FOCONEWS - Jornal Online

Notícias da Esportes

Preocupa? Último jogo do Palmeiras sem levar gol completará 1 mês
Data: 13/11/2018

Defesa não consegue ficar sem ter as redes balançadas desde vitória por 2 a 0 sobre o Grêmio, em 14 de outubro: nove gols sofridos em seis jogos

Líder do Campeonato Brasileiro com cinco pontos de vantagem sobre o Inter, segundo colocado, e a cinco rodadas do final da competição, o Palmeiras ostenta ainda a melhor defesa do torneio, com 23 gols sofridos em 33 rodadas. Mas o setor completará nesta quarta-feira um mês da última vez em que saiu de campo sem ter as redes balançadas. Desde 14 de outubro, quando aplicou 2 a 0 sobre o Grêmio, no Pacaembu, pelo Campeonato Brasileiro, o Verdão levou gol sempre que entrou em campo. No total, são seis partidas em que o goleiro Weverton precisou buscar a bola em sua meta em nove oportunidades, apontando uma média de 1,5 gols sofridos por jogo nesses últimos 30 dias. Para se ter ideia de como esses números destoam, o time sofreu mais gols nesses últimos seis compromissos (nove gols sofridos) do que nos 20 primeiros da nova passagem (foram seis gols) do treinador. No total, com Felipão no comando (incluindo o empate por 1 a 1 diante do Bahia, no qual o técnico cumpriu suspensão), são 15 gols sofridos em 26 partidas, deixando como média de 0,57 por jogo - ou seja, quase um gol sofrido a cada duas partidas. Essa instabilidade chegou exatamente no momento em que Scolari inverteu o momento de usar as duplas de zaga. Antes, Luan e Gustavo Gómez jogavam no Brasileiro, com Antônio Carlos e Edu Dracena nas Copas do Brasil e Libertadores. Foi exatamente contra o Ceará, primeiro jogo dessa sequência de gols sofridos, que houve a mudança. Assim, com Antônio Carlos e Edu Dracena foram titulares nas quatro últimas rodadas do Brasileiro, com o Palmeiras sofrendo cinco gols (nas vitórias por 2 a 1 sobre o Ceará e 3 a 2 contra o Santos e nos empates por 1 a 1 diante de Flamengo e Atlético-MG), configurando uma média de 1,25 gol sofrido, melhor do que seus concorrentes. Luan e Gustavo Gómez atuaram nas duas partidas contra o Boca Juniors, pela semifinal da Libertadores, e o time levou dois gols em cada uma delas (derrota por 2 a 0 na Bombonera e 2 a 2 no Allianz Parque), acarretando na eliminação do clube na principal competição do continente. Luan e Gustavo Gómez ainda atuaram no Brasileiro no 1 a 1 diante do Flamengo, improvisados na lateral direita, e foi com falha do paraguaio que o clube carioca balançou as redes. Às 21h45 desta quarta-feira, o Palmeiras recebe o Fluminense, no Allianz Parque. Dentro do rodízio de Felipão, é a hora de Luan e Gustavo Gómez atuarem como titulares na zaga na competição pela primeira vez desde aquele 2 a 0 sobre o Grêmio, exatamente há um mês, no último compromisso em que o time não foi vazado.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/lance/preocupa-ultimo-jogo-do-palmeiras-sem-levar-gol-completara-1-mes-13112018

Federação acredita que Palmeiras blefa. E não boicotará o Paulista
Data: 13/11/2018

Embora Galiotte deixe nas entrelinhas que o time guardará suas estrelas para a Libertadores, entidade trata como mera ameaça, jogada eleitoral

