de 20 rotas locais, regionais e internacionais, bem como seis jatos ERJ145 da Embraer por meio da subsidiária Air Peace Hopper desde o ano passado, em rotas curtas. A CIAF Leasing, por sua vez, possui três jatos E170, dois deles arrendados pela Jasmin Airways e um pela Air Cairo. Além disso, a companhia deve receber dois E195 em meados de novembro, de acordo com a Embraer. As três aeronaves, cujo pedido firme foi anunciado neste domingo, serão entregues no quarto trimestre do ano que vem. A fabricante não deu detalhes sobre a configuração interna dos modelos. Os pedidos da Air Peace estão avaliados em US$ 212,6 milhões, enquanto que os da CIAF chegam a US$ 164,1 milhões. Ambos serão adicionados à carteira de pedidos (backlog) da Embraer do quarto trimestre de 2019. Copyright © Estadão. Todos os direitos reservados.

Link Notícia: https://noticias.r7.com/economia/embraer-anuncia-seis-novos-pedidos-no-dubai-airshow-que-somam-us-374-milhoes-17112019

Black Friday: passagens aéreas devem ficar mais baratas neste ano
Data: 18/11/2019

De acordo com levantamento, em 2018, preços de passagens na semana da data caíram 18% em comparação com as semanas anterior e seguinte

A Black Friday, uma das principais datas do varejo internacional, pode ser uma boa oportunidade para aqueles que vão viajar em novembro e buscam preços mais acessíveis e atraentes. Um levantamento feito pela Kayak, maior ferramenta de planejamento de viagens do mundo, sugere que as passagens aéreas vão ficar mais baratas na semana da Black Friday, em comparação com as semanas anterior e seguintes à data. Isso porque, em 2018, as passagens para os 15 destinos mais visados pelo brasileiro ficaram, em média, 18% mais baratas na semana da Black Friday. São Paulo, que lidera o ranking de destinos mais buscados pelo brasileiro, teve queda de 3,6% nos preços das passagens na semana da Black Friday de 2018. Salvador (-17,7%), Orlando (-17,5%) e Maceio (-15,8%) tiveram as baixas mais expressivas. A pesquisa mostra também que, de 2017 a 2018, houve uma mudança relevante no comportamento das empresas aéreas. Há dois anos, somente três destinos tiveram queda de preços na semana da Black Friday: São Paulo (-50%), Fortaleza (-41%) e Orlando (-8,5%). Em 2018, foram 12 destinos, dos 15 mais procurados, a apresentarem preços mais atraentes na data. “O nosso levantamento foca em um período próximo à Black Friday, mas é importante pontuar que algumas companhias e agências de viagem antecipam suas promoções para o início de novembro. Por isso, os viajantes devem acompanhar os preços de passagens para avaliar se os valores da Black Friday realmente estão em conta”, afirma Eduardo Fleury, líder de operações do Kayak no Brasil. Dos 15 destinos mais procurados, 12 tiveram preços melhores na Black Friday de 2018 Dos 15 destinos mais procurados, 12 tiveram preços melhores na Black Friday de 2018 Divulgação/Kayak Em 2019, a expectativa é de que os preços novamente venham a cair. “O histórico dos últimos dois anos sugere que a Black Friday 2019 apresentará preços atraentes de passagens aéreas, já que de 2017 para 2018 o volume de destinos para os quais os preços das passagens baixaram na data cresceu significativamente”, afirma Fleury. Datas comemorativas e feriados Vale reforçar que as promoções de passagens não costumam contemplar as datas comemorativas e feriados do ano seguinte. De acordo com Fleury, quem pretende viajar no Ano Novo ou no Carnaval, especialmente para destinos estrangeiros, deve começar a pesquisar preços com pelo menos cinco meses de antecedência. O especialista explica que as promoções de passagens aéreas da Black Friday costumam abranger viagens de verão — majoritariamente entre janeiro e março. Isso porque viagens mais próximas a semana da Black Friday já estão com passagens compradas, pois os consumidores se planejam com antecedência, na maior parte das vezes. Além disso, Fleury comenta que as promoções para Natal, Ano Novo e feriados prolongados como Carnaval e Páscoa dificilmente são contempladas por preços mais atrativos, pois não é vantajoso para companhias e agências. “Datas como essas, tradicionalmente visadas pelos viajantes, têm uma demanda muito grande por passagens aéreas e, consequentemente, voos cheios, de modo que não é vantajoso para companhias e agência oferecê-las a preços promocionais”, disse. “De qualquer modo, é muito importante que consumidores atentem para a data da viagem e para o período de permanência no destino ao comprarem uma passagem promocional – pode ser que ela exija, por exemplo, que se passe 15 dias no destino, condição que nem sempre conseguimos atender. Caso o viajante tenha flexibilidade de datas, é possível encontrar ofertas melhores”, completa.

Link Notícia: https://noticias.r7.com/economia/economize/black-friday-passagens-aereas-devem-ficar-mais-baratas-neste-ano-17112019

Comissão de Direitos Humanos registra 23 mortos na Bolívia
Data: 18/11/2019

Confrontos entre apoiadores de Evo Morales e forças de segurança, na região de Cochabamba, tiveram também mais de 700 feridos

A Comissão Internacional de Direitos Humanos (CIDH), ligado à Organização dos Estados Americanos (OEA), atualizou o número de mortos e feridos na Bolívia. Segundo a entidade, são pelo menos 23 mortos e 715 pessoas feridas contabilizados desde o início da crise política no país. CIDH - Comisión Interamericana de Derechos Humanos ? @CIDH ???? CIDH actualiza las cifras de víctimas en #Bolivia: desde ayer son 9 fallecidos y 122 heridos desde la represión combinada de la policia y fuerzas armadas. Se totaliza por lo menos 23 personas muertas y 715 personas heridas desde el inicio de la crisis institucional y política. https://twitter.com/cidh/status/1195495940859281409 … CIDH - Comisión Interamericana de Derechos Humanos ? @CIDH Respondendo a @CIDH CIDH instaló Sala Situacional (SACROI) e identificó que apenas al día de hoy hubo por lo menos 22 personas heridas, 5 personas fallecidas atingidas por balas y3 periodistas agredidos en ejercicio de su profesión durante intensa represión a las protestas sociales en #Bolivia (5/6) Ver imagem no TwitterVer imagem no TwitterVer imagem no TwitterVer imagem no Twitter 2.278 21:13 - 16 de nov de 2019 Informações e privacidade no Twitter Ads 3.921 pessoas estão falando sobre isso Até sábado (16), eram 8 pessoas mortas e 122 feridos em confrontos entre apoiadores do ex-presidente Evo Morales e as forças de segurança nacional. Leia também: 'OEA também é responsável pelo golpe de Estado', diz Evo Morales Em sua conta no Twitter, a CIDH publicou um posicionamento sobre o uso da força pela polícia local e pelo exército contra a população. "A CIDH condena o uso excessivo de força por parte das forças de segurança nacional em Cochabamba. E lembra ao Estado a obrigação de assegurar o direito a vida e a integridade física de quem protesta pacificamente", publicou o perfil da entidade na rede social. Leia mais: Protestos bloqueiam estradas e povo faz fila por comida O ex-presidente Evo Morales, que estava no poder a quase 14 anos, renunciou ao cargo no dia 10 de novembro e está exilado no México. A instabilidade política no país começou após a OEA concluir que o resultado das eleições de 20 de outubro ter sido fraudado.

Link Notícia:

Em um ano, Amazônia perde entre 9 mil a 11 mil km de mata nativa
Data: 18/11/2019

Sistema de satélites que faz o monitoramento anual do desmatamento por corte raso indica maior número registrado desde 2008

Os dados de sistema de satélites que faz o monitoramento anual do desmatamento por corte raso na Amazônia Legal, o Prodes, a serem divulgados nesta segunda-feira (18), devem apontar que a região perdeu, entre agosto de 2018 e julho deste ano, entre 9 mil e 11 mil quilômetros quadrados de mata nativa, no maior número registrado desde 2008. Veja também: Desmatamento da Amazônia dobra em 2019, diz Inpe “Deve ficar entre 9 mil e 11 mil quilômetros quadrados. Essa é a projeção que se faz com base nos dados que o Deter revelou para esse mesmo período”, disse à Reuters o ex-diretor do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais, responsável por monitorar o desmatamento, Gilberto Câmara. O índice também é apontado por outras fontes ouvidas pela Reuters com conhecimento dos dados. Leia também: Estudo mostra queimadas em 1/3 das áreas de desmatamento ilegal O mesmo número é estimado também em um estudo publicado no periódico Global Challenge Biology, que analisou as causas e os números da crise das queimadas na Amazônia este ano. Usando a comparação entre os dados do Deter — sistema mensal de monitoramento de desmatamento usado pelo Inpe, mais impreciso, mas que gera alertas de onde há suspeita de ação de desmatadores — e a relação tradicional com os números anuais do Prodes, o estudo, liderado por pesquisadores da Universidade Federal de Lavras (MG) e da universidade britânica de Lancaster, apontou para um desmatamento de 10 mil quilômetros quadrados. veja também Amazônia tem mais de 4 mil pedidos para garimpos em terras indígenas Desmatamento na Amazônia seria o dobro do registrado pelo Inpe, aponta estudo de universidade americana Governo brasileiro licita primeiro projeto de mineração Se os dados apresentados nesta segunda-feira pelo Inpe confirmarem essas estimativas, o número do desmatamento será o maior desde o período 2007-2008, quando fechou em 12.911 quilômetros quadrados de área desmatada. De acordo com os dados disponíveis nas páginas do Inpe, o Deter levantou, no mesmo período usado pelo Prodes — 1º de agosto de 2018 a 31 de julho de 2019 — um desmatamento raso de 6.840 quilômetros quadrados. A estimativa leva em conta que os números do Prodes costumam ser, em média, 1,54 vezes o levantado pelo Deter. No período 2017-2018, o Deter havia levantado um desmatamento de 4.571 quilômetros quadrados, mas o número do Prodes finalizado chegou a 7.536 quilômetros quadrados, 64,8% maior. Nos dois períodos anteriores, a variação foi de 49,7% e 46,8%, sempre com o Prodes finalizando maior que os dados do Deter. A estimativa dos técnicos representaria um crescimento em torno de 30%, um índice menor do que o apontado recentemente nas comparações de crescimento do desmatamento em julho, agosto e setembro deste ano com 2018, mas ainda assim um salto maior do que os registrados nos últimos anos. Além disso, o Prodes ainda deixa de fora justamente os meses de agosto e setembro deste ano, pegando apenas julho dentre os meses em que o desmatamento realmente cresceu. Em julho, os dados do Deter apontaram para 2.254 quilômetros quadrados de área desmatada, um valor 278% maior do que em 2018. Em agosto, mais 1.701 quilômetros quadrados desmatados, 70% mais que no mesmo mês de 2018, e, em setembro, mesmo com a ação de uma operação de Garantia da Lei e da Ordem (GLO) para controle das queimadas, um crescimento de 96%. Até junho deste ano, quando o Deter detectou um início do crescimento da área desmatada, os números ainda estavam levemente abaixo de 2018. Neste mês, o crescimento foi de 25%. Questionado sobre essas estimativas, o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, afirmou que ainda não teve acesso aos dados fechados do Inpe e por isso não queria comentá-los, mas minimizou o crescimento projetado. “Se ficar entre 9 e 11 mil, é a curva da subida que vem acontecendo desde 2012”, disse. “Se chegasse naqueles números que a imprensa vinha falando, tinha que ficar em 14 mil.” Segundo Salles, o governo irá anunciar algumas medidas na segunda-feira junto com a apresentação dos números, mas na semana que vem, depois de chamar uma reunião com os governadores da região amazônica, novas ações devem ser programadas. O anúncio dos números, normalmente feito em Brasília, foi deslocado para São José dos Campos, onde fica a sede do Inpe. O aviso foi divulgado na noite de sexta-feira, feriado no país. Críticas A divulgação mensal dos dados do Deter, que apontaram um crescimento exponencial a partir de julho, abriram uma crise no governo que levou à demissão do então presidente do Inpe, Ricardo Galvão. Em entrevista a correspondentes estrangeiros, o presidente Jair Bolsonaro chegou a dizer que Galvão estava “a serviço de ONGs estrangeiras” e que os números estariam errados. O ministro do Meio Ambiente chegou a chamar uma entrevista no Palácio do Planalto para apontar falhas no trabalho do Inpe e disse que os números “não refletiam a realidade”, mas acabou por admitir que havia aumento. Copyright © Thomson Reuters.

Link Notícia: https://noticias.r7.com/brasil/em-um-ano-amazonia-perde-entre-9-mil-a-11-mil-km-de-mata-nativa-17112019

Novas pistas podem esclarecer definitivamente origem do óleo no Nordeste
Data: 18/11/2019

A partir das imagens de satélites localizadas, nos dias 19 e 24 de julho, rastreamos todos os navios-tanque que transportaram óleo cru nessas datas, pela costa leste e pela costa norte do Nordeste brasileiro. No total, 111 navios navegaram por ali com ess

Novas evidências podem esclarecer de uma vez por todas a origem do óleo no Litoral do Nordeste. Uma terceira imagem de satélite, encontrada na última sexta-feira, dia 15 de novembro, pelo Laboratório de Análise e Processamento de Imagens de Satélites (Lapis), foi crucial para se chegar ao navio suspeito de derramar óleo no Litoral do Nordeste. A imagem do Sentinel-1A, do dia 19 de julho de 2019, mostra mais uma mancha de óleo, de grande proporção, na costa leste do Nordeste brasileiro, a 26 km do Litoral da Paraíba. Satélite Sentinel-1A registra mancha de óleo próximo ao Litoral da Paraíba. Fonte: Lapis. O satélite capturou uma grande mancha de óleo no mar, com cerca de 25 km de extensão e 400 metros de largura. A mancha pode ser bem maior, pois parte dela talvez não tenha sido registrada pela faixa de cobertura do satélite. O Lapis já havia identificado, a partir de três satélites (Sentinel-1A, Aqua-Modis e NOAA-20 Viirs) uma grande mancha de óleo na costa norte do Nordeste, a 40 km de São Miguel do Gostoso (RN). Somente aquela imagem foi suficiente para o Laboratório concluir que os cinco navios gregos suspeitos, inclusive o Bouboulina, não cometeram o desastre ambiental no Nordeste brasileiro. Uma reportagem do Estadão, do último dia 13 de novembro, mostrou que a organização norte-americana Skytruth, especializada em análises do mar, questiona as imagens de satélites divulgadas pela Marinha e Polícia Federal. A análise daquela organização, que reúne empresas como Google e Oceana, confirma as hipóteses do Lapis. Na avaliação dos especialistas americanos, a imagem da Hex Tecnologia Geoespacial, que apoiou as autoridades brasileiras, não indica óleo, e o navio grego Bouboulina não originou o derramamento. Com o avanço nas investigações, a nova mancha, localizada pelo Lapis, desta vez, no Litoral da Paraíba, levou à identificação da provável embarcação que derramou óleo no Litoral do Nordeste. Satélite detecta mancha de óleo no Litoral norte do Nordeste, dia 24 de julho. Fonte: Lapis. Com base em dados de geointeligência marinha, cruzados com informações de satélites, o Lapis concluiu ter havido comportamento atípico, no percurso do navio, pela costa norte do Nordeste brasileiro, no período anterior a 28 de julho. A bandeira da embarcação suspeita não é grega. Todos os seus dados serão repassados, pelo Lapis, ao Senado Federal, no próximo dia 21 de novembro. Na ocasião, haverá uma audiência pública da Comissão Externa que acompanha as investigações sobre a poluição por óleo no Litoral do Nordeste. A partir das imagens de satélites localizadas, nos dias 19 e 24 de julho, rastreamos todos os navios-tanque que transportaram óleo cru nessas datas, pela costa leste e pela costa norte do Nordeste brasileiro. No total, 111 navios navegaram por ali com esse tipo de carga. De todas as embarcações analisadas, concluiu-se que apenas uma delas apresentou evidências de que algum incidente pode ter ocorrido durante seu trajeto, podendo ser a provável fonte do óleo que polui o Litoral brasileiro.

Link Notícia: https://www.tnh1.com.br/noticia/nid/novas-pistas-podem-esclarecer-definitivamente-origem-do-oleo-no-nordeste/

Novas pistas podem esclarecer definitivamente origem do óleo no Nordeste
Data: 18/11/2019

A partir das imagens de satélites localizadas, nos dias 19 e 24 de julho, rastreamos todos os navios-tanque que transportaram óleo cru nessas datas, pela costa leste e pela costa norte do Nordeste brasileiro. No total, 111 navios navegaram por ali com ess

Novas evidências podem esclarecer de uma vez por todas a origem do óleo no Litoral do Nordeste. Uma terceira imagem de satélite, encontrada na última sexta-feira, dia 15 de novembro, pelo Laboratório de Análise e Processamento de Imagens de Satélites (Lapis), foi crucial para se chegar ao navio suspeito de derramar óleo no Litoral do Nordeste. A imagem do Sentinel-1A, do dia 19 de julho de 2019, mostra mais uma mancha de óleo, de grande proporção, na costa leste do Nordeste brasileiro, a 26 km do Litoral da Paraíba. Satélite Sentinel-1A registra mancha de óleo próximo ao Litoral da Paraíba. Fonte: Lapis. O satélite capturou uma grande mancha de óleo no mar, com cerca de 25 km de extensão e 400 metros de largura. A mancha pode ser bem maior, pois parte dela talvez não tenha sido registrada pela faixa de cobertura do satélite. O Lapis já havia identificado, a partir de três satélites (Sentinel-1A, Aqua-Modis e NOAA-20 Viirs) uma grande mancha de óleo na costa norte do Nordeste, a 40 km de São Miguel do Gostoso (RN). Somente aquela imagem foi suficiente para o Laboratório concluir que os cinco navios gregos suspeitos, inclusive o Bouboulina, não cometeram o desastre ambiental no Nordeste brasileiro. Uma reportagem do Estadão, do último dia 13 de novembro, mostrou que a organização norte-americana Skytruth, especializada em análises do mar, questiona as imagens de satélites divulgadas pela Marinha e Polícia Federal. A análise daquela organização, que reúne empresas como Google e Oceana, confirma as hipóteses do Lapis. Na avaliação dos especialistas americanos, a imagem da Hex Tecnologia Geoespacial, que apoiou as autoridades brasileiras, não indica óleo, e o navio grego Bouboulina não originou o derramamento. Com o avanço nas investigações, a nova mancha, localizada pelo Lapis, desta vez, no Litoral da Paraíba, levou à identificação da provável embarcação que derramou óleo no Litoral do Nordeste. Satélite detecta mancha de óleo no Litoral norte do Nordeste, dia 24 de julho. Fonte: Lapis. Com base em dados de geointeligência marinha, cruzados com informações de satélites, o Lapis concluiu ter havido comportamento atípico, no percurso do navio, pela costa norte do Nordeste brasileiro, no período anterior a 28 de julho. A bandeira da embarcação suspeita não é grega. Todos os seus dados serão repassados, pelo Lapis, ao Senado Federal, no próximo dia 21 de novembro. Na ocasião, haverá uma audiência pública da Comissão Externa que acompanha as investigações sobre a poluição por óleo no Litoral do Nordeste. A partir das imagens de satélites localizadas, nos dias 19 e 24 de julho, rastreamos todos os navios-tanque que transportaram óleo cru nessas datas, pela costa leste e pela costa norte do Nordeste brasileiro. No total, 111 navios navegaram por ali com esse tipo de carga. De todas as embarcações analisadas, concluiu-se que apenas uma delas apresentou evidências de que algum incidente pode ter ocorrido durante seu trajeto, podendo ser a provável fonte do óleo que polui o Litoral brasileiro.

Link Notícia: https://www.tnh1.com.br/noticia/nid/novas-pistas-podem-esclarecer-definitivamente-origem-do-oleo-no-nordeste/

Brasil é exemplar na acolhida de criança imigrante, diz Unicef
Data: 18/11/2019

Desde 2017, mais de 200 mil pessoas já entraram no Brasil fugindo da crise na Venezuela. Quase 10 mil desse total são crianças e adolescentes

O Brasil registrou uma série de avanços nos direitos de crianças e adolescentes e o resultado de políticas protetivas, de incentivo à educação e de promoção da saúde nessa faixa etária se reflete também nas populações imigrantes acolhidas no país. A avaliação é da representante do Unicef (Fundo das Nações Unidas para a Infância) no país, Florence Bauer. Desde 2017, mais de 200 mil pessoas já entraram no Brasil fugindo da crise econômica, política e social na Venezuela. Leia também: Venezuelanos que fugiram da crise fazem sucesso no YouTube retratando tipo de vida que levam no Brasil Desse total, segundo o Unicef, quase 10 mil são crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade. O número é uma projeção, já que não há dados oficiais, e engloba o período entre 2015 e 2019. “O Brasil teve um papel muito importante desde o início [da crise venezuelana]. O Brasil investiu recursos na Operação Acolhida e obteve uma resposta muito positiva. A liderança do governo do Brasil nesse tipo de situação é exemplar", afirmou Florence. Leia mais: Total de refugiados pelo mundo chega a 70,8 milhões, diz Acnur O Brasil, segundo ela, tem um papel acolhedor e provê todos os serviços básicos que as crianças precisam. "Mas, ainda assim, há desafios para a integração dessa população e esse é o trabalho que o Unicef planeja desenvolver a partir de agora". Desafios para o futuro Apesar de o bom desempenho do país, o órgão das Nações Unidas indica diversos avanços possíveis na área. Dados do relatório que marca os 30 anos da Convenção Sobre os Direitos da Criança, divulgado esta semana e do qual o Brasil é signatário, indicam que cerca de 27 milhões de crianças ainda sofrem privação de pelo menos um dos direitos básicos fundamentais.

Link Notícia: https://noticias.r7.com/brasil/brasil-e-exemplar-na-acolhida-de-crianca-imigrante-diz-unicef-17112019

Escola de samba Vai-Vai abre Virada da Consciência Negra em São Paulo
Data: 18/11/2019

Cidade de São Paulo terá uma série de eventos gratuitos, entre ações literárias, esportivas, artísticas, musicais e gastronômicas, até quarta (20)

A escola de samba Vai-Vai abre neste domingo (17) a Segunda Virada da Consciência, uma série de eventos gratuitos, que ocorrem até o próximo dia 20, para celebrar o dia da Consciência Negra. Organizada pela Faculdade Zumbi dos Palmares, a Virada conta com cerca de 400 atividades e mais de 100 parceiros. Leia também: Instagram lança novo sticker para o Dia da Consciência Negra A abertura será realizada na quadra de samba da Vai-Vai, na Bela Vista, nas proximidades da Praça 14 Bis. A partir de segunda-feira (18), estão previstas atividades entre ações literárias, esportivas, artísticas, musicais e gastronômicas. Leia também: Twitter lança emoji criado para o mês da Consciência Negra Na segunda, haverá o debate Construção e Continuidade das Políticas Públicas de Promoção da Igualdade Racial no Brasil, a partir das 11h na Faculdade Zumbi dos Palmares. veja também Pretos e pardos são mais pobres e sofrem mais com violência, diz IBGE Pela primeira vez, negros são maioria no ensino superior público Negros ganham 42,5% menos e ocupam 30% dos cargos de chefia No mesmo local, ocorre a FlinkSampa – Festa do Conhecimento, Literatura e Cultura Negra, com lançamentos e vendas de livros, quadrinhos e mangás, produtos de afro-empreendedores, além de atividades culturais para professores e estudantes. Na terça-feira (19) ocorre a Jornada da Diversidade, no Hotel Maksoud Plaza, evento em que grandes empresas brasileiras apresentam suas ações em torno do compromisso com a promoção da igualdade. No dia 20, no Museu do Futebol, será a vez da oficina Bonecas Abayomi - feitas como amuletos a partir de retalhos das roupas de mulheres escravas para seus filhos durante o trajeto de navio entre a África e o Brasil. No mesmo dia, no Sesc Guarulhos, será realizada a oficina para introdução às técnicas e estilos do graffiti, abordando construção de letras, sombra,luz e volume.

Link Notícia: https://noticias.r7.com/brasil/escola-de-samba-vai-vai-abre-virada-da-consciencia-negra-em-sao-paulo-17112019

Reforma administrativa pode demorar um pouco, diz Bolsonaro
Data: 18/11/2019

Proposta deve alterar regras do funcionalismo público. Entre elas, estabilidade, extinção de cargos e redução de salários de novos concursados

O presidente da República, Jair Bolsonaro, disse neste domingo (17) que a reforma administrativa – prometida pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, para esta semana – pode demorar um pouco. "Vai aparecer aí, mas vai demorar um pouco", comentou Bolsonaro, ao chegar ao Palácio da Alvorada, no começo da tarde. Bolsonaro disse, na semana passada, que o texto devia ser enviado com a "menor quantidade possível de arestas". Leia também: Elite do funcionalismo atua para barrar reforma administrativa A proposta deve alterar regras sobre a estabilidade de novos servidores públicos. Com a reforma, governo pretende extinguir cargos e reduzir salários de novos concursados, entre outras mudanças. "A política tem de estar casada. Não sou dono de uma empresa. Estou no comando de um país, que tem que ver a questão social, na economia, tem que ver um montão de coisa", disse o presidente naquela data. Relatórios financeiros Questionado sobre a decisão do presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), Dias Toffoli, em manter o pedido de acesso aos relatórios financeiros de cerca de 600 mil pessoas produzidos nos últimos três anos pelo antigo Coaf, Bolsonaro desconversou. "Sou o presidente do Executivo", respondeu. Bolsonaro disse ainda que não deve acompanhar a final do Mundial Sub-17, entre Brasil e México, em partida marcada para as 19 horas no Estádio Bezerrão, no Gama (DF).

Link Notícia: https://noticias.r7.com/brasil/reforma-administrativa-pode-demorar-um-pouco-diz-bolsonaro-17112019

Aras vê com 'tranquilidade' decisão de Toffoli sobre dados sigilosos
Data: 18/11/2019

Presidente do Superior Tribunal Federal negou o pedido do procurador-geral de revogar decisão sobre dados sigilosos

O procurador-geral da República, Augusto Aras, afirmou que recebeu com "tranquilidade" a decisão do presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, que negou o seu pedido de revogação da decisão sobre acesso a dados sigilosos e ampliou a solicitação de acesso aos relatórios financeiros de cerca de 600 mil pessoas produzidos nos últimos três anos pelo Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) - rebatizado Unidade de Inteligência Financeira (UIF). Além de rejeitar a solicitação de Aras, o presidente da Corte intimou a Procuradoria-Geral da República (PGR) a informar "voluntariamente" ao Supremo, levando em conta "o diálogo institucional proposto no pedido de reconsideração", quem teve acesso aos dados encaminhados pelo antigo Coaf e quais relatórios foram encaminhados dentro do órgão. O sistema restrito - a que Toffoli ainda não teria acessado, segundo sua assessoria - permite rastrear quais servidores estão online e quais as informações que eles estão analisando. Em nota, a Procuradoria-Geral da República afirma que Aras "recebeu com tranquilidade" o pedido do presidente do Supremo e que atua com "transparência". "A instituição atua de forma transparente na busca de quaisquer indícios que possam servir de prova nos procedimentos investigativos em curso. Ressalta que esse rigor é aplicado na relação com as instituições que atuam na área de inteligência. Destaca ainda o fato de, na decisão, ter o ministro garantido que o STF não realizou o cadastro necessário ou teve acesso aos relatórios de inteligência, ratificando o que já havia lançado em nota pública. O procurador lembra que esta cautela é necessária para resguardar direitos individuais fundamentais e que são objeto de tutela do Ministério Público e de recomendações de organismos internacionais", diz o texto. Ontem (15) Toffoli intimou Aras a responder até segunda-feira (18) quais membros do Ministério Público Federal, com os respectivos cargos e funções, são cadastrados no sistema; quantos relatórios de informações financeiras (RIFs) foram encaminhados "espontaneamente" pelo antigo Coaf ao MPF; e quantos relatórios o Ministério Público Federal recebeu "em razão de sua própria solicitação". A decisão de Toffoli aumentou o desconforto dentro da Procuradoria-Geral da República com a atuação de Toffoli no caso. Em petição encaminhada à Corte na sexta-feira, Aras considerou o pedido do presidente do Supremo uma "medida desproporcional", que colocava "em risco a integridade do sistema de inteligência financeira" do País. O procurador-geral classificou a solicitação de Toffoli como "demasiadamente interventiva". Nas redes sociais, outros membros do MPF e a classe política se manifestaram contrários a decisão do presidente da Corte. O procurador da República Vladimir Aras, primo do procurador-geral, afirmou que Toffoli "precisa ser contido pelo próprio tribunal". Outro membro do MPF, o procurador Wesley Miranda Alves questionou: "Onde isso vai parar?". Deputados e senadores também mostraram insatisfação com a posição do ministro. A deputada Professora Dayane Pimentel (PSL-BA) classificou a decisão de Toffoli como "uma ameaça"'. Copyright © Estadão. Todos os direitos reservados.

Link Notícia: https://noticias.r7.com/brasil/aras-ve-com-tranquilidade-decisao-de-toffoli-sobre-dados-sigilosos-16112019

Elite do funcionalismo atua para barrar reforma administrativa
Data: 18/11/2019

Apresentação do texto no Congresso já foi barrada três vezes. Proposta prevê quebra da estabilidade para novos servidores e redução de salários iniciais

A elite do funcionalismo tem atuado para barrar a proposta de reforma administrativa em gestação no governo federal. A apresentação do texto ao Congresso – que deve prever a quebra da estabilidade para novos servidores e a redução dos salários iniciais – já foi adiada três vezes nas últimas duas semanas. Também há pressão contra as duas PECs em tramitação no Parlamento que propõem redução da jornada, com corte proporcional de salário, e o congelamento das progressões de carreira. Leia também: Servidor público federal ganha, em média, o dobro da iniciativa privada Essa elite é hoje constituída por integrantes das carreiras de Estado que reúnem mais de 200 mil servidores da União, Estados e municípios. Entre outras categorias, estão delegados da Polícia Federal, advogados públicos federais, auditores da Receita e funcionários do Banco Central e do Ministério Público. Representantes dessas categorias se encontraram nesta semana com o secretário de Gestão de Pessoas do Ministério da Economia, Wagner Lenhart - um dos articuladores da reforma administrativa no governo federal - , para expor seus argumentos. Leia também: Reforma da Previdência faz servidor público correr para se aposentar Lenhart teria reconhecido que não há consenso ainda em torno da proposta, segundo relato de sindicalistas. Eles também já conversaram com o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), para tentar obter seu apoio. Até 2022, fim do governo Jair Bolsonaro, cerca de 26% dos funcionários públicos vão se aposentar. Esse quadro é considerado uma janela de oportunidade para emplacar o que está sendo considerado como uma reconfiguração do RH do Estado. O tema mais sensível é o fim da estabilidade. Os servidores argumentam que a quebra de estabilidade, com a possibilidade de contratação por meio da CLT (Consolidação das Leis Trabalhistas) nos primeiros dez anos, poderia abrir caminho para perseguição política de funcionários que "incomodarem" o governo de plantão. Leia também: Reajustes para servidores públicos podem ter restrições Hoje, umas das formas de demissão no serviço público se dá no chamado estágio probatório, nos três primeiros anos da contratação. Para a equipe econômica, porém, as avaliações nesse período precisam ser reformuladas para filtrar apenas os "bons" servidores. Nos últimos quatro anos, apenas 0,3% dos servidores que ingressaram foram exonerados. A mudança na estabilidade é uma das medidas que deverá constar na PEC (Proposta de Emenda à Constituição) da reforma administrativa, cuja divulgação está agora prevista para a próxima terça-feira (19). Em nota, o Ministério da Economia afirmou que a reforma administrativa será encaminhada "no momento oportuno". "As mudanças estruturais, tal como foi a nova Previdência, são sempre construídas com muito diálogo, que é exatamente o que está se buscando nesta fase final da elaboração da proposta", diz comunicado. A ideia é fazer uma reestruturação do plano de carreiras do funcionalismo. Diagnóstico feito pelo Ministério da Economia identificou mais de 300 carreiras. A equipe econômica pretende reduzir a quantidade para 20 a 30, mas isso será feito numa segunda etapa. Pela proposta da equipe econômica, a estabilidade seria garantida para os servidores das carreiras de Estado. Os demais seriam contratados pela CLT. Mas a definição das carreiras deverá ser discutida em regulamentação da PEC, segundo sinalizaram integrantes do governo para os sindicalistas. "Nós estamos muito preocupados com a estabilidade. Ela não é da pessoa, é do cargo. Esse negócio de dizer que estabilidade é só para os novos não faz sentido na nossa lógica", afirma o presidente do Fórum Nacional Permanente das Carreiras Típicas de Estado (Fonacate), Rudinei Marques. Para ele, se esses novos critérios já estivessem valendo, servidores do Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais), da Funai (Fundação Nacional do Índio), do Icmbio (Instituto Chico Mendes), da Receita e do Ibama que entraram em choque com políticas determinadas pelo presidente Jair Bolsonaro teriam sido demitidos. Para o presidente da Unafisco (Associação Nacional dos Auditores Fiscais), Mauro Silva, as "distorções" podem ser corrigidas de outras formas, sem a necessidade de retirar a estabilidade. Um dos caminhos, segundo ele, é maior rigor nas avaliações. "A demissão já é permitida pela lei, mas a contratação por CLT vai fomentar casos de demissão por abuso de poder e sem processo administrativo." Salários Outra proposta da reforma é limitar o salário de entrada dos servidores públicos, mas a definição do valor não vai estar na PEC. Raio X do serviço público feita pelo Banco Mundial neste ano apontou que 44% dos servidores começam ganhando acima de R$ 10 mil, 22% entram com remuneração superior a R$ 15 mil e 11% têm contracheque maior de R$ 20 mil. Um técnico-administrativo de universidade entra ganhando R$ 4,8 mil por mês, enquanto um professor de ensino superior ganha R$ 10,3 mil mensais. Carreiras policiais têm salário inicial de R$ 11,1 mil. Áreas de fiscalização e controle, como as da Receita, de R$ 17,6 mil. Carreiras jurídicas estão no topo, com salário inicial de R$ 24,1 mil. Cálculos do Banco Mundial apontam que a redução do salário inicial a R$ 5 mil e mudanças na progressão de carreira (para tornar mais longo o caminho até o topo) poderiam render economia de R$ 104 bilhões aos cofres públicos até 2030. Para facilitar a tramitação no Congresso, o governo abriu conversas com representantes dos servidores. O único ponto em que existe por ora consenso é sobre a mudança na forma de avaliação dos servidores. "Os gestores muitas vezes se negam a fazer uma avaliação real para não comprar briga e avaliam com nota máxima", reconhece Marques. Copyright © Estadão. Todos os direitos reservados.

Link Notícia: https://noticias.r7.com/brasil/elite-do-funcionalismo-atua-para-barrar-reforma-administrativa-15112019

Arábia Saudita deve investir até    US$ 10 bi em projetos no Brasil
Data: 29/10/2019

O anúncio deverá ser feito nesta terça-feira (29), durante visita feita ao país pelo presidente Jair Bolsonaro.

O governo da Arábia Saudita deve investir até US$ 10 bilhões em projetos no Brasil, cerca de R$ 40 bilhões. O anúncio deverá ser feito nesta terça-feira (29), durante visita do presidente Jair Bolsonaro ao país. Em reunião com o príncipe herdeiro da Arábia Saudita, Mohammed bin Salman, Bolsonaro discutiu oportunidades de fortalecimento de investimentos. PUBLICIDADE O fundo pertencente ao governo saudita será o responsável pelos investimentos no Brasil. Já o governo brasileiro se comprometeu a trabalhar em conjunto com o fundo na facilitação da iniciativas, incluindo informações sobre legislação. A expectativa era que Bolsonaro apresentasse aos líderes árabes o Programa de Parcerias de Investimentos (PPI), que tem 18 projetos de concessões e privatizações e poderá ser um guia de oportunidades de investimento. A passagem pela Arábia Saudita é o último trecho da viagem de Bolsonaro pela Ásia. Antes ele esteve no Japão, China, Emirados Árabes e Catar. PublicidadeFechar anúncio A presença de Bolsonaro em Riade, capital da Arábia Saudita, é uma oportunidade para o Brasil fortalecer a relação com o país, um de seus principais importadores de carne. Para especialistas, a viagem é também uma chance de o presidente reduzir a desconfiança deixada no início do ano, quando Bolsonaro defendeu a ideia de mudar a embaixada brasileira em Israel para Jerusalém, o que gerou críticas por parte dos países árabes. Leia mais: Bolsonaro chega à Arábia Saudita e janta com príncipe polêmico Emirados Árabes Mais cedo nesta terça, Bolsonaro informou pelo Twitter que o fundo bilionário dos Emirados Árabes também elevará investimentos no Brasil. “Intenção é investir em portos, estradas, mineração, imóveis e entretenimento”, escreveu.

Link Notícia: https://noticias.r7.com/brasil/arabia-saudita-deve-investir-ate-us-10-bi-em-projetos-no-brasil-29102019

JENNIFER ANISTON E REESE WITHERSPOON LANÇAM SÉRIE 19 ANOS APÓS ‘FRIENDS’
Data: 29/10/2019

As atrizes Jennifer Aniston e Reese Witherspoon finalmente reapareceram em um trabalho juntas. Elas lançaram, na última segunda-feira (28), a série ‘The Morning Show’.

As atrizes Jennifer Aniston e Reese Witherspoon finalmente reapareceram em um trabalho juntas. Elas lançaram, na última segunda-feira (28), a série ‘The Morning Show’. leia mais Anahí anuncia gravidez e divide web: 'nunca mais ela volta a … Há um projeto de 'Friends' em andamento, afirma Jennifer Aniston Há 19 anos, as duas viveram as irmãs Rachel e Jill Green na série ‘Friends’. Na época, arrancaram boas risadas do público em cenas clássicas. Desta vez, Jennifer e Reese vão contar os bastidores de um programa de TV e da vida dos profissionais. ‘The Morning Show’ estreia no início de novembro e tem ainda Steve Carell e Mark Duplass no elenco.

Link Notícia: http://www.virgula.com.br/tvecinema/jennifer-aniston-e-reese-witherspoon-lancam-serie-19-anos-apos-friends/

Artista que teve obra riscada por Carlinhos Maia desabafa: 'Descaso'
Data: 29/10/2019

Lau Rocha disse que atitude do humorista a "expôs de maneira absolutamente constrangedora"; ela vai tomar providências legais

Lau Rocha, autora da obra de arte riscada por Carlinhos Maia no quarto de um hotel, se manifestou sobre o ocorrido. A artista desabafou ao contar como ficou sabendo da história, que chamou de "vandalização" após a repercussão negativa nesta segunda-feira (28). "Com tristeza e indignação, recebi a notícia de que uma das minhas obras foi vandalizada e exposta em uma rede social, por pessoa que aparenta ter influência na juventude deste país. Foi um choque ver o descaso da pessoa em questão pelo meu sentimento expressado na obra, que é o patrimônio moral do artista." PUBLICIDADE Lau também declarou que "não autorizou a vandalização" do quadro e repudiou a atitude de Carlinhos: "Feriu minha alma e me expôs de maneira absolutamente constrangedora". PublicidadeFechar anúncio A artista afirmou que está tomando as providências legais para reparação do dano e agradeceu os internautas pelas mensagens de apoio. Leia o texto dela na íntegra

Link Notícia: https://entretenimento.r7.com/famosos-e-tv/artista-que-teve-obra-riscada-por-carlinhos-maia-desabafa-descaso-28102019

Anitta conhece novo irmão e pai mostra encontro nas redes sociais
Data: 29/10/2019

Família se reuniu nesta segunda-feira (28) e Mauro Machado comemorou: 'Com meus filhos e neta. Muitas emoções rolando. Muita felicidade implícita"

Anitta finalmente conheceu o irmão mais velho, Felipe Terra. O encontro aconteceu nesta segunda-feira (28) e foi registrado por Mauro Machado, o "Painitto", nas redes sociais. — Enfim rolou um encontro maravilhoso, meu com meus filhos e neta. Muitas emoções rolando. Muita felicidade implícita. Na semana passada, Anitta contou para os fãs que o pai dela tinha feito um exame de DNA que comprovou que Felipe Terra, agora o herdeiro mais velho da família, era filho dele — além da cantora, Mauro é pai de Renan Machado. Anitta comemorou muito a notícia, na ocasião, e declarou que estava muito feliz por ter uma sobrinha "que era a cara dela".

Link Notícia: https://entretenimento.r7.com/famosos-e-tv/anitta-conhece-novo-irmao-e-pai-mostra-encontro-nas-redes-sociais-28102019

Barcelona prepara barca e quer negociar quatro jogadores
Data: 29/10/2019

Segundo o jornal espanhol 'Marca', a diretoria do clube catalão quer negociar Arturo Vidal, Ivan Rakitic, Samuel Umtiti e Philippe Coutinho já na janela do meio de temporada

O Barcelona cogita vender quatro jogadores para equilibrar as contas e renovar o elenco. Segundo o jornal espanhol 'Marca', a diretoria do clube catalão quer negociar Vidal, Rakitic, Umtiti e Philippe Coutinho já na janela do meio de temporada. COUTINHO Ainda de acordo com a publicação, a ideia do Barcelona é arrecadar 124 milhões de euros (R$ 551 milhões) com os jogadores. Coutinho já está emprestado ao Bayern de Munique, com opção de compra no fim do vínculo, que é de uma temporada. Para ficar com o brasileiro, o Bayern vai ter que pagar 120 milhões de euros (R$ 533 milhões). VIDAL E RAKITIC Com as chegadas de Frenkie De Jong e Arthur, Vidal e Rakitic perderam espaço. O chileno já disse que está triste com a reserva e é especulado na Internazionale, do treinador Antonio Conte. Vidal foi treinado pelo italiano na Juventus, onde viveu melhor momento de sua carreira. Rakitic ainda não teve seu contrato renovado e é especulado na Internazionale, Juventus e Manchester United. UMTITI Umtiti passou por problemas físicos e uma grave lesão no joelho esquerdo. Desde 24 de novembro o francês não entra em campo. O Arsenal é um dos interessados.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/lance/futebol/barcelona-prepara-barca-e-quer-negociar-quatro-jogadores-28102019

Qual é o melhor Flamengo: de Zico em 1981 ou de Jorge Jesus em 2019?
Data: 29/10/2019

Jornalistas e torcedores ilustres do clube rubro-negro falam se jogadores do time atual entrariam no esquadrão campeão sul-americano e mundial

A escalação Raul; Leandro, Marinho, Mozer e Júnior; Andrade, Adílio e Zico; Tita, Nunes e Lico foi uma fábula tão especial na natureza do Flamengo que o termo "Flamengo de 81", costumeiramente utilizado para se referir ao maior time da história do clube, tornou-se algo quase que messiânico. Mesmo. Até porque os onze, juntos, só entraram em campo em quatro oportunidades: três vezes em 81 e uma em 82. Três vitórias (5 a 1 no Volta Redonda em novembro de 81, 3 a 0 no Liverpool em dezembro, 3 a 2 no São Paulo em fevereiro de 82) e uma derrota (para o Vasco, de Roberto Dinamite, em novembro de 81). Veja mais: Bruno rejeitado de novo. O Brasil não esquece assassinato de Eliza PUBLICIDADE veja também Goleiro Bruno alega quebra de acordo e rescinde com time de MG Flamengo está interessado em Ibrahimovic, segundo jornal italiano O cansaço pode atrapalhar o Flamengo nesta reta final de 2019? Trio do Flamengo tem mais gols que 16 clubes na Série A do Brasileirão Sem seu escudo, Neymar, Tite sente a pressão por Jorge Jesus Trinta e oito anos depois, uma outra escalação de almanaque já entrou definitivamente no imaginário rubro-negro. Afinal de contas, Diego Alves; Rafinha, Rodrigo Caio, Pablo Marí, Filipe Luís; William Arão; Gerson, Everton Ribeiro, Arrascaeta; Bruno Henrique e Gabigol terão a missão de, no próximo dia 23 de novembro, levar para a sala de troféus da Gávea a segunda Libertadores da América. Caso saiam vencedores, vão se aproximar de um grande desejo do povo flamenguista, reiterado semana após semana nas arquibancadas: voltar a vencer o Mundial de Clubes. Mas comparar os dois times seria um pecado ou já é possível de fazê-lo, mesmo que o atual, de Jorge Jesus, nada tenha conquistado de importante? Mais: algum jogador da equipe de 2019 teria vaga na de 81? Para isso, escutamos um grupo de jornalistas e torcedores ilustres para tentar abrir uma discussão. Dentro de várias linhas de pensamento, uma norteou a opinião da maioria dos participantes: tecnicamente, Gabigol até teria vaga em 1981; no entanto, o currículo de Nunes, apelidado de "Artilheiro das Decisões" pelos momentos marcantes em jogos decisivos, não pode ser esquecido. Veja mais: Diego Alves garante vitória sofrida. E Jesus tem ataque de fúria - Gabigol, tecnicamente, é melhor que o Nunes. Mas o lugar do Nunes na história, por tudo que participou e resolveu, está intacto. O Gabigol pra ter essa importância histórica terá que passar alguns anos no clube. Talvez ganhando Libertadores e Mundial ele possa alcançar essa patamar. Tecnicamente, o Gabriel é mais completo que o Nunes, tem mais fundamento. Mas, historicamente, o quanto o Nunes representa e o que resolveu, sinceramente, acho que eu não substituiria não - salienta Eduardo Monsanto, narrador da DAZN e autor do livro "1981, o ano rubro-negro". De qualquer forma, o artilheiro do Flamengo em 2019, com 35 gols, e Bruno Henrique foram os jogadores do elenco atual mais lembrados pelos participantes. Na Copa Libertadores da América, a dupla tem feito a diferença no mata-mata: Gabigol marcou contra Emelec (dois), Internacional (um) e Grêmio (dois); Bruno Henrique contra Internacional (dois) e Grêmio (dois - um na ida e outro na volta). - O atual time do Flamengo está no mesmo nível técnico de 81. E os números provam isso. Eu acho que o Gabigol entraria no lugar do Nunes. O Nunes tinha o Zico sempre o colocando na cara do gol. Aí é covardia. O Gabigol não tem o Zico e é, como o Nunes, extremamente oportunista. Ele me parece ser mais técnico. Ambos têm em comum esse oportunismo, faro de gol. Claro que cada um à sua época - destaca Sérgio Américo, repórter da rádio 94 FM. Nos diferentes argumentos que o ouvimos, o sambista Neguinho da Beija-Flor, intérprete oficial da escola de samba Beija-Flor, lembrou um nome que, dentro da atual constelação do Flamengo, não está entre os titulares: Diego. O meia, que é o capitão do time, se lesionou logo no início da "Era Jesus" e voltou recentemente. Outro ilustre torcedor rubro-negro, o cantor e compositor Ivo Meirelles ficou na dúvida entre Gabigol e Nunes. Veja mais: Fla terá de oferecer R$ 100 milhões por Gabigol. Ele? Está dividido - Colocaria Diego Alves no gol. O resto fica difícil pro time atual (risos). Talvez o Gabigol no lugar do Nunes... mas talvez! O "João Danado" era matador também - concluiu, sob risos. Zico, o maior jogador da história do Flamengo Zico, o maior jogador da história do Flamengo Divulgação As unanimidades e o gênio Na zaga, nas laterais e no meio-campo estão as unanimidades. Leandro, Mozer, Junior, Andrade, Adílio e Zico são os incontestáveis do time de 81 e não tiveram seus lugares ameaçados na votação. O jornalista Juca Kfouri justifica que o grande ponto de desequilíbrio na comparação é o Galinho. Pudera. Para muitos um dos maiores jogadores brasileiros de todos os tempos, é o maior ídolo do Flamengo. - (do time atual) Os três atacantes teriam vaga, nenhum dos meio-campistas, nem dos laterais. No gol e na dupla de zaga é "taco a taco". A diferença que desequilibra se chama Zico. O Flamengo de 2019 tem uma vantagem que o de 1981 não teve: a oportunidade de vencer Campeonato Brasileiro, Libertadores e Mundial de Clubes. Há 38 anos, o Rubro-Negro foi eliminado pelo Botafogo nas quartas de final, ainda no primeiro semestre. O Grêmio viria a se sagrar campeão, ao término daquela edição. Arrascaeta é um dos grandes nomes do Rubro-Negro na temporada também Arrascaeta é um dos grandes nomes do Rubro-Negro na temporada também Alexandre Vidal, Marcelo Cortes & Paula Reis / Flamengo De acordo com Mauro Cezar Pereira, comentarista dos canais ESPN, só o tempo irá possibilitar a comparação entre as duas gerações. Por enquanto, na visão do jornalista, é possível associar somente a confiança da torcida nos títulos. PublicidadeFechar anúncio - É uma comparação difícil de fazer, por ora. Aquele time fechou um ciclo, fez a sua história, venceu. O time atual ainda não venceu nada. O técnico está há quatro meses, por exemplo, e está construindo a sua história. A comparação que dá pra fazer agora é em relação à confiança da torcida. Os torcedores estão seguros que o time irá trazer vitórias, resultados, como naquela época. Confira a seleção ideal entre o Flamengo de 81 e o Flamengo de 2019 dos participantes* PVC: Raul, Leandro, Rodrigo Caio, Mozer, Junior; Andrade, Adílio, Zico; Tita, Gabriel, Bruno Henrique. André Rocha: Diego Alves, Leandro, Mozer, Marinho, Júnior; Andrade, Adílio, Zico; Everton Ribeiro, Arrascaeta e Gabigol. Gilson Ricardo: Raul; Leandro, Marinho, Mozer, Junior; Andrade, Adílio, Zico; Tita, Nunes e Lico. Juca Kfouri: Raul; Leandro, Marinho, Mozer, Júnior; Andrade, Adílio, Zico; Everton Ribeiro, Gabigol e Bruno Henrique. Sérgio Américo: Raul; Leandro, Marinho, Mozer, Júnior; Andrade, Adílio, Zico; Tita, Gabigol, Lico. Carlos Eduardo Mansur: Raul, Leandro, Rodrigo Caio, Mozer e Júnior; Andrade, Adílio e Zico; Everton Ribeiro, Nunes e Arrascaeta. Eduardo Tironi: Raul, Leandro, Marinho, Mozer, Júnior; Andrade, Adilio, Zico, Tita, Bruno Henrique e Gabigol. Eduardo Monsanto: Diego Alves, Leandro, Marinho, Mozer, Júnior; Andrade, Adilio, Zico, Tita, Nunes e Bruno Henrique. Roberto Assaf: Raul; Leandro, Marinho, Mozer, Júnior; Andrade, Adílio, Zico; Tita, Nunes e Lico. Neguinho da Beija-Flor: Diego Alves, Leandro, Marinho, Mozer, Júnior; Andrade, Adilio, Zico, Diego, Tita e Nunes. Ivo Meirelles: Diego Alves, Leandro, Marinho, Mozer, Júnior; Andrade, Adílio, Zico; Tita, Nunes e Lico. José Luis Portella: Raul, Leandro, Mozer, Pablo Marí, Júnior; Andrade, Adílio, Zico; Tita, Nunes e Bruno Henrique. *O jornalista Mauro Cezar Pereira optou por não arriscar um time ideal entre as duas equipes.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/lance/futebol/qual-e-o-melhor-flamengo-de-zico-em-1981-ou-de-jorge-jesus-em-2019-29102019

Juanfran e Toró evoluem e devem ser relacionados; Pablo faz transição
Data: 29/10/2019

Desfalques nas últimas rodadas, Juanfran e Toró participaram de jogo-treino na manhã desta segunda-feira e têm boas chances de irem ao Allianz Parque para o clássico de quarta

O lateral-direito Juanfran e o atacante Toró participaram de jogo-treino na manhã desta segunda-feira e devem estar à disposição de Fernando Diniz para o clássico contra o Palmeiras, às 19h30 de quarta-feira, no Allianz Parque. Se for relacionado, Toró deve ficar no banco. Já Juanfran disputa espaço na lateral direita com Igor Vinícius e Daniel Alves. O espanhol ficou fora das vitórias sobre Avaí (1 a 0) e Atlético-MG (2 a 0) devido a uma contratura na coxa esquerda. Ele sentiu o incômodo no empate sem gols com o Bahia, ficou fora da vitória por 1 a 0 sobre o Corinthians, retornou na derrota por 1 a 0 para o Cruzeiro e sentiu novamente. Por isso, passou as últimas semanas no Reffis. Toró, por sua vez, desfalcou o Tricolor nas últimas sete rodadas do Brasileirão. Ele lesionou a coxa na derrota por 1 a 0 para o Goiás, jogo que marcou a despedida de Cuca do clube. Quem também demonstrou evolução, mas ainda sem chances de ir para o clássico no Allianz Parque, foi Pablo. Desfalque nas últimas quatro rodadas devido a um estiramento na coxa direita, o atacante foi ao gramado do CT da Barra Funda para fazer atividades de transição com preparação física e fisioterapia. Everton e Rojas são os outros desfalques certos por lesão. Para o clássico, Fernando Diniz terá também os retornos de Luan e Daniel Alves, que cumpriram suspensão contra o Galo. Os dois brigam com Tchê Tchê, Liziero e Igor Gomes por vagas no meio. Daniel também pode ser opção na lateral. Um provável São Paulo tem Tiago Volpi, Daniel Alves, Bruno Alves, Arboleda e Reinaldo; Luan, Liziero (Tchê Tchê) e Igor Gomes; Antony, Vitor Bueno e Pato.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/lance/futebol/juanfran-e-toro-evoluem-e-devem-ser-relacionados-pablo-faz-transicao-28102019

Endividamento do consumidor cai pela primeira vez em 2019, diz CNC
Data: 29/10/2019

Volume de famílias brasileiras com contas atrasadas ficou em 64,7% no mês de outubro deste ano. Taxa é inferior aos 65,1% registrados em setembro

O número de famílias endividadas no país ficou em 64,7% em outubro deste ano, taxa inferior aos 65,1% de setembro. Essa foi a primeira queda do indicador neste ano, que acumulava nove quedas consecutivas na comparação mensal. PUBLICIDADE Leia também: Confiança da Indústria recua 1,00 ponto em outubro, para 94,6 pontos, diz FGV Os dados divulgados foram divulgados nesta terça-feira (29) pela CNC (Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo). Na comparação com outubro de 2018, no entanto, o endividamento está em um patamar mais alto, já que naquela ocasião o percentual era 60,7%. O percentual de inadimplentes, ou seja, de pessoas que têm contas ou dívidas em atraso, aumentou, assim como cresceu a parcela das famílias que não terão condições de pagar suas dívidas. Leia também: Cresce a inadimplência das empresas brasileiras PublicidadeFechar anúncio A inadimplência atingiu 24,9% em outubro deste ano, acima dos 24,5% do mês anterior e dos 23,5% de outubro de 2018. Já as famílias que não terão condições de pagar suas contas chegaram a 10,1%, acima dos 9,6% de setembro e dos 9,9% de outubro. De acordo com o presidente da CNC, José Roberto Tadros, depois um período de crescimento forte do crédito, “os recursos extras advindos do FGTS e PIS/Pasep, somados à sazonalidade positiva no mercado de trabalho, favoreceram a redução do endividamento. Leia também: Juro no crédito livre cai a 36,9%, diz BC; taxa do cheque especial sobe a 307,6% O cartão de crédito figurou como o principal tipo de dívida do brasileiro, sendo apontado por 78,9% das famílias endividadas. Em seguida, aparecem os carnês (15,5%) e o financiamento de carro (9,5%).

Link Notícia: https://noticias.r7.com/economia/endividamento-do-consumidor-cai-pela-primeira-vez-em-2019-diz-cnc-29102019

Confiança da indústria cai e atinge menor valor em um ano
Data: 29/10/2019

Índice registrou queda de um ponto na passagem de setembro para outubro e chegou a 94,6 pontos, em uma escala de zero a 200 pontos

O Índice de Confiança da Indústria, medido pela FGV (Fundação Getulio Vargas), caiu um ponto na passagem de setembro para outubro. Com o recuo, o indicador caiu para 94,6 pontos, em uma escala de zero a 200 pontos, o menor valor desde em outubro de 2018 (94,2 pontos). A confiança dos empresários caiu em dez dos 19 segmentos industriais pesquisados em outubro. PUBLICIDADE Leia também: Índice de Confiança do Empresário Industrial, segundo a CNI, fica estável pelo 3º mês PublicidadeFechar anúncio O Índice de Expectativas, que mede a confiança em relação ao futuro, diminuiu 1,3 ponto, indo para 93,9 pontos, o menor valor desde julho de 2017 (93,1 pontos). Já o Índice de Situação Atual, que mede a confiança no presente, recuou 0,5 ponto, para 95,4 pontos. O Nível de Utilização da Capacidade Instalada do setor subiu 0,3 ponto percentual voltando para o mesmo nível de agosto: 75,8%.

Link Notícia: https://noticias.r7.com/economia/confianca-da-industria-cai-e-atinge-menor-valor-em-um-ano-29102019

Varejo prevê maior crescimento de vendas no Natal em 6 anos
Data: 29/10/2019

Estimativa é arrecadar R$ 35,9 bilhões, o que representa um incremento de 4,8% em relação a 2018 – percentual não verificado desde 2013

O varejo brasileiro prevê o maior crescimento de vendas dos últimos seis anos para o período do Natal, segundo dados da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC). A estimativa é arrecadar R$ 35,9 bilhões, o que representa 4,8% mais do que no ano passado. Esse percentual na principal data para o comércio no ano não é registrado desde 2013, quando o crescimento foi de 5%. Caso essa previsão se confirme, o varejo voltará ao patamar de vendas natalinas de 2014, ano considerado o do início da crise econômica por analistas. Em 2015 e 2016, a variação chegou a ser negativa (veja abaixo). PUBLICIDADE Faturamento do varejo no Natal Faturamento do varejo no Natal Arte/R7 Segundo o economista da CNC, Fabio Bentes, a previsão otimista se dá em razão de quatro fatores principais: inflação baixa, maiores prazos de crédito para o consumidor, liberação de recursos como Fundo de Garantia de Tempo de Serviço (FGTS) e Pis/Pasep e a leve melhora no mercado de trabalho. “A inflação baixa, com IPCA abaixo de 3% ao ano, ajuda a preservar o poder de compra. O consumidor não sente que o dinheiro está indo embora tão rápido”, diz Bentes. Aliado a isso, os prazos de parcelamentos estão maiores, e subiram de uma média de 7,4 meses há um ano para um período de 8,2 meses, segundo dados do Banco Central. “Isso permite que o consumidor pague parcelas menores por mês e entenda que aquela despesa cabe no bolso”, afirma Bentes. Outro fator que estimula o crescimento, segundo o economista da Confederação Nacional do Comércio, é a injeção de recursos na economia feita pelo governo federal, que disponibilizou R$ 42 bilhões do FGTS em parcelas individuais de até R$ 500, além de liberar R$ 2 bilhões em recursos do PIS/Pasep. “Os resultados do segundo semestre vão todos surfar nessa onda do FGTS. Ainda que seja um resultado artificial, é um resultado positivo”, diz. O Dia das Crianças, por exemplo, considerado um termômetro para o Natal, foi provavelmente o melhor dos últimos anos para o varejo - o que ainda será confirmado pelos números oficiais. Shoppings Os recursos extras são comemorados também pela Associação Brasileira de Lojistas de Shopping (Alshop), que tem cerca de 35 mil associados. O diretor institucional da entidade, Luís Augusto Ildefonso, destaca que esses recursos, aliados a taxa de juros mais baixa e à pequena melhora no mercado de trabalho, podem fazer a diferença. A taxa Selic chegou a 5,5% em setembro, a menor da história, o que teve como reflexo a redução de juros dos bancos. A taxa de desemprego também caiu após chegar a 12,7% de desocupados no trimestre terminado em março e ficou em 11,8% no período de três meses terminado em agosto, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Ildefonso afirma que os benefícios se darão em relação a dois grupos: “Consumidores endividados poderão abater suas dívidas entrado novamente no mercado de financiamento. A outra parte dos que não tinham dívidas vai ter uma renda extra que alimenta a vontade de comprar. Isso dá um alento para ter um Natal bom”, afirma. Leia mais: Agências da Caixa funcionam em horário estendido para saque do FGTS PublicidadeFechar anúncio Cautela Apesar do otimismo, os especialistas ainda pedem cautela em relação a uma retomada do varejo. “Nada para soltar foguetes ainda”, ressalva Ildefonso, que afirma que o país precisa prosseguir em suas reformas e aumentando sua eficiência para que o comércio tenha a melhora desejada. É consenso que o país precisa ter um crescimento maior para que os resultados na economia sejam mais expressivos. Bentes cita o fato de o Produto Interno Bruto (PIB) estar crescendo em torno de 1% ao ano desde 2017, o que é considerado pouco. Além disso, a queda no desemprego ainda patina, já que a pequena queda na taxa de desocupados foi acompanhada também de um aumento da informalidade. Segundo o IBGE, 41,3% dos ocupados são trabalhadores informais. Temporários A previsão de aumento de vendas também se reflete na contratação de temporários. Segundo a CNC, serão contratados 91 mil trabalhadores temporários neste fim de ano para atender ao aumento sazonal das vendas. O número é 4% maior do que o registrado em 2018 (87,5 mil). A Alshop prevê um número um pouco maior: 100 mil temporários. De acordo com dados da Associação Brasileira de Shopping Centers (Abrasce), as contratações devem aumentar 28% em comparação com o mesmo período de 2018. Indústria A estimativa de melhores resultados também é compartilhada pela indústria, que prevê uma leve melhora no segundo semestre. Segundo André Rebelo, economista e assessor estratégico da presidência da Fiesp, a federação das indústrias de São Paulo, um dos pontos positivos foi a produção para o Natal, em setores como os de roupas, eletrodomésticos, embalagens e alimentos. Rebelo afirma que a economia está em expansão, puxada principalmente pelo consumo doméstico, e que isso ajuda a indústria a se refazer de perdas decorrentes da crise argentina, o principal comprador de produtos industrializados brasileiros. A venda de automóveis, por exemplo, caiu cerca de 50%. “Deve ser um ano melhor. A gente não sabe a intensidade da retomada, ela é lenta, não sabemos se vai engrenar e acelerar. Ou se vai enganar a gente no começo deste ano”, diz.

Link Notícia: https://noticias.r7.com/economia/varejo-preve-maior-crescimento-de-vendas-no-natal-em-6-anos-29102019

Não falta dinheiro para combater vazamento de óleo, diz ministro
Data: 29/10/2019

Segundo Bento Albuquerque, trabalho é coordenado pela Marinha e não se sabe origem das manchas. Já foram recolhidas mil toneladas do produto

O ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, disse nesta terça-feira (29) que não faltam recursos ao país para combater o vazamento de petróleo no Nordeste. As manchas de óleo cru começaram a chegar às praias no fim de agosto e atingiram mais de 200 localidades em todos os estados da região. Desde então, foram recolhidas mais de 1 mil toneladas do produto, numa extensão de 2,5 mil quilômetros. Leia mais: Manchas de óleo causarão impacto 'desastroso' na economia do NE Segundo Albuquerque, o trabalho é coordenado pela Marinha e a origem do vazamento ainda é desconhecida. “O ministério presta apoio e faz parte do gabinete que está acompanhando essa situação. Não tenho conhecimento de nenhuma conclusão que se tenha chegado. Nós temos evoluído muito ao longo do tempo, mas a causa desse óleo é desconhecida”. O ministro conversou com a imprensa depois de participar, na manhã desta terça-feira (29), da mesa de abertura da OTC (Offshore Technology Conference) Brasil 2019, quinta edição do principal congresso de petróleo e gás do país, que vai até quinta-feira (31) no Centro de Convenções Sulamérica, no centro do Rio de Janeiro. PublicidadeFechar anúncio Albuquerque elogiou a iniciativa da Petrobras de colocar à disposição todos os meios da empresa na solução do problema, inclusive na investigação da origem do vazamento. Segundo ele, a comunidade internacional está mobilizada em torno da questão. “Esse esforço está sendo feito de forma integrada e com a comunidade internacional. Todos estão envolvidos, a Organização Marítima Internacional, que tem sede em Londres, vários órgãos internacionais, não só de prevenção do meio ambiente, mas também que estão ligados ao setor de petróleo e gás, estão buscando e enviando informações para que se chegue a uma conclusão”. O diretor-geral da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), Décio Oddone, que também participou do evento, disse que o fato é inédito, por não se saber a origem do vazamento. “Não conheço um evento como esse que tenha acontecido no mundo, onde não se sabe a origem, o volume, a causa. Não se consegue monitorar em tempo real porque parte do petróleo vazado fica por baixo da água, por ser mais denso”. Segundo Oddone, o laboratório da ANP também está ajudando na análise das amostras e a agência integra o grupo de investigação, junto com a Marinha e o Ibama. “Não foi um vazamento originado no Brasil, não foi em águas brasileiras, não tem relação com operações no Brasil”, disse Oddone.

Link Notícia: https://noticias.r7.com/brasil/nao-falta-dinheiro-para-combater-vazamento-de-oleo-diz-ministro-29102019

É a maior agressão ambiental, diz presidente da Petrobras sobre óleo
Data: 29/10/2019

Castello Branco afirmou que assunto tem sido abordado de forma "politizada e ideologizada", com "versões falsas" sobre o que poderia ter sido feito

O vazamento de óleo que tem sido retirado do litoral do Nordeste é a maior agressão ambiental já sofrida pelo Brasil em sua história, disse nesta terça-feira (29), no Rio de Janeiro, o presidente da Petrobras, Roberto Castello Branco. Ele participou de um seminário da Fundação Getúlio Vargas sobre a matriz energética brasileira e comentou o desastre ambiental. "[O vazamento] é maior agressão ambiental sofrida por nosso país, creio eu, em nossa história", disse. Afirmou que o assunto tem sido abordado de forma "politizada e ideologizada", com "versões falsas" sobre o que poderia ter sido feito. PUBLICIDADE "Na realidade, era impossível combater isso na origem. As empresas de petróleo e a Petrobras estão preparadas para combater vazamentos de petróleo, uma vez identificada a fonte do vazamento", afirmou. Castello Branco comparou a quantidade de óleo retirada das praias ao desastre ambiental no Golfo do México, em que o vazamento partiu da petrolífera British Petroleum (BP). "É semelhante", disse. Ainda não se sabe de onde vazou o óleo que atinge as praias nordestinas, mas pesquisadores já apontaram que o vazamento ocorreu no oceano, em uma área entre 600 e 700 quilômetros de distância da divisa entre Sergipe e Alagoas. Uma das hipóteses é que o óleo foi extraído de três campos na Venezuela e, provavelmente, estava sendo transportado quando ocorreu o acidente. Leilões O presidente da Petrobras afirmou, ainda, que o setor petrolífero vive um "ano extraordinário" no país e avaliou que o leilão de excedentes da cessão onerosa, marcado para semana que vem, é uma vitória do governo. PublicidadeFechar anúncio "A demanda global por petróleo tende a crescer lentamente, quem sabe estagnar e, no futuro, reduzir. Não podemos esperar e deixar o petróleo no fundo do mar", defendeu ele. A seguir, disse que, por uma questão de priorizar os ativos de maior retorno, a Petrobras manifestou preferência por apenas dois campos, os de Itapu e Búzios, este o maior já descoberto no Brasil. Ele disse que a estatal está otimista com o resultado. "Vamos com entusiasmo para ganhar". Eleição argentina O presidente da Petrobras também comentou o resultado da eleição presidencial na Argentina durante sua palestra de hoje. Foram eleitos o presidente Alberto Fernandez e a vice Cristina Kirchner, em uma disputa em que o principal adversário era o atual presidente, Maurício Macri. Ao fazer uma comparação com propostas legislativas para regular novamente percentuais mínimos de conteúdo local para a indústria de petróleo, Castello Branco classificou de "erro" a eleição de alguém que, na visão dele, provocou os problemas vividos pelo país vizinho. "Não podemos repetir a Argentina, onde se tira um presidente que não consegue se eleger porque não conseguiu solucionar os problemas. Aí, você traz de volta alguém que provocou os problemas. Esse é claramente um erro", finalizou.

Link Notícia: https://noticias.r7.com/brasil/e-a-maior-agressao-ambiental-diz-presidente-da-petrobras-sobre-oleo-29102019

Bolsonaro pede desculpas ao STF por vídeo de leão com hienas
Data: 29/10/2019

Ministro Celso de Mello declarou que obra publicada no Twitter do presidente demonstrava que 'atrevimento presidencial parece não encontrar limites'

O presidente Jair Bolsonaro pediu desculpas nesta segunda-feira (28) ao STF (Supremo Tribunal Federal) pela publicação de um vídeo em sua conta oficial no Twitter que retratava a Corte como uma ameaça, após uma reação dura do ministro mais antigo da corte. "Me desculpo publicamente ao STF, que por ventura ficou ofendido. Foi uma injustiça, sim, corrigimos e vamos publicar uma matéria que leva para esse lado das desculpas. Erramos e haverá retratação", disse Bolsonaro ao jornal O Estado de S. Paulo durante viagem à Arábia Saudita. PUBLICIDADE Leia também: Bolsonaro deixa entrevista ao ser questionado sobre vídeo O vídeo em questão foi publicado na conta oficial de Bolsonaro no Twitter na tarde de segunda-feira, mas foi apagado posteriormente. Nele, Bolsonaro é representado por um leão cercado por hienas ameaçadoras identificadas com símbolos do STF, da ONU, da OAB, de órgãos de imprensa e até do partido do presidente, o PSL, entre outros. Na noite de segunda-feira, o ministro do STF Celso de Mello afirmou que o vídeo demonstrava que o atrevimento presidencial parece não encontrar limites. Leia também: Presidente Jair Bolsonaro fecha acordos comerciais com a China "A ser verdadeira a postagem feita pelo senhor presidente da República em sua conta pessoal no 'Twitter', torna-se evidente que o atrevimento presidencial parece não encontrar limites na compostura que um chefe de Estado deve demonstrar no exercício de suas altas funções, pois o vídeo que equipara, ofensivamente, o Supremo Tribunal Federal a uma 'hiena' culmina, de modo absurdo e grosseiro, por falsamente identificar a Suprema Corte como um de seus opositores", disse o ministro em resposta enviada por sua assessoria, após questionamento feito pelo jornal Folha de S.Paulo. PublicidadeFechar anúncio Celso de Mello, o ministro decano do STF, disse que o comportamento revelado no vídeo representa a "expressão odiosa (e profundamente lamentável) de quem desconhece o dogma da separação de Poderes", e de quem teme um Judiciário independente, em que nenhuma autoridade está acima da Constituição e das leis. "É imperioso que o senhor presidente da República --que não é um 'monarca presidencial', como se o nosso país absurdamente fosse uma selva na qual o Leão imperasse com poderes absolutos e ilimitados-- saiba que, em uma sociedade civilizada e de perfil democrático, jamais haverá cidadãos livres sem um Poder Judiciário independente, como o é a Magistratura do Brasil", acrescentou. Leia ainda: Bolsonaro diz que pode criar novo partido após impasse no PSL Procurado por meio de sua assessoria, o presidente do STF, Dias Toffoli, não respondeu a um pedido de comentário sobre o vídeo. Antes do pedido de desculpas, Bolsonaro abandonou uma entrevista coletiva que concedia a jornalistas brasileiros na Árabia Saudita após ser perguntado sobre a resposta dada por Celso de Mello. Em uma publicação nesta manhã na página oficial de Bolsonaro no Facebook sobre sua eleição para a Presidência e os 10 primeiros meses de governo, o presidente reconhece ter cometido erros e diz ter humildade para pedir desculpas, mas não cita nenhum caso especificamente. "Sei que por vezes erro e falho e isso é potencializado para desgastar o governo. Paciência, sabia que o jogo era bruto, a cobiça pelo Poder é enorme. Porém, tenho a humildade de pedir desculpas, corrigir e seguir em frente", diz o texto. Copyright © Thomson Reuters.

Link Notícia: https://noticias.r7.com/brasil/bolsonaro-pede-desculpas-ao-stf-por-video-de-leao-com-hienas-29102019

Câmara faz sessão em homenagem ao filme Nada a Perder 2
Data: 29/10/2019

Elenco da produção foi homenageado pelos deputados federais no Plenário Ulysses Guimarães

A Câmara dos Deputados fez uma sessão solene em homenagem ao elenco da cinebiografia "Nada a Perder — Não se Pode Esconder a Verdade" na manhã desta terça-feira (29). O presidente da Record TV, Luiz Claudio Costa, disse que é "muito fácil falar de um filme como esse. É muito fácil falar de uma realização como essa". Para Costa, "o Brasil precisa de histórias como essa. O Brasil precisa de heróis, de bons exemplos". PUBLICIDADE "Se o nosso país, que é tão grande, não tivesse uma comunicação tão eficiente, será que nós iriamos falar a mesma língua? Será que não foi o cinema, o rádio e a televisão que manteve a nossa língua uma só? Países se fragmentaram por falta de comunicação. A realização desse filme nos deixa muitos felizes, muito satisfeitos", afirmou Costa. Atores participaram de sessão solene Atores participaram de sessão solene GW Press - 29.10.2019 O ator Petrônio Gontijo, que representa Edir Macedo, afirma que o filme fala sobre diversidade e propõe formas de lidar com elas. “Eu fazia questão de ficar até o fim das sessões [de transmissão do filme] para ver a reação das pessoas, e era sempre muito bonito ouvir o que elas diziam sobre o filme", afirma. A atriz Beth Goulart, que representa a mãe de Edir Macedo no filme, agradeceu à homenagem dos deputados. "Deus deu a nós, a cada um de nós, uma responsabilidade, uma missão, um propósito de existência. Nós artistas devemos o nosso propósito a fazer arte", afirmou. PublicidadeFechar anúncio O diretor executivo da Record Entretenimento, Paulo Calil, afirma que o filme mostra que é possível superar as dificuldades. “O grande presente que nós recebemos com a obra Nada a Perder 2, com os dois filmes, aliás, foi conhecer e entender que é possível superar as dificuldades, é possível, com a fé em Deus e com a fé em si mesmo. Essa é a grande lição do filme. O bispo acreditou em Deus. Às vezes algumas questões em nossas vidas, problemas no trabalho e na vida pessoal, exigem da gente que sejamos fortes. O bispo passou essa lição: de que precisamos ser fortes", disse. O deputado federal Julio Cesar Ribeiro elogiou o filme e parabenizou os participantes da obra. "É uma superprodução que merece todo o nosso respeito em relação a tudo que foi realizado", afirmou.

Link Notícia: https://noticias.r7.com/brasil/camara-faz-sessao-em-homenagem-ao-filme-nada-a-perder-2-29102019

Bolsonaro deixa entrevista ao ser questionado sobre vídeo
Data: 29/10/2019

Celso de Mello criticou vídeo, em que presidente é representado por um leão cercado por hienas identificadas com símbolos do STF, da ONU, entre outras

O presidente Jair Bolsonaro deixou uma entrevista que concedia a jornalistas brasileiros na Árabia Saudita, nesta terça-feira (29), após ser perguntado sobre a resposta dada pelo ministro Celso de Mello, do ST (Supremo Tribunal Federal), a respeito de um vídeo publicado na conta oficial de Bolsonaro no Twitter que retrata o STF entre instituições que seriam ameaças a ele. Bolsonaro respondeu sobre as expectativas para um encontro com o príncipe herdeiro da Arábia Saudita, Mohammed bin Salman, e na sequência, ao ser perguntado sobre Celso de Mello, virou-se e encerrou a entrevista, mostrou um vídeo publicado na conta da BBC Brasil no Twitter. PUBLICIDADE Na noite de segunda-feira (28), Celso de Mello afirmou que o vídeo publicado na conta oficial de Bolsonaro, que posteriormente foi apagado, demonstra que o atrevimento presidencial parece não encontrar limites. "A ser verdadeira a postagem feita pelo senhor presidente da República em sua conta pessoal no 'Twitter', torna-se evidente que o atrevimento presidencial parece não encontrar limites na compostura que um chefe de Estado deve demonstrar no exercício de suas altas funções, pois o vídeo que equipara, ofensivamente, o Supremo Tribunal Federal a uma 'hiena' culmina, de modo absurdo e grosseiro, por falsamente identificar a Suprema Corte como um de seus opositores", disse o ministro em resposta enviada por sua assessoria, após questionamento feito pelo jornal Folha de S.Paulo sobre o vídeo. No vídeo em questão, Bolsonaro é representado por um leão cercado por hienas identificadas com símbolos do STF, da ONU, da OAB, de órgãos de imprensa e até do partido do presidente, o PSL, entre outros. PublicidadeFechar anúncio Celso de Mello, o ministro decano do STF, disse que o comportamento revelado no vídeo representa a "expressão odiosa (e profundamente lamentável) de quem desconhece o dogma da separação de Poderes", e de quem teme um Judiciário independente, em que nenhuma autoridade está acima da Constituição e das leis. "É imperioso que o senhor presidente da República --que não é um 'monarca presidencial', como se o nosso país absurdamente fosse uma selva na qual o Leão imperasse com poderes absolutos e ilimitados-- saiba que, em uma sociedade civilizada e de perfil democrático, jamais haverá cidadãos livres sem um Poder Judiciário independente, como o é a Magistratura do Brasil", acrescentou. Procurado por meio de sua assessoria, o presidente do STF, Dias Toffoli, não respondeu a um pedido de comentário sobre o vídeo. Copyright © Thomson Reuters.

Link Notícia: https://noticias.r7.com/brasil/bolsonaro-deixa-entrevista-ao-ser-questionado-sobre-video-29102019

Vítima de acidente com ônibus de turismo no RJ será enterrada em MG
Data: 29/10/2019

Tamires Gomes Nascimento, de 26 anos, seguia com a família em uma excursão para passar o domingo em uma praia de Copacabana (RJ)

Será enterrado em Conselheiro Lafaiete, a 96 km de Belo Horizonte, o corpo da universitária de 26 anos que morreu em um acidente com um ônibus de turismo, na BR-040, na região Serrana de Petrópolis, no Rio de Janeiro, no início da manhã deste domingo (27). Além da jovem, o motorista do veículo também morreu na batida. O coletivo saiu de Minas Gerais e seguia para uma praia de Copacabana, onde um grupo de turistas passaria o dia. De acordo com a PRF (Polícia Rodoviária Federal), o veículo bateu contra um barranco, em uma curva da estrada. Passageiros relataram que o ônibus estaria em alta velocidade no momento em que saiu da pista. As causas do acidente ainda são investigadas. A estudante de psicologia Tamires Gomes Nascimento e o motorista que não teve a identidade divulgada morreram no local. Segundo as equipes de resgate, cerca de 53 passageiros ficaram feridos e foram levados para os Hospitais Adão Pereira Nunes e Moacyr do Carmo, em Duque de Caxias, no Rio de Janeiro. Tamires estava no ônibus com o filho de cinco anos, a mãe, tios e primos. Uma amiga da família contou ao R7 que os parentes da vítima tiveram apenas ferimentos leves. O filho da jovem teve uma lesão na cabeça, foi atendido no hospital, mas já liberado. PublicidadeFechar anúncio Acidente aconteceu em curva da BR-040 Acidente aconteceu em curva da BR-040 Reprodução/Arquivo pessoal Ainda segundo a amiga da vítima, a mãe da universitária está em Duque de Caxias, na manhã desta segunda-feira (28), para liberar o corpo da jovem, que será levado para Conselheiro Lafaiete, cidade onde ela vivia. Tamires não era casada e trabalhava há três meses em uma farmácia de manipulação no município mineiro. A RecordTV Minas conversou com o dono da empresa de turismo cujo nome aparece escrito no ônibus acidentado. O empresário disse que vendeu o veículo há dois meses e que estava aguardando o comprador retirar a plotagem com o nome da empresa antiga. Segundo amigos de Tamires, ainda não há informações sobre o horário da chegada do corpo da vítima em Conselheiro Lafaiete para o sepultamento. Procurada pelo R7, a equipe do Hospital Adão Pereira Nunes informou que não divulga o estado de saúde dos pacientes. A reportagem não conseguiu contato com o Hospital Moacyr do Carmo.

Link Notícia: https://noticias.r7.com/minas-gerais/vitima-de-acidente-com-onibus-de-turismo-no-rj-sera-enterrada-em-mg-28102019

Forças do Iraque abrem fogo contra manifestantes e matam 14
Data: 29/10/2019

Fontes médicas e de segurança informaram que pelo menos 865 pessoas ficaram feridas. Chefe de polícia de Karbala negou mortes

Forças de segurança do Iraque mataram ao menos 14 pessoas na cidade xiita sagrada de Karbala na madrugada desta terça-feira (29) depois de abrir fogo contra manifestantes, disseram fontes médicas e de segurança, retomando táticas denunciadas por um inquérito interno do próprio governo. Ao menos 865 pessoas ficaram feridas, disseram as fontes. Três manifestantes morreram em Nassiriya, cidade do sul do país, em resultado de ferimentos sofridos em protestos anteriores. veja também Iraque: Mais 2 morrem em protestos e governo decreta toque de recolher Número de mortos em protestos populares no Iraque chega a 93 Iraquianos ignoram toque de recolher e seguem protestando Acompanhe o noticiário internacional do portal R7 O chefe do departamento de saúde de Kerbala disse que 122 se feriram, incluindo 66 membros das forças de segurança. O chefe de polícia de Karbala negou em um comunicado que algum manifestante tenha sido morto e disse que só uma pessoa morreu em um incidente criminoso sem relação com os protestos, afirmando que as filmagens de forças de segurança disparando contra manifestantes que viralizaram nas redes sociais foram fabricadas e criadas para "incitar a rua". Protestos no Iraque PublicidadeFechar anúncio Milhares de iraquianos foram às ruas nesta semana em uma segunda onda de protestos contra o governo do primeiro-ministro Adel Abdul Mahdi e uma elite política que acusam de corrupção. O saldo total de mortes desde 1º de outubro, o início dos tumultos, está em ao menos 250 pessoas. Os tumultos, provocados pelo descontentamento com a penúria econômica e a corrupção enraizada, irromperam após quase dois anos de estabilidade relativa no Iraque, que foi vítima de uma ocupação estrangeira, uma guerra civil e uma insurgência do Estado Islâmico entre 2003 e 2017. Membro da Opep, o Iraque desfruta de uma vasta riqueza petrolífera, mas muitos cidadãos vivem na pobreza ou têm acesso limitado a água limpa, eletricidade, serviços básicos de saúde e educação.

Link Notícia: https://noticias.r7.com/internacional/forcas-do-iraque-abrem-fogo-contra-manifestantes-e-matam-14-29102019

Temporal provoca danos e prefeito decreta situação de emergência em Dom Pedrito
Data: 29/10/2019

Ao menos 25 casas ficaram destelhadas, além de uma Delegacia de Polícia e uma escola

Os efeitos do forte temporal que atingiu nesta terça-feira parte do Rio Grande do Sul são sentidos em Dom Pedrito, no Sudoeste do Estado. Após destelhamentos, quedas de árvores e de postes e alagamentos, o prefeito da cidade, Mário Augusto, decretou situação de emergência na cidade. Ventos alcançaram os 145 km/h e provocaram dados em pelo menos 25 casas, além de uma Delegacia de Polícia e uma escola. De acordo com a prefeitura, foi decretado também ponto facultativo por conta da falta de energia elétrica e a impossibilidade de deslocamento dos servidores. Equipes das secretarias de Obras e Desenvolvimento Social trabalham no auxílio aos afetados. Ainda não foi contabilizado o número total de residências atingidas pelo vendaval. PUBLICIDADE Conforme o coordenador da Defesa Civil local, Clodoaldo dos Santos, 30 árvores e dois postes de energia elétrica caíram. Os bairros mais atingidos são Quincas Prestes, Santa Maria e Vereador Mariano Camboim, além das ruas Moreira César, Bento Gonçalves e Juventino de Moura. Santos relatou que 100 metros quadrados de lona foram distribuídos para cobrir moradias afetadas. MetSul.com ? @metsul VIDEO | Tempestade severa em Dom Pedrito no começo da manhã. No vídeo, o estádio do Botafogo de Dom Pedrito. Há muitos estragos e Prefeitura decretou situação de emergência, além de ponto facultativo. Vento chegou a 125,6 km/h. Embedded video 244 9:02 AM - Oct 29, 2019 Twitter Ads info and privacy 57 people are talking about this CEEE Imprensa @CEEE_IMPRENSA Em Dom Pedrito, INMET registrou ventos de 125,6 km/h entre 6h e 7h da manhã de hoje. CEEE ainda não contabilizou, mas há centenas árvores e postes derrubados. Equipes estão trabalhando na recomposição da rede. View image on TwitterView image on TwitterView image on TwitterView image on Twitter 22 10:35 AM - Oct 29, 2019 Twitter Ads info and privacy See CEEE Imprensa's other Tweets Santa Maria Rajadas de vento com chuva forte também atingiram nesta terça-feira a região de Santa Maria, no Centro do Rio Grande do Sul. Segundo o Controle do Espaço Aéreo da Força Aérea Brasileira, às 8h30min, a velocidade do vento chegou a 68 km/h. MetSul.com ? @metsul TEMPO | Nuvens carregadas e muito vento agora em Santa Maria, no Centro do Estado. (via @andre_haar) Embedded video 146 8:47 AM - Oct 29, 2019 Twitter Ads info and privacy 20 people are talking about this Uma árvore tombou na BR 392, na vila Block, divisa com o município de São Sepé. A Polícia Rodoviária Federal (PRF) esteve no local. O trânsito ficou em meia pista por 40 minutos. Na Cohab Tancredo Neves, a força do vento danificou parte do telhado de uma casa. Placas de publicidade foram arrancadas pela ventania, na BR 287, saída para São Pedro do Sul. Alguns pontos ficaram sem energia elétrica. Na avenida Borges de Medeiros, na região Norte de Santa Maria, a força do vento arrancou o telhado de um sobrado de dois andares e jogou a estrutura para o outro lado da rua. Um casal e seus dois filhos estavam na residência, mas saíram ilesos do incidente. Na rua Appel, o muro de uma casa caiu. Santana do Livramento Em Santana do Livramento, na Fronteira Oeste do Rio Grande do Sul, o temporal teve início por volta das 6h desta terça-feira. Segundo o coordenador da Defesa Civil Flávio Duarte, os ventos atingiram 111,6 km/h. Uma casa foi destelhada totalmente no Parque São José e outra, parcialmente, na rua Tiradentes. Ambas receberam lonas. Houve também queda de árvores nas ruas Dom Pedro II e Camilo Alves Gisler. Postes caíram no Centro do município e a região está sem luz. O acumulado de chuva das últimas 48 horas soma 55mm. Bagé e Quaraí A Defesa Civil em Bagé já contabilizou 30 árvores caídas nesta terça-feira por conta do temporal. Em alguns locais, o Corpo de Bombeiros foi acionado para auxiliar na liberação de vias que tiveram o tráfego interrompido. O número de casas afetadas pelo vendaval chegou a 23. Em Quaraí, de acordo com o secretário de Obras e coordenador da Defesa Civil, Juliano Goulart, houve o registro de 22 casas destelhadas – que gradativamente recebem lonas do município. A distribuição já chegou a 50 metros quadrados do material. O bairro mais afetado é o Nery Motta Corrêa, com oito moradias atingidas. As sete árvores que caíram chegaram a interromper o trânsito em alguns pontos.

Link Notícia: https://www.correiodopovo.com.br/not%C3%ADcias/cidades/temporal-provoca-danos-e-prefeito-decreta-situa%C3%A7%C3%A3o-de-emerg%C3%AAncia-em-dom-pedrito-1.376179

Comida caseira bem gostosa
Data: 29/10/2019

Comida caseira bem gostosa

Link Notícia: https://www.youtube.com/embed/ASdHVI8ZqnA

Comida caseira bem gostosa
Data: 29/10/2019

Comida caseira bem gostosa

Link Notícia: https://www.youtube.com/embed/ASdHVI8ZqnA

Comida caseira bem gostosa
Data: 29/10/2019

Comida caseira bem gostosa

Link Notícia: https://www.youtube.com/embed/ASdHVI8ZqnA

DIA DO PROFESSOR
Data: 18/10/2019

DIA DO PROFESSOR

Link Notícia:

Bolsonaro assina lei para repartir dinheiro de leilão do pré-sal
Data: 18/10/2019

Lei da Cessão Onerosa estabelece a divisão dos recursos obtidos com o leilão de petróleo entre Estados e municípios

O presidente Jair Bolsonaro sancionou nesta quinta-feira (17) a Lei da Cessão Onerosa, aprovada no Senado na última terça-feira (15), que define o rateio entre estados e municípios de parte dos recursos do leilão de petróleo dos excedentes de barris de petróleo do pré-sal, a ser realizado no próximo dia 6 de novembro. Conforme a lei sancionada, dos R$ 106,56 bilhões que serão pagos pelo bônus de assinatura do leilão do excedente da cessão onerosa, R$ 33,6 bilhões ficarão com a Petrobras em razão de acordo com a União para que as áreas sob seu direito de exploração possam ser licitadas. Veja mais: Entenda a cessão onerosa, que liberou exploração do pré-sal Do restante, um valor estimado em R$ 72,9 bilhões, 15% ficarão com Estados, 15% com os municípios e 3% com o Rio de Janeiro, Estado produtor. PublicidadeFechar anúncio Contrato Firmado entre a Petrobras e a União em 2010, o contrato de cessão onerosa garantia à estatal explorar 5 bilhões de barris de petróleo em áreas do pré-sal pelo prazo de 40 anos. Em troca, a empresa antecipou o pagamento de R$ 74,8 bilhões ao governo. Os excedentes são os volumes descobertos de petróleo que ultrapassam os 5 bilhões de barris inicialmente estipulados e, segundo estimativas, podem chegar a 15 milhões de barris de óleo equivalente. Desde 2013, o governo vem negociando um aditivo do contrato, depois que a Petrobras pediu ajustes, devido à desvalorização do preço do barril no mercado internacional.

Link Notícia: https://noticias.r7.com/brasil/bolsonaro-assina-lei-para-repartir-dinheiro-de-leilao-do-pre-sal-17102019

Procuradora pede absolvição de Lula, Dilma e 'quadrilhão do PT'
Data: 18/10/2019

Ex-presidentes e ex-ministros petistas eram alvos de ação penal movida por suposta organização criminosa em setores da administração pública

A procuradora da República no Distrito Federal Marcia Brandão Zollinger se manifestou pela absolvição dos ex-presidentes Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff e dos ex-ministros Antonio Palocci e Guido Mantega. A informação foi revelada nesta quinta-feira (17) pelo colunista Fausto Macedo, do jornal O Estado de S.Paulo. O parecer se refere à ação penal movida contra os petistas por suposta organização criminosa em esquemas na Petrobras, no BNDES (Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social) e em outros setores da administração pública. A acusação contra o esquema que ficou conhecido como ‘Quadrilhão do PT‘ é datada de 2017 e foi oferecida ao STF (Supremo Tribunal Federal) pelo então procurador-geral Rodrigo Janot. Quando enviada pelo ministro Edson Fachin, relator da Operação Lava Jato na Corte, ao Distrito Federal, a peça chegou a ser endossada pela Procuradoria, e recebida pelo juiz federal Vallisney de Oliveira, que abriu ação penal e tornou os petistas réus. A nova denúncia atribui aos petistas o recebimento de R$ 1,48 bilhão em propinas. Janot também apresentou à época acusações contra o ‘quadrilhão’ do MDB, que inclui o ex-presidente Michel Temer, e o do PP. O então PGR afirmou que entre 2002 e 2016, os denunciados ‘integraram e estruturaram uma organização criminosa com atuação durante o período em que Lula e Dilma Rousseff sucessivamente titularizaram a Presidência da República, para cometimento de uma miríade de delitos’. Para Dilma, Lula, Palocci, Vaccari e Guido, o caso foi desmembrado à 10ª Vara Criminal Federal de Brasília. A mesma acusação sobre Gleisi e Paulo Bernardo foi mantida no Supremo. Edinho Silva, também acusado, responde pela ação no Tribunal Regional Federal da 3ª Região. Para a procuradora, ‘percebe-se, portanto, que não há o pretendido domínio por parte dos denunciados, especialmente pelos ex-Presidentes da República, a respeito dos atos criminosos, que obviamente merecem apuração e responsabilização e são objetos de investigações e ações penais autônomas, cometidos no interior das Diretorias da Petrobras e de outras empresas públicas’. “Há, de fato, narrativas de práticas criminosas que estão sendo apuradas em processos autônomos, mas do conjunto das narrativas não se pode extrair, com segurança, que haveria uma estrutura organizacional estável integrada por Luiz Inácio Lula da Silva, Dilma Vana Rousseff, Antonio Palocci Filho, Guido Mantega e João Vaccari Neto, tampouco que a união desses atores políticos tivesse o propósito de cometimento de infrações penais visando um projeto político de poder”, escreve. Segundo Márcia Brandão Zollinger, é ‘incontestável é a situação da necessidade da responsabilização penal no caso da prática de uma infração penal no âmbito das relações políticas’. “Porém, a utilização distorcida da responsabilização penal, como no caso dos autos de imputação de organização criminosa sem os elementos do tipo objetivo e subjetivo, provoca efeitos nocivos à democracia, dentre elas a grave crise de credibilidade e de legitimação do poder político como um todo. Assim sendo, não pode o Ministério Público insistir em uma acusação cujos elementos constitutivos do tipo penal não estão presentes”, concluiu. Copyright © Estadão. Todos os direitos reservados. mais lidas Vídeos mostram homem quebrando coluna de prédio que desabou no CEAssassino não aceita pagar pensão à filha de DanielThayse Teixeira se atrapalha em atividade e grita com BifãoRelembre a trajetória de Tati Dias em A Fazenda 11Mulher passa mal e é estuprada por 3 homens em São João de Meriti (RJ)Bifão: 'Posso dormir tranquila já que Andrea e Tati não vão mais brigar'Menino ganha aniversário de 1 ano após família sofrer golpe de casa de festas na zona oeste do Rio + PSL suspende cinco deputados e alega ataques a partido REUTERS REUTERS 18/10/2019 - 14:27 Luciano Bivar é um dos pivôs na crise do partido Luciano Bivar é um dos pivôs na crise do partido Adriano Machado/Reuters A Executiva Nacional do PSL, partido do presidente Jair Bolsonaro, suspendeu cinco parlamentares da legenda com efeito imediato, disseram nesta sexta-feira (18) os líderes da sigla na Câmara dos Deputados, Delegado Waldir (GO), e no Senado, Major Olimpio (SP), alegando que os parlamentares atacaram o partido e seu presidente. Leia mais: Bolsonaro questiona se vazamento de óleo seria para prejudicar leilão Tiveram suas funções partidárias suspensas as deputadas Carla Zambelli (SP) e Alê Silva (MG), e os deputados Filipe Barros (PR), Carlos Jordy (RJ) e Bibo Nunes (RJ). A suspensão implica, por exemplo, que os cinco deputados não poderão assinar listas partidárias, como as feitas nos últimos dias para tentar destituir Waldir da liderança da legenda da Câmara e colocar em seu lugar o deputado Eduardo Bolsonaro (SP), filho do presidente da República. veja também Planalto estimula nova lista para tirar Delegado Waldir da liderança Bolsonaro mantém indicação de filho à embaixada nos EUA A medida acontece em meio ao conflito aberto na legenda entre o presidente do partido, deputado Luciano Bivar (PE), e Bolsonaro. A disputa gerou um racha na bancada parlamentar da sigla com a guerra de listas entre bolsonaristas — que buscavam colocar Eduardo na liderança — e bivaristas — que tentaram, e conseguiram, manter Waldir no posto. Waldir disse a jornalistas, após anunciar ao lado de Olimpio as suspensões, que a divisão interna na legenda se deve à conduta de Bolsonaro de buscar os cofres do partido. Olimpio, por sua vez, disse que um gesto de reaproximação com o PSL precisa partir de Bolsonaro e que Bivar não irá procurar o presidente da República para abrir um diálogo sobre a guerra dentro da legenda. O senador disse que a Executiva do partido se reunirá com Bivar na segunda-feira (21), e na terça-feira deve anunciar mudanças em Executivas estaduais e na Executiva Nacional. CONTINUAR LENDO + Planalto estimula nova lista para tirar Delegado Waldir da liderança AGÊNCIA ESTADO AGÊNCIA ESTADO 18/10/2019 - 13:55 Líder do partido na Câmara, Delegado Waldir Líder do partido na Câmara, Delegado Waldir RENATO COSTA /FRAMEPHOTO/ESTADÃO CONTEÚDO O Palácio do Planalto busca saídas para a crise no PSL depois que o presidente Jair Bolsonaro decidiu comandar, sem sucesso, uma manobra para destituir o líder do partido na Câmara, Delegado Waldir (GO), e substituí-lo por seu filho, o deputado Eduardo Bolsonaro (SP). Leia também: Quem é Delegado Waldir, líder do PSL na Câmara que chamou o presidente Bolsonaro de 'vagabundo' Uma nova lista com assinaturas de parlamentares já está sendo preparada e será apresentada à Câmara, em mais uma tentativa de tirar Waldir da liderança do PSL. Veja mais: Ouça áudios vazados do presidente Jair Bolsonaro A aposta do Planalto é que, com todos os percalços, será possível "realinhar" o partido em torno de Bolsonaro. Antes de decolar de Brasília para Florianópolis, no início da tarde desta quinta-feira (17), Bolsonaro incumbiu o ministro-chefe da Secretaria de Governo, general Luiz Eduardo Ramos, de comunicar à deputada Joice Hasselmann (PSL-SP) que ela estava sendo destituída da função de líder do governo no Congresso. Para o lugar de Joice Hasselmann foi indicado o deputado Eduardo Gomes (MDB-TO). Ramos telefonou antes, porém, para os presidentes do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), e da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), a fim de lhes informar sobre a mudança. “Precisamos serenar a situação”, disse Ramos à reportagem, em rápida conversa, lamentando não ter tido sucesso na missão de “construir pontes” entre os dois lados em disputa no PSL. O ministro fez questão de elogiar o trabalho de Joice em várias votações no Congresso. “Mas infelizmente, depois do dia de ontem (quarta-feira, 16), em que conversas em salas fechadas foram gravadas e vazadas e atitudes foram tomadas, para uma líder do governo no Congresso o presidente esperava que ela se comportasse, pelo menos, de forma isenta”, disse Ramos, admitindo que já havia um desgaste na relação. O próprio Bolsonaro também manifestou sua indignação com Joice, em conversa com parlamentares. Para ele, a deputada não poderia ter permanecido em uma reunião na qual Delegado Waldir o xingava, sem fazer nada. Além disso, Joice apoiou a manutenção de Waldir na liderança do PSL na Câmara. O presidente também manifestou incômodo com as ameaças de destituição de seus filhos – o deputado Eduardo Bolsonaro e o senador Flávio Bolsonaro – dos comandos dos diretórios do PSL em São Paulo e no Rio, respectivamente. No seu diagnóstico, isso não passa de "retaliação". O ministro Ramos disse acreditar que o racha no PSL não vai afetar a votação da reforma da Previdência no Senado, marcada para o próximo dia 22. "Não vai atrapalhar”, declarou o ministro. “Não se trata de um problema de natureza política, que impacta o Legislativo, mas, sim, do problema de um partido.” Ramos também minimizou possíveis impactos para o governo em votações na Câmara, onde a bancada do PSL tem 53 deputados. “Eu não creio que parlamentares eleitos pela bandeira do Bolsonaro votem contra ele por uma questão interna do partido”, disse ele. Ramos reagiu, ainda, às críticas de que o governo não tem articulação política. “Articulação é controlar o PSL? Claro que não”, reagiu. CONTINUAR LENDO + Joice defende discutir expulsão de deputados bolsonaristas do PSL AGÊNCIA ESTADO AGÊNCIA ESTADO 18/10/2019 - 12:48 Joice defende que parlamentares 'bolsonaristas' sejam expulsos do PSL Joice defende que parlamentares 'bolsonaristas' sejam expulsos do PSL Dida Sampaio/ Estadão Conteúdo - 18.09.2019 Após ter acusado o presidente Jair Bolsonaro de "ingratidão", a deputada Joice Hasselmann (PSL-SP) defendeu nesta sexta-feira (18) que o partido discuta a expulsão de parlamentares aliados a Bolsonaro e que estão atacando a cúpula da legenda, presidida por Luciano Bivar. Leia mais: Bolsonaro destitui Joice Hasselmann da liderança do governo Ao chegar para uma reunião da direção nacional da sigla, em Brasília, Joice defendeu representar contra deputados da ala "bolsonarista" no Conselho de Ética do PSL. "A porta da rua é serventia da casa", afirmou. "Alguns têm que ser expulsos." A parlamentar defendeu que um dos alvos seja o deputado Daniel Silveira (RJ), que gravou o líder do PSL na Câmara, Delegado Waldir (GO), afirmando que iria "implodir" Jair Bolsonaro. Na avaliação de Joice, mesmo se o deputado Eduardo Bolsonaro (SP) se tornar líder do partido na Câmara — ele tenta novamente colher assinaturas para isso —, o filho de Jair Bolsonaro não terá "legitimidade" para o cargo. CONTINUAR LENDO + Aeronáutica é liberdade e democracia, disse Bolsonaro Da Agência Brasil 18/10/2019 - 12:40 Presidente participou de evento nesta sexta-feira (18) Presidente participou de evento nesta sexta-feira (18) Marcos Corrêa/PR - 18.10.2019 O presidente Jair Bolsonaro participou nesta sexta-feira (18) do evento alusivo ao Dia do Aviador e da FAB (Força Aérea Brasileira), celebrados em 23 de outubro. “Aeronáutica é muito mais do que apenas ser uma guardiã da nossa Constituição e estar ao lado da democracia e liberdade, Aeronáutica também é vida”, disse, durante o evento na Base Aérea de Brasília. Na tribuna, Bolsonaro foi acompanhado pela menina Alícia, de 9 anos. Ela é transplantada de coração e recebeu o órgão com a ajuda do transporte da Força Aérea Brasileira. “A FAB colaborou para dar a vida a essa menina. Gisele e Jorge, pais da Alícia, o que seria de vocês sem o abraço dessa menina? Isso não tem preço”, ressaltou. Bolsonaro questiona se vazamento de óleo seria para prejudicar leilão A FAB mantém, permanentemente, disponível aeronaves para esse tipo de transporte. Apenas em 2019, até o dia 25 de setembro, as unidades da foi responsável por 117 missões de Toteq (Transporte de Órgãos, Tecidos e Equipes), totalizando 121 órgãos transportados. As tripulações ficam de sobreaviso, em tempo integral, em Manaus (AM), Belém (PA), Natal (RN), Brasília (DF), Rio de Janeiro (RJ) e Canoas (RS). O Dia do Aviador e da Força Aérea Brasileira, celebrados em 23 de outubro, marca o primeiro voo do 14 Bis realizado pelo brasileiro Alberto Santos Dumont. O voo do aparelho mais pesado do que o ar ocorreu em 1906, no Campo de Bagatelle, em Paris. O 14 Bis percorreu 60 metros em sete segundos, voando a dois metros do solo perante mais de mil espectadores e a Comissão Oficial do Aeroclube da França, instituição de reconhecimento internacional autorizada a homologar descobertas aeronáuticas marcantes. Durante o evento, hoje, em Brasília, também foi realizada a imposição da Ordem de Mérito Aeronáutico. Neste ano, a mais importante condecoração da FAB foi entregue a 530 agraciados, sendo 44 no exterior. Hoje, em Brasília, foram agraciadas 232 pessoas. A medalha é concedida a personalidades civis e militares, brasileiras ou estrangeiras, por terem se destacado no exercício da sua profissão ou em reconhecimento aos serviços prestados ao país. CONTINUAR LENDO + Bolsonaro mantém indicação de filho à embaixada nos EUA AGÊNCIA ESTADO AGÊNCIA ESTADO 18/10/2019 - 10:45 Eduardo será indicado para embaixada do Brasil nos EUA Eduardo será indicado para embaixada do Brasil nos EUA Reprodução/Instagram O presidente Jair Bolsonaro disse nesta sexta-feira (18) que não há alteração sobre a indicação do deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) ao cargo de Embaixador do Brasil nos Estados Unidos. "Por enquanto, sem alteração", disse o presidente. A atuação de Bolsonaro para colocar Eduardo na liderança do PSL na Câmara deixou em suspenso a possibilidade de o deputado assumir a embaixada. O presidente indicou o filho para o cargo há três meses, mas até agora a intenção não foi formalizada. Para ser confirmado embaixador, Eduardo precisa ser sabatinado e aprovado pelo Senado. Como não há segurança no Planalto sobre o apoio ao nome entre os senadores, o cargo na Câmara seria uma "saída honrosa", segundo auxiliares de Bolsonaro. Convites O presidente afirmou que já recebeu vários convites de partidos para sair do PSL. "Tô meio bonito, né. Então tem vários convites", disse. Questionado se algum partido de esquerda o convidou, Bolsonaro ironizou: "tá chamando a esquerda de maluca ou eu de maluco?". Bolsonaro recebeu na manhã desta sexta-feira o presidente do PSD, Gilberto Kassab (SP). Segundo Bolsonaro, foi uma visita de cortesia. "Eu converso com todo mundo. Uns eu convido, outros querem vir. É o papel de um presidente. Eu quero paz para poder governar. Temos problemas enormes no Brasil para poder resolver" disse Bolsonaro. CONTINUAR LENDO x

Link Notícia: https://noticias.r7.com/brasil/procuradora-pede-absolvicao-de-lula-dilma-e-quadrilhao-do-pt-17102019

Manchas de óleo chegam à Praia dos Carneiros, em Tamandaré
Data: 18/10/2019

Informação foi confirmada pela Secretaria de Meio Ambiente de Pernambuco

Manchas de óleo chegaram à Praia dos Carneiros, uma das principais e mais visitadas do Estado, em Tamandaré, no Litoral Sul de Pernambuco, na manhã desta sexta-feira (18). A informação foi confirmada pela Secretaria de Meio Ambiente de Pernambuco. Ainda não há informações sobre a quantidade do material encontrado na praia. O secretário estadual de Meio Ambiente, José Bertotti, se deslocou para o local para fazer um sobrevoo. As manchas voltaram a aparecer no Estado nessa quinta-feira (17). Cerca de 1,2 mil litros foram recolhidos do litoral em operação nessa quinta. O material estava na direção da praia de São José da Coroa Grande e foi recolhido antes de atingir a areia. Leia também: Operação recolhe 1,2 mil litros de óleo no litoral de Pernambuco Equipes sobrevoam Litoral Sul em busca de manchas de óleo A Praia dos Carneiros já havia sido afetada no início de setembro, mas de maneira bem mais branda. A mancha desta manhã chegou à faixa de areia com a maré cheia, por volta das 6h. Donos de pousadas, pescadores e servidores da Prefeitura de Tamandaré realizaram um mutirão para tentar remover o material da praia. Um dos locais mais atingidos foi em frente ao Bora Bora, ponto bastante famoso da praia. Segundo o advogado e vice-presidente da Associação para Desenvolvimento da Praia dos Carneiros (Adesc), Danilo Oliveira, o material encontrado em Tamandaré nesta sexta é mais espesso e mais fácil de retirar. "A mancha se concentrou em uma larga faixa de areia na praia, mas as pessoas estão conseguindo coletar com luvas de borracha e sacos de lixo. Fomos informados inclusive que em Tamandaré já não tem mais estes materiais e estamos providenciando que sejam trazidos de cidades vizinhas", disse. A associação reforça que a mancha de óleo não afetou os mangues e também não foram vistos vestígios em outros pontos da praia.

Link Notícia: https://www.folhape.com.br/noticias/noticias/meio-ambiente/2019/10/18/NWS,120217,70,645,NOTICIAS,2190-MANCHAS-OLEO-CHEGAM-PRAIA-DOS-CARNEIROS-TAMANDARE.aspx

Idosa completa 101 anos e realiza sonho de andar em carro da polícia
Data: 18/10/2019

Passeio por bairro de Contagem (MG) teve direito a giroflex e sirene ligados; centenária diz que queria se lembrar dos tempos em que namorou um policial

O aniversário de 101 anos de uma moradora de Contagem, na região metropolitana de Belo Horizonte, foi marcado pela realização de um sonho. A mulher ganhou, nesta quinta-feira (17), um passeio em um carro da PM (Polícia Militar), com direito a acionar a sirene e o giroflex. A viagem foi conduzida pelo major Marcos Eliézer. O militar conta que durante o trajeto, Geralda de Oliveira e Silva foi colocada no posto de comandante do veículo. — A decisão de tocar ou não a sirene é dela. O sonho de andar no carro da corporação veio da vontade de relembrar da época em que namorou um policial. O passeio rápido pelo quarteirão do bairro deixou a idosa com um sorrido largo no rosto. — Foi esplêndido! A mulher, que é conhecida como Dona Gegé, nunca se casou, não teve filhos e durante as últimas décadas se dedicou a cuidar de primos e sobrinhos. Um deles, Roberta de Almeida, conta que a idosa teve um papel muito importante na vida dela. — Ela foi morar com a gente e ajudou a nos criar. Então minha relação é de mãe e filha com ela. Idosa comemorou aniversário de 101 anos Idosa comemorou aniversário de 101 anos Imagem Cedida / 18º BPM / tenente Ana Magalhães Com a idade avançada e saúde debilitada, dona Gegé precisa de atenção e cuidados integrais. Hoje, a mulher vive em uma casa de repouso localizada no bairro Parque dos Turistas. Após o passeio, acompanhado pela Record TV Minas, a centenária ainda ganhou uma caneca do 18º Batalhão da Polícia Militar. Segundo o major Marcos Eliézer, a comemoração para o aniversário do ano que vem já está marcada. — Ela foi uma boa comandante.

Link Notícia: https://noticias.r7.com/minas-gerais/idosa-completa-101-anos-e-realiza-sonho-de-andar-em-carro-da-policia-18102019

Johnson aposta em votação de 'super sábado' para aprovar Brexit
Data: 18/10/2019

Em uma das maiores reviravoltas do drama de três anos do Brexit, premiê surpreendeu oponentes na quinta-feira (17) ao firmar novo pacto com UE

O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, se empenhou nesta sexta-feira (18) em persuadir parlamentares céticos a apoiarem o acordo de última hora fechado pelo Reino Unido com a União Europeia em uma votação extraordinária no Parlamento. Em uma das maiores reviravoltas do drama de três anos do Brexit, Johnson surpreendeu seus oponentes na quinta-feira firmando um novo pacto com a UE, apesar de o bloco ter prometido que não renegociaria o tratado acertado no ano passado. veja também Se acordo para Brexit não sair, Brasil pode perder anualmente mais de US$ 700 milhões em exportações, calcula CNI UE 'esvaziada' pode ameaçar paz no continente, diz historiador O conflito histórico com a Irlanda que ameaça acordo do Brexit Mas Johnson, que foi garoto-propaganda da campanha do Brexit no referendo de 2016, precisa ratificar o acordo no Parlamento britânico, onde não tem maioria, e seus adversários planejam fazer o máximo de estrago político antes de uma iminente eleição. Os números são apertados: Johnson precisa angariar 318 votos no Legislativo de 650 cadeiras para aprovar o acordo, mas seus aliados de um partido norte-irlandês refutam o pacto e os três principais partidos da oposição prometeram rejeitá-lo. "Temos um ótimo acordo novo que retoma o controle. Agora o Parlamento deveria finalizar o Brexit no sábado", disse Johnson antes da primeira sessão parlamentar extraordinária em um sábado desde a invasão argentina das Malvinas em 1982. Se vencer a votação, o premiê entrará para a história como o líder que concretizou o Brexit -- para o bem ou para o mal. Se falhar, enfrentará a humilhação do colapso do Brexit depois de prometer repetidamente que o realizaria. PublicidadeFechar anúncio A Goldman Sachs disse acreditar que o acordo será aprovado e elevou sua estimativa de um Brexit com um acordo no dia 31 de outubro de 60% para 65%, reduzindo a estimativa de uma saída sem um pacto de 15% para 10% e mantendo em 25% a probabilidade de o Brexit não acontecer. A libra esterlina manteve uma alta de cinco meses com o valor de 1,2874 diante do dólar, mas o valor ficou abaixo do pico de 1,2988 de quinta-feira. Para vencer a votação, Johnson terá que convencer rebeldes pró-Brexit tanto do seu Partido Conservador quanto do opositor Partido Trabalhista a apoiarem seu acordo. Mas o Partido Unionista Democrático da Irlanda do Norte (DUP) disse que se oporá ao pacto e apelará para que uma facção de cerca de 28 defensores aguerridos do Brexit do Partido Conservador faça o mesmo. Copyright © Thomson Reuters.

Link Notícia: https://noticias.r7.com/internacional/johnson-aposta-em-votacao-de-super-sabado-para-aprovar-brexit-18102019

Bolsonaro prevê menos de 10 milhões de desempregados em 2022
Data: 18/10/2019

Em live, presidente avaliou que a melhora no ambiente econômico deve permitir que não ocorra novos cortes no Orçamento em 2019

O presidente Jair Bolsonaro disse nesta quinta-feira (17), em sua live semanal, que a economia está dando sinais de melhora e previu que, ao final de 2022, o Brasil terá menos de 10 milhões de desempregados. "Pegamos [o Brasil] com 14 milhões de desempregados e vamos, se Deus quiser, terminar 2022 com menos de 10 milhões de desempregados. A ideia é diminuir o máximo, mas temos que ser realistas", afirmou. Ao fala de Bolsonaro foi feita após ele destacar a abertura de 157.213 vagas de trabalho no melhor mês de setembro desde 2012, Os números foram revelados mais cedo pelo Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), do Ministério da Economia. No trimestre encerrado em agosto, 12,6 milhões de pessoas estavam em busca por uma colocação no mercado de trabalho, segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). Bolsonaro avaliou que a melhora no ambiente econômico deve permitir que não ocorra novos contingenciamentos do Orçamento da União neste ano. Ao lado de Bolsonaro, o empresário Luciano Hang, da Havan, disse acreditar que no ano que vem serão criados quase 2 milhões de empregos. "No ano vamos passar a marca de 1 milhão de novos empregos", disse Hang. O presidente voltou a falar da queda da inflação e da taxa de juros. Ele disse que a inflação neste ano ficará abaixo do centro da meta e observou a taxa básica de juros em 5,5% ao ano. Ele corrigiu o número dado na semana passada de efeito da queda da taxa de juros sobre a dívida pública. "Atualizei o número que dei na semana passada, a cada 1 ponto de queda da Selic, a redução da dívida é de R$ 27 bilhões". Leia mais: Bolsonaro garante 13º do Bolsa Família nos próximos anos Ainda sobre juros, o presidente também repetiu a fala da semana anterior quando, ao lado do presidente da Caixa, Pedro Guimarães comemorou a redução do juro cobrado na linha de cheque especial. "Vai lá ver como está o juro do cheque especial na Caixa", convidou. Em seguida disse que o patamar da taxa do cheque especial, mesmo na Caixa, ainda é alto, mas está caindo. E completou dizendo que os bancos que não queriam acompanhar a Caixa na queda dos juros já estão acompanhando.

Link Notícia: https://noticias.r7.com/brasil/bolsonaro-preve-menos-de-10-milhoes-de-desempregados-em-2022-17102019

Comida Caseira Rápida, Bate papo e Muitas dicas pra vcs.
Data: 18/10/2019

Comida Caseira Rápida, Bate papo e Muitas dicas pra vcs.

Link Notícia: https://www.youtube.com/embed/TBLa7cJJ76w

CCJ do Senado aprova relatório da Previdência e analisa emendas
Data: 01/10/2019

Senadores aprovaram proposta do relator, Tasso Jereissati, por 17 votos favoráveis a 9 contrários

A CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) do Senado aprovou o relatório do senador Tasso Jereissati (PSDB-CE), favorável à reforma da Previdência nesta terça-feira (1º). Foram 17 votos favoráveis a 9 contrários. As emendas serão analisadas em seguida. Depois de aprovado, o texto segue para análise do plenário do Senado. A expectativa é que a matéria comece a ser apreciada ainda nesta terça. Assista à sessão da CCJ do Senado sobre reforma da Previdência Tramitação da reforma Após a votação da reforma da CCJ, o texto segue para o plenário do Senado, onde precisa ser aprovado em dois turnos. PublicidadeFechar anúncio Segundo o regimento interno da Casa, o segundo turno pode acontecer cinco dias depois da votação do primeiro turno mais três sessões de discussões. Se aprovada, a PEC segue para promulgação em sessão conjunta do Congresso Nacional. Se alterada, volta à Câmara dos Deputados e, por fim, se rejeitada, o texto é arquivado. Emendas A CCJ deve analisar seis emendas ao texto principal. Até o momento, os senadores rejeitaram a emenda que trata sobre aposentadoria por invalidez por 15 votos a 10, que tinha como objetivo mudar regras de cálculo. A segunda emenda analisada trata sobre aposentadoria especial para os trabalhadores em áreas perigosas e insalubres. O texto também foi rejeitado, por 15 votos a 11.

Link Notícia: https://noticias.r7.com/economia/ccj-do-senado-aprova-relatorio-da-previdencia-e-analisa-emendas-01102019

Senadores cobram governo para concluir votação da Previdência
Data: 01/10/2019

Segundo Major Olímpio, líder do governo no Senado, parlamentares alertaram que votação em segundo turno depende de o governo cumprir compromissos

Senadores irão votar a reforma da Previdência nesta terça-feira (1) na CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) e no plenário da Casa em primeiro turno, mas alertaram que a votação em segundo turno, prevista para a próxima semana, depende de o governo cumprir compromissos assumidos com os parlamentares, disse o líder do PSL no Senado, Major Olimpio (SP). Segundo o senador, esse foi o sentimento externado pela maioria dos senadores em reunião na manhã desta terça-feira com o presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), e com a presidente da CCJ, Simone Tebet (MDB-MS). Leia mais: Líder do governo diz ter 19 dos 27 votos para aprovar reforma na CCJ “Agora a água passou do umbigo. Não foi uma ameaça, foi um alerta, a maioria dos senadores dizendo ‘vamos votar hoje pelo Brasil, mas se não acontecer compromissos assumidos pelo governo, não haverá a votação no dia 10'”, disse Olimpio a jornalistas após a reunião. O líder do PSL, partido do presidente Jair Bolsonaro, explicou que as demandas dos senadores estão relacionadas principalmente ao pacto federativo e a questões regionais. Já o líder do governo no Senado, Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE), apesar de admitir o clima de insatisfação entre os colegas em relação a “pendências” e ao pacto federativo, afirmou que está mantida a previsão de votação do segundo turno da proposta no dia 10 de outubro. “Continua mantido o calendário, mas é preciso conversar muito”, disse. “A gente sai daqui com muitas solicitações de superação de questões que foram aqui apresentadas pelos diversos líderes”, afirmou, acrescentando que o governo terá “muito trabalho” para harmonizar a relação com os senadores. Logo após a reunião dos senadores, foi iniciada a sessão da CCJ desta terça-feira para a votação de parecer do senador Tasso Jereissati (PSDB-CE) sobre as emendas apresentadas em plenário à reforma da Previdência, mas antes, foi dado espaço para a leitura de um voto em separado do senador Paulo Paim (PT-RS). Depois, passou-se à fase de discussão, em que cada senador teria 10 minutos para discursar. Encerrada a discussão, inicia-se o processo de votação. Há pelo menos 6 destaques a serem votados além do parecer de Tasso. Copyright © Thomson Reuters.

Link Notícia: https://noticias.r7.com/economia/senadores-cobram-governo-para-concluir-votacao-da-previdencia-01102019

Trabalhadores já podem optar pelo Saque-Aniversário do FGTS
Data: 01/10/2019

Valores ficarão disponíveis para saque por até três meses, a contar do primeiro dia útil do mês de nascimento

Os trabalhadores já podem optar pelo Saque-Aniversário do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço). A opção pode ser registrada no aplicativo do FGTS ou na página da Caixa. Essa modalidade de saque foi criada pela Medida Provisória nº 889/2019. Ao confirmar esta opção em um dos canais divulgados pelo banco, o trabalhador deixará de efetuar o saque em caso de rescisão de contrato de trabalho. O primeiro saque será feito de acordo com um calendário: calendário saque FGTS A partir de 2021, a liberação ocorrerá no mês de aniversário do trabalhador, que deverá escolher o dia 1º ou 10º do mês. Segundo a Caixa, a diferença é que, ao optar pelo 10º dia, a base de cálculo do valor a receber será acrescida de juros e atualização monetária do mês de saque. O trabalhador poderá sacar um percentual calculado sobre o saldo do FGTS, acrescido de parcela adicional fixa: Percentual + parcela adicional para saque aniversário do FGTS Os valores ficarão disponíveis para saque por três meses, a contar do primeiro dia útil do mês de nascimento. Quem tem poupança ou conta corrente em qualquer banco pode solicitar o crédito em conta. A migração para a modalidade Saque-Aniversário não é obrigatória. Quem não comunicar à Caixa o interesse em migrar, permanecerá na regra de saque-rescisão, em que o trabalhador demitido sem justa causa, tem direito ao saque integral de sua conta do FGTS, acrescido de multa rescisória. Aos optantes pelo Saque-Aniversário estão mantidas as movimentações da conta para compra de casa própria, doenças graves, aposentadorias e outros.

Link Notícia: https://noticias.r7.com/economia/trabalhadores-ja-podem-optar-pelo-saque-aniversario-do-fgts-01102019

Ataques virtuais relacionados ao saque do FGTS crescem 100%
Data: 01/10/2019

Empresa especializada em segurança digital diz bloquear 13 mil ações de cibercriminosos todos os dias desde a liberação da Caixa

Os brasileiros podem solicitar o saque de até R$ 500 por conta ativa e inativa do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) desde 13 de setembro. O assunto teve grande repercussão no noticiário por conta das dúvidas da população e chamou a atenção dos cibercriminosos. Leia também: Brasil é o 2º país com mais ataques virtuais que sequestram dados Após a liberação da Caixa Econômica Federal, a Kaspersky, especializada em segurança digital, identificou um crescimento de 100% nas mensagens de phishing usando o nome do banco, em média 13 mil por dia. Esse tipo de crime digital tem como objetivo roubar dados e informações pessoais ou instalar programa maliciosos. Uma das estratégias usadas é utilizar o registro de domínios com nomes similares ao de sites verdadeiros e conhecidos na internet. A Kaspersky também identificou o aplicativo falso "Saque FGTS – Nova Regra", que teve mais de 100 mil downloads na Google Play, loja oficial de apps para smartphones Android. Leia mais: Um guia de como verificar se uma notícia é falsa antes de mandar no grupo da família Após fazer baixar o app, a vítima passa a receber uma grande quantidade de anúncios intrusivos, por tratar de um adware. A empresa de segurança diz ter notificado o Google sobre o app falso disponibilizado na plataforma. “Sempre recomendamos aos usuários ficarem atentos aos canais oficiais das empresas. Nesse caso, o banco que realiza a liberação do saque está divulgando dicas de segurança de como costumam entrar em contato, quais informações são solicitadas e quais não e, inclusive, qual é o nome do app oficial”, explica Fabio Assolini, analista sênior de segurança da Kaspersky O R7 entrou em contato com a Caixa Econômica Federal e com o Google, mas não recebeu nenhuma resposta até a publicação desta matéria.

Link Notícia: https://noticias.r7.com/tecnologia-e-ciencia/ataques-virtuais-relacionados-ao-saque-do-fgts-crescem-100-01102019

Sede do Botafogo tem muros pichados com frases de protesto
Data: 01/10/2019

Após terceira derrota seguida no Brasileiro, torcedores chamara o time do Alvinegro de 'sem vergonha' e pediram saída do técnico Eduardo Barroca

A derrota por 1 a 0 para o Fortaleza, na última segunda-feira, pode ter esgotado a paciência de parte da torcida do Botafogo com o time. Nesta terça-feira, dia seguinte à partida válida pela 22ª rodada do Brasileirão, os muros de General Severiano, sede do clube, localizada na Zona Sul do Rio de Janeiro, amanheceram pichados com frases de protestos e pedidos de saída do treinador Eduardo Barroca. As inscrições chamavam o time de "sem vergonha", além de mostrar indignação com a diretoria. Pedidos para que os irmãos Moreira Salles assumissem o clube também puderam ser lidos nos muros. Com o revés diante do Fortaleza, o Botafogo sofreu a terceira derrota consecutiva no Campeonato Brasileiro. O time segue estacionado com 27 pontos na tabela e vê cada vez mais distante o sonho de classificação para a Copa Libertadores da América do próximo ano. O Alvinegro é 12º colocado na competição nacional.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/lance/futebol/sede-do-botafogo-tem-muros-pichados-com-frases-de-protesto-01102019

Em ano de recordes no Fla, Gabigol quer encerrar jejum contra Grêmio
Data: 01/10/2019

Atacante fez gol contra 20 times em 2019, mas ainda não marcou contra os gaúchos, adversários desta quarta-feira, na semifinal da Libertadores

Artilheiro do ano no futebol nacional e goleador máximo do Campeonato Brasileiro, Gabriel Barbosa vive uma temporada acima da média. Com 32 gols em 43 jogos, o camisa 9 do Flamengo bateu seu recorde de gols em um mesmo ano e pode quebrar outros com a camisa rubro-negra, como o de Zico em uma edição de Brasileirão, por exemplo, que marcou 21 vezes, em 1980. Ao todo, 20 times já sofreram gols de Gabogol em 2019. Curiosamente, o Grêmio, adversário desta quarta-feira pela semifinal da Libertadores, ainda não foi um deles. No duelo pelo Brasileirão, vencido pelo rubro-negro por 3 a 1, Gabigol não entrou em campo, suspenso pelo terceiro cartão amarelo. Os gaúchos, inclusive, não costumam dar espaços para o atacante. Em 12 partidas contra o Tricolor, Gabigol balançou as redes somente uma vez, em 2013, ainda pelo Santos. Desde então, foram dez jogos passando em branco. Em 2019, no entanto, nenhuma marca negativa tem pesado sobre o atacante, que vem colecionando recordes, encerrando jejuns e decretando novas marcas. Agora, terá mais uma importantíssima pela frente.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/lance/em-ano-de-recordes-no-fla-gabigol-quer-encerrar-jejum-contra-gremio-01102019

River Plate e Boca Juniors começam semifinal argentina na Libertadores
Data: 01/10/2019

O jogo é a reedição da final da competição de 2018 e vai contar com forte esquema de segurança para o primeiro jogo no estádio Monumental, do River

As semifinais da Copa Libertadores começam nesta terça-feira, às 21h30, quando River Plate e Boca Juniors se enfrentam no Monumental de Nuñez, em uma reedição da decisão do ano passado, que foi disputada em Madri após muita confusão entre torcedores e bate-boca entre dirigentes. Quarta-feira, no mesmo horário, Grêmio e Flamengo fazem o primeiro duelo entre os brasileiros em Porto Alegre - os jogos de volta estão marcados para os dias 22 e 23 de outubro, respectivamente. Na Argentina, River e Boca pouparam os titulares no último final de semana - as duas equipes venceram seus compromissos no torneio nacional. No ano passado, a finalíssima foi para a Espanha porque torcedores do River Plate apedrejaram o ônibus da delegação do Boca horas antes da segunda partida, quando alguns atletas ficaram feridos e o duelo foi adiado. Por questões de segurança, a AFA e os clubes optaram por tirar o jogo da Argentina. O River levou a melhor naquela ocasião e por isso fez poucas mudanças para a atual temporada. O técnico Marcello Gallardo está no cargo há seis anos. Neste ano, ele já levantou uma taça, a da Recopa Sul-Americana em cima do brasileiro Athletico-PR. Na temporada, o River tem 59,3% de aproveitamento de seus jogos, com 20 vitórias, 13 empates e oito derrotas. Gallardo foi jogador do time antes de se tornar treinador. Tem, portanto, a equipe nas mãos. Ele é figura respeitada em Nuñez. Tanto é que vai virar estátua no local. O Boca Juniors tem retrospecto pouco melhor nesta temporada, com 69,1% de aproveitamento, com 23 vitórias, 14 empates e três derrotas. Comandado pelo técnico Gustavo Alfaro, a equipe foi campeã da Supercopa Argentina em cima do Rosario Central. Da Libertadores do ano passado para cá, o Boca passou por grandes mudanças. A começar pelo treinador Guillermo Barros Schelotto, que caiu. Do time titular daquela final, restaram apenas o goleiro Andrada e o zagueiro Izquierdoz.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/futebol/river-plate-e-boca-juniors-comecam-semifinal-argentina-na-libertadores-01102019

Jorge Souza é o novo participante de 'A Fazenda 11'. Saiba mais!
Data: 01/10/2019

Produtor de eventos entrou no lugar do ator Phellipe Haagensen, que foi expulso do reality show no último domingo (29)

Jorge Souza é o novo participante de A Fazenda 11. Ele entrou no lugar de Phellipe Haagensen, que foi expulso do reality show no último domingo (29). Bem-humorado, o carioca de 39 anos é produtor de eventos. Jorge Souza também já é conhecido da Record TV, pois foi campeão da primeira edição do Power Couple Brasil ao lado da esposa, Laura Keller. Jorge entrou na Fazenda, na manhã desta terça-feira (1º), e vai disputar o prêmio total de R$ 2 milhões do programa.

Link Notícia: https://entretenimento.r7.com/jorge-souza-e-o-novo-participante-de-a-fazenda-11-saiba-mais-01102019

Diogo Nogueira é assaltado no Rio de Janeiro antes de show
Data: 01/10/2019

Cantor foi rendido por bandidos e carro onde ele estava foi levado; apesar do susto, ele se apresentou normalmente no bairro da Penha

Diogo Nogueira passou por um susto no último domingo (29). O cantor foi assaltado enquanto seguia para um show no bairro da Penha, zona norte do Rio de Janeiro. Segundo a assessoria de imprensa de Diogo, o cantor estava em um carro enviado pela produção do show junto com o motorista, quando eles foram surpreendidos por assaltantes, que os renderam e fugiram com o veículo. Apesar do susto, ninguém ficou ferido e Diogo seguiu normalmente para a apresentação.

Link Notícia: https://entretenimento.r7.com/tv-e-entretenimento/diogo-nogueira-e-assaltado-no-rio-de-janeiro-antes-de-show-30092019

Caixa pagou mais de R$ 10 bi a clientes que fizeram saque do FGTS
Data: 01/10/2019

Clientes do banco que não quiserem retirar o dinheiro têm até 30 de abril de 2020 para informar a decisão

A Caixa Econômica Federal já creditou mais de R$ 10 bilhões do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) para 24,3 milhões de clientes com poupança ou conta corrente no banco. Os pagamentos do saque imediato de até R$ 500 seguem um calendário. Quem nasceu em janeiro, fevereiro, março e abril recebeu primeiro, com a liberação no dia 13 de setembro. Em seguida, no dia 27, foi liberado o saque para os nascidos em maio, junho, julho e agosto. Em seguida, no dia 9 de outubro, recebem os nascidos em setembro, outubro, novembro e dezembro. Os clientes do banco que não quiserem retirar o dinheiro têm até 30 de abril de 2020 para informar a decisão em um dos canais divulgados pela Caixa: site, Internet Banking ou aplicativo no celular. Os trabalhadores que não são clientes da Caixa começam a receber no próximo dia 18, no caso dos nascidos em janeiro. Os nascidos em fevereiro terão o saque liberado no dia 25 de outubro. O terceiro grupo será dos nascidos em março, no dia 8 de novembro. Saque-Aniversário A MP (Medida Provisória) nº 889/2019 autorizou essa nova modalidade de retirada de recursos do FGTS, chamada de saque imediato, válida somente esta vez. A MP permite que todos os trabalhadores, com contas ativas ou inativas do FGTS, possam sacar até R$ 500 de cada uma delas, limitado ao valor do saldo. A outra modalidade de saque criada pela MP é o saque-aniversário, que permite o saque de percentual do saldo do FGTS uma vez por ano. Neste caso, o trabalhador deixará de fazer o saque do saldo do FGTS, em caso de rescisão de contrato de trabalho. Mas poderá sacar a multa rescisória. A partir de hoje, os trabalhadores já podem optar pelo saque-aniversário FGTS. A opção pode ser registrada no aplicativo do FGTS ou na página fgts.caixa.gov.br. O saque será liberado a partir do próximo ano, de acordo com calendário. O saque-anivesário não está vinculado ao saque imediato. O trabalhador pode sacar um ou outro, optar pelos dois ou por nenhum deles.

Link Notícia: https://noticias.r7.com/economia/caixa-pagou-mais-de-r-10-bi-a-clientes-que-fizeram-saque-do-fgts-01102019

Ataque a tiros deixa três mortos e fere um em São João de Meriti (RJ)
Data: 01/10/2019

Vítimas estavam em uma calçada no bairro Agostinho Porto, em São João de Meriti, na Baixada Fluminense; uma pessoa está em estado grave

Alexandro Moreira da Silva, Angelo Miguel da Silva Rocha e Eduardo Barbosa de Freitas morreram e uma pessoa ficou ferida após homens armados passarem em um carro atirando contra o grupo que estava em uma calçada na rua Carlos Sodré, no bairro Agostinho Porto, em São João de Meriti, na Baixada Fluminense, na noite de segunda-feira (30). Leia mais: Homem é encontrado morto após finalizar compra de carro no RJ Policiais do 21º BPM (São João de Meriti) foram acionados, mas ao chegarem no local os feridos já tinham sido encaminhados à unidade de saúde. Uma vítima já estava morta. Angelo Miguel da Silva Rocha foi encaminhado até uma unidade saúde na mesma cidade, mas não resistiu. Eduardo Barbosa de Freitas foi levado ao hospital Geral de Nova Iguaçu, também na Baixada Fluminense. Ele passou por uma cirurgia, mas não resistiu aos ferimentos e morreu. veja também RJ: quatro pessoas são mortas a tiros na Baixada Fluminense em 24h Homem é morto com 46 tiros no centro de São João de Meriti (RJ) Cachorro é baleado durante operação policial no Rio Lucas Silva de Souza, levado para o hospital Estadual Adão Pereira Nunes, em Saracuruna, Duque de Caxias, apresenta estado de saúde grave. De acordo com a DHBF (Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense) foi instaurado inquérito para apurar as circunstâncias em que Alexandro Moreira da Silva morreu e três pessoas ficaram feridas, no bairro Agostinho Porto, em São João de Meriti. A perícia foi realizada e diligências estão em andamento para esclarecer o caso. *Estagiário do R7, sob supervisão de PH Rosa

Link Notícia: https://noticias.r7.com/rio-de-janeiro/ataque-a-tiros-deixa-tres-mortos-e-fere-um-em-sao-joao-de-meriti-rj-01102019

Johnson propõe emenda em acordo do Brexit, mas UE se mantém cética
Data: 01/10/2019

Primeiro-ministro britânico informou que apresentará 'uma oferta muito boa' aos países membros da União Europeia em breve

O primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, fez novas propostas para um acordo emendado para a separação britânica da União Europeia nesta terça-feira (1) que eliminariam a contestada salvaguarda para a fronteira irlandesa, mas autoridades do bloco pareceram céticas sobre as chances de avanço. Mais de três anos após o referendo de 2016, o Reino Unido se aproxima do prazo de saída de 31 de outubro sem saber ao certo se sairá com um acordo, sem um acordo ou se realmente sairá. Enquanto isso, as negociações do Brexit provocam fadiga nas capitais da UE, mesmo entre aliados tradicionais do Reino Unido. veja também Irlanda diz que acordo do Brexit não está pronto, mas 'clima melhorou' Brexit: os possíveis cenários após Justiça anular suspensão do Parlamento sugerida por Boris Johnson a rainha Oposição pede renúncia de Johnson e retomada do Parlamento britânico Acompanhe o noticiário internacional do portal R7 Um diplomata da UE qualificou a abordagem de Johnson como uma estratégia "kamikaze" para o Brexit. Outro disse que um novo pacto será algo difícil de se conseguir com rapidez se o Reino Unido exigir mudanças substantivas. "Realmente achamos que existe um bom caminho à frente", disse Johnson, garoto-propaganda da campanha do "Sair", prometendo apresentar formalmente "uma oferta muito boa... muito em breve". "Gostaria de ocultar nossas propostas em uma obscuridade decente até podermos compartilhá-las adequadamente com nossos amigos", disse ele, refutando uma reportagem segundo a qual Londres proporá postos alfandegários dos dois lados da fronteira da Irlanda. Johnson diz que quer firmar um acordo emendado em uma cúpula da UE nos dias 17 e 18 de outubro e que as duas partes estão dispostas a um pacto que permita um Brexit organizado — mas muitos diplomatas do bloco duvidam que um avanço seja possível até a cúpula. "Estamos nos reunindo aqui todos os dias prontos para negociar, a maneira kamikaze como isto está sendo tratado pelo governo do Reino Unido não é algo que escolhemos", disse um dos diplomatas. Outro disse que uma mudança "de meia polegada" em relação à proposta atual para manter a delicada divisa entre a Irlanda e a Irlanda do Norte de controle britânico dificultaria um acordo. Em um momento da verdade que definirá o futuro do Brexit, da UE e de seu mandato, Johnson está apostando que conseguirá concessões suficientes de Bruxelas para persuadir os apoiadores do Brexit no Parlamento britânico a ratificarem qualquer acordo. Se tiver sucesso, Johnson entrará para a história como o líder britânico que concretizou o Brexit. Se fracassar, o Parlamento aprovou uma lei que o obriga a adiar a desfiliação — uma medida que pode destruir sua popularidade entre os eleitores do "Sair". Copyright © Thomson Reuters.

Link Notícia: https://noticias.r7.com/internacional/johnson-propoe-emenda-em-acordo-do-brexit-mas-ue-se-mantem-cetica-01102019

TJ-RJ determina perícia em camisa de preso encontrado morto em cela
Data: 01/10/2019

Marcos Vinícius Gouvêa Gomes, de 33 anos, teria se enforcado com camisa na 32ª DP (Taquara). Familiares contestam versão da Polícia Civil de suicídio

O TJ-RJ (Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro) determinou que seja realizada uma perícia na camisa que supostamente foi utilizada por Marcos Vinícius Gouvêa Gomes, de 33 anos, para cometer suicídio na cela da 32ª DP (Taquara), zona oeste do Rio de Janeiro, no final de agosto. A família de Marcos contratou o perito aposentado da Polícia Civil Live Inimã para realizar a perícia. Segundo a defesa dos familiares, o perito “é proibido pela Polícia Civil de entrar nas dependências do IML (Instituto Médico Legal)” por ter “emitido laudos técnicos que contrariavam os laudos emitidos” pela própria instituição. Em nota, os advogados da família declaram que a defesa irá nesta terça-feira (1º) até o ICCE (Instituto de Criminalística Carlos Éboli) para realizar a perícia permitida pelo TJ-RJ. O R7 procurou a Polícia Civil para falar sobre o posicionamento em relação à perícia, mas não obteve resposta até a publicação da matéria. Jovens da Maré entregam a Witzel cartilha sobre abordagem policial Caso Marcos Marcos foi levado à 32ª DP no dia 29 de agosto pela Polícia Militar. Além de se envolver em uma briga de trânsito após um acidente com um motorista de aplicativo, ele teria parado em um posto de gasolina e abastecido o carro sem dinheiro para pagar. De acordo com a Polícia Civil, na época, Marcos foi preso por dirigir sob a influência de drogas, fuga do local do acidente e estelionato. Segundo a família, sua morte foi comunicada somente ao advogado durante a audiência de custódia.

Link Notícia: https://noticias.r7.com/rio-de-janeiro/tj-rj-determina-pericia-em-camisa-de-preso-encontrado-morto-em-cela-01102019

15 estados e DF vão aderir às escolas cívico-militares, diz MEC
Data: 01/10/2019

Na sexta-feira (4) começa a segunda etapa, quando municípios poderão demonstrar interesse em aderir ao programa

O MEC (Ministério da Educação) anunciou na manhã desta terça-feira (1) o primeiro balanço da implantação das escolas cívico-militares no país. Segundo o ministro Abraham Weintraub, 15 estados e o Distrito Federal aderiram nesta fase. De sexta-feira (4) até o dia 11 de outubro, o MEC abre para os municípios que demonstrarem interesse em aderir ao programa. Leia mais: MEC finaliza proposta de ampliação de escolas cívico-militares no país “A demanda é muito grande, vamos começar pelo pessoal que está com vontade de participar, não há necessidade de impor, uma pesquisa aponta que mais de 80% dos pais querem colocar seus filhos nas escolas cívico-militares, então, vamos começar com quem está mais disposto a implantar esse modelo”, disse Weintraub. Leia mais: Estados se dividem sobre escolas cívico-militares O programa é uma das bandeiras de campanha do governo do presidente Jair Bolsonaro (PSL). Segundo o secretário de Educação Básica, Janio Macêdo, “esse modelo de escolas já está implantado no país e tem dados bons resultados”, afirma. “Contribui para a melhoria da educação básica no país, mas não vamos investir em um modelo em detrimento de outro, a proposta é ampliar o ensino médio em tempo integral e ampliar a carga horária nos últimos anos do fundamental.” Escolas O programa foi lançado pelo governo em setembro. Na primeira etapa, foi realizada uma consulta pública aos Estados. Segundo o ministro, neste balanço, todos os estados da região Norte, Centro Oeste e Sul aderiram. Na região Nordeste apenas o Ceará demonstrou interesse e no Sudeste, Minas Gerais. O MEC (Ministério da Educação) pretende implementar 216 escolas cívico-militares até 2023. Essa é uma das ações previstas no Compromisso Nacional pela Educação Básica. “Nesta primeira etapa, a intenção é implementar ao menos duas por estado”, avalia Weintraub. As escolas cívico-militares são instituições não militarizadas, mas com uma equipe de militares da reserva no papel de tutores. A meta, segundo o MEC, é aumentar a média do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb).

Link Notícia: https://noticias.r7.com/educacao/15-estados-e-df-vao-aderir-as-escolas-civico-militares-diz-mec-01102019

Justiça não se omitirá em garantir direitos ante abusos, diz Toffoli
Data: 01/10/2019

Declarações foram dadas na véspera da continuidade do julgamento em que STF deve firmar tese capaz de anular diversas condenações na Lava Jato

O ministro Dias Toffoli, presidente do STF (Supremo Tribunal Federal) e do CNJ (Conselho Nacional de Justiça), disse nesta terça-feira (1º), em Brasília, que o Estado tem tendência a ser autoritário, mas que a Justiça não vai se omitir diante de investigações abusivas que invadam os direitos fundamentais dos cidadãos. “O Estado sempre tem uma tendência de ser autoritário. O Estado autoritário corrompe. Instituições autoritárias corrompem”, disse Toffoli durante cerimônia no CNJ. “A Justiça não vai se omitir em dizer que houve excessos, abusos e em garantir a cidadania e direitos individuais”, afirmou. Leia mais: STF adia decisão que pode anular condenações da Lava Jato As declarações foram dadas na véspera da continuidade do julgamento em que o Supremo deve firmar uma tese capaz de levar à anulação de diversas condenações na Lava Jato. Nesta quarta-feira (2), o plenário do STF deve voltar a discutir a necessidade de que réus delatados tenham direito de apresentar alegações finais depois de réus delatores. Um entendimento favorável aos réus delatados é visto como um dos maiores reveses da Lava Jato. Na primeira parte do julgamento, na semana passada, houve protestos contra o novo entendimento em frente ao Supremo, por parte de grupos que defendem a operação. Nesta terça (1º), Toffoli voltou a afirmar que o Supremo sempre “deu todo o apoio” ao combate à corrupção. Ele reiterou ainda que “não são heróis, não são pessoas individualmente” que promovem o avanço na área, “mas são as instituições trabalhando de maneira coordenada, transparente”. “Tem que ser dito isso para evitar lenda urbana, evitar a desonestidade intelectual, para evitar os oportunistas de plantão que querem desacreditar as instituições”, afirmou o ministro. Transparência Toffoli discursou após a assinatura de um ato normativo do CNJ que obriga os cartórios de todo o país a enviar automaticamente determinadas informações à UIF (Unidade de Inteligência Financeira), o antigo Coaf (Conselho de Controle de Atividades Financeiros). O objetivo é facilitar a investigação de atos notariais suspeitos, como a compra de imóveis em dinheiro vivo acima de R$ 30 mil, por exemplo. Com a norma, os notários ficam obrigados a informar “qualquer operação ou tentativa de operação que, pelos seus aspectos objetivos e subjetivos, possam estar relacionadas às operações de lavagem de dinheiro ou financiamento do terrorismo”. Em seu discurso, o presidente do STF defendeu a transparência nas investigações sobre movimentações financeiras, “para se evitar que trabalhos importantes que têm que ser feitos no combate à corrupção não venham a cair depois porque houve atividades de gaveta, investigações sem transparência, investigações escondidas, sem acesso das pessoas, sem saber quem está sendo investigado”. Em julho, Toffoli concedeu uma liminar (decisão provisória) — pedida pelo senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) — e suspendeu todas as investigações do país conduzidas pelo Ministério Público com base em informações repassadas pelo Coaf a procuradores sem o crivo prévio de um juiz. Entre os argumentos, estava a falta de transparência no compartilhamento de informações. O tema deve ser debatido no plenário do Supremo em novembro.

Link Notícia: https://noticias.r7.com/brasil/justica-nao-se-omitira-em-garantir-direitos-ante-abusos-diz-toffoli-01102019

Filho de Alex Escobar revela briga com o pai e dispara: 'Monstro'
Data: 01/10/2019

Pedro Escobar, de 19 anos, contou que sofre com depressão, falou em suicídio e acusou apresentador de supostamente debochar da situação

Pedro Escobar, filho do apresentador Alex Escobar, usou as redes sociais para desabafar e dar detalhes da relação conturbada que ele teria com o pai. O jovem de 19 anos relatou no Twitter que o pai teria mudado após descobrir que ele é homossexual e afirmou que o jornalista também teria feito pouco caso da depressão dele. "Eu tenho depressão há 5 anos desde que ele descobriu que eu era gay e passou 3 meses sem falar comigo. Depois disso, as coisas só foram piorando", escreveu Pedro no Twitter. "Em dezembro de 2017, eu tive uma tentativa de suicídio onde eu tomei uma grande quantidade de remédios e fiquei internado. Nessa ocasião, a única ação dele foi me dar uma bronca e dizer que eu sou um ingrato por fazer isso", completou. O filho de Escobar também afirmou que o pai estaria sem pagar pensão alimentícia para ele. "O salário dele é de 80 mil reais e, fazendo os cálculos, ele deveria me dar R$ 5,3 mil (por dividir com a minha irmã) por mês até os 24 anos ou enquanto eu continuar estudando. Porém, no começo desse ano ele me mandou um áudio se recusando a me oferecer qualquer tipo de estudo esse ano." PublicidadeFechar anúncio Pedro disse ainda que está "há beira de cometer suicídio" e acusou o pai de supostamente debochar da situação. "Esse homem é um monstro. Parem de dar palanque para um homem que trata a saúde mental do próprio filho como mimimi." Procurado pela reportagem, Alex Escobar disse, por meio de sua assessoria, que não vai se pronunciar mais sobre o assunto. O jornalista deu uma única declaração a respeito, para a colunista Fábia Oliveira, do jornal O Dia: "É injusto o que ele está dizendo, mas é minha palavra contra a dele. Eu prefiro que outras pessoas falem por mim". Horas depois da publicação viralizar na internet, o filho do apresentador deletou o perfil no Twitter. Leia o texto de Pedro Escobar na íntegra: O meu pai é o apresentador do Globo Esporte, Alex Escobar. E depois de sofrer muitos abusos por parte dele eu decidi expor e me manifestar. Eu tenho depressão há 5 anos desde que ele descobriu que eu era gay e passou 3 meses sem falar comigo. Depois disso, as coisas só foram piorando. Em dezembro de 2017, eu tive uma tentativa de suicídio onde eu tomei uma grande quantidade de remédios e fiquei internado. Nessa ocasião, a única ação dele foi me dar uma bronca e dizer que eu sou um ingrato por fazer isso. Ele nunca paga a pensão que ele deveria me pagar. O salário dele é de 80 mil reais e, fazendo os cálculos, ele deveria me dar R$ 5,3 mil (por dividir com a minha irmã) por mês até os 24 anos ou enquanto eu continuar estudando. Porém, no começo desse ano ele me mandou um áudio se recusando a me oferecer qualquer tipo de estudo esse ano. Eu tive uma discussão com a minha irmã, que também foi extremamente abusiva comigo durante a minha vida toda e provavelmente ela foi falar com ele. Eu estou há beira de cometer suicídio e ele continua tratando tudo isso como mimimi. esse homem é um monstro. Parem de dar palanque para um homem que trata a saúde mental do próprio filho como mimimi. Eu não tenho renda pra entrar com uma ação judicial contra ele e ir atrás dos meus direitos, por isso, venho por aqui pedir socorro aos meios de comunicação. Depressão é doença, suicídio não é mimimi.

Link Notícia: https://entretenimento.r7.com/tv-e-entretenimento/filho-de-alex-escobar-revela-briga-com-o-pai-e-dispara-monstro-01102019

SETEMBRO AMARELO
Data: 18/09/2019

SETEMBRO AMARELO

Link Notícia:

Petrobras diz que não há previsão para reajuste de preços
Data: 17/09/2019

Ataques aéreos à refinaria de Abqaiq resultaram na elevação dos preços internacionais do petróleo

A Petrobras informou, por meio de nota, que está monitorando o mercado internacional de petróleo, em função dos ataques a uma refinaria na Arábia Saudita. Os ataques aéreos à refinaria de Abqaiq resultaram na elevação dos preços internacionais do petróleo. PUBLICIDADE Falta de combustíveis no Brasil é 'inimaginável', dizem postos Por enquanto, não há previsão de reajuste de preços nos produtos negociados pela estatal, como os combustíveis e derivados de petróleo. Segundo a Petrobras, a cotação internacional do petróleo apresenta volatilidade e a alta súbita de preços “pode ser atenuada na medida em que maiores esclarecimentos sobre o impacto na produção mundial sejam conhecidos. A Petrobras decidiu por acompanhar a variação do mercado nos próxi-mos dias e não fazer um ajuste de forma imediata”, diz a nota.

Link Notícia: https://noticias.r7.com/economia/petrobras-diz-que-nao-ha-previsao-para-reajuste-de-precos-17092019

Cantora Taylor Swift confirma show no Brasil em julho de 2020
Data: 17/09/2019

Segundo o site da artista norte-americana, ela canta no Allianz Parque, na zona oeste de São Paulo. Não foram divulgadas mais datas até o momento

Nesta terça-feira (17), Taylor Swift finalmente confirmou show no Brasil. Segundo o site oficial da artista, ela canta em São Paulo, no Allianz Parque, no dia 18 de julho de 2020. Não foram divulgadas mais datas até o momento. A assessoria responsável pelo evento ainda diz que as informações de venda de ingressos serão noticiadas em breve. A cantora já visitou o Brasil outras vezes, porém, foram participações em eventos fechados. Dessa vez, Taylor fará uma apresentação completa da turnê do recém-lançado disco Lover. T4F ? @t4f O sonho se realizou: Taylor Swift vem para o Brasil! Anote na agenda - 18 de julho de 2020. Informações de venda de ingressos serão divulgadas em breve. Swifties, o momento de vocês finalmente chegou! Espalhe a notícia com #TaylorSwiftBrasil. @taylorswift http://bit.ly/TaylorSwift2020 Ver imagem no Twitter

Link Notícia: https://diversao.r7.com/cantora-taylor-swift-confirma-show-no-brasil-em-julho-de-2020-17092019

Claudia Mauro tem relação de amigo com o marido Paulo César Grande
Data: 17/09/2019

Um relacionamento "nem aberto nem fechado"

Um relacionamento "nem aberto nem fechado". Assim Claudia Mauro definiu seu casamento com Paulo César Grande. O relato foi feito nas redes sociais. A atriz disse que está sendo questionada por amigos e fãs sobre a relação que tem com o marido e se ainda são casados. "Eu e Paulo Cesar somos amigos, muito amigos, moramos juntos, criamos nossos filhos. Vivemos em harmonia, com muito amor, criando Pedro e Carolina - o maior amor de nossas vidas - em família. Não é um casamento aberto, nem fechado. Não estamos pensando nisso. Foco na criação dos filhos", escreveu. Sem dar detalhes sobre o assunto, Claudia relata que o casal vive vidas paralelas: "Temos nossa vida em família e nossas vidas particulares, com liberdade e respeito, com lealdade e compreensão, com sinceridade e sem hipocrisia". Paulo César Grande e Claudia Mauro estão juntos há 30 anos. Claudia não costuma postar muitas fotos de família e prefere preservar a intimidade. "Também penso que não é necessário escrever sobre a nossa vida particular, apesar de sermos pessoas públicas. Mas sei que é natural a curiosidade. E também sei que é pelo carinho e pela torcida", disse. PublicidadeFechar anúncio A atriz enfatiza que a parceria com o companheiro é para sempre. "Amizade é a relação humana mais potente e resistente. Serei sempre apaixonada por ele, pelo ser humano que é, por tudo o que vivemos e ainda viveremos. E, dessa forma, na amizade, posso dizer que somos eternos e imbatíveis! Ninguém, nem nada, nos tira um do outro. Porque somos incansavelmente amigos e nos amamos incondicionalmente. A vida é frágil e vulnerável, passa num sopro. Sejamos felizes, sinceros e acima de tudo, amigos um dos outros", conclui. No Dia dos Pais, ela prestou uma homenagem a Paulo. "Parabéns a esse pai maravilhoso, dedicado, brincalhão, cheio de amor e responsabilidade, apaixonado pelos filhos. Nós te amamos", escreveu na legenda da foto em que o casal aparece com as crianças. Copyright © Estadão. Todos os direitos reservados.

Link Notícia: https://entretenimento.r7.com/tv-e-entretenimento/claudia-mauro-tem-relacao-de-amigo-com-o-marido-paulo-cesar-grande-17092019

Tata Werneck exibe barrigão na reta final da gravidez da primeira filha
Data: 17/09/2019

Na manhã desta terça-feira (17), atriz compartilhou com fãs clique de ensaio fotográfico e brincou:

Tata Werneck usou o Instagram, na manhã desta terça-feira (17), para publicar lindo clique exibindo o barrigão de grávida. A atriz, que completou 33 semanas de gestação, brincou na legenda da foto sobre a vontade de fazer um ensaio fotográfico. "Engravidei só para tirar essa foto", escreveu. PUBLICIDADE Celebridades relatam complicações e riscos durante gravidez Nos comentários, fãs e amigos escreveram elogiando o registro. "Estou amando ver esse outro lado da Tata", "Você está linda", "Que venha com saúde", foram alguns dos comentários. Tata e o pai da criança, Rafael Vitti, ainda não decidiram o nome da bebê. Anteriormente, a escolha seria Cora, porém Tata contou que não tem mais certeza da preferência.

Link Notícia: https://entretenimento.r7.com/tv-e-entretenimento/tata-werneck-exibe-barrigao-na-reta-final-da-gravidez-da-primeira-filha-17092019

Indústria paulista fecha 5 mil vagas de empregos em agosto, diz Fiesp
Data: 17/09/2019

Dos 29 setores analisados pela federação, 11 registraram demissão, 11 permaneceram estáveis e sete contrataram; interior teve os piores números

A indústria paulista fechou 5 mil vagas de emprego em agosto, segundo a pesquisa da Federação e do Centro das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp e Ciesp). Esse corte representou uma queda de 0,23% ante julho, com ajuste sazonal. No acumulado do ano, a indústria de São Paulo também acumula saldo negativo, em 5,5 mil postos. Segundo o vice-presidente da Fiesp e do Ciesp, José Ricardo Roriz, o resultado do mês passado é convergente com a média para o mês de agosto, observada desde 2011, influenciada pelos setores de veículos e couro e calçados. Em agosto de 2019, dos 29 setores analisados, 11 registraram demissão, 11 permaneceram estáveis e sete contrataram. Os principais destaques negativos ficaram por conta de veículos automotores, reboques e carroceria (-1.598), couro e calçados (-1.426) e produtos de borracha e de material plástico (-1.419). No campo positivo ficaram, principalmente, produtos diversos (575); produtos de minerais não-metálicos (443) e celulose, papel e produtos de papel (372). Regiões PublicidadeFechar anúncio Por regiões paulistas, o interior puxou o nível de emprego para baixo, com queda de 0,48%. Já a Grande São Paulo e o ABCD registraram avanço no período, de 0,25% e 0,11%, respectivamente, segundo a pesquisa. Entre as 37 diretorias regionais do Ciesp, 24 (65%) apresentaram resultados negativos, oito ficaram estáveis e cinco apresentaram contratações. O destaque negativo foi a cidade de Jaú (-3,63%), que fechou 900 vagas, influenciada pelos setores de produtos de metal (-17,65%) e artefatos de couro e calçados (-12,24%). Por outro lado, a cidade com maior evolução no emprego industrial foi Diadema (0,91%), com abertura de 350 postos, beneficiada pelos segmentos de veículos automotores e autopeças (4,01%) e produtos têxteis (3,74%). Copyright © Estadão. Todos os direitos reservados.

Link Notícia: https://noticias.r7.com/economia/industria-paulista-fecha-5-mil-vagas-de-empregos-em-agosto-diz-fiesp-17092019

Taxa de juros: Copom avalia nova redução da Selic a partir de hoje
Data: 17/09/2019

Mercado espera que inflação oficial caia 0,5 ponto percentual, passando dos atuais 6% para 5,5% ao ano. Reunião começa nesta terça e vai até amanhã

O Copom (Comitê de Política Monetária) do BC (Banco Central) começa a discutir, nesta terça-feira (17), em Brasília (DF), a manutenção da taxa básica de juros (Selic). O mercado financeiro espera uma redução de 0,5 ponto percentual, passando dos atuais 6% ao ano para 5,5% ao ano. Leia também: BC prevê PIB estável ou com ligeiro crescimento no 2º tri, mostra ata do Copom A expectativa consta na pesquisa semanal do BC a instituições financeiras no Boletim Focus. Economistas estimam que a Selic será reduzida em 0,5 ponto percentual em outubro e fechará o ano em 5%. O Copom reúne-se a cada 45 dias. No primeiro dia do encontro são feitas apresentações técnicas sobre a evolução e as perspectivas das economias brasileira e mundial e o comportamento do mercado financeiro. No segundo dia, os membros do Copom, formado pela diretoria do BC, analisam as possibilidades e definem a Selic. Como a taxa básica de juros influencia nosso dia a dia? A taxa básica de juros é usada no controle da inflação do país. Atualmente, ela está abaixo da meta definida pelo CMN (Conselho Monetário Nacional) para 2019 e 2020. Quando o Copom reduz a Selic, a tendência é que o crédito fique mais barato, com incentivo à produção e ao consumo, reduzindo o controle da inflação e estimulando a atividade econômica. PublicidadeFechar anúncio Quando o Comitê aumenta a Selic, a finalidade é conter a demanda aquecida e isso causa reflexos nos preços porque os juros mais altos encarecem o crédito e estimulam a poupança. De acordo com as previsões do mercado financeiro, a inflação, calculada pelo IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo), deve ficar em 3,45%, em 2019. Essa foi a sexta redução consecutiva na estimativa, que na semana passada estava em 3,54%. Para 2020, a estimativa também foi reduzida, ao passar de 3,82% para 3,80%, na segunda revisão consecutiva. A previsão para os anos seguintes não teve alterações: 3,75%, em 2021, e 3,50%, em 2022. A meta de inflação, definida pelo Conselho Monetário Nacional é 4,25% em 2019, 4% em 2020, 3,75% em 2021 e 3,50% em 2022, com intervalo de tolerância de 1,5 ponto percentual para cima ou para baixo. * Com informações da Agência Brasil.

Link Notícia: https://noticias.r7.com/economia/taxa-de-juros-copom-avalia-nova-reducao-da-selic-a-partir-de-hoje-17092019

Ataque na Arábia Saudita vai valorizar leilão do pré-sal, diz ANP
Data: 17/09/2019

Diretor-geral da agência avalia que aumento da percepção de risco no mercado valoriza o pré-sal e os demais ativos brasileiros

O diretor-geral da ANP (Agência Nacional do Petróleo), Décio Oddone, avalia que o ataque feito por drones no último sábado (14) a instalações de petróleo na Arábia Saudita vai aumentar o interesse de companhias estrangeiras do setor em participar dos leilões de petróleo no Brasil, programados para os meses de outubro e novembro. “Aumenta a percepção de risco no mercado de petróleo, o que deve se refletir nos preços, mesmo após a retomada plena do suprimento saudita, o que valoriza o pré-sal e os demais ativos brasileiros”, disse Oddone, por meio de nota divulgada hoje (16). No mercado financeiro, o ataque também traz impactos, de acordo com o economista-chefe da Daycoval Asset Management, Rafael Cardoso. “Do lado mais amplo e incerto, [o ataque] levará à elevação da tensão geopolítica na região. Em relação aos impactos econômicos globais, há a alta do preço do petróleo, como já está ocorrendo, mas que não deve se perpetuar devido à retomada da produção saudita nos próximos meses ou à expansão da oferta por parte de outros participantes [da Opep (Organização dos Países Exportadores de Petróleo)].” Leia também: Após ataque, combustível ficará mais caro no Brasil Para o economista, se houver alta de inflação nos países, ela deverá ser momentânea até a normalização da oferta de petróleo em um contexto global. “Neste sentido, deverá haver pouca implicação para a decisão dos bancos centrais em reduzir as taxas de juros, dado o choque passageiro”. Cardoso disse que a elevação momentânea dos preços, seguida de normalização, bem como a não implicação para a política monetária, valem também para o cenário nacional, onde “o Banco Central está em meio a um ciclo de queda da taxa básica de juros”. O Índice Ibovespa, da B3 (antiga Bolsa de Valores de São Paulo), fechou o dia em alta de 0,17%, com 103.680 pontos. As ações preferencias da Petrobras (Petrobras PN N2) foram as mais negociadas do pregão e tiveram uma alta de 4,39%. As ações ordinárias da estatal (Petrobras ON N2) também fecharam em alta de 4,52%. PublicidadeFechar anúncio Ataque por clones A Arábia Saudita anunciou que um oleoduto da Aramco que atravessa o país foi atacado por drones armados nesse sábado por organizações terroristas, entre elas as milícias Houthi, apoiada pelo Irã. Após o anúncio saudita, os Houthis assumiram a autoria dos ataques. Segundo o ministro de Enegia da Arábia Saudita, Abdulaziz bin Salman, o ataque resultou na redução da produção diária de óleo do país em cerca de 5,7 milhões de barris. A quantidade corresponde a cerca de 5% da oferta global. Os ataques repercutiram no preço do petróleo no mercado mundial. O índice Brent ultrapassou os US$ 71 por barril, logo depois do começo do pregão desta segunda-feira (16) em Londres, o que representa mais de 18% em relação à semana passada. O anúncio de que os Estados Unidos devem liberar suas reservas de petróleo, ajudou a conter a alta dos preços, mas as cotações do preço futuro do petróleo nos mercados-chave se mantém cerca de 10% mais altos do que na semana anterior. Pelo Twitter, o presidente dos EUA, Donald Trump, disse que seu governo está pronto para responder aos ataques contra as instalações petrolíferas na Arábia Saudita.