São Paulo, Brasil Blefe. A cúpula da Federação Paulista vê como uma jogada de marketing, um trunfo eleitoral, a ameaça de Mauricio Galiotte fazer o Palmeiras desmoralizar o Estadual de 2019. Não é levada a sério a disposição de os dirigentes autorizarem Felipão a inscrever apenas jovens jogadores e promessas na competição. E resguardar os maiores talentos para a Libertadores da América, competição que o time já está classificado para a fase de grupos. Seria uma resposta drástica e com enorme repercussão. E que está sendo incentivada por companheiros de diretoria de Galiotte e conselheiros. Veja mais: Palmeiras x Fluminense: 33 mil ingressos vendidos para jogo de quarta Ninguém ainda aceita a maneira com que o clube foi tratado pela FPF na final do Campeonato Paulista. O questionamento palmeirense sobre a interferência em um pênalti marcado de Ralf e Dudu, que o árbitro Marcelo Aparecido de Souza voltou atrás, segue vivo. A Federação Paulista de Futebol não leva a sério, mas se preveniu para o possível boicote palmeirense. E tratou de diminuir o número de inscrições de atletas que podem atuar no Estadual de 2019. Para que não haja muito espaço para o Palmeias usar reservas na longa e desinteressante primeira fase. E deixar os titulares para as partidas decisivas. Serão aceitos apenas 23 nomes. Em 2017 foram 28. Neste ano, 26 jogadores. Felipão já deixou claro a Mauricio Galiotte e Alexandre Mattos. Faz o que for melhor para o clube. Respeita o sentimento de indignação que ainda não sumiu da dupla em relação à final de 2018. Na FPF há quem acredite que tudo não passe de uma manobra eleitoral do atual presidente palmeirense. Ele estaria falando o que os sócios querem ouvir. Até a eleição daqui 11 dias, no dia 24 de novembro. E que depois, voltará atrás. E colocará seus principais jogadores.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/prisma/cosme-rimoli/federacao-acredita-que-palmeiras-blefa-e-nao-boicotara-o-paulista-13112018

Média de público do Brasileirão 2018 supera 20 mil torcedores por jogo
Data: 13/11/2018

Brasileirão conta com média de público superior a 20 mil torcedores por partida e pode ter a maior média dos últimos 30 anos

Após 33 rodadas, o Campeonato Brasileiro de 2018 conta agora com uma média superior a 20 mil torcedores por partida. Algo inédito na era dos pontos corridos (que começou em 2003) e que não acontece desde a edição de 1987. Puxado pelo Flamengo, que tem média superior a 50 mil torcedores, alguns clubes vêm fazendo bonito esse ano. O Ceará, recém-promovido da Série B, tem hoje média de 25.890 torcedores. Só nessa última rodada, contra o Inter, no Castelão, foram mais de 42 mil torcedores. O São Paulo, que chegou a liderar o Brasileirão no final do primeiro turno e início do returno, tem a segunda maior média com 37.628 torcedores, seguido pelo Inter, outro que veio da Série B e ainda luta pelo título, e o Palmeiras, líder do campeonato. O Corinthians tem hoje a 5ª maior média (30.791), quase 10 mil a menos que na edição de 2017, quando foi campeão. Média de público dos clubes no Brasileirão 2018 após 33 rodadas: 51 571 Flamengo 37 628 São Paulo 31 682 Internacional 31 437 Palmeiras 30 791 Corinthians 25 890 Ceará 23 175 Grêmio 19 359 Cruzeiro 19 129 Bahia 18 489 Atlético-MG 15 908 Sport 14 760 Vasco 14 677 Fluminense 12 173 Santos 11 982 Atlético-PR 11 348 Botafogo 9 322 Vitória 8 791 Chapecoense 6 846 Paraná 6 554 América-MG Na história do Brasileirão, desde 1971, a maior média em uma única edição é de 1983, com 22 953 torcedores por jogo. Em 1987, no módulo verde, a Brasileirão teve pela última vez média superior a 20 mil torcedores. Na Europa, entre os principais campeonatos nacionais, essas são foram as médias de público na temporada 2017/18: Alemanha (44 646), Inglaterra (38 297), Espanha (26 977), Itália (24 795), França (22 524) e Portugal (11 967). Média de público na história do Brasileirão desde 1971: 1971 - 20 360 1972 - 17 591 1973 - 15 460 1974 - 11 599 1975 - 15 984 1976 - 17 010 1977 - 16 472 1978 - 10 539 1979 - 9 136 1980 - 20 792 1981 - 17 545 1982 - 19 808 1983 - 22 953 1984 - 18 523 1985 - 11 625 1986 - 13 423 1987 - 20 877 (Só no módulo verde) 1988 - 13 811 1989 - 10 857 1990 - 11 600 1991 - 13 760 1992 - 16 814 1993 - 10 914 1994 - 10 222 1995 - 10 332 1996 - 10 913 1997 - 10 487 1998 - 13 487 1999 - 17 018 2000 - 11 546 2001 - 11 400 2002 - 12 886 2003 - 10 468 2004 - 8 805 2005 - 13 765 2006 - 12 401 2007 - 17 461 2008 - 16 992 2009 - 17 869 2010 - 14 839 2011 - 14 886 2012 - 13 244 2013 - 15 144 2014 - 16 555 2015 - 17 223 2016 - 15 686 2017 - 16 355 2018 - 20 019