Link Notícia: https://noticias.r7.com/economia/ataque-na-arabia-saudita-vai-valorizar-leilao-do-pre-sal-diz-anp-16092019

https://noticias.r7.com/economia/ataque-na-arabia-saudita-vai-valorizar-leilao-do-pre-sal-diz-anp-16092019
Data: 17/09/2019

São Paulo tem 8% é o terceiro, seguido do Palmeiras com 6%. Pesquisa do Datafolha aponta também que 22% dos brasileiros não torcem para ninguém

O Flamengo não é líder só do Campeonato Brasileiro. O time carioca é o clube do coração de 20% dos torcedores brasileiros, ou seja uma a cada cinco pessoas gostam do Rubro-negro. O Corinthians aparece na segunda colocação com 14% da preferência. Os números são de uma pesquisa anual divulgada pelo Datafolha divulgada nesta terça-feira (17). Outro dado que chama atenção é a porcentagem de pessoas que não torcem para ninguém. 22% dos entrevistados afirmaram que não têm clube do coração. Em comparação com o levantamento de 2018, os flamenguistas subiram dois pontos percentuais, número dentro da margem de erro. Os corintianos permaneceram com a mesma porcentagem. O restante da lista é: São Paulo (8%), Palmeiras (6%), Vasco (4%), Cruzeiro (4%), Grêmio (4%), Internacional (3%), Santos (3%), Atlético-MG (2%), seleção brasileira (2%), Botafogo (1%), Bahia (1%), Fluminense (1%), Sport (1%), Santa Cruz (1%), Fortaleza (1%), Vitória (1%) e Ceará (1%) completam a lista dos times que atingiram ao menos 1%. A pesquisa foi feita entre os dias 29 e 30 de agosto e ouviu 2.878 pessoas, com mais de 16 anos, em 175 municípios do Brasil. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos. Arte R7 Desde 2012, o time carioca não ficava na frente do paulista fora da margem de erro da pesquisa. Naquele ano, teve um empate em 16% da preferência, mas a pesquisa foi feita três dias antes de o Corinthians conquistar o Mundial Interclubes. Nos outros anos, os flamenguistas foram maior número, mas a vantagem ficou dentro da margem de erro de dois pontos percentuais para mais ou para menos, o que representava empate técnico. Rubro-negro lidera em três regiões Quando o Brasil é divido por regiões, o Flamengo é líder em três delas: Norte, Nordeste e Centro-Oeste. O Corinthians fica na frente no Sudeste com 1% na frente dos cariocas, índice dentro da margem de erro. No Sul, o Grêmio é líder com 23%, seis pontos à frente do Internacional. Nessas análises as margens de erros são de 3% no sudeste, 5% no Sul, 4% no Nordeste, e 6% no Norte e Centro-Oeste. PublicidadeFechar anúncio Cor de pele A pesquisa também apresentou a divisão pela cor da pele dos entrevistados. Somente entre os que se declaram brancos o Flamengo (13%) não ficou na frente do Corinthians (16%). Como a margem de erro aqui é de 3%, houve um empate técnico. Entre os negros, o time carioca é líder (24%) e o Corinthians é o segundo (11%), a margem é de 5%. Os entrevistados que se declaram pardos 23% são flamenguistas e 14% corintianos, margem de erro de 3%. Renda Familiar O laventamento separou as análises também pela renda familiar dos entrevistados. O Flamengo só não aparece na frente entre as famílias que ganham entre cinco e dez salários mínimos, mas fica empatado com o Corinthians, 17% a 16%, dentro da margem de erro que é de seis pontos. Nas demais faixas de renda, o Rubro-Negro sempre está na liderança. A maior vantagem aparece entre as famílias com ganhos superiores a 10 salários mínimos. O Fla tem 24% e o Timão 10%.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/futebol/20-dos-brasileiros-torcem-para-o-flamengo-corintianos-sao-14-17092019

Fora dos primeiros jogos, Neymar atuará na Champions pelo PSG?
Data: 17/09/2019

Brasileiro teve pena reduzida e está suspenso por dois jogos por causa de críticas a arbitragem. Se jogar na 1ª fase, não deve se transferir em janeiro

A temporada do futebol europeu começa oficialmente nesta terça-feira, com o início da fase de grupos da Uefa Champions League. E o torneio, apontado pela maioria como o mais importante disputado por clubes do mundo, é o sonho de consumo de todos os 32 times que iniciam sua disputa. Entre eles, alguns despontam como favoritos. E o Paris Saint-Germain, assim como nos últimos anos, é um deles. Mas a dúvida que não quer calar: o time contará com Neymar na busca pelo título que mais deseja? veja também Filho de Neymar aparece com o irmão recém-nascido no colo Varane, sobre as negociações do Real por Neymar: 'Perdemos o foco' Veja o golaço de bicicleta de Neymar que garantiu o triunfo do PSG Na manhã desta terça-feira o craque brasileiro teve a punição reduzida de três para dois jogos fora da competição. O atacante foi suspenso pela Uefa após criticar muito a arbitragem do esloveno Damir Eskomina na eliminação do PSG na última temporada, após derrota para o Manchester United por 3 a 1. Mesmo não estando em campo, já que se tratava de lesão, Neymar foi às redes sociais e questionou a marcação de um pênalti para o time inglês no confronto decisivo. PUBLICIDADE Isso significa dizer que o camisa 10 não estará em campo nesta quarta-feira, na estreia da equipe, contra o poderoso Real Madrid, nem no dia 1º de outubro, contra o Galatasaray, e também não encara o Club Brugge, em 22 de outubro, no fechamento do primeiro turno. Ou seja, Neymar só poderá estrear na Champions em novembro, mesmo de dois meses antes da abertura da próxima janela de transferências. Mas será que é interessante para ele jogar? Isso porque caso entre em campo, é difícil que a sua tão sonhada transferência para o Barcelona aconteça ainda nesta temporada. Segundo regulamento da Uefa, caso um jogador atue em competições europeias por um clube, ele não pode vestir outra camisa no mesmo torneio e na mesma temporada. Isso aconteceu recentemente com Philippe Coutinho. Quando trocou o Liverpool pelo Barcelona, em janeiro de 2018, ele, que já tinha defendido o clube inglês na Champions, não conseguiu ajudar os espanhóis na fase final da disputa continental. Na ocasião, o Barça investiu 145 milhões de euros para contratá-lo. E após um episódio que terminou como um fracasso, já que um ano e meio depois Coutinho sequer está mais no clube, será que o Barcelona vai adotar a mesma estratégia agora: gastar milhões em um atleta que não pode entrar em campo na competição mais importante do ano? Primeira rodada da Champions League Terça-feira (17/09) Napoli x Liverpool RB Salzburg x Genk Inter de Milão x Sparta Praga Borussia Dortmund x Barcelona Lyon x Zenit Benfica x RB Leipzig Chelsea x Valencia Ajax x Lille Quarta-feira (18/09) Club Brugge x Galatasaray Paris Saint-Germain x Real Madrid Olympiakos x Tottenham Bayern de Munique x Estrela Vermelha Shakhtar x Manchester City Dínamo Zagreb x Atalanta Atlético de Madri x Juventus Bayer Leverkusen x Lokomotiv Moscou

Link Notícia: https://esportes.r7.com/futebol/fora-dos-primeiros-jogos-neymar-atuara-na-champions-pelo-psg-17092019

Dudu, Felipe Melo e Deyverson: Palmeiras tem líderes de estatísticas
Data: 17/09/2019

Vice-líder do Brasileirão, Palmeiras tem jogadores liderando sete quesitos; Dudu está em três deles, e marcas de Felipe Melo e Deyverson são negativas

O Palmeiras terminou o primeiro turno do Campeonato Brasileiro com a segunda melhor campanha, acumulando 39 pontos em 57 possíveis, três pontos atrás do Flamengo. Mas o clube tem cinco jogadores liderando sete quesitos diferentes, de acordo com o Footstats. Nem todos positivos. Veja mais: Rival do Timão na Sul-Americana, Del Valle tieta Daniel Alves no treino PUBLICIDADE veja também Romário é condenado a pagar dívida milionária por mansão em Brasília Com trocadilho, Santos confirma nascimento de filho de Sampaoli Grande destaque do título do ano passado, Dudu aparece como recordista em três estatísticas: assistências, cruzamentos e faltas recebidas. Os laterais Marcos Rocha e Diogo Barbosa ainda são recordistas em desarmes na atual edição. Já Felipe Melo é quem mais recebeu cartões, enquanto Deyverson, mesmo com menos espaço, tem mais impedimentos do que qualquer outro. Veja os dados de cada um dos líderes do Alviverde no Footstats deste Brasileiro: Dudu: Líder em assistências, cruzamentos e faltas cometidas Dados apontam Dudu como destaque do time Dados apontam Dudu como destaque do time Cesar Greco/Palmeiras Os números ressaltam a importância que o jogador eleito o craque do último Campeonato Brasileiro mantém no Palmeiras. Líder em assistências no torneio no ano passado, com 14 passes para gol, Dudu já soma sete neste ano - é o destaque no quesito também no clube, na temporada, com 13. E o número poderia ser maior com a ajuda dos companheiros: o camisa 7 também lidera em assistências para finalização: 34. Veja mais: Gabigol deixou Tite espantado. Será convocado para a Seleção Em seus 18 jogos no Nacional de 2019, o atacante ainda foi o recordista em cruzamentos: 143, sendo 36 certos e 107 errados, com uma média de 7,9 tentativas por partida e um índice de 25,2% de correção - em outras palavras, Dudu cruza oito vezes por jogo e acerta dois deles. Além disso, ninguém sofreu mais faltas do que ele no Brasileiro: 72, uma média de quatro por atuação. Marcos Rocha: Líder em desarmes Ninguém tem tanto desarme como Marcos Rocha Ninguém tem tanto desarme como Marcos Rocha Agência Palmeiras Ninguém tentou roubar a bola de um adversário tanto quanto o lateral-direito do Palmeiras neste Campeonato Brasileiro. Marcos Rocha acumula 63 desarmes em suas 17 atuações. Na média, são 3,7 tentativas por jogo, com índice de correção de 81%: são 51 acertos e 12 erros no quesito. Diogo Barbosa: Líder em desarmes certos Diogo Barbosa: quem mais desarma certo

Link Notícia: https://esportes.r7.com/lance/dudu-felipe-melo-e-deyverson-palmeiras-tem-lideres-de-estatisticas-17092019

Cesta básica fica mais barata em agosto em São Paulo
Data: 17/09/2019

Valor passou de R$ 741,25 em 31 de julho para R$ 726,10 em 30 de agosto deste ano, o que representa queda de 2,04%

A cesta básica ficou mais barata em São Paulo no mês de agosto, segundo dados divulgados pelo Procon-SP nesta terça-feira (17). O valor passou de R$ 741,25 em 31 de julho para R$ 726,10 em 30 de agosto deste ano, o que representa queda de 2,04%. O levantamento, feito em convênio com o Dieese (Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos). PUBLICIDADE Os itens de alimentação registraram queda de 2,05%, os de limpeza, 2,10%, e de higiente pessoal, 1,97%. Os produtos que tiveram maiores quedas de preços foram linguiça fresca (-7,34%), carne de segunda sem osso (-5,88%), salsicha avulsa (-5,67%), carne de primeira (-5,37%) e papel higiênico fino branco (-5,15%). Em contrapartida, os produtos que ficaram mais caros foram leite UHT (3,32%), óleo de soja (3,21%), biscoito recheado (2,78%), biscoito maisena (2,15%) e limpador multiuso (1,79%). Dos 39 produtos pesquisados, na variação mensal, 12 apresentaram alta, 24 diminuíram de preço e três permaneceram estáveis.

Link Notícia: https://noticias.r7.com/economia/cesta-basica-fica-mais-barata-em-agosto-em-sao-paulo-17092019

Mutirão do emprego: saiba quais vagas foram anunciadas
Data: 17/09/2019

Evento ocorre no Sindicato dos Comerciários, na região central de São Paulo; neste ano, foram ofertadas 4 mil oportunidades de trabalho

O mutirão do emprego, da União Geral dos Trabalhadores, em parceria com os sindicatos dos Comerciários e dos Padeiros, anunciou nesta terça-feira (17) 4 mil vagas de trabalho na capital paulista, oferecidas por 42 empresas. O evento ocorre das 8h às 17h no Sindicato dos Comerciários de SP (Rua Formosa, 99, ao lado do Metrô Anhangabaú). Os candidatos formaram fila para participar do mutirão. A quarta edição do evento sofreu duas alterações por causa das obras no Vale do Anhangabaú. A primeira foi a data – normalmente ele é realizado em agosto – e a segunda, na a quantidade de vagas. Inicialmente, as entidades divulgaram que seriam abertas 6 mil vagas. O número chegou a ser ampliado para 10 mil por causa das chances de trabalho temporário, que seriam ofertadas também no evento. As oportunidades são, entre outras funções, para: • Cozinheiro; • Açougueiro; • Jardineiro; • Copeiro; • Vendedor; • Operador de loja; • Conferente; • Caixa; • Repositor. Veja algumas das empresas participantes e o número de vagas que cada uma oferece: Vagas oferecidas em São Paulo no mutirão de emprego Vagas oferecidas em São Paulo no mutirão de emprego

Link Notícia: https://noticias.r7.com/economia/mutirao-do-emprego-saiba-quais-vagas-foram-anunciadas-17092019

Bolsonaro sanciona PL sobre posse de armas em propriedade rural
Data: 17/09/2019

Mudança na lei traz segurança jurídica e impede “divergências interpretativas” em relação aos limites da posse na área rural

O presidente Jair Bolsonaro sancionou nesta terça-feira (17) projeto de lei aprovado pelo Congresso que permite a proprietários de imóveis rurais a posse de armas de fogo em toda extensão da propriedade. A lei alterou legislação anterior que determinava a posse apenas dentro da residência. De acordo com o Palácio do Planalto, a mudança na lei traz segurança jurídica e impede “divergências interpretativas” em relação aos limites da posse de arma na área rural. Bolsonaro já havia anunciado na tarde de segunda-feira (16), ao chegar de volta a Brasília depois de passar 10 dias internado em São Paulo para uma cirurgia, que sancionaria a lei. O presidente afirmou que não iria mais “tolher ninguém de bem a ter sua posse ou porte de arma de fogo”. Ampliar a posse e o porte de armas de fogo é uma das promessas de campanha de Bolsonaro. O presidente chegou a editar um decreto ampliando as possibilidades de posse, mas terminou por retirá-lo ao ser avisado de que seria derrubado pelo Congresso. Parlamentares consideraram que o decreto extrapolava as prerrogativas presidenciais e alterava medidas que deveriam passar pelo Parlamento.

Link Notícia: https://noticias.r7.com/brasil/bolsonaro-sanciona-pl-sobre-posse-de-armas-em-propriedade-rural-17092019

Raquel Dodge 'segura' casos da Lava Jato por até 21 meses
Data: 17/09/2019

A desaceleração nos ritmos de trabalho da investigação levou o ministro do STF Edson Fachin a questionar a chefe do Ministério Público Federal

A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, "segurou" casos da Lava Jato por um ano ou até mais. A desaceleração nos ritmos de trabalho da investigação levou o ministro Edson Fachin, relator da operação no Supremo Tribunal Federal, a questionar, no mês passado, a chefe do Ministério Público Federal sobre o andamento das apurações, conforme documento obtido pelo jornal O Estado de S. Paulo. Raquel deixa nesta terça-feira, 17, o cargo e apresentará uma prestação de contas sobre os dois anos de sua conturbada gestão. Fachin listou 14 casos que estavam, na época, aguardando um posicionamento da Procuradoria, de dezembro de 2017 até hoje - uma soma que chega a 21 meses. Um dos mais emblemáticos é um inquérito que investiga o ex-presidente do Senado Eunício Oliveira (MDB-CE). A apuração foi aberta a partir do acordo de colaboração premiada celebrado pelo Ministério Público com Nelson José de Mello, ex-diretor institucional do grupo empresarial Hypermarcas, que relatou valores repassados ao emedebista. Encaminhado à Procuradoria em março de 2018, o inquérito até hoje não retornou ao Supremo para ser analisado por Fachin. PUBLICIDADE Em dezembro do ano passado, os advogados Aristides Junqueira e Luciana Moura, defensores de Eunício, reclamaram do ritmo das investigações e pediram o arquivamento do processo. "A última vez que o inquérito esteve nesse Supremo Tribunal Federal foi no início de março de 2018. A partir dessa data, os autos não mais saíram da PGR, eis que este procedimento, desde o início, tem sido conduzido pelo Ministério Público Federal. A insistência em prolongar as investigações viola as regras de duração razoável do processo com exposição e desgaste indevidos do requerente (Eunício)", criticou a defesa do ex-senador. veja também Com saída de Dodge, interino assume PGR até sabatina de Aras Fachin arquiva trechos de delação que citam Maia e irmão de Toffoli Aras expressou compromisso de manter forças-tarefa, diz Deltan União e Amazônia Legal definem rateio de R$ 430 mi da Lava Jato Outro caso mencionado pelo relator da Lava Jato é uma apuração preliminar sobre o repasse de valores pela JBS a parlamentares em troca de apoio político à eleição do deputado cassado Eduardo Cunha (MDB-RJ) à presidência da Câmara, em 2014. O caso está parado na Procuradoria há quase um ano. Um inquérito que investigava o senador Renan Calheiros (MDB-AL) também ficou quase um ano parado na Procuradoria até retornar, no início deste mês, ao STF - depois, portanto, que Fachin enviou o ofício a Raquel. O caso acabou arquivado pelo relator da Lava Jato. Em março, o magistrado enviou à Procuradoria um inquérito que apura se o ex-senador Edison Lobão (MDB-MA) recebeu vantagem indevida entre 2011 e 2013 - quando ocupava o cargo de ministro de Minas e Energia no governo de Dilma Rousseff (PT) -, em virtude de contratos celebrados para a construção da usina de Belo Monte. Na época, Fachin fixou um prazo de cinco dias para que a Procuradoria se manifestasse se seria o caso de apresentar denúncia, arquivá-lo ou de prosseguir com as apurações. Até hoje não recebeu resposta. No despacho obtido pela reportagem, Fachin cumprimentou Raquel pelo "brioso" trabalho, mas observou que "se encontram na PGR inquéritos, bem como ações cautelares e petições (...) no aguardo de diligências e respectivos trabalhos, em lapso superior ao prazo". Raquel disse que a maior parte das peças (manifestações) ajuizadas no STF está sob segredo de Justiça. "No tempo próprio elas expressarão o empenho com que eu trabalhei no enfrentamento da corrupção, naquilo que me cabe de atuação", afirmou ela, na semana passada. Debandada PublicidadeFechar anúncio A crise na Procuradoria levou, recentemente, um grupo de trabalho da Lava Jato a abandonar os postos, em sinal de desaprovação à conduta de Raquel na delação da OAS. A procuradora se colocou à disposição do presidente Jair Bolsonaro para ser reconduzida ao cargo por mais dois anos, mas acabou preterida pelo subprocurador Augusto Aras, que lançou candidatura avulsa, sem disputar uma vaga na lista tríplice da categoria. Aras já defendeu uma "disruptura" no Ministério Público, fez críticas a métodos de investigação "personalistas" da Lava Jato e prometeu atuar para destravar a economia. A indicação ainda precisa ser aprovada pelo Senado. Raquel enfrentou resistência no Planalto por ter denunciado, no ano passado, Bolsonaro por racismo e o deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), filho do presidente, por ameaçar uma jornalista. O entorno do presidente também critica a atuação de Raquel na Lava Jato sob o argumento de que ela não deu prioridade ao combate à corrupção. Apurações Eunício Oliveira (MDB-CE): O inquérito que investiga se o ex-senador foi beneficiado com valores repassados pelo grupo Hypermarcas foi enviado à Procuradoria em 2 de março de 2018. Edison Lobão (MDB-MA): Lobão é investigado por corrupção e lavagem envolvendo contratos de Belo Monte. Em março, Fachin enviou o inquérito à PGR para que, em 5 dias, se manifestasse, mas não houve resposta. Eduardo Cunha (MDB-RJ): Apuração envolve repasse de valores pela JBS a parlamentares em troca de apoio à eleição de Cunha à presidência da Câmara, em 2014. O caso está na PGR desde 21 de setembro de 2018. Renan Calheiros (MDB-AL): Caso investigava pagamento de propina por meio de dinheiro desviado de contrato para a construção de navios-sonda. O caso ficou quase um ano na Procuradoria. Depois, foi arquivado. Copyright © Estadão. Todos os direitos reservados.

Link Notícia: https://noticias.r7.com/brasil/raquel-dodge-segura-casos-da-lava-jato-por-ate-21-meses-17092019

Ciro critica PT e diz que não haverá unidade de esquerda
Data: 17/09/2019

Político diz "campo progressista" perderá as próximas três ou quatro eleições caso o que ele chama de "burocracia do PT" mantenha estratégia atual

Candidato à Presidência pelo PDT derrotado em 2018, o ex-ministro Ciro Gomes disse que o "campo progressista" perderá as próximas três ou quatro eleições caso o que ele chama de "burocracia do PT" mantenha uma estratégia em "nome da direção imperial" do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. "O PT são vários PTs. E é importante que você entenda essa premissa para o raciocínio que vou elaborar. Esta burocracia do PT e a estratégia que essa burocracia está fazendo em nome da direção imperial do Lula é certeza da derrota do campo progressista no Brasil agora e pelas próximas três ou quatro eleições", afirmou o ex-ministro, que veio a Belo Horizonte participar da filiação ao PDT da professora Duda Salabert, a primeira transexual a se candidatar ao Senado, nas eleições do ano passado - ela estava sem partido desde que desfiliou do PSOL. PUBLICIDADE Ele disse que os governos do PT geraram "corrupção generalizada" e crise econômica. Como mostrou a Coluna do Estadão, cresceu entre políticos e analistas a percepção que Ciro decidiu radicalizar o discurso de defesa da democracia e romper com a "frente de esquerda". "Agora ninguém mais vai enganar ninguém porque o que eu tinha para dar de engolir, de ter que fazer silêncio em nome da unidade, eles acabaram de liquidar." O ex-ministro afirmou que PT e Bolsonaro são "rigorosamente as duas faces da mesma moeda". Ele cita que Bolsonaro, diante da queda de sua popularidade, afirma que, se errar, o "PT pode voltar". "No mesmo dia, a Gleisi Hoffmann, que interpreta esse PT corrupto e incompetente, que é uma pau mandado do Lula, sem nenhum tipo de atitude crítica, diz que vai ser 'nós contra o Bolsonaro'. Enquanto isso alguém ilude o (governador do Maranhão) Flávio Dino (PCdoB), alguém fala em unidade comigo, e tal." Sobre o pedido de desculpas do deputado Alexandre Frota (PSDB-SP), Ciro diz que não iria atribuir "relevância política a isso", mas que vê um gesto "muito nobre". "Aceito as desculpas". Frota, que saiu do PSL, disse que Ciro "tinha razão sobre Bolsonaro". Copyright © Estadão. Todos os direitos reservados.

Link Notícia: https://noticias.r7.com/brasil/ciro-critica-pt-e-diz-que-nao-havera-unidade-de-esquerda-17092019

Projeto que altera fundo eleitoral pode ser votado no Senado
Data: 17/09/2019

Texto vem recebendo críticas de movimentos, que afirmam que regras vão reduzir transparência e controle sobre partidos; verba poderá ser ampliada

O projeto de lei que altera regras eleitorais volta à pauta do Senado nesta terça-feira (17) para discussão em turno único. O texto, que tramita em regime de urgência, afrouxa regras partidárias e eleitorais, traz de volta a propaganda partidária que era realiza pelas agremiações ao longo do ano, não apenas nas eleições, e ainda abre brecha para o aumento do valor do fundo eleitoral, com o qual os partidos bancam as campanhas. Diversos movimentos ligados à transparência na administração pública assinaram uma carta que foi enviada ao presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), críticas ao projeto. Já o relator da proposta, o senador Weverton Rocha (PDT-MA), fez parecer favorável ao novo texto e afirmou que as mudanças buscam "aperfeiçoar e reforçar a segurança jurídica do processo eleitoral". PUBLICIDADE O projeto foi aprovado na Câmara no último dia 3 e seguiu para o Senado. Na última sessão deliberativa, no dia 11, senadores de vários partidos reclamaram do pouco tempo disponível para analisar o projeto, e a votação foi cancelada. Para valer nas eleições municipais de 2020, as alterações precisam ser publicadas até o começo de outubro deste ano. Um dos pontos polêmicos diz respeito ao fundo eleitoral. Atualmente, ele é formado por um valor correspondente a 30% da verba das emendas impositivas (obrigatórias) apresentadas pelas bancadas estaduais no Congresso. O dinheiro vai para os partidos conforme o número de parlamentares das legendas no Legislativo. O projeto em tramitação aprovado pela Câmara retira a previsão de o fundo ser abastecido com 30% das emendas, abrindo brecha para novo percentual. Em 2018, os partidos tiveram R$ 1,7 bilhão de fundo eleitoral. O Ministério da Economia chegou a divulgar uma previsão de R$ 2,5 bilhões para 2020, mas reconheceu um erro no cálculo que deixaria o valor em cerca de R$ 1,87 bilhão. Caso a mudança prevista no projeto de lei seja aprovada, o valor disponível para os partidos nas próximas só será determinado na Lei Orçamentária Anual, normalmente aprovada pelo Congresso em dezembro com o detalhamento das receitas e despesas do governo para o ano seguinte. Críticas Movimentos como Transparência Brasil, Associação Contas Abertas e Transparência Partidária assinam a carta com críticas ao projeto. Segundo a diretora de operações da ONG Transparência Brasil, Juliana Sakai, o projeto entrou em regime de urgência e praticamente não foi debatido. "Pode legalizar práticas como o caixa 2. Desestruturar um sistema unificado de prestação de contas vai contra princípios de transparência e integridade em que você estrutura dados abertos que possam ser comparáveis para que seja feita a fiscalização", diz. Veja abaixo alguns dos problemas do projeto apontados pelas associações: Sistema para prestação de contas Permissão para utilização de qualquer sistema de gestão contábil para prestação das contas partidárias ao órgão de controle, derrubando a padronização e dificultado o controle. PublicidadeFechar anúncio Punições Serão aplicadas apenas se for provado dolo, intenção. Ainda assim, qualquer erro, omissão ou outro problema nas contas poderá ser ratificado sem punição até o julgamento. Repasses para candidatas mulheres O projeto pode terceirizar a responsabilidade no repasse de recursos para o incentivo da participação de mulheres na política. A administração da verba ficaria sob responsabilidade de um instituto com personalidade jurídica própria. Na prática, isso poderia livrar dirigentes do partido por eventuais irregularidades. Pela legislação, os partidos devem destinar 30% do fundo eleitoral para candidatas mulheres. Contratação de advogados Liberação para contratação de advogado ou contador em casos de "interesse direto e indireto do partido, bem como nos litígios que envolvam candidatos". Isso abriria brecha para a defesa até mesmo de políticos acusados de corrupção, segundo os movimentos. Além disso, as doações para gastos com advogado e contabilidade não entrarão na conta do teto de doação e gasto eleitoral, tornando mais difícil o controle sobre a verba e abrindo brecha para caixa dois. Transferências Possibilidade de transferência de recursos do Fundo Partidário para instituto privado inalcançado à princípio pelos órgãos de controle. Passagens Permissão para pagamento de passagem aérea com recurso do Fundo Partidário para qualquer pessoa, inclusive não filiados.

Link Notícia: https://noticias.r7.com/brasil/projeto-que-altera-fundo-eleitoral-pode-ser-votado-no-senado-17092019

Vovó patrulheira rodoviária engana motoristas com secador nos EUA
Data: 17/09/2019

A forma inusitada com que Patti Baumgartner decidiu resolver o problema de alta velocidade na rua em que mora a fez virar policial estadual honorária

Uma senhora da cidade de Polson, em Montana (EUA), arranjou, no armário do banheiro, um jeito para que os carros de sua rua reduzissem a velocidade: um secador de cabelo. A foto de Patti Baumgartner sentada, com um secador de cabelo apontado para os carros da rua como se fosse um radar viralizou nas redes e fez com que a senhora ganhasse o título de policial estadual honorária, segundo o canal de TV Fox 40. PUBLICIDADE veja também Vovô do crime: polícia de NY prende idoso que roubava prédios luxuosos Menino de 8 anos rouba carro e corre a 140 km/h na Alemanha Acompanhe o noticiário internacional do portal R7 A vovó patrulheira explicou ao jornal por que decidiu "enganar" os carros. "Eles [motoristas] esquecem de desacelerar e muitas pessoas reclamam que não podem caminhar ou andar de bicicleta", disse Baumgartner. O filho de Patti publicou a foto em seu Twitter e mandou para o policial Noah Pesola, que achou a situação "hilária". PublicidadeFechar anúncio Pesola presenteou Patti Pesola presenteou Patti Reprodução/Twitter @TrooperPesola Foi o oficial Pesola quem teve a ideia de nomear Patti como policial honorária e explicou que o título "não é oficial". "Ela está fazendo algo pela comunidade e, como ela disse, ela tem netos na área, então está fazendo algo em benefício dos netos" afirmou Pesola. "A melhor coisa que pude pensar foi dar ela é um chapéu de soldado e um distintivo para fazê-la parecer um pouco mais oficial". De acordo com a Fox 40, Patti disse que não sabe se o seu item de beleza fez com que os carros diminuíssem a velocidade, mas que continuará sentada com o secador e "multando" os carros que ultrapassarem o limite.

Link Notícia: https://noticias.r7.com/internacional/vovo-patrulheira-rodoviaria-engana-motoristas-com-secador-nos-eua-17092019

Saiba se você está no 4º lote de restituição do Imposto de Renda
Data: 09/09/2019

Os 2.819.522 contribuintes contemplados nesta fase de pagamentos receberão mais de R$ 3,5 bilhões na próxima segunda-feira (16)

A Receita Federal liberou na manhã desta segunda-feira (9) a consulta ao quarto lote de restituição do Imposto de Renda 2019. Segundo o Fisco, 2.819.522 contribuintes serão contemplados com o recebimento de R$ 3,5 bilhões nesta fase de pagamentos. Os contribuintes com os nomes presentes neste lote receberão a grana, na conta bancária indicada na declaração, na próxima segunda-feira (16). PUBLICIDADE VEJA SE VOCÊ ESTÁ NO 4º LOTE DE RESTITUIÇÃO No lote atual, aparecem contemplados 5.746 contribuintes idosos acima de 80 anos, 37.622 contribuintes entre 60 e 79 anos, 4.719 contribuintes com alguma deficiência física ou mental ou moléstia grave e 15.267 contribuintes cuja maior fonte de renda seja o magistério. PublicidadeFechar anúncio Além da página na internet, os contribuintes também podem saber se estão no quarto lote de restituição ligando para o Receitafone 146 ou acessando o aplicativo do Fisco disponível para os sistemas Android e iOS. Após ser depositada, a restituição ficará disponível no banco durante o período de ano. Se o contribuinte não fizer o saque no prazo, deverá solicitar o montante pela, mediante o Formulário Eletrônico — Pedido de Pagamento de Restituição, ou diretamente no e-CAC, no serviço Extrato do Processamento da DIRPF. Caso o valor a ser restituído não apareça na conta bancária, o contribuinte poderá contatar pessoalmente qualquer agência do BB ou ligar para a Central de Atendimento por meio do telefone 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (telefone especial exclusivo para deficientes auditivos) para agendar o crédito em conta corrente ou poupança, em seu nome, em qualquer banco.

Link Notícia: https://noticias.r7.com/economia/saiba-se-voce-esta-no-4-lote-de-restituicao-do-imposto-de-renda-09092019

Etanol recua em 18 Estados e preço médio cai, diz ANP
Data: 09/09/2019

Preço médio teve queda de 0,49%. Em São Paulo, principal Estado produtor, a cotação média do hidratado variou de R$ 2,648 para R$ 2,634 o litro

Os preços médios do etanol hidratado recuaram em 18 Estados brasileiros na semana passada, de acordo com levantamento da ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustívei) compilado pelo AE-Taxas. Houve alta em sete Estados e no Distrito Federal. No Amapá não foi feita avaliação. Veja também: Saiba se você está no 4º lote de restituição do Imposto de Renda PUBLICIDADE Na média dos postos brasileiros pesquisados pela ANP houve queda de 0,49% no preço médio do etanol na semana passada ante a anterior, de R$ 2,860 para R$ 2,846. Em São Paulo, principal Estado produtor, consumidor e com mais postos avaliados, houve recuo de 0,53% no período e a cotação média do hidratado variou de R$ 2,648 para R$ 2,634 o litro. A maior alta semanal, de 3,09%, foi em Alagoas e a maior queda, de 2,70%, no Rio de Janeiro. PublicidadeFechar anúncio veja também Saque de R$ 30 bi do FGTS é 'dose extra de otimismo' para o comércio Bolsonaro está disposto e pode realizar fisioterapia, diz porta-voz Na comparação mensal, os preços do etanol subiram em 13 Estados e no Distrito Federal e recuaram em outras 12 unidades da Federação. Não houve avaliação mensal no Amapá. Na média brasileira, o preço do biocombustível pesquisado pela ANP acumulou alta mensal de 2,08%. O preço mínimo registrado na semana passada para o etanol em um posto foi de R$ 2,279 o litro, em São Paulo, também o detentor do menor preço médio estadual, de R$ 2,634. O preço máximo individual, de R$ 4,970 litro, foi registrado em um posto do Pará e o Rio Grande do Sul registrou o maior preço médio, de R$ 3,978 o litro. Copyright © Estadão. Todos os direitos reservados.

Link Notícia: https://noticias.r7.com/economia/etanol-recua-em-18-estados-e-preco-medio-cai-diz-anp-09092019

Motorista tenta desviar de cachorro e derruba 11 postes em São Paulo
Data: 09/09/2019

Parte da avenida foi interditada para que o reparo fosse feito. Duas equipes foram deslocadas para o trabalho, que durou cerca de nove horas

Um motorista bateu o carro e derrubou 11 postes de iluminação pública em Franca, no interior de São Paulo. As informações são da Record TV. De acordo com informações do boletim de ocorrência, o acidente ocorreu quando o motorista tentou desviar de um cachorro, na avenida Claudio Cruz Ribeiro, na região sul da cidade. Em seguida, ele colidiu com um poste – em um efeito dominó, as demais 10 estruturas também caíram. PUBLICIDADE Leia mais: Jovem dirige pela primeira vez e bate em viatura da PM em SP PublicidadeFechar anúncio “Existe a malha, que segura todos os postes. Se bate em um, essa malha vai puxando os outros para o chão”, explicou o funcionário da empresa de energia Jovino Pereira. Parte da avenida foi interditada para que o reparo fosse feito. Duas equipes foram deslocadas para o trabalho, que durou nove horas. Cada poste custa, em média, R$ 4 mil – dessa forma, o prejuízo é acima de R$ 40 mil.

Link Notícia: https://noticias.r7.com/sao-paulo/motorista-tenta-desviar-de-cachorro-e-derruba-11-postes-em-sao-paulo-09092019

Presidente da Câmara dos Comuns renunciará em 31 de outubro
Data: 09/09/2019

John Bercow disse que, se o Parlamento votar a favor das eleições antecipadas, deixará o cargo quando as câmaras ficarem suspensas

O presidente da Câmara dos Comuns, John Bercow, anunciou nesta segunda-feira (9) que renunciará ao cargo no dia 31 de outubro, data prevista, por enquanto, para que o Reino Unido deixe a União Europeia. Em discurso em diante dos deputados, Bercow disse que, caso o Parlamento vote a favor da convocação de eleições antecipadas, deixará as suas responsabilidades quando as câmaras ficarem suspensas. O presidente da Câmara dos Comuns ganhou relevância no processo do Brexit por, em diversas ocasiões, ter facilitado que as convenções parlamentares fossem desafiadas para propor leis que iam de encontro a interesses do Governo. Na semana passada, permitiu que deputados trabalhistas e conservadores apresentassem uma legislação projetada para bloquear uma saída sem acordo da União Europeia, uma lei que entrou em vigor hoje, depois de ter sido sancionada pela rainha Elizabeth II. Bercow foi eleito deputado do Partido Conservador na Câmara dos Comuns em 1997 e deixou a legenda após ter sido designado presidente da Câmera, em 2009, para manter uma posição de neutralidade. PublicidadeFechar anúncio No discurso de hoje, revelou ter prometido à esposa e aos filhos no começo da legislatura que esta seria a última. Nos últimos dias, a imprensa britânica especulou a possibilidade que o primeiro-ministro, o conservador Boris Johnson, tentasse bloquear a reeleição de Bercow como membro do Parlamento caso houvesse antecipação das eleições. "Se a câmera votar nesta noite por eleições antecipadas, o meu período como presidente e deputado concluirá quando fechar o ciclo parlamentar. Se a câmera não votar (por eleições), decidi que o menos disruptivo e mais democrático seria renunciar ao término da sessão de quinta-feira, 31 de outubro", detalhou. Os deputados votarão nesta noite pela segunda vez se aceitam a antecipação eleitoral proposta por Johnson, que precisa do apoio de dois terços da câmera. A oposição já vetou uma proposta similar na semana passada, e a expectativa é de que hoje volte a recusar. Após anunciar a renúncia, Bercow foi ovacionado, e os deputados das bancadas da oposição se colocaram de pé, mas apenas poucos conservadores fizeram o mesmo. "Este foi, deixem-me dizer de forma explícita, o maior privilégio e honra da minha vida profissional, pelo que estarei eternamente agradecido", afirmou.

Link Notícia: https://noticias.r7.com/internacional/presidente-da-camara-dos-comuns-renunciara-em-31-de-outubro-09092019

ALMOÇO DE DOMINGO COMPLETO E DELICIOSO
Data: 09/09/2019

ALMOÇO DE DOMINGO COMPLETO E DELICIOSO

Link Notícia: https://www.youtube.com/embed/-gP5dCaESaQ

Inter e Athletico-PR fazem no Beira-Rio a finalíssima da Copa do Brasil
Data: 06/09/2019

Partidas da final acontecem nas duas próximas quartas-feiras. Colorado tenta segundo título, enquanto Furacão busca troféu inédito da competição

A finalíssima da Copa do Brasil será no Beira-Rio. Internacional e Athletico Paranaense conheceram os mandos de campo nesta quinta-feira (5), em sorteio na sede da CBF, no Rio de Janeiro. Com o sorteio, as duas equipes se enfrentam na próxima quarta-feira (11), na Arena da Baixada, em Curitiba; e, na outra quarta (18), no Beira-Rio, em Porto Alegre. O Inter pouco teve trabalho para despachar o Cruzeiro. Depois dos 1 a 0 no jogo de ida, o Colorado fez 3 a 0 na partida que garantiu a classificação. A equipe tenta o seu segundo título da competição que conquistou em 1992. Já o Athletico teve um pouco mais de trabalho para eliminar o Grêmio. O Furacão devolveu o 2 a 0 do jogo de ida e levou a decisão para os pênaltis. Os jogadores não desperdiçaram as cobranças e contaram com o erro de Pepe na batida decisiva. O time paranaense nunca conquistou a Copa do Brasil.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/futebol/inter-e-athletico-pr-fazem-no-beira-rio-a-finalissima-da-copa-do-brasil-05092019

Na volta de Neymar após 3 meses, Brasil enfrenta Colômbia nos EUA
Data: 06/09/2019

Última partida do camisa 10 foi no amistoso contra Qatar, dia 5 de junho, antes da Copa América, Tite garantiu atacante entre os titulares

Em amistoso marcado principalmente pelo retorno de Neymar, que defendeu o Brasil pela última vez há três meses e depois disso não disputou mais nenhuma partida nem sequer pelo Paris Saint-Germain, a seleção brasileira enfrenta a Colômbia nesta sexta-feira, às 21h30 (de Brasília), no Hard Rock Stadium, em Miami, nos Estados Unidos. Esse jogo será o primeiro do time comandado por Tite após a conquista do título da Copa América, na qual a equipe superou a ausência de seu principal astro e mostrou força coletiva para ficar com a taça da competição realizada em solo nacional. PUBLICIDADE Em meio a uma fase ruim pelo PSG e na mesma semana em que se tornou protagonista de um escândalo fora dos campos ao enfrentar uma acusação de estupro e agressão por parte da modelo Najila Trindade, Neymar sofreu uma lesão no tornozelo direito no primeiro tempo do amistoso que a seleção fez contra o Catar, no dia 5 de junho, em Brasília. Ele teve então uma ruptura ligamentar no tornozelo e o problema acabou provocando a sua desconvocação do grupo que estava na reta final de preparação para a Copa América. Após se recuperar da lesão, o atacante já vem treinando há um bom tempo no PSG, mas o clube francês e o técnico Thomas Tuchel optaram por não utilizar o atleta em nenhuma das partidas realizadas pela equipe parisiense neste início da temporada 2019/2020 na Europa pelo fato de que ele ainda estava resolvendo o seu futuro. O atleta almejava voltar ao Barcelona, mas os dirigentes espanhóis fracassaram em suas tentativas de contratá-lo e o astro acabou tendo confirmada a sua continuidade na equipe parisiense na última segunda-feira, quando foi fechada a janela de transferências do futebol europeu. Indispensável Nesta quinta-feira, ao projetar a participação de Neymar neste amistoso diante da Colômbia, Tite reconheceu que o Brasil provou, principalmente na Copa América, que hoje a seleção é menos dependente do futebol do atacante, mas mesmo assim o treinador fez questão de qualificá-lo como "indispensável" para a equipe nacional. "Sabe o aproveitamento com e sem Neymar? É praticamente a mesma coisa. A equipe se fortaleceu em relação a isso. Ao mesmo tempo, o Neymar é indispensável, e 50% dos gols com o Neymar em campo são dele ou com assistência dele", ressaltou Tite, em Miami, onde também assegurou que o jogador está pronto para atuar e "em condições de fazer aquilo que a seleção precisa". O treinador ainda fez questão de exaltar que vê o atacante ainda no mesmo patamar dos principais jogadores do mundo na atualidade. "O Neymar é Top 3 para mim. De qualidade técnica individual, eu coloco Messi acima, Cristiano Ronaldo, porque são outras gerações. Aí eu pego outra geração: ele e Hazard são dois jogadores, para mim, extraordinários. Com uma vantagem para o Neymar: ele pensa igual ao Hazard, mas executa mais rápido. Ele em condições é imparável. É imparável", repetiu Tite. PublicidadeFechar anúncio No último treino para este amistoso, Tite repetiu a formação titular da atividade de quarta-feira, com Neymar escalado em um trio ofensivo com Richarlison e Roberto Firmino, mas, antes da atividade, o comandante explicou que agora o atacante do Liverpool está desempenhando mais o papel de um meio-campista na seleção. "Hoje nós jogamos com uma composição com quatro homens no meio de campo, e o quarto é o Firmino. É um desenho diferente do que tínhamos", destacou. Se repetir a formação que foi treinada nos últimos dois dias, Tite vai mandar o Brasil a campo com Ederson; Daniel Alves, Marquinhos, Thiago Silva e Alex Sandro; Casemiro, Arthur, Philippe Coutinho e Firmino; Richarlison e Neymar. Já ao comentar sobre a Colômbia, o treinador disse que considerou a seleção do país como a que mais deu trabalho ao Brasil em sua campanha nas Eliminatórias da Copa de 2018. No primeiro duelo entre os rivais no qualificatório para o Mundial, os brasileiros venceram por 2 a 1, em Manaus, em 2016. Depois disso, em 2017, houve empate por 1 a 1, em Barranquilla, no reencontro entre as equipes. "Quando nos enfrentamos nas Eliminatórias, foi a seleção com a qual mais embate técnico nós tivemos. Os dois jogos foram muito difíceis, com competição física e lealdade técnica. Nós enfrentamos agora uma seleção que continua sólida", opinou. Pelo lado colombiano, o técnico português Carlos Queiroz convocou a base da seleção que disputou a Copa América, mas desta vez ele não poderá contar com James Rodrígues, lesionado, e o atacante Falcao Garcia, novo reforço do Galatasaray e outra baixa de peso para este amistoso. Entretanto, ele crê que a sua seleção está pronta para vencer em Miami. "Sabemos o potencial que tem o Brasil, vai ser um lindo encontro. Esperamos fazer um bom jogo e poder ganhar", projetou.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/futebol/na-volta-de-neymar-apos-3-meses-brasil-enfrenta-colombia-nos-eua-06092019

Gabigol pode igualar centroavantes do Flamengo no último Brasileirão
Data: 06/09/2019

Camisa 9 estará no comando do ataque diante do Avaí. Com 14 gols, está a dois de igualar marca de Guerrero, Vizeu, Uribe e Dourado, juntos, no BR-18

Em 2018, a falta de um centroavante em boa fase, fez falta ao Flamengo no Brasileirão. Apesar do vice-campeonato, o time da Gávea passou o último ano sem ter um "dono da camisa 9", problema solucionado com a chegada de Gabriel Barbosa neste ano. O fato é que o atual centroavante rubro-negro está perto de igualar o número de gols marcados pelos quatro nomes usados na função na edição passada do torneio: faltam apenas dois gols para Gabigol. Gabriel Barbosa tem mais gols que partidas pelo Brasileirão de 2019: são 14 bolas nas redes adversárias nas 13 vezes que entrou em campo. Na última temporada, Paolo Guerrero, Felipe Vizeu, Henrique Dourado e Fernando Uribe garantiram 16 gols para o Flamengo. Juntos, somaram 51 jogos no Brasileirão. Não é só Gabriel que vive grande fase com a camisa do Flamengo. Arrascaeta e Bruno Henrique são outros reforços que vêm fazendo a diferença a favor do time da Gávea neste Brasileirão, mas serão desfalques neste sábado, contra o Avaí, pela 18ª rodada. Eles estão a serviço das seleções do Uruguai e do Brasil, respectivamente, para amistosos. Vitinho e Reinier podem ser os substitutos escolhidos por Jorge Jesus para jogar no Estádio Mané Garrincha, em Brasília. Bruno Henrique e Arrascaeta são baixas de peso, mas não são as únicas: Berrío - com a seleção da Colômbia - e Rodrigo Caio, suspenso, também estão fora. Os dois primeiros, por exemplo, são os artilheiros do Flamengo no Brasileirão abaixo de Gabriel Barbosa. Bruno Henrique já fez oito, Arrascaeta marcou sete. Se não poderá contar com as assistências do uruguaio nem formar a dupla com Bruno Henrique, com quem joga junto desde os tempos de Santos, Gabigol pode ter a companhia de dois atletas que o clube "aposta alto": Reinier, meia de 17 anos, e Vitinho, recuperado de cirurgia no joelho esquerdo. O camisa 11 pode voltar a ser titular com Jesus após um mês e meio afastado.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/lance/futebol/gabigol-pode-igualar-centroavantes-do-flamengo-no-ultimo-brasileirao-06092019

Mionzinho alfineta trabalho de ex-BBB como ator: 'Onde ele estudou?'
Data: 06/09/2019

Victor Coelho, sósia de Marcos Mion, criticou o fato de Kaysar Dadour ser reconhecido na área: 'Eu levei 3 anos de estudos'

Victor Coelho, mais conhecido por interpretar Mionzinho, alfinetou Kaysar Dadour e o trabalho dele como ator. O ex-BBB, que está no elenco de Órfãos da Terra, foi entrevistado por Pedro Bial e ao falar sobre a formação dele na área, deixou Victor incomodado. "Acabei de ver o Bial anunciar o Kaysar como 'ator'. Eu gostaria de saber onde ele estudou para tirar o DRT em 6 meses, o meu eu levei 3 anos de estudos...", alfinetou o sósia de Mion nas redes sociais. PUBLICIDADE Após ser criticado por fãs do ex-BBB, Victor retrucou. "Bom dia pessoal, bora operar com um médico sem diploma? Afinal, quem tem talento não precisa de formação. É o que estão me dizendo desde ontem." Kaysar não se manifestou sobre o ocorrido.

Link Notícia: https://entretenimento.r7.com/tv-e-entretenimento/mionzinho-alfineta-trabalho-de-ex-bbb-como-ator-onde-ele-estudou-04092019

Buchecha anuncia filme que conta história da dupla com Claudinho
Data: 06/09/2019

Cantor postou uma foto antiga ao lado do ex-parceiro, morto em 2002, para adiantar que a cinebiografia vai se chamar Nosso Sonho

Apesar de a notícia ter circulado algumas vezes na internet, dessa vez parece que é sério. Buchecha anunciou um filme que vai contar a história da sua dupla com Claudinho. O cantor postou uma foto antiga ao lado do ex-parceiro, morto em 2002, para adiantar que a cinebiografia vai se chamar Nosso Sonho. PUBLICIDADE — Ei psiu, respeitem os pretinhos de São Gonçalo. "Porque o respeito e amor ao próximo é o que nos formou e será sempre assim". Formou, tá formado. Nosso Sonho. C&B For Ever – tá vindo o filme. Por enquanto, Buchecha não deu mais informações sobre o longa.

Link Notícia: https://entretenimento.r7.com/pop/musica/buchecha-anuncia-filme-que-conta-historia-da-dupla-com-claudinho-05092019

Oprah Winfrey anuncia que fará turnê do bem-estar nos EUA
Data: 06/09/2019

Famosa apresentadora de TV levará seu espírito motivacional em evento, no início de 2020, a fim de promover um estilo de vida mais saudável

Oprah Winfrey levará seu espírito motivacional para uma turnê, no começo de 2020, a fim de promover um estilo de vida mais saudável. A apresentadora e chefe da rede de televisão OWN anunciou, em vídeo no Facebook, que a turnê Oprah's 2020 Vision: Your Life in Focus começará em 4 de janeiro em Fort Lauderdale, na Flórida (EUA). Ela está trabalhando em conjunto com a WW (Weight Watchers Reimagined) para oferecer um dia inteiro de conversas sobre bem-estar durante sua passagem por nove cidades. PublicidadeFechar anúncio O roteiro terminará em Denver no dia 7 de março. Oprah também fará paradas em Los Angeles, São Francisco, Atlanta, Dallas, Charlotte e Nova York, entre outras cidades norte-americanas. Copyright © Estadão. Todos os direitos reservados.

Link Notícia: https://entretenimento.r7.com/tv-e-entretenimento/oprah-winfrey-anuncia-que-fara-turne-do-bem-estar-nos-eua-05092019

Governo reduz previsão do salário mínimo para R$ 1.039 em 2020
Data: 06/09/2019

Lei Orçamentária Anual (PLOA) de 2020 prevê investimentos públicos de R$ 19 bi em 2020 e insuficiência de R$ 367,031 bi para regra de ouro

O governo mudou a previsão do salário mínimo para R$ 1.039 no próximo ano, como consta no projeto de Lei Orçamentária Anual (PLOA) de 2020, divulgado nesta sexta-feira (30) pelo Ministério da Economia. O valor anterior era de R$ 1.040, previsto no projeto da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO - PLN 5/2019). PUBLICIDADE O reajuste mudou por causa da previsão de inflação, que agora é de 3,91% pelo IPCA. Com isso, o mínimo passará de R$ 998 para R$ 1.039 em 2020, só com o reajuste da inflação, sem ganhos reais. Além disso, os investimentos públicos em 2020 serão de apenas R$ 19,360 bilhões, indicando insuficiência de R$ 367,031 bilhões para o cumprimento da regra de ouro, que proíbe a emissão de dívida para cobertura de despesas correntes. PublicidadeFechar anúncio No documento, o governo também rebaixou o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) de 2,17% no ano que vem. Na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), a previsão estava em R$ 2,74%. O governo manteve a meta já indicada no projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de um déficit primário de R$ 124,1 bilhões para o A conta é que ele será composto por um rombo de R$ 244,2 bilhões para o Regime Geral de Previdência Social (RGPS) e um superávit de R$ 120,1 bilhões para Tesouro Nacional e Banco Central. Este será o sétimo ano seguido em que as despesas públicas vão superar as receitas, com o governo não conseguindo economizar para o pagamento da dívida pública.

Link Notícia: https://noticias.r7.com/economia/governo-reduz-previsao-do-salario-minimo-para-r-1039-em-2020-31082019

Governo reduz previsão do salário mínimo para R$ 1.039 em 2020
Data: 06/09/2019

Lei Orçamentária Anual (PLOA) de 2020 prevê investimentos públicos de R$ 19 bi em 2020 e insuficiência de R$ 367,031 bi para regra de ouro

O governo mudou a previsão do salário mínimo para R$ 1.039 no próximo ano, como consta no projeto de Lei Orçamentária Anual (PLOA) de 2020, divulgado nesta sexta-feira (30) pelo Ministério da Economia. O valor anterior era de R$ 1.040, previsto no projeto da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO - PLN 5/2019). PUBLICIDADE O reajuste mudou por causa da previsão de inflação, que agora é de 3,91% pelo IPCA. Com isso, o mínimo passará de R$ 998 para R$ 1.039 em 2020, só com o reajuste da inflação, sem ganhos reais. Além disso, os investimentos públicos em 2020 serão de apenas R$ 19,360 bilhões, indicando insuficiência de R$ 367,031 bilhões para o cumprimento da regra de ouro, que proíbe a emissão de dívida para cobertura de despesas correntes. PublicidadeFechar anúncio No documento, o governo também rebaixou o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) de 2,17% no ano que vem. Na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), a previsão estava em R$ 2,74%. O governo manteve a meta já indicada no projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de um déficit primário de R$ 124,1 bilhões para o A conta é que ele será composto por um rombo de R$ 244,2 bilhões para o Regime Geral de Previdência Social (RGPS) e um superávit de R$ 120,1 bilhões para Tesouro Nacional e Banco Central. Este será o sétimo ano seguido em que as despesas públicas vão superar as receitas, com o governo não conseguindo economizar para o pagamento da dívida pública.

Link Notícia: https://noticias.r7.com/economia/governo-reduz-previsao-do-salario-minimo-para-r-1039-em-2020-31082019

Ministro comemora resultado do leilão de três áreas portuárias
Data: 06/09/2019

Tarcísio Freitas citou a competição entre consórcios em dois terminais. 'O de celulose em Paranaguá a gente esperava um player único', disse

O ministro da Infraestrutura, Tarcísio Freitas, comemorou o resultado do leilão de três áreas nos portos de Santos e Paranaguá, realizado nesta terça-feira (13) na B3. “Superou a expectativa. Foi muito bom porque a gente viu competição em dois terminais. O de celulose em Paranaguá a gente esperava um player único”, disse após o leilão. O ministro destacou ainda que uma das áreas no Porto de Santos e o espaço em Paranaguá haviam ido a leilão no ano passado, mas não atraíram compradores. “Isso é uma mostra que estamos conseguindo ir na direção certa”, acrescentou. A primeira das três áreas vendidas, que compreende armazéns para sal e fertilizantes em Santos, atraiu intensa competição entre os três consórcios que disputavam o leilão. Após uma série de vários lances em viva voz, o lote foi vendido para a Hidrovias do Brasil por R$ 112,5 milhões. A oferta inicial da empresa era de R$ 65 milhões, mas teve que ser ampliada para competir com as propostas das concorrentes.

Link Notícia: https://noticias.r7.com/economia/ministro-comemora-resultado-do-leilao-de-tres-areas-portuarias-13082019

FGTS: Vou poder sacar R$ 500 todo ano das contas ativas e inativas?
Data: 06/09/2019

Liberação do saque imediato de parcela de até R$ 500 por conta ativa ou conta inativa começa no dia 13 de setembro para quem tem conta na Caixa

O saque imediato acontecerá uma única vez, até 31 de março de 2020. Depois dessa data limite, o trabalhador vai perder o direito a esta modalidade de saque nos anos seguintes. A modalidade que vai permitir que o trabalhador faça um saque anual é o saque aniversário, que vai depender de adesão prévia, ou seja, o trabalhador vai precisar dizer que quer ter acesso a ele. Para aderir ao saque aniversário, será preciso esperar o mês de outubro, informa a assessoria de imprensa da Caixa Econômica Federal.

Link Notícia: https://noticias.r7.com/prisma/o-que-e-que-eu-faco-sophia/fgts-vou-poder-sacar-r-500-todo-ano-das-contas-ativas-e-inativas-14082019

?Palmeiras aposta na sequência de trabalho de Felipão após eliminação
Data: 28/08/2019

Time não conquistou nenhum dos três torneios de mata-mata que disputou em 2019, mas considera que sob o comando do gaúcho irá reagir no Brasileiro

A eliminação para o Grêmio na Copa do Brasil não deve gerar profundas mudanças no Palmeiras. Ainda que nem o presidente Maurício Galiotte nem o diretor de futebol Alexandre Mattos tenham falado após a derrota, a intenção no clube é dar continuidade ao trabalho de Luiz Felipe Scolari. Leia também: Grêmio vira sobre o Palmeiras e se garante na semi da Libertadores Em sua terceira passagem pelo clube, o técnico de 70 anos de idade tem aproveitamento alto: 69,7% (46 vitórias, 11 empates e oito derrotas). Campeão do Brasileiro em 2018 e a três pontos do líder nesta edição, o técnico acumula duas eliminações na Copa do Brasil, duas em Libertadores e uma no Paulista. Ao longo de 2019, especialmente a torcida organizada fez protestos contra o comandante. Ao fim do jogo contra o Grêmio, mais protestos, estes contra o time, chamado de "sem vergonha". Questionado sobre o aumento da pressão, o técnico minimizou. Veja mais: Grêmio ironiza Palmeiras com Sandy e Júnior. Íbis também se aproveita - A pressão sempre existe em qualquer lugar, é normal. Estamos trabalhando no Palmeiras para ganharmos campeonatos. O segundo tempo foi pior do que o primeiro. Alguns jogadores mais nervosos do que o normal. Não adianta ficar discutindo com o árbitro - afirmou. - O Grêmio teve quatro chances vivas de gol, aproveitou duas oportunidades em erros que tínhamos consciência. E nós que criamos não aproveitamos. Temos que tirar essa lição de hoje, de equipe altamente copeiras como Grêmio, Boca Juniors e outras, para aprendermos a nos portar ano que vem nas outras competições. É uma questão que temos de evoluir no nosso grupo, e cada um querer - acrescentou. Felipão tem contrato por mais um ano e meio, até o fim de 2020. A multa rescisória, para ambas as partes, é de um mês do salário do treinador, como tem sido praxe na história recente do Palmeiras. Curta a página do R7 Esportes no Facebook.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/lance/palmeiras-aposta-na-sequencia-de-trabalho-de-felipao-apos-eliminacao-28082019

Quatro semifinais em cinco Libertadores. Renato Gaúcho
Data: 28/08/2019

O técnico do Grêmio se impôs, sem dificuldade, a Felipão. Ele teve a coragem de fazer seu time atacar no Pacaembu. Sem medo. E está na semi da Libertadores

São Paulo, Brasil "Foi uma partida épica, de raça. PUBLICIDADE "O Grêmio gosta de ganhar, gosta da bola, de agredir. Tem, sim, o melhor futebol do Brasil, com resultado. Não ganhou em dois anos e meio seis títulos à toa. Veja mais: A novela segue. Barça oferece R$ 780 milhões por Neymar. Ouve 'não' veja também Grêmio ironiza Palmeiras com Sandy e Júnior. Íbis também se aproveita Palmeiras, um desastre. Grêmio na semifinal da Libertadores Felipe Melo liberado para jogar contra o Flamengo. Triste, indecente A Portuguesa definha em praça pública. Rebaixamento foi mortal Vasco não aceita punição. Todas as torcidas xingam de 'bi...', 'via...' "A gente respeita todo mundo. Agora, futebol bonito o Grêmio tem, sim. E o aproveitamento é sensacional..." Sem um pingo de modéstia, mas coberto de razão, Renato Gaúcho comemorou com a classificação gremista para a semifinal da Libertadores. Das cinco vezes que disputou o torneio, o treinador chegou às semifinais em quatro. "Eu gosto muito de disputar a Libertadores. Sei da importância dos confrontos dos clubes mais fortes da América do Sul. É preciso jogá-la com inteligência, mas sem abrir mão das suas características. "Faço questão que meu time não se intimide, ataque dentro e, principalmente, fora de casa." PublicidadeFechar anúncio Veja mais: Zagueiros sabotam e tiram o Santos da liderança Essa foi a principal arma gremista no Pacaembu. "Havia falado ainda no outro jogo. O Grêmio tem a maneira dele de jogar, busca a vitória em qualquer competição, em qualquer lugar. "Não vou mudar minha equipe a cada partida porque o resultado não veio. Temos um esquema que dura praticamente três anos e tem dado certo. "Confio no meu grupo. "Digo para eles que isso aqui é Grêmio." Felipão não esperava o atrevimento de Renato Gaúcho. Pagou caro Felipão não esperava o atrevimento de Renato Gaúcho. Pagou caro Rahel Patrasso/Reuters O treinador venceu a Libertadores de 2017. E foi vice com o Fluminense, em 2008. Depois de eliminar o Palmeiras, o Grêmio enfrentará o classificado de Flamengo e Internacional...

Link Notícia: https://esportes.r7.com/prisma/cosme-rimoli/quatro-semifinais-em-cinco-libertadores-renato-gaucho-28082019

Com 'trio de Jorge Jesus', Flamengo marca mais de três gols por jogo
Data: 28/08/2019

Arrascaeta, Bruno Henrique e Gabriel Barbosa foram titulares juntos quatro vezes no Rubro-Negro: são 13 gols do trio, que será titular diante do Inter

Ao apresentarem condições de jogo, Arrascaeta, Bruno Henrique e Gabriel Barbosa estão sendo escalados, juntos, no Flamengo por Jorge Jesus. Até agora foram quatro jogos do trio sob o comando do treinador, nos quais a equipe marcou 13 gols (média de 3,25 gols/partida). Diante do Internacional, nesta quarta (28), o time da Gávea joga por uma vaga na semifinal da Libertadores, e o meia uruguaio e os atacantes estão cotados para serem, outra vez, titulares. Veja mais: Grêmio ironiza Palmeiras com Sandy e Júnior. Íbis também se aproveita veja também Antes 'copeiro', Felipão chega a 5 quedas em mata-matas em um ano Nas semis do continente, entram o Grêmio de PoA e o Atlético Mineiro Jean Pyerre provoca rivais: 'Para quem torceu contra, boa noite' Fla pega Inter para voltar à semi da Libertadores depois de 35 anos Palmeiras, um desastre. Grêmio na semifinal da Libertadores A chegada de Jorge Jesus ao Ninho potencializou as qualidades dos atletas, e este é um dos méritos do técnico à frente do Fla há pouco mais de dois meses. - Temos uma ideia de jogo ofensivo que favorece o Bruno (Henrique), Gabriel, Arrascaeta, Ribeiro (Everton)... Temos uma ideia que vai ao encontro do jogo criativo que temos do meio para a frente. É uma equipe que pode fazer gol a qualquer momento - analisou o comandante do Flamengo há uma semana. Os três começaram quatro jogos desde o início: contra o Athletico (na ida pelas quartas de final da Copa do Brasil), contra o Goiás e Vasco (pelo Brasileirão), e diante do Internacional (na ida pelas quartas de final da Copa Libertadores). O Flamengo venceu três destas partidas, empatou uma, fez 13 gols e sofreu três. O trio participou de forma efetiva, com 12 gols e oito assistências da seguinte maneira: cinco gols e quatro assistências de Gabigol; quatro gols e três assistências de Arrascaeta; e quatro gols e uma assistência de Bruno Henrique. Reforços para 2019, trio não emplacou no 1º semestre A diretoria do Flamengo foi ao mercado e investiu pesado nas contratações de Arrascaeta, Bruno Henrique e Gabriel Barbosa. Os dois primeiros custaram mais de R$ 100 milhões, enquanto o camisa 9 veio sem custos, mas com um salário milionário. Contudo, o trio demorou a emplacar na equipe da Gávea. Veja mais: Fla líder do Brasileirão de novo. Vai ficar mais uma vez só no cheirinho? Sob o comando de Abel Braga, os três não tiveram muitas chances juntas. O ex-treinador do clube escalava o time no 4-2-3-1 e, desta forma, Arrascaeta disputava uma vaga com o capitão Diego, pela faixa central do campo, ou com Bruno Henrique, pelo lado esquerdo do ataque. Foram 22 jogos do uruguaio com Abelão no Flamengo, dos quais ele atuou os 90 minutos em apenas sete. Arrascaeta, Bruno Henrique e Gabigol em ação sob o comando de Jorge Jesus: ?Ida das quartas de final da Copa do Brasil Athletico 1x1 Flamengo - Trio titular Gol: Gabriel Barbosa Campeonato Brasileiro Flamengo 6x1 Goiás - Trio titular Gols: Arrascaeta (3), Gabriel Barbosa (2) e Bruno Henrique Assistências: Gabriel Barbosa (3) e Arrascaeta (2) Flamengo 1x1 Athletico - Bruno Henrique fora (entorse tornozelo direito) Corinthians 1x1 Flamengo - Arrascaeta fora (coxa direita) Copa Libertadores Emelec 2x0 Flamengo - Arrascaeta fora (coxa direita) Campeonato Brasileiro Flamengo 3x2 Botafogo - Arrascaeta fora (coxa direita) Copa Libertadores Flamengo 2x0 Emelec - Arrascaeta no banco após recuperar de lesão Campeonato Brasileiro Bahia 3x0 Flamengo - Gabriel Barbosa fora (coxa esquerda) Flamengo 3x1 Grêmio - Gabriel Barbosa fora (coxa esquerda) Vasco 1x4 Flamengo - Trio titular Gols: Gabriel Barbosa (2), Arrascaeta e Bruno Henrique Assistências: Arrascaeta Copa Libertadores Flamengo 2x0 Internacional - Trio titular Gols: Bruno Henrique (2) Assistência: Gabriel Barbosa Campeonato Brasileiro Ceará 0x3 Flamengo - Bruno Henrique no banco (preservado)

Link Notícia: https://esportes.r7.com/lance/futebol/com-trio-de-jorge-jesus-flamengo-marca-mais-de-tres-gols-por-jogo-28082019

Após agressão em show, Ludmilla diz: 'Macho escroto, não era fã'
Data: 28/08/2019

No final de semana, a cantora foi atingida por uma bola no rosto durante apresentação em Portugal, mas revidou devolvendo a bolada

Mesmo em turnê pela Europa, Ludmilla não deixou por menos ao ser agredida em um show. No final de semana, a cantora foi atingida por uma bola no rosto durante apresentação em Portugal, mas revidou devolvendo a bolada. A notícia correu o mundo pop e a funkeira postou um vídeo no stories para explicar o ocorrido. Segundo a artista, foi um brasileiro bêbado. PUBLICIDADE — Ele não era fã. Sabe aqueles macho escroto, que estão muito bêbados? E era brasileiro e queria aparecer. Primeira vez pegou no computador da minha equipe, já deu uma confusãozinha ali atrás. Depois ele tentou tacar em mim de novo, mas pegou no rosto da Brunna. Daí, ele tacou em mim e conseguiu acertar. Só que ele tacava, se escondia toda hora e ficava rindo. Então, esperei ele levantar e taquei nele de novo. Eu estava trabalhando, não estava desrespeitando ninguém, mas ele não.

Link Notícia: https://diversao.r7.com/apos-agressao-em-show-ludmilla-diz-macho-escroto-nao-era-fa-28082019

Helena Fernandes relata ter sofrido abuso sexual aos 14 anos
Data: 28/08/2019

"Eu vivi isso na minha adolescência. Não foi uma vez, foram várias vezes e dentro da minha casa", disse atriz durante programa de TV

No elenco da novela Bom Sucesso, atriz Helena Fernandes falou sobre um caso de abuso sexual que sofreu durante sua adolescência durante o Encontro com Fátima Bernardes. "Eu vivi isso na minha adolescência. Eu tinha 14 anos. Não foi uma vez, foram várias vezes, e dentro da minha casa, que é um lugar que na realidade você teria que se sentir segura", desabafou Helena. "É importante frisar que nós vivemos em uma sociedade machista, doente e tóxica, em que o homem, ainda hoje, acha que a mulher, porque decidiu colocar uma roupa mais ousada, isso daria o direito a ele de abusar da mulher", prosseguiu. A atriz ainda falou sobre como o fato se tornou traumático a ela: "A pessoa que é abusada não tem coragem de falar, e como ela não tem coragem, cria o trauma. O trauma é o não poder compartilhar. É você silenciar, você esconder, como se tivesse feito alguma coisa errada. Quando na realidade a gente precisa falar sobre isso, colocar isso pra fora." PublicidadeFechar anúncio "Eu vim de uma família muito pobre e muito desestruturada. Então era muito difícil. Eu tenho um temperamento na vida que sou uma pessoa mais agressiva, mais impulsiva, então minha defesa sempre foi o ataque", continuou. Helena Fernandes ainda ressaltou a necessidade de se abordar o tema: "Não se fala de estupro, de abuso sexual. Até hoje não se fala com clareza disso, porque é muito difícil. Copyright © Estadão. Todos os direitos reservados.

Link Notícia: https://entretenimento.r7.com/tv-e-entretenimento/helena-fernandes-relata-ter-sofrido-abuso-sexual-aos-14-anos-28082019

Ed Sheeran anuncia pausa na carreira por tempo indeterminado
Data: 28/08/2019

Após último show da turnê 'Divide', cantor anunciou que só veria os fãs depois de alguns anos, mas não especificou quando retorna

A bem-sucedida turnê do álbum Divide chegou ao fim e Ed Sheeran pretende se afastar do palco por tempo indeterminado. Após realizar a última apresentação prevista para a divulgação do projeto no Chantry Park, em Ipswich, ele se despediu dos fãs nas redes sociais e disse que voltará no futuro, mas não especificou quando. "Como vocês podem ou não saber, eu estive na turnê Divide por mais de dois anos e este é o último dia da coisa toda. Há algo muito agridoce sobre isso. Eu amo que vocês estão aqui e nós estamos terminando em Ipswich. Este é meu último show por provavelmente 18 meses. Nós tocamos em todo o mundo. Glastonbury, estádio de Wembley. Todos esses locais surpreendentes, América, Nova Zelândia, Austrália, Ásia, América do Sul, tem sido uma loucura", iniciou o músico de 28 anos. "Me disseram antes de eu chegar que, agora, no final desta turnê, eu toquei para nove milhões de pessoas ao redor do mundo. É a maior turnê de todos os tempos. Tem sido um dia emocionante para muitas pessoas nos bastidores. É como se, de uma maneira estranha, você estivesse namorando uma pessoa com quem você está há anos. Parece estranho, mas tem sido uma longa turnê", revelou o cantor, segundo relatos do portal NME, que cobria a apresentação. PublicidadeFechar anúncio Ed Sheeran se casou no final do ano de 2018 Ed Sheeran se casou no final do ano de 2018 Divulgação "Por 893 dias, embora seja só eu aqui em cima, há toda uma equipe de turnê atrás de mim que desistiu de suas vidas e de suas famílias para virem na estrada. Eu só quero lhes dar o amor e respeito que eles merecem. Isso é estranho, mas pode ser o meu último show de pedal na vida. O que eu descobri é que passei minha vida inteira como um artista de um homem só. Mas esse show é também de todos vocês", disse. Desde março de 2017, Ed Sheeran se apresentou com a turnê Divide para mais de nove milhões de fãs, passando inclusive pelo Brasil. Nos próximos meses, o cantor pretende se dedicar à vida conjugal, já que se casou há oito meses com uma mulher identificada como Cherry.

Link Notícia: https://entretenimento.r7.com/pop/musica/ed-sheeran-anuncia-pausa-na-carreira-por-tempo-indeterminado-28082019

'CPMF não passa na Câmara', afirma relator da reforma tributária
Data: 28/08/2019

O deputado Aguinaldo Ribeiro afirmou que Jair Bolsonaro e Rodrigo Maia já se manifestaram contra a criação de uma nova CPMF

O deputado Aguinaldo Ribeiro, relator da PEC (Proposta de Emenda à Constituição) 45, da reforma tributária, disse acreditar que não há ambiente para aprovar um tributo similar à CPMF (Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira) na Câmara dos Deputados. "O próprio presidente Bolsonaro já havia se manifestado contra, o presidente Rodrigo Maia também. Eu pessoalmente acho que não tem ambiente, já disse por várias vezes que lá não passa", disse. PUBLICIDADE Leia mais: Bolsonaro nega volta da CPMF e fala sobre alíquota de IR O governo pensa em um imposto sobre pagamentos, chamado de CP (contribuição previdenciária) que compensaria uma desoneração da folha de pagamentos. Ainda que seja um texto separado, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), já sinalizou que pretende apensar a proposta à PEC 45. Ribeiro ponderou que vê com bons olhos a desoneração da folha de pagamentos, uma das formas encontradas pelo governo para minimizar os impactos da unificação de tributos sobre o setor de serviços. PublicidadeFechar anúncio O imposto único previsto na PEC 45 prevê a unificação de cinco impostos: PIS, Cofins, IPI, ICMS e ISS. Além disso, prevê que as empresas poderão acumular créditos relativos aos insumos durante a produção. O setor de serviços reclama que, como utiliza poucos insumos e tem como maior gasto a mão de obra ficaria prejudicado. Leia também: Reforma da Câmara pode criar maior imposto do mundo Questionado sobre se a desoneração da folha seria uma boa solução para o setor de serviços, contudo, Ribeiro desconversou. "Esse é o momento de a gente ouvir e colher sugestões. Tudo é apreciável dentro de um contexto global que temos que avaliar. E aí unificar interesses setoriais e dos entes federados", disse. O relator disse não querer se colocar como resistente a nenhuma proposta de emenda. Questionado sobre os pedidos dos Estados e municípios, disse apenas que escuta as sugestões e que quer construir um texto que "atenda a federação em todos os níveis". Copyright © Estadão. Todos os direitos reservados.

Link Notícia: https://noticias.r7.com/economia/cpmf-nao-passa-na-camara-afirma-relator-da-reforma-tributaria-26082019

Congresso propõe R$ 1 bi da Lava Jato para questões ambientais
Data: 28/08/2019

Discussão sobre a possibilidade de parte do fundo ser destinado ao combate das queimadas surgiu na semana passada, após solicitação ao STF

Após sair de reunião no STF (Supremo Tribunal Federal) sobre o uso do fundo bilionário da Lava Jato em ações para a Amazônia, o governador do Amapá, Waldez Góes, disse nesta quarta-feira (28) que o ministro Alexandre de Moraes tentará chegar a um consenso sobre as propostas enviadas nos últimos dias pelo Congresso, AGU (Advocacia-Geral da União) e PGR (Procuradoria-Geral da República). Segundo o governador, se não houver consenso, Moraes sinalizou que levará o tema ao plenário do STF. Veja também: Quatro municípios concentram 11,8% da população brasileira Além de ter se reunido com Goés, o governador de Roraima, Antonio Denarium, o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e o presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), Moraes deve se encontrar agora com representantes da PGR (Procuradoria-Geral da República), AGU (Advocacia-Geral da União), Ministério da Economia, Secretaria de Governo e Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional para tratar do tema. Segundo o governador do Amapá, a proposta conjunta da Câmara e do Senado é que R$ 1 bilhão, dos R$ 2,5 bilhões do fundo, seja direcionando às questões ambientais. Parte dele, R$ 400 milhões, iriam para os Estados da Amazônia Legal, e outros R$ 600 bilhões ao governo — R$ 200 milhões para o Ministério do Meio Ambiente e R$ 400 milhões para ações na Amazônia, explicou Góes. "Valor que solicitamos para Estados da Amazônia Legal é de R$ 400 milhões", também disse Denarium ao sair da reunião.

Link Notícia: https://noticias.r7.com/brasil/congresso-propoe-r-1-bi-da-lava-jato-para-questoes-ambientais-28082019

Mercado de cartões no Brasil cresce 18% no primeiro semestre
Data: 28/08/2019

Volume de compras pagas com cartões de débito e de crédito no Brasil somou R$ 850 bilhões nos primeiros seis meses do ano

SÃO PAULO (Reuters) - O volume de compras pagas com cartões de débito e de crédito no Brasil somou R$ 850 bilhões no primeiro semestre, um aumento de 18% em comparação à mesma etapa de 2018, informou nesta quarta-feira (28) a entidade que representa o setor, a Abecs (Associação Brasileira das Empresas de Cartões de Crédito e Serviços). No segundo trimestre, o crescimento ano a ano foi de 19%, afirmou a Abecs, no maior ritmo de expansão em sete anos. "Isso reforça nossa perspectiva de que o setor terá um crescimento ao redor de 17% em 2019", disse a jornalistas o presidente da Abecs, Pedro Coutinho.

Link Notícia: https://noticias.r7.com/brasil/mercado-de-cartoes-no-brasil-cresce-18-no-primeiro-semestre-28082019

Previdência: 129 emendas à PEC foram apresentadas em 24 horas
Data: 28/08/2019

Comissão de Constituição e Justiça do Senado fez a leitura do relatório de Tasso Jereissati nesta terça-feira. Votação está programada para o dia 4

O senador Tasso Jereissatti (PSDB-CE) concluiu, no início da tarde desta quarta-feira (28), a leitura do relatório sobre a reforma da Previdência, da qual é relator. O parecer foi apresentado na terça-feira (27) pelo parlamentar. PUBLICIDADE Segundo a presidente da CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) do Senado, senadora Simone Tebet (MDB-MS), até o momento, 276 emendas foram apresentadas à PEC da Previdência no Senado. veja também Tasso Jereissati entrega parecer com alterações no texto da Reforma da Previdência Veja as diferenças entre o texto da reforma da Câmara e do Senado Desse total, 129 de terça a quarta. Uma nova leitura da proposta pela comissão está prevista para ser realizada na próxima quarta-feira (4), a partir das 9 horas. Por lei, os senadores podem apresentar emendas até mesmo durante a votação. No entanto, durante a sessão, foi solicitado aos parlamentares presentes o envio de suas propostas até terça-feira, às 12 horas, para que o relator consiga ler antes de apresenta-las. “Não estamos impedindo que os senadores apresentem suas emendas. Pedimos apenas as emendas que forem enviadas por escrito sejam entregues até terça-feira, atendendo uma solicitação do senador Jereissati para conseguir ler as propostas. Se eventualmente for solicitada uma emenda ou outra no dia, até mesmo que oralmente, serão aceitas.” A proposta não foi consenso entre os presentes. A presidente, então, pediu colaboração dos parlamentares que puderem enviar suas propostas antes, para se anteciparem. Proposta passará por dois turnos de votação no Senado A expectativa é que a PEC seja incluída na ordem do dia do plenário do Senado em 10 de setembro, quando deve ocorrer uma sessão temática dedicada ao debate do tema. A votação do primeiro turno está prevista para o dia 24, e estima-se que a do segundo turno ocorra em 10 de outubro. PublicidadeFechar anúncio Por se tratar de uma PEC, a reforma precisará ser submetida, após passar pela CCJ, a dois turnos de votação no plenário do Senado. Para ser aprovada, a proposta deve receber o voto favorável de ao menos três quintos dos votos, o equivalente a 49 senadores, nas duas rodadas de votação em plenário. O parecer lido nesta quarta-feira, apresentado na véspera pelo relator, retira da reforma dispositivos relacionados à questão social e assistencial e estabelece, ainda, a cobrança de contribuição previdenciária de determinados setores. A parte principal do relatório suprime as modificações relacionadas ao Benefício de Prestação Continuada (BPC), e também suprime pontos que se referem à aposentadoria especial, dois temas que já vinham provocando resistência no Congresso desde a discussão da PEC na Câmara. Uma segunda parte do parecer, que irá compor uma PEC paralela, irá sugerir a cobrança de contribuição previdenciária patronal de entidades filantrópicas —com exceção de santas casas e de assistência social— e de agroexportadoras, de forma gradual, em um prazo de cinco anos. A PEC paralela trará ainda mudanças na pensão por morte, outro tema de grande controvérsia que preocupou tanto a bancada feminina da Câmara quanto a evangélica e vai estender as novas regras previdenciárias a Estados e municípios. Cessão onerosa Também nesta quarta-feira, a CCJ do Senado deve votar a proposta que divide os recursos do megaleilão do petróleo com Estados e municípios. O leilão será realizado no dia 6 de novembro e tem outorga de R$ 106,561 bilhões. Desse total, a Petrobras ficará com R$ 33,6 bilhões, e Estados e municípios terão R$ 21,7 bilhões. O relatório do senador Cid Gomes (PDT-CE) propõe que os valores sejam distribuídos seguindo os mesmos critérios do FPE (Fundo de Participação dos Estados) e do FPM (Fundo de Participação dos Municípios). O governo negocia alterações na proposta para "carimbar" os recursos, que seriam necessariamente destinados ao pagamento de dívidas, Previdência e investimentos. (*Com Reuters e Senado Notícias)

Link Notícia: https://noticias.r7.com/brasil/previdencia-129-emendas-a-pec-foram-apresentadas-em-24-horas-28082019

Comissão aprova convite para Salles explicar ações com Fundo Amazônia
Data: 28/08/2019

Ministro foi internado no Hospital das Forças Armadas, em Brasília, na noite de terça-feira (27) depois de um "mal estar"

A Comissão de Trabalho, Administração e Serviço Público da Câmara aprovou nesta quarta-feira (28) um convite para que o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, compareça em audiência pública no colegiado para explicar as ações da pasta financiadas pelo Fundo Amazônia e a atuação dos órgãos de fiscalização e monitoramento ambiental sobre as providências tomadas para combater o desmatamento e os incêndios na região amazônica. Inicialmente, o requerimento apresentado era de convocação, o que obrigaria o ministro a comparecer, mas ele foi transformado pela comissão em convite. O pedido foi apresentado pela deputada Professora Marcivania (PCdoB-AP). Ainda não há data marcada para a audiência com o ministro. Na noite desta terça-feira (27), Salles passou mal e foi internado no Hospital das Forças Armadas, em Brasília, para a realização de exames. Não há perspectiva de alta. Um novo boletim deverá ser divulgado às 16 horas desta quarta-feira, 28. O quadro do ministro é estável, informou o hospital na manhã desta quarta-feira. Copyright © Estadão. Todos os direitos reservados.