Link Notícia: https://esportes.r7.com/media-de-publico-do-brasileirao-2018-supera-20-mil-torcedores-por-jogo-13112018

Felipão ganha opção na lateral-direita para enfrentar o Atlético-MG
Data: 09/11/2018

Marcos Rocha está recuperado de contusão na panturrilha e deve jogar no próximo domingo, já que Mayke está suspenso para esta partida

O lateral-direito Marcos Rocha treinou nesta quinta-feira (8) com proteções na panturrilha e na coxa direita e deverá estar à disposição para o duelo contra o Atlético-MG, neste domingo, no estádio Independência, em Belo Horizonte, pela 33.ª rodada do Campeonato Brasileiro. O jogador não atua há um mês pelo Palmeiras em função de uma lesão na panturrilha. Com a possível recuperação de Marcos Rocha, Felipão ganha uma opção importante para o jogo diante do Atlético-MG. Mayke, que vinha sendo titular, tem uma partida de suspensão a cumprir no Brasileirão e está fora do jogo em Belo Horizonte. No último sábado, contra o Santos, Felipão optou por improvisar o volante Jean no setor. Além de Mayke, há outros dois suspensos: o lateral-esquerdo Diogo Barbosa e o atacante Dudu. O meia Hyoran e o atacante Willian, que não estiveram em campo nesta quinta-feira antes de a imprensa deixar a Academia de Futebol, em São Paulo, ainda estão se recuperando de lesão e fazem o processo de transição física. Para sustentar a vantagem de cinco pontos na liderança do Brasileirão, o Palmeiras terá de superar um tabu: o time alviverde nunca derrotou o Atlético-MG no estádio Independência desde a reforma do local, reinaugurado em 2012. Quebrar tabus não é uma novidade para o Palmeiras em 2018. O time conseguiu vencer o São Paulo, no estádio do Morumbi, algo que não acontecia desde 2002. Antes de vencer o rival tricolor por 2 a 0, o time alviverde já havia superado outros tabus. Encerrou a série de 10 jogos sem vencer o Cruzeiro, com o triunfo por 3 a 1 no Pacaembu, e derrotou o Atlético-MG depois de sete anos, com a vitória por 3 a 2 na arena alviverde.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/futebol/felipao-ganha-opcao-na-lateral-direita-para-enfrentar-o-atletico-mg-09112018

São Paulo terá mudanças para o Majestoso na Arena Corinthians
Data: 09/11/2018

Diego Aguirre deve começar o jogo com Everton entre os titulares. O goleiro Jean e o volante Hudson, suspensos na rodada passada, retornam ao time

Em busca de uma reafirmação neste fim de temporada, o São Paulo deve ir para o clássico com o Corinthians, no próximo sábado, com algumas mudanças em sua formação em relação ao time que iniciou a partida contra o Flamengo, no último fim de semana. A principal mudança está no ataque. Recuperado de um estiramento no músculo posterior da coxa esquerda, o meia-atacante Everton está à disposição da comissão técnica para o Majestoso. Como Diego Aguirre tem fechado os treinos do São Paulo nesta semana não é possível cravar se ele inicia a partida como titular, mas certamente deve participar do clássico. O jogador, aliás, é um dos nomes mais importantes do Tricolor nesta temporada. Contratado do Flamengo por R$ 15 milhões, Everton soma cinco gols no Campeonato Brasileiro e mais seis assistências. Fora isso, é peça-chave na construção das jogadas de ataque e, principalmente, nos contra-ataques. Uma outra mudança importante no São Paulo está no gol. Contestado pela torcida, Sidão volta para o banco de reservas e Jean, expulso contra o Vitória, na 31ª rodada, vai para o clássico em Itaquera. Embora não seja uma unanimidade dentro do clube, o camisa 1 ganhou a confiança da comissão técnica há quatro rodadas e tenta se firmar na posição. Por fim, o volante e capitão Hudson, que cumpriu suspensão automática pelo terceiro cartão amarelo, retoma sua vaga no meio de campo. Na rodada passada, o garoto Luan, de apenas 19 anos, entrou em campo e foi muito elogiado por Diego Aguirre. O jogador, no entanto, se machucou e não tem condições de entrar em campo em Itaquera. A provável escalação do São Paulo tem Jean; Bruno Peres, Arboleda, Bruno Alves e Reinaldo; Jucilei, Hudson e Diego Souza; Everton, Gonzalo Carneiro e Liziero (Helinho). O São Paulo soma 57 pontos no Brasileirão e, atualmente, ocupa a quarta colocação. Os tricolores tentam uma vaga direta na fase de grupos da Copa Libertadores do ano que vem. Já o Corinthians tem 39 e está na 12ª colocação. O time do Parque São Jorge tenta afastar a possibilidade de rebaixamento o mais rápido possível.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/lance/futebol/sao-paulo-tera-mudancas-para-o-majestoso-na-arena-corinthians-09112018