Link Notícia: https://noticias.r7.com/brasil/comissao-aprova-convite-para-salles-explicar-acoes-com-fundo-amazonia-28082019

Presidentes sul-americanos vão se reunir para discutir Amazônia
Data: 28/08/2019

O presidente Jair Bolsonaro afirmou que o encontro será em setembro e deve ocorrer em Leticia, cidade colombiana que faz fronteira com o Brasil

Líderes de países sul-americanos vão se reunir no dia 6 de setembro para discutir uma política única de preservação da Amazônia e de exploração sustentável da região. De acordo com o presidente Jair Bolsonaro, o encontro deve ocorrer em Leticia, cidade colombiana que faz fronteira com o Brasil em Tabatinga, no Amazonas. Bolsonaro recebeu nesta quarta-feira (28), no Palácio da Alvorada, o presidente do Chile, Sebastián Piñera, para tratar de questões ambientais e conversar sobre a participação do chileno, como convidado, na reunião do G7 (grupo dos países mais industrializados do mundo - Alemanha, Canadá, Estados Unidos, França, Itália, Japão e Reino Unido) na segunda-feira (26), em Biarritz, na França. PUBLICIDADE “Eu havia solicitado por ele alguns dias antes, assim como outros chefes de Estado, que levasse a palavra do Brasil sobre o momento que estávamos vivendo [de queimadas na Amazônia]. E ele, com muita maestria, muito companheirismo, levou nossa posição de forma individual a todos os integrantes do G7. O que nós mais queremos é restabelecer a verdade sobre o que está acontecendo na Amazônia”, disse Bolsonaro após o encontro. O presidente chileno destacou que a Amazônia compreende quase a metade das florestas tropicais do mundo e captura um quarto do carbono que se emite no mundo, mas afirmou que a soberania dos nove países amazônicos deve ser reconhecida e respeitada. “São eles os principais interessados e responsáveis em cuidar e proteger as florestas e a biodiversidade. Mas todos os demais países do mundo querem colaborar para poder proteger melhor a Amazônia”, disse. veja também 'Se Joice quiser, terá que enfrentar prévias', diz líder do PSL 'Salles vai ter alta logo, ele está com saudade de mim', diz Bolsonaro Marcas suspendem compra de couro brasileiro por causa de queimadas Crise das queimadas na Amazônia eleva meio ambiente a prioridade nas redes Setor produtivo minimiza efeito das queimadas na região amazônica sobre a economia O Chile vai enviar ao Brasil quatro aviões especializados no combate ao fogo. “E estamos convidando outros países que queiram também fazer uma contribuição para que Brasil e os demais países amazônicos, quando requererem, possam utilizar a colaboração de outros países”, disse Piñera. Ajuda internacional O presidente brasileiro voltou a citar declarações do presidente francês, Emmanuel Macron, e lamentou a “péssima imagem [do Brasil] que foi potencializada pelo senhor Macron”. “Houve um aproveitamento por parte do presidente Macron, para se capitalizar perante o mundo como aquela pessoa, única e exclusiva, interessada em defender o meio ambiente. Essa bandeira não é dele, é nossa, é do Chile, é de muitos países no mundo.” Atual presidente do G7, Macron declarou que os incêndios na Amazônia são uma emergência global e disse que pode não ratificar o acordo de livre-comércio entre Mercosul e União Europeia devido às “mentiras” do presidente Bolsonaro quanto ao seu real comprometimento contra as mudanças climáticas e à preservação ambiental. O presidente francês também levantou a possibilidade de construir um novo direito internacional para o meio ambiente e estabelecer um status internacional para a Amazônia. Os líderes dos países do G7 concordaram em liberar US$ 20 milhões (cerca de R$ 83 milhões) para ajudar a conter as queimadas na Amazônia, sendo a maior parte do dinheiro para o envio de aeronaves de combate a incêndios florestais. Para Sebastián Piñera, esse esforço de US$ 20 milhões pode crescer com contribuições bilaterais de cooperação ambiental. “Cada país sabe qual colaboração quer receber e qual não quer receber”, disse. “Se algum país quiser colaborar, respeitando a soberania do Brasil e o Brasil crê que essa ajuda é útil, muitos países estão dispostos a colaborar”. O presidente Jair Bolsonaro afirmou novamente que as doações que o Brasil recebia de países como a Alemanha e Noruega, para projetos de preservação ambiental, eram formas de “comprar a Amazônia à prestação” e ferir a soberania nacional no controle da região. “Quando vocês olham para o tamanho do Brasil, a oitava economia do mundo, parece que US$ 20 milhões é o nosso preço, o Brasil não tem preço, US$ 20 milhões ou US$ 20 trilhões é a mesma coisa para nós. Qualquer ajuda, como disse o Piñera, de forma bilateral, podemos aceitar”. Bolsonaro voltou a condicionar o recebimento dos recursos do G7 a um pedido de desculpas do presidente francês. “Somente após ele se retratar do que falou no tocante a minha pessoa, que representa o Brasil como presidente eleito, e bem como ao espírito patriótico do nosso povo, que não aceita relativizar a soberania da Amazônia, em havendo isso aí, sem problema nenhum, voltamos a conversar [sobre as doações]”. Nota conjunta Após o encontro no Palácio da Alvorada, o Ministério das Relações Exteriores divulgou uma declaração conjunta em que os presidentes reafirmam seu compromisso de aprofundar a cooperação e a coordenação entre Brasil e Chile em todas as áreas e de abrir a integração na América do Sul, com base na liberdade política e econômica. Ambos concordam em buscar formas de cooperação bilateral e apoio financeiro internacional para contribuir com a proteção das florestas tropicais da Amazônia, que sejam compatíveis com as políticas nacionais e complementares aos mecanismos multilaterais. “Reiteraram o direito ao desenvolvimento sustentável dos países e o direito de cada país ao uso racional e sustentável de seus recursos naturais, em harmonia com suas obrigações ambientais e com as necessidades de seus cidadãos, incluindo suas populações indígenas. Enfatizaram que as questões ambientais devem ser abordadas com base em conhecimento e evidência científica”, diz a nota. De acordo com o Itamaraty, o presidente Bolsonaro reiterou sua disposição de colaborar com a presidência chilena no âmbito da Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas de 2019 (COP25), que será ralizada em Santiago, de 2 a 13 de dezembro, para assegurar que os instrumentos de financiamento existentes sejam implementados adequadamente.

Link Notícia: https://noticias.r7.com/brasil/presidentes-sul-americanos-vao-se-reunir-para-discutir-amazonia-28082019

'Salles vai ter alta logo, ele está com saudade de mim', diz Bolsonaro
Data: 28/08/2019

Presidente falou com a imprensa depois de participar de cerimônia em homenagem ao Dia do Voluntariado, no Palácio do Planalto

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta quarta-feira (28), que o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, terá alta hospitalar em breve. "Ele vai ter alta e vai vir me ver daqui a pouco. Ele está com saudade de mim", disse o presidente rindo, ao ser questionado se pretende visitar Salles no hospital. Veja também: Ministro do Meio Ambiente é internado em Brasília PUBLICIDADE Bolsonaro falou rapidamente com jornalistas após participar de cerimônia em homenagem ao Dia do Voluntariado, no Palácio do Planalto. veja também Procon multa Gol em R$ 3,5 milhões por promoção irregular Brasil tem mais de 210 milhões de habitantes, aponta IBGE Quadro estável PublicidadeFechar anúncio Salles está internado no HFA (Hospital das Forças Armadas) em Brasília desde terça-feira (27). Segundo a unidade de saúde, o quadro dele é estável. A informação é de que o ministro passou mal na noite de terça (27) e se internou para a realização de exames. Não há perspectiva de alta. Um novo boletim deverá ser divulgado às 16 horas desta quarta-feira (28). Salles era esperado na manhã desta quarta-feira em evento da Marinha, onde será assinado um acordo de cooperação que trata de lixo marinho. Segundo uma fonte ouvida pela reportagem, o ministro chegou a ser levado à unidade de terapia intensiva (UTI), foi submetido a exames cardiológicos e já está sendo transferido para uma quarto para seguir em "observação". Copyright © Estadão. Todos os direitos reservados.

Link Notícia: https://noticias.r7.com/brasil/salles-vai-ter-alta-logo-ele-esta-com-saudade-de-mim-diz-bolsonaro-28082019

Ministério Público diz que sigilo de gastos de senadores viola a lei
Data: 28/08/2019

Presidente da Casa, Davi Alcolumbre, briga na Justiça para manter as notas emitidas até junho em sigilo

Em parecer enviado à Justiça, o Ministério Público Federal afirma que o presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), viola a Constituição do País ao manter em sigilo notas fiscais de gastos de senadores com verba da cota parlamentar. Desde que assumiu a presidência do Senado, em fevereiro, Alcolumbre se recusa a atender a pedidos feitos pela LAI (Lei de Acesso à Informação) para que seu gabinete informe despesas com a verba parlamentar. No dia 18, o jornal O Estado de S. Paulo revelou que Alcolumbre briga na Justiça para manter as notas emitidas até junho em sigilo. Desde julho, por pressão de entidades da área da transparência e de líderes partidários, o portal do Senado passou a divulgar as cópias das notas fiscais. A decisão, no entanto, não é retroativa e os gastos de Alcolumbre e dos demais senadores anteriores a julho continuam em sigilo. O Ministério Público Federal se manifestou no processo aberto na 1.ª Vara da Justiça Federal em Uberlândia (MG). No documento de oito páginas, ao qual o Estado teve acesso, o procurador da República Leonardo Andrade Macedo emitiu parecer favorável ao prosseguimento da ação popular e afirmou que Alcolumbre desrespeita a Lei de Acesso e que a advocacia do Senado "age de má-fé" ao defender, na Justiça, a manutenção do sigilo das notas. "É inequívoco que o presidente do Senado viola diretamente os dispositivos constitucionais ao não disponibilizar informações quanto aos seus atos e dos demais senadores. Fica claro que está havendo o descumprimento das normas de acesso à informação e da transparência", diz trecho do documento. PublicidadeFechar anúncio Na ação, o Ministério Público ainda argumenta que Alcolumbre busca confundir a Justiça ao afirmar que a comprovação dos gastos com a verba indenizatória de gabinete, por se destinar à sociedade como um todo, "deve ser vista em contexto mais amplo, considerando prerrogativas específicas das atividades dos parlamentares". "Tal raciocínio beira a má-fé. Ora, então toda verba pública, que, por princípio, se destina à sociedade, não deve ter seus gastos comprovados e informados nos portais da transparência?", questionou o Ministério Público na manifestação. Desde que Alcolumbre assumiu a presidência do Senado, o setor de Transparência da Casa se negou a responder a 45 pedidos de informações, o triplo de negativas registradas no mesmo período dos três anos anteriores. O Senado e Alcolumbre não se manifestaram até a conclusão desta edição. Copyright © Estadão. Todos os direitos reservados.

Link Notícia: https://noticias.r7.com/brasil/ministerio-publico-diz-que-sigilo-de-gastos-de-senadores-viola-a-lei-28082019

Médico é sequestrado da porta de uma UBS em Mauá, na Grande SP
Data: 28/08/2019

Além do sequestro, os assaltos constantes no local estão incomodando pacientes e funcionários. No último caso os suspeitos levaram as vacinas

Um médico foi sequestrado na porta da UBS (Unidade Básica de Saúde) em Mauá, na Grande São Paulo. Além do sequestro, os assaltos constantes no local estão incomodando pacientes e funcionários. As informações são da Record TV. Leia também: Fogo alto assusta moradores de condomínio em Lins, interior de SP Uma paciente estava na porta quando o médico foi abordado. Ela se despediu do profissional e chegou a ver quando dois rapazes se aproximaram do carro dele. Moradores afirmam que depois do sequestro relâmpago o médico não apareceu mais para trabalhar. Outros médicos que fazem parte da equipe também ameaçam sair da unidade. Os profissionais já não querem mais trabalhar no local por medo de algo acontecer. Enquanto as autoridades não tomam alguma providência, a população está sem atendimento na região. PublicidadeFechar anúncio Leia também: Empresário condenado por arrastar mulher até a morte é preso em SP Segundo moradores, a UBS vem sendo furtada com frequência. O último caso foi no começo deste mês. Foram levados computadores, equipamentos e as vacinas. Os computadores furtados ainda não foram repostos, impedindo com que pacientes retirem resultados de exames, por exemplo. Procurado, o médico confirmou que foi vítima do sequestro, mas não quis gravar entrevista. Os funcionários presentes no local também não quiseram se pronunciar. Por enquanto não está acontecendo agendamento de consulta pela falta de médicos. Não se sabe se os profissionais retornarão ao posto. Os moradores fizeram uma reunião com a equipe de funcionários, estes alegaram que até o momento sofreram seis assaltos na UBS neste ano. A prefeitura de Mauá informou que a Guarda Civil Metropolitana faz rondas nos lugares onde há maior incidência de crimes.

Link Notícia: https://noticias.r7.com/sao-paulo/medico-e-sequestrado-da-porta-de-uma-ubs-em-maua-na-grande-sp-28082019

PSL tem 215 diretórios em situação irregular no Estado de São Paulo
Data: 28/08/2019

Um dos maiores imbróglios da legenda está justamente na capital paulista, que deve ser palco da campanha da deputada Joice Hasselmann

Com planos de aproveitar a "onda bolsonarista" para eleger prefeitos e vereadores no ano que vem, o PSL terá como obstáculo resolver pendências jurídicas em quase metade dos diretórios municipais do partido em São Paulo. O TSE (Tribunal Superior Eleitoral) aponta que a legenda de Jair Bolsonaro tem registro em 362 municípios paulistas, mas apenas 147 destes diretórios estão aptos a funcionar. O restante foi desativado ou tem pendências que vão de ausência de prestação de contas à falta de CNPJ. Para ter candidato na cidade, a situação do órgão partidário tem de estar regularizada até abril. PUBLICIDADE Leia mais: 'Se Joice quiser, terá que enfrentar prévias', diz líder do PSL Um dos maiores imbróglios da legenda está justamente na capital paulista, que deve ser palco da campanha da deputada Joice Hasselmann. O diretório está suspenso desde 2016 por falta de prestação de contas. O último presidente do escritório, Alexandre Gentil, saiu do PSL em 2017. Ele afirma que procurou o partido para resolver a situação. "No entanto, entre idas e vindas, não houve interesse dos dirigentes do partido que decidiram através do diretório estadual apresentar uma prestação de contas sem a minha assinatura e aprovação", disse. Essa prestação, no entanto, foi rejeitada pela Justiça Eleitoral. Para que Joice possa concorrer, o partido pode repetir o que aconteceu no ano passado. A dois meses das eleições, o partido teve de ir à Justiça para garantir a participação, pois tinha sido suspenso pelo TRE-SP (Tribunal Regional Eleitoral) devido a uma falha de prestação de contas em 2016. Veja também: Estou cogitando deixar o PSL, diz senador Major Olímpio PublicidadeFechar anúncio O atual presidente estadual do partido, deputado Eduardo Bolsonaro, afirmou que o partido está realizando trocas nas diretorias municipais para resolver a situação. "A Karina Kufa (advogada da legenda) é quem está cuidando do partido. A gente sabe que tem pendências e estamos tentando resolver. Tem algumas soluções a serem tomadas e, inclusive, mudanças já estão ocorrendo", disse. Karina respondeu por meio de nota, atribuída à diretoria do partido, dizendo que a situação foi mapeada e que o partido contratou advogados e contadores para regularizar todas as comissões provisórias. "Esse trabalho será concluído antes do período eleitoral", diz a nota. Pré-candidato à prefeitura de Santos, o deputado Júnior Bozzella disse estar preocupado. "Tenho medo que o partido perca o timing para a eleição de 2020. Já estamos mais do que atrasados. Com essa desorganização, podemos deixar de eleger cidades estratégicas." Confira: Aliados de Bolsonaro brigam no WhatsApp por articulação política Criado em 1998, o PSL era um partido nanico até a eleição de Bolsonaro no ano passado, quando elegeu 52 deputados. Das 5.464 cidades que tiveram disputas nas eleições de 2016, a legenda ganhou apenas 30. A maior é São João del-Rei (MG), cidade de 100 mil habitantes. Copyright © Estadão. Todos os direitos reservados.

Link Notícia: https://noticias.r7.com/sao-paulo/psl-tem-215-diretorios-em-situacao-irregular-no-estado-de-sao-paulo-28082019

FELIZ DIAS DOS PAIS
Data: 14/08/2019

FELIZ DIAS DOS PAIS

Link Notícia:

Darlan Romani é ouro e bate recorde no arremesso de peso
Data: 08/08/2019

Com a marca de 22,07 m, o brasileiro confirmou o favoritismo e conquistou apenas a segunda medalha da história do Brasil na competição

O brasileiro Darlan Romani conquistou a medalha de ouro nos Jogos Pan-Americanos Lima 2019, com a marca de 22,07 m, batendo o recorde da competição. Ele foi campeão com o apoio da esposa Sara Romani, que acompanhou tudo da arquibancada. A cada arremesso, era um grito de “Vai, Darlan!”. “Não é sempre que venho. Mas estávamos 80 dias longe, porque ele estava treinando e competindo. Vim para apoiá-lo, estar ao lado”, afirmou Sara. Na primeira tentativa, Darlan assumiu a liderança com a marca de 20,81 m. A segunda melhorou pouco, 20,92 m. O que não parecia agradar o atleta, que vem desde 2017 pulverizando recordes sul-americanos. No terceiro, 21,19 m, o quarto foi de 21,14 m. No quinto, 21,54 m. Ele foi para sexto para o recorde. O Brasil havia conquistado apenas uma medalha no arremesso de peso na história do Pan, em 1951, um bronze, com Nadim Severo Marreis. Após a confirmação do ouro, Darlan comentou sobre a dificuldade da prova. "Foi tenso, batalhei muito por isso e o resultado veio, isso que importa", falou. O brasileiro liderou a prova inteira e disse ter sido uma das mais marcantes de sua carreira. "Essa prova para mim vou levar para o resto da vida, pois a situação que eu cheguei para competir não acreditei que pudesse conquistar a medalha. Estou com uma infecção na garganta, fiz 29 horas voo de Madrid para o Peru. Aterrizei e estava com 40 graus de febre", comentou. Ao final, Darlon comentou sobre sua esposa ir para o Peru para ajudar Darlon com a inflamação. "A semana foi dificil, minha esposa Sara veio correndo do Brasil para Lima e ficar comigo, chegou ontem, mas deu tudo certo", finalizou. Além de Sara, a pequena Alice é quem faz o grandão parecer criança. A filha de 4 anos não está em Lima. Viu o pai durante poucas horas antes dele embarcar para o Peru, no aeroporto do Brasil. A reação dela ao ver o pai foi o retrato da saudade.

Link Notícia: https://recordtv.r7.com/pan-lima-2019/darlan-romani-e-ouro-e-bate-recorde-no-arremesso-de-peso-07082019

Vitória Rosa garante o bronze para o Brasil nos 100 m rasos feminino
Data: 08/08/2019

Brasileira correu a prova em pouco mais de 11 segundos, sendo superada pela jamaicana Elaine Thompson e por Michelle-Lee, de Trinidad e Tobago

Vitória Rosa conseguiu a medalha de bronze nos 100m rasos dos Jogos Pan-Americanos de Lima, no Peru, nesta quarta-feira (7). A vencedora foi Elaine Thompson da Jamaica, o segundo lugar foi de de Trinidad e Tobago, Michelle-Lee. Com 23 anos, a carioca fez a marca de 11:30. Ela conseguiu a medalha nos últimos metros, quando superou a norte-americana. Logo após a prova, Vitória, sem esconder a felicidade com seu desempenho, dedicou o resultado a quem mais o apoia na carreira: "Estou muito feliz. Quero agradecer o meu treinador e meus patrocinadores. Todos eles são merecedores dessa medalha." Com essa medalha, o Brasil fica com três pódios na história dos Jogos Pan-Americanos. O primeiro foi em 83, em Caracas, com Esmeralda Jesus. O segundo aconteceu em Guadalajara, em 2011, com Rosangela Santos. Vitória volta a competir nos 200m e no revezamento 4x100m, prova que o Brasil é favorito. A Record TV é a emissora oficial dos Jogos Pan-Americanos Lima 2019. Você pode acompanhar os eventos ao vivo no R7.com e conferir todas as transmissões e as íntegras no Playplus.com.

Link Notícia: https://recordtv.r7.com/pan-lima-2019/vitoria-rosa-garante-o-bronze-para-o-brasil-nos-100-m-rasos-feminino-07082019

Calderano confirma favoritismo e é bicampeão de tênis de mesa no Pan
Data: 08/08/2019

Ouro em Toronto 2015, o brasileiro de 23 anos voltou a subir ao lugar mais alto do pódio e garantiu vaga para as Olimpíadas de Tóquio

O mesatenista Hugo Calderano confirmou o favoritismo e faturou, nesta quarta-feira (7), o bicampeonato individual nos Jogos Pan-Americanos. Na final, o brasileiro conquistou o ouro após bater o dominicano Jiaji Wu por 4 games a 3 (11/8, 6/11, 8/11, 11/7, 8/11, 11/8 e 11/2). Além da medalha dourada, a vitória garante ao mesatenista brasileiro a vaga para participar das Olimpíadas de Tóquio no ano que vem. Calderano, que já havia levado o ouro nas duplas ao lado de Gustavo Tsuboi, terá ainda a chance de retornar ao Brasil com um terceiro ouro na bagagem, o da competição por equipe, disputada a partir desta quinta-feira (8). Em Toronto 2015, os atletas do Brasil levaram a melhor na disputa. Veja mais: Bruna Takahashi perde semifinal e fica com o bronze Ao defender o ouro individual obtido há quatro anos, o brasileiro de 23 anos entrou da disputa dos Jogos Pan-Americanos como o adversário a ser batido. Ele figura atualmente na sexta posição do ranking mundial da modalidade, atrás apenas de quatro atletas chineses e do japonês Tomokazu Harimoto. Caminho dourado Nos dois primeiros jogos do torneio individual disputados no Pan-Americano, Calderano não teve dificuldade para derrotar o chileno Juan Lamdrid (4 games 1) e o mexicano Marcos Madrid (4 games a 0). Na semifinal, o brasileiro avançou após fazer um jogo duro contra o canadense Eugene Wang por 4 games a 2 (8/11, 11/7, 11/6, 7/11, 11/9 e 11/8). Calderano, que saiu atrás na partida, logo se recuperou, conseguiu levar a melhor contra Wang e garantir a classificação para a final. começou atrás no placar, mas foi buscar a diferença e fechou o game com o placar de 11 a 8. Na segunda parcial, Calderano deixou Wu abrir 7 a 3 e não conseguiu se recuperar no set fechado em 6 a 11. Com a final empatada, o terceiro game começou novamente difícil para o brasileiro, que saiu perdendo por 4 a 0. Coube a Wu administrar a vantagem obtida, fechar a parcial em 8 a 11 e passar à frente de Calderano. Atrás no placar, Calderano voltou para o quarto game mais concentrado e conseguiu abrir quatro pontos de vantagem. O brasileiro ainda cedeu o empate em 7 a 7, mas se recuperou e conseguiu empatar a partida em 2 a 2. No quinto game, os dois mesatenistas voltaram conscientes de que não poderiam das chances ao adversário. A parcial seguiu empatada até que Wu conseguisse abrir dois pontos em 9 a 7 e fechasse o game em 8 a 11. Novamente atrás na partida, Calderano entrou no sexto game sabendo que não poderia mais perder pontos para manter o título Pan-Americano. Na etapa, conseguiu abrir três pontos de vantagem, fechou a parcial e levou o jogo para desempate. No game decisivo, o brasileiro anotou os dois primeiros pontos, vantagem necessária para fechar a partida. O início melhor de Calderano forçou Wu a solicitar um tempo técnico, insuficiente para impedir o brasileiro de abrir nove pontos de vantagem e selar o bicampeonato Pan-Americano, .A Record TV é a emissora oficial dos Jogos Pan-Americanos Lima 2019. Você pode acompanhar os eventos ao vivo no R7.com e conferir todas as transmissões e as íntegras no Playplus.com.

Link Notícia: https://recordtv.r7.com/pan-lima-2019/calderano-confirma-favoritismo-e-e-bicampeao-de-tenis-de-mesa-no-pan-07082019

Portaria define que pensão não será inferior ao salário mínimo
Data: 08/08/2019

A medida que prevê que nenhum pensionista receba menos que um salário mínimo enfraquece argumentos da oposição na reforma da Previdência

O secretário especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia, Rogério Marinho, assinou nesta terça-feira (6), portaria que define conceito de renda formal para fins de recebimento de pensão por morte. Conforme o texto da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) da Nova Previdência aprovado em primeiro turno na Câmara dos Deputados, o dependente de pensão por morte não poderá receber benefício inferior ao salário mínimo, caso sua renda formal seja menor que esse valor. Leia também: BC fala pela primeira vez sobre impacto da reforma da Previdência A norma define como renda formal a soma dos rendimentos recebidos por mês, igual ou superior a um salário mínimo, constantes no Cadastro Nacional de Informações Sociais (CNIS). “O reconhecimento será automático, pois quem ganha menos que o mínimo não terá registro de renda formal no sistema e receberá a pensão por morte no valor de um salário mínimo”, afirmou Marinho, após reunião com deputados no Ministério da Economia. PublicidadeFechar anúncio A medida é uma forma de enfraquecer a estratégia da oposição, que poderia tentar mudar o texto da reforma da Previdência, que deverá ser votado até quinta-feira (8) na Câmara, em segundo turno. O proposta da reforma prevê que a pessoa terá direito a 60% do benefício, mais 10% por dependente adicional, até o limite de 100%. Em alguns casos, portanto, a pensão por morte pode ser menor que um salário mínimo, o que não acontece hoje. Atualmente, no Regime Geral de Previdência Social (que atende trabalhadores da iniciativa privada), o pensionista recebe 100% do benefício que o segurado recebia, limitado ao teto do INSS (atualmente R$ 5.839,45). Já no Regime Próprio de Previdência Social o pensionista ganha 100% do benefício até o teto, mais 70% da parcela que superar esse limite.

Link Notícia: https://noticias.r7.com/brasil/portaria-define-que-pensao-nao-sera-inferior-ao-salario-minimo-06082019

Mercado de trabalho deve seguir gerando vagas informais, diz FGV
Data: 08/08/2019

Indicador com sinal semelhante ao da taxa de desemprego caiu 2,0 pontos em julho e índice que sugere expectativa de geração de vagas subiu 0,4

O mercado de trabalho deve permanecer gerando vagas de maneira gradual nos próximos meses, impulsionado ainda pelo aumento da informalidade, avaliou Rodolpho Tobler, economista do Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getulio Vargas (Ibre/FGV). O Indicador Antecedente de Emprego (IAEmp) subiu 0,4 ponto na passagem de junho para julho, para 87,0 pontos. O Indicador Coincidente de Desemprego (ICD) caiu 2,0 pontos em julho, para 92,6 pontos. Veja também: Número de desempregados com ensino superior cresce 13% em um ano O ICD é um indicador com sinal semelhante ao da taxa de desemprego, ou seja, quanto menor o número, melhor o resultado. Já o IAEmp sugere expectativa de geração de vagas adiante, quanto maior o patamar, mais satisfatório o resultado. PublicidadeFechar anúncio "Os indicadores estão em linha com a melhora recente no mercado de trabalho e sugerindo que isso deve se manter pelos próximos meses", explicou Tobler. No entanto, o pesquisador não espera um avanço mais forte na abertura de postos de trabalho com carteira assinada até que a recuperação da atividade econômica ganhe fôlego. "No curto prazo, é difícil imaginar que essa dinâmica (de aumento no número de trabalhadores ocupados puxado pela informalidade) vá mudar tão rápido", disse Tobler. "É difícil prever quando será possível um crescimento mais robusto (das vagas formais), talvez só mais para o fim do ano", estimou. Copyright © Estadão. Todos os direitos reservados.

Link Notícia: https://noticias.r7.com/economia/mercado-de-trabalho-deve-seguir-gerando-vagas-informais-diz-fgv-06082019

Preço dos imóveis residenciais mantém queda em julho
Data: 08/08/2019

Rio de Janeiro, São Paulo e Brasília registraram o preço do m² mais elevado, e Campo Grande, Goiânia e João Pessoa, o mais baixo

O preço médio dos imóveis residenciais manteve o recuo de 0,03% em julho em relação a junho, segundo o índice FipeZap. No acumulado de janeiro a julho, porém, houve alta nominal de 0,26%. E nos últimos 12 meses, um crescimento de 0,28%. Para Mauro Teixeira, sócio-diretor da TPA, o recuo nos preços dos imóveis nos últimos meses foi reflexo de um movimento das incorporadoras, que fizeram promoções para reduzir os seus estoques. “Agora que os estoques estão baixos e os lançamentos foram retomados, a expectativa é de que o mercado imobiliário inicie uma recuperação lenta e os preços voltem a subir. ” Considerando a inflação prevista de 3,26% para esse intervalo, segundo o IPCA, o FipeZap acumula uma queda real de 2,89% nos últimos 12 meses. Eduardo Zylberstajn, pesquisador da Fipe, acredita que o mercado imobiliário caminha para uma retomada nos preços dos imóveis nos próximos meses. “Temos condições para uma retomada de crescimento do setor. A reforma da previdência está caminhando, o que afeta diretamente a confiança dos empresários, os juros estão em queda e o mercado de trabalho em recuperação. Em algum momento isso deve refletir nos preços dos imóveis.” Preço médio do m² foi de R$ 7.179 Das 16 capitais monitoradas pelo índice, Vitória (+3,61%), Florianópolis (+3,28%) e Brasília (+3,04%) apresentaram as maiores elevações de preço no período, enquanto João Pessoa se manteve como a cidade com maior recuo (-3,16%), seguida por Campo Grande (-2,97%) e Fortaleza (-2,39%). Em julho, o preço médio de venda de imóveis residenciais foi de R$ 7.179/m². A cidade do Rio de Janeiro registrou o preço do m² mais elevado (R$ 9.398/m²), seguida por São Paulo (R$ 8.952/m²) e Brasília (R$ 7.268/m²). Os menores valores foram identificados em Campo Grande (R$ 4.102/m²), Goiânia (R$ 4.247/m²) e João Pessoa (R$ 4.492/m²). Imóveis voltam a ser boa opção de investimento O consultor imobiliário Carlos Alberto Razuk acredita que com a baixa da Selic, muitas aplicações do mercado financeiro passarão a render menos. Com isso, os imóveis voltarão a atrair a atenção de investidores, principalmente internacionais. “A estabilidade imobiliária terá uma alta boa e contínua, o que atrairá a atenção de investidores estrangeiros. Nossos imóveis são muito baratos em relação aos de outros países." Segundo ele, com a aprovação da reforma da previdência, a baixa dos juros e o aquecimento da economia, gerado com as novas regras do FGTS [Fundo de Garantia do Tempo de Serviço], o cenário estará muito favorável para atrair investidores do mercado internacional. Razuk estima que os preços dos imóveis devam começar a subir gradativamente a partir de novembro.

Link Notícia: https://noticias.r7.com/economia/preco-dos-imoveis-residenciais-mantem-queda-em-julho-06082019

Tati Zaqui fala sobre Neymar, turnê no Japão e música para filme
Data: 08/08/2019

Cantora também comentou sobre as instabilidades da carreira no funk desde que bombou, em 2015, e revelou "rolos" com famosos

O funk vive momento especial: além do sucesso no mercado interno, tem atingido também o exterior, em especial Europa e América Latina. Porém, em uma mini-turnê, Tati Zaqui vai explorar uma praça que até consome muita música brasileira, mas dá prioridade a outros ritmos, como bossa nova, MPB e heavy metal: o Japão. Segundo a cantora, serão oito apresentações por lá, com início na sexta-feira (9), em Gunma, e término na mesma cidade, no dia 18. Nesse meio tempo, ela passará por Nagoya, Fuji, Toyohashi, Sazuka e Zama. O reconhecimento do outro lado do mundo, a cantora credita ao sucesso que as playlists de plataformas de streaming atingem na atualidade. Na visão de Tati, a divulgação de músicas de artistas de vários países e estilos numa só coletânea ajuda na divulgação fora dos países de origem. "Hoje, chego a locais em que ouvintes só têm a chance de conhecer minha música assim, de uma forma mais passiva. Depois que eles entram em contato com o som, procuram outras coisas no meu perfil e acabam gostando. Hoje, o funk, o pop e o reggaeton atingem o mundo todo por conta disso, dessas listas", analisa a MC, que recentemente entrou no top 200 do Spotify com Pique de Novela, parceria com Don Juan. Para ela, trata-se de um momento inédito nos seis anos de carreira. Isso porque pôde, pela primeira vez, desfrutar de plateias tão diferentes e tocar no exterior com mais frequência. "Os funkeiros trabalharam muito para atingir esse patamar, mas mesmo assim ainda é difícil de acreditar quem temos atingido. É uma fase de ouro", revela. Divulgação E Tati reconhece que ser mulher tem um peso maior para se destacar no estilo. Quando iniciou no funk, o gênero ainda engatinhava para dar espaço para as cantoras. Se hoje Anitta, Lexa, Ludmilla, Loma e a própria Tati ganharam espaço nesse gênero ainda predominantemente masculino, no início da década a luta para essa conquista não foi simples. "Embora eu sempre tenha sido respeitada no meio, tinha flyer que a única mulher entre os MCs era eu. Tinha show sem mulher nenhuma na equipe. As cantoras dessa época quebraram algumas barreiras. É legal ver o lugar que a Anitta chegou, por exemplo", comenta. Mas se hoje Tati conseguiu fixar o nome entre as fukeiras mais populares do Brasil, o sucesso quase foi interrompido no começo, em 2015. Isso porque o primeiro hit dela, Parara Timbum, foi proibido por usar samples da música Hey Ho, que integra a trilha sonora da animação Branca de Neve e Os Sete Anões. Tati Zaqui gravou a música sem pedir autorização para os autores (Larry Morey e Frank Churchill) e registrou a composição em seu próprio nome. Os autores discordaram do conteúdo da letra e fizeram um acordo com a funkeira, que foi amigável. "Foi um verdadeiro banho de água fria. Porque a gente passa a vida toda buscando um hit e, quando ele vem, é proibido. Mas serviu para eu aprender também. Ninguém mandou eu mexer com essa música que ninguém mais lembrava a existência, né?", ironiza a cantora. Divulgação Mas apesar desse percalço, a vida de Tati, que era de uma família de classe média baixa de São Caetano do Sul (SP), mudou bastante e para melhor desde então. "Todos meus sonhos foram realizados. E os da minha família também. Às vezes, alguém chega e diz: 'Você acha que seu pai se orgulha do que você faz?' Eu não acho, eu tenho certeza que ele se orgulha, sim. E não só ele. Minha mãe, minha tia que mudou do Paraná para cá com a minha ajuda. Enfim, várias pessoas", admite. Intimidade e exposição No Instagram de Tati Zaqui, não é incomum a cantora expor detalhes da vida particular. Mas algumas coisas ela prefere manter em sigilo. Ou quase. A vida amorosa, por exemplo, é um assunto estável da história dela. Até porque a maior parte da vida pública da cantora foi ao lado do cantor MC Kauan, com quem rompeu o noivado em 2018. Depois, ela namorou o meio-campista Yan, que à época estava no Santos. A funkeira, no entanto, diz que escondeu esses envolvimentos porque não gosta de usar isso como vitrine ou para se promover. "O Neymar e eu ficamos quando estávamos solteiros. Não tem nada de mais aí. Demos uns beijos em uma festa e acabou. Não falei nada antes, porque também pensei nele. Não queria expor o jogador na época", explica ela, que ficou com Neymar em janeiro de 2019, dois meses após o fim do namoro do craque com Bruna Marquezine. Mas Tati garante que, nos próximos meses, não tentará esconder nada do que acontecer na vida amorosa. "Eu estou solteira. Pode ser que muitas coisas sejam reveladas", deixa no ar. Enquanto não acontece nada nessa área, ela comemora ao menos a realização de um sonho: ter um vínculo com o personagem Chuck, O Brinquedo Assassino. A cantora foi convidada para gravar uma música promocional para o filme, que terá uma continuação com estreia nos cinemas brasileiros em 22 de agosto. "Sempre curti demais o personagem e por isso fiquei feliz de ter sido chamada. E a música é tão boa, que talvez vire até um sucessinho", aposta.

Link Notícia: https://diversao.r7.com/pop/musica/tati-zaqui-fala-sobre-neymar-turne-no-japao-e-musica-para-filme-08082019

50 anos de 'Abbey Road' reúne multidão na famosa faixa
Data: 08/08/2019

Capa icônica de disco de Beatles completa meio século nesta quinta-feira (08) e fãs e turistas lotaram rua localizada em Londres

Centenas de pessoas se reuniram junto à faixa de pedestres mais famosa do mundo, nesta quinta-feira (08), para comemorar o 50º aniversário do dia em que os Beatles foram fotografados sobre ela, criando uma das capas de disco mais conhecidas da história da música e uma imagem imitada por fãs incontáveis desde então. A foto de John Lennon, Paul McCartney, George Harrison e Ringo Starr cruzando a faixa de pedestres de Abbey Road foi tirada diante dos estúdios de gravação da EMI onde estes registraram o álbum homônimo em 1969. O fotógrafo escocês Iain Macmillan só tirou seis fotos do grupo no local, e a quinta foi usada para a capa do 11º disco da banda, lançado no dia 26 de setembro de 1969. A foto mostra Lennon de terno branco na dianteira do grupo. Ringo está de terno preto, Paul está descalço e segurando um cigarro e Harrison veste jeans azul. Um Fusca aparece estacionado ao fundo. O Fusca voltou à posição nesta quinta-feira enquanto o tráfego era lento nas ruas movimentadas enquanto dezenas de fãs desfilavam pela faixa preta e branca para tirar fotos como lembrança. PublicidadeFechar anúncio "Abbey Road", que foi escolhido pelos leitores da revista Rolling Stone como o melhor disco dos Beatles em 2009, foi o único dos álbuns originais britânicos do grupo a não estampar nem o nome da banda nem o título na capa. O disco foi o último a ser gravado por todos os quatro membros da banda juntos, e tem faixas compostas por cada um deles, como "Come Together", de Lennon, "Here Comes the Sun", de Harrison, "Maxwell's Silver Hammer", de Paul, e "Octopus's Garden", de Ringo. Menos de um ano depois de "Abbey Road" ser lançado, a banda de rock que mais vendeu discos se separou, encerrando uma revolução musical de uma década que transformou os anos 1960 e lançou as fundações da cultura popular moderna. Os estúdios, que mais tarde foram rebatizados de Abbey Road, e a faixa de pedestres receberam o status de proteção governamental em 2010.

Link Notícia: https://diversao.r7.com/pop/musica/50-anos-de-abbey-road-reune-multidao-na-famosa-faixa-08082019

Cantora Norah Jones anuncia três shows no Brasil em dezembro
Data: 08/08/2019

Viajando em turnê do novo trabalho, Begin Again, a pianista virtuosa vai passar por São Paulo (8/12), Curitiba (11/12) e Rio de Janeiro (13/12)

A cantora e pianista Norah Jones anunciou nesta quarta-feira, 7, uma turnê pela América do Sul. O Brasil receberá três shows, em São Paulo (8/12), Curitiba (11/12) e Rio de Janeiro (13/12). Os ingressos estarão à venda no site livepass.com.br a partir do dia 22 de agosto. Ela lançou seu álbum de estúdio mais recente, Day Breaks, em 2016. Após finalizar a turnê mundial do disco, a cantora compôs sete novos singles, reunidos e lançados em abril deste ano, sob o nome Begin Again. Norah Jones se apresentou no Brasil duas vezes, em 2004 e 2010. Em 2012, após a morte de seu pai, Ravi Shankar, a artista precisou cancelar shows em São Paulo, Porto Alegre e no Rio de Janeiro. Copyright © Estadão. Todos os direitos reservados.

Link Notícia: https://diversao.r7.com/pop/musica/cantora-norah-jones-anuncia-tres-shows-no-brasil-em-dezembro-08082019

TSE rejeita ação de Bolsonaro contra campanha de Haddad
Data: 08/08/2019

Relator da ação considerou insuficientes as provas anexadas aos autos para comprovar qualquer favorecimento ao petista ou prejuízo a Bolsonaro

O plenário do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) julgou nesta quinta-feira (8), por unanimidade, improcedente uma Aije (ação de investigação judicial eleitoral) que havia sido aberta no ano passado pela candidatura de Jair Bolsonaro (PSL) contra o candidato do PT, Fernando Haddad, e o então governador da Paraíba, Ricardo Coutinho. Na ação, a defesa de Bolsonaro alegava que Coutinho utilizou o jornal A União, veículo oficial do estado, para promover a candidatura de Haddad. Foram anexadas matérias jornalísticas, por exemplo, sobre declarações do deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-RJ) acerca dos nordestinos, o que teria o objetivo de denegrir a candidatura do pai, segundo os advogados do PSL. O ministro do TSE Jorge Mussi, relator da ação, considerou, porém, insuficientes as provas anexadas aos autos para comprovar qualquer favorecimento a Haddad ou prejuízo a Bolsonaro. Todos os demais seis ministros da Corte Eleitoral acompanharam o relator.

Link Notícia: https://noticias.r7.com/brasil/tse-rejeita-acao-de-bolsonaro-contra-campanha-de-haddad-08082019

MPF pede bloqueio de R$ 1,6 bilhão de Eike Batista
Data: 08/08/2019

Empresário foi preso na manhã desta quinta-feira (8) no Rio de Janeiro. Mandado foi expedido pelo juiz Marcelo Bretas

Preso na manhã desta quinta-feira (8) pela Operação Segredo de Midas, o empresário Eike Batista terá o valor de R$ 1,6 bilhão em bens bloqueados. A indisponibilidade é relativa a bens de Eike e de seus filhos, Thor e Olin Batista, sendo R$ 800 milhões por danos morais e R$ 800 milhões por danos materiais. O pedido, atendido pela 7ª Vara Federal Criminal do Rio de Janeiro, foi feito pelo MPF (Ministério Público Federal), que deflagrou a operação em conjunto com a Polícia Federal. Segundo o MPF, além da prisão temporária de Eike Batista, foi determinada a prisão preventiva de Luiz Arthur Andrade Correia, conhecido como Zartha, tesoureiro de Batista. A investigação do MPF apura se houve crimes de manipulação de mercado e utilização de informação privilegiada. Segundo o órgão, as investigações começaram com as operações Eficiência e Hashtag, que revelaram que as contas utilizadas para o pagamento de propina ao ex-governador Sérgio Cabral foram usadas para manipular ações de empresas que tinham negócios com Eike Batista. “O esquema utilizava a empresa The Adviser Investiments (TAI), com sede no Panamá, criada por Eduardo Plass e seus sócios, proprietários do TAG Bank. No curso das investigações, apurou-se que Eike e Luiz Arthur usaram a TAI para atuar ilicitamente nos mercados de capitais nacional e estrangeiro, a fim de manipular ou usar informação privilegiada de ativos que estariam impedidos ou não queriam que o mercado soubesse que operavam”, explicou a nota do MPF. A desconfiança dos procuradores da força-tarefa da Lava Jato no Rio de Janeiro é de que a TAI funcionou como um “banco paralelo” que atuava como uma “instituição financeira que geria recursos de terceiros”, sem ter autorização legal para isso. Dessa forma, passava a falsa aparência para o mercado de que eram investidos recursos próprios, já que o real operador dos ativos era omitido. “O TAG Bank, banco oficial dos mesmos sócios da TAI, também funcionava como uma engrenagem no esquema de manipulação. Além disso, tanto a TAI, quanto Eike tinham uma conta no Credit Suisse de Bahamas usada para os ilícitos”, afirmam os procuradores. PublicidadeFechar anúncio O MPF afirma que, entre 2010 e 2013, foram manipulados os mercados de ações e bonds de empresas como Ventana Gold Corp, Galway Resources Ltd, MMX, MPX e OGX. O uso de informações privilegiadas foi constata em negociações com Burger King e CCX. No total, segundo aponta a investigação, foram movimentados mais de R$ 800 milhões. Os mandados de busca e apreensão foram expedidos para endereços ligados a José Gustavo Costa, ex-diretor-presidente e diretor de relações com investidores da CCX. O MPF informa que Eduardo Plass firmou acordo de colaboração premiada e vai pagar R$ 300 milhões em multa, além de devolver US$ 9,2 milhões de Eike que estão sob sua custódia no exterior. Defesa Em nota, o advogado de Eike Batista, Fernando Martins, informou que a prisão temporária do empresário foi decretada para que ele “fosse ouvido em sede policial sobre fatos supostamente ocorridos em 2013”, e que, segundo o advogado, se trata de uma prisão “sem embasamento legal”. O advogado confirmou que Eike foi preso em casa e já se encontra na sede da Polícia Federal no Rio de Janeiro.

Link Notícia: https://noticias.r7.com/brasil/mpf-pede-bloqueio-de-r-16-bilhao-de-eike-batista-08082019

Um dos 'pais' do Plano Real, Gustavo Franco sofre AVC no Rio de Janeiro
Data: 08/08/2019

Economista Gustavo Franco, de 63 ano, esteve à frente do Banco Central nos governos de Itamar Franco e de Fernando Henrique Cardoso

O ex-presidente do Banco Central Gustavo Franco, de 63 anos, sofreu um AVC (Acidente Vascular Cerebral) no último sábado (3). Ele está internado em um hospital em Botafogo, na zona sul do Rio de Janeiro. Ele não sofreu sequelas cognitivas e passa bem, segundo nota do Partido Novo, do qual faz parte. Veja mais: Suspeito de feminicídio contra estudante da Uerj é preso veja também CCJ do Senado pode aprovar imposto zero para games nacionais Banco do Brasil tem lucro líquido ajustado de R$ 4,432 bi no 2º trimestre Trabalhador já pode cancelar crédito automático do FGTS na Caixa Gustavo Franco foi um dos responsáveis pela criação e implantação do Plano Real, no governo Itamar Franco, em 1994. Ele presidiu o Banco Central entre os anos 1994 e 1995, no governo de Itamar, e entre 1997 e 1999 no governo de Fernando Henrique Cardoso. PublicidadeFechar anúncio O economista também dá aulas na PUC-Rio (Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro). Franco foi filiado ao PSDB por 28 anos, mas desde 2017 integra o Partido Novo. *Estagiário do R7, sob supervisão de PH Rosa

Link Notícia: https://noticias.r7.com/brasil/um-dos-pais-do-plano-real-gustavo-franco-sofre-avc-no-rio-de-janeiro-08082019

Promotores linha dura criam #EuApoioDeltan
Data: 08/08/2019

No dia 13, colegiado deverá colocar em pauta processos administrativos que podem culminar no seu afastamento da Lava Jato

Os promotores e procuradores da linha dura criaram #EuApoioDeltan e alegam que tolerar eventual afastamento do coordenador da força-tarefa do Ministério Público Federal na Operação Lava Jato "equivale a ser conivente com corruptos, com a cleptocracia, com a vitória do mal". Por meio da entidade que os reúne, o Ministério Público Pró-Sociedade, os apoiadores de Deltan Dallagnol afirmam que "seria ato ilegal e inconstitucional tal afastamento, com base em dados telemáticos ilicitamente obtidos, inclusive, sem qualquer tipo de perícia que comprove a veracidade ou não das informações ali contidas: até porque inviável constitucional e tecnicamente". veja também Conselho do MP abre reclamação disciplinar contra Deltan e Pozzobon Barroso vê 'ataque criminoso' às comunicações de Moro e Deltan Desde o início de junho, diálogos via Telegram atribuídos a Deltan e ao ex-juiz Sérgio Moro estão sendo divulgados indicando suposto conluio na Lava Jato. O procurador e Moro não admitem a autenticidade das mensagens hackeadas de seus celulares. Deltan tem sido questionado frequentemente perante o Conselho Nacional do Ministério Público. Na próxima terça, 13, o colegiado deverá colocar em pauta processos administrativos que podem culminar no seu afastamento da Lava Jato. Na avaliação do MP Pró-Sociedade, Deltan e Moro são alvo de "uma violência maior da que ocorreu na Itália após as Mãos Limpas" - ação sem precedentes de magistrados e procuradores contra malfeitos no poder público que acabou sendo fulminada por forças políticas. "O 'establishment' opera para destruir a luta contra a corrupção e garantir que nunca mais seja viável", alerta MP Pró-Sociedade. Em nota divulgada nesta quinta, 8, a entidade faz um apelo público ao Conselho Nacional do Ministério Público e também . "O MP Pró-Sociedade roga ao Conselho Nacional do Ministério Público que preserve a autonomia e a atividade-fim do MP e pede à Conamp (Associação Nacional dos Membros do Ministério Público) que faça uma defesa pública, clara e incisiva da Lava-Jato e desse destacado, incansável e nobre membro do Ministério Público." Leia a íntegra da nota pública do MP pró-sociedade PublicidadeFechar anúncio "O MP Pró-Sociedade reitera as notas e posturas anteriores sobre a LavaJato e Sérgio Moro neste momento em que, com mais violência do que ocorreu na Itália após as Mãos Limpas - o ‘establishment’ opera para destruir a luta contra a corrupção e garantir que nunca mais seja viável. Os fogos se concentram agora sobre o grande procurador da República Deltan Dallagnol. Tolerar o afastamento de Deltan Dallagnol, membro do Ministério Público que simboliza o combate à corrupção, equivale a ser conivente com corruptos, com a cleptocracia, com a vitória do mal. Vale lembrar que seria ato ilegal e inconstitucional tal afastamento, com base em dados telemáticos ilicitamente obtidos, inclusive, sem qualquer tipo de perícia que comprove a veracidade ou não das informações ali contidas: até porque inviável constitucional e tecnicamente. O MP Pró-Sociedade roga ao Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) que preserve a autonomia e a atividade-fim do MP e pede à CONAMP que faça uma defesa pública, clara e incisiva da Lava-Jato e desse destacado, incansável e nobre membro do Ministério Público. A única coisa necessária para que o mal prevaleça é que homens bons não façam nada.(Burke) #EuApoioDeltan Associação MP Pró-Sociedade" Copyright © Estadão. Todos os direitos reservados.

Link Notícia: https://noticias.r7.com/brasil/promotores-linha-dura-criam-euapoiodeltan-08082019

Escrivã que atirou para salvar torcedores no Ceará é homenageada
Data: 08/08/2019

Tárgilla tem 25 anos, está grávida e passava perto da Arena Castelão quando agiu para evitar linchamento de pai e filho derrubados de moto

A escrivã de polícia que salvou torcedores de um linchamento no entorno da Arena Castelão no último sábado (3), pouco antes do jogo entre Ceará e Fortaleza pelo Campeonato Brasileiro, foi recebida nesta quarta-feira (7) pelo delegado geral da Polícia Civil do Ceará, Marcus Rattacaso. A ação, que foi gravada por celular e viralizou na internet, foi elogiada pela Polícia e ficará registrada em uma portaria em Diário Oficial. Tárgilla Brito, que tem 25 anos e está grávida, deu tiros para o alto quando dois torcedores começavam a ser linchados. Ela conta que se tratava de um homem que vestia a camisa do Ceará e do filho dele, um adolescente. Eles foram derrubados de uma moto e outros torcedores que passavam pelo local correram para espancá-los. “Na hora que eu vi, eu pensei logo que matariam o rapaz e que poderia ser uma mãe chorando a perda de um filho. O adolescente que estava na garupa da moto e foi arrastado estava levando muitos chutes na cabeça. Eu sabia que se não fizesse nada, talvez aquele torcedor tivesse morrido ou até estivesse em coma, e teria uma mãe chorando junto com ele”, disse ela em divulgação feita pela Polícia Civil do Ceará. Tárgilla conta que fez três disparos. “Dei o primeiro disparo para cima, de advertência. Alguns se dispersaram, mas outros continuaram com as agressões. Então tive o ímpeto de correr e falei para parar. Foi quando dei o segundo disparo, mesmo assim, continuaram agredindo. Quando virei e atirei a terceira vez, um dos agressores chegou a reclamar que eu não poderia atirar nele e fez a menção de voltar. Nessa hora eu aponto a arma e grito que sou ‘polícia’, foi quando todos fugiram”, relatou. Tárgilla Brito é escrivã de Polícia Civil há pouco mais de um ano e já foi guarda municipal de Fortaleza durante três anos. A ação rendeu elogios do delegado geral. “Eu te chamei aqui para agradecer pelo seu ato de bravura, porque apesar de estar de folga, sozinha e principalmente por estar gestante, você fez exatamente o que jurou fazer, defender a sociedade acima de tudo”, disse Marcus Rattacaso.

Link Notícia: https://noticias.r7.com/brasil/escriva-que-atirou-para-salvar-torcedores-no-ceara-e-homenageada-08082019

Moro diz ao STF que nunca ordenou destruição de provas de hackers
Data: 08/08/2019

Ministro afirmou que não tem acesso ao inquérito policial e que compete ao Poder Judiciário a decisão sobre o destino do material

O ministro da Justiça, Sergio Moro, afirmou ao STF (Supremo Tribunal Federal) que "jamais" houve qualquer determinação administrativa para que fosse destruído o material colhido com hackers presos pela Polícia Federal no mês passado, no âmbito da Operação Spoofing, que investiga a invasão de telefones e obtenção de dados de autoridades. A manifestação foi enviada em ação do PDT, pela qual o ministro Luiz Fux proibiu a destruição das provas. "Esclareço que este ministro da Justiça e Segurança Pública não exarou qualquer determinação ou orientação à Polícia Federal para destruição do material ou mesmo acerca de sua destinação, certo de que compete, em princípio, ao juiz do processo ou ao próprio Poder Judiciário decidir sobre a questão, oportunamente" afirmou. O partido entrou com o processo no STF após o presidente do STJ (Superior Tribunal de Justiça), João Otávio de Noronha, uma das autoridades hackeadas, divulgar nota na qual dizia que Moro lhe havia informado que o material obtido a partir da invasão de celulares seria descartado "para não devassar a intimidade de ninguém". Ao STF, Moro afirmou que não tem acesso ao inquérito policial, que tramita na 10ª Vara Criminal do Distrito Federal, e que compete ao Poder Judiciário a decisão sobre o destino do material. PublicidadeFechar anúncio O ministro da Justiça disse ainda que a afirmação de que o material seria descartado foi "apenas um mal-entendido" quando à declaração sobre a "possível destinação" das mensagens, "considerando a natureza ilícita dele e as previsões legais". "Evidente, porém, que a decisão quando a ele competirá à autoridade judicial, com oitiva e participação das partes do processo, e não do ora subscritor", diz Moro. O ministro ainda destacou que a própria PF já havia emitido nota sobre o assunto, assim como o próprio Moro, para esclarecer que não haveria nenhuma determinação administrativa para destruição do material. A hipótese de destruição das mensagens levantada por Moro gerou reação de ministros do Supremo. O ministro Marco Aurélio Mello disse que órgão administrativo não poderia ordenar destruição de material. "Isso aí é prova de qualquer forma. Tem de marchar com muita cautela", disse na ocasião. Dois outros ministros questionaram reservadamente também o fato de Moro ter acesso ao inquérito, quando apenas o juiz e o delegado deveriam ter conhecimento do conteúdo. Para eles, não era responsabilidade do ministro da Justiça entrar em contato com as autoridades que tiveram o telefone invadido. Copyright © Estadão. Todos os direitos reservados.

Link Notícia: https://noticias.r7.com/brasil/moro-diz-ao-stf-que-nunca-ordenou-destruicao-de-provas-de-hackers-08082019

Novo procurador-geral não deve ter “radicalismos”, diz Bolsonaro
Data: 08/08/2019

Presidente diz que novo indicado deve atuar “sem estrelismo”. Sucessor de Dodge deve ser indicado até próxima segunda-feira (12)

O presidente Jair Bolsonaro disse nesta quinta-feira (8) que o novo procurador-geral da República não deve tratar as questões sob sua alçada com “radicalismo” e deve atuar “sem estrelismo”. “Esperamos ter um procurador que trate a questão ambiental, por exemplo, sem radicalismo. O Brasil está há seis anos tentando fazer o linhão [de energia] Manuas - Boa Vista [e não consegue], em grande parte pelo problema ambiental”, disse, ao deixar o Palácio da Alvorada na manhã desta quinta. A expectativa é que o sucessor de Raquel Dodge na PGR (Procuradoria-Geral da República) seja anunciado até a próxima segunda-feira (12). O mandato de Dodge termina em 18 de setembro e a indicação do novo procurador-geral compete ao presidente. Tradicionalmente, a escolha é feita entre os três candidatos mais votados por procuradores do MPF (Ministério Público Federal) que encaminham uma lista tríplice enviada ao chefe do Executivo. O presidente pode ou não acatar as indicações. Bolsonaro sinalizou que tem cinco nomes cotados, o que inclui a recondução de Dodge ao cargo. Na lista do MPF, estão os subprocuradores Mário Bonsaglia, Luiza Frischeisen e Blal Dalloul. O indicado deverá passar ainda por uma sabatina na CCJ (Comissão de Constituição de Justiça) do Senado e ter o nome aprovado pelo plenário da Casa. Antecipando mais um critério que está sendo considerado para sua escolha, o presidente disse que o chefe do MPF não deve atuar com “estrelismo”. “Não quero alguém que traga para si os holofotes. Em todos os meios têm gente que trabalha com estrelismo”, disse. PublicidadeFechar anúncio Assim como defende um posicionamento equilibrado em relação às questões ambientais, Bolsonaro também espera que o ocupante do posto não interfira em questões relativas às minorias. “Que não atrapalhe a questão de minorias. Acabaram de ver índios aqui querendo progredir, ser como nós somos. Mas, como estão enquadrados nas minorias, o MP, sei que tem suas câmaras, muita independência. A gente conta que o futuro chefe do MP trabalhe nesse sentido, junto aos seus pares, para evitar essa forma xiita de tratar as minorias”, disse. O tratamento direcionado a assuntos referentes às Forças Armadas também tende a influenciar a decisão de Bolsonaro. “Muitas vezes o MP interfere em questões nossas [dos militares]. Até houve decisão do MP federal dizendo que os alunos dos colégios militares não têm que obedecer o critério de corte de cabelo. Vai se meter nisso? Os colégios militares estão dando certo, não só do Exército como das policias militares. Vai se meter nisso aí?”, disse. Previdência Um dia depois da conclusão da votação da reforma de Previdência na Câmara, Jair Bolsonaro elogiou a atuação do presidente da Casa, Rodrigo Maia (DEM-RJ) na condução dos trabalhos e parabenizou parlamentares “pela responsabilidade de votar o tema que traz, de certa forma, algum prejuízo político para cada algum deles”. “Mas o futuro do Brasil é que está em jogo”, completou. A expectativa do governo é que a mesma proposta que saiu da Câmara seja aprovada no Senado até setembro, para ir a sanção. Segundo Bolsonaro, “se a equipe econômica julgar necessária”, eventuais mudanças - como a inclusão de estados e municípios na reforma e a instituição do sistema de capitalização - podem fazer parte de uma proposta alternativa.

Link Notícia: https://noticias.r7.com/brasil/novo-procurador-geral-nao-deve-ter-radicalismos-diz-bolsonaro-08082019

Bolsonaro sobre nova CPMF: 'Não criaremos nenhum novo imposto'
Data: 19/07/2019

Presidente também afirmou que abriria mão da reeleição caso uma reforma política fosse aprovada pelo Congresso Nacional

Em café da manhã com jornalistas de veículos internacionais, o presidente da República, Jair Bolsonaro, afirmou nesta sexta-feira (19) que o governo não irá criar nenhum novo imposto. Bolsonaro foi questionado sobre a polêmica envolvendo um possível retorno da CPMF (Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira), e afirmou que o governo pretende "fundir impostos, mas CPMF de volta, não". O presidente falou, ainda, sobre as relações internacionais do Brasil. Um jornalista alemão disse a Bolsonaro que muitos europeus temem que o acordo entre o Mercosul e a União Europeia seja interrompido por questões ambientais, como o uso de agrotóxicos pelo agronegócio brasileiro. Irritado, Bolsonaro respondeu que europeus não tem com o que se preocupar "porque somos um dos países que menos utilizam agrotóxicos em suas plantações". Além disso, o presidente disse que tem "profundo respeito pelo (presidente russo) Vladimir Putin", que o Brasil está de braços abertos para a Rússia e que ele espera a colaboração dos russos para "resolver a questão da Venezuela". Bolsonaro ainda confirmou sua ida à China, país com o qual deseja "aprofundar o relacionamento". PublicidadeFechar anúncio Entre outros temas, Bolsonaro afirmou que abriria mão da reeleição caso uma reforma política fosse aprovada pelo Congresso, mas que, como não vê possibilidade de os parlamentares aprovarem uma reforma desta magnitude neste ciclo eleitoral, não está preocupado com essa questão. Por fim, o presidente ainda mencionou que a retirada das curtidas na rede social Instagram, um dos temas mais comentados no Twitter nesta semana, "é uma tentativa de interferência na nossa liberdade". Copyright © Estadão. Todos os direitos reservados.

Link Notícia: https://noticias.r7.com/brasil/bolsonaro-sobre-nova-cpmf-nao-criaremos-nenhum-novo-imposto-19072019

Ana Marcela Cunha é tetra mundial na maratona aquática dos 25 km
Data: 19/07/2019

Brasileira sobe ao lugar mais alto do pódio pelo segundo dia seguido, já que na quinta-feira ela já havia conquistado a medalha de ouro na prova dos 5 km

Um dia depois de conquistar o ouro na maratona dos 5 km no Campeonato Mundial de Esportes Aquáticos, a brasileira Ana Marcela Cunha subiu novamente ao lugar mais alto do pódio na madrugada desta sexta-feira e conquistou pela quarta vez a prova dos 25 km. Com o tempo de 5h08m30s, a atleta venceu a maratona disputada em Gwangju, na Coreia do Sul. Ela superou a alemã Finnia Wunram, que chegou 8 segundos depois, e a francesa Lara Grangeon, que ficou em terceiro lugar. Agora a brasileira coleciona 11 ouros (25km em 2011, 2015, 2017 e 2019, além dos 5km de 2019), duas pratas (10km em 2013 e prova por equipes em 2015) e quatro bronzes (5km em 2013 e 2017, 10km em 2015 e 2017) na história dos mundiais. Ana Marcela Cunha fatura ouro e se torna maior medalhista em Mundiais Ana Marcela Cunha é uma das esperanças de medalha para o Brasil nos Jogos Pan-Americanos de Lima, no Peru, que começa no dia 26 de julho. A Record TV é a emissora oficial dos Jogos Pan-Americanos Lima 2019. Você pode acompanhar os eventos ao vivo no R7.com e conferir todas as transmissões e as íntegras no Playplus.com.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/ana-marcela-cunha-e-tetra-mundial-na-maratona-aquatica-dos-25-km-19072019

Antony fica no Brasil e vira símbolo de nova postura do São Paulo
Data: 19/07/2019

Decidida a não vender os jovens para acertar de caixa, diretoria Tricolor recusou oferta do City e renovou com Antony. Recado para outros garotos

A renovação de contrato de Antony, assinada na tarde da última quinta-feira (18), pode ser encarada como um recado ao mercado: mesmo com problemas de caixa, o São Paulo está disposto a segurar os seus jovens valores pelo maior tempo possível. A diretoria recusou uma oferta de 20 milhões de euros do Manchester City (ING) pelo atacante de 19 anos e, paralelamente, aumentou o salário dele. É um recado também para outros garotos de Cotia. O São Paulo, que ganhou a fama de vender suas joias muito depressa, principalmente depois que David Neres partiu para o Ajax (HOL) com somente oito jogos na equipe profissional, agora quer convencê-los de que ficar por bastante no clube pode significar títulos, carinho da torcida e valorização financeira. Foi o que o gerente de futebol Alexandre Pássaro falou em entrevista coletiva há pouco mais de uma semana: - Que o menino que está na base e seus agentes saibam que ele não vai aparecer no profissional e logo ser vendido. Pode ser que aconteça, mas não será uma regra. Estamos fazendo isso com o respaldo do presidente Leco. Ele está de acordo com nossa estratégia. O São Paulo passa por problemas financeiros que seriam facilmente resolvidos se a gente abrisse as portas para a venda desses jogadores, mas não é o que queremos. Não significa que jogadores desse elenco ou que estavam emprestados não possam ser negociados. Nosso planejamento é para que os meninos que estão jogando fiquem e se valorizem. Antony e seu agente, Junior Pedroso, citaram o "projeto" do São Paulo e o desejo de "construir história" em suas primeiras declarações após a assinatura do novo vínculo. - O São Paulo é minha casa e sou muito feliz aqui. Sabíamos de algumas propostas e projetos, mas sempre deixei claro que minha vontade era permanecer no São Paulo, construir minha história aqui e ajudar meus companheiros - disse o atacante. - Mesmo com todo o cenário favorável para sua transferência, o Antony optou pela permanência no São Paulo, acreditando que pode contribuir para reforçar o time em busca do tão esperado título. Financeiramente, com a sua transferência para a Europa, o Antony teria ganhos cinco vezes maiores do que permanecendo no São Paulo. Mesmo assim, ele e sua família apostaram no projeto tricolor e não forçaram uma saída - emendou Pedroso. PublicidadeFechar anúncio Além de Antony, o mais assediado deles, os jovens que estão em alta no clube são os zagueiros Walce e Morato, os volantes Luan e Liziero, o meia Igor Gomes e o atacante Toró. Todos eles têm sido utilizados com frequência no profissional, à exceção de Morato, que tem só 17 anos e ainda não estreou. Mesmo assim, todos no clube apostam que ele terá futuro brilhante. Todos tiveram renovações contratuais recentes e têm multa rescisória de 50 milhões de euros para o exterior. O São Paulo garante que a única chance de levá-los é pagando este valor, considerado irreal para o momento atual. Mas nem todos os jovens que subiram de Cotia nos últimos meses conseguiram espaço no elenco principal. O zagueiro Rodrigo, de trajetória brilhante na base, jogou só uma partida oficial na temporada e depois perdeu espaço. O clube, então, resolveu emprestá-lo por um ano ao Portimonense (POR) para que ele possa se desenvolver e voltar pronto para brigar por posição- ou valorizado para ser vendido. É um caminho que pode ser seguido pelo atacante Helinho em breve. Lucas Fernandes, joia de outra geração que não conseguiu engrenar na equipe principal do Tricolor, retornou recentemente de empréstimo ao mesmo Portimonense (POR), onde jogou bem. Se aparecer uma boa proposta, ele será vendido.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/lance/futebol/antony-fica-no-brasil-e-vira-simbolo-de-nova-postura-do-sao-paulo-19072019

Morte de Ritchie Valens completa 60 anos e é revisitada em peça
Data: 19/07/2019

História do cantor, que perdeu a vida em fevereiro de 1959 em um trágico acidente de avião, é contada no musical 'La Bamba'

Nos dias 19, 20 e 21 de julho, o teatro J. Safra, em São Paulo, recebe o musical La Bamba. Dirigido por Cesar Bournier, a peça rememora os 60 anos da morte de Ritchie Valens, vítima de um acidente aéreo em fevereiro de 1959, que também vitimizou Buddy Holly e The Big Popper. A abrupta saída de cena dos três, — que são considerados astros da era inicial do rock and roll —, é uma tragédia incomparável na história da música pop mundial e, durante décadas, mexeu com o imaginário popular. Tanto que, 12 anos depois, o acidente voltou a ser comentado e ficou conhecido definitivamente como "O dia em que a música morreu", após o cantor Don Mclean cunhar a frase em uma das estrofes do sucesso American Pie, de 1971 (e que seria regravado por Madonna em 1997). Em 1987, a história de Ritchie voltou a ser abordada, mas em filme. Também batizado com o nome do principal sucesso do cantor descendente de mexicanos, o longa metragem de Luis Valdez é realístico e conta a curta e meteórica trajetória do astro adolescente de forma crua. Filme La Bamba trouxe abordagem crua da história Filme La Bamba trouxe abordagem crua da história Divulgação Porém, na montagem para o teatro realizada no Brasil em 2019, Bournier diz que a ideia é se distanciar desse estilo e ir em busca de uma ruptura com a linearidade do enredo do filme. "Não se trata única e exclusivamente sobre a vida e obra de Ritchie Valens. A montagem para teatro foi idealizada e inspirada nos desenhos animados, cartoons e pin-ups famosos na década em que se passa a história. PublicidadeFechar anúncio Os sentimentos e sensações estabelecidos através das cores na montagem e as escolhas de músicas com apelo sentimental que fazem parte da memória emotiva do espectador trazem um frescor para essa história linda, porém, com desfecho trágico, o que propõe ao público a sentença que o fim é apenas o começo", explica o diretor. Dessa maneira, ele comenta que a história é contada com o objetivo de fazer com que os mais jovens entendam o impacto do trabalho de Valens ao longo dos anos e como La Bamba influencia a música pop até hoje. "Muitos jovens não têm consciência sobre as origens de suas músicas, cantores e estilos musicais preferidos. Espero que entendam que Ritchie Valens revolucionou a sua época e que, se não tivesse sido interrompido em trágico acidente aéreo, certamente teria influenciado e ditado até outros caminhos para música", analisa. Releitura em teatro traz abordagem lúdica da história Releitura em teatro traz abordagem lúdica da história Divulgação No repertório, sucessos do período da tragédia e de outras épocas se fundem para provar como Valens e os primórdios do rock atingem a música popular. "Rompemos com o tempo e o espaço para escolher o restante do repertório, justamente para criar uma atmosfera de looping infinito, que o fim também é o começo, que tudo está conectado. Da mesma forma que o passado influencia o futuro, o futuro influencia também o passado", explica. Para o papel de Valens, o diretor explica que a escolha de Augusto Volcato teve como critério o fato de unir qualidades preponderantes para um espetáculo musical: atuar e cantar bem. "Ele trouxe para o personagem de Ritchie Valens leveza, beleza e soube introduzir de maneira brilhante a figura lúdica dos desenhos animados, proposta pela direção", comenta. Apresentado anteriormente apenas no Rio de Janeiro, La Bamba desembarca em São Paulo como uma produção independente e sem previsão para estrear em outras praças ou para temporadas mais longas por aqui. "Ainda não temos patrocínio e estamos buscando parceiros para realizar esse objetivo. Estamos fazendo São Paulo com recursos próprios, mas é um custo muito alto, inviabilizando a realização desses objetivos sem o patrocínio necessário", lamenta Bournier.

Link Notícia: https://diversao.r7.com/pop/musica/morte-de-ritchie-valens-completa-60-anos-e-e-revisitada-em-peca-19072019

Ana Hickmann quebra recorde mundial de estourar bexigas
Data: 19/07/2019

Apresentadora fez treinamento intensivo para conseguir cumprir prova ao vivo no 'Hoje em Dia'. Ela estourou 200 balões em 12,90 segundos

Ana Hickmann bateu um recorde mundial nesta sexta-feira (19) ao vivo no Hoje em Dia. A apresentadora conseguiu estourar 200 bexigas em 12,90 segundos, deixando para trás o americano David Rush, que estourou 200 bexigas em apenas 14,77 segundos. Para cumprir o desafio, Ana passou por um treinamento intensivo de corrida e mostrou tudo em seu canal do YouTube (veja abaixo). A produção do programa vai mandar as imagens para a organização do Guinness Book para tentar incluir Ana no livro dos recordes.

Link Notícia: https://diversao.r7.com/tv-e-entretenimento/ana-hickmann-quebra-recorde-mundial-de-estourar-bexigas-19072019

Decisão de Toffoli pode travar 6 mil ações contra facções e tráfico
Data: 19/07/2019

A determinação do ministro deve prevalecer até novembro, quando o Supremo Tribunal Federal coloca a matéria em votação no plenário.

A decisão do presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Dias Toffoli, de mandar suspender as investigações em todo o país que contenham dados compartilhados do Controle de Atividades Financeiras (Coaf), pode travar não apenas o cerco à corrupção, mas também um acervo de mais de cinco mil inquéritos e ações judiciais sobre facções criminosas e tráfico de entorpecentes. Entre janeiro de 2014 e junho de 2019, o Conselho de Controle de Atividades Financeiras, braço do Ministério da Economia, produziu 1.586 Relatórios de Inteligência Financeira (RIFs) sobre organizações, inclusive as que controlam presídios, e mais 4.391 exclusivamente sobre narcotráfico, totalizando 5.977 feitos que embasam investigações das Promotorias e Procuradorias e também das Polícias Federal e nos Estados. Leia mais: Decisão de Toffoli sobre Coaf paralisa investigações sobre PCC, diz procurador-geral de Justiça de SP A ordem de Toffoli, dada na última segunda-feira (15), a partir de um pedido da defesa do senador Flávio Bolsonaro (PSL/RJ), alvo de investigação do Ministério Público do Rio por suposta lavagem de dinheiro, quando exercia o mandato de deputado estadual fluminense, atinge indistintamente todos os procedimentos que alojem dados do Coaf. A determinação do ministro deve prevalecer até novembro, quando o Supremo coloca a matéria em votação no plenário. Os investigadores temem que a imposição do ministro possa contaminar todos os procedimentos que se baseiam em alertas do Coaf, ou seja, não apenas os casos de malfeitos com recursos públicos, mas inclusive os atribuídos a grupos violentos. Naquele período, entre janeiro de 2014 e junho de 2019, os técnicos do Conselho elaboraram 9.421 relatórios sobre atos de corrupção. Além de outros 36 sobre terrorismo e outros milhares de documentos apontando para movimentações atípicas de investigados por fraudes (4.592 relatórios), crimes contra o sistema financeiro (767), exploração ilegal de minério (296), tráfico de pessoas (42), sonegação fiscal (2.200) e armas (397). Em cinco anos e meio, do total de Relatórios de Inteligência Financeira do Coaf, 3% foram enviados à Justiça (510 documentos) segundo informa o Conselho. Os destinatários de 97% dos relatórios foram órgãos de investigação - Ministério Público Federal, Ministério Público nos Estados, Polícia Federal, Polícia Civil nos Estados e Controladoria-Geral da União receberam 15.436 rastreamentos de contas. Nesta quinta-feira (18), a Polícia Federal suspendeu todas as investigações que contenham dados financeiros e bancários compartilhados sem autorização judicial. A decisão foi tomada pelo corregedor-geral substituto da PF, delegado Bráulio Galloni. Os inquéritos da PF nessas condições serão devolvidos à Justiça. Em Mato Grosso do Sul, a Procuradoria classificou como "devastadora" a medida. Pelo menos um terço das investigações sobre atos de lavagem de dinheiro no Estado pode ser afetado, calculam os procuradores que atuam na área.

Link Notícia: https://noticias.r7.com/brasil/decisao-de-toffoli-pode-travar-6-mil-acoes-contra-faccoes-e-trafico-19072019

Bolsonaro agora diz que apenas 'pequena parte passa fome'
Data: 19/07/2019

Mais cedo, em uma entrevista a jornalistas estrangeiros, presidente havia dito que "falar que se passa fome no Brasil é uma grande mentira"

Após ter dito que não existe fome no Brasil, o presidente Jair Bolsonaro afirmou não saber por que uma "pequena parte" da população passa fome e por que "outros passam mal ainda". "Olha, o brasileiro come mal. Alguns passam fome. Agora, é inaceitável um país tão rico como o nosso, com terras agricultáveis, água em abundância, até o semiárido nordestino tem uma precipitação pluviométrica maior do que Israel. E falei também na questão das Pequenas Centrais Hidrelétricas. Você leva dez anos para conseguir uma licença. E qualquer hectare de água produz de 10 a 15 toneladas de tilápia por ano. Então, um país aqui que a gente não sabe por que pequena parte passa fome e outros passam mal ainda", afirmou. Leia também: Combate à fome no Brasil se estagnou, afirma ONU Mais cedo, em uma entrevista a jornalistas estrangeiros, Bolsonaro disse que "falar que se passa fome no Brasil é uma grande mentira". "Passa-se mal, não se come bem. Aí eu concordo. Agora, passar fome, não", disse. PublicidadeFechar anúncio Questionado sobre se estava voltando atrás na declaração inicial o presidente ficou irritado e disse aos jornalistas que "não via nenhum magro". "Ah, pelo amor de Deus, se for pra entrar em detalhe, em filigrana, eu vou embora. Eu não tô vendo nenhum magro aqui, tá certo? Temos problema alimentar no Brasil? Temos, não é culpa minha, vem de trás, estamos tentando resolver", disse. Bolsonaro afirmou ainda que o que "tira o homem e a mulher da miséria é o conhecimento". "Não são bolsas e programas assistencialistas. Nós temos que lutar nesse sentido, nessa linha, para dar dignidade ao homem e à mulher brasileira", afirmou. Copyright © Estadão. Todos os direitos reservados.

Link Notícia: https://noticias.r7.com/brasil/bolsonaro-agora-diz-que-apenas-pequena-parte-passa-fome-19072019

'Acredito que caminhoneiros não vão fazer paralisação', diz Bolsonaro
Data: 19/07/2019

Presidente diz reconhecer as dificuldades da carreira e que governo está pronto para continuar diálogo com profissionais

O presidente Jair Bolsonaro disse nesta sexta-feira (19) não acreditar em uma paralisação dos caminhoneiros neste momento. Ele disse que está pronto para continuar conversando com a categoria. Uma nova resolução sobre a política de pisos mínimos do frete rodoviário, publicada nesta quinta-feira (18) pela ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres), foi criticada por alguns representantes dos caminhoneiros, que ameaçam com nova paralisação. "É um direito de todo mundo fazer greve no Brasil, logicamente algumas classes como a minha, das Forças Armadas, não têm direito. Os caminhoneiros são classe importantíssima para o Brasil. (...) Acredito que caminhoneiros não façam paralisação porque isso atrapalha muito a economia. Reconhecemos a dificuldade na carreira e estamos prontos para continuar conversando mas estamos em um país livre e democrático onde impera o livre mercado. Lei da oferta e da procura", disse. Bolsonaro afirmou ainda que cabe ao Congresso Nacional "fazer a sua parte" ao cobrar que os parlamentares aprovem o projeto de lei enviado por ele que aumenta de cinco para dez anos a validade da carteira de motorista e amplia a pontuação por infrações de 20 para 40 pontos. "Estamos fazendo o possível para atender os caminhoneiros, com o que já foi anunciado pelo ministro Tarcísio Gomes, ministro da Infraestrutura. Eu mesmo já fiz alguma coisa, falta o Parlamento fazer sua parte", disse. PublicidadeFechar anúncio Para o presidente, os governos do PT erraram ao conceder crédito em excesso para a compra de caminhões, o que levou a uma redução do preço do frete. "Tivemos um problema lá atrás com o PT. O BNDES ofereceu crédito em excesso para a compra de caminhões, cresceu a frota de caminhões assustadoramente e o transportado permaneceu igual. Lei da oferta e da procura. Caiu o preço do frete", disse. A resolução, que estabelece regras gerais, metodologia e coeficientes dos pisos mínimos referentes ao quilômetro rodado na realização do serviço de transporte rodoviário de cargas, foi aprovada após estudo técnico realizado pela Esalq-Log e processo de consulta pública e entra em vigor no dia 20 de julho. Segundo a ANTT, a elaboração da resolução teve participação de transportadores autônomos, empresas e cooperativas de transporte contratantes de frete, embarcadores e diversos outros agentes da sociedade e foram recebidas aproximadamente 350 manifestações que englobaram cerca de 500 contribuições específicas, analisadas individualmente pela agência. Copyright © Estadão. Todos os direitos reservados.

Link Notícia: https://noticias.r7.com/brasil/acredito-que-caminhoneiros-nao-vao-fazer-paralisacao-diz-bolsonaro-19072019

'Houve uma sede de poder dos órgãos de controle', diz Toffoli
Data: 19/07/2019

Ministro do STF decidiu suspender investigações em todo o País defendendo a necessidade de se criar limites à atuação de órgãos de controle

O presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), ministro Dias Toffoli, justificou nesta quinta-feira (18) a decisão de suspender investigações em todo o País defendendo a necessidade de se criar limites à atuação de órgãos de controle. Para ele, "houve sede de poder" por parte de instituições como o Coaf (Conselho de Controle de Atividades Financeiras) e a Receita Federal. "Houve uma sede de poder. E poder no Brasil são só três: Executivo, Legislativo e Judiciário. Não existe o 'poder órgãos de controle'. Isso não é poder. Esses são submetidos aos controles do Judiciário", afirmou o ministro em entrevista ao jornal O Estado de S. Paulo. A suspensão determinada por Toffoli vale para todos os inquéritos policiais e processos judiciais que tenham usado dados fiscais ou bancários sem uma autorização prévia da Justiça. Ele admitiu que casos podem ser anulados. Por que é importante que haja supervisão do Judiciário no compartilhamento dos dados? Fui relator de ação que autorizou, em 2016, a transferência entre os órgãos de controle de informações, e é bem claro no dispositivo que o compartilhamento é global, só sendo permitida a informação sobre o nome do titular e a globalidade dos valores mensalmente movimentados. Ou seja, sem detalhamento nenhum. Até essa decisão não havia compartilhamento nenhum. Mas, a partir daquela decisão, os órgãos de controle fizeram uma leitura errada. Inicialmente, eu entendi por bem não fazer isso (suspender todas as investigações), mas, após verificar que isso está disseminado, estão sendo feitas devassas nas vidas das pessoas sem que haja supervisão do Judiciário, isso é um Estado fascista. Vira investigações de gaveta que ninguém sabe se existe ou não existe. O senhor se refere ao Ministério Público? Os órgãos de controle têm, evidentemente, uma importância enorme no estado democrático de direito, mas eles não são poder. Eles se submetem na defesa do cidadão ao controle do Poder Judiciário. Se eles querem ir além do valor global, no caso específico das movimentações financeiras ou de declarações de bens, precisam de autorização do Judiciário. Eu (magistrado) tenho de ser provocado e, ao ser provocado, eu tenho de analisar se existe fundamento para aquela quebra, porque é a invasão de uma privacidade. O Coaf, ao receber indícios de movimentações estranhas por parte de bancos, ele deve fazer o quê? Um relatório global, encaminhar para o Ministério Público e o procurador pede a quebra. E a Justiça acaba dando a quebra se tem fundamento. Se não tem fundamento, não dá a quebra. Isso é uma defesa do cidadão. Nada prejudica o combate à corrupção. Segundo esse entendimento, o senhor acha que houve desvirtuamento ou um erro de análise dos órgãos de controle? Houve uma sede de poder. E poder no Brasil são só três: Executivo, Legislativo e Judiciário. Não existe o "poder órgãos de controle", isso não é poder. Esses são submetidos aos controles do Judiciário. PublicidadeFechar anúncio O senhor acredita que a maioria dos ministros pensa assim? Eu não posso responder pelo voto dos colegas. O senhor vê a possibilidade de processos com compartilhamento sem a supervisão do Judiciário serem anulados no futuro? É possível, há uma possibilidade. É evidente que pode haver modulação, etc. Mas nós não podemos permitir que o País se transforme em um Estado policialesco e fascista. O fato de a decisão atender a um pedido do senador Flávio Bolsonaro, filho do presidente... A minha decisão não é fulanizada. Houve uma provocação, mas eu já vinha refletindo sobre isso havia algum tempo. Até já tinha conversado com algumas pessoas, de que estava havendo um abuso. Cheguei a pautar (o tema), mas, depois, em razão do julgamento da homofobia e de outros que tomaram muito a pauta do primeiro semestre, acabei adiando. Mas, para o senhor, o fato de beneficiar Flávio inibe ataques de redes bolsonaristas ao STF? Eu já disse que o juiz tem que ter couro. E juiz não age para agradar ou desagradar, ele faz justiça. Mesmo contra alguém que um dia possa ter falado mal da Justiça, a justiça existe para fazer o que é o constitucional e a defesa do cidadão. Como encara as críticas sobre o fato de a decisão ter ocorrido depois de um pedido do filho do presidente? Essa decisão defende toda a cidadania. Não é o fulano A ou o fulano B. Copyright © Estadão. Todos os direitos reservados.