Com Jadson e Carlos, Jair começa a armar Corinthians para o Majestoso
Data: 08/11/2018

Desfalque nos dois últimos jogos, Jadson treinou entre os titulares na tarde desta quarta-feira. Carlos Augusto ficou com a vaga de Danilo Avelar

O técnico Jair Ventura começou a preparar o Corinthians para o clássico contra o São Paulo, que será realizado no sábado, às 17h, na Arena. Na tarde desta quarta-feira (7), o treinador armou a equipe com a volta de Jadson e com Carlos Augusto na vaga de Danilo Avelar. PRÉ-CLÁSSICO: Fora de posição, Gabriel sofre, mas mantém bons números no Timão Jadson foi desfalque nos últimos jogos por conta de uma lesão na panturrilha direita. A outra mudança foi por opção técnica, já que Danilo Avelar treinou com a equipe reserva. A equipe titular no início do treino teve: Cássio, Fagner, Léo Santos, Henrique e Carlos Augusto; Ralf e Araos; Pedrinho, Jadson e Clayson; Danilo. Araos foi o volante ao lado de Ralf, já que Douglas ainda se recupera de uma pancada sofrida no treino do último sábado. Clayson, por sua vez, foi escalado porque Romero faz tratamento de uma torção no tornozelo esquerdo sofrida no jogo contra o Botafogo, domingo. Jadson ainda é tratado com cautela e deixou a atividade mais cedo. Quando saiu, foi substituído por Roger, e Danilo foi deslocado para o meio de campo. A equipe reserva do treino desta quarta teve: Walter, Paulo Roberto, Pedro Henrique, Marllon e Danilo Avelar; Gabriel e Thiaguinho; Fessin, Mateus Vital e Rafael Bilu; Roger (Matheus Matias). O Corinthians volta a treinar na tarde desta quinta-feira. O clássico contra o São Paulo será realizado no sábado, às 17h, na Arena, pela 33ª rodada do Brasileirão.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/lance/futebol/com-jadson-e-carlos-jair-comeca-a-armar-corinthians-para-o-majestoso-07112018

O desejo: Ricardo Goulart. O medo: Dudu na China
Data: 08/11/2018

O meia atacante Ricardo Goulart agora quer jogar no Palmeiras. O clube tenta sua contratação há um ano e meio. Mas Dudu está disposto a sair

São Paulo, Brasil Alexandre Mattos estava quase convencendo Ricardo Goulart a jogar no Palmeiras em 2017. Seria o grande presente para Cuca para a sequência da Libertadores. O técnico assumiu em maio, depois da demissão de Eduardo Baptista. Só que dois personagens foram fundamentais para a negociação não ser fechada. O primeiro foi Paulinho. Quando o volante foi contratado pelo Barcelona, o meia acreditou que uma barreira fundamental havia sido quebrada. E ele aproveitaria. Um dos maiores clubes do mundo buscava, sem pudor, jogador atuando na China, país periférico no futebol. Se o volante foi para o Barcelona, não seria pecado desejar o Atlético de Madrid, o Arsenal, a Inter de Milão. E outra figura a convencer o meia atacante a não retornar no ano passado tem nome e sobrenome. Luiz Felipe Scolari vislumbrava a mesma chance de o jogador atuar no futebol europeu. Mas antes, continuar a ganhar seu salário irreal para o futebol brasileiro, cerca de R$ 2 milhões, sendo peça fundamental do Guangzhou Evergrande, que pagou 18 milhões de euros, cerca de R$ 78 milhões, em 2015. Disse não ao Palmeiras. Só que o sonhado clube grande europeu não apareceu. Nem médio. Ele seguiu no Guangzhou. Foi mais uma vez campeão chinês com Felipão. E logo deu adeus ao treinador que não renovou seu contrato. Vieram duas outras janelas e Goulart se viu sem seu treinador de confiança. O italiano Fabio Cannavaro foi contratado. Pior, Paulinho foi mandado de volta para a China, prejudicando as perspectivas de que quem atua no país de ir para um grande europeu. O Brasil fracassou na Copa. E ainda, Cannavaro não tem o encanto de Felipão por seu futebol. Se tornou reserva. Em abril, o brasileiro, que tem contrato até 2020, recebeu uma proposta de renovação de contrato até 2022. Ele negou. Pensou que facilitaria a negociação com qualquer equipe europeia. Mas apenas desperdiçou a chance de ganhar um aumento. E, lógico, ter a multa aumentada. O jogador chega ao final do ano no seu pior momento na carreira. Além de reserva, teve de fazer uma artroscopia no joelho direito. Os contatos com Alexandre Mattos, companheiros desde o Cruzeiro, nunca cessaram. O dirigente nunca desistiu de contratá-lo. E ganhou uma arma poderosa. Luiz Felipe Scolari. O treinador também o deseja em 2019. Goulart já está milionário depois dos três anos na China. Term 27 anos. E quer fazer sua recuperação da cirurgia no Palmeiras. Não no Cruzeiro, clube que o quer de volta. A contratação será tentada e sem a participação efetiva da Crefisa. O clube tem dinheiro suficiente para uma grande proposta. Por empréstimo ou mesmo a compra. Há a promessa de grandes reforços para o próximo ano, o primeiro com o uniforme feito pela Puma, que promete internacionalizar o clube. Fazê-lo mais conhecido no planeta. Para este objetivo é necessário um grande time e conquistas importantes, como a Libertadores e o Mundial. Além disso, há outras duas possibilidades, que a diretoria não assume publicamente. A primeira é a de uma troca por Dudu. Com retorno financeiro ao Palmeiras. O melhor jogador do Campeonato Brasileiro vem sendo sondado pelo futebol chinês há dois anos. Ganhou aumento para ficar, mas não recebeu nem um quinto do que poderia ganhar atuando no Oriente. Dudu fará 27 anos em janeiro. E está disposto a fazer o 'contrato de sua vida', em 2019. Por isso não está descartada a ida para o Guangzhou. Outra possibilidade é Lucas Lima. O jogador de 28 anos não conseguiu se firmar no Palmeiras. Mostrar o futebol exuberante que a diretoria esperava. E ele também já foi muito cobiçado pela China. É um jogador caríssimo aos cofres do time paulista. Pode ser envolvido em uma possível transação por Ricardo Goulart. Mauricio Galiotte e Alexandre Mattos desmentem oficialmente. Mas conselheiros ligados à presidência garantem que os contatos com o jogador estão mais do que avançados. Ele quer atuar no Palmeiras em 2019. O problema será negociar com os chineses...

Link Notícia: https://esportes.r7.com/prisma/cosme-rimoli/o-desejo-ricardo-goulart-o-medo-dudu-na-china-07112018

Atlético-PR bate Fluminense e abre vantagem na Copa Sul-Americana
Data: 08/11/2018

Equipe paranaense fez 2 a 0 na noite desta quarta-feira (7), na Arena da Baixada e pode perder por até um gol de diferença no Rio de Janeiro