Link Notícia: https://noticias.r7.com/brasil/houve-uma-sede-de-poder-dos-orgaos-de-controle-diz-toffoli-19072019


Data: 10/07/2019

Saudação eternizada pelo âncora surgiu nos anos 1970, quase que sem querer, durante experiência internacional do jornalista

Quando pensamos em Paulo Henrique Amorim dificilmente não lembramos do bordão eternizado por ele: "Olá! Tudo bem?". A frase, no tom peculiar criado por ele, nasceu quase que sem querer. Paulo Henrique contava que era correspondente em Nova York quando foi convidado para fazer algumas reportagens como freelancer, nos anos 1970, na rede CNN. Logo ao chegar no canal norte-americano, a editora-chefe disse para ele que seria bom se pudesse saudar o público em sua própria língua, para criar uma identidade de correspondente do Brasil. Paulo Henrique resolveu então dizer a frase que é tão comum entre os brasileiros, quando vão se cumprimentar. Tempos depois, em Los Angeles, durante a cobertura de um terremoto, o âncora reencontrou um colega norte-americano que se lembrou dele e logo repetiu a saudação em português, com a mesma entonação diferenciada. Ele achou divertido o tom usado pelo estrangeiro e logo sacou que aquilo tinha ficado guardado na cabeça das pessoas. Foi aí que Paulo pensou que aquele poderia ser o seu bordão e a partir dali começou a repetir o "Ola! Tudo bem?" sempre que aparecia na TV. Não demorou muito para essa se tornar a sua marca registrada.

Link Notícia: https://diversao.r7.com/prisma/keila-jimenez/ola-tudo-bem-bordao-de-paulo-henrique-nasceu-nos-eua-10072019

Antonia Fontenelle chora ao ganhar ação contra filhas de Marcos Paulo
Data: 10/07/2019

Atriz e apresentadora comentou no Instagram que a decisão judicial foi unânime e ela venceu por 3 x 0

Antonia Fontenelle utilizou o stories, no Instagram, para anunciar que venceu mais uma batalha judicial contra as filhas de Marcos Paulo, com quem ela foi casada entre 2006 e 2012, quando o diretor morreu. Segundo a atriz, a decisão foi unânime e ela superou as herdeiras Mariana, uma das filhas de Marcos com a atriz Renata Sorrah, e Giulia Costa, filha da atriz Flávia Alessandra. "Meu advogado me liga para dizer que, finalmente, depois de 7 anos de muito esculacho, a Justiça me deu ganho de causa. É um ganho moral. É uma vitória moral. 3 x 0, como todas as vezes que eu fui reconhecida: foi por unanimidade", disse ela em vídeo. "Eu queria dizer para as mulheres desse país que não desistam dos direitos de vocês, nunca deixem ninguém esculachar vocês, nunca abaixem a cabeça pra ninguém. O Brasil tem Justiça, sim! Grite! Contra fatos não há argumentos. Há sete anos eu estava sendo humilhada, esculachada, menosprezada", continuou. Caso antigo A ação contra Fontenelle foi movida logo após a morte de Marcos Paulo. Mariana e Flávia Alessandra, representante da filha Giulia na época, pediram bloqueio de todas as contas do diretor. Na ação, Antônia também foi impedida de entrar no imóvel que residia com o marido, na Barra da Tijuca, na Zona Oeste do Rio. Em 9 de abril de 2014 e em maio de 2018, Fontenelle foi considerada herdeira legal do diretor. As filhas, no entanto, recorreram da decisão da Justiça nas duas ocasiões e entraram com um recurso. Agora, finalmente Fontenelle conseguiu o direito de receber sua parte na herança.

Link Notícia: https://diversao.r7.com/tv-e-entretenimento/antonia-fontenelle-chora-ao-ganhar-acao-contra-filhas-de-marcos-paulo-10072019

Stranger Things: nova temporada bate recorde de audiência
Data: 10/07/2019

Segundo a Netflix, 40,7 milhões de contas domésticas assistiram a terceira parte da série norte-americana entre os dias 4 e 8 de julho

Fenômeno nas redes, a série Stranger Things bateu recordes de audiência na estreia da terceira temporada. De acordo com a Netflix, 40,7 milhões de contas domésticas assistiram ao programa entre os dias 4 e 8 de julho. O número supera os resultados de qualquer outro filme ou série da plataforma. A nova temporada se passa em 1985. É verão, a turma entra de férias e passa um bom tempo no recém-inaugurado shopping da cidade. Há um clima de romance no ar: Mike e Eleven estão namorando, assim como Lucas e Max. Em um acampamento de férias, Dustin também encontra uma amada. Apesar dos momentos felizes, muitas ameças ainda rodeiam o grupo. A Netflix também divulgou que 18,2 milhões de pessoas maratonaram a temporada e já assistiram a todos os episódios. Copyright © Estadão. Todos os direitos reservados.

Link Notícia: https://diversao.r7.com/stranger-things-nova-temporada-bate-recorde-de-audiencia-10072019

Palmeiras e Inter se enfrentam com destaques da Copa América
Data: 10/07/2019

Jogo de ida das quartas da Copa do Brasil será nesta-quarta-feira (10), às 21h30, no Allianz Parque, e terá a disputa entre Guerrero e Gustavo Gómez

Com um duelo entre dois destaques da Copa América, Palmeiras e Inter (RS) se enfrentam nesta quarta-feira (10), às 21h30, no Allianz Parque, pelo jogo de ida das quartas de final da Copa do Brasil. O jogo de volta entre as equipes será na próxima quarta-feira (17), às 21h30, no Beira-Rio. Do lado palmeirense, o zagueiro paraguaio Gustavo Gómez terá a incumbência de parar o atacante Guerrero, que, após o vice pelo Peru, retorna à equipe gaúcha. Gómez foi muito bem nos principais jogos por sua seleção, contra a Argentina, em empate por 1 a 1, e contra o Brasil, empate sem gols, com a equipe paraguaia tendo sido eliminada nos pênaltis. Com a camisa paraguaia, portanto, ele manteve a boa fase que vivia no Palmeiras, já que, no clube paulista, é titular de uma zaga, ao lado de Luan, que está há 1012 minutos sem levar gols, quando ambos atuaram juntos desde o início. Além de apostar no oportunismo de Deyverson e na velocidade de Dudu, o técnico Luiz Felipe Scolari se mostra confiante no desempenho no meia Lucas Lima, que terminou o primeiro semestre como titular, após um início de ano irregular. Assim como Scolari, o técnico do Inter, Odair Hellmann procurou aproveitar bem a parada para a Copa América. Ele não esperava, no entanto, ter de lidar com um desfalque de última hora, já que o lateral Zeca se contundiu na coxa direita e está fora da partida. Guerrero já retornou e deverá ser utilizado. O peruano foi um dos artilheiros da Copa América, ao lado do gremista Everton, com três gols. No fim de semana, o próximo compromisso do Palmeiras será contra o São Paulo, no Morumbi, no sábado (13), às 19h. Já o Inter (RS) vai a Curitiba, enfrentar o Athletico, no domingo (14), às 16h. Ficha técnica PALMEIRAS X INTER (RS) Local: Estádio Allianz Parque, São Paulo (SP) Data e horário: quarta-feira (10), às 21h30 Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (GO) Assistentes: Fabrício Vilarinho da Silva (GO) e Bruno Raphael Pires (GO) Palmeiras: Weverton; Marcos Rocha, Luan, Gustavo Gómez e Diogo Barbosa; Felipe Melo, Bruno Henrique e Lucas Lima; Dudu, Zé Rafael e Deyverson. Técnico: Luiz Felipe Scolari. Inter (RS): Marcelo Lomba; Bruno, Rodrigo Moledo, Víctor Cuesta e Uendel; Dourado, Edenilson, Nonato e Patrick; Nico López e Paolo Guerrero. Técnico: Odair Hellmann.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/futebol/palmeiras-e-inter-se-enfrentam-com-destaques-da-copa-america-10072019

Neymar aparece jogando futevôlei no dia da reapresentação do PSG
Data: 10/07/2019

Camisa 10 alegou compromissos contratuais para não voltar no mesmo dia que restante do elenco. Clube diz que tomará 'medidas apropriadas'

No dia em que o Paris Saint-Germain pediu explicações sobre a sua ausência, Neymar apareceu nesta terça-feira (9), nas redes sociais, jogando futevôlei. O camisa 10 esteve em uma quadra montada em São Paulo. A quadra é o local de treinamento de Bello Soares, atleta profissional da modalidade. Foi o próprio Bello quem publicou uma foto ao lado do jogador do PSG. Ao lado deles, o ex-jogador Gabriel também participou da partida. A assessoria de Neymar explicou que avisou ao clube francês sobre os compromissos contratuais e a ausência nos próximos dias. Por outro lado, Leonardo, novo diretor, disse ao jornal Le Parisien que o clube irá tomar “as medidas apropriadas”.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/futebol/neymar-aparece-jogando-futevolei-no-dia-da-reapresentacao-do-psg-09072019

Campeões, Cássio e Fagner voltam ao Corinthians nesta quarta
Data: 10/07/2019

Dupla esteve à serviço da seleção nas últimas cinco semanas e ajudou na conquista da Copa América. Agora, volta aos treinos no CT Joaquim Grava

Campeões da Copa América no último fim de semana, o goleiro Cássio e o lateral Fagner são aguardados no CT Joaquim Grava nesta quarta-feira. A dupla esteve à serviço da seleção brasileira nas últimas cinco semanas e não participou de nem um treino sequer com o técnico Fábio Carille. Agora, serão reintegrados ao elenco do Timão. Apesar de não terem entrado em campo na competição continental, os jogadores do Corinthians participaram normalmente de toda a preparação com o técnico Tite e sua comissão técnica. Por isso, estão em boa forma física e devem voltar à condição de titulares do Timão já no próximo domingo, quando a equipe encara o CSA, em Itaquera. Depois da conquista no Maracanã, Cássio e Fagner ganharam dois dias de folga para comemorarem o primeiro título de ambos com a Seleção Brasileira. Passado o período de descanso, a dupla volta aos treinos no CT Joaquim Grava e deve readquirir a condição de titular na equipe de Fábio Carille. Aliás, o retorno dos representantes do Corinthians na Copa América é muito aguardado pela comissão técnica. Vale lembrar que desde a saída de Cássio (5 de junho) e Fagner (4 de junho), o Timão apresentou uma queda brusca de rendimento. De lá para cá, o Corinthians perdeu para Santos, Botafogo-SP e Londrina, empatou com o Cruzeiro e venceu apenas o Vila Nova. O Corinthians volta a campo no próximo domingo, às 16h, quando enfrenta o CSA pela 10ª rodada do Brasileirão. A partida será disputada na Arena do Timão, em Itaquera, e um triunfo diante do time alagoano é considerado vital para as pretensões do clube de Parque São Jorge.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/lance/futebol/campeoes-cassio-e-fagner-voltam-ao-corinthians-nesta-quarta-10072019

Bancada da bala faz acordo para regras de policiais e Maia critica
Data: 10/07/2019

Acordo entre lideranças e governo prevê para transição a idade mínima de 53 anos para homens e 52 para mulheres e 100% do chamado pedágio

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), criticou nesta tarde de quarta-feira (10), acordo para se retirar a idade mínima para a aposentadoria das carreiras policiais, entre elas, Federal, Rodoviária Federal e policiais legislativos. O acordo foi costurado pelos deputados da chamada "bancada da bala". Para Maia, a medida seria um benefício para a categoria no momento em que outras carreiras dão sua cota de sacrifício. "A retirada da idade mínima é péssima. A construção de uma regra de transição igual a do regime próprio é uma sinalização que não é a melhor, mas ela é mais correta e mais justa porque faz uma transição igual a outros sistemas e não fica parecendo que está se protegendo uma categoria, que seja a polícia ou qualquer outra sem a idade mínima, já que o brasileiro trabalhador vai ter a idade mínima, o regime próprio vai ter idade mínima, é claro que a Polícia Federal também precisa de idade mínima", disse. De acordo com Maia, todos têm que participar porque, de outra forma, o sistema entrará em colapso fiscal e todos serão prejudicados. Um destaque do Podemos à proposta da reforma da Previdência retira a idade mínima de 55 anos para a aposentadoria dos policiais. Esta seria uma solução intermediária. O governo e lideranças de partidos, no entanto, relataram que um acordo está próximo e o destaque pode acabar sendo retirado. Para a transição, está acertada a idade mínima de 53 anos para homens e 52 para mulheres e 100% do chamado pedágio, que se refere ao tempo que o policial terá que trabalhar a mais do tempo que falta para se aposentar para obter as chamadas integralidade (se aposentar com o último salário da ativa) e paridade (que é ter os mesmos reajustes dos servidores da ativa). Copyright © Estadão. Todos os direitos reservados.

Link Notícia: https://noticias.r7.com/brasil/bancada-da-bala-faz-acordo-para-regras-de-policiais-e-maia-critica-10072019

Aliados de Doria pressionam por expulsão de Aécio Neves
Data: 10/07/2019

Pressão aumentou após o deputado federal virar réu acusado de receber propina do grupo J&F; diretório paulistano já aprovou expulsão

A cúpula do PSDB ligada ao governador de São Paulo, João Doria, ameaça expulsar o deputado federal Aécio Neves (MG) se ele não pedir afastamento do partido. A pressão pelo desligamento de Aécio se intensificou depois que ele virou réu na Justiça Federal de São Paulo, na semana passada, acusado de receber propina de R$ 2 milhões do grupo J&F e de tentar obstruir investigação da Lava Jato. A maior cobrança está sendo feita pelo PSDB de São Paulo, já que o partido prevê, no curto prazo, o desgaste provocado pelo caso Aécio na campanha à reeleição do prefeito Bruno Covas. Aliados de Aécio afirmam que não há hipótese de o parlamentar mineiro se afastar ou pedir a desfiliação da legenda neste momento. Há, porém, um grupo próximo ao deputado que tenta convencê-lo a se licenciar. O movimento que pede o afastamento de Aécio parte de dirigentes do PSDB próximos a Doria e ao presidente da legenda, Bruno Araújo (PE). Apontado com um dos possíveis candidatos à sucessão do presidente Jair Bolsonaro, em 2022, Doria disse ao Estado que o melhor seria uma saída espontânea de Aécio dos quadros do partido. Na quinta-feira passada, o diretório paulistano do partido, presidido por Fernando Alfredo, um dos aliados de Doria, aprovou um pedido de expulsão de Aécio. A mesma pauta deverá ser levada hoje ao diretório de São Bernardo por Carla Morando, líder tucana na Assembleia Legislativa, e, depois, ao diretório estadual paulista. De acordo com Alfredo, o pedido de expulsão de Aécio não estava na pauta da reunião do diretório municipal de São Paulo - entrou como questão de ordem a pedido de um dos presentes. "Coloquei em votação e foi aprovado por unanimidade", afirmou. Estavam presentes 68 dos 71 membros do diretório. Ele integra um colegiado de 20 presidentes de diretórios tucanos em capitais e é responsável por levar a demanda do grupo à executiva nacional do PSDB. "Há várias manifestações de outros presidentes querendo a expulsão do Aécio. Os únicos que se posicionaram contra foram os presidentes de Belo Horizonte e do Paraná", disse. "Na minha opinião, vai crescer esse movimento pedindo a saída dele (Aécio) do partido. A capital deu um primeiro passo", disse ao Estado o prefeito de São Bernardo, Orlando Morando, membro da executiva nacional e marido de Carla. "O que a gente percebe claramente da militância é que a presença dele gera um desconforto (no partido)", afirmou. A pressão envolvendo o deputado não é a única. Também são alvo de investida pela expulsão o ex-governador Alberto Goldman e o ex-secretário estadual Saulo de Castro. Os dois foram expulsos pelo diretório paulista por infidelidade partidária enquanto Doria disputava o governo de São Paulo, mas o diretório nacional tucano ficou de dar um desfecho final ao caso. Os dois, na época disseram ser fiéis aos valores do partido. Código de ética PublicidadeFechar anúncio Oficialmente, a cúpula do PSDB avalia que a manutenção de Aécio na sigla levaria ao questionamento do novo código de ética do PSDB, lançado em maio. Na prática, no entanto, há receio de que o caso envolvendo Aécio leve à derrocada dos tucanos nas eleições de 2020. O código prevê a expulsão de políticos condenados criminalmente ou que tiverem cometido infidelidade partidária. Não há, porém, punições para aqueles que estão sendo investigados, como é o caso de Aécio. A executiva nacional informou, por meio de nota enviada ao Estado, que o código de ética do partido vai guiar a decisão do Conselho de Ética, sugerindo que o presidente nacional, Bruno Araújo, irá pautar o pedido de expulsão de Aécio. Procurado, o diretório mineiro do PSDB se posicionou, por meio de nota, contra a remoção de Aécio do partido. "Temos plena confiança de que, assim como outros membros do partido, o deputado Aécio provará na Justiça a correção dos seus atos." Procurado pela reportagem, o deputado não quis se manifestar sobre o assunto. Saída espontânea Em Cambridge, na Inglaterra, onde está para encontro com investidores, o governador João Doria afirmou ao Estadão/Broadcast que "o melhor para o partido seria uma saída espontânea" do deputado Aécio Neves, o que evitaria a necessidade de expulsão. Segundo ele, seria uma "marca muito dura" para a trajetória de qualquer político. Doria disse ainda que o partido "não vai virar as costas" para a sua história, mas precisa olhar para o futuro. "Estamos na fase do novo PSDB, sob a direção do ex-deputado Bruno Araújo. O novo PSDB não apaga e nem desconsidera o valor de sua história. O PSDB não vai mais viver da história, vai fazer história", afirmou. "Para fazer história, é preciso liderar a história. E liderar é tomar posições, e não adiar decisões, que foi um pouco o que o PSDB fez nos últimos anos." Sobre possíveis efeitos para o partido nas eleições do próximo ano, o governador afirmou que existe um "mal-estar". "Manter a filiação diante de fatos aparentemente graves provoca em vários setores do PSDB um mal-estar. E diante da perspectiva das eleições, esse mal-estar vai crescer." O afastamento, para ele, seria a forma mais "clara, transparente equilibrada e serena" de conduzir o processo. "Esta é uma solução política e eticamente adequada, mas é uma decisão que compete a ambos. Mas se não adotarem, o PSDB vai adotar." As informações são do jornal O Estado de S. Paulo. Copyright © Estadão. Todos os direitos reservados.

Link Notícia: https://noticias.r7.com/brasil/aliados-de-doria-pressionam-por-expulsao-de-aecio-neves-10072019

Previdência de Estados e municípios pode virar PEC paralela no Senado
Data: 10/07/2019

Rodrigo Maia diz que discussão deve ser retomada na Casa e, caso aprovada, voltará à Câmara dos Deputados para análise

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou nesta quarta-feira (10) que a discussão de inclusão de Estados e municípios na reforma da Previdência deve ser retomada no Senado e, se for aprovada, pode voltar à Câmara com uma PEC (Proposta de Emenda à Constituição) paralela, restrita a essa tema. Maia descartou a tentativa de ainda tentar a inclusão das demais esferas de governo na PEC que será votada nesta quarta pela Câmara por falta de acordo. PUBLICIDADE "A gente precisa resolver Estados e municípios também. Mas incluir agora e ter uma derrota eu acho que vai azedar a relação do Parlamento com os governadores, o que não será uma solução justa, porque a maioria dos governadores tentou colaborar em um entendimento entre a Câmara e os governadores", disse. O partido Novo pretendia apresentar uma emenda reincluindo Estados e municípios no texto. O presidente da Câmara disse que conversou com os deputados do partido, com o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite --um dos que vieram a Brasília esta semana para tentar uma solução de última hora-- e com o presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP)), para justificar sua decisão. "Vamos ver se o Senado consegue, por ser menor, ajustar isso. E a partir daí volta como PEC paralela e a gente faz um debate em um ambiente um pouco menos tensionado em relação a alguns deputados e alguns governadores", defendeu Maia. A obrigação da reforma para os servidores públicos de Estados e municípios estava prevista no texto enviado pelo governo, mas foi retirada na comissão especial por falta de acordo. A avaliação dos parlamentares é que a insistência no tema poderia impedir a aprovação do texto principal. A Câmara encerrou na madrugada de quarta a fase de debate da reforma no plenário e Maia abriu no início da tarde a sessão que irá votar o texto principal. Em um acordo com a oposição para poder encerrar os debates na noite anterior, o presidente da Casa acertou que a sessão iniciaria com a fala de seis parlamentares, três contrários e três em defesa do texto. Maia prevê que a sessão deva ir até a madrugada de quinta para encerrar o primeiro turno de votação. "Agora da hora do almoço até a madrugada para conseguir terminar o primeiro turno", disse, ressaltando que devem ser analisados ainda, além do texto-base, cerca de 12 destaques e pelo menos uma emenda aglutinativa, que envolve questões levantadas pela bancada feminina, como a progressividade no valor das aposentadorias e os valores em caso de pensão por morte. A previsão de Maia é que o segundo turno seja encerrado até sexta-feira (12). Copyright © Thomson Reuters.

Link Notícia: https://noticias.r7.com/brasil/previdencia-de-estados-e-municipios-pode-virar-pec-paralela-no-senado-10072019

Marinho: expectativa é votar texto-base da Previdência às 18h
Data: 10/07/2019

Deputados estão reunidos no plenário da Câmara para votar tema. Para seguir ao Senado, reforma precisa ser aprovada em dois turnos na Casa

Negociador da equipe econômica para a reforma da Previdência, o secretário de Previdência Social, Rogério Marinho, acompanha o debate final para a votação da proposta dentro do plenário da Câmara nesta quarta-feira (10). Nessa fase final de negociações, Marinho, ex-deputado pelo PSDB, faz as últimas conversas para barrar destaques que possam desidratar a proposta. Ele previu nesta manhã de quarta-feira que a votação do texto-base só deve acontecer por volta das 18 horas. Em seguida, começa a votação dos destaques que deve se prolongar ao longo da madrugada. A expectativa do secretário é que a votação em segundo turno comece na quinta-feira. Copyright © Estadão. Todos os direitos reservados.

Link Notícia: https://noticias.r7.com/brasil/marinho-expectativa-e-votar-texto-base-da-previdencia-as-18h-10072019

Novo presidente do BNDES promete explicar 'caixa preta' em até 2 meses
Data: 10/07/2019

Gustavo Montezano declarou que vai trabalhar no banco para a devolução de até R$ 126 bilhões ao Tesouro

O novo presidente do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social), Gustavo Montezano, pretende acelerar a venda de participações do banco em empresas, devolver recursos ao Tesouro Nacional, além explicar a chamada caixa preta, segundo apresentação interna feita pelo executivo. Na apresentação, Montezano declarou que vai trabalhar no banco para a devolução de até R$ 126 bilhões ao Tesouro. Existe uma 'caixa-preta' do BNDES, como diz Bolsonaro? "Ele falou em devolver R$ 126 bilhões. Tem que fazer para chegar a isso. Mas como o desembolso está baixo, acho que é possível", disse uma fonte em condição de sigilo. Montezano deve tomar posse nos próximos dias, substituindo Joaquim Levy, que deixou o cargo após ter sido criticado em público pelo presidente Jair Bolsonaro. Outra meta de Montezano mostrada no documento é acelerar a venda de participações detidas pelo do BNDES por meio de seu braço BNDESPar em empresas como Petrobras e Vale. PublicidadeFechar anúncio "O presidente disse que a ideia é transformar o BNDES numa agência especializada ou banco de serviços do governo, em complemento ao mercado, e que a lucratividade não será mais uma meta", afirmou uma segunda fonte familiarizada com o assunto. Bolsonaro quer que BNDES devolva recursos e abra "caixa-preta" Montezano também definiu como objetivo em até oito semanas "explicar a caixa preta", expressão usada pelo governo Bolsonaro para financiamentos dados pelo banco a empresas brasileiras que prestaram serviços, em sua maioria de engenharia, a países do exterior. Segundo Bolsonaro, os financiamentos tiveram viés ideológico e causaram prejuízos ao país. Consultado sobre a apresentação feita por Montezano, o BNDES não se manifestou de imediato. Copyright © Thomson Reuters.

Link Notícia: https://noticias.r7.com/brasil/novo-presidente-do-bndes-promete-explicar-caixa-preta-em-ate-2-meses-08072019

Falência da Avianca Brasil vira desafio para o setor aéreo
Data: 10/07/2019

Com apenas três grandes companhias aéreas nacionais, falta de concorrência tem provocado efeitos sobre os preços das passagens

Com a Avianca Brasil em processo de falência desde dezembro, o setor de aviação do país passou a contar com apenas três grandes companhias aéreas nacionais, uma falta de concorrência que tem provocado efeitos sobre os preços das passagens. Antes chamada de OceanAir, a Avianca Brasil é uma empresa independente da matriz colombiana que entrou em regime de recuperação judicial e acumula dívidas de mais de R$ 1 bilhão. O processo gerou uma série de ações contra a companhia e a levou a realizar um leilão de ativos, previsto para ocorrer na próxima quarta-feira (10). Uma empresa aérea quebra a cada dois anos no Brasil "Com a saída de uma concorrente, neste caso a Avianca, os preços das passagens sobem e as três principais companhias aéreas restantes podem impor as regras que quiserem", disse o professor do Centro de Estudos Econômicos da FGV (Fundação Getúlio Vargas) Ulysses dos Reis. Dados da Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) mostram que, nos cinco primeiros meses de 2019, Gol, Latam e Azul foram responsáveis por mais de 90% dos embarques em voos domésticos no país, enquanto a Avianca respondeu por 8% do total. As demais companhias aéreas de menor porte, somadas, ficam com os 2% restantes. Além disso, o preço médio das passagens subiu 14% desde que a Avianca foi obrigada a cancelar milhares de voos em abril, de acordo com uma pesquisa realizada por um portal de venda na internet. Reis ressaltou que o aumento dos preços é só a ponta do iceberg. Para ele, a falta de concorrência prejudica o livre mercado e tem um efeito cascata sobre toda a economia do país, desde a locomoção de trabalhadores qualificados e produtos a áreas remotas até a falta de investimento em infraestrutura. A saída da Avianca Brasil do setor ocorre, além disso, em um momento no qual a ponte área Rio-São Paulo, a quarta mais movimentada do mundo, completa 60 anos e vive uma concentração inédita no mercado: só Gol e Latam podem atualmente operar na rota. "O Brasil é um país de dimensões continentais, que tem a urgência de se integrar. O conhecimento flui dos polos para periferia, e a falta de oferta na mobilidade faz com que esse desenvolvimento seja estrangulado", afirmou Reis. Apesar da recente permissão das autoridades brasileiras para a entrada de companhias aéreas estrangeiras no mercado local, como a Air Europa, Reis acredita que pouca coisa irá mudar se não houver mais investimentos e a quebra dos monopólios existentes. Alta no preço das passagens aéreas faz procura por ônibus crescer 15% O superintendente de Acompanhamento de Serviços Aéreos da Anac, Ricardo Bisinotto Catanant, explicou que a saída abrupta da Avianca Brasil provocou um repentina diminuição da oferta e, consequentemente, teve impacto nos preços das passagens. No entanto, Catanant avaliou que as políticas que o governo de Jair Bolsonaro tenta implementar poderão fomentar a chegada de novas empresas no Brasil e, desta forma, ampliar a concorrência e regular o mercado. "A AirEuropa foi a primeira que solicitou entrada no país e há outros grupos interessados. Isso permite uma maior concorrência", disse o superintendente. Mas a alta nos preços das passagens fez com que muitos brasileiros migrassem para outros tipos de transporte, como o rodoviário. Segundo a conselheira da Abrati (Associação Brasileira das Empresas de Transporte Terrestre de Passageiros), Leticia Sampaio Kitagawa, o número de passageiros que trocou o avião pelo ônibus cresceu 12% entre janeiro e junho deste ano. Em algumas rotas específicas, esse crescimento chega até 16%. No entanto, o setor de aviação continua dominando o mercado. Em 2018, 93,6 milhões de passageiros ocuparam os assentos das aeronaves em viagens domésticas contra 50 milhões que optaram pelo ônibus no mesmo período.

Link Notícia: https://noticias.r7.com/brasil/falencia-da-avianca-brasil-vira-desafio-para-o-setor-aereo-08072019


Data: 10/07/2019

Reforma precisa ser apoiada por ao menos 308 parlamentares, em dois turnos, para seguir ao Senado Federal

Líderes da oposição se reuniram nesta segunda-feira (8) para definir as estratégias que serão usadas na votação da reforma da Previdência no plenário da Câmara. De acordo com o grupo formado por parlamentares de PT, Psol, PCdoB, PDT e PV, o governo tem apenas cerca de 260 votos favoráveis à matéria porque muitos deputados de partidos de centro estariam mudando de posição. O número inviabiliza a aprovação da reforma. Leia mais: Maia diz que Previdência será vitória do Parlamento "No plenário, a situação é diferente da comissão. E, na nossa avaliação, o Rodrigo Maia presidente da Câmara, apesar de estar contando vantagem, na nossa avaliação eles não têm mais do que 260 votos a favor da reforma", afirmou a líder da Minoria, Jandira Feghali (PCdoB-RJ). Por se tratar de uma proposta de emenda à Constituição, são necessários 308 votos favoráveis — o equivalente a três quintos da Casa — para aprovar a reforma em dois turnos no plenário da Câmara. O presidente da Casa, Rodrigo Maia (DEM-RJ), garante que hoje existem 330 votos a favor da matéria. Ministros reassumem mandato de deputado para votar a reforma Segundo Jandira, há dissidentes em todos os partidos de centro. Esse grupo já teria indicado à oposição que irá votar contrariamente ao texto que será analisado pelo plenário a partir desta terça-feira. A expectativa do governo e da cúpula da Câmara é conseguir concluir a votação até o fim desta semana, mas integrantes da oposição apostam que ela ficará para agosto. "Estamos trabalhando por dentro dos partidos e das bancadas para garantir a não aprovação e ao mesmo tempo o alargamento desse cronograma. Estamos trabalhando a não aprovação e, ao mesmo tempo, o conteúdo da reforma", disse Jandira. PublicidadeFechar anúncio De acordo com o deputado José Guimarães (PT-CE), a oposição dá como certo o voto contrário à reforma de 150 deputados. "Nós largamos com 150 votos e precisamos de 206. Vai chegar uma hora que o que vai valer mesmo é a matemática dos dois lados. Estamos a passos largos para conseguir mais 50. Temos uma margem razoável para trabalhar, para chamar os dissidentes", disse. Reforma será aprovada na Câmara até sexta, diz líder do governo Para ele, a estimativa dos governistas de que há 330 votos a favor é para "criar pressão psicológica". "Eu conheço os votos do meu Estado. Se insistirem para votar nessa semana, será um tiro no pé", completou. Guimarães disse ainda que a oposição manterá os nove destaques que foram apresentados na comissão especial durante a votação no plenário. Outros destaques, no entanto, podem ser acrescentados a este grupo. Segundo Jandira, se o PSD desistir de apresentar um pedido para abrandar as regras para policiais e agentes de segurança pública, a oposição poderá adotar o destaque e apresentá-lo. O deputado Henrique Fontana (PT-RS) afirmou que a oposição não abrirá mão de votar o destaque que foi aprovado pela comissão especial que devolveu ao setor rural um benefício tributário que retira R$ 83,9 bilhões da economia esperada de R$ 1,071 trilhão. "O andar de baixo está pagando uma conta pesadíssima para pagar benefícios para o andar de cima. Esse destaque é uma questão de honra", disse. O deputado professor Israel Pinheiro (PV-DF) disse também que deputados ligados à área de educação estão tentando construir um acordo para apresentar um destaque que beneficie os professores. Copyright © Estadão. Todos os direitos reservados.

Link Notícia: https://noticias.r7.com/brasil/existem-no-maximo-260-votos-a-favor-da-previdencia-diz-oposicao-08072019

Homem é preso ao invadir banheiro feminino e furtar carteira no TJ-RJ
Data: 10/07/2019

Segundo a polícia, suspeito já tem dez passagens por furto e uso de documento falso. Ele foi autuado por furto e importunação ofensiva ao pudor

Um homem foi preso em flagrante ao invadir o banheiro feminino no TJ-RJ (Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro) na tarde da última terça-feira (9). Ele teria entrado no local para observar e roubar mulheres. Testemunhas afirmaram que o suspeito entrou no banheiro do terceiro andar do prédio, subiu em um vaso sanitário e começou a vigiar uma mulher no box ao lado. Ela percebeu e gritou. Ele tentou fugir, mas os seguranças o prenderam no segundo andar. De acordo com a Record TV Rio, a advogada Tatiana Fernandes, vítima do suspeito, contou que ficou desesperada com a situação. "Quando olhei para cima tinha um homem enorme debruçado na divisória da cabine. Dei um berro, fiquei desesperada, em pânico. Pensei que ia ser estuprada, veio tudo na minha cabeça." Segundo a polícia, a carteira da vítima foi encontrada com o homem. O suspeito já tem dez passagens por furto e uso de documento falso. O homem foi encaminhado para a 5ª DP (Centro) e autuado por furto e importunação ofensiva ao pudor.

Link Notícia: https://noticias.r7.com/rio-de-janeiro/homem-e-preso-ao-invadir-banheiro-feminino-e-furtar-carteira-no-tj-rj-10072019

Sob gestão Doria e Covas, queixas de buracos superam 200 mil em SP
Data: 10/07/2019

Somente no primeiro semestre deste ano, foram 78.979 queixas, o que implica em uma média de 433 por dia, de acordo com o canal 156 do órgão

A Prefeitura de São Paulo registrou, sob a gestão tucana João Doria e Bruno Covas, 204.559 mil reclamações de buracos nas vias da capital paulista. Somente no primeiro semestre deste ano, foram 78.979 queixas, o que implica em uma média de 433 por dia. CLIQUE AQUI E ENVIE IMAGENS E VÍDEOS DE BURACOS DA SUA RUA Iniciada por João Doria em 2017 e assumida por Bruno Covas em 2018, a Prefeitura de São Paulo registrou, ao todo, 204.559 queixas. No primeiro semestre de 2017, o canal 156 recebeu 80.061 reclamações de buracos. No mesmo período de 2018 e 2019, foram listados 46.519 e 78.979, respectivamente. Leia mais: Em um ano, queixas sobre buracos crescem 32% na cidade de São Paulo A reportagem do R7 percorreu diversos bairros da capital paulista nesta segunda-feira (8) e registrou vários buracos nas ruas e avenidas. Relatos apontam que pessoas, inclusive com mobilidade reduzida, já se machucaram por causa das fissuras. Um dos buracos que a equipe de fotojornalismo registrou está localizado na rua Dona Ana Neri, próximo à avenida do Estado, uma das principais vias da cidade. A fissura atinge não só a rua, mas também a calçada, o que não permite o acesso a pessoas com mobilidade reduzida. A comerciante Valda Carvalho trabalha no local vendendo lanches e conta inúmeras situações envolvendo o buraco. “Uma vez uma mulher, que anda com cadeira de rodas, quase caiu. Outra vez um homem, já com certa idade, se desequilibrou e caiu”, disse. Veja também: Com 300 novos buracos por dia, São Paulo quer acelerar reparos Arte R7 Outro buraco visto pela reportagem está localizado na Presidente Wilson, avenida que dá acesso a diversos galpões e fábricas na região do Ipiranga. Com várias perfurações, a via se torna um perigo para aqueles que trafegam ali. Ao lado, o rio Tamanduateí: sacos plásticos, canos, roupas e até pneus percorrem juntamente com o fluxo da água — isso sem mencionar o cheiro que dali é exalado. Buraco também na rua Chico Pontes com rua José Gonçalves Gomide, na Vila Guilherme, zona norte da capital paulista. O 156 da prefeitura foi acionado uma vez pelo conselheiro fiscal do bairro Valter dos Reis. “Até agora, nada de arrumar. E esse buraco já tem uns três meses pelo menos. Uma vez um motoqueiro foi fazer a curva, não viu o buraco e derrapou, caindo no chão”, conta. Os motoristas reclamam que os buracos podem provocar a quebra de suspensão do carro, desgaste de pneus e até mesmo acidentes.

Link Notícia: https://noticias.r7.com/sao-paulo/sob-gestao-doria-e-covas-queixas-de-buracos-superam-200-mil-em-sp-10072019

Em 2018, Japão teve maior perda de população dos últimos 50 anos
Data: 10/07/2019

Queda demográfica é a décima anual consecutiva no arquipélago e deixou população total em 124,8 milhões de habitantes

O Japão registrou em 2018 o seu maior descenso demográfico desde 1968, com uma perda de 433.239 habitantes, devido sobretudo à contínua queda do número de nascimentos, segundo os dados publicados nesta quarta-feira (10) pelo governo japonês. Esta queda demográfica é a décima anual consecutiva no arquipélago e deixou sua população total em 124,8 milhões de habitantes no ano passado, segundo indica o relatório demográfico anual do Ministério do Interior japonês. Em 2018, foram registrados 921.000 nascimentos no Japão, um nível mínimo histórico, enquanto o número de mortes superou 1,36 milhão. Trata-se do 12º ano seguido em que se observa um número maior de mortes que de nascimentos no país asiático. Além disso, o relatório reflete um aumento do número de residentes estrangeiros de aproximadamente 170.000 pessoas, até alcançar 2,66 milhões em 2018, o que significa que pela primeira vez os residentes estrangeiros superaram 2% da população total. O Japão experimenta um acelerado processo de envelhecimento demográfico que apresenta vários desafios sociais e econômicos. Diante da urgente carência de mão de obra que afeta muitos setores da economia japonesa, o governo começou a aplicar em abril deste ano uma controversa legislação destinada a agilizar a chegada de imigrantes pouco qualificados.

Link Notícia: https://noticias.r7.com/internacional/em-2018-japao-teve-maior-perda-de-populacao-dos-ultimos-50-anos-10072019

Comunicado
Data: 09/07/2019

Comunicado

Link Notícia:

Ex-coreógrafa de Justin Bieber o acusa de degradar mulheres
Data: 03/07/2019

Emma Portner, que é casada com a atriz Ellen Page, revelou condições desumanas de trabalho e comentou ter se arrependido de trabalhar com ele

Emma Portner, que atuou como coreógrafa de Justin Bieber durante a Purpose Tour, em 2016, acusou o cantor de degradar mulheres e oferecer condições desumanas de trabalho. Na noite de segunda-feira (1), no Instagram, Emma, que é casada com Ellen Page, fez uma série de vídeos criticando o cantor e disse estar arrpendida de ter trabalhado com o astro. "Eu dei ao seu universo meu corpo ingênuo, criatividade, tempo e esforço. Duas vezes. Um conteúdo que fez você ganhar milhões. Enquanto eu ganhava zero. Eu não podia me dar ao luxo de comer. Eu estava varrendo o estúdio para poder praticar meu próprio ofício", escreveu ela. "A maneira como você degrada as mulheres é uma abominação", desabafou em seguida. O post de Emma Portner surgiu após o cantor se envolver em uma polêmica ao defender publicamente o seu empresário, Scooter Braun, que comprou os direitos autorais de Taylor Swift.

Link Notícia: https://diversao.r7.com/pop/musica/ex-coreografa-de-justin-bieber-o-acusa-de-degradar-mulheres-03072019

Cliff Richard exige anonimato em acusações de crimes sexuais
Data: 03/07/2019

Cantor é um dos nomes mais conhecidos do entretenimento do Reino Unido e foi investigado pela polícia devido a alegações de crimes sexuais contra crianças

O cantor britânico Cliff Richard engrossou nesta segunda-feira (1º) um coro de figuras destacadas na mídia ao exigir que as pessoas acusadas de crimes sexuais seja mantidas no anonimato até serem formalmente denunciadas. Richard, de 78 anos, é um dos nomes mais conhecidos do entretenimento do Reino Unido e foi investigado pela polícia devido a alegações de crimes sexuais contra crianças ao longo dos anos, mas inocentado em 2016. Ele venceu um processo contra a BBC depois que a emissora transmitiu uma operação policial em sua casa. Pelas regras atuais, supostas vítimas de crimes sexuais têm direito ao anonimato, mas os suspeitos podem ser identificados. A polícia e procuradores argumentaram no passado que identificar acusados de crimes sexuais pode incentivar outras vítimas a se pronunciarem. Acompanhado pelo radialista Paul Gambaccini e outros apoiadores diante do Parlamento, o cantor veterano, conhecido por sucessos como "Living Doll" e "Summer Holiday", disse ter esperança de que a lei mudará porque as pessoas pensam que "onde há fumaça, há fogo" uma vez que alguém tenha sido acusado de tal crime. "Eu me senti em um buraco do qual não conseguia sair", disse ele aos repórteres. "Eu me senti abandonado... minha reputação estava em frangalhos. Se um dia superarei isso? Já o deixei para trás". Um grupo de campanha, que inclui o apresentador e comediante Stephen Fry e o executivo de televisão Michael Grade, iniciou uma petição que será debatida no Parlamento se conseguir mais de 100 mil assinaturas -- ela tinha acumulado mais de 6 mil pouco depois do meio-dia. Gambaccini, que também foi vítima de alegações infundadas de crimes sexuais ao longo dos anos, disse que se tornou alvo de suspeitas e não conseguiu trabalhar até ser absolvido. Ele disse à BBC que a lei incentiva "todos, de mentirosos a lunáticos", a fazer acusações falsas. Copyright © Thomson Reuters.

Link Notícia: https://diversao.r7.com/pop/musica/cliff-richard-exige-anonimato-em-acusacoes-de-crimes-sexuais-02072019

Acordo de Mileide com Safadão é em prol do filho: 'Para dar exemplo'
Data: 03/07/2019

Após brigas envolvendo a empresária e o cantor de forró, influencer deseja colocar um ponto final nas polêmicas envolvendo seu nome

Movendo ação na Justiça contra Wesley Safadão e família, Mileide Mihaile falou sobre as polêmicas envolvendo o seu nome, nesta terça-feira (2). Em nota ao Purepeople, a digital influencer disse que deseja encerrar o assunto. — Mileide se sente no dever de ir a público desfazer informações inverídicas atribuídas a ela de forma irresponsável, para desconstruir uma imagem que foi criada tendo como base uma série de mentiras. Mesmo desviando as atenções de situações que já foram resolvidas, novas histórias continuam surgindo e com elas a necessidade de retornar um debate que desgasta e suga as energias. Neste momento, o que a empresária mais quer é proteger, principalmente, o filho e seguir em paz construindo a própria história, focando nos novos projetos pessoais e profissionais. Humorista famoso surpreende fãs ao revelar internação em clínica Mileide destacou também que o acordo com o cantor é em prol do filho, Yhudy, de 8 anos. — O meu mundo é o meu filho e eu vou fazer tudo que estiver ao meu alcance para protegê-lo e dar exemplo para que ele seja um ser humano íntegro e com princípios. Minha vida é regida pela verdade e eu tenho certeza que é isto que prevalecerá diante de toda essa situação. Por enquanto, mantenho-me serena e leal aos meus princípios na certeza de que sempre estarei em paz enquanto tiver consciência tranquila dos meus atos. Na última segunda-feira, Safadão não compareceu a uma audiência no Fórum de Fortaleza. A ação é um processo criminal por difamação e calúnia que foi movido por Mileide contra o artista, a atual mulher, Thyane Dantas, e a mãe, dona Bil. "Não houve notificação oficial de nenhuma das partes, então, sem conhecimento oficial, não terão como comparecer e aguardarão novos andamentos do processo e a entrega efetiva da notificação. Logo, não haverá audiência hoje", explicou o advogado do forrozeiro. No mesmo dia, Mileide pediu a compreensão dos fãs em não se pronunciar abertamente sobre o caso. "A empresária afirma que está à disposição para quaisquer esclarecimentos diante dessa situação embaraçosa e que não traz nenhum benefício a ambas as partes", falou a assessoria de imprensa da influencer.

Link Notícia: https://diversao.r7.com/purepeople/acordo-de-mileide-com-safadao-e-em-prol-do-filho-para-dar-exemplo-02072019-1

'Muitas pessoas duvidaram bastante da gente', diz Daniel Alves
Data: 03/07/2019

Lateral-direito e capitão do Brasil desabafou após vitória contra a Argentina, por 2 a 0, na semifinal da Copa América

Um dos melhores jogadores em campo na vitória do Brasil sobre a Argentina, o lateral-direito Daniel Alves adotou tom de desabafo ao comentar a classificação da seleção à final da Copa América, na noite desta terça-feira, no Mineirão, em Belo Horizonte. "Muitas pessoas duvidaram bastante da gente. Mas a gente confia muito na nossa proposta, no nosso trabalho. Somos muito aplicados. Tudo isso é colher os frutos do que a gente planta. Falta um passo. Tudo traçado desde o princípio está se cumprindo. O nível está muito alto do futebol. A gente confia no nosso trabalho. Esta vitória é para o nosso staff, que vem apanhando muito", declarou o jogador. Capitão da seleção brasileira pela primeira vez, Daniel Alves terá a oportunidade no domingo de levantar o troféu do título, caso a seleção vença a final - o futuro adversário vai sair do duelo entre Peru e Chile, que se enfrentarão nesta quarta-feira, em Porto Alegre. "Pra mim, isso é o de menos. O que a gente quer é lutar até o final e coroar esse trabalho excepcional. Todo o conjunto vem se dedicando muito por um objetivo. Manter os pés no chão porque falta o segundo objetivo", comentou o experiente lateral. PublicidadeFechar anúncio Já o volante Arthur admitiu estar aliviado com a importante vitória da seleção. "É uma mistura de emoção felicidade. Todo o suor, todo o sofrimento e hoje valeu a pena. Faria dobrado de precisasse. A torcida estava jogando junto, era disso que a gente precisava", afirmou. "A ficha não caiu ainda. Eu tenho privilégio de vestir esta camisa. É como se todo jogo fosse o primeiro", disse o jogador do Barcelona. "Todo mundo está de parabéns. Estou muito feliz, e hoje é só alegria."

Link Notícia: https://esportes.r7.com/futebol/muitas-pessoas-duvidaram-bastante-da-gente-diz-daniel-alves-03072019

Messi elogia atuação da equipe argentina, mas critica arbitragem
Data: 03/07/2019

Craque argentino reclamou do árbitro equatoriano Roddy Zambrano: 'Tiveram algumas jogadas claras que não foram checadas pelo VAR'

Apesar de protagonizar mais uma decepção com a Argentina, Lionel Messi saiu de campo fazendo elogios à atuação da sua equipe. Para o principal jogador do time, a seleção argentina fez uma boa exibição, mesmo com a derrota por 2 a 0 para o Brasil, na noite da última terça-feira, na Copa América. "Estes jogadores fizeram um grande sacrifício nesta noite. Eles merecem todo o respeito. A seleção conta agora com um elenco para continuar crescendo", disse Messi, que se colocou à disposição do técnico Lionel Scaloni para seguir defendendo a equipe. "Se eu puder ajudar de alguma maneira, vou continuar fazendo. Me senti muito bem com este grupo." Na sua avaliação, os argentinos foram melhores que os brasileiros no Mineirão, apesar da vitória dos anfitriões. "Acho que fizemos uma grande partida. E eles não foram superiores a nós", afirmou o atacante, ao fazer coro com o técnico Scaloni, que dissera o mesmo momentos antes, na entrevista coletiva. Assim como o treinador, Messi também criticou a arbitragem do equatoriano Roddy Zambrano. Ele reclamou de dois pênaltis não marcados, ambos no segundo tempo, e criticou a falta da intervenção do árbitro de vídeo (VAR), nestes dois momentos importantes do confronto. "Tiveram algumas jogadas claras que não foram checadas pelo VAR", disse o jogador do Barcelona, ao lembrar de lances menos decisivos que passaram pelo crivo do vídeo em outros jogos da Copa América. PublicidadeFechar anúncio Com a eliminação desta terça, Messi amargou mais uma decepção com a camisa da Argentina, que ampliou seu jejum de títulos, que já dura 26 anos. Nem mesmo o eleito cinco vezes o melhor do mundo vem conseguindo acabar com esta sina. Com Messi, a Argentina perdeu as finais da Copa do Mundo de 2014, também no Brasil, e das Copas Américas de 2015 e 2016, ambas diante do Chile, nas penalidades. A única conquista que ele tem com a seleção é a medalha de ouro nos Jogos Olímpicos de Pequim-2008.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/futebol/messi-elogia-atuacao-da-equipe-argentina-mas-critica-arbitragem-03072019

A virada de Gabriel Jesus. De criticado a fundamental
Data: 03/07/2019

O atacante tem certeza que, como ganhou a Olimpíada em 2016, tem tudo para conquistar a Copa América, no domingo. E dar uma virada no City

Belo Horizonte, Brasil "A nossa caminhada nesta Copa América está sendo muito parecida com a da Olimpíada. "Nós fomos vaiados agora como fomos nos primeiros jogos de 2016. Mas sabíamos tanto na Seleção Olímpica como agora, na principal, que iríamos dar a volta por cima. "E trouxemos também a torcida para o nosso lado. "Estamos fazendo a mesma coisa. "Espero que o final seja também igual". A análise mais do que otimista é de Gabriel Jesus. O jogador foi campeão olímpico no Rio de Janeiro, em 2016, ganhou a inédita medalha de ouro. Agora quer a conquista da Copa América, na final marcada para domingo. Mas ele deseja muito mais. Se firmar como atacante titular da Seleção. E para isso, precisa marcar gols. Como o que fez hoje no Mineirão. "Estou feliz com o gol em uma competição oficial. Mas eu quero deixar bem claro que estou muito mais satisfeito com o desempenho do time. Não ganho ou perco jogo sozinho. "Gol é importante, mas o desempenho da equipe é conta." Ele estava sério após a partida. Sabia que havia até o cálculo dos minutos que passou em jejum. 724 minutos. "Eu quero é valorizar e muito a jogada do segundo gol. Eu tive espaço para o contragolpe e parti para cima dos zagueiros argentinos. Sei que tomei uns pontapés, mas procurei não cair. Isso é importante, porque sabia que a defesa deles estava desarrumada. "Fiquei em pé e vi o Firmino livre. E dei o toque para ele fazer. A equipe saiu muito forte depois dessa vitória. É isso que importa" Tite estava orgulhoso. Sabia que sua aposta em Gabriel Jesus havia dado certo. Apesar de toda a cobrança por não marcar gols em jogos oficiais. Justo na partida mais importante depois da Copa do Mundo, o atacante deu a resposta que Tite sonhava. E também calou muitos críticos na imprensa. Foi fundamental na vitória. Marcou o gol e deu a assistência excelente para Firmino. Gabriel Jesus teve uma temporada fraca na Europa. Reserva no Manchester City. Mas tem uma certeza. Tudo que está fazendo na Copa América refletirá com Pep Guardiola. E poderá voltar com moral elevada para se tornar titular absoluto do City, uma das grandes metas da carreira. Para isso, precisa ser campeão de novo. No mesmo cenário da Olimpíada. O Maracanã...

Link Notícia: https://esportes.r7.com/prisma/cosme-rimoli/a-virada-de-gabriel-jesus-de-criticado-a-fundamental-03072019

Enem em papel vai acabar em 2026, diz presidente do Inep
Data: 03/07/2019

Fase piloto do Enem Digital será aplicada em 2020. O candidato pode optar se quer realizar a prova via computador ou presencialmente

O Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) em papel vai acabar em 2026, informou o presidente do Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira), Alexandre Lopes, nesta quarta-feira (3). "Em 2026, não haverá mais o Enem em papel. A partir de 2026, todas as etapas do Enem serão digitais, inclusive a reaplicação. Em 2026, a gente vira a chave, deixa de ter Enem em papel e passa a ter Enem Digital para 100% dos alunos", afirmou. Os candidatos do Enem Digital deverão comparecer a um local de prova, determinado pela organização, onde haverá computadores para todos. Todos juntos responderão às perguntas diretamente no computador ao invés de escrever no papel. Portanto, não haverá, em nenhuma hipótese, provas em casa. Em 2019, a prova seguirá o modelo vigente, sem mudanças. Lopes disse que a fase piloto de aplicações de provas online começa em 2020. A pasta afirma que a implantação do Enem Digital será progressiva, com início no próximo ano e previsão de consolidação em 2026. No começo, o candidato poderá escolher na inscrição se quer participar do modelo piloto online ou a prova tradicional em papel. O presidente do Inep explicou que a prova digital oferece "possibilidades infinitas da forma como vamos poder interagir com o aluno". No primeiro ano de teste, o modelo digital será aplicado para 50 mil pessoas em 15 capitais do país. São elas: Belém (PA), Belo Horizonte (MG), Brasília (DF), Campo Grande (MS), Cuiabá (MT), Curitiba (PR), Florianópolis (SC), Goiânia (GO), João Pessoa (PB), Manaus (AM), Porto Alegre (RS), Recife (PE), Rio de Janeiro (RJ), Salvador (BA) e São Paulo (SP). PublicidadeFechar anúncio O Enem 2020 terá três datas de aplicação: a digital, a regular e a reaplicação, para os alunos que tenham problemas logísticos e de infraestrutura com a prova digital. A prova digital será realizada nos dias 11 e 18 de outubro de 2020 e a convencional, em 1 e 8 de novembro de 2020. A reaplicação acontecerá em dezembro, em papel. Em 2021, serão realizadas duas aplicações digitais, em datas distintas, agendadas previamente, também opcionais. A edição servirá como aprimoramento do piloto. Permanecem a aplicação regular e a reaplicação em papel. De 2022 a 2025, o Enem Digital seguirá sendo aprimorado. A previsão do Inep é realizar até quatro aplicações digitais, em datas distintas, com agendamento prévio e ainda opcional para os participantes. Lopes disse que o MEC (Ministério da Educação) não vai comprar computadores para a aplicação das provas, mas irá alugar ou atuar em parceria com instituições e locais que tenham a infraestrutura necessária para a aplicação da prova. O ministro da Educação, Abraham Weintraub, afirmou que a vantagem da prova digital é que o candidato tem acesso às respostas imediatamente quando sai da prova, já corrigida, com exceção da redação, que precisa de correção mais demorada.

Link Notícia: https://noticias.r7.com/educacao/enem-em-papel-vai-acabar-em-2026-diz-presidente-do-inep-03072019

Presidente da comissão disse que relator fará novos ajustes
Data: 03/07/2019

A reunião da comissão especial estava marcada para as 13h e o plenário já tem quórum suficiente para a abertura dos trabalhos

O presidente da comissão especial da reforma da Previdência na Câmara dos Deputados, Marcelo Ramos (PL-AM), afirmou na tarde desta quarta-feira (3) que a demora para a abertura da sessão do colegiado se deve ao tempo pedido pelo relator, Samuel Moreira (PSDB-SP), para apresentar uma nova complementação de voto. "Moreira pediu uma hora, quando ele chegar começamos a sessão", disse Ramos. A reunião da comissão especial estava marcada para as 13h e o plenário já tem quórum suficiente para a abertura dos trabalhos. Mais cedo, líderes partidários ainda pleiteavam que o relator retirasse qualquer menção a Estados e municípios da reforma. No voto complementar apresentado na terça-feira (2), Moreira havia retomado a possibilidade de os entes legislarem sobre a cobrança de contribuições extraordinárias dos servidores. A Comissão Especial da reforma da Previdência atingiu neste início desta tarde de quarta-feira (3) o quórum para a abertura da sessão. Com 49 deputados membros, são necessários 25 parlamentares para que a reunião comece. O painel do plenário da comissão especial registra agora 29 presenças, mas o presidente da comissão, Marcelo Ramos (PL-AM), ainda não iniciou os trabalhos. O relator da reforma da Previdência, Samuel Moreira (PSDB-SP), que pode realizar novas mudanças no texto, ainda não chegou à sala. Embora possam se votar ainda hoje requerimentos de adiamento apresentados pela oposição, ainda não há acordo para o texto da reforma ser votado nesta quarta-feira. A sessão do Congresso marcada para às 14h também pode dificultar o andamento dos trabalhos da comissão nesta tarde. Regimentalmente, quando ela começa, nenhum outra comissão da Câmara e do Senado pode realizar votações. Copyright © Estadão. Todos os direitos reservados.

Link Notícia: https://noticias.r7.com/brasil/presidente-da-comissao-disse-que-relator-fara-novos-ajustes-03072019

Senado torna mais rígidas regras para fraudes em fundos de pensão
Data: 03/07/2019

Texto aprovado garante que gestores e dirigentes podem ser responsabilizados penalmente por desvios praticados

A CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) do Senado aprovou nesta quarta-feira (3) substitutivo do senador Antonio Anastasia (PSDB-MG) ao projeto (PLS 312/2016), que torna irregularidades cometidas por entidades de previdência passíveis de punição pela Lei do Colarinho Branco. Entre as novidades do texto está o enquadramento criminal da facilitação à prática de gestão fraudulenta ou temerária. Quem se envolver nesses desvios está sujeito a pena de dois a seis anos de reclusão, além de multa. Como foi votado em caráter terminativo, senão houver recurso ao plenário da Casa, o texto seguirá para análise da Câmara dos Deputados. Pelo texto aprovado, gestores e dirigentes podem ser responsabilizados penalmente por desvios praticados na administração de planos de previdência privada, fundos de pensão públicos, dos RPPS (Regimes Próprios da Previdência Social) e da Susep (Superintendência de Seguros Privados).Caberá à Previc (Superintendência Nacional de Previdência Complementar), às unidades gestoras do RPPS e à Susep notificar o Ministério Público Federal caso identifiquem algum indício de crime na área. Hoje, apenas o BC (Banco Central) e a CVM (Comissão de Valores Mobiliários) têm essa obrigação legal. Anastasia, relator da proposta, também acolheu sugestão do senador Rodrigo Pacheco (DEM-MG) para aperfeiçoar as definições dos crimes de gestão fraudulenta e temerária na Lei dos Crimes Contra o Sistema Financeiro Nacional. “Hoje os termos utilizados são excessivamente abertos e genéricos, por isso, dependem da doutrina e da jurisprudência para a sua conformação”. Servidores públicos Outro ajuste no texto, feito pelo relator, estendeu a responsabilização penal inserida na chamada Lei do Colarinho Branco a atos de gestão fraudulenta e temerária cometidos no regime previdenciário aplicado aos servidores públicos efetivos( RPPS), mantido pela União, por estados, Distrito Federal e municípios em suas respectivas esferas. Segundo o texto, responderão por desvios em entidades de previdência complementar pública, como a Funpresp - Fundação de Previdência Complementar do Servidor Público Federa l- gestores, dirigentes e membros de seus conselhos e órgãos deliberativos; gestores e representantes legais dos entes federativos responsáveis pelo regime; e seus prestadores de serviço.

Link Notícia: https://noticias.r7.com/brasil/senado-torna-mais-rigidas-regras-para-fraudes-em-fundos-de-pensao-03072019

Grupo faz avanço importante para elevar competitividade, diz Guedes
Data: 03/07/2019

Ministro ressaltou o "extraordinário trabalho de cooperação" do Legislativo, que aprovou em maio decreto que permitiu a adesão ao Protocolo de Madri

Em meio às discussões para a votação da reforma da Previdência, o ministro da Economia, Paulo Guedes, disse que está na "fase de sobrevivência". "Vocês já estão no futuro, eu ainda estou tentando sobreviver", disse Guedes, que participou por pouco mais de cinco minutos da abertura de evento em que o governo anuncia medidas para estimular negócios, como a adesão ao Protocolo de Madri e o Plano de Combate ao Backlog de Patentes. "Estamos na correria com a Previdência, mas fiz questão de passar aqui pela importância do que está acontecendo para a competitividade da economia brasileira", afirmou. "Há um grupo no governo que está fazendo um avanço importante para aumentar competitividade de economia no futuro. As medidas vão aumentar competitividade e tirar dois anos de atraso", disse. "Vamos colocar o Brasil para crescer de novo a taxas mais elevadas do que temos visto." Depois de episódios de tensão com o Congresso, Guedes ressaltou o "extraordinário trabalho de cooperação" do Legislativo, que aprovou em maio decreto que permitiu a adesão brasileira ao Protocolo de Madri que, segundo o ministro, "estava no almoxarifado". No curto discurso, Guedes lembrou o fechamento de acordo entre o Mercosul e a União Europeia e disse que o bloco sul-americano era "uma jaula" e que o Brasil estava aprisionado em princípios "obsoletos". "Vamos abrir a economia. As economias do Mercosul agora estarão integradas", afirmou. O ministro ressaltou que boa parte da guerra comercial atual entre Estados Unidos e China envolve uma nova dimensão, que inclui questões como patentes e propriedade industrial. Copyright © Estadão. Todos os direitos reservados.

Link Notícia: https://noticias.r7.com/brasil/grupo-faz-avanco-importante-para-elevar-competitividade-diz-guedes-03072019

Bolsonaro diz a policiais: 'fiquem tranquilos em relação à reforma'
Data: 03/07/2019

Regras de aposentadoria para policiais militares são equiparadas às dos militares das Forças Armadas, que serão discutidas em outro projeto

Em evento que marcou a troca de comandante do Comando Militar do Sudeste, na capital paulista, o presidente Jair Bolsonaro disse nesta quarta-feira (3) em discurso, que os policiais podem "ficar tranquilos" em relação à reforma da Previdência. "A reforma da Previdência atenderá a todos, fiquem tranquilos meus colegas das forças auxiliares, o sacrifício tem de ser dividido por todos", afirmou. A declaração foi direcionada aos policiais militares. Porém, as regras de aposentadoria de policiais militares não serão tratadas neste momento da reforma da Previdência, porque são equiparadas às dos militares das Forças Armadas, que serão discutidas em outro projeto. O impasse agora envolve policiais federais, civis e rodoviários federais. Parte da bancada de policiais do PSL na Câmara tem ameaçado não votar a reforma caso as demandas desses grupos não sejam atendidas. Os parlamentares ligados ao setor de segurança pública querem regras mais brandas de aposentadoria para a categoria do que as previstas atualmente no parecer da proposta. Logo antes de falar da reforma, Bolsonaro se dirigiu ao governador de São Paulo, João Doria, também presente no evento, e disse: "Sabemos da dificuldade que todo governador tem para conduzir o destino do seu Estado, parabéns pela forma como conduz o meu, o nosso Estado de São Paulo. É difícil, mas cumpriremos essa missão". Copyright © Estadão. Todos os direitos reservados.

Link Notícia: https://noticias.r7.com/brasil/bolsonaro-diz-a-policiais-fiquem-tranquilos-em-relacao-a-reforma-03072019

Marquezine samba com bateria da Mangueira em evento de moda
Data: 21/06/2019

Atriz prestigiou a blogueira Camila Coelho em evento de lançamento de linha de roupas, na noite desta quinta-feira (20), no Rio de Janeiro

Bruna Marquezine caiu no samba junto da Estação Primeira de Mangueira em evento voltado para o mundo fashion, na noite desta quinta-feira (20). Deixando em evidência a barriga seca, a atriz se reuniu com Juliana Paes, Cleo, Camila Queiroz, Luísa Sonza e mais celebridades no lançamento da linha de roupas criadas pela blogueira Camila Coelho, no Rio de Janeiro. No dia anterior, a artista exibiu o novo corte de cabelo ao marcar presença no aniversário de seis anos de Títi, filha do casal Giovanna Ewbank e Gagliasso, e chamou atenção ao surgir com vestido fluído e decote generoso. Bruna está no ar desde 2002 e, desde então, seu rosto estampou capas de revistas e foi destaque por diversas vezes na televisão. Sua trajetória também é marcada pelo relacionamento de idas e vindas com Neymar, que chegou ao fim em outubro do ano passado. — Sou muito grata por tudo o que eu vivi e o que eu passei. Sou grata inclusive pelos momentos difíceis, porque eu acredito que tudo o que aconteceu na minha vida foi com a permissão de Deus e para o meu crescimento pessoal e aprendizado. Mas... se eu pudesse evitar um bocadinho o sofrimento que eu passei por falta de autoestima, de amor próprio, eu diria para mim mesma que eu deveria escutar um pouco menos os outros e me amar.

Link Notícia: https://diversao.r7.com/purepeople/marquezine-samba-com-bateria-da-mangueira-em-evento-de-moda-21062019

Sasha e Bruno Montaleone se separam após um ano, diz coluna
Data: 21/06/2019

Casal estava junto desde dezembro de 2017, mantendo relacionamento à distância devido a agenda de trabalhos dos dois

Sasha Meneghel terminou o namoro com Bruno Montaleone, segundo a colunista Fabia Oliveira, do jornal O Dia, nesta sexta-feira (21). A informação foi passada por fontes próximas ao ator. O casal estava junto desde dezembro de 2017 e vinha mantendo o relacionamento à distância. O ator mora no Brasil e a filha de Xuxa, em Nova York (EUA). No final do mês passado, Sasha e Bruno foram clicados juntos ao prestigiarem peça de Junno Andrade, namorado da apresentadora. Os agora ex-namorados continuam se seguindo em redes sociais. Nesta semana, Sasha não fez nenhuma publicação para Bruno por conta de seu aniversário, na última quarta-feira (19). O Purepeople entrou em contato com a assessoria do ator, mas não obteve retorno até o fechamento da matéria. Ao responder dúvidas dos fãs semanas atrás, a estudante de Moda recordou como conheceu o agora ex-namorado. — A gente se conheceu em uma festa. Uma festa que eu quase não fui porque eu estava voltando de Itaipava, estava chovendo muito mesmo e eu estava cansada. Então, obrigada, Universo!

Link Notícia: https://diversao.r7.com/purepeople/sasha-e-bruno-montaleone-se-separam-apos-um-ano-diz-coluna-21062019

Vilão de Um Tira no Jardim de Infância é preso por assédio
Data: 21/06/2019

Segundo o TMZ, ator Richard Tyson foi detido na cidade de Mobile, no Alabama, sob as acusações de assédio e intoxicação pública

Richard Tyson (59), que ficou conhecido por interpretar o vilão Cullen Crisp em Um Tira no Jardim de Infância, foi preso nesta quarta-feira (19) na cidade de Mobile, no Alabama. Segundo o TMZ, o ator foi detido sob as acusações de assédio e intoxicação pública. Ainda não há outros detalhes sobre o que teria ocorrido. Além de Um Tira no Jardim de Infância, Tyson esteve nos elencos de Eu, Eu Mesmo e Irene (como dono de uma loja de armas) e Quem Vai Ficar com Mary? (como o Detetive Krevoy). Na TV, esteve em série como CSI: NY e The Closer

Link Notícia: https://diversao.r7.com/pop/cinema/vilao-de-um-tira-no-jardim-de-infancia-e-preso-por-assedio-19062019

'Fiquei mais viva e mais ávida
Data: 21/06/2019

Atriz, que é mãe de Liz, de 1 ano e dois meses, prepara monólogo bem-humorado sobre as inseguranças que batem em qualquer mãe de 1ª viagem

Juliana Didone, que está no ar com a personagem Yasmim, de Topíssima, da Record TV, sempre quis ser mãe. No entanto, em conversa com o R7 em um dos camarins da emissora, em São Paulo, a atriz confessou que a maternidade nunca foi uma “piração” no projeto de sua vida. “Minha mãe dizia: ‘você tem que ter o primeiro, que é legal’. E eu não tinha muito essa questão, porque eu também frequento orfanatos há muito tempo, então, já tinha ampliado a minha questão do amor. De que o amor, se você está a fim de doar e se doar, não precisa ser do seu sangue”, disse a atriz de 34 anos. Mãe da pequena Liz de 1 ano e dois meses, os olhos de Juliana se enchem de brilho quando o assunto é a menina. A atriz disse que a maternidade a transformou em uma pessoa “mais viva, mais ávida e menos programada”. “A transformação maior é esse aprendizado de que você não tem controle das coisas. Você não controla um bebezinho. Desiste de você querer controlar ter um almoço em paz, ou um banho tranquilo. Fiquei atenta ao improviso. E com isso, você ganha espontaneidade maior. Acho que a falta de organização e planejamento torna tudo um pouco mais caótico, mas também, mais vivo”, explicou. De acordo com a atriz, Liz é uma criança muito curiosa, ligada, gosta de apontar para coisas e já quer falar. “Essa curiosidade é minha desde sempre, eu também fui dos 'porquês', do 'que é isso?', 'para que serve?'" (risos). Questionada sobre aumentar a família, Juliana para e pensa. “Não tenho uma resposta, ainda. Acho que a vida mais para frente vai dizer se ‘sim’ ou se ‘não’. Acho que estou meio aberta à vida à essa reposta. Vamos ver o que ela traz. Não tenho nenhuma decisão sobre o assunto”, afirmou. Monólogo à vista A maternidade entrou na vida de Juliana de uma forma tão inesperada e encantadora que a atriz decidiu transformar o que já vivenciou em um monólogo. Ela agora está às voltas da produção da peça 60 Dias de Neblina, inspirado no livro homônimo de Rafaela Carvallho, uma coletânea de textos sobre a loucura de ser mãe. “O texto coloca em evidência o lado oculto da maternidade. Como se houvesse um pacto silencioso entre as mulheres que já são mães, ninguém te conta dos perrengues que iremos enfrentar. A personagem vem falar de forma bem-humorada sobre as inseguranças que batem em qualquer mãe de primeira viagem, e que é tudo bem não estar tudo bem”, explicou Juliana. “Maternidade é, com certeza, sobre o que eu preciso falar agora”, completou.

Link Notícia: https://diversao.r7.com/fiquei-mais-viva-e-mais-avida-diz-juliana-didone-sobre-maternidade-21062019

Barcelona impõe condições para o retorno de Neymar ao clube
Data: 21/06/2019

Atacante brasileiro teria de aceitar ganhar menos, afirmar que gostaria de voltar ao Barça e retirar processo em que cobra de R$ 112 milhões do clube

O Barcelona impôs três condições para Neymar voltar ao clube. A primeira é a redução do salário de R$ 130 milhões (30 milhões de euros) que recebe anualmente do time francês. A segunda é que o brasileiro retire o processo por um bônus de renovação não pago no valor de 26 milhões de euros (R$ 112 milhões). A terceira condição é que Neymar admita publicamente o desejo de voltar e que errou ao deixar o clube em 2017. Pessoas próximas ao craque afirmam que ele está disposto a aceitar os termos do clube catalão. Existem outros complicadores. As diretorias do Paris Saint-Germain e do Barcelona não se bicam. O clube catalão teria assediado Thiago Silva, Marquinhos, Verratti e Di María ainda sob contrato. A "vingança" do PSG foi a contratação de Neymar. Por isso, o PSG deve pedir alto. Segundo o jornal Le Parisien, o clube quer 300 milhões de euros (R$ 1,3 bilhão). O brasileiro foi contratado por 222 milhões de euros (R$ 819 milhões). O presidente Josep Maria Bartomeu gostaria de envolver alguns jogadores como Umtiti, Dembélé e Rakitic, que valeriam cerca de R$ 1 bilhão, mais uma quantia de cerca de R$ 450 milhões. O nome de Philippe Coutinho é o ás que o clube catalão tem na manga. O meia interessa ao clube francês desde a chegada de Neymar, e está em baixa no Barcelona. O outro empecilho é o acordo extraoficial com o atacante Antoine Griezmann. O clube espera até o 1.º de julho para comprá-lo, quando sua multa rescisória cairá de 200 milhões de euros (R$ 867 milhões) para 120 milhões de euros (R$ 520 milhões). O Estado apurou que os dois lados (PSG e Neymar) consideram a passagem do jogador frustrante. Neymar se decepcionou com o nível técnico do futebol francês e com a conivência dos árbitros com as faltas. "Eles deixam bater e saio como culpado", reclamou para um jogador do elenco do PSG. Segundo o Mundo Deportivo, Neymar enviou uma mensagem para o mandatário com o seguinte teor: "Não quero jogar mais aqui. Quero voltar à minha casa de onde nunca devia ter saído". Após essa mensagem, o presidente do PSG, Nasser Al-Khelaifi, fez um duro contra-ataque à revista France Football dizendo que o atacante Neymar "não foi obrigado a assinar contrato com o PSG". O clube também tem suas queixas. Neymar teve atitudes polêmicas dentro e fora do ambiente do time. Ele deu um tapa num torcedor do Rennes depois da final da Copa da França. Além disso, foi suspenso dos três primeiros jogos da próxima Liga dos Campeões por ter criticado numa rede social o árbitro na partida diante do Manchester United em Paris. Curta a página do R7 Esportes no Facebook. PublicidadeFechar anúncio Internamente, Neymar entrou em atrito com os jovens do elenco (incluindo Mbappé) ao afirmar que "falam muito e ouvem pouco" e discutiu com o alemão Draxler, quando teria dito ao colega: "quem é você para reclamar de mim?" Depois disso, dirigentes do PSG constataram que o vestiário é pequeno demais para dois astros que querem o prêmio de melhor jogador do mundo. No Brasil, Neymar é acusado de estupro, agressão e de ter divulgado fotos íntimas de Najila Trindade, a modelo que o acusa, em um escândalo que provocou o cancelamento de campanhas publicitárias. A nomeação de Leonardo como diretor esportivo em lugar do português Antero Henrique pretende exigir foco e dedicação e acabar com a guerra de egos. A venda de Neymar pode ajudar o clube a contentar Mbappé, que seria a principal estrela do elenco e poderia ter um aumento salarial. Neymar tem um grande aliado no Barcelona, talvez o mais importante de todos: Lionel Messi. O argentino pediu diretamente ao presidente do Barcelona para se esforçar para trazer de volta o amigo Neymar. O argentino o respeita e o considera um interlocutor à altura dentro de campo. Eles se entendem. Messi e o uruguaio Luis Suárez mantêm uma relação de amizade com o brasileiro até hoje. Juntos, os três conquistaram a Liga dos Campeões em 2015 e formaram o lendário trio MSN. Em três anos, foram nove títulos e 364 gols. Fora de campo, Messi aprecia o estilo descontraído e brincalhão do brasileiro, apesar de não aprovar alguns de seus excessos.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/futebol/barcelona-impoe-condicoes-para-o-retorno-de-neymar-ao-clube-21062019

Brasil quer acabar com tabu contra França no Mundial Feminino
Data: 21/06/2019

Seleção brasileira não vence as francesas há sete jogos, a boa notícia é que Formiga vai jogar pelo menos 45 minutos das oitavas da Copa

A seleção brasileira vai enfrentar a França nas oitavas de final do Mundial Feminino, no próximo domingo, às 16 horas (de Brasília), em Le Havre. Mais do que um adversário difícil, o Brasil vai ter de acabar com o tabu e vencer as donas da casa. As duas equipes se encontraram uma vez em Mundiais. Em 2003, nos Estados Unidos, da na fase de grupos, ficaram no 1 a 1 - com gols de Katia Cilene e Marinette. Depois disso foram sete confrontos em amistosos, com cinco vitórias das francesas e dois empates. "A gente sabe da qualidade da equipe da França. Elas estão jogando em casa, então acabam ganhando uma força muito maior da torcida. Tivemos essa experiência na Olimpíada (do Rio-2016) e sabemos que a torcida empurra muito. Além disso, elas têm uma equipe muito qualificada, mas estamos preparadas para enfrentá-las", analisou a meio-campista Andressinha. A boa notícia para o Brasil é que o técnico Osvaldo Alvarez, o Vadão, contará com o retorno da volante Formiga, recuperada de dores no tornozelo, e pela primeira vez no torneio poderá contar com a craque Marta durante os 90 minutos - ela está bem melhor fisicamente.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/futebol/brasil-quer-acabar-com-tabu-contra-franca-no-mundial-feminino-21062019

Mina apoia ida de Falcao García para Palmeiras: 'Vai te dar carinho'
Data: 21/06/2019

Zagueiro colombiano jogou no Verdão em 2016 e 2017 e aconselhou o atacante do Monaco: 'Se quiser jogar no Brasil algum dia, venha ao Palmeiras'

Ex-jogador do Palmeiras, Yerry Mina faz campanha para o companheiro de seleção Falcao García jogar pelo Verdão. Após a vitória da Colômbia por 1 a 0 contra o Qatar, no Morumbi, o zagueiro comentou a chance de o atacante atuar com a camisa alviverde. – Eu (Mina) falo para ele: cara, você é fera! Se quiser jogar no Brasil algum dia, venha ao Palmeiras. O Palmeiras vai te dar muito carinho. Eu já joguei lá e agradeço por tudo o que me proporcionaram – disse o jogador. Antes da Copa América, segundo jornais colombianos, Falcao García vinha recebendo sondagens do New York City, da MLS. Após a primeira rodada do torneio, o atacante do Monaco falou sobre especulações que ligaram o seu nome a clubes do Brasil - o próprio Palmeiras e o Flamengo foram mencionados. Com a vitória sobre o Qatar, a equipe comandada por Carlos Queiroz garante a liderança do Grupo B, com seis pontos em dois jogos disputados.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/lance/mina-apoia-ida-de-falcao-garcia-para-palmeiras-vai-te-dar-carinho-20062019

Bolsonaro sugere operação com drones para militares
Data: 21/06/2019

Projeto que presidente pretende enviar ao Congresso Nacional tem como objetivo tirar os soldados da "linha de tiros" de criminosos

O presidente Jair Bolsonaro disse nesta sexta-feira (21) que pretende enviar ao Congresso um projeto de lei que autorizaria até mesmo o uso de drones em operações de GLO (Garantia da Lei e da Ordem), para que soldados não estejam na "linha de tiros" de criminosos. "Quero botar no projeto que, para o cumprimento da missão, todas as possibilidades possam ser empregadas, até mesmo um pelotão de drones. Não quero que o nosso policial, numa operação, esteja na frente na linha de tiros com marginais que não têm recuperação. Se tivermos ali um pelotão de drones para dar conta do recado, tudo bem. Mas dependo do Parlamento brasileiro", afirmou o presidente. Bolsonaro deve almoçar nesta sexta com o ministro da Defesa, general Fernando Azevedo e Silva, para tentar fechar os detalhes desse projeto. "Espero que seja o último passo para podermos apresentar um projeto, de modo que os homens da lei, Forças Armadas, polícias, etc, tenham uma retaguarda jurídica para poder bem desempenhar sua função", acrescentou. O presidente disse ainda que projeto será estendido para proteger a atuação de policiais federais, policiais rodoviários, policiais militares, e policiais civis. "Não é justo você pegar um garoto do Exército Brasileiro, com 20 anos de idade, botar um fuzil no peito dele, mandar para a missão de GLO. Daí há um imprevisto, porque pode ocorrer um imprevisto sim, e depois você larga ele para a auditoria militar pra ele se virar na sua defesa, que pode ser de 12 a 30 anos de prisão", disse Bolsonaro. Copyright © Estadão. Todos os direitos reservados.

Link Notícia: https://noticias.r7.com/brasil/bolsonaro-sugere-operacao-com-drones-para-militares-21062019

Maia negocia acordo para votar Previdência antes do recesso
Data: 21/06/2019

Parlamentares entram no recesso em 18 de julho e voltam aos trabalhos em 1º de agosto deste ano

Fontes da Câmara dos Deputados e da área econômica do governo informaram ao Broadcast, sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado. que está a caminho um acordo para a votação da reforma da Previdência no Plenário da Câmara antes do recesso parlamentar, que começa no dia 18 de julho. Parlamentares voltam aos trabalhos no dia 1º de agosto deste ano. O acordo está sendo costurado pelo presidente da Casa, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e integrantes do governo. Segundo interlocutores de Maia, a negociação ainda não está fechada, mas há otimismo que a votação ocorra dentro desse prazo. A equipe econômica, por outro lado, tem reforçado a necessidade de fazer a votação para deslanchar as outras medidas de retomada do crescimento econômico, entre elas o fim de dois monopólios estatais de refino e gás natural. A data da apreciação em plenário antes do recesso é relevante inclusive por causa da reunião do Copom (Comitê de Política Monetária) do Banco Central, marcada para os dias 30 e 31 de julho. A avaliação é de que é importante que essa primeira votação já tenha sido feita para dar uma sinalização ao Copom — que aguarda o avanço da reforma para decidir sobre a redução da taxa de juros. Ajustes O relator da reforma da Previdência na Comissão Especial da Câmara, Samuel Moreira (PSDB-SP), afirmou na quarta-feira (19) que vai complementar seu relatório e que apresentará as modificações na semana que vem, quando o colegiado volta a se reunir para discutir o texto e pode votar o relatório. Os pilares principais da reforma, como a idade mínima, devem ser mantidos, garantiu. Moreira não quis, no entanto, adiantar quais outras mudanças acatará em seu parecer. "Estamos empenhados em melhorar um pouco mais o relatório, pretendemos que ele passe na comissão", disse. O presidente da Comissão Especial, Marcelo Ramos (PL-AM), afirmou que há "um apoio tranquilo" na Comissão Especial para aprovar a reforma, mas que os líderes precisam ainda de mais mobilização para garantir a aprovação do tema no plenário da Casa. Copyright © Estadão. Todos os direitos reservados.

Link Notícia: https://noticias.r7.com/brasil/maia-negocia-acordo-para-votar-previdencia-antes-do-recesso-21062019

Lava Jato desmente site e blogueiro que acusaram Moro
Data: 21/06/2019

Publicação afirma que procuradora Laura Tessler teria sido afastada de audiências por orientação do então juiz da operação

A força-tarefa da operação Lava Jato desmentiu a notícia divulgada na noite de quinta-feira (20) de que o grupo teria seguido orientação do ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, e afastado a procuradora Laura Tessler de audiências. A informação foi divulgada pelo site The Intercept Brasil e pelo blogueiro Reinaldo Azevedo. Segundo a publicação, depois de receber reclamação do ex-juiz, o coordenador da força-tarefa de Curitiba, Deltan Dallagnol, procurou o colega Carlos Fernando dos Santos Lima para falar do assunto. Os dois decidiram que Laura só deveria realizar audiências se estivesse acompanhada dos procuradores Júlio Noronha e Roberson Pozzobon. A força-tarefa da Lava Jato afirma que "além de desrespeitosa, mentirosa e sem contexto, a publicação de Reinaldo Azevedo não realizou a devida apuração, que, por meio de simples consulta aos autos públicos acima mencionados, evitaria divulgar movimento fantasioso de troca de procuradores para ofender o trabalho e os integrantes da força-tarefa". Segundo a nota, Laura participou de audiência em 13 de março de 2017, sobre o ex-ministro Antônio Palocci, e em todas as subsequentes do caso, realizadas nos dias 14, 15, 21 e 22 de março. A nota também diz que a publicação do The Intercept Brasil é tendenciosa e que "tentou criar artificialmente uma realidade inexistente para dar suporte a teses que favoreçam condenados por corrupção e lavagem de dinheiro na Lava Jato". Ainda sobre Azevedo, a nota afirma que "a suposta versão, que não resiste a uma mínima análise crítica diante dos fatos públicos, indica que a fábrica de narrativas político-partidárias baseadas em supostos diálogos sem autenticidade e integridade comprovadas somente leva à perda de credibilidade de quem delas se utiliza sem a devida apuração". Em nota, a força-tarefa afirma que a notícia é "rasa, equivocada e sem checagem dos fatos". O grupo diz que atuação de Laura sempre foi "firme, técnica e dedicada" e que contribuiu decisivamente para a condenações importantes. "Ou seja, não houve qualquer alteração na sistemática de acompanhamento de ações penais por parte de membros da força-tarefa. Assim, os procuradores e procuradoras responsáveis pelo desenvolvimento de cada caso acompanharam as principais audiências até o interrogatório, não se cogitando em nenhum momento de substituição de membros, até porque todos vêm desenvolvendo seus trabalhos com profissionalismo, competência e seriedade", afirma nota.

Link Notícia: https://noticias.r7.com/brasil/lava-jato-desmente-site-e-blogueiro-que-acusaram-moro-21062019

Novo presidente dos Correios fala em fortalecimento da instituição
Data: 21/06/2019

Floriano Peixoto ocupava até então a Secretaria-Geral da Presidência da República, que ficará sob o comando de Jorge Antonio de Oliveira Francisco

O novo presidente dos Correios, Floriano Peixoto Vieira Neto, assume o comando da estatal apontando como foco da sua gestão o fortalecimento da instituição. Ele foi anunciado pelo presidente Jair Bolsonaro nesta sexta-feira (21), substituindo Juarez Cunha, nomeado no início do ano. “Minha missão é resgatar a credibilidade e fortalecer o desenvolvimento financeiro da instituição, que tem quase a idade de vida do Brasil, criada em 1663. A empresa tem capilaridade enorme, com 120 mil funcionários. Somente estes dados me trazem motivação”, afirmou, em entrevista a jornalistas. Vieira Neto destacou a importância da empresa pelo seu tamanho e pelo fato de estar presente em todos os municípios do país. Frente a perguntas de jornalistas sobre uma possível privatização, reafirmou que sua prioridade é o resgate da estatal e que a decisão sobre este tema ficará para o presidente Bolsonaro. Secretaria-Geral Floriano Peixoto ocupava até então a Secretaria-Geral da Presidência da República. Em seu lugar, foi nomeado o advogado e major da Polícia Militar do Distrito Federal Jorge Antônio de Oliveira Francisco, que ocupava a Subchefia de Assuntos Jurídicos da Casa Civil. A área passará a integrar a Secretaria-Geral. “Numa reavaliação o presidente entendeu a Casa Civil como coordenação do governo para dentro, a Secretaria de Governo como coordenação do governo para fora e a secretaria-geral como órgão de gestão e que trata da parte de compliance. A subchefia jurídica, que não interfere no mérito, deslocou-se para a Secretaria-Geral”, explicou.

Link Notícia: https://noticias.r7.com/brasil/novo-presidente-dos-correios-fala-em-fortalecimento-da-instituicao-21062019

Concursos públicos estão com mais de 3.200 vagas abertas
Data: 21/06/2019

Há oportunidades para brasileiros de diversos níveis de escolaridade em vários estados brasileiros. Consulte os editais

Concursos públicos são uma boa alternativa para quem quer fugir do desemprego e se colocar novamente no mercado de trabalho. As oportunidades existem para todos os níveis de escolaridade, desde o fundamental, até ensino superior. São mais de 3.200 vagas para cargos e funções distintos. O concurso do Banco de Brasília, no Distrito Federal, oferta 12 vagas de analista de tecnologia da informação, engenheiro de segurança do trabalho e médico do trabalho são ofertadas, além da oportunidade oferecida pela prefeitura municipal de Cerquilio, em que a melhor posição tem remuneração de R$ 11.748. Fique atento e não perca os prazos de inscrição. Ministério Público - SP Vagas: 24 Níveis: superior Cargo: Auxiliar de Promotoria Salário: R$ 2.789,81 Prazo de inscrições: de 17 de julho e 21 de agosto de 2019 Veja mais detalhes sobre concurso no edital. Banco de Brasília - DF Vagas: 12 Níveis: superior Cargos: Analista de tecnologia da informação, engenheiro de segurança do trabalho e médico do trabalho Valor da inscrição: R$ 63,00 Salários: de R$ 7.690,22 a R$ 11.041,46 Prazo de inscrições: até 15 de julho de 2019 Veja mais detalhes sobre concurso no edital. Banco de Brasília - DF Vagas: 100 Níveis: médio Cargos: Escrituário Valor da inscrição: R$ 56,00 Salários: R$ 3.204,26 Prazo de inscrições: até 15 de julho de 2019 Veja mais detalhes sobre concurso no edital. Câmara Municipal de Mauá - SP Vagas: 46 Níveis: todos os níveis de escolaridade Cargos: de auxiliar de limpeza a procurador legislativo Valor da inscrição: R$39,50 (nível fundamental), R$52,50 (médio) e R$79,50 (superior) Salários: de até R$7.575,93 Prazo de inscrições: de 25 de junho a 24 de julho de 2019 Veja mais detalhes sobre concurso no edital. Prefeitura Municipal de Osasco - SP Vagas: 184 Níveis: fundamental, médio e superior Cargos: cuidador social, zelador de espaço esportivo, educador social, oficial administrativo, assistente social, técnico de enfermagem, agente de defesa civil, auxiliar de cuidador social, motorista de transportes leves, motorista de transportes pesados, técnico de segurança do trabalho, enfermeiro, enfermeiro sanitarista e médico veterinário. Valor da inscrição: de R$ 44,50 a R$ 82,20 Salários: de R$ 1.022,16 a R$ 4.533,08 Prazo de inscrições: até o dia 16 de julho de 2019 Veja mais detalhes sobre concurso no edital. Prefeitura Municipal de Cerquilho - SP Vagas: 27 Níveis: fundamental, médio e superior Cargos: atendente, auxiliar de escritório, auxiliar de laboratório, auxiliar de limpeza, coveiro, cozinheiro, operário de serviços gerais, agente comunitário de saúde, agente de controle de endemias, agente operacional, auxiliar de farmácia, guarda municipal, técnico de enfermagem, técnico de segurança do trabalho, dentista, enfermeiro, fiscal de rendas, gestor ambiental, médio da estratégia da saúde da família, professor de educação básica, psicólogo e terapeuta ocupacional. Valor da inscrição: de R$ 34,00 a R$ 40,00 Salários: de R$ 1.142,61 a R$ 11.748,00 Prazo de inscrições: até o dia 10 de julho Veja mais detalhes sobre concurso no edital. Prefeitura do Município de Piracicaba - SP Vagas: 52 Níveis: médio e superior Cargos: técnico de enfermagem e médico (diversas áreas) Valor da inscrição: de R$ 57,00 a R$ 83,00 Salários: de R$ 2.513,90 a R$ 10.614,52 Prazo de inscrições: até o dia 4 de julho de 2019 Veja mais detalhes sobre concurso no edital. Prefeitura de Bragança Paulista - SP Vagas: 82 Níveis: fundamental e superior Cargos: Operador de máquinas, pedreiro, eletricista, mecânico, motorista e servidor braçal Valor da inscrição: de R$56,00 a R$98 Salários: R$1.314,96 a R$5.173,99 Prazo de inscrições: até 11 de julho de 2019 Veja mais detalhes sobre concurso no edital. Prefeitura de Francisco Morato Vagas: 116 Níveis: fundamental, médio e superior Cargos: motorista, vigia, agente de defesa civil, agente de trânsito, assistente de nutrição, auxiliar de atendimento educacional, oficial administrativo, professor auxiliar de desenvolvimento infantil, secretário de escola, técnico em segurança do trabalho, assistente social, auditor fiscal, nutricionista, procurador, professor de arte, professor de educação física e psicólogo. Valor da inscrição: de R$ 44,50 a R$ 82,20 Salários: de R$1.093 a R$5.574,50 Prazo de inscrições: de 26 de junho a 27 de julho de 2019. Veja mais detalhes sobre concurso no edital. Prefeitura de São Paulo Vagas: 628 Níveis: superior Cargos: coordenador pedagógico Valor da inscrição: não informado Salário: R$ 5.187,01 Prazo de inscrições: até dia 5 de julho de 2019. Veja mais detalhes sobre concurso no edital. PublicidadeFechar anúncio Prefeitura de São Paulo Vagas: 1.109 Níveis: médio e técnico Cargos: auxiliar técnico de educação Valor da inscrição: não informado Salários: R$ 1.541,14 Prazo de inscrições: até dia 5 de julho de 2019 Veja mais detalhes sobre concurso no edital. Prefeitura de São José do Rio Preto Vagas: 2 Níveis: superior Cargo: procurador Valor da inscrição: R$ 82,20 Salários: de R$ 8.287,33 a R$ 9.037,33 Prazo de inscrições: até dia 28 de junho de 2019. Veja mais detalhes sobre concurso no edital. Tribunal Regional Federal da 4ª Região Vagas: não informadas Níveis: médio e superior Cargos: oficial de justiça avaliador federal, sistemas de tecnologia da informação e infraestrutura em tecnologia da informação, segurança e transporte, tecnologia e informação Valor da inscrição: de R$ 61 a R$ 71 Salários: de R$ 7.591,37 a R$ 12.455,30 Prazo de inscrições: até dia 26 de julho de 2019. Veja mais detalhes sobre concurso no edital. Universidade Federal do Vale do São Francisco Vagas: 38 Níveis: médio e superior Cargos: analista e técnico de teconologia de informação, assistente em administração, auditor, engenheiro de segurança do trabalho, nutricionista, técnico em anatomia e necropsia, técnico em assuntos educacionais, em eletrônica e gestão pública, veterinário, bibliotecário, tradutor e intérprete, entre outros Valor da inscrição: de R$ 70 a R$ 100 Salários: de R$ 2.446,96 a R$ 4.180,66 Prazo de inscrições: até dia 7 de julho de 2019. Veja mais detalhes sobre concurso no edital. Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Barra Mansa Vagas: 137 Níveis: fundamental, médio, técnico e superior Cargos: administrador de empresas, assistente social, biólogo, engenheiro de diversas áreas, contador, relações públicas, agente administrativo, técnico em eletromecânica, em meio ambiente, em química, em segurança do trabalho, em construção civil, agente de saneamento, auxiliar de serviços gerais, eletricista de autos e operador de ETA e ETE Valor da inscrição: de R$ 40 a R$ 70 Salários: R$ 998 Prazo de inscrições: até dia 21 de julho de 2019. Veja mais detalhes sobre concurso no edital. Guarda Civil Municipal de Belo Horizonte Vagas: 500 Nível: médio Cargo: guarda civil municipal Valor da inscrição: R$92,50 Salário: R$ 1.851,21 Prazo de inscrições: até dia 9 de julho de 2019. Veja mais detalhes sobre concurso no edital. Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Linhares Vagas: 62 Níveis: fundamental, médio e técnico Cargos: agente de serviços gerais, agente de manutenção, leiturista, operador de ETAE, operador de máquinas, oficial administrativo, técnico em contabilidade, técnico em química, técnico em manutenção (Mecânica e Eletrotécnica), técnico em meio ambiente e técnico em tecnologia da informação/comunicação Valor da inscrição: de R$ 35 a R$ 45 Salários: de R$ 1.265,16 a R$ 2.423,66 Prazo de inscrições: até 25 de junho de 2019. Veja mais detalhes sobre concurso no edital. Marinha do Brasil Vagas: 90 Níveis: médio e técnico Cargo: cabo Valor da inscrição: R$ 75 Salários: não informado Prazo de inscrições: até dia 16 de agosto de 2019. Veja mais detalhes sobre concurso no edital. Universidade Federal do Amazonas Vagas: 30 Níveis: médio e superior Cargos: médio e superior Valor da inscrição: de R$ 85 a R$ 110 Salários: de R$ 2.446,96 a R$ 4.180,66 Prazo de inscrições: até dia 15 de julho de 2019. Veja mais detalhes sobre concurso no edital.

Link Notícia: https://noticias.r7.com/brasil/concursos-publicos-estao-com-mais-de-3200-vagas-abertas-21062019

Incêndio em comunidade deixa ponte do Jaguaré com rachadura
Data: 21/06/2019

Defesa Civil realiza uma vistoria na estrutura da ponte. Além da fiscalização, equipes da SMADS estão no local atendendo as cerca de 50 família atingidas

A Defesa Civil realiza uma vistoria na estrutura da ponte do Jaguaré na marginal Pinheiros, zona oeste de São Paulo (SP), depois que um incêndio atingiu uma comunidade embaixo da construção nesta sexta-feira (21). A ponte que está interditada apresenta fendas e rachaduras causadas pelo calor das chamas. Além da fiscalização dos técnicos e engenheiros na ponte, as equipes da SMADS (Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social) estão no local atendendo as cerca de 50 famílias, aproximadamente 150 pessoas, atingidas pelo fogo. A prefeitura está oferecendo colchões, cobertores, cestas básicas e kits de higiene. Engenheiros avaliam rachaduras na estrutura Engenheiros avaliam rachaduras na estrutura Reprodução/Record TV A CET (Companhia de Engenharia de Tráfego) reforçou o efetivo na região para orientar o trânsito e está utilizando 12 painéis de mensagens ao longo da marginal Pinheiros para informar sobre a interdição nos dois sentidos da Ponte do Jaguaré e da pista local no sentido Interlagos, 500 metros antes da Ponte do Jaguaré. A alternativa mais próxima para cruzar o rio é pela Ponte Cidade Universitária.

Link Notícia: https://noticias.r7.com/incendio-em-comunidade-deixa-ponte-do-jaguare-com-rachadura-21062019

Bolsonaro anuncia ministro-chefe da Secretaria-Geral Cargo era ocupado pelo general Floriano Peixoto, que foi exonerado do cargo para assumir a presid
Data: 21/06/2019

Cargo era ocupado pelo general Floriano Peixoto, que foi exonerado do cargo para assumir a presidência dos Correios

O presidente Jair Bolsonaro anunciou nesta sexta-feira (21) que o advogado e major da PMDF (Polícia Militar do Distrito Federal) Jorge Antonio de Oliveira Francisco vai assumir o cargo de ministro-chefe da Secretaria-Geral da Presidência. Oliveira se formou em 1992 no Colégio Militar de Brasília e serviu por mais de 20 anos na Academia de Oficiais da Polícia Militar do Distrito Federal. Conhecido como SAJ, o departamento é um dos mais importantes do Palácio do Planalto pela prerrogativa de assessorar o presidente da República na elaboração, redação e tramitação de atos normativos, como medidas provisórias, projetos de lei e decretos. O militar se especializou em legislação de trânsito, ambiental, direitos humanos e direito internacional humanitário. Oliveira também é formado em Direito e, em 2013, foi transferido para a reserva onde iniciou a atividade de advocacia, consultoria e assessoria jurídica. O advogado atuou no Congresso Nacional desde 2003 como Assessor Parlamentar da PMDF, Assessor Jurídico no gabinete de Bolsonaro e também com Chefe de Gabinete e Assessor Jurídico do Deputado Eduardo Bolsonaro, filho do presidente eleito. É especialista em Direito Público, specialista em Gestão de Segurança Pública e especialista Docente em Assessoria e Consultoria Parlamentar. Jair M. Bolsonaro ? @jairbolsonaro Anuncio o Advogado e Major PMDF Jorge Antonio de Oliveira Francisco p/ o cargo de Ministro-chefe da Secretaria Geral PR. Outrossim, informo que o General Floriano Peixoto, que segue gozando de nossa total confiança em seu trabalho e dedicação, assumirá a Presidência dos Correios. 23,8 mil 10:09 - 21 de jun de 2019 Informações e privacidade no Twitter Ads 4.632 pessoas estão falando sobre isso O cargo era ocupado pelo general Floriano Peixoto, que foi exonerado do cargo para assumir a presidência dos Correios. Peixoto é a segunda troca na Secretaria-Geral em menos de seis meses de governo. Gustavo Bebianno, que assumiu a função no início da gestão Bolsonaro, foi demitido em fevereiro após desentendimentos com o presidente e seu filho Carlos Bolsonaro. Correios A presidência dos Correios era ocupada por Juarez Cunha, que também foi exonerado por Bolsonaro nesta semana. Segundo o presidente, Cunha "foi ao Congresso e agiu como sindicalista" ao criticar a privatização da estatal e tirar fotos com parlamentares da oposição. "Aí complica", disse Bolsonaro em café da manhã com jornalistas no Palácio do Planalto. * Com informações da Agência Brasil e Estadão Conteúdo.

Link Notícia: https://noticias.r7.com/brasil/bolsonaro-anuncia-ministro-chefe-da-secretaria-geral-21062019

Trump confirma que desistiu de atacar Irã: 'Não seria proporcional'
Data: 21/06/2019

Presidente fez declarações em série de posts no Twitter. Ataques seriam retaliação ao abatimento de um drone americano por forças iranianas

Em uma série de tweets publicados nesta sexta-feira (21), o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, confirmou uma informação noticiada mais cedo pela imprensa americana — de que ele cancelou abruptamente ataques militares que havia autorizado contra alvos no Irã. "Nós estavamos posicionados e carregados para retaliar [o abatimento de um drone militar dos Estados Unidos pelas forças do Irã] em três locais quando perguntei quantos poderiam morrer. O general me respondeu: '150 pessoas, senhor'. Dez minutos antes dos ataques, eu cancelei. Não seria proporcional à derrubada de um avião não tripulado", escreveu o presidente americano. PUBLICIDADE veja também Irã insiste que drone americano foi abatido em suas águas Drone abatido Na quinta-feira (20), um drone militar dos Estados Unidos foi abatido por forças de segurança do Irã — que insiste que o dispositivo não tripulado invadiu suas águas territoriais. O governo norte-americano, por outro lado, alega que a aeronave foi atingida em espaço aéreo internacional em um "ataque sem provocação". O ministro das Relações Exteriores do Irã, Mohammad Javad Zarif, anunciou que o Irã levaria o caso à ONU (Organização das Nações Unidas), e o país já entregou à entidade uma carta com informações precisas sobre os pontos alcançados pelo drone americano. Oficiais de Teerã também asseguraram que enviaram várias advertências ao avião não tripulado dos Estados Unidos antes de derrubá-lo

Link Notícia: https://noticias.r7.com/internacional/trump-confirma-que-desistiu-de-atacar-ira-nao-seria-proporcional-21062019

Mulher é morta ao levar doce e não salgado em festa junina no interior
Data: 21/06/2019

Homem teria sacado revólver e atirado contra vítima. Desentendimento teria começado após Vanderleia ter levado alimento errado em evento

A dona de casa Vanderleia Inácio dos Santos, de 25 anos, foi morta por disparos de arma de fogo, no sábado (15), no bairro Laranjara, conhecido como Onça Parda, no município de Sete Barras, no interior de São Paulo. O motivo do crime, segundo a polícia, teria sido ela ter levado um doce ao invés de um salgado em uma festa junina. De acordo com o boletim de ocorrência, o autor do crime é um encarregado de 47 anos que estava presente na festa. Policiais militares foram acionados para atender a uma ocorrência de homicídio. Ao chegar ao local, os policiais foram informados de que a vítima havia se desentendido com o encarregador, que fugiu. Segundo uma testemunha, o desentendimento ocorreu em um bar, durante uma festa. O homem teria, então, sacado um revólver e efetuado disparos contra Vanderleia. Foram requisitados exames junto ao Instituto de Criminalística e Instituto Médico Legal. O caso foi registrado como homicídio qualificado na delegacia da cidade, que apura as circuntancias do fato. De acordo com a polícia, o autor do crime compareceu à delegacia para dar depoimento. Os investigadores também informaram que não há informação se Vanderleia e o homem tinham algum tipo de desentendimento anterior

Link Notícia: https://noticias.r7.com/sao-paulo/mulher-e-morta-ao-levar-doce-e-nao-salgado-em-festa-junina-no-interior-21062019

BNDES pode devolver R$100 bilhões ao governo em 2019, diz conselheiro
Data: 21/06/2019

Banco já devolveu esse ano cerca de R$ 30 bilhões e, segundo Carlos Thadeu de Freitas, os demais R$ 70 bilhões devem ser quitados até o fim do ano.

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) poderá devolver ao Tesouro Nacional cerca de R$ 100 bilhões neste ano para ajudar nas contas do governo, disse à Reuters o conselheiro do banco Carlos Thadeu de Freitas. O banco já devolveu esse ano cerca de R$ 30 bilhões e, segundo Freitas, os demais R$ 70 bilhões devem ser quitados até o fim do ano. Thadeu, que já foi diretor da instituição, disse que o banco tem espaço e fôlego para devolver ao Tesouro esse montante para ajudar nas contas públicas. "As contas públicas não podem piorar. Está todo mundo no mesmo barco e se piorar todo mundo afunda junto", disse ele. Durante a última década, o Tesouro irrigou o BNDES com quase R$ 500 bilhões, usados para empréstimos ao empresas, muitas vezes mais baratos do que o custo de captação da União. Esse recursos começaram a ser devolvidos nos últimos anos. De 2015 a 2018, o banco devolveu ao governo R$ 309 bilhões. No ano passado, BNDES fez acordo com a União, antecipando de 2060 para 2040 o prazo final para devoluções. Comenta-se internamente no banco que Joaquim Levy, que se demitiu do comando do banco no último fim de semana após ter sido cobrado publicamente pelo presidente Jair Bolsonaro, estaria resistindo a uma devolução mais expressiva. "O Levy é um grande economista, mas talvez tenha demorado a entender o novo tamanho do banco", disse Freitas. Há receios no banco é que as devoluções possam comprometer a capacidade de financiamento da instituição. Mas como a economia ainda não engrenou, há correntes no governo que entendem que a devolução não teria maiores consequências para o banco. O parecer da reforma da previdência prevê o fim dos repasses do Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT) para o BNDES. O FAT é uma dos principais fontes de financiamento do banco. "Se isso for aprovado, seria só para 2020. Aí tem que ver como vai ficar a devolução dos demais recursos. No total, faltam uns R$ 200 bilhões", frisou Thadeu. O executivo afirmou não se deve mais esperar que o banco empreste mais de R$ 70 bilhões anualmente. O BNDES já chegou a emprestar mais de R$ 140 bilhões por ano. O foco daqui para frente devem ser financiamentos para obras de infraestrutura e para médias, micro e pequenas empresas, disse. "Não há mais alternativa para o banco ser maior. Os privados podem emprestar, são muito líquidos e não faz mais sentido ter um BNDES enorme. Se tem que ser focado em pequenos e infraestrutura", disse ele. A previsão do executivo é que o BNDES empreste em 2019 cerca de R$ 65 bilhões, abaixo dos R$ 69,3 bilhões de 2018. Com isso, Freitas afirmou que é hora de se pensar em enxugar o quadro de funcionários por meio de um Programa de Demissão Voluntária (PDV). Isso poderia levar o quadro total do BNDES, hoje em cerca de 2500 pessoas, para no máximo 1800 empregados. A associação de empregados do BNDES disse que por enquanto não tem conhecimento de um PDV e que não vai iria se manifestar.

Link Notícia: https://g1.globo.com/economia/noticia/2019/06/21/bndes-pode-devolver-r100-bilhoes-ao-governo-em-2019-diz-conselheiro.ghtml

Daniel Alves cita São Paulo e Bahia, mas esfria chance de volta ao país
Data: 18/06/2019

Capitão da seleção fica sem contrato com PSG no fim deste mês. Ele não quis entrar em detalhes sobre futuro, mas deu a entender que segue na Europa

Daniel Alves tem contrato com o Paris Saint-Germain (FRA) somente até o fim do mês e ainda não sabe onde estará na próxima temporada europeia. Escolhido para dar entrevista coletiva neste domingo, antes do primeiro treino da Seleção Brasileira em Salvador, cidade que receberá a partida contra a Venezuela, terça-feira, pela Copa América, o lateral-direito de 36 anos disse estar focado apenas em conquistar esse título. A única coisa que ele adiantou é que voltar ao Brasil não está nos planos no momento. - Estou na Seleção e prefiro centrar-me no compromisso que temos agora. Foi um ano bastante duro, tive que me reinventar muito, foi muita batalha da minha parte para estar aqui e não quero estragar esse momento pensando em algo fora daqui. Sei o quanto é sofrido não poder fazer nada. Agora que posso fazer, vou aportar meu máximo aqui. Temos uma grande missão e não pode haver distração. A partir daí, a gente vê. Só posso dizer que não tenho medo de desafios, estou preparado para qualquer que seja - disse o baiano de Juazeiro, no hotel em que a delegação brasileira está hospedada desde a noite de sábado. Ao citar as dificuldades que enfrentou para estar com a Seleção Brasileira, Daniel Alves relembra que ficou fora da Copa do Mundo da Rússia devido a uma ruptura de ligamento no joelho direito e que foi cortado dos amistosos contra Panamá e República Tcheca, em março, devido a um problema de menor gravidade no joelho esquerdo. Foram 14 meses ausentes da equipe de Tite, da qual ele agora é o capitão. Já no fim da entrevista coletiva, um repórter citou o desejo já manifestado pelo jogador de defender novamente o Bahia, clube em que iniciou sua trajetória profissional, e o São Paulo, seu time de coração. O jornalista citou que o pai de Daniel Alves torce para a equipe do Morumbi e foi corrigido por ele, que disse que voltar ao Brasil não é um plano para agora. PublicidadeFechar anúncio - Eu nunca digo "não" às coisas por que você não sabe o que a vida prepara. O São Paulo é meu time, o meu pai torce para o Palmeiras, não pode misturar isso senão dá confusão em casa. Torci bastante pelo São Paulo no tempo do Telê, que Deus o tenha. E o Bahia, pelo que construí aqui, seria uma forma de agradecimento voltar para encerrar. Mas não vai ser uma temporada, não. Já falei para o pessoal do Bahia que o dia em que voltar aqui vai ser um mês, dois meses, vai demorar ainda (risos). Pretendo outras coisas na minha vida, tenho outros objetivos, não digo maiores, para não pensarem que estou menosprezando os clubes que gosto. Mas acredito que tenho desafios que quero viver e mostrar para outros atletas que eles é que têm que decidir quando começa e quando acaba. Eu que vou decidir, não vai ser o futebol que vai me mandar para casa.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/lance/daniel-alves-cita-sao-paulo-e-bahia-mas-esfria-chance-de-volta-ao-pais-16062019

Alvo de críticas, gramado da Fonte Nova é elogiado pela Conmebol
Data: 18/06/2019

Comitê Organizador Local rebateu críticas feitas por jogadores e técnicos de Argentina e Colômbia e disse que gramado "está em excelentes condições"

Alvo de duras críticas dos técnicos e jogadores de Argentina e Colômbia, o gramado da Arena Fonte Nova, em Salvador, foi defendido pelo Comitê Organizador Local da Conmebol, que rebateu as reclamações feitas após a vitória dos colombianos sobre os argentinos por 2 a 0 no último sábado, pela primeira rodada do Grupo B da Copa América. - O Comitê Organizador Local da Conmebol Copa América Brasil 2019 reforça que o gramado da Arena Fonte Nova está em excelentes condições, atendendo todos os requisitos como altura do corte, tração, umidade, compactação e resistência - disse, em nota, o COL. O técnico Lionel Scaloni, da seleção da Argentina, foi um dos que mais criticou o estado do gramado. Ele classificou como "lamentável" a situação. - Sobre o estado do campo, me parece lamentável. Hoje era a estreia, imagine como será depois de dois ou três jogos - disse Scaloni, após a partida. Vale ressaltar que a Arena Fonte Nova vai receber mais quatro jogos desta Copa América, sendo três da fase de grupos e um das quartas de final. Confira a nota do COL na íntegra: O Comitê Organizador Local da Conmebol Copa América Brasil 2019 reforça que o gramado da Arena Fonte Nova está em excelentes condições, atendendo todos os requisitos como altura do corte, tração, umidade, compactação e resistência. No período que antecedeu o torneio, visitas e inspeções rotineiras foram realizadas de acordo com o planejamento estabelecido pelo Comitê Organizador Local. Com relação às atividades de manutenção do gramado, todas estão sendo feitas de forma programada e organizadas para receber os cinco jogos da competição. Vale ressaltar, também, que durante todo o jogo entre as seleções da Argentina e Colômbia, a bola rolou sem nenhuma dificuldade e o gramado não estava escorregadio

Link Notícia: https://esportes.r7.com/lance/futebol/alvo-de-criticas-gramado-da-fonte-nova-e-elogiado-pela-conmebol-16062019

Na Justiça, Neymar e o CR7, as semelhanças e as diferenças
Data: 18/06/2019

As complicações que envolvem os dois jogadores, acusados de agressão e de estupro, e o brasileiro, pior, de bens bloqueados por sonegação fiscal

Qualquer semelhança não é mera coincidência. De fato, evidentemente, embora a parecença não seja proposital, impressiona de que forma se aproximam os fatos que envolvem dois dos jogadores de Futebol muito famosos pela sua qualidade nos gramados, competidores diretos, desde 2013, quando o brasileiro Neymar da Silva Santos Júnior chegou à Europa. Ele, que jamais conquistou o galardão de melhor do mundo, e o português Cristiano Ronaldo dos Santos Aveiro, cinco vezes o ganhador do laurel. Além de padecer com mais uma lesão em seu pé direito, trauma que o afastou da atual Copa América, o brasileiro sofre com as denúncias, de agressão e estupro, desferidas por Nájila Trindade Mendes de Souza, depois de um par de encontros, em Paris, nos dias 15 e 16 de Maio. Recém-vencedor da novíssima Nations League da Europa, o CR7 se debate com um caso ainda mais antigo, embora também uma acusação de estupro, movida por uma norte-americana de nome Kathryn Mayorga, em 12 de Junho de 2009, num hotel de Las Vegas, EUA, durante as férias de Verão do Hemisfério Norte. Neymar e o CR7 não negam o chamado intercurso sexual mas repudiam a ocorrência de agressão e de estupro. Em ambos os episódios as presumidas vítimas exibiram como prova laudos médicos efetuados a uma razoável distância da data crucial. Nájila e Kathryn trocaram de advogados diversas vezes. Em ambas as situações, os representantes de ambas as partes se reuniram formalmente. Os patronos de Kathryn inclusive aceitaram a proposta do pagamento de US$ 375 mil para que ela não acionasse o CR7, e que não considerasse tal grana como um suborno e nem mesmo como uma admissão de culpa. Tudo por escrito. E todavia, em Setembro de 2018 a séria “Der Spiegel”, uma revista semanal da Alemanha, publicou as suas queixas. Num processo que se arrasta penosamente, muito mais para Kathryn do que para o CR7, nesta segunda-feira, 17 de Junho de 2019, os advogados do craque da Juventus de Turim desfraldaram o seu contra-ataque. A legislação dos EUA não permite arrazoados acima de 24 páginas e, no entanto, aceitou um documento de 46, com respostas às 11 reclamações de Kathryn – que, depois de protestar por agressão e por estupro, incluiu o assédio psicológico, a coerção, a difamação etcetera. Um tribunal de Nevada, o Estado em que fica Las Vegas, optou por interromper o processo com uma curiosa observação: “A dificuldade de se notificar o Sr. Aveiro”, como se o CR7 fosse um anônimo de localização impossível. E a causa se transfere às cortes da Justiça da Bota. Leslie Mark Stovall, “lawyer” remanescente de Kathryn, já se manifestou desanimado: “A nossa é uma causa bem complicada. Não me surpreenderei se as cortes, agora, acolherem a posição da defesa”. Sempre discreto, o CR7 não se manifestou. Em sua página do Twitter, as imagens mais recentes ainda refletem a sua alegria pela conquista da Nations League, dia 9 de Junho, ele e a mãe Dolores, e as suas saudades dos filhotes gêmeos Eva e Mateo, que completaram os três de idade exatamente durante a competição. Enquanto isso, no Brasil, a delegada Juliana Bussacos, da 6ª Delegacia de Defesa da Mulher, onde se lavrou o BO de acusação de Nájila, peleja para entender e montar um quebra-cabeça com as sete peças oferecidas por ela em sua denúncia, e mais sete entregues por Neymar em sua defesa, as quais, obviamente, ostensivamente, logicamente, claro, não se encaixam. Ao mesmo tempo, acuados pela Receita Federal num caso de sonegação, Neymar & Família acabam de saber que 36 dos seus imóveis, num valor estimado em R$ 69 mi, acabam de ser bloqueados pela Justiça. Para agravar mais o quadro, o seu clube na França, o PSG, também acaba de informar que não se oporá a uma transferência do craque por quem pagou o equivalente a R$ 830 mi e que não conseguiu levar o clube ao título da Champions.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/prisma/silvio-lancellotti/na-justica-neymar-e-o-cr7-as-semelhancas-e-as-diferencas-17062019

Ruralistas podem obter anistia de dívida de R$ 17 bilhões
Data: 18/06/2019

Texto do governo impedia o perdão de débitos previdenciários para todos os tipos de contribuição, mas foi retirado do parecer do relator

Uma mudança no substitutivo da reforma da Previdência pode abrir brecha para que o perdão de dívidas do Funrural seja aprovado no futuro pelo Congresso. Segundo o deputado Jerônimo Goergen (PP-RS), a alteração foi negociada com o relator, Samuel Moreira (PSDB-SP), antes da apresentação de seu relatório na Comissão Especial. O texto do governo impedia o perdão de débitos previdenciários para todos os tipos de contribuição. No entanto, Goergen diz que o relator retirou essa proibição para contribuições feitas fora da folha de pagamento — como é o caso do Funrural, feito pelo faturamento da produção. Com a mudança, o deputado diz que Bolsonaro poderá cumprir promessa de campanha feita ao agronegócio. Nem o governo sabe o valor da dívida dos ruralistas, mas cálculos preliminares apontam que a anistia ao setor pode chegar a R$ 17 bilhões. “Eu consegui reverter o impedimento da remissão do Funrural que a PEC trazia. Não tem mais porque o governo não conseguir cumprir a promessa de campanha do Bolsonaro”, diz Goergen. Ele é o autor do projeto de lei que trata sobre o perdão do passivo do Funrural, que funciona com espécie de contribuição dos produtores rurais para a aposentadoria dos trabalhadores do setor e incide sobre o faturamento da produção. PublicidadeFechar anúncio Essa contribuição foi considerada constitucional pelo STF (Supremo Tribunal Federal) em 2017 e a Receita quer cobrar a dívida retroativa. O governo lançou mão de um Refis para que os produtores pagassem os débitos, mas, segundo o deputado, boa parte dos produtores não aderiu ao parcelamento contando com a promessa de campanha de Bolsonaro. Após as críticas do ministro Paulo Guedes, às alterações feitas no texto da reforma, a preocupação de líderes do Congresso é garantir que a proposta seja aprovada com o carimbo do Parlamento. A avaliação é que a reação explosiva de Guedes favorece o protagonismo dos deputados e senadores na condução da reforma daqui para frente, com a manutenção da potência fiscal do parecer. Copyright © Estadão. Todos os direitos reservados.

Link Notícia: https://noticias.r7.com/brasil/ruralistas-podem-obter-anistia-de-divida-de-r-17-bilhoes-18062019

Pedido de recuperação judicial da Odebrecht é o maior da história
Data: 18/06/2019

Petição indica que todo o grupo pode recorrer à Justiça futuramente, o que envolveria dívidas de R$ 98,5 bilhões

A Odebrecht indicou no pedido de recuperação judicial, protocolado nesta segunda-feira (17), que dada a sinergia das operações do grupo e o cruzamento de dívidas, eventualmente, todo o conglomerado pode buscar proteção contra credores na Justiça, o que envolveria dívidas de R$ 98,5 bilhões. O montante representa o maior pedido de recuperação judicial que se tem notícia, como consequência do maior escândalo de corrupção da América Latina. A petição ajuizada envolve dívidas concursais de R$ 51 bilhões, excluindo as dívidas entre companhias, avais e garantias. Mas o documento menciona que o inadimplemento de um único pagamento pode provocar o acionamento de garantias e elevar esse passivo para R$ 65 bilhões. Bancos negociam recuperação extrajudicial para Odebrecht A Odebrecht ressalta que neste momento está sendo considerado o pedido apenas das companhias apresentadas, envolvendo essencialmente a Kieppe Participações e Administração, a Odbinv, controladora da Odebrecht SA, que controla as empresas do grupo, assim como o braço de investimento e o braço de Serviços e Participações. PublicidadeFechar anúncio Entretanto, uma eventual avaliação da necessidade de trazer outras empresas para o processo será feito na apresentação do plano de recuperação judicial. Ao mesmo tempo, lembra que a Ocyan, a Atvos, a Enseada e a construtora OEC não são parte do pedido de recuperação agora apresentado. No mesmo documento, a Odebrecht comenta que os maiores credores que aparecem no processo apresentado nesta segunda-feira são os mesmos da Atvos, que entrou com pedido de recuperação judicial em 29 de maio, ou seja, BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social), Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal, Bradesco e Itaú. A companhia cita ainda que as requerentes do pedido de recuperação apresentado nesta segunda são garantidores de mais de R$ 10 bilhões em dívidas da Atvos. O escritório Munhoz Advogados e a empresa de assessoria financeira Ricardo K auxiliam o grupo na reorganização de seu passivo. Copyright © Estadão. Todos os direitos reservados.

Link Notícia: https://noticias.r7.com/brasil/pedido-de-recuperacao-judicial-da-odebrecht-e-o-maior-da-historia-17062019

BNDES pode ter ênfase em privatizações após saída de Levy
Data: 18/06/2019

Governo quer que a troca no comando do banco reforce o discurso de "despetização" e contribua para abrir a "caixa-preta".

A saída de Joaquim Levy da presidência do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), depois de ter sua "cabeça colocada a prêmio" pelo presidente Jair Bolsonaro, abre espaço para uma reformulação no papel do banco pela equipe econômica, que já pensa em concentrar a gestão das privatizações na instituição. O governo ainda quer que a troca no comando do banco reforce o discurso de "despetização" do BNDES. O novo presidente terá que colocar em prática a promessa de campanha de Bolsonaro de abrir o que chama de "caixa-preta" do banco e investigar a responsabilidade pelos financiamentos concedidos, nos governos do PT, a empreiteiras para obras no exterior, em países como Cuba e Venezuela. PUBLICIDADE Um dos nomes mais cotados para assumir a vaga é do secretário de Desestatização e Desinvestimento do Ministério da Economia, Salim Mattar. Dono da Localiza, Mattar foi chamado para tocar no governo o plano de privatizações - cuja meta é obter só neste ano US$ 20 bilhões -, mas tem enfrentado resistência de outros ministros. Nas últimas semanas Mattar manteve conversas com Bolsonaro. Levy informou na manhã deste domingo, 16, que entregou seu pedido de desligamento do cargo ao ministro da Economia, Paulo Guedes. Também são cotados para presidir o BNDES o ex-presidente do Banco Central Gustavo Franco, que assumiu neste ano a presidência do conselho do banco, Carlos Thadeu de Freiras, ex-diretor da instituição, e Solange Vieira, funcionária de carreira do BNDES e atual presidente da Superintendência de Seguros Privados (Susep). Segundo fontes da equipe econômica, com a redução do tamanho do banco na concessão de crédito, o BNDES perdeu a relevância que tinha em governos anteriores para o fomento da economia e, poderia assim, assumir também outras funções, como a de gerir privatizações. Além de ter de devolver R$ 126 bilhões neste ano, o banco também pode perder os recursos do Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT) pela proposta do relator da reforma da Previdência, deputado Samuel Moreira (PSDB-SP). Leia mais: Maia se diz 'perplexo' com a demissão de presidente do BNDES O BNDES já tem papel auxiliar em privatizações do governo e foi, por exemplo, responsável por estruturar projetos de desestatização das distribuidoras do sistema Eletrobras. Para concentrar no banco todas as fases do processo de privatização e não apenas a estruturação de projetos, o governo precisaria de alterações legais, que teriam de ser aprovadas no Congresso. Demissão No sábado (15), Bolsonaro disse estar "por aqui" com o economista e ameaçou demiti-lo caso ele não suspendesse a nomeação de Marcos Barbosa Pinto - que já tinha trabalhado no banco como assessor em 2005 e 2006, no governo PT - para a diretoria de Mercado de Capitais. Após as declarações, Pinto pediu demissão. Bolsonaro e alguns de seus aliados mais próximos nunca engoliram a nomeação de Levy. Ele foi secretário de Fazenda no governo de Sérgio Cabral (MDB-RJ) e ministro da Fazenda no primeiro ano do segundo mandato da ex-presidente Dilma Rousseff. O economista também foi secretário do Tesouro no governo Luiz Inácio Lula da Silva e integrou a equipe econômica do governo Fernando Henrique Cardoso. Além de não abrir a "caixa-preta" do BNDES e colocar resistência à devolução dos recursos aos cofres do Tesouro neste ano, Levy foi contrário a colocar em prática um plano de demissão voluntária para enxugar o tamanho do BNDES. Na avaliação de fontes da equipe econômica, foi "dominado" pelo "espírito corporativo" dos funcionários do banco. Ao pedir demissão neste domingo, em mensagem enviada a Guedes, o economista agradeceu a lealdade, dedicação e determinação de sua diretoria e aos inúmeros funcionários do BNDES. Levy é a primeira baixa na equipe de Guedes. Na semana passada, o presidente demitiu três nomes importantes do alto escalão: os generais Franklimberg Ribeiro de Feitas (da presidência da Funai), Juarez Aparecido de Paulo Cunha (da presidência dos Correios) e Carlos Alberto dos Santos Cruz (ministro Secretaria de Governo). Procurado pela reportagem, Levy não se manifestou. Copyright © Estadão. Todos os direitos reservados.

Link Notícia: https://noticias.r7.com/brasil/bndes-pode-ter-enfase-em-privatizacoes-apos-saida-de-levy-17062019

Ex-Limão Com Mel, cantor Batista Lima sofre acidente com a esposa
Data: 18/06/2019

Um veículo bateu na lateral do carro de Batista Lima, que teve seu automóvel desviado para uma ribanceira da BR-232

Batista Lima, ex-vocalista da Limão Com Mel, sofreu um acidente de carro enquanto viajava de Salgueiro para Caruaru na BR-232 na tarde de segunda-feira (17). Durante o trajeto, um motorista que estava à frente do carro do músico fez uma ultrapassagem de forma brusca e retornou para a via onde trafegava o carro Batista. O veículo bateu na lateral do automóvel do cantor, que desviou para uma ribanceira da BR-232. Em vídeo, ele tranquilizou os fãs e anunciou que tanto ele quanto a mulher, que o acompanhava no momento, estão bem e não sofreram nada.

Link Notícia: https://diversao.r7.com/pop/musica/ex-limao-com-mel-cantor-batista-lima-sofre-acidente-com-a-esposa-18062019

Após separação, Juju Salimeni fala sobre crises de ansiedade
Data: 18/06/2019

Musa fitness e Felipe Franco anunciaram separação após 14 anos de relacionamento no último domingo (16)

Um dia após anunciar separação de Felipe Franco, Juju Salimeni voltou às redes sociais na noite de segunda-feira (17) para se manifestar sobre crises de ansiedade. Com um post que é uma espécie de desabafo, a musa fitness falou sobre o problema e afirmou que ansiosos também podem amar. "Sua ansiedade está mentindo pra você! Você não é um incômodo. Seu cabelo não está estranho. Essa roupa lhe cai bem. Ninguém está rindo de você. Tomar remédio não te torna incapaz. O mundo ainda tem ar. Tem muita gente querendo te abraçar. Ansiosos também conseguem amar. Nenhuma crise é eterna", escreveu Juju.

Link Notícia: https://diversao.r7.com/tv-e-entretenimento/apos-separacao-juju-salimeni-fala-sobre-crises-de-ansiedade-18062019

Aniversário Valparaíso
Data: 13/06/2019

Aniversário Valparaíso

Link Notícia:

Ator Rafael Miguel é morto ao lado dos pais em São Paulo
Data: 11/06/2019

Pai da namorada do jovem é o principal suspeito e está foragido

O ator Rafael Miguel foi assassinado na tarde deste domingo (9), no bairro Pedreira, na Zona Sul de São Paulo/SP. Conhecido pelo famoso comercial "mãe, compra brocólis", e por interpretar o personagem Paçoca na novela infantil "Chiquititas", do SBT, o jovem tinha 22 anos. Rafael foi morto ao lado do pai, João Alcisio Miguel, de 52 anos, e da mãe, Miriam Selma Miguel, de 50. Segundo a polícia, Rafael e os pais foram à casa da namorada do ator, Isabela Tibcherani, de 18 anos, para conversar com o pai dela sobre o relacionamento dos dois. Os três teriam sido mortos pelo pai da moça, que fugiu. Até o momento o suspeito foi identificado como Paulo Cupertino Matias, e teria 48 anos. Leia também: Aos 47, morre Andre Matos, ex-vocalista do Angra Cantor Serguei morre aos 85 anos no Rio A princípio, a polícia trabalha com ciúmes do pai, que não aceitava o namoro, como principal linha de investigação. Em seu perfil no Instagram, Isabela lamentou o ocorrido. "Estou bem, dentro do possível”, disse, antes de bloquear a conta. O triplo homicídio está sendo investigado pelo 98º Distrito Policial. Equipes da polícia estão em diligências para localizar e prender o autor do crime. Repercussão Nas redes sociais, colegas de trabalho lamentaram a precoce morte de Rafael. "Bizarro saber que uma crueldade dessas aconteceu, ainda mais com uma pessoa que eu conhecia. Mais vidas foram interrompidas pelas mãos de um homem. Rafael & família, descansem em paz. Que Deus conforte todos os corações. Que a justiça seja feita. Chega de assassinato", lamentou a apresentadora e atriz Maísa Silva. "Tristeza sem fim... um menino tão jovem, tão talentoso, tão querido! Uma vida toda pela frente interrompida da forma mais trágica! Que Deus recebe você e seus pais, Rafael, e que Ele consiga confortar o coração de todos que lamentam hoje a sua ida! Descansem em paz", escreveu a atriz Larissa Manoela. "O Rafael era uma das pessoas mais doces que eu já conheci, desde criança, e meu coração está doendo muito por receber essa notícia. Eu não sei nem o que dizer sobre essa violência toda, a vida do meu amigo foi tirada dele. Meus sentimentos aos familiares...", postou Giovanna Grigio, que interpretou Mili na novela "Chiquititas".

Link Notícia: https://noticias.r7.com/pernambuco/folha-de-pernambuco/ator-rafael-miguel-e-morto-ao-lado-dos-pais-em-sao-paulo-10062019

Agnaldo Timóteo ficará em isolamento hospitalar por 48 horas
Data: 11/06/2019

Assessoria de imprensa do cantor informou que medida foi tomada para preservar a saúde do cantor de 82 anos

Agnaldo Timóteo (82) terá que ficar em isolamento por até 48 horas. O cantor, que foi transferido no último sábado (8) do Hospital Geral Roberto Santos (HGRS), em Salvador, para o Hospital das Clínicas, em São Paulo, continua em estado crítico e terá que passar por novos exames. Segundo a assessoria de imprensa, será realizada uma avaliação melhor e com mais equipamentos e nem os familiares terão acesso ao músico até segunda ordem. Agnaldo Timóteo está internado desde o dia 20 de maio. O cantor sofreu um AVC (acidente vascular cerebral) e, após, um pico hipertensivo, acompanhado de vômito e glicemia baixa, ele foi internado em Barreiras e posteriormente transferido para a capital baiana. Na última sexta-feira, Agnaldo, que evoluía bem, teve retrocesso do padrão neurológico. Por essa razão, voltou a respirar por aparelhos.

Link Notícia: https://diversao.r7.com/pop/musica/agnaldo-timoteo-ficara-em-isolamento-hospitalar-por-48-horas-09062019

Suzy Rêgo diz que faliu várias vezes e admite usar bilhete único
Data: 11/06/2019

Em entrevista a Daniela Albuquerque, a atriz comentou que não tem receio de revelar que enfrenta vida comum

Suzy Rêgo revelou ter uma vida comum em entrevista ao programa Sensacional, da Rede TV!. Em conversa com a jornalista Daniela Albuquerque, ela explicou que passou por altos e baixos na vida e isso fez com que falisse diversas vezes. PUBLICIDADE "Quebrei várias vezes, não uma só. Sou uma cidadã pagadora de impostos, tenho meu bilhete único. Nós [famosos] temos que ir ao toalete, pagar plano de saúde, cuidar dos filhos", explicou. PublicidadeFechar anúncio Em seguida, ela comentou que, apesar de usar o transporte público, tem um carro. Mas não é novo. Trata-se de um Monza ano 1994, que ela comprou "com muito esforço". Casada há 14 anos com ator e mímico Fernando Vieira, Suzy falou também sobre seu namoro com o ator Paulo César Grande. "Eu amava ir com ele às peças e gravações. Ele foi um grande aliado. Percebi que estava na minha praia e comecei a me inteirar", recorda. A atriz diz que, apesar da força do ex, teve problemas com os padrões estéticos exigidos na TV. Segundo ela, isso fazia com que as mulheres vivessem sempre em busca da silhueta perfeita. "Era uma maldade o que faziam com as meninas. Era sempre um tratamento hostil", diz.

Link Notícia: https://diversao.r7.com/tv-e-entretenimento/suzy-rego-diz-que-faliu-varias-vezes-e-admite-usar-bilhete-unico-07062019

Seleção brasileira inicia trabalhos em São Paulo com Fagner no campo
Data: 11/06/2019

Time do técnico Tite estreia na Copa América contra a Bolívia, na sexta-feira (14), às 21h30, no Morumbi, na abertura da competição continental

A seleção brasileira iniciou nesta segunda-feira os trabalhos em São Paulo (SP), onde faz sua estreia na Copa América, na sexta-feira (14), às 21h30, contra a Bolívia. Tite e sua comissão técnica comandaram um treino no Pacaembu para aqueles que foram reservas na goleada sobre Honduras, no amistoso em Porto Alegre (RS). A principal novidade foi a participação de Fagner durante todo o tempo. O lateral-direito se apresentou com dores na coxa esquerda e ainda não estava fazendo atividades com o restante do elenco. Nesta tarde, o jogador do Corinthians participou do trabalho tático inteiro no estádio municipal. Miranda, Alex Sandro, Lucas Paquetá, Firmino, Éverton e Willian foram os outros convocados no gramado. Daniel Alves, Militão, Thiago Silva, Marquinhos, Filipe Luís, Casemiro, Arthur, Allan, Fernandinho, David Neres, Gabriel Jesus, Richarlison, Coutinho ficaram no hotel, fazendo atividades regenerativas. A seleção brasileira realizará mais duas atividades no Pacaembu, antes do trabalho final, no Morumbi. Será no estádio do São Paulo a estreia na Copa América: sexta-feira, às 21h30, contra a Bolívia.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/lance/selecao-brasileira-inicia-trabalhos-em-sao-paulo-com-fagner-no-campo-10062019

PSG anuncia que tratamento de Neymar irá durar quatro semanas
Data: 11/06/2019

Médico do clube e cirurgião renomado da França estão no Brasil acompanhando jogador e descartaram possibilidade de processo cirúrgico

O PSG emitiu um comunicado oficial anunciando que Neymar irá ficar em tratamento por quatro semanas para a recuperação de uma entorse no ligamento lateral externo do tornozelo direito. O atacante se lesionou na última quarta-feira, em amistoso do Brasil contra o Qatar, no Mané Garrincha, em Brasília, e não irá disputar a Copa América. Laurent Amonto, médico do PSG, e o cirurgião Gérard Saillant, membro do conselho médico do clube e responsável pela operação do brasileiro na primeira lesão na França, avaliaram o jogador. Ambos estão no Brasil e descartaram a possibilidade de cirurgia. De acordo com o clube de Neymar, o tratamento será feito em torno de uma reabilitação funcional. Não foi dito se o camisa 10 irá seguir no Brasil para realizar o procedimento. A expectativa é de que Neymar possa estar à disposição para a estreia do PSG no Campeonato Francês, em agosto.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/lance/futebol/psg-anuncia-que-tratamento-de-neymar-ira-durar-quatro-semanas-08062019

Cristiane celebra vitória na estreia: 'Passado ficou para trás'
Data: 11/06/2019

Artilheira marcou os três gols que garantiram vitória do Brasil na Copa do Mundo. Feliz com recuperação, atacante pede time ligado para próximo jogo

Autora de três gols na estreia da seleção brasileira na Copa do Mundo Feminina, Cristiane ressaltou a confiança que a vitória na estreia traz para as jogadoras. Para ela, as meninas superaram os erros cometidos durante a preparação para a competição. "Sem dúvida, a confiança é muito grande, deixamos bem claro que o passado ficou atrás. Sabemos dos erros que cometemos, não somos bobos de escondeu o que aconteceu. Tem que ficar esperto, não dá para bobear, Copa do Mundo é um jogo diferente do outro", disse a artilheira. COSME: Galvão Bueno e Casagrande pedem segunda chance a Mauro Naves Eleita como a craque da partida pelos torcedores, Cristiane sorriu bastante na entrevista após a partida. Felicidade que ficou expressa também nas palavras: "Estou muito feliz, você não tem ideia. Quem me acompanhou sabe da dificuldade que time, as lesões. É o máximo que podia contribuir, hoje sou eu, amanhã é outra menina, assim que tem que ser", complementou. O primeiro gol de Cristiane saiu aos 15 minutos da primeira etapa, em cabeceio preciso após cruzamento de Andressa Alves. No segundo tempo, mais duas bolas na rede. Primeiro, escorando cruzamento rasteiro na pequena área. Depois, em bela cobrança de falta, que bateu no travessão antes de entrar. Apesar de ter perdido um pênalti no primeiro tempo, quando a partida ainda estava 1 x 0, Andressa Alves também teve grande atuação. Ela ressaltou as palavras de motivação de Cristiane após a cobrança desperdiçada: "(Ela disse) para eu não desanimar, a jogada do outro gol dela, eu que cruzei e ela acabou fazendo o gol. Fiquei muito chateada, sou a batedora oficial, nos treinos tava dando tudo certo, mas acabei errando. Ela falou: 'Vamos continuar, a gente precisa de você'. Acabou que deu tudo certo, ainda bem que ela fez os três gols e não precisamos do pênalti", disse. Andressa também falou sobre o sentimento após a vitória, já projetando dificuldades para a próxima partida da seleção brasileira, contra a Austrália: "Com certeza, depois da sequência ruim, ganhar jogando bem, tendo um caminhão de gols, não só os que a gente fez, mas os que perdemos, dá uma confiança muito importante. Contra a Austrália vai ser complicado, o jogo da classificação", completou.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/lance/cristiane-celebra-vitoria-na-estreia-passado-ficou-para-tras-09062019

Onyx Lorenzoni troca articulador e PSL reage
Data: 11/06/2019

Parlamentares do partido criticaram ministro por dispensar Manato e nomear o também ex-deputado Abelardo Lupion para a Secretaria Especial

A demissão do ex-deputado Carlos Manato do comando da Secretaria Especial para a Câmara provocou revolta na cúpula do PSL e azedou as relações entre o partido do presidente Jair Bolsonaro e o DEM. Irritados, parlamentares do PSL criticaram duramente o ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, por dispensar Manato e nomear o também ex-deputado Abelardo Lupion para o cargo, que cuida das negociações políticas com a Câmara. Manato é filiado ao PSL e Lupion, ao DEM, mesma sigla de Onyx. Na avaliação de integrantes do partido de Bolsonaro, a dispensa - que ocorreu na sexta-feira passada, por telefone — foi "injusta" e terá consequências negativas para o Palácio do Planalto. Além do desligamento de Manato, o DOU (Diário Oficial da União) publicou nesta segunda-feira (10) as exonerações "a pedido" de outros quatro ex-deputados que atuavam com ele na secretaria. Um deles, Victório Galli Filho, também é do PSL. "Se a articulação política do governo Bolsonaro está ruim, quem tem de ser demitido é o ministro, e não os assessores", afirmou o líder do PSL na Câmara, Delegado Waldir (GO). "Esperamos que o presidente (Bolsonaro) tome um lado nessa situação porque, se ele não se manifestar, nós vamos tomar providências, que serão duras", emendou o deputado, sem adiantar a estratégia planejada. O líder do PSL afirmou, ainda, que Onyx estava "olhando para o próprio umbigo" quando trocou Manato por Lupion. Compadre do ministro, Lupion já atuava na Casa Civil desde janeiro, mas apenas como assessor especial. "Para mim, o ministro agiu com covardia, humilhando e abandonando soldados de primeira hora", criticou Delegado Waldir, ao lembrar que Manato só entrou no PSL - e foi candidato ao governo do Espírito Santo, em 2018 — a pedido de Bolsonaro. Presidente estadual do PSL, Manato não quis esticar a polêmica e tentou amenizar a crise. Afirmou que já havia combinado com Onyx sua saída por estar "sobrecarregado" e observou não ter intenção de criar estresse para o Planalto. "Eu já estava com prazo de validade vencido", disse ele. "Não tenho raiva de ninguém." Sem base Encarregado de ajudar o governo a formar uma base aliada no Congresso - e a angariar apoio para a aprovação da reforma da Previdência -, o ex-deputado despachava no mínimo duas vezes por semana no gabinete da liderança do PSL. Foi para lá porque o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), se recusou a ceder uma sala à Casa Civil. Em março, com a ajuda da CGU (Controladoria Geral da União), o governo chegou a criar uma plataforma, batizada no Planalto de "banco de talentos", na qual parlamentares podiam fazer indicações para vagas do segundo escalão. A última palavra, no entanto, sempre foi dos ministros. Nos bastidores, deputados afirmam que Manato caiu por se desentender com Onyx a respeito de nomeações do PSL, que estavam emperradas. Até hoje o governo não tem uma base de sustentação no Congresso. "O problema não é de cargos. O que não aceitamos é a falta de lealdade do ministro, que, na primeira substituição, tira o PSL para colocar alguém do DEM", reclamou Delegado Waldir. Onyx também dispensou, em fevereiro, o ex-deputado Leonardo Quintão (MDB-MG), então responsável pela Subchefia de Assuntos Parlamentares da Casa Civil. Antes, Quintão já havia sido chamado para ajudar na articulação política com o Senado, mas trombou com Renan Calheiros (MDB-AL). Procurado, Onyx não quis se manifestar sobre o anúncio das trocas. Copyright © Estadão. Todos os direitos reservados.

Link Notícia: https://noticias.r7.com/brasil/onyx-lorenzoni-troca-articulador-e-psl-reage-11062019

Bolsonaro evita caso Moro; CNMP investiga Dallagnol
Data: 11/06/2019

Moro se tornou alvo da oposição, que tenta reunir apoio para instaurar uma CPI no Congresso para investigar o caso

A divulgação das supostas mensagens trocadas entre Sergio Moro e Deltan Dallagnol, nas quais discutem detalhes da Operação Lava Jato, causou desgaste político ao ex-juiz e atual ministro da Justiça e levou o corregedor do Conselho Nacional do Ministério Público a instaurar um procedimento preliminar para apurar "eventual desvio na conduta" do procurador e de outros membros da força-tarefa em Curitiba. Moro se tornou alvo da oposição, que tenta reunir apoio para instaurar uma CPI no Congresso para investigar o caso. Representantes da área militar do Planalto saíram em defesa do ministro, mas o presidente Jair Bolsonaro não fez nesta segunda-feira (10) nenhuma manifestação pública sobre o caso. A intenção dele é conversar nesta terça-feira (11) com Moro. "O presidente da República não se pronunciará a respeito do conteúdo de mensagem e aguardará o retorno do ministro Moro para conversar pessoalmente, em princípio, amanhã", disse nesta segunda o porta-voz da Presidência, Otávio do Rêgo Barros. Segundo reportagem publicada domingo pelo site The Intercept Brasil, diálogos mostram que Moro teria orientado investigações da Lava Jato por meio de mensagens trocadas no aplicativo Telegram entre 2015 e 2018. O site - que tem entre seus fundadores Glenn Greenwald, americano radicado no Brasil que é um dos autores da reportagem — afirmou que recebeu o material de fonte anônima. O jornal O Estado de S. Paulo não teve acesso à íntegra das mensagens. De acordo com o site, há conversas escritas e gravadas nas quais Moro sugere mudança da ordem de fases da Lava Jato, além de dar conselhos, fornecer pistas e antecipar decisão a Dallagnol. Conforme o The Intercept Brasil, há referências ao processo que levou à condenação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no caso do triplex do Guarujá - pelo qual o petista foi sentenciado em terceira instância e cumpre pena de prisão na capital paranaense. Depois da divulgação das supostas mensagens, o ministro Ricardo Lewandowski, que preside a Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal, marcou para esta terça julgamento de um recurso da defesa de Lula para que ele deixe a prisão. O recurso começou a ser discutido em abril no plenário virtual do STF, mas um pedido de destaque do ministro Gilmar Mendes interrompeu o julgamento. Integrantes da Corte ouvidos reservadamente acreditam que a sessão pode servir para ministros darem recados a Moro e à força-tarefa da Lava Jato. O caso abriu entre juristas discussão sobre possíveis pedidos de anulação de sentenças na Lava Jato. Nesta segunda-feira, Moro e Dallagnol classificaram como "natural" esse tipo de conversa (mais informações na pág. A8). O ministro cumpriu compromissos em Manaus, onde afirmou que as conversas não trazem "nenhuma orientação", sem, contudo, confirmar sua autenticidade. A Polícia Federal instaurou inquéritos para apurar ataques de hackers em celulares de procuradores da República e no aparelho do ministro da Justiça. Moro deixou a magistratura em novembro passado, logo após aceitar convite para assumir o Ministério da Justiça. Ao lado de Paulo Guedes, da Economia, é considerado um dos "superministros" de Bolsonaro. Apoio Os militares do governo saíram em sua defesa. O vice-presidente Hamilton Mourão disse que Moro é alguém da "mais ilibada confiança" do presidente. "Conversa privada é conversa privada, descontextualizada ela traz qualquer número de ilações." Em texto enviado a contatos por um aplicativo de mensagens, o ministro Augusto Heleno, do Gabinete de Segurança Institucional, também apoiou o ministro: "Querem macular a imagem do dr. Sérgio Moro, cujas integridade e devoção à Pátria estão acima de qualquer suspeita". O ministro da Defesa, Fernando Azevedo e Silva, disse que Moro tem "total confiança" do governo. "Ele é um ministro, um homem de muito respeito e do bem", afirmou Azevedo e Silva após cerimônia alusiva aos 20 anos de criação da pasta. Bolsonaro, que discursou no evento, não citou o episódio e deixou o local sem falar com a imprensa. O deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), filho do presidente, foi cauteloso ao ser questionado sobre o assunto durante evento partidário em São Paulo. Ele ressaltou, no entanto, que a invasão do celular do ministro é condenável. "Parece algo arquitetado para desgastar o governo", disse, destacando que os fatos são anteriores à ida de Moro para o governo. "Acho que tem que ser perguntado aos envolvidos." Para Eduardo, a criação de uma CPI sobre o assunto "não vai prosperar". Além da CPI, oposicionistas articulam apresentar um pedido de convocação de Moro. Segundo interlocutores, os presidentes da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), foram cautelosos na avaliação dos desdobramentos do caso. O mesmo discurso de cautela foi adotado por líderes do Centrão - bloco informal na Câmara capitaneado por PP, DEM, PRB, PL (ex-PR) e Solidariedade. "Eu não vou agora fazer com esses o que eu sempre preguei o contrário para todos. O que eu defendo é que se faça com responsabilidade, somente isso, para que não haja prejulgamento", disse o deputado Aguinaldo Ribeiro (PP-PB), líder da Maioria na Câmara. Conselho Um dos principais interlocutores de Moro nas supostas conversas vazadas, Dallagnol, coordenador da força-tarefa da Lava Jato em Curitiba, terá de se explicar ao conselho do MP. "Sem adiantar qualquer juízo de mérito, observa-se que o contexto indicado assevera eventual desvio na conduta de membros do Ministério Público Federal, o que, em tese, pode caracterizar falta funcional, notadamente violação aos deveres funcionais", escreveu o corregedor Orlando Rochadel Moreira. Ele deu dez dias para que Dallagnol e os demais procuradores se manifestem. Entre as possíveis sanções estão censura, suspensão e até aposentadoria compulsória. Já o Conselho Federal e o Colégio de Presidentes Seccionais da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) recomendaram o afastamento dos envolvidos dos cargos públicos. A nota não cita nominalmente Moro nem Dallagnol. Copyright © Estadão. Todos os direitos reservados.

Link Notícia: https://noticias.r7.com/brasil/bolsonaro-evita-caso-moro-cnmp-investiga-dallagnol-11062019

Vazamento é para parar reforma, sugere Guedes
Data: 11/06/2019

Ministro particiopou de reunião do Conselho Federal da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) a convite da entidade na segunda-feira (10)

O ministro da Economia, Paulo Guedes, sugeriu na segunda-feira (10) que o vazamento de conversas entre o ministro da Justiça, Sergio Moro, quando ainda era juiz federal e a força-tarefa da Operação Lava Jato foi feito para prejudicar a tramitação da reforma da Previdência. "Não é coincidência que estoura essa bombinha toda hora. Toda hora estoura uma vendo se paralisa a marcha dos eventos", disse. Guedes participou da reunião do Conselho Federal da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) a convite da entidade. O compromisso, porém, não constava na agenda do ministro. Sua presença só foi informada oficialmente perto do fim da palestra. O ministro falava do excesso de gastos do governo e que a Previdência é hoje o principal componente dessa despesa. Em seguida, ele disse que os gastos previdenciários são o "grande buraco negro" que ameaça engolir o País "antes de terminar essa palestra". Guedes começou então a enumerar episódios que ameaçaram as negociações pela reforma da Previdência, entre eles a divulgação de áudios do então presidente Michel Temer com o empresário Joesley Batista (a partir da qual foram acusados de negociar o silêncio do ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha sobre atos de corrupção) e as denúncias contra "o filho de Bolsonaro" — o ministro não mencionou qual deles. O primogênito, o senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ), é alvo de investigação após o Coaf (Conselho de Controle de Atividades Financeiras) detectar movimentações suspeitas de recursos na conta de assessores de Flávio, na época deputado estadual no Rio de Janeiro. O caso foi revelado pelo jornal 'O Estado de S. Paulo'. Em seguida, Guedes cita que "hoje é o do Moro", referindo-se ao episódio do vazamento das conversas entre Moro e integrantes do Ministério Público Federal, como o procurador da República Deltan Dallagnol, pelo site The Intercept Brasil. Encontro. O presidente da Comissão Especial da reforma, deputado Marcelo Ramos (PL-AM), disse em sua conta no Twitter que dedicará todo o dia de hoje para "tentar blindar a reforma da Previdência dos últimos acontecimentos". Os governadores devem se reunir hoje na tentativa de manter os Estados ao alcance da proposta. O relator, deputado Samuel Moreira (PSDB-SP), também deve participar do encontro. Copyright © Estadão. Todos os direitos reservados.

Link Notícia: https://noticias.r7.com/brasil/vazamento-e-para-parar-reforma-sugere-guedes-11062019

ANP institui programa para monitorar combustíveis do país
Data: 11/06/2019

Texto estabelece, entre outras diretrizes, os requisitos para o credenciamento de laboratórios que farão as análises de qualidade dos produtos

A ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis) quer melhorar a qualidade de combustíveis comercializados no país. Com esse objetivo, a ANP editou a Resolução nº 790, de 10 de junho de 2019, publicada no DOU (Diário Oficial da União) desta terça-feira (11), instituindo o Programa de Monitoramento da Qualidade dos Combustíveis. O programa estabelece, entre outras diretrizes, os requisitos para o credenciamento de laboratórios que farão as análises dos seguintes combustíveis: etanol hidratado, gasolina C e óleo diesel B. Os resultados obtidos pelo programa serão utilizados para geração de indicadores da qualidade dos combustíveis líquidos automotivos comercializados no território nacional. “O laboratório credenciado não poderá ter vinculação, nem possuir em seu corpo administrativo ou social pessoas diretamente ligadas a produtores de combustíveis ou agentes econômicos ou instituições a eles vinculadas, tais como sindicatos e associações”, diz a resolução. O documento estabelece também que será permitido ao laboratório credenciado subcontratar, total ou parcialmente, o serviço de coleta e de transporte do material ao laboratório, “desde que permaneça integralmente responsável pelos atos do subcontratado, o qual não poderá ter vínculo societário ou administrativo com os agentes econômicos”. A ANP realizará processo licitatório para a escolha de laboratório a ser credenciado, por bloco de monitoramento, cujas regras serão definidas em edital a ser divulgado pela imprensa oficial.

Link Notícia: https://noticias.r7.com/brasil/anp-institui-programa-para-monitorar-combustiveis-do-pais-11062019

Amizade com cão ajuda menino com paralisia cerebral a voltar a falar
Data: 11/06/2019

A solidariedade ajudou Henrique em São Paulo, mas, distante do cão, ele só melhorou mesmo quando um grupo de pessoas trouxe o animal do Paraná

Por alguns meses, Henrique Gabriel Muraro, de seis anos, teve uma recaída em sua recuperação. O menino nasceu com paralisia cerebral, epilepsia e falta de monitoramento psicomotor. Chegou a apresentar uma boa evolução, principalmente depois de mudar para o Estado de São Paulo, onde, em Osasco, passa por tratamento na AACD. Mas, justamente aquilo que havia impulsionado a sua terapia, não estava mais presente. Ausência fez o menino voltar a viver momentos de desânimo. Afinal, estava longe de seu cãozinho, Pipo. Foi o pequeno animal, no início de 2018, que trouxe a certeza de que havia saída para o menino. Henrique estava praticamente sem tratamento, morando em sua cidade natal, Almirante Tamandaré (PR). Pipo foi lhe dado como um presente, de uma prima. O carinho entre ambos fez Henrique evoluir muito e serviu como um impulso. Uma verdadeira terapia inicial, que motivou a mãe, Marislaine Muraro, de 43 anos, conhecida como Mari, a vislumbrar uma cura para o filho. Quando o irmão mais velho de Henrique, Rodrigo, divulgou nas redes sociais o vídeo de Pipo esperando o menino na porta de casa, para pular dentro no ônibus e sair com ele na cadeira de rodas, a cena, corriqueira, viralizou. Acontece que, quando se transferiram definitivamente para São Paulo, em setembro último, mãe e filho se depararam com dois obstáculos. O primeiro, a falta de recursos. E o segundo, a falta de Pipo, que teve de ficar no Paraná. Sem o cachorro, Henrique aproveitou apenas parcialmente o tratamento iniciado na AACD de Osasco, conforme conta Mari. "Ele havia melhorado por causa do cachorro. Era a única terapia que meu filho tinha. Isso motivou outras terapias e me fez acreditar ainda mais na recuperação dele, a ponto de lutar com mais força por um tratamento adequado em São Paulo." Mari conta que, para chegar a São Paulo, acionou a Justiça em busca de um tratamento pago pelo poder público. E isso em parte tem ocorrido, segundo ela. Ausência do cachorro Mas, como o cachorro ficou a maior parte do tempo em Almirante Tamandaré, com Ronaldo - marido de Mari, que é motorista de ônibus escolar - e Rodrigo, Henrique perdeu a motivação. Tinha saudades daqueles olhinhos de ébano reluzindo alegria em meio à pelagem branca, mistura de yatsu com poodle. Naquele momento, o fator solidariedade começou a prevalecer. Mari só conseguiu ficar em Osasco com Henrique, porque recebeu ajuda. Primeiro de um policial, a quem conheceu logo que chegou, com o filho em cadeira de rodas, apenas com as malas. O policial dividiu com um grupo de colegas o pagamento das diárias de um hotel. Dias depois, procurando um lugar para alugar, Mari, por meio de uma placa de anúncio, se deparou com o sr. Joel Faustino de Oliveira, o Manduri, dono de um pequeno escritório de negócios imobiliários no bairro Presidente Altino, Osasco. Por coincidência, ele era conhecido do policial, que o indicou. Junto com sua família (os filhos Joel Júnior, Luciana e Patrícia Keller, entre outros), Manduri se sensibilizou com a situação de Henrique e, rapidamente, conseguiu, com a comunidade local, dividir o aluguel de cerca de R$ 1,2 mil mensais de um apartamento de dois dormitórios para Mari e Henrique. "Estávamos em uma situação desesperadora. Tínhamos a aprovação do tratamento pela AACD, mas nem sabia onde iria ficar. Está dando certo por causa da solidariedade das pessoas. Não teríamos recursos para custear tudo, nosso rendimento não é suficiente para isso", conta Mari. Manduri e a família se mostram dispostos a permanecer ao lado da mãe e do filho também no tratamento. "Alugamos um apartamento para os dois, e demos para eles o que é preciso para se ter uma vida normal. Estamos mobiliando o apartamento e comprando roupas, dando toda assistência necessária para uma vida digna." Solidariedade e evolução Apesar de toda a solidariedade, a questão da distância do cachorro atrapalhava. Manduri, então, conseguiu, novamente, dividir com outros voluntários o custo do frete do animal, em uma carreta, para Osasco. A chegada de Pipo fez Henrique voltar a sorrir. E, desta vez, Oliveira foi a testemunha. "A ligação entre os dois é muito estreita. O cachorrinho fica ao lado dele, apoia a com a boca a perna do menino, é um negócio impressionante, ajudou muito a recuperar uma série de coisas, inclusive a falar. É uma terapia, é muito importante." O tratamento - que inclui fisioterapia, fisiologia, terapia ocupacional, hidroterapia e ecoterapia - ficou mais eficiente e Henrique foi evoluindo cada vez mais, conforme afirma Mari. Leia mais: Saiba como ajudar uma pessoa com deficiência sem ser desagradável "Ele evoluiu 90%, faz coisas que eu nem imaginava. No início, o diagnóstico era pessimista. Os médicos me falavam que dificilmente ele iria falar ou se movimentar. Hoje ele já fala algumas sílabas e acredito que irá andar. A presença do Pipo foi fundamental para tudo isso. Além do tratamento, é claro. Mas sem o cachorro não seria a mesma coisa. Ele fica desanimado. Agora, meu sonho é ver meu filho independente, conseguindo andar", diz a mãe. Mas ela ainda vê dificuldades. "Se não fosse a ajuda, estaríamos muito atrasados. Ele melhorou bem, já não tem tanta queda de imunidade, se movimenta mais. Mas, se por um acaso não tivermos mais as consultas, tudo voltará à estaca zero. Ainda está difícil." O próximo passo é a compra de um andador, específico para o caso de Henrique, no valor de R$ 16 mil. Manduri já está organizando outra vaquinha e diz estar próximo de comprar o aparelho, que não é disponibilizado pelo SUS (Sistema Único de Saúde) e a AACD não possui, segundo conta. "O Henrique experimentou o equipamento e começou a andar nele. Fiquei sensibilizado com esse menino, ele tem um encanto especial. Em pouco tempo criei uma afeição enorme. Quero ajudar da maneira que puder. E, com minha família e amigos, estamos conseguindo. Não sossegarei enquanto não ver esse menino andar. E ele vai conseguir." Benefícios reais No site do Cremesp (Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo), Henrique passou por uma espécie de pet terapia, que depois evoluiu para algo semelhante a uma TAA (Terapia Assistida por Animais). E, baseado no estudo dos especialistas Johannes Odendaal e Susan Iehmann, em 2001, na África do Sul, o texto ressaltou. "Dentre as substâncias (que beneficiam o paciente no contato com o animal), há a produção de dopamina, endorfina, prolactina, oxitocina e outros hormônios ligados ao prazer, ânimo e sensação de bem-estar, além da diminuição do cortisol, hormônio do estresse. Com isso, o contato entre animais e seres humanos gera melhoras emocionais, físicas, sociais e cognitivas." Quando o menino melhora, ele ajuda também quem o cerca. Mari voltou a sorrir com a evolução do filho. E o próprio Manduri, que o conheceu apenas meses atrás, sentiu que um novo vínculo foi estabelecido em sua vida. Recompensa por isso? Manduri já tem. E revela qual é, orgulhoso. Uma das palavras que Henrique aprendeu a falar, com a ajuda do cãozinho, foi "vô". É assim que o garoto passou a chamar Manduri, numa maneira bem mais afetuosa do que apenas dizer muito obrigado.

Link Notícia: https://noticias.r7.com/brasil/amizade-com-cao-ajuda-menino-com-paralisia-cerebral-a-voltar-a-falar-11062019

Petrobras reduz em 3% preço da gasolina nas refinarias
Data: 11/06/2019

Redução passa a valer à partir desta terça-feira (11) nas refinarias da empresa. Preço na bomba deve demorar mais alguns dias para cair

A Petrobras anunciou nesta segunda-feira (10) a redução de 3% no preço da gasolina nas refinarias. De acordo com a estatal, o litro da gasolina será reduzido em R$ 0,0549 a partir desta terça (11), fazendo o preço médio cair de R$ 1,8144 para R$ 1,7595 por litro. O último reajuste no preço da gasolina nas refinarias aconteceu me em 31 de maio. Com uma queda de 7,15% no preço do combustível nas refinarias. O preço do diesel não sofreu alterações. Como as reduções foram anunciadas para o preço dos combustíveis nas refinarias, não significa que os valores cobrados pelos postos estarão mais baixos a partir de amanhã, sendo que podem demorar até os estoques dos postos acabarem.

Link Notícia: https://noticias.r7.com/brasil/petrobras-reduz-em-3-preco-da-gasolina-nas-refinarias-11062019

Segunda Turma do Supremo deve julgar hoje recurso de Lula
Data: 11/06/2019

A sessão pode servir para ministros darem recados ao ex-juiz federal Sérgio Moro e à Operação Lava Jato após vazamentos de conversas privadas

Às vésperas do ministro Ricardo Lewandowski deixar a Presidência da Segunda Turma do STF (Supremo Tribunal Federal), o colegiado deve julgar nesta terça-feira (11), um recurso do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, preso e condenado no âmbito da Operação Lava Jato, que pode colocá-lo em liberdade. Integrantes do Supremo ouvidos reservadamente pela reportagem acreditam que a sessão pode servir para ministros darem recados ao ex-juiz federal Sérgio Moro e à Operação Lava Jato, depois de o site The Intercept Brasil publicar o conteúdo vazado de supostas mensagens trocadas por Moro e o coordenador da força-tarefa da Lava Jato em Curitiba, Deltan Dallagnol. PUBLICIDADE As conversas supostamente mostrariam que Moro teria orientado investigações da Lava Jato por meio de mensagens trocadas no aplicativo Telegram. O site afirmou que recebeu o material de fonte anônima. Leia mais: Decisão do STF sobre habeas corpus de Lula pode ser ruim para ele O recurso de Lula começou a ser discutido em abril deste ano no plenário virtual do STF, mas um pedido de destaque do ministro Gilmar Mendes no dia 12 do mesmo mês interrompeu o julgamento e fez com que o processo seja discutido agora presencialmente pelos ministros. O colegiado fará nesta terça-feira sessões pela manhã e pela tarde, as últimas presididas por Lewandowski, que vai deixar o comando da turma, mas seguirá fazendo parte dela. No fim do mês, a ministra Cármen Lúcia - considerada linha dura no julgamento de investigados - vai assumir a Presidência da turma e terá o controle do que será examinado nas sessões. A turma não se reunirá na próxima semana em virtude do feriado de Corpus Christi. Em fevereiro, o ministro Luiz Edson Fachin, relator da Operação Lava Jato no STF, negou o pedido de liberdade de Lula, que está preso desde abril do ano passado na Superintendência da Polícia Federal em Curitiba. O julgamento suspenso no plenário virtual da SegundaTurma envolve um recurso de Lula contra essa decisão de Fachin. O colegiado é composto pelos ministros Ricardo Lewandowski, Gilmar Mendes, Cármen Lúcia, Edson Fachin e pelo decano do STF, ministro Celso de Mello. No caso em questão, Lula recorreu ao Supremo depois de o ministro Felix Fischer, do STJ (Superior Tribunal de Justiça), ter negado individualmente um recurso do petista contra sua condenação no caso do triplex do Guarujá. No entanto, a Quinta Turma do STJ — em decisão colegiada e unânime — confirmou em abril deste ano a condenação do ex-presidente por corrupção passiva e lavagem de dinheiro no caso do triplex do Guarujá (SP), mas reduziu a pena do petista de 12 anos e 1 mês de prisão para 8 anos, 10 meses e 20 dias de reclusão. O pedido de destaque de Gilmar Mendes no plenário virtual do Supremo foi feito antes do julgamento colegiado desse outro recurso de Lula no STJ. Ou seja: existe a possibilidade do recurso de Lula no Supremo ter "perdido o objeto" agora, já que a Quinta Turma do STJ fez ajustes na decisão monocrática de Fischer. Na prática, a decisão monocrática de Fischer, contestada por Lula no Supremo, não existe mais.

Link Notícia: https://noticias.r7.com/brasil/segunda-turma-do-supremo-deve-julgar-hoje-recurso-de-lula-11062019

Petrobras recebe mais R$ 265 milhões por acordo da Braskem
Data: 11/06/2019

Montante é fruto do acordo de leniência celebrado entre a Braskem com a Controladoria-Geral da União e a Advocacia-Geral da União

A Petrobras informou nesta segunda-feira que recebeu mais cerca de R$ 265 milhões em decorrência de acordo de leniência da Braskem celebrado com a CGU (Controladoria-Geral da União) e a AGU (Advocacia-Geral da União). A petroquímica, controlada por Odebrecht e Petrobras, já havia devolvido R$ 564 milhões à Petrobras em 2017 e 2018, em razão do acordo de leniência firmado com o Ministério Público Federal, que somado ao valor restituído agora perfaz o montante aproximado de R$ 828 milhões. Acordos de leniência com gigantes da Lava Jato já somam R$ 8,9 bilhões "Cabe destacar que o total de recursos transferidos para a Petrobras em decorrência dos acordos de colaboração, acordos de leniência e repatriações, realizados em razão da Operação Lava Jato, ultrapassa o montante de R$ 3,5 bilhões", disse a Petrobras. Copyright © Thomson Reuters.

Link Notícia: https://noticias.r7.com/brasil/petrobras-recebe-mais-r-265-milhoes-por-acordo-da-braskem-10062019

Mulheres são as mais afetadas pela barragem de Mariana, diz pesquisa
Data: 11/06/2019

Psicóloga da UFMG acompanhou a situação das vítimas do rompimento por dois anos e concluiu que as mulheres têm dificuldades em garantir direitos

Foram quase três anos de luta para a trabalhadora rural Maria José Carneiro, de 32 anos, ter reconhecida a perda de renda provocada pelo rompimento da barragem da Samarco, em Mariana, a 110 km de Belo Horizonte, em novembro de 2015. Ela é uma das mulheres que, segundo uma pesquisa da UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais), representam o grupo mais afetado pela tragédia. A psicóloga Débora Diana da Rosa, do grupo de pesquisas Conexões e Saberes, investigou o impacto do estouro da barragem na vida das moradoras da região durante dois anos e meio. Segundo ela, além da perda de amigos, familiares e das casas, as mulheres dos distritos atingidos tiveram que lidar com outros problemas. — Elas foram extremamente vitimizadas na negação de direitos de reparação. Algumas trabalhadoras informais perderam a fonte de renda e tiveram dificuldade em provar a situação. Débora destaca que, nestes casos, as mulheres ficaram dependentes economicamente dos maridos. Para a pesquisadora, o controle financeiro também é viabilizado pelo fato de eles ficarem responsáveis pelos cartões de repasses fornecidos pelas empresas donas da barragem. Maria José trabalhava em uma fazenda que foi cercada pela lama de rejeitos. Com isso, a produção no local foi interrompida e, a demissão, inevitável. Com medo de perder direitos trabalhistas, a produtora rural negociou com o patrão de manter a carteira assinada sem ela receber o pagamento até que conseguisse receber os benefícios que tinha direito. Contudo, a espera foi maior do que ela imaginava. — Eu expliquei toda situação para a Fundação Renova, ainda assim eles negaram os meus pedidos. Só no final do ano passado, a equipe disse que, para provar tudo, o meu ex-patrão teria que ir lá explicar o que houve. Só assim consegui ter meu direito reconhecido. Além de lutar para receber o repasse de um salário mínimo da Renova – fundação criada para reparar os danos da tragédia – Maria José, que está desempregada, divide as atividades de casa na defesa de outros direitos para as vítimas da tragédia. Segundo a psicóloga Débora Rosa, essa situação provocou uma sobrecarga, principalmente, para as mulheres. — Elas ficaram sobrecarregadas porque se tornaram responsáveis pelas crianças e adultos que se adoeceram, além de ter que atender às demandas das reuniões de negociações. Elas são mais presentes do que os homens. Essas mulheres entendem a importância da luta, mas sentem o peso da responsabilidade. Rompimento PublicidadeFechar anúncio A barragem de Fundão, da mineradora Samarco, rompeu no dia 5 de novembro de 2015. O caso é considerado a maior tragédia ambiental do Brasil. Foram 62 milhões de metros cúbicos de rejeito de minério de ferro despejados no meio ambiente. A lama atingiu o rio Doce e chegou até o oceano Atlântico, no Espírito Santo. Dezenove pessoas morreram, sendo que um corpo não foi encontrado até hoje. No total, 362 famílias dos distritos de Bento Rodrigues, Paracatu de Baixo e Gesteira ficaram desabrigadas e foram realocadas em casas alugadas pela Samarco. A previsão da Fundação Renova é de que as casas dos moradores de Bento Rodrigues fiquem prontas em 2020. Outro lado Em nota, a Fundação Renova diz que pauta seu trabalho pelo respeito aos direitos humanos, sem tolerar qualquer tipo de discriminação e que paga os mesmos valores a mulheres ou homens que tenham sofrido os mesmos danos. Confira a nota, na íntegra: A Fundação ressalta que pauta seu trabalho pelo respeito aos direitos humanos de todas as pessoas com as quais se relaciona, sem tolerar qualquer tipo de discriminação por origem, raça, cor, gênero, idade, orientação sexual, religião ou opinião política, entre outros, em seus programas, projetos e ações. O tratamento igualitário e isonômico às pessoas e suas ocupações é um dos princípios norteadores das políticas de indenização. Dessa forma, os valores pagos a uma agricultora que tenha tido sua atividade econômica impactada são os mesmos destinados a um agricultor que tenha sofrido os mesmos danos em extensão e intensidade. Contudo, ciente de que a desigualdade de gênero ainda é uma realidade estrutural na sociedade brasileira, conforme apontado por diversos estudos, pesquisas e estatísticas oficiais, a Fundação entende que é importante a construção de políticas afirmativas sobre esse tema. A implantação do TAC Governança, em agosto de 2018, que inclui a participação de atingidos nos processos decisórios, possibilita a ampliação deste debate com a participação social das mulheres nesse processo, via comissões locais e assessorias técnicas, que serão escolhidas pelas comunidades. A Fundação está aberta ao diálogo e reitera o seu compromisso na construção de medidas que contribuam para a promoção da afirmação de gênero no âmbito do processo de reparação.

Link Notícia: https://noticias.r7.com/minas-gerais/mulheres-sao-as-mais-afetadas-pela-barragem-de-mariana-diz-pesquisa-11062019

Canadá vai proibir plásticos descartáveis até 2021
Data: 11/06/2019

O primeiro-ministro canadense lembrou que menos de 10% do plástico utilizado no país é reciclado. União Europeia já implantou medida semelhante

O primeiro-ministro do Canadá, Justin Trudeau, informou que o país vai proibir plásticos descartáveis, como sacolas plásticas e canudos, até 2021. A medida foi anunciada nessa segunda-feira (10), como uma forma de combater a poluição ambiental dos oceanos causada por plásticos descartáveis. O primeiro-ministro lembrou que menos de 10% do plástico utilizado no Canadá é reciclado. Ele afirmou que empresas que produzem produtos plásticos, ou que vendem itens como embalagens plásticas, serão responsáveis pela coleta e reciclagem do resíduo. Trudeau disse que a decisão sobre quais itens serão proibidos será baseada em evidência científica, replicando de forma similar as medidas tomadas pela União Europeia. A imprensa canadense informou que garrafas plásticas provavelmente irão figurar entre os produtos proibidos. Nações industrializadas vêm enfrentando o problema de como descartar montanhas de lixo plástico desde que a China proibiu a importação dos resíduos, em janeiro do ano passado devido a preocupações ambientais. A China era a maior importadora de resíduos plástico do mundo.

Link Notícia: https://noticias.r7.com/internacional/canada-vai-proibir-plasticos-descartaveis-ate-2021-11062019

Prefeitura anuncia projeto de revitalização do Anhangabaú
Data: 11/06/2019

Meta da gestão municipal é entregar o espaço reformado em junho do ano que vem com o custo de R$ 80 milhões. Projeto teve início na gestão Haddad

O prefeito Bruno Covas (PSDB) anunciou nesta segunda-feira (10), o início das obras de revitalização do Vale do Anhangabaú, na região central de São Paulo, que vai receber cafés, floriculturas e áreas verdes. A meta é entregar o espaço reformado em junho do próximo ano e o investimento será de R$ 80 milhões. A manutenção deve ser realizada pela iniciativa privada. O projeto de revitalização do local começou a ser elaborado em 2013, na gestão Fernando Haddad (PT). Em 2014, bancos, decks de madeira, paraciclos e áreas para atividades culturais chegaram a ser instalados na região. A previsão inicial era de que as obras custariam R$ 100 milhões e teriam início em 2016. A verba teria recursos da Operação Urbana Centro. "O projeto vem da administração passada e não tinha sentido jogá-lo no lixo. O objetivo é que o Anhangabaú deixe de ser um espaço de passagem e se torne um ambiente de convivência. Vamos melhorar a acessibilidade e a iluminação com foco no pedestre para que as pessoas se apropriem desse espaço de manifestação cultural e política", diz Covas. O projeto prevê a instalação de 850 pontos de jatos d'água, que poderão ser utilizados como fontes luminosas e se tornar uma atração no espaço. A realização de shows e eventos e a circulação de pedestres serão mantidas durante as obras. "Não faremos o fechamento total. A obra será em etapas", afirma o secretário municipal de Desenvolvimento Urbano, Fernando Chucre. Segundo ele, este é um dos 34 projetos do programa de requalificação do centro, que envolve ainda a recuperação dos calçadões do Triângulo Histórico - que compreende as Ruas Benjamin Constant, Boa Vista e Líbero Badaró, revitalização do Largo do Arouche, criação dos Parques Augusta e Minhocão, assim como o Projeto de Intervenção Urbana (PIU) Setor Central. Nos próximos meses, a Prefeitura vai debater como será realizada a manutenção após a conclusão das obras. "Estamos estudando quais os modelos de concessão que poderiam ser adotados, considerando que ele pode ser utilizado para a realização de eventos, tem 13 pequenas edificações que podem ser exploradas comercialmente e, no entorno, tem uma série de equipamentos públicos que poderiam ser concedidos", afirma Chucre. Profissionais que atuam com bancas de jornal estão preocupados com o andamento das obras e possíveis transtornos. Eles relatam que as obras tiveram início na semana passada. PublicidadeFechar anúncio Nesta segunda-feira, britadeiras e escavadeiras já estavam sendo utilizadas no local. "Não é só a questão do barulho, mas o tanto que vai demorar. Para a região, a obra pode ser boa. Não sei se vai ser para mim", diz a proprietária da Banca Anhangabaú Iva Rabelo. Skatistas também têm dúvidas sobre a proposta. "A gente quer que mantenham as características e façam obras para melhorar, porque o Anhangabaú representa muito para a história do skate", afirma o esportista profissional Murilo Romão, de 30 anos. Já o analista de redes Frank Henrique Tibúrcio, de 27 anos, aprovou. "Gosto dessa área. Já melhorou bastante nos últimos dois anos, porque era uma região muito largada. Estava precisando de uma obra." Governo Em nota, a Prefeitura informou que a proposta foi elaborada com base em debates com diferentes segmentos da sociedade e várias atividades poderão ocorrer simultaneamente, incluindo a prática de skate. "A requalificação do Vale envolve a criação de um espaço de 787 m² voltado inteiramente para a prática de skate, com obstáculos e percurso para o desenvolvimento do esporte." Sobre o prazo para conclusão das obras, a SPObras informou que os trabalhos se encerrarão em junho de 2020. E a partir desta quinta-feira serão iniciadas conversas com comerciantes e donos de bancas de jornal. Copyright © Estadão. Todos os direitos reservados.

Link Notícia: https://noticias.r7.com/sao-paulo/prefeitura-anuncia-projeto-de-revitalizacao-do-anhangabau-11062019

Ludmilla revelou romance com bailarina após ser 'ameaçada'
Data: 04/06/2019

Pessoas que descobriram o romance estavam chantageando e ameaçando a cantora, que resolveu se livrar disso contando a verdade aos fãs

Não é de hoje que Ludmilla vive um romance com a bailarina Brunna Gonçalves. As duas engataram um affair há dois anos, e estão juntas há pelo menos oito meses. Mas o 'segredinho' da cantora estava lhe causando problemas. O KTV apurou que pessoas que descobriram o romance estavam chantageando e ameaçando Ludmilla. Eram telefonemas, e-mails anônimos e mensagens diretas via rede social. Cansada, a cantora resolveu tomar coragem e abrir o coração. Se livrou ao mesmo tempo de dois pesos: o de manter um namoro em segredo e dos chantagistas de plantão. Tanto que é que a mãe de Lud, Silvana Oliveira, não só apoiou a revelação da cantora como mandou recado nas redes sociais pasra quem estava ameaçando contar o "segredo" da funkeira. "Gente, eu estou desde cedo me segurando, mas me segurando, para fazer essa pergunta que eu não tô conseguindo me conter. Estou tão feliz, mas tão feliz. A pergunta é a seguinte: ei, você aí mesmo! O que você vai fazer com esse segredinho agora? Enfia no c*, né? Sorry", afirmou ela, aos risos. Mais cedo nas redes sociais, a mãe da Ludmilla postou mensagens apoiando o romance. "Deixem as pessoas se assumirem e serem felizes. Deve ser uma mer .. viver de mentiras. A felicidade de vocês é a minha. Que Deus abençoe muito vocês. Eu amo até depois do fim", declarou. Ludmilla agora quer viver livre, leva e solta. Tanto é que já apareceu na noite de segunda-feira (2) oficialmente ao lado de Brunna Gonçalves em um evento no Rio. Antes de Brunna, a cantora já havia namorado outra bailarina.

Link Notícia: https://diversao.r7.com/prisma/keila-jimenez/ludmilla-revelou-romance-com-bailarina-apos-ser-ameacada-04062019

Joe Jonas afirma que Diplo 'arruinou' casamento com Sophie Turner
Data: 04/06/2019

Em entrevista para a rádio Capital Breakfast, o cantor deu detalhes da cerimônia secreta e falou da relação do DJ com as redes sociais

A cerimônia de casamento de Joe Jonas e Sophie Turner, em 1º de maio, só não foi completamente secreta porque o DJ Diplo compartilhou imagens nos stories do Instagram. Em entrevista para a rádio Capital Breakfast, em que todos os irmãos Jonas estavam presentes, Joe falou que Diplo "arruinou" o casamento privado dele com a atriz de Game of Thrones por ter feito as filmagens. "Ele estragou tudo", brincou Joe. "Eu amo o Diplo, mas ele ama seu Instagram mais do que um menino de 13 anos de idade", disse. "Ele posta a cada cinco segundos. Ele, literalmente, transmitiu ao vivo com filtros de cachorro", completou. Apesar disso, o cantor disse que ele e Sophie riram de tudo. "Nós amamos. Achamos que foi ridículo", disse Jonas. Joe e Sophie selaram a união depois do Billboard Music Awards, onde os Jonas Brothers se apresentaram. O assessor da atriz confirmou o casamento, e o cantor Diplo publicou algumas imagens nos stories do Instagram, mostrando o local e a entrada da noiva. Um imitador de Elvis Presley foi quem oficializou a união, e os cantores country Dan + Shay cantaram a música Speechless enquanto Sophie Turner caminhava até o noivo. Copyright © Estadão. Todos os direitos reservados.

Link Notícia: https://diversao.r7.com/pop/musica/joe-jonas-afirma-que-diplo-arruinou-casamento-com-sophie-turner-31052019

Mark Ronson, parceiro de Lady Gaga em 'Shallow', lança disco
Data: 04/06/2019

Britânico ficou conhecido por seu trabalho como produtor musical e acaba de divulgar o álbum 'Late Night Feeling', que conta com diversas parcerias

O britânico Mark Ronson ficou conhecido, acima de tudo, por seu trabalho como produtor musical. Ele próprio admite que sempre se sentiu mais produtor do que qualquer outra coisa. Seu trabalho, que sempre foi mais intenso a partir das sessões de gravação, ganhou em seu novo álbum, Late Night Feeling, uma nova ordem. "Em meus outros álbuns, a batida veio primeiro", ele diz ao Estado, numa conversa por telefone direto de Londres. "Este é um pouco diferente, vem de um lugar mais emocional. Pensei na produção depois." A produção, inclusive, ele não fez totalmente sozinho. Ganhou um tempero do americano Diplo, conhecido por suas músicas com o Major Lazer - grupo que, em 2017, apresentou a parceria Sua Cara com Anitta e Pabllo Vittar. O resultado vai poder ser visto no dia 21 de junho, quando Late Night Feelings será lançado. As composições causaram impacto sobre o processo de desenvolvimento do disco, algo incomum para Ronson. Foi a partir de uma música feita ao lado da cantora sueca Lykke Li que o conceito do álbum surgiu. "Lykke entrou cedo no processo. Ela veio com a letra da música Late Night Feelings e dali eu já sabia que este seria o título do disco." A parceria com Li rendeu bons frutos e Mark Ronson incluiu outra canção com ela no projeto, intitulada 2 AM, que mantém a mesma temática. Produtor, Mark conta com a colaboração de cantores em suas músicas. Ele afirma que, inicialmente, não foi proposital, mas o novo disco acabou tendo apenas vozes femininas. "Foi meio que sem querer, mas adoro as vozes delas. Foi uma combinação de coincidências." Além de Lykke Li, o disco conta com Miley Cyrus, Camila Cabello, Alicia Keys, King Princess, Yebba, Angel Olsen, Diana Gordon e Ilsey Juber. Foi a música com a ex-estrela teen Miley Cyrus, Nothing Breaks Like a Heart, inclusive, a escolhida como carro-chefe do disco, lançada já no final de 2018. "Eu não a conhecia pessoalmente, mas a vi na TV há uns quatro anos cantando country e comecei a mandar mensagens. Passei quatro anos atrás dela", conta. Shallow Em seu último álbum, Uptown Special (2015), Ronson contou com um time majoritariamente de cantores masculinos, como Bruno Mars e Stevie Wonder. Ele, no entanto, sempre foi mais conhecido por suas parcerias com mulheres. Seus primeiros prêmios do Grammy vieram com o icônico disco Back To Black, lançado por Amy Winehouse em 2006. PublicidadeFechar anúncio Além de ter vencido por sete vezes o Grammy, Mark Ronson se tornou também, em 2019, um vencedor de Oscar - e ainda por uma colaboração com uma cantora. A música Shallow, de Lady Gaga, feita em parceria com ele, Andrew Wyatt e Anthony Rossomando para o filme Nasce Uma Estrela, foi eleita a melhor canção original da premiação deste ano. "Estou muito feliz. Oscar, e até mesmo o Grammy, parecem coisas que estão além do nosso alcance", ele analisa. "Estou orgulhoso, especialmente por Lady Gaga." Ele afirma que o trabalho ao lado de Lady Gaga, não apenas na trilha de Nasce Uma Estrela, assim como no seu disco Joanne (2016), certamente influenciou Late Night Feelings. "O Joanne e a música Shallow são composições mais nuas. Tanto me influenciou que usei a mesma guitarra do Joanne em Nothing Breaks Like a Heart." Shallow fez um sucesso estrondoso no mundo inteiro e passou semanas no topo das principais paradas musicais. Recentemente, a canção ganhou uma versão em português, intitulada Juntos, da cantora brasileira Paula Fernandes, gravada ao lado de Luan Santana. Mark diz que não chegou a ouvir a versão, mas fica feliz que ela exista. "Eu acho que é um dos melhores elogios que você pode receber, saber que a sua música alcançou tantas pessoas." Durante a temporada de premiações deste ano, quando Lady Gaga se apresentou com Shallow nas cerimônias do Grammy e do Oscar, Ronson estava em sua banda, tocando guitarra. "Ela tem uma das vozes mais poderosas", elogia. "Uma vez, durante um ensaio, ela soltou uma nota tão potente que eu esqueci completamente o que estava fazendo." Ronson diz que adoraria sair em turnê com o Late Night Feelings e com as cantoras que dão voz ao disco. "Mas é difícil conseguir juntar tantas artistas diferentes no mesmo palco. Talvez eu comece com a ideia de sair em turnê com a Lykke Li." As informações são do jornal O Estado de S. Paulo. Copyright © Estadão. Todos os direitos reservados.

Link Notícia: https://diversao.r7.com/pop/musica/mark-ronson-parceiro-de-lady-gaga-em-shallow-lanca-disco-03062019

Ex-marido de acusadora de Neymar critica jogador por expor seu filho
Data: 04/06/2019

Estivens Alves ressalta que filho não está indo para escola por conta do caso, destaca que jovem é uma boa mãe e que está tentando blindar o menino

Estivens Alves, ex-marido da jovem que acusou Neymar de estupro, reclamou da atitude do jogador de expôr o nome do filho na troca de mensagens feita com a mulher. Em entrevista ao 'Extra', o paulista ressaltou que a vida e rotina do menino mudou e que o filho não está indo mais para a escola, nem usando mais a internet. - Estamos levando a vida. Expuseram o meu filho, o Neymar fez isso, colocou o nome do meu filho lá. Ele não está indo na escola por causa disso, está uma doideira. É muito baixo tudo isso. Está bem difícil. Eu sou uma pessoa centrada, mas isso está me deixando sem cabeça - revelou Consequências O relacionamento de Estivens com a jovem durou sete anos. O casal, porém, mantém uma boa relação por conta do filho. O pai ficou com o menino enquanto a ex-mulher viajou para a Europa. O paulista revelou que a jovem está com falta de apetite, retraída e não está sabendo lidar com a pressão psicológica do caso. - Quando ela retornou, estava muito calada, bem retraída nos últimos dias. E continuou sendo assim. Tenho conversado com ela, está bem confiante, mais tranquila, mas muito chateada com o que está acontecendo. Quando ela foi para lá tinha uma intenção e lá aconteceu tudo diferente. Fisicamente, ela não está bem, me disse que está emagrecendo porque não consegue comer, não consegue fazer nada... - disse o paulista Exposição Por fim, Estivens destacou que a ex-mulher é uma boa mãe e que sempre cuidou bem do filho, mas que no momento não está deixando o menino usar a internet, até por conta do fato do garoto ser muito fã de Neymar e sempre assistir os vídeos do jogador. - Meu filho mora com ela, mas fica muito comigo também. Eles estão em outro lugar agora, que não vou divulgar, para evitar aina mais a exposição dele. Ela está cuidando, tendo esse zelo. Cortou o acesso dele à internet e redes sociais porque ele gosta muito do Neymar, assiste tudo que envolver o jogador. Não é agradável ver a mãe exposta como o Neymar fez com ela - finalizou

Link Notícia: https://esportes.r7.com/lance/futebol/ex-marido-de-acusadora-de-neymar-critica-jogador-por-expor-seu-filho-04062019

Não haverá aumento ou novos impostos, afirma Bolsonaro
Data: 04/06/2019

Secretário da Receita, Marcos Cintra, tem defendido a criação de imposto sobre transações para cobrir o fim de tributos sobre a folha de pagamentos

O presidente da República, Jair Bolsonaro, afastou a possibilidade de criar novos impostos ou aumentar valores de taxas já existentes. "Da minha parte, está descartada qualquer possibilidade de novo imposto ou majorar qualquer imposto, isso não existe", disse, após participar de um churrasco na residência de um amigo no Lago Sul, em Brasília. O secretário da Receita, Marcos Cintra, tem defendido a criação de um imposto sobre transações para cobrir o fim de tributos sobre a folha de pagamentos. Por outro lado, a Câmara discute outro projeto de reforma tributária de autoria do deputado Baleia Rossi (MDB-SP). "O Cintra, com todo respeito, é um secretário. Acima dele, está o Paulo Guedes, depois estou eu. A gente não admite falar em volta da CPMF, você pode até inventar um novo nome para agregar um montão de imposto, mas que não represente no final da linha tirar dinheiro da mão do povo", disse Bolsonaro. O presidente declarou ter a intenção de que cada vez menos o Estado interfira na vida das pessoas. Sobre o projeto de reforma tributária que a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara aprovou, ele disse estar aguardando a equipe econômica avaliar para emitir uma opinião. "Eu quero mais que o Parlamento tenha protagonismo em tudo que faz. Não faço questão de ser o pai da criança de nada. Se o Parlamento fizer uma boa reforma tributária, a gente apoia lá, bate palmas, desde que melhore a vida de todo mundo, diminua a carga tributária, simplifique a vida do empreendedor, tudo isso é bem-vindo." Copyright © Estadão. Todos os direitos reservados.

Link Notícia: https://noticias.r7.com/brasil/nao-havera-aumento-ou-novos-impostos-afirma-bolsonaro-01062019

Após início devagar, Dudu já é quem mais participa de gols no Palmeiras
Data: 04/06/2019

Atacante fez quatro gols e deu dez assistências na temporada. O jogador tem melhor primeiro semestre com a camisa alviverde de sua carreira

Dudu começou a temporada com pouco destaque, mas recuperou o tempo perdido neste fim de primeiro semestre. Com quatro gols (o último marcado contra a Chapecoense) e dez assistências em 28 partidas, o camisa 7 já é quem mais participou diretamente de gols no Palmeiras em 2019. Gustavo Scarpa, segundo colocado na lista, teve atuação efetiva em dez gols (sete marcados por ele e outras três assistências). Ricardo Goulart, que já voltou para o Guangzhou Evergrande (CHN), em sete (quatro gols e três assistências) é o terceiro (veja a lista abaixo). O início mais lento foi motivo de uma brincadeira seguida de elogio de Luiz Felipe Scolari, no domingo. O técnico tem dito que, estatisticamente, o camisa 7 começa a apresentar melhores números no decorrer da temporada. - (Dudu) Vem atuando muito bem. Janeiro, não...fevereiro... o Dudu não é de jogar em janeiro e fevereiro, pode esquecer. De março em diante a gente passa a contar com o Dudu, vamos colocando e ele vai acrescentando um pouco na sua qualidade - disse o técnico. O primeiro semestre de 2019, inclusive, é o melhor do atacante no Palmeiras. De 2016 a 2018, ele teve atuação direta em 13 gols nos seis meses iniciais de cada temporada - em 2015, foram dez. Ele ainda tem os jogos contra Athletico e Avaí até a pausa para melhorar os quatro gols e dez assistências até aqui. Participação direta em gols no Palmeiras: PublicidadeFechar anúncio 1º - Dudu: 14 (quatro gols e quatro assistências) 2º - Gustavo Scarpa: 10 (sete gols e três assistências) 3º - Ricardo Goulart: 7 (quatro gols e três assistências) 4º - Deyverson: 6 (cinco gols e uma assistência) - Marcos Rocha: 6 (três gols e três assistências) 5º - Bruno Henrique: 5 (três gols e duas assistências) - Zé Rafael: 5 (três gols e duas assistências) - Hyoran: 5 (dois gols e três assistências) - Moisés: 5 (dois gols e três assistências)

Link Notícia: https://esportes.r7.com/lance/apos-inicio-devagar-dudu-ja-e-quem-mais-participa-de-gols-no-palmeiras-04062019

Mercado reduz projeção de crescimento econômico pela 14ª vez
Data: 04/06/2019

Estimativa de inflação, calculada pelo IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo), caiu de 4,07% para 4,03% este ano

A estimativa do mercado financeiro para o crescimento da economia caiu pela 14ª vez seguida. É o que mostra o boletim Focus, do BC (Banco Central), divulgado nesta segunda-feira (3) em Brasília. A projeção para a expansão do PIB (Produto Interno Bruto) — a soma de todos os bens e serviços produzidos no país — desta vez foi reduzida de 1,23% para 1,13%. Para 2020, a projeção foi mantida em 2,50%, assim como para 2021 e 2022. Inflação A estimativa de inflação, calculada pelo IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo), caiu de 4,07% para 4,03% este ano, foi mantida em 4% para 2020, e em 3,75% para 2021 e 2022. A meta de inflação de 2019, definida pelo CMN (Conselho Monetário Nacional), é de 4,25% com intervalo de tolerância entre 2,75% e 5,75%. A estimativa para 2020 está no centro da meta: 4%. Essa meta tem intervalo de 1,5 ponto percentual para cima ou para baixo. Para 2021, o centro da meta é 3,75%, também com intervalo de tolerância de 1,5 ponto percentual. O CMN ainda não definiu a meta de inflação para 2022. Taxa básica de juros Para controlar a inflação, o BC usa como principal instrumento a taxa básica de juros, a Selic. Para o mercado financeiro, a Selic deve permanecer no seu mínimo histórico de 6,50% ao ano até o fim de 2019. Para o fim de 2020, a projeção permanece em 7,25% ao ano. Para o fim de 2021, a previsão foi mantida em 8% ao ano e para o final de 2022, segue em 7,50% ao ano. A Selic, que serve de referência para os demais juros da economia, é a taxa média cobrada nas negociações com títulos emitidos pelo Tesouro Nacional, registradas diariamente no Selic (Sistema Especial de Liquidação e de Custódia). A manutenção da Selic este ano, como prevê o mercado financeiro, indica que o Copom considera as alterações anteriores nos juros básicos suficientes para chegar à meta de inflação. Ao reduzir os juros básicos, a tendência é diminuir os custos do crédito e incentivar a produção e o consumo. Para cortar a Selic, a autoridade monetária precisa estar segura de que os preços estão sob controle e não correm risco de ficar acima da meta de inflação. Quando o Copom aumenta a Selic, a meta é conter a demanda aquecida, e isso causa reflexos nos preços porque os juros mais altos encarecem o crédito e estimulam a poupança. Dólar A previsão do mercado financeiro para a cotação do dólar permanece em R$ 3,80 no fim de 2019 e de 2020

Link Notícia: https://noticias.r7.com/economia/mercado-reduz-projecao-de-crescimento-economico-pela-14-vez-03062019

Lateral Caju agrada Sampaoli, mas concorrência dificulta retorno
Data: 04/06/2019

No elenco do Santos, há Jorge e Felipe Jonatan, que têm feito boas atuações. Técnico argentino viu uma evolução defensiva do atleta no Apoel-CHI

O lateral-esquerdo Caju, que ainda pertence ao Santos, agradou o técnico Jorge Sampaoli. O argentino, inclusive, solicitou a reapresentação do jogador nos próximos dias, porém sem sucesso. O motivo foi por Caju não ter férias desde dezembro de 2017. Em maio do ano passado, o jogador foi emprestado ao Apoel-CHI. Com isso, a diretoria do Santos pediu a reapresentação do defensor daqui três semanas. A concorrência na lateral esquerda também dificulta uma possível renovação do atleta com o Santos. No elenco, há Jorge e Felipe Jonatan, que têm feito boas atuações e foram contratados no início deste ano. O primeiro, porém, está emprestado até o fim deste ano pelo Mônaco-FRA. Após ver vídeos de Caju no Apoel, Sampaoli viu uma evolução do atleta na parte defensiva. No clube do Chipre, o atleta atuou 40 vezes, marcou três gols e deu cinco assistências. O estafe tem trabalhado com cautela nas propostas. Há interesse de clubes brasileiros, europeus, mexicano e mundo árabe. Todas negociações visam o contrato com o atleta em definitivo. No Santos, Caju nunca foi unanimidade. Ele subiu ao profissional do Alvinegro em 2014, mas não se firmou. O Peixe tem 10% dos direitos econômicos em uma futura venda do atleta. Seu valor de compra é fixado em 1,5 milhão de euros (R$ 6,2 milhões). O contrato com o Santos é válido até o fim deste ano.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/lance/lateral-caju-agrada-sampaoli-mas-concorrencia-dificulta-retorno-04062019

Desemprego e variação econômica favorecem dívidas, diz economista
Data: 04/06/2019

Maior parte das dívidas está ligada aos bancos (52%), incluindo déficit nos cartões de crédito, cheque especial, financiamentos e empréstimos

Dados mais recentes da CNDL (Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas) e do SPC Brasil (Serviço de Proteção ao Crédito) revelam que os consumidores com contas em atraso e registrados no cadastro de inadimplentes vêm perdendo fôlego entre os brasileiros. Em abril, o levantamento mostra que a inadimplência cresceu 2% no mês na comparação com o mesmo período do ano passado. O índice confirma a desaceleração do avanço das pessoas que estão no negativo, que vem nesse ritmo desde novembro de 2018, quando a variação foi 6%. Apesar de os números mostrarem melhora, o Brasil ainda registra cerca de 62,6 milhões de inadimplentes. Os números representam mais de 40% da população adulta. Os dados do volume de dívidas em nome de pessoas físicas registraram uma queda de 1,23% em abril deste ano em relação com 2018. Abril foi o quarto mês seguido com recuo no Indicador de Inadimplência PF (Pessoa Física). A pesquisa realizada pela CNDL e pelo SPC Brasil também levantou os números por setor. Os dados apontam que a maior parte das pendências (52%) está ligada aos bancos, que envolvem dívidas com cartão de crédito, cheque especial, financiamentos e empréstimos. Comércio, comunicações, água e luz são os segmentos que aparecem em seguida, com respectivamente, 17%, 12% e 10%. Atualmente o Brasil tem mais de 13,2 milhões de brasileiros desempregados, segundo o IBGE. De acordo com Renan Menezes, economista da Genial Investimentos, esse fator combinado com a instabiliade econômica interfere na quitação de dívidas. "Quanto maior a imprevisibilidade no cenário econômico, mais difícil se torna a tomada de decisão pelos agentes econômicos. Em momentos instáveis, empresários menos confiantes contratam menos, e o fantasma do desemprego toma conta do mercado. Aliado a isso, o Brasil possui um histórico de juros e inflação alta, o que torna ainda mais difícil um bom planejamento financeiro", afirmou. Menezes ainda comentou que a variação da economia favorece o endividamento das pessoas. "O Brasil historicamente possui uma das maiores taxas de juros reais do mundo, como também um dos maiores “spreads” bancários [diferença do preço entre compra e venda das operações financeiras]. Somado isso a um cenário instável, os investidores preferem deixar seus recursos nos bancos, o dinheiro some do mercado, o empresariado não contrata e o desemprego tende a permanecer em patamares elevados. Esse juro alto, que é ótimo para os investidores, é péssimo para os tomadores de empréstimos, que além da incerteza do emprego, pagam ainda mais pelas suas dívidas." Para Laila Rebouças, economista da Genial Investimentos, quem quer limpar o nome precisa cortar gastos. "Cortar gastos excessivos, não cair na armadilha de aderir a novos empréstimos ou a novos instrumentos de crédito, como novos cartões que são ofertados sem análise ao SPC ou Serasa. É necessário pensar friamente e analisar quais acordos realmente valem a pena", comentou. Campanha de renegociação da Caixa Na terça-feira (28), a Caixa Econômica Federal divulgou uma campanha de regularização de débitos para clientes com atraso acima de 360 dias. Os descontos variam de 40% a 90%, dependendo do tipo de crédito contratado e o tempo de atraso. Os maiores descontos serão para os menores valores e o pagamento só pode ser realizado à vista e não envolve crédito imobiliário. O principal benefício, de acordo com George Sales, professor da Faculdade Fipecafi, é a possibilidade de cortar parte dos juros embutidos na dívida. "Em alguns casos, a negociação pode abrir espaço para descontos substanciais. Além disso, o banco promete, em contrapartida, retirar o nome do devedor das centrais de controle de crédito, como, por exemplo, no SPC e Serasa", afirmou. Veja também: Três milhões de clientes da Caixa poderão pagar dívidas com desconto Os clientes devem procurar renegociar as dívidas que possuem maior taxa de juros, afrima Estevão Alexandre Garcia, coordenador do curso de pós-graduação em Gestão de Custos e Negócios da Faculdade Fipecafi. "De acordo com a própria Caixa Econômica Federal, os valores mais baixos terão os maiores descontos, considerando que estas despesas, em geral, são dos clientes de baixa renda. Por isso, é aconselhável que, ao negociar o valor, o cliente leve em consideração as dívidas que cobram as maiores taxas de juros, como cartão de crédito, cheque especial e empréstimos que possuam alguma garantia real, como, por exemplo, parcelas de imóveis e carros", comentou Garcia. Professor de finanças de Fabio Gallo, da FGV EAESP, ressaltou os cuidados que as pessoas devem ter ao entrar nesses tipos de programa. Para ele, as pessoas têm que "organizar as finanças, fazer um orçamento familiar e grupos de despesas, como água e alimentação, para dessa forma ter certeza de como ter dinheiro de sobra para pagar". Gallo deu algumas dicas para os clientes que pretendem entrar no negócio. "Pedir as contas por escrito para checar. A conta tem que estar certa (não tem juros a mais para pagar), por isso é necessário pegar em papel, verificar e ver com calma. Fazer o orçamento e entrar no negócio sabendo qual o esforço a realizar", concluiu. *Estagiário do R7, sob supervisão de Ana Vinhas

Link Notícia: https://noticias.r7.com/economia/desemprego-e-variacao-economica-favorecem-dividas-diz-economista-02062019

Perdas nas indústrias extrativas refletem impacto de Brumadinho
Data: 04/06/2019

ados da Pesquisa Industrial Mensal — Produção Física, divulgados pelo IBGE, revelam que tragédia ainda prejudica desempenho do setor

O rompimento de uma barragem da mineradora Vale na região de Brumadinho, em Minas Gerais, no fim de janeiro, ainda prejudica o desempenho do setor industrial brasileiro, segundo os dados da Pesquisa Industrial Mensal — Produção Física, divulgados nesta terça-feira (4) pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). A produção industrial teve ligeira alta de 0,3% na passagem de março para abril. No período, a indústria extrativa encolheu 9,7%. Já a indústria de transformação avançou 1,2%, o melhor desempenho desde junho de 2018, mês seguinte à greve de caminhoneiros, quando tinha registrado em salto de 13,7%. "A produção industrial brasileira está 1% abaixo do patamar de dezembro, enquanto que a produção da indústria de transformação está 1,9% acima do patamar de dezembro. A indústria extrativa está impactando negativamente o resultado da indústria como um todo", ressaltou André Macedo, gerente da Coordenação de Indústria do IBGE. "Em abril o crescimento se espalhou dentro da indústria de transformação", completou. As indústrias extrativas tiveram uma perda recorde de 24,0% na produção em abril ante abril de 2018, a mais acentuada da série histórica iniciada em 2002, ainda como reflexo da tragédia de Brumadinho, afirmou Macedo. "Tem efeitos causados pelo acidente, tem unidades sem produção, seja por decisões judiciais ou da própria empresa por algum risco envolvido, o que tem afetado o desempenho. Somado a isso, tem as condições climáticas (desfavoráveis) no Norte do País afetando produção de minério de ferro no Pará", explicou o gerente da pesquisa. A produção industrial brasileira recuou em 13 das 26 atividades em abril de 2019 ante abril de 2018. Na média global, a perda foi de 3,9%. O IBGE ressalta que o mês de abril deste ano teve o mesmo número de dias úteis que igual mês do ano anterior, neutralizando assim influência do efeito calendário. Além das extrativas, houve contribuições negativas de produtos alimentícios (-4,8%), coque, produtos derivados do petróleo e biocombustíveis (-4,1%), impressão e reprodução de gravações (-27,1%), manutenção, reparação e instalação de máquinas e equipamentos (-13,0%), outros equipamentos de transporte (-13 4%) e equipamentos de informática, produtos eletrônicos e ópticos (-6,5%). Por outro lado, entre os 12 setores com avanços, impediram uma perda maior na média global as atividades de máquinas e equipamentos (4,4%), veículos automotores, reboques e carrocerias (1,9%), bebidas (5,2%) e produtos de metal (5,4%). Copyright © Estadão. Todos os direitos reservados.

Link Notícia: https://noticias.r7.com/brasil/perdas-nas-industrias-extrativas-refletem-impacto-de-brumadinho-04062019

Concessão de benefícios a presos tem redução de 41% em março
Data: 04/06/2019

Governo publicou novas regras para tornar mais rígido o acesso ao auxílio-reclusão em MP aprovada pelo Senado nesta segunda-feira

A quantidade de novos benefícios de auxílio-reclusão concedidos a dependentes de presos caiu 41% no mês de março em relação ao mesmo mês do ano passado. Foram 1.135 novos benefícios, menos que os 1.913 do mesmo mês de 2018, segundo dados da Secretaria da Previdência, do Ministério da Economia. A queda se dá pouco após o governo endurecer as regras para a concessão deste e de outros benefícios pelo INSS (Instituto Nacional do Seguro Social). As novas regras foram publicadas pelo presidente Jair Bolsonaro por meio de medida provisória em 18 de janeiro. A MP foi aprovada nesta segunda-feira (3) em votação do Senado, e já havia recebido aval da Câmara dos Deputados. Entre as mudanças está a obrigação de que o detento segurado tenha feito 24 contribuições para o INSS para que seus dependentes tenham direito ao auxílio-reclusão. Antes, bastava uma contribuição para que o auxílio estivesse disponível para dependentes como filhos, enteados, cônjuges e pais. A Secretaria de Previdência, do Ministério da Economia, não comentou se a queda na concessão em março seria um reflexo do endurecimento das regras em janeiro. Os dados de novos benefícios de fevereiro não estão disponíveis. Novos e antigos A queda no primeiro trimestre foi de 3% considerando todos os benefícios de auxílio-reclusão dados pelo governo. Ou seja, os concedidos neste começo de ano e também os que já eram pagos mensalmente para familiares de presos que já haviam requerido o benefício anteriormente. Nesse caso, a redução foi de 141 mil benefícios para 137 mil benefícios. O valor total gasto pelo governo para custear o auxílio-reclusão também caiu, considerando apenas os novos benefícios concedidos em março: de R$ 2,3 milhões para R$ 1,4 milhão. Considerando também os benefícios antigos, houve aumento de 1,6% na despesa no primeiro trimestre – um possível reflexo do reajuste anual feito no valor do benefício. Em janeiro, o ministro da Economia, Paulo Guedes, reajustou o valor do auxílio-reclusão em R$ 45,25, fixando o limite em R$ 1.364,43. O valor do auxílio-reclusão é calculado com base no salário do preso enquanto ele trabalhava. Quando o salário de contribuição for maior do que R$ 1.364,43, os dependentes não têm direito ao benefício. Medidas antifraude A expectativa do governo é que as novas regras para a concessão dos benefícios gerem uma economia de R$ 9,8 bilhões em um ano. Também há mudanças em relação à pensão por morte e aposentadoria rural, entre outras medidas. Veja as principais alterações na concessão do auxílio-reclusão: - o auxílio passou a ter carência de 24 contribuições. Antes, bastava ao segurado ter feito uma única contribuição, antes de ser recolhido à prisão, para que seus dependentes fossem contemplados - o benefício passou a ser concedido somente a dependentes de presos em regime fechado, e não mais do semiaberto - a comprovação de baixa renda leva em conta a média dos 12 últimos salários do segurado, e não mais apenas a do último mês antes da prisão - foi proibida a acumulação do auxílio-reclusão com outros benefícios

Link Notícia: https://noticias.r7.com/brasil/concessao-de-beneficios-a-presos-tem-reducao-de-41-em-marco-04062019

Bolsonaro entrega projeto que dobra limite de pontos da CNH
Data: 04/06/2019

Proposta também duplica a validade do documento, passando de cinco para dez anos. Texto precisa ser analisado pelo Congresso Nacional

O presidente Jair Bolsonaro entregou nesta terça-feira (4) à Câmara dos Deputados o projeto de lei que faz diversas alterações no Código de Trânsito. A proposta dobra o número de pontos para a suspensão da carteira de motorista de 20 para 40 e também duplica a validade do documento, passando para dez anos. "A proposta é simples e atinge a todos os brasileiros", afirmou Bolsonaro. O presidente estava acompanhado dos ministros da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, e de Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas. A proposta foi entregue nas mãos do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e líderes partidários. O projeto de lei também dá poderes ao Contran de uniformizar a interpretação e os procedimentos quanto à legislação de trânsito e determina a competência para o Denatran centralizar documentos eletrônicos de trânsito. Além disso, acaba com a exclusividade dos Detrans de credenciar clínicas médicas para o exame obrigatório. A proposta tem que ser analisada pelas comissões da Câmara e depois ser votada por deputados e senadores. Após aprovada e sancionada, a proposta obriga os novos veículos terem luz de rodagem diurna, sem nenhuma aplicação para veículos em circulação. Os veículos hoje em circulação continuam obrigados a manter luz baixa acesa em rodovia, mas com duas diferenças. A primeira é que deixa de haver multa (apesar de continuar o acréscimo de pontos). A segunda é que a exigência agora é só para rodovia de faixa simples. A prorrogação da validade das carteiras de habilitação de cinco para dez anos vale para as carteiras de pessoas até os 65 anos. No caso de idosos, passa de dois anos e meio para cinco anos. A proposta também acaba com a exigência de exame toxicológico para motoristas profissionais. Copyright © Estadão. Todos os direitos reservados.

Link Notícia: https://noticias.r7.com/brasil/bolsonaro-entrega-projeto-que-dobra-limite-de-pontos-da-cnh-04062019

Agressão contra árbitra: homem não aceita receber ordem de mulher
Data: 04/06/2019

Depois de levar um cartão vermelho, o jogador Rodrigo Quixaba agride a juíza com três socos. Universidade onde fatos ocorreram soltou nota de repúdio

Viralizou nas redes sociais um vídeo feito durante um jogo de futebol de salão, realizado na segunda-feira (3), dentro do Campus Ministro Reis Velloso, da Universidade do Delta do Parnaíba, no Piauí. Nas imagens, compartilhadas pelo Mídia Ninja, o jogador identificado nas redes sociais como Rodrigo Quixaba leva um cartão vermelho da árbitra e reage com violência. O rapaz agride a juíza com três socos. O resto do time fica olhando e ninguém faz nada. Na plateia, a reação é de espanto. O rapaz deletou sua conta no Instagram. A Universidade soltou uma nota repudiando toda e qualquer ameaça ou agressão ocorrida nas dependências do campus. "Recentemente tivemos dois episódios lamentáveis, um de agressão durante atividades esportivas concordadas aos alunos e um outro episódio de ameaça à família de um professor do campus. Em ambos os casos serão aplicadas as normas regimentais assim como o campus contribuirá com os órgãos de segurança e os procedimentos legais adotados em cada caso. Os processos de sindicância oficiais serão iniciados imediatamente para que sejam tomadas as providências legais. Será nomeada uma comissão para apuração administrativa, cooperando com os demais órgãos, também acionados, para elucidação do caso, seguindo os ritos da lei e os regramentos institucionais. Sobre o ocorrido durante um evento esportivo entre estudantes nesta segunda-feira, esta Direção vem a público informar que, a partir de então, estão proibidas todas as atividades na quadra esportiva do campus até a apuração do referido caso. Desta forma, a Direção reitera seu compromisso com a integridade e o respeito entre os agentes da comunidade acadêmica e comunidade externa, norteando-se sempre pelos aspectos normativos desta Instituição de Ensino Superior, ao tempo que se solidariza com as vítimas e enseja o movimento contra todo tipo de violência. Manteremos a comunidade informada dos desdobramentos legais, dando toda transparência a investigação para os dois casos citados." O que transparece do episódio é a dificuldade que muitos homens têm de aceitar ordens vindas de uma mulher. Se fosse um árbitro será que o valentão partiria pra cima com tanta desenvoltura? Ou respeitaria o juiz apenas por ser homem? Quando se fala em masculinidade tóxica é disso que se trata. Homens que historicamente são forjados em resolver todas as questões na violência. Se for contra uma mulher, então, eles não pensam duas vezes. Externam toda sua brutalidade, certos de uma impunidade que não pode mais existir. Tomara mesmo que o caso seja devidamente apurado e o agressor punido. É preciso coibir esse tipo de comportamento para que fique claro, de uma vez por todas, que mulher no comando deve ser tão respeitada quanto um homem seria. Seja dentro de uma quadra de futebol ou em qualquer outra circunstância em que o poder esteja com ela e não com eles.

Link Notícia: https://diversao.r7.com/prisma/blog-da-db/agressao-contra-arbitra-homem-nao-aceita-receber-ordem-de-mulher-04062019

Entenda a regra que pode congelar os recursos do governo Bolsonaro nas próximas semanas
Data: 04/06/2019

Governo precisa de autorização do Congresso para emitir R$ 248,9 bilhões em dívidas e não interromper Bolsa Família, Plano Safra e pagamento de aposentadorias

Com as contas públicas desequilibradas, o governo Jair Bolsonaro pode ficar sem dinheiro já nas próximas semanas para oferecer crédito barato aos produtores rurais e pagar despesas cruciais como Bolsa Família e aposentadorias do INSS. Para evitar esse problema, o Planalto precisa que o Congresso aprove em até duas semanas autorização para emitir quase R$ 249 bilhões em dívida. Se o Congresso não autorizar a União a fazer essa captação de recursos se endividando, o presidente terá uma escolha difícil na ponta da caneta: cancelar as despesas e agravar a crise econômica do país ou mantê-las e correr o risco de sofrer um processo de impeachment. Por trás desse possível dilema está a chamada "regra de ouro" - norma constitucional que proíbe o governo de fazer dívidas para bancar despesas correntes (gastos com administração e serviços públicos, como salários de servidores, benefícios sociais, vacinas, material escolar, contas de luz, etc), salvo se houver autorização expressa do Congresso. O objetivo da restrição é evitar um descontrole da dívida pública e garantir que gerações futuras não tenham de arcar com despesas feitas no passado. "Pode até não aprovar (o crédito suplementar de R$ 248,9 bilhões), mas aí você está diante de um quadro que é eventualmente de colapso social e econômico", alertou o secretário de Macroavaliação Governamental do Tribunal de Contas da União (TCU), Leonardo Albernaz, durante audiência na Comissão Mista de Orçamento (CMO) do Congresso há duas semanas. O relator do Projeto de Lei que trata do tema, deputado Hildo Rocha (PMDB-MA), apresentará na quarta-feira (05/06) seu texto para votação na CMO, recomendando a liberação do crédito. A expectativa é de que o valor seja aprovado e, no mesmo dia, a matéria seja votada em sessão conjunta do Senado e da Câmara convocada pelo presidente do Congresso, senador David Alcolumbre (DEM-AP). Rocha diz que o governo é o culpado pela demora na análise do pedido - o Executivo solicitou autorização para o crédito extra em março, mas demorou a enviar informações solicitadas pela CMO. "Estamos correndo contra o tempo", criticou. Entenda melhor em quatro pontos as polêmicas em torno da regra de ouro. 1 - Quais despesas estão em risco? Quando o governo enviou ao Congresso o pedido de crédito suplementar de quase R$ 249 bilhões, disse que o grosso (cerca de R$ 204 bilhões) seria para cobrir as despesas com aposentadoria do INSS. Outros R$ 30 bilhões iriam para o benefício social concedido a idosos e deficientes em situação de pobreza extrema (Benefício de Prestação Continuada, o BPC). O restante estava previsto para Bolsa Família (R$ 6,6 bilhões) e "subsídios e subvenções econômicas", como o Plano Safra (R$ 8,2 bilhões). "Eu acho que o Congresso vai aprovar, mas fica a tensão até ser aprovado. Você imagina uma pessoa que recebe da Previdência, como é que ele faz com a notícia de que eventualmente no mês que vem pode não ter o benefício? Essa pessoa vai evitar consumir, vai poupar. A própria expectativa já gera um impacto econômico", explicou à reportagem o economista Manoel Pires, pesquisador do Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getúlio Vargas (Ibre-FGV). O secretário de política agrícola do Ministério da Agricultura, Eduardo Sampaio Marques, também reforçou a urgência da aprovação para garantir o planejamento dos produtores rurais. Ele destacou na audiência pública da CMO que o grosso da safra brasileira é plantado a partir de setembro, por isso, o Plano Safra precisa ser lançado neste mês, dando tempo ao fazendeiro para fazer o financiamento. "Não posso deixar passar de junho porque aumenta a imprevisibilidade para o setor", apelou aos parlamentares. Não está claro, porém, qual o valor real de dívida que o governo precisa contrair. O próprio Tesouro Nacional reviu para R$ 146,7 bilhões a necessidade de financiamento por causa de receitas financeiras acima do esperado, com operações do Banco Central e devolução de títulos públicos que haviam sido repassados ao BNDES. Apesar disso, a equipe econômica insiste para que o Congresso aprove os R$ 248,9 bilhões, afastando qualquer risco de descumprimento da regra. Se o crédito não for aprovado, Albernaz, do TCU, prevê que o governo acione o Supremo Tribunal Federal para poder executar as despesas sem incorrer em crime de responsabilidade. "É impensável falar recursos para BPC. Se isso acontecer, é o Supremo que provavelmente vai entrar em ação, e vai mandar pagar. E a gente vai estar na mesma situação, dívida para custear despesas correntes", ressaltou, ao defender a aprovação do crédito suplementar. 2 - Regra de ouro em xeque O princípio da regra de ouro - norma adotada também em outros países - é evitar que o governo se endivide para custear despesas presentes que não beneficiarão gerações futuras, que terão de pagar a dívida depois com seus impostos. Dessa forma, a Constituição estabelece que a União só pode fazer novas operações de crédito no limite do valor previsto para investimentos, como, por exemplo, obras que melhoram a infraestrutura do país. Esse princípio é alvo de controvérsia entre economistas, já que parte das despesas correntes, como gastos em Educação e Ciência e Tecnologia, também geram benefícios de longo prazo. Além disso, alguns países têm flexibilizado a regra para evitar ajustes fiscais muito duros, que possam agravar crises econômicas. Foi o que aconteceu com o Reino Unido e Alemanha após a turbulência financeira internacional de 2008, nota Manoel Pires. "Quando o país passa por situação de crise, a regra de ouro acaba imponto um ajuste fiscal muito abrupto. Ao não haver interesse em fazer esse ajuste por questões sociais, os países que eu estudei abandonaram a regra de ouro e impuseram regras alternativas que tornassem esses ajustes mais graduais", ressaltou. Alguns estudiosos das finanças públicas também têm criticado a aplicação da regra no Brasil porque, efetivamente, ela não tem sido capaz de evitar o aumento do endividamento público nem o corte dos investimentos. "A regra tem um objetivo que, em tese, é nobre, mas o desenho é ruim. Ela é inócua", disse Albernaz, na audiência da CMO. Os investimentos federais, que somaram de R$ 77,5 bilhões em 2014, estão previstos para apenas R$ 33,6 bilhões neste ano, mas tendem a ficar abaixo disso. Já a dívida pública bruta passou de 63% do PIB em 2014 para quase 80% hoje. Esse aumento reflete a necessidade de emitir novos títulos públicos para pagar os juros da dívida, já que há cinco anos o governo não consegue economizar para cobrir essa despesa. 3 - Como o país chegou a essa situação? A encrenca de hoje é reflexo de anos de desequilíbrio nas contas públicas - desde 2014, a União tem apresentado rombos bilionários, acumulando déficit de R$ 550 bilhões em cinco anos. A previsão é de novo resultado negativo neste ano. Segundo o economista Manoel Pires, pesquisador do Ibre-FGV, isso reflete um crescimento acelerado das despesas, puxado por gastos obrigatórios como as aposentadorias, ao mesmo tempo em que se vê uma expansão menor da arrecadação devido ao fraco desempenho da economia. Os dados do Tesouro Nacional mostram que as receitas federais cresceram acima das despesas por cinco anos seguidos, de 2012 a 2016, período quase todo governado por Dilma Rousseff. A situação se inverteu nos dois últimos anos do governo de Michel Temer, em que foi implementado um controle mais rígido das despesas, mas não foi suficiente para trazer as contas para o azul. "O que vemos hoje é reflexo da irresponsabilidade fiscal do governo Dilma", crítica Zeina Latif, a economista-chefe da XP Investimentos. Apesar do desequilíbrio por anos seguidos, algumas especificidades da regra de ouro brasileira acabaram evitando que a trava no endividamento para cobrir despesas correntes fosse acionada antes, destaca Manoel Pires. Isso porque foram usadas receitas financeiras obtidas pela União, como lucros do Banco Central (por exemplo, quando o dólar se valoriza elevando o valor das reservas internacionais em reais) ou o pagamento de repasses concedidos no passado ao BNDES. "São operações que reduzem a necessidade de emissão de dívida", explica o pesquisador do Ibre. Novas regras aprovadas no Congresso, porém, vão reduzir bastante esse tipo de repasse do Banco Central, enquanto os pagamentos do BNDES, que chegaram a R$ 130 bilhões em 2018, tendem a perder fôlego. 4 - Como resolver o problema? A Instituição Fiscal Independente do Senado (IFI) projeta que o governo terá de pedir créditos suplementares anualmente até 2026, quando finalmente a União deve voltar a ter saldo positivo nas contas públicas. "A gente é pródigo em criar regras fiscais, mas não em cumprir as regras. Cumprir significa fazer o arroz com feijão, cortar gastos, aumentar receitas, ou fazer uma combinação dessas duas coisas", disse aos parlamentares o diretor-executivo da IFI, Felipe Salto. A principal proposta do governo para controlar as contas é a reforma da Previdência, já que o envelhecimento da população tem provocado aumento acelerado dos gastos com aposentadorias. Essa medida, porém, tem impacto gradativo ao longo dos anos e não vai impactar imediatamente no cumprimento da regra de ouro. Para Manoel Pires, um ajuste deveria também passar por medidas que aumentem a receita, com reversão de parte das renúncias fiscais, como as desonerações da Zona Franca de Manaus ou limitação do Simples. Ele também defende que seja aprovada uma emenda constitucional que modifica a regra de ouro. Na sua avaliação, em vez de prever que o Congresso possa autorizar créditos suplementares, seria melhor ter "gatilhos" automáticos para a redução dos gastos e aumento de despesas. "É preciso dar instrumentos para que o governo, uma vez descumprida a regra de ouro, possa voltar a controlar dívida e aumentar investimento", argumenta. "Por exemplo, a Constituição poderia limitar o crescimento da folha de pessoal (gastos com contratação e salário dos servidores) pela inflação enquanto a regra de ouro estiver sendo descumprida, ou reverter as renúncias tributárias em 20%", exemplifica. BBC Brasil - Todos os direitos reservados - É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC

Link Notícia: https://noticias.r7.com/brasil/entenda-a-regra-que-pode-congelar-os-recursos-do-governo-bolsonaro-nas-proximas-semanas-04062019

Tiroteio deixa pelo menos 4 mortos no norte da Austrália
Data: 04/06/2019

Polícia indicou que um homem foi detido e descartou que se trate de um ataque terrorista. Suspeito estava armado com uma escopeta

Pelo menos quatro pessoas morreram e várias outras ficaram feridas nesta terça-feira (4) em um tiroteio no centro da cidade de Darwin, no norte da Austrália, informaram fontes policiais. A polícia indicou que um homem foi detido e descartou que se trate de um ataque terrorista. "A polícia pode confirmar que há atualmente quatro mortos, vários feridos", declararam as autoridades do estado do Território do Norte, cuja capital é Darwin, em seu perfil no Facebook. Várias testemunhas afirmaram à emissora australiana ABC que o suspeito, armado com uma escopeta, disparou contra um porteiro do hotel Palms e depois contra outras pessoas nos quartos antes de fugir em uma caminhonete Totoya. "Notícias terríveis, terríveis, de Darwin. É um terrível ato de violência que, segundo me informam, custou a vida de quatro pessoas. Várias pessoas foram feridas, mas ainda não dispomos de detalhes confirmados sobre elas", afirmou, por sua parte, o primeiro-ministro, Scott Morrison. As autoridades afirmaram que os agentes continuam com a investigação e que já não há perigo na área do tiroteio.

Link Notícia: https://noticias.r7.com/internacional/tiroteio-deixa-pelo-menos-4-mortos-no-norte-da-australia-04062019

João Doria manda contratar quase três mil policiais
Data: 04/06/2019

Previsão é que sejam abertas ao menos quatro editais em 2020 para contratar 250 delegados, 900 investigadores, 1.600 escrivães e 189 legistas

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), autorizou, nesta segunda-feira (3), a abertura de concursos para a contratação de 2.750 policiais civis e 189 técnicos-científicos. "Segurança pública é prioridade do Governo de São Paulo, no planejamento e na ação. Polícia na rua. E bandidos na cadeia", disse o governador. A medida foi publicada no Diário Oficial do Estado. A previsão é de que ao menos quatro editais sejam abertos em 2020 para contratar 250 delegados, 900 investigadores, 1.600 escrivães e 189 médicos legistas. Veja também: Covas convidará ministro para falar sobre internação involuntária Atualmente há concursos em andamento para preencher 2.750 vagas para a Polícia Civil: 250 para delegados, 600 para investigadores, 800 para escrivães, 300 para agentes de telecomunicações, 200 para papiloscopistas, 400 para agentes policiais e 200 para auxiliares de papiloscopistas. Treinamento Atualmente, 65 policiais técnico-científicos estão em formação — 22 fotógrafos técnicos-periciais, dez médicos legistas e 33 peritos. A formação dos policiais na Academia de Polícia Dr. Coriolano Nogueira Cobra tem duração de aproximadamente quatro meses, contando com o estágio feito nas unidades policiais. Após a formação os agentes são distribuídos para todo o Estado. Copyright © Estadão. Todos os direitos reservados.

Link Notícia: https://noticias.r7.com/sao-paulo/joao-doria-manda-contratar-quase-tres-mil-policiais-04062019

Bolsonaro recua e recebe credencial de embaixadora venezuelana
Data: 04/06/2019

O chefe do Executivo voltou atrás depois que o governo havia retirado o convite à enviada de Juan Guaidó, autoproclamado presidente venezuelano

O presidente Jair Bolsonaro recebeu nesta terça-feira (4) a credencial de embaixadora venezuelana María Teresa Belandria, representante no país do autoproclamado presidente interino da Venezuela, Juan Guaidó, em um recuo depois que o governo havia retirado o convite à enviada do líder de oposição. Guaidó, que também é presidente da Assembleia Nacional, é reconhecido pelo governo brasileiro como presidente legítimo do país vizinho. A confirmação da apresentação da credencial por Belandria ocorreu pouco antes do início de cerimônia no Palácio do Planalto, às 10h30. Belandria foi a primeira da lista de nove novos embaixadores, e não falou com a imprensa. Durante a cerimônia, no Palácio do Planaltro, Bolsonaro recebeu os documentos e conversou rapidamente com cada um dos diplomatas, ao lado do ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo. A partir de agora, estão habilitados a despachar no Brasil, além de María Teresa, os embaixadores do México, Ignácio Piña Rojas; da Colômbia, Dario Alonso Montoya Mejía; do Paraguai, Bernardino Hugo Saguier Caballero; da Arábia Saudita, Ali Abdullah Bahitham; do Peru, Javier Raúl Martin Yépez Verdeguer; da Guiné, Kabinet Konde; e da Indonésia, Edi Yusup. A decisão de incluir a embaixadora venezuelana na cerimônia foi tomada na noite de segunda-feira por Bolsonaro em reunião com o ministro Ernesto Araújo, de acordo com uma fonte. Na semana passada, o porta-voz da Presidência, Otavio Rêgo Barros, chegou a afirmar que a recepção dela estava em aberto e esperando o momento oportuno. O governo havia decidido desconvidar a representante no Brasil de Guaidó da cerimônia de entrega de credenciais diplomáticas, à medida que os militares — que compõem cerca de um terço do gabinete de Bolsonaro — têm sido cautelosos em provocar o presidente venezuelano, Nicolás Maduro.

Link Notícia: https://noticias.r7.com/brasil/bolsonaro-recua-e-recebe-credencial-de-embaixadora-venezuelana-04062019

FELIZ DIA DAS MÃES
Data: 28/05/2019

FELIZ DIA DAS MÃES

Link Notícia:

Produção de slime conquista crianças. Mas há riscos?
Data: 24/05/2019

Receitas mais populares levam ácido bórico (bórax), apontado pelos médicos como responsável por queimaduras, alergias e infecções

Brincar com uma massinha feita em casa parece algo bastante inofensivo para os pais, mas até mesmo o slime - uma espécie de massa de modelar que antes era chamada de amoeba ou geleca - pode trazer riscos à saúde das crianças. Conforme a brincadeira se popularizou e novas receitas surgiram, mais relatos de pais apareceram sobre os riscos de infecção, contaminação e até mesmo queimaduras na pele. Segundo especialistas, exatamente pelo fato de o slime ser feito em casa é que demanda vigilância. As receitas mais populares levam ácido bórico (bórax), apontado pelos médicos como responsável por queimaduras, alergias e infecções. No entanto, os médicos explicam que, apesar dos cuidados e da necessidade de supervisão, algumas crianças podem não apresentar nenhum sintoma. É o caso de Laura Bruscato, de 11 anos, que desde os 9 brinca e produz slimes quase que diariamente. Ela nunca teve nenhuma reação negativa. "Como ela mesma faz, a única recomendação é para que use pouco bórax. Mas ela brinca o tempo todo e nunca apresentou nenhuma reação", conta a mãe, Mia Bruscato, de 43 anos. O filho mais novo, de 3, também brinca com as massinhas feitas pela irmã e nunca teve problemas. Segundo os médicos, a reação pode depender de predisposição alérgica, sensibilidade, tempo de exposição e da composição do slime. Em caso de dúvida sobre o uso do brinquedo pelas crianças, a recomendação é que se opte pelos slimes industrializados. "Se é algo feito pela indústria, há uma padronização e um controle do uso de substâncias que podem fazer mal", diz Nelson Cordeiro, alergista e imunologista do Departamento Científico de Dermatite Atópica e de Contato da Associação Brasileira de Alergia e Imunologia (Asbai). Copyright © Estadão. Todos os direitos reservados.

Link Notícia: https://noticias.r7.com/saude/producao-de-slime-conquista-criancas-mas-ha-riscos-24052019

Militares envolvidos em fuzilamento no Rio serão soltos nesta sexta
Data: 24/05/2019

"Tenho dúvidas se o mesmo ocorreria com um loiro em Ipanema", disse a ministra do STM Maria Elizabeth, única que voltou contra a soltura

Militares envolvidos na morte do músico Evaldo dos Santos Rosa e do catador de materiais recicláveis Luciano Macedo serão soltos na manhã desta sexta-feira (24), no Rio de Janeiro. "Falaram que era bandido", diz irmã de vítima fuzilada pelo Exército Na noite desta quinta-feira, 23, o STM (Superior Tribunal Militar), em Brasília, decidiu conceder liberdade a nove dos 12 militares que participaram da ação em 7 de abril, em Guadalupe, na zona norte da capital. Os outros três militares já haviam sido libertados por ordem da Justiça e respondem ao processo em liberdade. O músico seguia com a família para um chá de bebê quando o seu carro foi alvejado por mais de 80 tiros disparados por um grupamento militar que, supostamente, teria confundido o veículo com o de bandidos. Segundo laudos técnicos, foram disparados 257 tiros na ação. Evaldo morreu no fuzilamento, mas seus parentes conseguiram escapar. Luciano, que estava nas proximidades e tentou ajudar a família, acabou sendo também baleado e morreu dias depois. Os militares respondem por homicídio qualificado, tentativa de homicídio qualificado e omissão de socorro. PublicidadeFechar anúncio Catador morto após ação do Exército sonhava em ver o filho O STM é formado por 15 ministros: quatro do Exército, três da Marinha, três da Aeronáutica e cinco civis. O presidente do Tribunal só vota em caso de empate. Isso não foi necessário neste caso. Apenas a ministra Maria Elizabeth Guimarães Teixeira Rocha, a única mulher na corte, votou pela manutenção da prisão dos nove militares. Em seu voto, ela afirmou: "quando um negro pobre no subúrbio do Rio de Janeiro é confundido com um assaltante, tenho dúvidas se o mesmo ocorreria com um loiro em Ipanema, vestindo uma camisa Hugo Boss."

Link Notícia: https://noticias.r7.com/rio-de-janeiro/militares-envolvidos-em-fuzilamento-no-rio-serao-soltos-nesta-sexta-24052019

Mãe joga filha de 4 anos da janela de 5° andar de apartamento em SP
Data: 24/05/2019

Mulher tentou incendiar o imóvel e também se jogou da janela e está internada em estado grave; criança foi socorrida com ferimentos leves

Uma menina, de 4 anos, foi jogada pela mãe do quinto andar de um prédio, na madrugada desta sexta-feira (24), na Vila Lageado, zona oeste de São Paulo. Após arremessar a criança, a mulher tentou incendiar o apartamento e também se jogou. De acordo com a Polícia Militar, depois de rasgar a tela de proteção, a mãe arremessou a filha pela janela do quinto andar do apartamento onde moram. A garota caiu sobre o para-brisa de um carro, que estava entrando naquele momento na garagem do condomínio. A menina sobreviveu à queda e foi levada pelo Corpo de Bombeiros ao Hospital das Clínicas. A criança sofreu apenas arranhões. Depois de jogar a menina, a mulher constantemente aparecia na janela e ameaçava pular também. Policiais do Gate foram acionados para convencer a mulher a sair do imóvel e, após quase duas horas de negociação, os agentes resolveram entrar no apartamento quando ela colocou fogo na cortina. Mas diante da aproximação das equipes de resgate, a mulher também se jogou da janela. Ela foi socorrida e também levada, em estado grave, para o hospital das Clínicas. Familiares estiveram no local e acompanharam a negociação. Um funcionário do prédio contou que a mulher mora com a garota há cerca de 3 meses no apartamento, que é alugado, e que os moradores e funcionários do edifício desconfiam que ela tenha problemas psicológicos. Três equipes do Corpo de Bombeiros atenderam a ocorrência. O caso foi encaminhado para o 91º Distrito Policial, no Ceagesp.

Link Notícia: https://noticias.r7.com/cidades/sao-paulo/mae-joga-filha-de-4-anos-da-janela-de-5-andar-de-apartamento-em-sp-24052019

Daniel Alves, sobre permanência de Neymar: 'Creio que fica no PSG'
Data: 24/05/2019

Brasileiro falou sobre interesse do Real Madrid, descartou volta do amigo para o Barcelona, fez críticas a imprensa, elogiou Mbappé e falou da renovação

Um dos melhores laterais do mundo, Daniel Alves criticou a imprensa brasileira, comentou sua renovação com o PSG e analisou, principalmente, o cenário envolvendo o companheiro de equipe e amigo Neymar. Em entrevista ao canal de televisão ESPN, o lateral ressaltou que acredita que o brasileiro permanece no PSG, descartou um retorno do craque para o Barcelona e falou do interesse do Real Madrid. Confira os melhores momentos abaixo. Neymar - Creio que vai ficar no PSG. Na vida temos que correr atrás dos nossos objetivos, executá-los e fazer aquilo que busca. Neymar está em uma transição. Deve aproveitar o tempo livre para pensar o que pode fazer para que cresça. Não está feliz porque não conseguiu os resultados Neymar no Real Madrid - Se me chamam para o Real Madrid digo que não e se perguntarem por Neymar também digo que não. O Real Madrid tenta muitos jogadores, não ficaria surpreso Retorno ao Barça - É muito complicado. O pessoal do Barcelona não reconheceria que precisa dele. Quem precisa do Neymar? Todos precisam. Qualquer equipe. A maneira com que saiu deixa tudo mais difícil. Críticas à imprensa - Eles deveriam falar de futebol. Eles não deveriam julgar nada, pois alguns não são exemplo para p... nenhuma. Não podem “cuspir na mão”, pois se você fez pior do que isso, você precisa ser cauteloso para dar sua opinião quando não corresponde ao futebol. Acredito que no Brasil hoje as pessoas falam muito da vida privada porque elas não sabem de futebol Mbappé melhor do mundo? - Tem bastante qualidade para competir. Vão se ter concorrentes à altura do Mabppé, mas acredito que agora, devido às coisas que alcançaram muito rápido como a Copa do Mundo, ele está um passo na frente dos outros jovens. Acredito que é um jogador que tem muito o que melhorar ainda e não é uma promessa, já é uma realidade, mas uma realidade que pode seguir crescendo e conseguindo coisas muito maiores do que as que faz Renovação - Eu fiz algumas exigências, não escondo, fiz exigências para continuar aqui. O clube sabe delas, sabe que não é nada que não esteja no alcance deles. Coisas a nível de clube mesmo. Acredito que sou um competidor e gosto de competir. Para nós também ficou essa sensação estranha de que as coisas estão meio estranhas, não fluindo do jeito que teria que estar Virada do Liverpool - Eu acredito muito mais no mérito do Liverpool do que no demérito do Barcelona. Eu acredito que no jogo do Camp Nou o Liverpool já tinha merecido mais do que levou. Mas a história do futebol quis que fosse assim. Em outras temporadas o Barcelona fez viradas históricas também, mas teve que passar por essa experiência negativa também. O Liverpool é uma equipe muito sólida, nós sentimos isso aqui quando enfrentamos eles

Link Notícia: https://esportes.r7.com/lance/futebol/daniel-alves-sobre-permanencia-de-neymar-creio-que-fica-no-psg-24052019

Cuca repete 'obsessão' de trabalhos anteriores e quer novo camisa nove
Data: 24/05/2019

Técnico viveu buscando centroavantes no Palmeiras, em 2016 e 2017, e no Santos, em 2018. Agora, pediu à diretoria do tricolor que traga Juan Dinenno

Cuca acredita que a contratação de um centroavante, que saiba fazer o pivô e seja opção para a bola longa vinda da defesa, fará seu time ficar mais competitivo no segundo semestre. A notícia é atual no São Paulo, mas não chega a ser uma novidade: em todos os trabalhos desde que retornou da China o técnico teve essa "obsessão" por um homem de referência. No Tricolor, o nome solicitado à diretoria é o do argentino Juan Dinenno, de 24 anos, que tem se destacado pelo Deportivo Cali (COL). Raniel, do Cruzeiro, é outro que agrada. O diretor de futebol Raí já disse estar atento ao mercado para contratar um atleta dessa posição. PUBLICIDADE Cuca ainda não teve a chance de trabalhar com Pablo, que fez uma cirurgia para retirar um cisto da região lombar e só volta depois da Copa América. Alexandre Pato foi testado como "9", mas nem tem as características que o técnico procura e nem gosta de fazer essa função. O jovem Toró é outro que tem sido deslocado para o setor, embora seja mais um velocista. Na reta final do Paulistão, até Hernanes foi testado por ali, além de Everton Felipe (que deixou até de ser relacionado) e Gonzalo Carneiro (suspenso por doping). Enquanto isso, o comandante vai citando em todas as entrevistas o quanto esta referência lhe faz falta. - Nós começamos muito bem o jogo. O Bahia fecha bem. Eles têm três volantes que ocupam bem o meio, os pontas voltam com os laterais, bem atrás. Eles jogam numa zona bem baixa, o que dificulta o trabalho de bola. A gente trabalhou muito a bola, mas lógico que faz falta uma referência, um pivô, para que você possa ter essa bola tabelada rápida. A gente tem jogadores que flutuam bem, buscaram o jogo a todo momento. O São Paulo não fez uma má partida. Fez uma boa partida até o terço final (do campo) - disse, após a derrota por 1 a 0 para os baianos pela Copa do Brasil. Quando assumiu o Palmeiras, em 2016, Cuca fez de Gabriel Jesus o seu centroavante. No meio da temporada, com o time na briga pelo título brasileiro, temeu que as frequentes convocações do garoto para a Seleção Brasileira atrapalhassem e pediu à diretoria que contratasse um novo centroavante no meio da temporada. O nome solicitado foi o de Nico Lopez, hoje no Inter e à época no Nacional (URU). Como havia investido alto meses antes para contratar Lucas Barrios, de quem o treinador não era fã, o Palmeiras preferiu não colocar a mão no bolso e acabou acertando o retorno de Leandro Pereira, que estava no Brugge (BEL). Ele foi o reserva imediato de Jesus na campanha do título brasileiro. Quando retornou ao clube em 2017, Cuca verificou novamente a necessidade de contratar um centroavante, já que não acreditava que Miguel Borja pudesse fazer as funções desejadas. Pediu Richarlison, que estava no Fluminense, e depois Diego Souza, que estava no Sport, mas as negociações não vingaram. Foi aí que ele sugeriu Deyverson, que estava no Alavés (ESP). O Verdão não conquistou títulos naquele ano e Cuca saiu antes do fim da temporada, mas Deyverson acabou sendo importante na conquista do Brasileiro de 2018. No Santos, no ano passado, uma nova saga por um camisa 9. Cuca indicou o jovem Felippe Cardoso, da Ponte Preta, uma aposta para o futuro. Até agora, ele não vingou no Peixe. Na época, o técnico não se animou com a possibilidade de ter o argentino Marco Ruben, hoje em alta no Athletico-PR. Antes de tudo isso, Cuca se deu muito bem com um centroavante que sabe fazer o pivô e a "casquinha" na bola aérea: Jô, campeão da Libertadores com ele no Atlético-MG de 2013.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/lance/cuca-repete-obsessao-de-trabalhos-anteriores-e-quer-novo-camisa-nove-24052019

Após lesões, Veríssimo engata sequência e se firma como titular
Data: 24/05/2019

Zagueiro do Santos foi titular nos últimos seis jogos. Antes de retornar e ganhar confiança de Sampaoli, camisa 28 tratou de duas lesões

O zagueiro Lucas Veríssimo passou a segunda parte de 2018 sofrendo com lesões. Porém, após a recuperação, em março deste ano, o jogador voltou a ter boas atuações e tem se firmado como titular no Santos. Entre Copa do Brasil e Campeonato Brasilerio, Veríssimo engatou uma sequência de seis jogos como titular. O defensor atuou contra Grêmio, Fluminense, CSA, Vasco, Atlético-MG e Palmeiras. Veríssimo também parece ter a confiança do técnico Jorge Sampaoli. Admirador do esquema com três zagueiros, o argentino utilizou somente dois defensores contra o Vasco. Quem saiu da equipe foi o defensor Felipe Aguilar, que pôde se recuperar de um desgaste físico. A temporada tem sido um recomeço para o zagueiro. Em 2018, o camisa 28 tratou de duas lesões: muscular de grau 1 na coxa esquerda e ligamento do joelho direito. Além disso, 'perdeu força' na janela de transferências europeia de dezembro. Veríssimo deve ser titular novamente contra o Internacional, neste domingo, às 16h, na Vila Belmiro, pela sexta rodada do Brasileirão. O Peixe é o quarto colocado, com 10 pontos, um a mais que o Colorado. Um provável Santos é: Vanderlei; Victor Ferraz, Lucas Veríssimo, Gustavo Henrique, Felipe Aguilar e Jorge; Diego Pituca, Carlos Sánchez (Jean Lucas) e Jean Mota; Rodrygo e Eduardo Sasha (Soteldo).

Link Notícia: https://esportes.r7.com/lance/apos-lesoes-verissimo-engata-sequencia-e-se-firma-como-titular-24052019

Ator Geoffrey Rush recebe indenização recorde por difamação
Data: 24/05/2019

O Tribunal Federal da Austrália ordenou que a filial local da News Corp pague o valor ao ator vencedor do Oscar por danos passados e futuros

O ator australiano Geoffrey Rush recebeu uma indenização por difamação equivalente a 1,9 milhão de dólares de um tablóide da News Corp que o acusou de comportamento indevido em suas reportagens, a maior pena do tipo na história do país. O Tribunal Federal da Austrália ordenou que a filial local da News Corp pague o valor ao ator vencedor do Oscar por danos passados e futuros, além de um pagamento inicial de 850 mil dólares australianos concedidos em abril, mostraram documentos legais nesta quinta-feira. Uma porta-voz da News Corp não respondeu de imediato a pedidos de comentário por email e telefone. O advogado de Rush não quis comentar. Rush, de 67 anos, disse que os artigos publicados no Daily Telegraph de Sydney foram compilados às pressas porque o jornal queria um ângulo australiano para as acusações de agressão sexual feitas contra o produtor de cinema norte-americano Harvey Weinstein. O jornal havia dito que o ator foi acusado de conduta imprópria não especificada por uma colega de elenco da peça Rei Lear, encenada pela Sydney Theatre Company em 2015. O ator, que recebeu um Oscar em 1997 por seu papel em Shine –Brilhante e desde então atuou na franquia Piratas do Caribe, disse que as reportagens insinuavam que ele é um "grande pervertido" ou culpado de uma grande depravação. Ao apresentar sua decisão, em abril, o juiz Michael Wigney classificou as reportagens como "temerariamente irresponsáveis" e "jornalismo sensacionalista do pior tipo". Neste mês, o jornal disse que existem 16 justificativas para apelação e que a conduta de Wigney "deu motivo para uma suspeita de viés". Copyright © Thomson Reuters.

Link Notícia: https://diversao.r7.com/pop/cinema/ator-geoffrey-rush-recebe-indenizacao-recorde-por-difamacao-24052019


Data: 24/05/2019

Ela era uma desconhecida atriz de teatro de 28 anos quando conseguiu o papel de Ripley no hoje clássico de ficção científica e terror

Sigourney Weaver era uma desconhecida atriz de teatro de 28 anos quando conseguiu o papel de Ripley no hoje clássico de ficção científica e terror Alien: O Oitavo Passageiro, do diretor Ridley Scott. Ripley, a única sobrevivente de um ataque de um alienígena que se infiltra em uma nave espacial, se provou uma das mais poderosas e amadas protagonistas femininas na ficção científica, celebrada por seus fãs como uma heroína forte e complexa. Mas, originalmente, o papel havia sido escrito para um homem. "Eu achei que era um filme pequeno", disse Weaver à Reuters antes do aniversário de 40 anos da estreia do filme. "Tínhamos um elenco pequeno e um jovem e brilhante diretor. Eu gostei do papel... Eu não achei que ia interpretar Henrique 5º, mas achei que podia interpretar Ripley". O filme acompanha a tripulação da embarcação espacial Nostromo que acaba tendo que lutar por suas vidas após um alienígena tomar conta da nave. "Eu acho que o roteiro original era só para homens. Quando eles começaram a reescrever o roteiro, eles conversaram sobre quem devia ser o sobrevivente. E eu acho que a razão que acabaram tornando Ripley uma mulher foi que, naquele momento, ninguém acharia que uma desconhecida acabaria interpretando a sobrevivente", disse Weaver. Copyright © Thomson Reuters.

Link Notícia: https://diversao.r7.com/pop/cinema/achei-que-seria-um-filme-pequeno-diz-sigourney-weaver-sobre-alien-24052019

Orlando Drummond reconquista conta no Instagram e ganha selo
Data: 24/05/2019

Ator ficou conhecido por interpretar o personagem Seu Peru, na 'A Escolinha do Professor Raimundo', e teve perfil na rede social excluído por engano

O perfil de Orlando Drummond, o eterno Seu Peru de A Escolinha do Professor Raimundo, no Instagram, foi reativado menos de 24h depois de sair do ar. O ator, de 99 anos, está de volta à rede social e com conta verificada. Na primeira publicação de retorno, Drummond explicou a situação aos seguidores. "Alguns de vocês perceberam que ficamos fora do ar durante essa tarde. Não entendemos direito o que aconteceu, mas já está tudo resolvido. Graças a todos vocês, conseguimos voltar!", comemorou o ator. Orlando Drummond aparece em um vídeo tocando gaita. "Quem canta, seus males espanta. Muito obrigado", escreveu. A reportagem entrou em contato com a assessoria do Instagram no Brasil, que afirmou: "Cometemos um erro e pedimos desculpas. A conta já foi restaurada." Na quarta-feira (22), a conta do ator foi retirada do ar. A reportagem entrou em contato com Felipe Drummond, neto de Orlando, que informou o motivo do "sumiço" do perfil: "Infelizmente a conta do meu avô foi denunciada como fake e foi suspensa. Estamos correndo atrás para ela voltar o quanto antes". Orlando Drummond criou seu primeiro perfil em uma rede social na última segunda-feira (20) . "Hoje foi dia de fazer o que eu mais amo junto com meus netos Felipe e Alexandre", escreveu, ao lado das hashtags "dublagem" e "versão brasileira", em frente a um estúdio de dublagem.

Link Notícia: https://diversao.r7.com/tv-e-entretenimento/orlando-drummond-reconquista-conta-no-instagram-e-ganha-selo-23052019

Funcionários da Avianca Brasil retomam greve nesta sexta-feira
Data: 24/05/2019

Pilotos e comissários devem respeitar liminar concedida pelo TST, que determina que 60% das operações da companhia continuem funcionando

Os pilotos e comissários da Avianca Brasil vão retomar greve a partir desta sexta-feira (24). A decisão foi tomada em assembleia do SNA (Sindicato Nacional dos Aeronautas) realizada nesta quinta-feira (23). Greve acontecerá nos aeroportos de Congonhas, em São Paulo, e Santos Dumont, no Rio de Janeiro. O SNA ressalta que os tripulantes continuam sem receber salários e outras verbas trabalhistas e que a paralisação tem como base a segurança de voo de todos. Os funcionários vão respeitar a liminar concedida pelo TST (Tribunal Superior do Trabalho) em favor da Avianca, que determina que os tripulantes devem manter 60% do contingente da empresa durante a greve. Caso descumpram a liminar, o SNA pode ser multado em até R$ 100 mil por dia. Veja a lista de voos paralisados em Congonhas e a lista do Santos Dumont. A paralisação continuará por tempo indeterminado, seguindo esses moldes, até que haja uma resposta da Avianca para as reivindicações. A primeira paralisação começou na sexta-feira (17) nos mesmos aeroportos.

Link Notícia: https://noticias.r7.com/brasil/funcionarios-da-avianca-brasil-retomam-greve-nesta-sexta-feira-23052019

EUA anunciam apoio oficial à entrada do Brasil na OCDE
Data: 24/05/2019

Apoio havia sido prometido pelo presidente dos EUA, Donald Trump, durante viagem de Jair Bolsonaro a Washington, em março

O governo norte-americano anunciou nesta quinta-feira (23) apoio oficial à entrada do Brasil na OCDE (Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico), informou o Ministério das Relações Exteriores. A informação foi revelada pelo Itamaraty em sua conta no Twitter. "Hoje na OCDE os EUA expressaram de modo claro e oficial seu apoio ao pleito do Brasil de ingressar na OCDE, uma prioridade do presidente Jair Bolsonaro. O Brasil agradece o gesto de confiança e está pronto a trabalhar com todos os membros e Secretariado no processo de acessão", diz o post do ministério. PUBLICIDADE O apoio foi prometido pelo presidente dos EUA, Donald Trump, durante a visita de Bolsonaro a Washington, em março. Em troca, o Brasil se comprometeu a abrir mão do tratamento especial e diferenciado na OMC (Organização Mundial do Comércio), ao qual tem direito por ser um país em desenvolvimento, e que traz condições favoráveis em negociações. No entanto, no encontro preparatório para reunião do Conselho da OCDE, no mês passado, os norte-americanos evitaram declarar o apoio. A alegação é que não tinham instrução formal para isso. Em seguida, depois da repercussão, o Departamento de Estado americano reafirmou a intenção de apoiar o Brasil no órgão. Nesta quinta-feira (23), a embaixada dos EUA no Brasil reafirmou que o país mantém o apoio ao Brasil. Com o apoio americano, que antes bloqueava a expansão da OCDE, o Brasil deverá começar em breve o processo de adesão, que pode levar até cinco anos para ser completado. Copyright © Thomson Reuters.

Link Notícia: https://noticias.r7.com/brasil/eua-anunciam-apoio-oficial-a-entrada-do-brasil-na-ocde-23052019

CCJ aprova reforma tributária que propõe fim de 3 impostos federais
Data: 24/05/2019

Proposta que segue para comissão especial cria Imposto sobre Operações com Bens e Serviços para substituir IPI, PIS e Cofins

A CCJ (Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania) da Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira (22) a admissibilidade da reforma Tributária. Com a aprovação, o texto será agora analisada por uma comissão especial. Se aprovado pelo colegiado, seguirá para análise do Plenário da Casa. A proposta em questão acaba com três tributos federais — IPI, PIS e Cofins —, com o ICMS, que é estadual, e com o ISS, municipal. Todos eles incidem sobre o consumo. Governo fecha acordo para votar reforma administrativa No lugar deles, é criado o IBS — Imposto sobre Operações com Bens e Serviços, de competência de municípios, Estados e União, além de um outro imposto, sobre bens e serviços específicos, esse de competência apenas federal. O tempo de transição seria de dez anos. O deputado João Roma (PRB-BA), apresentou na semana passada parecer recomendando a aprovação da proposta na CCJ. No relatório, ele argumenta que a reforma apresentada não contraria a Constituição e segue critérios técnicos, ou seja, que ela deve ser admitida pela CCJ para ter a análise de seu conteúdo iniciada. Se cobrado, IPVA para helicópteros, barcos e jatos renderia R$ 4,6 bi O relator entendeu que os questionamentos à proposta seriam centrados na unificação de tributos, que poderia, segundo alguns entendimentos, contrariar a autonomia dos estados e municípios e ferir o pacto federativo. Mas como o IBS será composto por três alíquotas — federal, estadual e municipal; e União, estados e municípios poderão fixar sua alíquota do IBS em valor diferente, João Roma entendeu que não havia riscos para o pacto federativo.

Link Notícia: https://noticias.r7.com/brasil/ccj-aprova-reforma-tributaria-que-propoe-fim-de-3-impostos-federais-22052019

Bolsonaro faz primeira viagem oficial ao Nordeste nesta sexta
Data: 24/05/2019

Presidente deve anunciar plano estratégico para o Nordeste e o 13º salário do programa Bolsa Família em eventos no Recife e em Petrolina

O presidente Jair Bolsonaro faz a primeira viagem oficial ao Nordeste nesta sexta-feira (24). Bolsonaro vai a Recife e a Petrolina, em Pernambuco. O governo vai anunciar o plano estratégico para o Nordeste e entregar empreendimentos do Minha Casa Minha Vida. A expectativa é de que Bolsonaro também anuncie o 13º salário do programa Bolsa Família. Durante live transmitida no Facebook na noite desta quinta-feira (23), o presidente afirmou que a medida irá levar aproximadamente mais de R$ 2,2 bilhões em dezembro de "extra" para a região Nordeste. A visita começa por Recife, onde o presidente visitará, às 10h, o acervo do Instituto Ricardo Brennand. Em seguida, assistirá à "Orquestra Criança Cidadã" e, às 10h45, participará da reunião da Sudene (Conselho Deliberativo da Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste), no Instituto Ricardo Brennand. Segundo a Sudene, os participantes do encontro vão definir uma proposta do Prdne (Plano Regional de Desenvolvimento do Nordeste) e o projeto de lei que vai criá-lo. Bolsonaro deve ir ao Nordeste 'levar' o 13º do Bolsa Família A porposta diz que o plano é um "esforço conjunto da Sudene, dos Estados de sua área de atuação, dos Ministérios e órgãos federais na definição de estratégias para a promoção do desenvolvimento sustentável, integrado e compatibilizado com as expectativas dos diferentes setores da sociedade”. Além do projeto para os próximos 12 anos, há previsão de um reforço de R$ 2,1 bilhões no orçamento do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste. Às 13h, Bolsonaro segue para Petrolina, onde vai participar da entrega de empreendimentos do Programa Minha Casa Minha Vida, marcada para acontecer às 14h. A expectativa é que Bolsonaro já esteja no Rio de Janeiro (RJ) por volta das 18h.

Link Notícia: https://noticias.r7.com/brasil/bolsonaro-faz-primeira-viagem-oficial-ao-nordeste-nesta-sexta-24052019

Decreto de armas foi reavaliado para não por em risco todo o texto
Data: 24/05/2019

A afirmação foi do presidente Jair Bolsonaro, que citou que a intenção do governo foi evitar questionamentos na Justiça e de parlamentares

Ao comentar as alterações do decreto de armas, o presidente Jair Bolsonaro afirmou na noite desta quinta-feira, 23, que a reavaliação foi realizada para que o governo não tivesse "problemas com a Justiça e com a Câmara", evitando colocar "todo o decreto" em risco. Segundo Bolsonaro, o governo levantou onde houve maior incidência de reclamações em torno do texto para reestudar as medidas junto aos ministérios. "Começaram a pipocar ações na Justiça, também de parlamentares, políticos. Então levantamos onde tinha maior incidência de reclamações sobre isso, para nós não termos problemas com a Justiça e com a Câmara e colocar em risco todo o decreto, nós reestudamos juntamente com a Advocacia-Geral da União, Casa Civil, Ministério da Justiça e Segurança Pública e Defesa", disse o presidente durante live transmitida pelo Facebook. Bolsonaro avaliou que não tiveram muitas mudanças no decreto, com uma "preservação de 90%" do texto original. O presidente também mencionou durante a live os questionamentos em torno da aquisição de fuzil para pessoas que vivem no campo, ressaltando que os parâmetros serão definidos pelo Comando do Exército em até 60 dias. "A aferição dos parâmetros será feita pelo comando do Exército. Eu estou falando de fuzil, as demais armas de porte sem problema nenhum", disse Bolsonaro, esclarecendo também que o decreto permite o uso da arma em todo o perímetro da propriedade rural. "Permitimos para todo perímetro da propriedade, se tua terra tem 500 hectares, vai poder usar a arma", afirmou o presidente. Bolsonaro ainda anunciou durante a transmissão que o ministro da Justiça e Segurança Pública, assinou decreto que autoriza a nomeação de 1047 novos policiais federais. "O ministro Moro trabalhou muito nessa proposta, junto ao ministro Paulo Guedes, e conseguiu sinal verde, sinal que ele está prestigiado, não é qualquer um que consegue isso", disse. Copyright © Estadão. Todos os direitos reservados.

Link Notícia: https://noticias.r7.com/brasil/decreto-de-armas-foi-reavaliado-para-nao-por-em-risco-todo-o-texto-24052019

Juíza dá 15 dias para Bolsonaro pagar R$ 10 mil a Maria do Rosário
Data: 24/05/2019

Presidente também terá de se retratar em um jornal de grande circulação e nas redes sociais pelas ofensas disparadas contra a deputada

A juíza Tatiana Dias da Silva Medina, da 18ª Vara Cível de Brasília, fixou um prazo de 15 dias para que o presidente Jair Bolsonaro (PSL) pague R$ 10 mil por ofensas disparadas contra a deputada federal Maria do Rosário (PT-RS). O presidente também terá de se retratar em um jornal de grande circulação e nas redes sociais. O episódio foi explorado contra Bolsonaro na última campanha presidencial. Em 2014, Bolsonaro disse que não "estupraria" Maria do Rosário pois ela não mereceria, "porque ela é muito ruim, porque ela é muito feia, não faz meu gênero, jamais a estupraria". "Eu não sou estuprador, mas, se fosse, não iria estuprar, porque não merece." Deputado vai processar Maria do Rosário no Conselho de Ética Procurado, o Palácio do Planalto não se manifestou até a publicação deste texto. "Compartilho a vitória com todas as mulheres que sofrem humilhações e violências, a quem sempre defenderei. E que na política, tenham aprendido que não existe imunidade parlamentar para agir contra a lei e desrespeitar quem quer que seja", disse a deputada Maria do Rosário ao Estadão/Broadcast Político. A parlamentar vai doar o dinheiro. Recurso Em fevereiro, o ministro Marco Aurélio Mello, do STF (Supremo Tribunal Federal), negou um recurso da defesa de Bolsonaro contra a condenação por danos morais. Na decisão, Marco Aurélio destacou que a imunidade prevista na Constituição — segundo a qual o presidente da República não pode ser responsabilizado por atos estranhos ao mandato — não se encaixa nas situações de esfera cível, como uma reparação por danos morais. Copyright © Estadão. Todos os direitos reservados.

Link Notícia: https://noticias.r7.com/brasil/juiza-da-15-dias-para-bolsonaro-pagar-r-10-mil-a-maria-do-rosario-23052019

Cristiano Ronaldo aumenta coleção de carros com um McLaren Senna
Data: 24/05/2019

Atacante comprou o modelo que a escuderia criou para homenagear o brasileiro Ayrton Senna, português gastou quase R$ 5 milhões na nova paixão

A visita de Cristiano Ronaldo aos boxes da McLaren, em Mônaco, na última quinta-feira, já rendeu frutos. O craque português apresentou ao mundo na manhã desta sexta-feira o novo carro que comprou para a sua coleção de máquinas. O escolhido da vez foi um McLaren Senna, modelo que a empresa criou para homenagear o brasileiro tricampeão mundial de Fórmula 1. CR7 pagou mais de um milhão de euros, aproximadamente R$ 5 milhões, pelo novo brinquedo. O craque mostrou o carrão para os fãs em sua conta no Instagram. Primeiro com vídeo dele chegando em sua casa, em Turim na Itália. Depois fez uma fotinho posada com estilo. No fim de abril, Cristiano já tinha comprado um La Voiture Noire, da Bugatti, o carro mais caro do mundo. No futebol, o português curte férias com a família. Depois da primeira temporada no futebol italiano, CR7 conquistou somente o campeonato da Itália com a Juventus. Na próxima semana, o ex-melhor do mundo se apresenta à seleção de Portugal para disputar a semifinal da Liga das Nações, no próximo dia 5, contra a Suíça, em Porto.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/fora-de-jogo/cristiano-ronaldo-aumenta-colecao-de-carros-com-um-mclaren-senna-24052019

País abre 129 mil postos de trabalho com carteira assinada em abril
Data: 24/05/2019

Trata-se do terceiro mês em 2019 com aumento dos postos de trabalhos formais, segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados

Foram abertas 129,6 mil vagas de emprego com carteira assinada em todo país no mês de abril, alta de 0,34% em relação a março. Os dados do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) foram divulgados nesta sexta-feira (24). Esse foi o terceiro mês de 2019 com criação de empregos formais. Em janeiro, foram abertas 41,1 mil vagas e em fevereiro, 185,2 mil. A exceção foi março, em que houve redução de 42,1 mil vagas. O cálculo leva em contas a diferença entre demissões e admissões durante o mês analisado. O Caged registrou no mês passado 38,69 milhões de trabalhadores com carteira assinada, sendo 17 milhões no setor de serviços; 9 milhões no comércio; 7 milhões na indústria de transformação; 1,9 milhão na construção civil; 1,5 milhão na agropecuária, extração vegetal, caça e pesca; e restante em setores como administração pública, indústria de extração mineral e serviços industriais de utilidade pública. Em abril, na comparação com o mês anterior, todos os setores da economia abriram vagas formais. O segmento de serviços foi o que mais criou postos: 66,2 mil; seguido da indústria de transformação (20,4 mil); e da construção civil (12,2 mil). Foram criadas 477,8 mil vagas com carteira assinada no período de maio de 2018 a abril de 2019: variação de 1,25%. Apenas em 2019, foram 313,8 mil postos. São Paulo responde por 50,1 mil vagas criadas no mês passado; Minas Gerais, 22,3 mil; e Paraná, 10,6 mil. Das 27 unidades da federação, apenas quatro registraram cortes de empregos formais: Alagoas (-4.692); Rio Grande do Sul (-2.498); Rio Grande do Norte (-501); e Pará (-25). O salário médio dos trabalhadores demitidos em abril era de R$ 1.747,85, enquanto a remuneração de quem foi contratado ficou em R$ 1.584,51, na média.

Link Notícia: https://noticias.r7.com/economia/pais-abre-129-mil-postos-de-trabalho-com-carteira-assinada-em-abril-24052019

Represa de Gusttavo Lima é esvaziada após risco de rompimento
Data: 22/05/2019

Segundo a assessoria de imprensa, água tem sido bombeada para atingir nível de segurança e processo deve terminar no máximo até quinta-feira (23)

Desde segunda-feira (20), a represa localizada na fazenda do cantor Gusttavo Lima, em Bela Vista de Goiás (GO), tem passado por bombeamento para que a água atinja um nível seguro. O processo tem sido realizado após rachaduras serem detectadas no local, que tem 5 metros de profundidade. Representantes do Ministério Público, Bombeiros e da Polícia Civil que vistoriaram a fazenda determinaram que o lago fosse esvaziada em cerca de quatro metros até quinta-feira (23), para evitar um rompimento que poderia atingir casas nos arredores e até mesmo a rodovia GO-020. Segundo a assessoria de imprensa do cantor, o escoamento parcial deve ser concluído no prazo estipulado ou até mesmo antes. Em paralelo, estão sendo realizadas obras para construção de barragem de contenção. "Já não existem mais riscos e a situação está sob controle", garantiu a assessora do músico, Silmara Moraes. A Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Contra o Meio Ambiente (Dema), responsável pelo caso, tranquilizou os habiantes locais e garantiu que, ao atingir o nível de segurança exigido (um metro), a represa já ficaria estabilizada. Na última sexta-feira (17), Gusttavo Lima avisou os vizinhos e ofereceu indenização e hospedagem, caso uma tragédia acontecesse. Procurado, o delegado responsável pelo caso, Luziano Severino de Carvalho, não estava disponível para outros esclarecimentos. Problemas na represa são antigos Gusttavo Lima adquiriu a fazenda em setembro de 2017. Já naquela época, a equipe do cantor notou a necessidade de obras para evitar o rompimento da represa, construída em 1994. Em seguida, Gusttavo diz que protocolou junto à extinta SECIMA, hoje SEMAD (Secretaria Estadual do Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável), o pedido de licença ambiental em dezembro do mesmo ano. Diante da demora na análise do pedido, foram iniciadas obras no barramento para estabilização e consequente aumento de vida útil do lago. Mas as obras sofreram embargo no mês seguinte. O sertanejo solicitou licença ambiental provisória para execução de serviços de urgência, pois havia risco de rompimento. A licença foi concedida durante um período de 30 dias e o prazo foi insuficiente para conclusão das obras. Segundo a equipe do cantor, a busca pela licença definitiva perdura até os dias atuais, sem análise pelo órgão ambiental. Por conta disso, os procuradores do proprietário protocolaram junto à SEMAD em 15 de maio deste ano um requerimento em caráter de urgência, que expôs todo o ocorrido e visava a execução de obras emergenciais. Em função da comunicação sobre a Barragem do Córrego Olaria, mediante o laudo técnico apresentado, foi desencadeada vistoria técnica realizada na última sexta-feira (17). Gusttavo queria ampliar represa? Por outro lado, em fevereiro de 2018 a Polícia Civil indiciou o músico e outras três pessoas por aumentarem a represa sem licença ambiental. Além de Gusttavo, também foram citados o administrador Jorge Pedro Kunzler, a esposa dele, a arquiteta Alessandra Jardim Lobo, e o biólogo Luciano Lozi. De acordo com nota emitida pela Polícia Civial à época, a represa já possuía três hectares e o intuito era chegar a quatro. Porém, o trabalho estaria sendo realizado sem a devida autorização da Secretaria de Meio Ambiente, Recursos Hídricos, Infraestrutura, Cidades e Assuntos Metropolitanos (Secima), atual Semad. O próprio músico utilizou as redes sociais para falar sobre o assunto em 28 de fevereiro de 2018 e admitiu a intenção de aumentar o tamanho do lago. "Esse ano eu quis ampliar a represa e minha licença não foi negada, ela está em análise. Não pode haver conclusão de inquérito sem perícia técnica. As obras referente à ampliação do lago estão paralisadas desde que foi protocolado o pedido", explicou via Twitter. A pena em caso de condenação varia de um a seis meses ou multa.

Link Notícia: https://diversao.r7.com/pop/musica/represa-de-gusttavo-lima-e-esvaziada-apos-risco-de-rompimento-22052019

'Game of Thrones': 2 surpresas, 1 decepção e 1 alegria no último capítulo da série
Data: 22/05/2019

Uma das mais bem sucedidas séries da história da TV chega ao fim antes da conclusão dos livros que inspiraram a produção da HBO.

Game of Thrones acabou. Parece uma obviedade afirmar isso, mas não é. Apesar da exibição do capítulo final, milhões de fãs vão passar os próximos dias (meses?, anos?) debatendo o fim da série e sugerindo ou defendendo conclusões alternativas que considerariam mais épicos, engenhosos ou justos do que o que foi visto na HBO no domingo (19). Aqueles que não foram atraídos pela série podem achar que é um exagero gastar tanto tempo criticando e reimaginando um programa de televisão com dragões e zumbis. Mas talvez o que eles não consigam entender é que Game of Thrones é muito mais que um mundo de fantasia épico. 3 personagens que 'foram estragados' pela última temporada de Game of Thrones Seus personagens, com talentos, desejos e mesquinhez, somaram-se à imprevisibilidade do enredo, tornando a série um dos maiores sucessos na história da televisão, conseguindo conquistar espectadores e críticos. Ou, pelo menos, foi assim até a oitava temporada, quando a cuidadosa trama política e humana das temporadas anteriores foi dominada pelo espetáculo visual e pelo efeito narrativo. Personagens passaram a tomar decisões e apresentaram diálogos improváveis, fazendo com que os espectadores ficassem cientes de que havia roteiro, orçamento e prazos a serem cumpridos para atingir um ponto final predeterminado. Ainda não está claro se esse final foi o pensado pelo autor George R.R. Martin em 1991, quando ele começou a escrever Canção de Gelo e Fogo, a inacabada saga de livros em que se baseia o seriado. O que é certo é que o desempenho televisivo dos criadores David Benioff e D.B. Weiss é o único fechamento oficial, e este gerou surpresa e decepção mas também um pouco de alegria. Surpresa 1: Jon Snow mata Daenerys À primeira vista, é fácil acreditar que Jon Snow seja um personagem que aprendeu e amadureceu durante esses 73 episódios. Não foi em vão que o filho bastardo e ranzinza de Ned Stark passou a comandar a Patrulha da Noite, tornou-se Rei do Norte e é o verdadeiro herdeiro do Trono de Ferro como filho legítimo de Rhaegar Targaryen e Lyanna Stark. No entanto, em diversas ocasiões Jon Snow foi capaz de confundir lealdade e honestidade com a simples estupidez, como aconteceu com seu pai adotivo. Essa é a razão pela qual muitos acreditavam que, apesar de ter sido uma testemunha privilegiada do genocídio perpetrado por Daenerys Targaryen em King's Landing, Jon nunca tomaria uma decisão drástica com a nova "rainha (supostamente) louca". "Você é minha rainha e você sempre será minha rainha", disse Snow antes de lhe dar um beijo e uma facada fatal. Assim, o personagem mais heróico de Game of Thrones repetiu a história e tomou o mesmo caminho de quem foi o mais moralmente julgado da série, Jaime Lannister. A questão agora é se Jon também será imortalizado nos livros de história da região como "mata-rainhas". Surpresa 2: rei Bran Stark Nas diferentes teorias sobre quem acabaria sentado no Trono de Ferro, Bran Stark apareceu como um dos possíveis candidatos, mas mais por seu sobrenome do que por sua habilidade comprovada como líder, político ou estrategista. Sua jornada de uma criança inquieta para o superpoderoso Corvo de Três Olhos teve pouca ou nenhuma eloquência. Com um olhar vazio e palavras estritamente justas, tornou-se uma espécie de enciclopédia viva, sem emoções ou ambições. Na verdade, é provavelmente por essa razão que "Bran, o Quebrado" vai ser um bom rei ou, pelo menos, o rei necessário. Seu vasto conhecimento, sua objetividade e sua praticidade ajudarão a reconstruir os agora seis reinos do mundo de Game of Thrones após décadas de guerra, devastação e fome. Além disso, sua esterilidade serve como a "desculpa perfeita" para acabar com o sistema de governo baseado em herdeiros e iniciar um novo, um pouco mais democrático, onde os líderes das casas mais poderosas votarão no rei. Decepção: só os maus morrem A série que soube matar o rosto do cartaz promocional na primeira temporada não conseguiu matar personagens no oitavo e último ano. Ninguém gostou de ver Ned Stark decapitado ou Rob Stark massacrado junto com sua mãe, esposa e filho não nascido. Mas essas mortes dos "mocinhos" evitaram que Game of Thrones fosse somente mais uma história de fantasia, com príncipes e princesas que vivem felizes para sempre. A vida é injusta e a guerra, ainda mais. Por isso, é quase incompreensível que no capítulo final da série nem Jon Snow nem Tyrion Lannister morram depois da bem sucedida conspiração contra Daenerys. Eles são apenas detidos por alguns dias e ninguém é de fato punido. É verdade que na última temporada morreram três dos principais personagens, isto é, os gêmeos Cersei e Jaime Lannister e Daenerys Targaryen. O problema é que os três morreram como vilões. Isso não é estranho em Cersei, que ao longo desses oito anos soube ser uma personagema maligna tão brilhante quanto complexa, com sua própria lógica de amor e compaixão. Mas esse não era um caminho narrativo natural para Jaime e Daenerys, cujos personagens deram reviravoltas inesperadas em capítulos anteriores. Foram mudanças tão abruptas que até pareciam que os escritores sentiam pena de matá-los enquanto os personagens tinham o afeto e a empatia do público. Alegria: os Stark "Quando se joga o jogo dos tronos, se vive ou se morre", disse Cersei certa vez. Dada a sina que, temporada após temporada, os Stark tiveram ao longo da série, já parece muito Bran, Sansa, Arya e Jon terminarem com vida. Mas não foi só isso: no final de Game of Thrones, todos parecem satisfeitos com a conclusão. Sansa, que sempre sonhou em ser uma rainha, realizou sua fantasia quando ainda era criança, mas agora como uma mulher empoderada conseguiu o que vários Stark não alcançaram: a independência do Norte. Arya embarca em seu caminho para novas aventuras a oeste. E Jon, como "punição", vai viver com o povo livre, longe dos títulos de nobreza e nomes compostos. O melhor é que essa sucessão de finais felizes ocorre enquanto, ao fundo, soa a trilha sonora que vai ficar na história como uma das mais icônicas da televisão. Agora, veja e reveja sem pressa os episódios enquanto espera pelos livros de Martin - e se eles vão seguir esse caminhos ou não. BBC Brasil - Todos os direitos reservados - É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC

Link Notícia: https://diversao.r7.com/tv-e-entretenimento/game-of-thrones-2-surpresas-1-decepcao-e-1-alegria-no-ultimo-capitulo-da-serie-20052019

De noiva, Zilu pede namorado em casamento e Mayra Cardi curte
Data: 22/05/2019

Mayra Cardi, que armou um casamento surpresa para Arthur Aguiar, foi uma das primeiras a dar like na publicação de Zilu sobre vontade de se casar

A ex-mulher do sertanejo Zezé di Carmargo, Zilu Godoi, compartilhou em seu Instagram, na tarde de segunda-feira (21), uma foto em que aparece vestida de noiva em um evento. Empolgada, como confessou estar, ela não perdeu a chance de instigar o namorado, o fotógrafo Marco Augusto Ruggiero, e jogou no ar um "pedido de casamento". — Me senti realizada ao fazer parte do Casar2019! Foi lindo, emocionante, e a receptividade das pessoas foi algo que nunca havia presenciado! Gratidão por tudo e por tanto! Vocês foram excepcionais! Até me empolguei em casar... e aí @marcoaugustoruggiero?! Topa?!? E sabe quem curtiu a publicação? A coach Mayra Cardi, que em dezembro de 2017 armou para seu então namorado, o ator Artur Aguiar, 'apenas' um casamento supresa. Como relatou a colunista Keila Gimenez na época, Mayra Cardi convidou o noivo, Arthur Aguiar, em uma manhã de sexta-feira para tomar um café da manhã na casa dela. Chegando lá, o que esperava o rapaz era uma cerimônia de casamento. "As imagens da 'surpresinha' viralizaram, pois a cara de 'sono' ou de 'susto' de Arthur não era das melhores", escreveu Keila. No caso de Mayra e Arthur, a iniciativa da noiva deu certo. Eles acabaram se casando novamente, sem supresas, e hoje tem uma filhinha. Será que a indireta de Zilu vai surtir efeito?

Link Notícia: https://diversao.r7.com/prisma/blog-da-db/de-noiva-zilu-pede-namorado-em-casamento-e-mayra-cardi-curte-21052019

Com baixas e dúvidas, Cuca terá de 'remontar' São Paulo contra o Bahia
Data: 22/05/2019

Sem Liziero, que ficará sem jogar por até dois meses, e Hernanes, com dores, técnico precisará encontrar outra forma de montar equipe nesta quarta-feira

O São Paulo inicia nesta quarta-feira a caminhada para tentar conquistar um de seus maiores objetivos na temporada: o título inédito da Copa do Brasil. E o primeiro desafio na competição será diante do Bahia, pelo jogo de ida das oitavas de final. No entanto, além do adversário dentro de campo no Morumbi, Cuca e sua comissão técnica terão de enfrentar o dilema da montagem do time para esta noite, na tentativa de ajustar os esquema como os desfalques. Sem dúvidas, a mais sentida das ausências é a do meio-campista do São Paulo, Liziero, homem de confiança do Mancini e do técnico Cuca, além de ser considerado a peça que arrumou o meio-campo do tricolor paulista desde o mata-mata do Paulistão. Assim, o desfalque atinge diretamente o setor que vinha sendo o problema do time, antes da boa fase do clube. Na partida diante do mesmo Bahia, no último domingo, essa lacuna deixada pelo jovem são-paulino já foi sentida e a equipe acabou jogando mal. A entrada de Luan, volante, com características de mais marcação do que controle de jogo, acabou tirando ainda mais a criatividade do meio-campo, principalmente por conta de Hernanes não estar em um bom dia. O Bahia se aproveitou da situação e dominou o setor, não deixando os paulistas jogarem. Veja mais: Neymar faz pose. Mpabbé assume: é o melhor do PSG, da França Para o duelo desta noite, pela Copa do Brasil, Cuca tende a optar por trazer Hudson de volta para a posição de volante ao lado de Tchê Tchê, enquanto Igor Vinícius vai para a lateral direita. Mas é possível que outras peças do meio para frente sejam alteradas. Hernanes, com dores na coxa direita, é dúvida e pode ser substituído por Nenê, com quem o treinador conversou longamente, ainda dentro de campo, após o treino da última segunda-feira. A parte física também pode tirar Antony da equipe titular. Com dores nas costas, após pancada recebida no último domingo, e desgaste físico pela maratona de jogos, o jovem atacante deve inciar no banco de reservas, dando lugar a Everton, que atuaria pelo lado esquerdo do campo, enquanto Toró seria deslocado para a direita, mantendo Alexandre Pato no comando de ataque. Por ali, Carneiro, suspenso por doping, e Pablo, em processo de transição física, são desfalques que há algum tempo dificultam a montagem do ataque. Precisando construir um bom resultado antes do jogo de volta, na próxima semana, em Salvador, Cuca terá de "quebrar a cabeça" para remontar o seu time, atingido por problemas físicos e lesões. Com a apenas um dia de treinamento coletivo antes de entrar em campo no Morumbi, a missão do técnico se mostra ainda mais desafiadora em momento decisivo do ano.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/lance/com-baixas-e-duvidas-cuca-tera-de-remontar-sao-paulo-contra-o-bahia-22052019

Vasco começa mal como mandante e busca ter mais força em casa
Data: 22/05/2019

Cruz-Maltino conseguiu 2 únicos pontos no Campeonato Brasileiro como mandante, mas não teve atuações boas no estádio de São Januário

Os números do Vasco neste início de Campeonato Brasileiro assustam. Com dois pontos em cinco jogos, a equipe já tem a pior campanha desde 2003, quando a competição passou a ser por pontos corridos. E, se jogar como mandante salvou o Cruz-Maltino em outras oportunidades, desta vez o clube ainda não conseguiu encontrar a melhor forma. A situação geral no Brasileirão é pior até do que os anos em que o clube acabou caindo para a Segunda Divisão: 2008 (7), 2013 (7) e 2015 (4). Em 2004, o Vasco também havia conquistado apenas dois pontos nas cinco primeiras rodadas. Porém, sofreu apenas cinco gols. Desta vez, são 11 contra. Em 2019, atuando como mandante, o time do Vasco tem um dos piores aproveitamentos do Brasil. Foram 16 jogos, sendo nove vitórias, quatro empates e três derrotas. No Campeonato Brasileiro, são dois empates e uma derrota, sendo que uma das partidas aconteceu na cidade de Manaus. - Ninguém que está aqui queria estar passando por isso. São cinco jogos sem nenhuma vitória. Lutamos bastante para furar o bloqueio do Avaí. Mas acabamos sofrendo um gol no fim. Lamentamos bastante da forma que foi, pois chegamos muito confiantes, com a autoestima lá em cima para esse jogo. Realmente estamos passando por um momento delicado, mas precisamos superar tudo e voltar a vencer. Só vencendo que a gente irá mudar tudo isso que estamos passando. Queremos sair o quanto antes desta zona desconfortável - disse Yago Pikachu após o empate contra o Avaí. Antes da parada para a Copa América, o Vasco ainda terá duas partidas em seus domínios. Primeiro, encara o Internacional em São Januário, no dia 7 de junho. Depois, recebe o Ceará, no dia 13. Antes desses dois confrontos, o Cruz-Maltino ainda faz um clássico contra o Botafogo no Rio de Janeiro, no estádio Nilton Santos. Na próxima rodada, o adversário será o Fortaleza no Castelão.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/lance/vasco-comeca-mal-como-mandante-e-busca-ter-mais-forca-em-casa-22052019

Neymar fica de fora da seleção do PSG de todos os tempos
Data: 22/05/2019

Quatro brasileiros - Ricardo Gomes, Thiago Silva, Maxwell e Raí - foram incluídos na equipe, em pesquisa realizada por jornal francês

O jornal L'Equipe divulgou nesta semana o resultado da pesquisa feita com internautas e jornalistas da publicação, em que foram escolhidos os 11 maiores jogadores da história do PSG, na opinião deles. Neymar não foi incluído no onze histórico da equipe francesa, mesmo tendo protagonizado, em 2017, a trasnferência mais cara da história do futebol, quando o Paris Saint-Germain desembolsou 222 milhões de euros para tirá-lo do Barcelona. As polêmicas envolvendo Neymar parecem ter ocupado mais espaço do que suas grandes atuações, na mente dos entrevistados. Isto porque, mesmo em um período de turbulência e de afastamento por contusão, o brasileiro vem apresentando um bom futebol dentro de campo. Nesta temporada, por exemplo, ele marcou 15 gols em 17 jogos pelo PSG, tendo dado sete assistências decisivas e sido fundamental para a conquista do título francês. Os internautas, porém, elegeram o seguinte time, incluindo quatro brasileiros: Lama; Sassus, Thiago Silva, Ricardo Gomes e Maxwell; Luis Fernández, Susic e Raí; Dahleb, Mbappé e Ibrahimovic.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/futebol/neymar-fica-de-fora-da-selecao-do-psg-de-todos-os-tempos-22052019


Data: 22/05/2019

Para o presidente, os governantes devem se empenhar ainda na redução de impostos. Ele citou como exemplo a redução da alíquota do ICMS

O presidente Jair Bolsonaro disse nesta segunda-feira (20) que falta dinheiro no governo federal e que se a reforma da Previdência não for aprovada, em no máximo cinco anos, não haverá recursos para pagamento de servidores na ativa. “Não podemos desenvolver muita coisa por falta de recursos, por isso precisamos da reforma da Previdência. Ela é salgada para alguns? Pode até ser, mas estamos combatendo privilégios. Não dá para continuar mais o Brasil com essa tremenda carga nas suas costas. Se não fizermos isso, 2022, 2023, no máximo em 2024, vai faltar dinheiro para pagar quem está na ativa”, disse. Bolsonaro recebeu, nesta segunda-feira, a Medalha do Mérito Industrial do Estado do Rio de Janeiro, em cerimônia na Firjan (Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro). A premiação foi criada em 1965 e é destinada a personalidades nacionais e estrangeiras que desempenharam papel relevante para o desenvolvimento da indústria fluminense. Aos industriais, o presidente disse que está trabalhando para desburocratizar e melhorar o ambiente de negócios no país, para que os empresários brasileiros alcancem o sucesso e consigam gerar mais emprego e renda para a população. “O primeiro trabalho que queremos fazer é não atrapalhá-los, já estaria de bom tamanho, tendo em vista [a burocracia] que os senhores tem que enfrentar no dia a dia”, disse. PublicidadeFechar anúncio Como exemplo de medidas e projetos para facilitar a vida dos brasileiros, Bolsonaro citou a Medida Provisória da Liberdade Econômica, facilitação de licenças ambientais, o aumento da validade da carteira de habilitação de cinco para dez anos e a retirada de radares das rodovias federais. Para Bolsonaro, os governantes devem se empenhar ainda na redução de impostos. Ele citou como exemplo a redução da alíquota do ICMS (Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) sobre o combustível de aviação em São Paulo, de 25% para 12%. “Uma simples variação no ICMS do querosene de aviação faz com que São Paulo tenha mais aviões partindo de seus aeroportos que o nosso aqui, no Rio de Janeiro. Sinal que quanto menos a gente tributa, quanto menos interfere, maior desenvolvimento”, disse. Após a cerimônia, Bolsonaro participa de um almoço oferecido pelo presidente da Firjan, Eduardo Eugênio Gouvêa Vieira. O presidente retorna ainda hoje para Brasília, com previsão de chegada às 16h20 na capital federal.

Link Notícia: https://noticias.r7.com/brasil/sem-reforma-faltara-dinheiro-para-salarios-em-2024-diz-bolsonaro-20052019

Governo não tem maioria para reforma da Previdência, diz Ramos
Data: 22/05/2019

Marcelo Ramos, presidente da comissão especial, estimou que PEC da reforma não tem apoio dos 308 votos necessários para ser aprovada

O presidente da comissão especial da Câmara dos Deputados que analisa a proposta de reforma da Previdência, Marcelo Ramos (PR-AM), disse nesta segunda-feira que o governo do presidente Jair Bolsonaro é incapaz de formar uma maioria para aprovar a PEC (Proposta de Emenda à Constituição) da reforma. Ele disse, no entanto, que o país não pode ficar refém dessa situação e que o Congresso vai liderar o processo da reforma, apontada como crucial para o equilíbrio das contas públicas. "Nós temos que isolar os problemas com a postura do governo e fazer o que tem que ser feito para o Brasil, que é fazer a reforma da Previdência andar. Independente do governo, vamos fazer a reforma andar", disse Ramos à Reuters. O deputado estimou que a PEC da reforma não tem o apoio de mais de 200 deputados, bem abaixo dos 308 votos necessários para ser aprovada em dois turnos de votação na Casa e ser encaminhada para análise no Senado. Ele apontou a precária relação de Bolsonaro com o Congresso como culpada. "Eu acho que as demonstrações dele (Bolsonaro) desde que ele era parlamentar, e agora são reafirmadas, são de desprezo à democracia. Agora precisamos isolar essa atitude antidemocrática e de pouco respeito às instituições e não deixar que o país paralise por conta dessa postura", afirmou o deputado. As declarações de Ramos vêm pouco depois de Bolsonaro afirmar em discurso na Firjan (Federação das Indústrias do Rio de Janeiro) que o problema do Brasil é a classe política. Copyright © Thomson Reuters.

Link Notícia: https://noticias.r7.com/brasil/governo-nao-tem-maioria-para-reforma-da-previdencia-diz-ramos-20052019

Câmara vai discutir aposentadoria de policiais e professores
Data: 22/05/2019

Entre os temas estão o BPC e o abono salarial, a aposentadoria do trabalhador rural e de categorias com critérios diferenciados

A Câmara dos Deputados retoma nesta semana as audiências temáticas da comissão especial que analisa a Proposta de Emenda à Constituição da reforma da Previdência (PEC 6/19). Entre os temas estão o BPC (Benefício de Prestação Continuada) e o abono salarial, a aposentadoria do trabalhador rural e de categorias com critérios diferenciados como professores, policiais e magistrados. Na terça-feira (21), o colegiado convidou o assessor-chefe-adjunto da Presidência da República, Arthur Bragança Weintraub, o professor do Instituto de Economia da Unicamp (Universidade de Campinas), Pedro Rossi, a pesquisadora do Ipea (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada), Luciana Jaccoud, e o diretor de programa na Secretaria Especial de Previdência e Trabalho, Leonardo Rangel, para debater BPC e abono salarial. A aposentaria do trabalhador rural será discutida na quarta-feira (22) com o secretário especial adjunto de Previdência e Trabalho, Bruno Bianco, com a advogada Jane Lúcia Berwanger, representante IBPD (Instituto Brasileiro de Direito Previdenciário) e com representante da Contag (Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura). As categorias com critérios diferenciados de aposentadoria serão debatidas na quinta-feira (23) com o secretário adjunto de Previdência no Ministério da Economia, Narlon Gutierre Nogueira, e com o presidente da Contee (Confederação Nacional dos Trabalhadores em Estabelecimento de Ensino), Gilson Reis. Reforma tributária Em paralelo à discussão sobre a mudança nas regras de aposentadoria dos trabalhadores, deputados também analisarão o texto da reforma tributária (PEC 45/19). Na quarta-feira (22), a Comissão de Constituição e Justiça da Câmara deve votar o relatório sobre a admissibilidade da PEC. O relator do texto, deputado João Roma (PRB-BA), apresentou seu parecer na semana passada. PublicidadeFechar anúncio A proposta institui IBS (Imposto sobre Operações com Bens e Serviços) que substitui três tributos federais — IPI, PIS e Cofins —, o ICMS, que é estadual, e o ISS, municipal. Todos eles incidem sobre o consumo. O IBS será composto por três alíquotas - federal, estadual e municipal; e União, estados e municípios poderão fixar diferentes valores para a alíquota do imposto. Plenário Segundo o líder do governo na Câmara, Major Vitor Hugo (PSL-GO), o governo e o partido têm trabalhado para construir um consenso e viabilizar a votação de três medidas provisórias no plenário esta semana, entre elas, a MP 870/19 da reforma administrativa. A comissão mista que analisou a reforma administrativa introduziu modificações no texto, como a que retira o Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) do Ministério da Justiça e Segurança Pública para transferi-lo de volta ao Ministério da Economia. Segundo o líder, o partido tentará manter o Coaf no Ministério da Justiça na votação em plenário. “Os deputados do PSL decidiram não apoiar essa mudança no Coaf. Tem um peso simbólico muito grande e uma questão jurídica envolvida em termos de facilitação de combate à lavagem de dinheiro, ao financiamento do terrorismo e à corrupção”. Para não expirar, o texto de conversão da medida provisória precisa ter a votação concluída nas duas Casas até o dia 3 de junho. Já a MP 863/18, que autoriza até 100% de capital estrangeiro em companhias aéreas com sede no Brasil, precisa ser aprovada pelo Congresso até dia 22 de maio para não perder a validade. Outra MP citada por Major Vitor Hugo é a 866/18 que cria a NAV Brasil (Brasil Serviços de Navegação Aérea S.A.). A MP autoriza o Executivo a implementar a NAV Brasil, em decorrência da cisão parcial da Infraero (Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária).

Link Notícia: https://noticias.r7.com/economia/camara-vai-discutir-aposentadoria-de-policiais-e-professores-20052019

Grandes leilões acontecerão no 2º semestre, diz Guedes
Data: 22/05/2019

Novamente o ministro defendeu a criação de um novo "pacto federativo" com maior repartição de recursos com Estados e municípios

O ministro da Economia, Paulo Guedes, disse nesta quarta-feira (22), que, apesar de algumas privatizações e concessões já terem sido realizadas neste ano, os grandes leilões estão sendo preparados e acontecerão no segundo semestre. "Com as privatizações, vamos reduzir o endividamento, que é o segundo maior gasto do Estado, após a Previdência", afirmou, durante palestra de mais de uma hora de duração no Seminário Previdência organizado pelo jornal Correio Braziliense. Segundo ele, o terceiro maior gasto do governo federal é a despesa com pessoal. Durante a palestra, ele chegou a chamar parte do funcionalismo de "superburocratas", mas lembrou que 40% dos servidores se aposentarão nos próximos cincos anos. "Vamos travar os concursos. Vamos ter uma classe burocrática com mais qualidade e menos gente", completou. Veja também: Bolsonaro fala de Previdência com crianças e brinca com Guedes Guedes defendeu mais uma vez a criação de um novo "pacto federativo" com maior repartição de recursos com Estados e municípios. Ele ainda prometeu que 70% da arrecadação com a exploração do pré-sal irão para os entes federativos. "Não queremos uma porção de ministros com dinheiro no bolso trocando por votos. Não adianta recursos ficarem em Brasília, não são os ministros que vão consertar o País. O governador é que sabe se quer fazer estrada, escola ou saneamento", afirmou o ministro. Guedes ainda criticou os TCEs (Tribunais de Contas Estaduais) que, segundo ele, explosão financeira dos Estados. "Os TCEs terão que trabalhar nos padrões do TCU (Tribunal de Contas da União)", completou. Copyright © Estadão. Todos os direitos reservados.

Link Notícia: https://noticias.r7.com/brasil/grandes-leiloes-acontecerao-no-2-semestre-diz-guedes-22052019

CCJ abre sessão extraordinária para votar reforma tributária
Data: 22/05/2019

Votação estava prevista para acontecer às 14h, mas lideranças temiam sessão esvaziada diante do foco do governo na aprovação da MP dos ministérios

A Comissão de Constituição e Justiça da Câmara deu início nesta quarta-feira (22) à tarde, à sessão para votar a admissibilidade da proposta de reforma tributária apresentada pelo líder do MDB na Casa, Baleia Rossi (SP). A votação estava prevista para esta quarta às 14 horas, mas lideranças temiam uma sessão esvaziada diante do foco do governo na aprovação da MP (Medida Provisória) 870, que implementou a reestruturação dos ministérios, e que acontecerá durante esta tarde. O texto em análise foi uma iniciativa dos líderes da Câmara, com a anuência do presidente da Casa, Rodrigo Maia (DEM-RJ), frente à demora do governo em enviar uma proposta própria. O presidente da CCJ, Felipe Francischini (PSL-PR), afirmou que não colocará em pauta outro texto sobre o mesmo tema caso o governo ainda venha a enviar uma proposta de reforma tributária. "Eu não vou pautar duas admissibilidades (de reforma tributária). Se o governo quiser (modificar o texto), vai ter que encontrar um deputado para sugerir alguma emenda", disse. Se aprovada, a reforma tributária terá seu mérito analisado por uma comissão especial. Mas Rodrigo Maia só deve instalar esta comissão especial após o relator da reforma da Previdência, deputado Samuel Moreira (PSDB-SP), apresentar o seu parecer. O tucano planeja apresentar o relatório até 15 de junho. Copyright © Estadão. Todos os direitos reservados

Link Notícia: https://noticias.r7.com/brasil/ccj-abre-sessao-extraordinaria-para-votar-reforma-tributaria-22052019

STF forma maioria para restringir provisão de remédio de alto custo
Data: 22/05/2019

Decisão determina que fornecimento de medicamento sem registro da Anvisa não é uma regra ou uma obrigação do poder público

O plenário do STF (Supremo Tribunal Federal) formou maioria na manhã desta quarta-feira (22) para impor restrições ao fornecimento de medicamentos de alto custo que não tenham registro da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária). O julgamento foi retomado pela manhã, mas os ministros ainda precisam chegar a um consenso sobre as condições para autorizar a distribuição desse tipo de remédio, já que há divergências entre os integrantes da Corte sobre os pré-requisitos necessários para obter a medicação. A avaliação predominante dos ministros é o de que a ausência de registro da Anvisa proíbe — como regra geral — o fornecimento de medicamento de alto custo. No entanto, os ministros entenderam que é possível (em caráter excepcional) justificar a concessão do remédio, desde que preenchidos certos pré-requisitos. Ou seja: para os ministros do STF, o fornecimento de medicamento de alto custo sem registro da Anvisa não é uma regra ou uma obrigação do poder público, e sim uma exceção que pode ser feita em certas circunstâncias. Os ministros ainda vão definir na sessão as condições para que se obtenha autorização judicial nesse sentido. O caso tem repercussão geral, ou seja, o entendimento firmado pelo Supremo deve basear decisões tomadas por diversas instâncias judiciais em todo o País. "A regra é que é indispensável o registro da Anvisa. Mas em hipóteses excepcionais se permite que caso a caso, eventualmente se chegue à conclusão diversa", frisou a ministra Rosa Weber. Requisitos A tese defendida pelo ministro Luís Roberto Barroso é a de que o Estado não pode ser obrigado a fornecer medicamentos experimentais, sem eficácia e segurança comprovadas, em nenhuma hipótese. Em relação a medicamentos não registrados na Anvisa, mas com comprovação de eficácia e segurança, o Estado somente pode ser obrigado a fornecê-los na hipótese de longa demora da Anvisa em apreciar o pedido de registro (prazo superior a 365 dias), quando preenchidos três requisitos: 1) a existência de pedido de registro do medicamento no Brasil; 2) a existência de registro do medicamento em renomadas agências de regulação no exterior; e 3) a inexistência de substituto terapêutico com registro no Brasil. Para Barroso, as ações que demandem fornecimento de medicamentos sem registro na Anvisa deverão necessariamente ser propostas em face da União. Custos De acordo com o Ministério da Saúde, os dez medicamentos mais caros para tratamento de doenças raras representaram 87% do total de R$ 1,4 bilhão gasto com a "judicialização da Saúde" em 2018. Para atender a 1.596 pacientes, o governo desembolsou R$ 1 2 bilhão (um custo médio de R$ 759 mil por paciente) no ano passado, segundo a pasta. "Embora o Judiciário tenha autoridade para conhecer dessas demandas, deve garantir que não haja prejuízo de toda uma coletividade em virtude de casos específicos que não acabam tendo a análise da eficácia, a análise da própria eficiência daquele tratamento na doença", disse o ministro Alexandre de Moraes. "Esse aumento da judicialização vem prejudicando a própria gestão das políticas públicas de saúde no Brasil. A Advocacia-Geral da União salienta que, somente no âmbito federal segundo dados atualizados, os valores que não chegavam a R$ 200 milhões em 2011 alcançaram no ano passado em 2018 R$ 1,316 bilhão, crescimento exponencial desses valores que são destinados a poucas pessoas e acabam fazendo falta a milhares de pessoas", completou Moraes. O ministro avalia que para que o fornecimento do medicamento seja autorizado pela Justiça, é preciso o preenchimento de requisitos, como o paciente comprovar que não tem condições de pagá-lo e a apresentação de um laudo médico. O ministro Ricardo Lewandowksi, por sua vez, defende a posição de que o medicamento deve ser fornecido quando é a família, e não apenas o paciente, que não pode custear o tratamento. Para Lewandowski, a Justiça também só pode autorizar o tratamento com a "comprovação robusta da necessidade" do medicamento, a indicação de inexistência de tratamento oferecido no âmbito do SUS e a apresentação de um atestado de eficácia do remédio. Copyright © Estadão. Todos os direitos reservados.

Link Notícia: https://noticias.r7.com/brasil/stf-forma-maioria-para-restringir-provisao-de-remedio-de-alto-custo-22052019

Governo altera decreto de armas e proíbe que cidadão porte fuzil
Data: 22/05/2019

Mudanças no texto foram publicadas no DOU (Diário Oficial da União) nesta quarta-feira (22)

O governo federal alterou o decreto que permite o porte de armas, impedindo que o cidadão comum porte fuzis. O novo texto foi publicado nesta quarta-feira (22) no DOU (Diário Oficial da União). Um ponto do decreto poderia liberar a venda de fuzis para cidadãos comuns. Maioria dos brasileiros não quer ter arma em casa Mudanças no texto foram anunciadas na terça-feira (21) pelo porta-voz da Presidência, , Otávio Rêgo Barros. O texto publicado no DOU afirma que as armas de fogo com uso restrito são as "não portáteis, de porte que, com a utilização de munição comum, atinjam, na saída do cano, energia cinética superior a mil e duzentas libras-pé e mil seiscentos e vinte joules; ou portátil de alma raiada que, com a utilização de munição comum, atinjam, na saída do cano, energia cinética superior a mil e duzentas libras-pé e mil seiscentos e vinte joules. As armas proibidas são as "classificadas de uso proibido em tratados internacionais dos quais a República Federativa do Brasil seja signatária ou dissimuladas, com aparência de objetos inofensivos". Em nota, o Palácio do Planalto afirma que um dos atos foi editado "com o objetivo de sanar erros meramente formais identificados na publicação original, como numeração duplicada de dispositivos, erros de pontuação, entre outros".

Link Notícia: https://noticias.r7.com/brasil/governo-altera-decreto-de-armas-e-proibe-que-cidadao-porte-fuzil-22052019

Centrais sindicais se mobilizam para greve geral do dia 14 de junho
Data: 22/05/2019

Na terça-feira (21), representantes dos sindicatos se reuniram para discutir estratégias e preparar o material de divulgação da greve geral

As centrais sindicais estão empenhadas em estratégias para mobilização e divulgação da greve geral que organizam para o dia 14 de junho contra o governo Jair Bolsonaro. As reivindicações estão centradas em "derrubar" a reforma da Previdência, mas também tratam do crescente desemprego e reforçam a bandeira da Educação pública. Até o dia da greve, a agenda dos sindicalistas inclui plenárias estaduais para mobilização e também o apoio à segunda manifestação da UNE (União Nacional dos Estudantes) em resposta às medidas de contingência no Ministério da Educação, marcada para o dia 30 de maio. Nesta quarta-feira (22), dirigentes das principais entidades sindicais do Rio de Janeiro se reúnem com líderes nacionais para mobilizar trabalhadores para a paralisação. Na quinta-feira (23), o Distrito Federal tem sua plenária. As organizações circulam um abaixo assinado contra a proposta de reforma da Previdência do governo. "Estamos discutindo em cada Estado, não só em torno da unidade dos sindicatos, mas também para ganhar a sociedade para essa discussão", afirmou o secretário-geral da Força Sindical, João Carlos Gonçalves Juruna. Na terça-feira (21), representantes das centrais sindicais se reuniram para tratar de estratégias e preparar o material de divulgação da greve geral. Os departamentos de comunicação desenvolveram propostas para o material da campanha. As sugestões serão apresentadas aos dirigentes e seguem a linha da defesa da aposentadoria, contra o desemprego e pela Educação pública, segundo os estrategistas de comunicação. Na segunda-feira (20), dirigentes das centrais dos trabalhadores de transportes e da UNE conversaram sobre a paralisação do dia 14 de junho. Na ocasião, os sindicalistas demonstraram otimismo depois da mobilização estudantil de 15 de maio. Foram registradas manifestações em mais de 170 cidades do País e, só em São Paulo, a estimativa foi de 250 mil presentes no primeiro protesto de rua contra Bolsonaro, de acordo com os organizadores. Copyright © Estadão. Todos os direitos reservados.

Link Notícia: https://noticias.r7.com/brasil/centrais-sindicais-se-mobilizam-para-greve-geral-do-dia-14-de-junho-22052019

Salame de Geladeira
Data: 16/05/2019

SALAME DE GELADEIRA

Link Notícia: https://www.youtube.com/embed/kIjGdHJvAbg

Governo estima economia de R$ 1,2 trilhão com reforma da Previdência
Data: 14/05/2019

Cálculos preveem economia de R$ 204,2 bilhões com restrição ao abono salarial e modificações no Benefício de Prestação Continuada em 20 anos

O Ministério da Economia previu nesta quinta-feira (25) uma economia de R$ 1,237 trilhão em dez anos com a PEC (Proposta de Emenda à Constituição) que altera as regras para aposentadorias, elevação de 15% sobre o patamar de R$ 1,072 trilhão divulgado na apresentação do texto, em fevereiro. Nos dois casos, as cifras levam em conta apenas as mudanças para trabalhadores da iniciativa privada e para servidores públicos civis, sem considerar o projeto à parte que foi enviado ao Congresso para tratar da Previdência e da reestruturação de carreira dos militares. Em coletiva de imprensa, o secretário especial de Previdência e Trabalho, Rogério Marinho, destacou que o governo vai defender a aprovação da PEC "na sua integralidade", após o presidente Jair Bolsonaro ter dito mais cedo nesta quinta-feira que a economia com reforma da Previdência tem de ser ao menos de 800 bilhões de reais em 10 anos. O ministro da Economia, Paulo Guedes, tem insistido na necessidade de um impacto fiscal positivo de pelo menos R$ 1 trilhão para que seja possível lançar um novo regime de capitalização para a Previdência. No detalhamento do impacto fiscal das alterações, o Ministério da Economia projetou uma economia de R$ 169,4 bilhões com a restrição ao abono salarial e de R$ 34,8 bilhões com as modificações propostas para o BPC (Benefício de Prestação Continuada). Juntas, as duas iniciativas passaram a somar R$ 204,2 bilhões em uma década, ante cálculo anterior de R$ 182,2 bilhões. Copyright © Thomson Reuters.

Link Notícia: https://noticias.r7.com/brasil/governo-estima-economia-de-r-12-trilhao-com-reforma-da-previdencia-25042019

PAT Indaiatuba oferece 36 vagas de emprego e salários chegam a R$ 2,1 mil; veja lista
Data: 14/05/2019

Interessados devem comparecer pessoalmente ao Posto de Atendimento ao Trabalhador, com RG, CPF, Carteira de Trabalho e PIS.

O Posto de Atendimento ao Trabalhador (PAT) de Indaiatuba (SP) está com 36 vagas de emprego disponíveis nesta terça-feira (14). O tempo de experiência para ocupar a maioria das funções é de três a seis meses, mas algumas oportunidades não exigem tempo prévio de serviço. Os salários vão até R$ 2,1 mil, com a maior remuneração destinada ao cargo de motorista de caminhão-guincho. Os interessados devem comparecer ao PAT para análise de perfil e cadastro, com RG, CPF, Carteira de Trabalho e o número do PIS. As oportunidades são para todos os gêneros. Para concorrer às vagas de emprego, é necessário ter formação em ensino fundamental, médio ou técnico, dependendo da função. O PAT Indaiatuba fica na Rua Jacob Lyra, 344, no Parque das Nações, e funciona de segunda a sexta-feira, das 7h às 13h. Mais informações pelo telefone (19) 3825-6622. Confira a lista de vagas Auxiliar administrativo (a) - 1 vaga Auxiliar de enfermagem - 1 vaga Auxiliar de linha de produção - 1 vaga Auxiliar de manutenção predial - 2 vagas Auxiliar de marceneiro (a) - 1 vaga Chapista de lanchonete - 1 vaga Chefe de serviço de limpeza - 1 vaga Cozinheiro (a) geral - 1 vaga Empacotador (a) a mão - 1 vaga Enfermeiro (a) - 1 vaga Fisioterapeuta geral - 1 vaga Fonoaudiólogo (a) geral - 1 vaga Marceneiro (a) - 1 vaga Mecânico (a) de manutenção de empilhadeiras - 1 vaga Mecânico (a) de refrigeração - 1 vaga Montador (a) de estruturas metálicas - 1 vaga Motorista carreteiro (a) - 1 vaga Motorista de caminhão - 1 vaga Motorista de caminhão-guincho - 1 vaga Operador (a) de prensa - 1 vaga Operador (a) de zincagem - 1 vaga Pedreiro (a) - 1 vaga Pizzaiolo (a) - 1 vaga Programador (a) de máquinas - 1 vaga Serralheiro (a) de alumínio - 1 vaga Soldador (a) - 2 vagas Técnico (a) de enfermagem - 3 vagas Técnico (a) em manutenção de equipamentos de informática - 1 vaga Torneiro (a) mecânico (a) - 1 vaga Vendedor (a) - 1 vaga Vendedor (a) de serviços - 1 vaga Vigilante - 1 vaga

Link Notícia: https://g1.globo.com/sp/campinas-regiao/concursos-e-emprego/noticia/2019/05/14/pat-indaiatuba-oferece-36-vagas-de-emprego-e-salarios-chegam-a-r-21-mil-veja-lista.ghtml

Prefeitura não pode regulamentar os patinetes, diz advogado
Data: 14/05/2019

Maurício Januzzi, ex-presidente da Comissão de Direito Viário da OAB, afirma que só após resolução do Contran é que município pode mudar regras

"Quem regulamenta a atividade é o Contran, no âmbito federal. A Prefeitura de São Paulo não pode fazer isso", afirma o advogado especialista em trânsito Maurício Januzzi, que já foi presidente da Comissão de Direito Viário da OAB-SP (Ordem dos Advogados do Brasil de São Paulo), sobre as regras anunciadas nesta segunda-feira (12) pela Prefeitura de São Paulo no que diz respeito à circulação de patinete. PUBLICIDADE De acordo com o decreto, as regras para o uso de patinetes são: obrigatoriedade do uso de capacete, proibição de circulação nas calçadas, velocidade máxima da patinete será de 20 km/h e os equipamentos só poderão circular em ciclofaixas, ciclovias e ciclorrotas ou ruas com limite de até 40 km/h. Leia mais: Ladrões usam patinetes para roubar pedestres e ciclistas em São Paulo “Todas as regras vão ao encontro do que existe na legislação, mas não é a prefeitura que tem que fazer isso. Primeiro, é o órgão de alçada federal”, justifica. “Depois que o Contran estabelecer resolução, aí ela (prefeitura) pode fazer alguma mudança sobre alguma particularidade do município.” O especialista em trânsito Eduardo Biavati acredita que é importante ter regras sobre o uso do equipamento. “Mas precisa fazer isso com base em um estudo. É um esforço municipal, e mostra que a cidade está preocupada, mas nesse caso não compete ao município”, diz ele. As multas em caso de descumprimento serão aplicadas às empresas e podem variar de R$ 100 a R$ 20 mil — caberá as companhias, então, decidir se repassam ou não o valor ao usuário. “Se a gente não controla nem a velocidade de ônibus em corredores, por exemplo, como iremos controlar a velocidade de um patinete?”, indaga o especialista. Ele recorda o plano de expansão da rede cicloviária, iniciado pelo então prefeito Fernando Haddad (PT). “Se a prefeitura tivesse seguido com o plano, teríamos muito mais ciclovias espalhadas pela cidade e, dessa forma, facilitado o uso do patinete hoje em dia”, argumenta. “Mas como isso não aconteceu, é difícil também legislar contra a circulação em vias públicas.” “É um ponto que deve ser debatido. Os patinetes não são somente brinquedos, mas também meios de circulação. E podem machucar. Então, é interessante que estabeleça, de fato, uma velocidade máxima”, acrescenta Biavati. PublicidadeFechar anúncio Regras Entre as regras que as empresas devem seguir estão o fornecimento de capacetes para usuários, seguro que cubra danos e acidentes pessoais, e os patinetes não poderão ser usados por mais de uma pessoa por vez. As operadoras deverão se cadastrar na prefeitura e disponibilizar seus dados à administração municipal. Dessa forma, elas terão que comprovar infraestrutura para recolher, realizar manutenção corretiva e preventiva dos equipamentos, além de promover campanhas educativas e disponibilizar no aplicativo um manual de condução defensiva, informando sobre a utilização segura dos aparelhos. A prefeitura exige, também, que as empresas deverão evitar a concentração de equipamentos estacionados em logradouros públicos. Caso isso ocorra, terão a obrigação de recolhê-los, sob pena de apreensão por agentes públicos. Veja também: Homem que atropelou usuário de patinete se apresenta à polícia Fiscalização A fiscalização será feita pela autoridade de trânsito e por agentes da CET (Companhia de Engenharia de Tráfego) e das Subprefeituras, com apoio da GCM (Guarda Civil Metropolitana). As portarias para complementação de regulamentação devem ser editadas pela SMT (Secretaria Municipal de Mobilidade e Transportes). No início de janeiro deste ano, a SMT constituiu um grupo de trabalho para conduzir o processo de regulamentação do sistema de compartilhamento de patinetes elétricos na capital paulista. A elaboração da normatização completa, com eventuais ajustes, deverá ser concluída em até 90 dias.

Link Notícia: https://noticias.r7.com/sao-paulo/prefeitura-nao-pode-regulamentar-os-patinetes-diz-advogado-14052019

Japão, o país onde o consentimento sexual não significa nada
Data: 14/05/2019

Decisões judiciais inocentando homens acusados de estupro levam mulheres japonesas a fazer protestos contra as leis sobre abuso sexual do país

Uma recente série de decisões judiciais que inocentou acusados em casos de estupro no Japão gerou polêmica e reavivou o debate sobre a ambiguidade na legislação do país, cuja ampla interpretação deu lugar a veredictos inacreditáveis. Mais de 400 pessoas se concentraram em frente à Estação de Tóquio no dia 11 de abril para protestar contra sentenças nas quais os juízes reconheceram relações sexuais não-consentidas, mas absolveram os agressores ao considerar que as vítimas poderiam ter oferecido mais resistência ou que a intencionalidade do abuso não ficou provada. Leia também: Portugal aprova lei que amplia definição de estupro No veredicto de 12 de março, um tribunal de Fukuoka declarou inocente um homem que teve relações sexuais com uma mulher tão bêbada que intercalava entre vômitos e perda de consciência, porque "interpretou mal" sua atitude. Sete dias depois, um juiz de Shizuoka absolveu um homem de 45 anos do estupro a uma mulher de 25 porque considerou que a agressão "não foi intencional" diante da falta "de resistência". A defesa tinha argumentado que ele estava em estado de "choque". O caso que mais ganhou repercussão foi a decisão ditada em março deste ano por um tribunal de Nagoya, que inocentou um pai que estuprou sua filha diversas quando esta tinha 19 anos porque o juiz considerou que a jovem tinha condições de resistir. Sentenças "misóginas e injustas" As sentenças são "misóginas e injustas", disse à Agência Efe a ativista Akiko Matsuo, de 41 anos, uma das organizadoras dos protestos no país. "Pode ser que o número seja pequeno comparado com atos realizados no exterior, mas no Japão, se um protesto reunir 400 mulheres, é um marco importante", disse a japonesa, sobretudo em um país no qual o estupro continua sendo um tema praticamente tabu. As mobilizações buscam ser, além disso, "um protesto contra a sociedade japonesa, que permite que aconteçam estas decisões judiciais". "O reconhecimento de que as relações sexuais não pactuadas são estupro não é aceito entre os homens japoneses", disse Matsuo, que teme que "estas sentenças fortaleçam a ideia na sociedade japonesa de que as mulheres não têm direitos humanos". Para Yumi Itakura, do escritório público de Tóquio, estes veredictos "podem ter uma influência muito negativa e dissuasória" em futuras denúncias. A advogada, de 47 anos, acredita que o problema principal é "uma interpretação muito literal" da lei e mostra uma falta de formação dos juízes sobre "a realidade dos casos de estupro, incluindo a situação psicológica das vítimas". Culpa da vítima No Japão, os criminosos sexuais não podem ser condenados só por manter relações sexuais sem consentimento, é necessário provar que a violência ou intimidação usada pelo agressor fez com que fosse "extremamente difícil para a vítima resistir". O Comitê para a Eliminação da Discriminação Contra a Mulher (CEDAW) das Nações Unidas já recomendou, sem sucesso, ao Governo do Japão que ofereça treinamento sobre gênero aos juízes, promotores e pessoas envolvidas nestes tipos de casos. A legislação japonesa faz, além disso, distinção entre agressões que profissionais como Itakura consideram humilhante para a vítima. O estupro é classificado como "relação sexual forçada" no código penal japonês desde sua emenda de 2017, a primeira em 110 anos, que permitiu, entre outras coisas, reconhecer um homem como vítima. Se a agressão sexual acontecer "aproveitando a perda de consciência ou incapacidade da vítima resistir", o termo legal é "quase relação sexual forçada". Para Itakura, os tecnicismos deveriam ser eliminados, porque favorecem que os requisitos para uma decisão de culpa "dependam da mentalidade do juiz". "Se não há consentimento, é estupro", opinou. Segundo o livro branco sobre criminalidade da Agência Nacional de Polícia do Japão, em 2018 houve 1.307 denúncias de estupro no país e 5.340 casos de crimes sexuais de outros tipos. Itakura considerou que os números não refletem os casos reais, "porque a maioria das vítimas não denuncia". O número de processos é menor. Segundo o último relatório anual da promotoria, 36,6% dos casos de crime sexual (desde violações a incidentes de assédio) acabaram nos tribunais em 2017. Isto acontece, explicou a advogada, porque há casos que são resolvidos com um acordo prévio ou porque as vítimas não querem ir a julgamento e sentir que reviveram a experiência em vão.

Link Notícia: https://noticias.r7.com/internacional/japao-o-pais-onde-o-consentimento-sexual-nao-significa-nada-14052019

Volume de compradores de imóveis atinge maior nível desde 2014
Data: 14/05/2019

Dois de cada três brasileiros que realizaram o sonho da casa própria nos últimos meses optaram pela aquisição de imóveis usados, afirma FipeZap

O volume de brasileiros que compraram um imóvel atingiu o maior patamar desde 2014 ao saltar de 10% para 14% nos primeiros três meses deste ano, na comparação com o mesmo período do ano passado, segundo dados divulgados nesta terça-feira (14), pelo índice FipeZap. Para chegar ao resultado, o levantamento perguntou a 4.484 usuários do portal ZAP se eles tinham comprado um imóvel ao longo dos últimos 12 meses. Entre os compradores, 63% afirma que vai morar no local e os 37% restantes aposta no imóvel como forma de investimento. Metro quadrado residencial custa, em média, R$ 7.187 no Brasil Dos que se declararam compradores, 66% disseram ter adquirido imóveis usados. O resultado é o mesmo registrado no último trimestre do ano passado e segue como o maior para esse tipo de análise desde a primeira divulgação do índice. O estudo também apurou que apenas 29% dos brasileiros manifestaram interesse em comprar um imóvel entre maio e junho. O resultado é 8 pontos percentuais inferior ao registrado no mesmo período do ano passado. Entre os potenciais compradores, 41% demonstra interesse pelos imóveis usados e apenas 12% é favorável à aquisição de uma residência nova. Para 47%, a condição do imóvel é indiferente. Preços O maior volume de compradores dos últimos cinco anos pode ser justificado pela queda na percepção de que os preços dos imóveis estão em níveis altos ou muito altos. No primeiro trimestre deste ano, os respondentes se distribuíram entre os que achavam que os preços atuais estão altos ou muito altos (56%), em nível razoável (28%) e baixos ou muito baixos (14%). Vendas e lançamentos de imóveis crescem em março No mesmo período do ano passado, apenas 17% avaliavam que os preços estavam baixos ou muito baixos e 45% classificaram os valores como altos ou muito altos. Questionados sobre a expectativa para os próximos 12 meses, 43% apostam na estabilidade dos preços, enquanto 28% observam os imóveis mais caros. Outros 14% disseram esperar que os preços caiam.

Link Notícia: https://noticias.r7.com/economia/volume-de-compradores-de-imoveis-atinge-maior-nivel-desde-2014-14052019

STJ deve julgar hoje pedido de liberdade de Michel Temer
Data: 14/05/2019

Ex-presidente está preso desde quinta-feira (9), quando se entregou à Polícia Federal em São Paulo, após determinação da Justiça Federal do Rio

A Sexta Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) deve julgar nesta terça-feira (14) o pedido de habeas corpus do ex-presidente Michel Temer, durante sessão ordinária do colegiado, com horário de início previsto para as 14h. PUBLICIDADE O pedido da defesa foi distribuído ao ministro Antonio Saldanha Palheiro. Temer está preso desde quinta-feira (9), quando se entregou à Polícia Federal em São Paulo, após determinação da Justiça Federal do Rio. Temer e seu amigo João Baptista Lima Filho, o coronel Lima, são alvos da Operação Descontaminação, desdobramento da Operação Lava Jato no Rio para investigar supostos desvios em contratos de obras na usina Angra 3, operada pela Eletronuclear. Os investigadores apontam desvios de R$ 1,8 bilhão. O ex-presidente ficou até segunda-feira em uma sala da Superintendência da PF, na Lapa, zona oeste de São Paulo, quando foi autorizada pela Justiaça a sua transfência para uma sala do Estado-Maior do Comando de Policiamento de Choque da PM de São Paulo, na Luz, região do Bom Retiro.

Link Notícia:

Após confronto, mulher baleada na Cracolândia morre em São Paulo
Data: 10/05/2019

Ação da GCM deixou ao menos três feridos após um tiroteio. Tumulto teve início após uma apreensão de drogas na região

Uma mulher que havia sido baleada após um confronto entre usuários e guardas da CGM, na quinta-feira (9), na Cracolândia, no centro de São Paulo, morreu. A confirmação foi dada pela Santa Casa de Misericórdia, para onde ela foi socorrida. De acordo com a Guarda Civil Metropolitana, após o serviço de zeladoria, alguns usuários voltaram para a região, e os agentes abordaram dois deles, com uma mochila. Segundo informações da Record TV, a mulher estava sem documentos. Após revista, seis pessoas foram presos em flagrante por tráfico e drogas e foram apreendidas. Ainda segundo a GCM, os usuários se exaltaram e atacaram agentes e viaturas com paus e pedras. Durante o confronto, a mulher foi baleada na cabeça. Confronto Segundo o major Robinson Castropil, comandante do BAEP, o tumulto teve início por volta das 13h após uma apreensão de drogas feita pela GCM. A ação fez, segundo o oficial da PM, que pessoas que estavam no fluxo da Cracolândia começassem a brigar. Usuários de drogas na região teriam jogado pedras em direção à GCM. Leia mais: 'Só ouvi o zunido', diz GCM sobre tiros em ação na Cracolândia, em SP "Nessa briga, tiros foram disparados dentro do fluxo", disse Castropil. O major não soube precisar quem fez o socorro às vítimas, mas afirmou que, com os disparos, o fluxo se dispersou em uma grande correria. Segundo a Polícia Civil, um suspeito teria disparado contra agentes municipais e conseguido fugir, logo em seguida. "Usuários de crack se dirigiram às avenidas Rio Branco e Duque de Caxias. Parte foi para a Praça Júlio Prestes. "Eles pularam o muro e entraram no nosso prédio", disse uma auxiliar de limpeza que trabalha nos condomínios residenciais do governo do Estado, recém instalados ali. Ela não quis se identificar. Ainda segundo Castropil, inicialmente a GCM e policiais do 13º Batalhao da PM, unidade que atende a Cracolândia, tentaram evitar a correria, mas precisaram do reforço do BAEP. "Fizemos um trabalho de agrupar as pessoas na praça (Júlio Prestes) para fazer a limpeza e revistas. Agora as coisas se acalmaram", disse o PM, por volta das 17h30. A mulher atingia teria sido encaminhada à Santa Casa de Misericórdia. A polícia não soube informar se a vítima foi atingida por tiros da GCM ou do suspeito, que conseguiu fugir. Não há informações sobre a idade da vítima nem seu estado de saúde. Guardas da GCM levaram cápsulas de calibre .380 ao 77º DP, que seriam do suspeito armado. Em apoio à ação da Prefeitura, a PM fez um cerco aos dependentes químicos na região da Luz e fechou o acesso à rua Helvétia, causando transtorno no trânsito da região. Apesar da ação policial, usuários se espalharam pelo entorno da Praça Princesa Isabel usando crack. Contatada, a Secretaria Municipal de Segurança Urbana informou que ainda estava apurando as informações sobre o episódio. Limpeza Há dez dias, outra ação semelhante já havia resultado em troca de tiros, correria e depredação no mesmo local. Guardas municipais foram alvo de tiros de ao menos dois suspeitos na terça-feira passada, 30 de abril, em outra operação de limpeza. Na ocasião, a PM também cercou os quarteirões ao redor da Helvetia e jogou bombas de efeito moral e gás. Houve correria, depredação e fechamento do comércio no entorno. Vários moradores de rua foram pisoteados.

Link Notícia: https://noticias.r7.com/sao-paulo/apos-confronto-mulher-baleada-na-cracolandia-morre-em-sao-paulo-10052019

receita ropa vieja
Data: 03/05/2019

receita ropa vieja

Link Notícia: https://www.youtube.com/embed/sqtS37LCyuM

Modelo Caroline Bittencourt está desaparecida no litoral de SP
Data: 29/04/2019

De acordo com o Corpo de Bombeiros, barco em que a modelo e o marido estavam virou durante tempestade, em Ilhabela, no domingo (28)

A modelo Caroline Bittencourt, de 37 anos, desapareceu na região de Ilhabela, litoral norte de São Paulo. Ela estaria em uma embarcação que teria sido atingida por uma onda durante forte tempestade ocorrida no último fim de semana. O empresário Jorge Sestini, marido de Caroline, também estava no barco, modelo Catamarã, conseguiu escapar. Ele conseguiu nadar até uma praia após o acidente. O Corpo de Bombeiros do Estado de São Paulo confirmou que o catamarã foi localizado em Ubatuba, também no litoral norte paulista. De acordo com o capitão Marcos Palumbo, em entrevista ao apresentador Reinaldo Gottino, no programa Balanço Geral SP, da Record TV, a corporação recebeu um chamado na tarde do último domingo (28) e enviou lanchas para o Canal de São Sebastião, local do acidente, com o objetivo de iniciar a operação de resgate. As equipes estão trabalhando para localizar as vítimas ainda com vida. O litoral paulista registrou neste domingo, durante as fortes chuvas, rajadas de vento de até 150 km/h. Os dois foram namorados durante cinco anos e chegaram a marcar o casamento. Pouco antes de selarem a união, no entanto, eles anunciaram o rompimento, alegando incompatibilidade de agendas.

Link Notícia: https://noticias.r7.com/sao-paulo/modelo-caroline-bittencourt-esta-desaparecida-no-litoral-de-sp-29042019

Luciele Di Camargo desabafa sobre maternidade:
Data: 29/04/2019

Mãe de Maria Eduarda, de 8 anos, e Davi, de 4, frutos de seu casamento com o jogador Denilson, a atriz abriu o coração no Instagram

Luciele Di Camargo utilizou o Instagram para desabafar sobre a maternidade. Mãe de Maria Eduarda, de 8 anos, e Davi, de 4, frutos de seu casamento com o ex-jogador Denilson, ela comentou que existe um dilema sobre criar filhos e ainda encontrar tempo para tocar os projetos pessoais. "Minhas filhas estouraram a minha bolha", conta Samara Felippo "Estou vivendo um dilema que muitas mães vivem. Me dedicar única e exclusivamente à maternidade ou tentar conciliar isso com outra função/trabalho? Um dia, me culpo por passar a semana toda e olhar para trás e ver que não fiz nada para mim, outro dia me culpo porque deixei as crianças e passei o dia fora, resolvendo zilhões de coisas", contou. "Não quero chegar lá na frente e culpar meus filhos por ter me deixado de lado, não quero chegar lá na frente e não me reconhecer ou não reconhecer o que fiz ou se fiz, ou não fiz", desabafou. A atriz comentou ainda que pensa em lançar um canal no Youtube para se ocupar e consultou os seguidores sobre quais temas ela deveria explorar.

Link Notícia: https://diversao.r7.com/tv-e-entretenimento/luciele-di-camargo-desabafa-sobre-maternidade-dilema-29042019

Um filme por R$ 12 mil: como funciona a Red Carpet Home Cinema, a 'Netflix dos ricos
Data: 29/04/2019

Plataforma cobra taxa inicial de U$ 15 mil e exige limite de US$ 50 mil, ou equivalente a R$ 196 mil, no cartão de crédito para novos membros - que ainda terão de desembolsar US$ 3 mil para ver, em casa, lançamentos que acabaram de chegar ao cinema

Uma nova plataforma de filmes on demand foi lançada no mês passado nos Estados Unidos e, imediatamente, ganhou o apelido de "Netflix dos milionários". Chamada de Red Carpet Home Cinema, algo como "o tapete vermelho do cinema em casa" em versão livre para o português, a plataforma cobra US$ 15 mil, o equivalente a R$ 59 mil, de taxa inicial para oferecer o que diz ser "um serviço de luxo que te dá acesso a filmes assim que eles são lançados". E é preciso desembolsar US$ 3 mil, ou cerca de R$ 12,8 mil, para assistir a cada um desses lançamentos. O dono da plataforma é Fred Rosen, um empresário americano que já esteve à frente do Ticketmaster, um dos sites de vendas de ingressos mais bem sucedidos do mundo. Apesar de o público alvo serem americanos ricos com salas de cinema em casa, o sistema usado pelo Red Carpet é compatível com a maioria das configurações das televisões em alta resolução lançadas nos últimos três anos. "Todo produto ou serviço, eu acho, tem que ter uma versão de luxo. E eu pensei: 'por que não, filmes?'", disse Fred Rosen, em uma entrevista recente ao New York Times. Desde dezembro, 25 domicílios estão acessando o Red Carpet como parte de um teste. Por enquanto, o "Netflix dos ricos" só está disponível nos EUA. Com a benção de Hollywood Explorar o mercado de lançamentos do cinema não é exatamente uma ideia nova. Mas iniciativas semelhantes falharam ao tentar faturar com os filmes novos mais aguardados. Diferente de outras iniciativas, Rosen tem a benção dos principais estúdios de Hollywood, que antes ficavam preocupados em não contrariar as grandes redes de salas de exibição convencionais e em evitar serem pirateados. O catálogo do Red Carpet é bem menor que o do Netflix – tem apenas 40 filmes. Mas são todos lançamentos recentes, incluindo Nasce uma Estrela, com Lady Gaga e Bradley Cooper. Um dos estúdios parceiros é a Disney, dona da marca Guerra nas Estrelas – e um novo capítulo da saga está previsto para dezembro. Os assinantes do Red Carpert pagam de US$ 1,5 mil a US$ 3 mil por título, ou o equivalente de R$ 6 mil a R$ 12 mil. Os filmes podem ser assistidos duas vezes, num intervalo de 36 horas. "Acho que poderemos ganhar mais estúdios parceiros", disse Rosen. "Somos um nicho", admite o criador da plataforma, emendando que qualquer quantia que os estúdios faturarem com o Red Carpet é "dinheiro". O Red Carpet leva a sério a seleção de clientes. Não basta ter o dinheiro para pagar a adesão ou alugar o lançamento. É preciso ter um limite alto no cartão de crédito: pelo menos US$ 50 mil. Isso mostra que a nova plataforma não tem os mesmos objetivos da Netflix nem pretende se popularizar. Ao contrário da Netflix, Rosen parece não se preocupar com o número de assinantes. Ele e o sócio Dan Fellman acreditam que ter cerca de 4 mil clientes pode render cerca de US$ 300 milhões anuais para a plataforma. "Não precisamos atingir nem os 10 mil", diz Rosen. Nos EUA, havia mais de 17 milhões de milionários em 2017, de acordo com um relatório do banco Credit Suisse de 2018. No mundo, segundo o mesmo documento, eram mais de 42 milhões. BBC Brasil - Todos os direitos reservados - É proibido todo tipo de reprodução sem autoriza