O Atlético-PR abriu boa vantagem na Copa Sul-Americana. Mais intenso, soube aproveitar melhor as oportunidades e mostrou porque é o melhor mandante do torneio. Do outro lado, o Fluminense terá que buscar uma reação no Rio de Janeiro. Nesta quarta-feira (7), na Arena da Baixada, pela partida de ida da semifinal, vitória do Furacão pelo placar de 2 a 0, com gols marcados por Renan Lodi e Rony. A volta está marcada para o próximo dia 28, no Maracanã. Marcelo Cirino dá trabalho Com boa movimentação, Marcelo Cirino foi o primeiro a incomodar. Nos primeiros minutos, atuou nas costas de Ibañez e levou perigo pela esquerda. Na sequência, o atacante foi lançado e driblou Júlio César, mas Gum apareceu para salvar. Santos salva lá e Júlio César cá Destaque para os goleiros: Santos defendeu a cabeçada de Gum e a tentativa de Luciano na sequência após escanteio. No lance seguinte, Pablo saiu de cara para o gol e Júlio César salvou. Renan Lodi abre o placar Melhor em campo, o Atlético-PR abriu o placar. Renan Lodi tentou duas vezes. A primeira bateu na defesa e voltou para ele. Na segunda, chutou forte e a bola pegou na trave antes de entrar. Júlio César ainda salvou o Fluminense outras vezes antes do intervalo. Fluminense volta melhor O retorno do Fluminense para o segundo tempo mostrou porque a equipe está na semifinal da Sul-Americana. Marcação alta, boas chances e pressão na Arena da Baixada. Sornoza, de fora, e Ibanez, dentro da área, quase empataram. Júlio César salva de novo A torcida do Atlético-PR ficou impaciente com o placar de 1 a 0 e a equipe se lançou ao ataque. Foi a vez do goleiro do Fluminense aparecer novamente. Duas defesas providenciais nas finalizações de Pablo e Rony salvaram a equipe tricolor. Ayrton dormiu, Rony marcou Quando o Fluminense parecia melhor na partida, Ayrton Lucas dormiu e falhou no lance do segundo gol do Atlético-PR. Renan Lodi cruzou e achou Rony livre por trás da defesa para cabecear e marcar. Gol que complicou o Fluminense.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/lance/atletico-pr-bate-fluminense-e-abre-vantagem-na-copa-sul-americana-07112018#!/foto/1

Na hora H... Flamengo peca nas finalizações e vê título mais longe
Data: 05/11/2018

Os empates com Palmeiras e São Paulo deixaram o Rubro-Negro a seis pontos do primeiro colocado e título está distante a seis rodadas do final

Caso o Flamengo não termine o ano celebrando o título brasileiro, as chances perdidas por Paquetá e Vitinho, contra Palmeiras e São Paulo, respectivamente, serão lembranças dolorosas para os torcedores rubro-negros. Os gols perdidos refletem a dificuldade apresentada pelo time em definir as jogadas, apesar de dividir o posto de melhor ataque do Campeonato Brasileiro com o Palmeiras. O Flamengo é o time que mais finaliza no Brasileirão: são 420 chutes em 32 rodadas. Para marcar um gol, o Rubro-Negro precisa de 8,2 finalizações. Para efeito de comparação, o Palmeiras precisa de 7,3 chutes para marcar um gol. Caso a finalização de Lucas Paquetá tivesse entrado e determinado a vitória do Flamengo no Maracanã - o confronto terminou empatado em 1 a 1 - e o chute de Uribe tivesse garantido o triunfo rubro-negro no Morumbi - o 2 a 2 persistiu até o final - o Flamengo, hoje com 60 pontos, estaria com 64, empatado na liderança com o Verdão, que teria dois pontos a menos do que os atuais 66. Faltando seis rodadas para o fim do Campeonato Brasileiro, a conquista do título é improvável neste momento. O Palmeiras, do técnico Luiz Felipe Scolari, não tem apresentado sinais de queda de desempenho, com um elenco forte. Na Gávea, o discurso é de disputa pelo título até quando existirem chances. Um resultado que não seja o primeiro lugar da tabela, logicamente, não pode cair nas costas de um ou dois jogadores. Vitinho e Lucas Paquetá, dos nomes mais talentosos e que já garantiram pontos para o Fla no Brasileirão, contam com a confiança da comissão técnica e direção para buscar a arrancada final. Nos confrontos com Palmeiras, Internacional e São Paulo, que formam o G4, o Fla somou apenas seis dos 18 pontos possíveis - três empates e uma vitória. Everton Ribeiro, um dos titulares da equipe de Dorival, também compartilhou a responsabilidade pelos empates com o restante dos jogadores do Flamengo. - Perdemos outras oportunidades. Nessa reta final, temos que caprichar mais para ter a vantagem. Temos que estar prontos para marcar - afirmou o camisa 7 antes de completar, acreditando na disputa do título brasileiro até o final: - Acho que não (está definido). Restam seis jogos, eles (Palmeiras) podem tropeçar. Manteremos nosso jogo, concentrados, e fazer os gols que precisamos. Vamos acreditar até o final.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/lance/futebol/na-hora-h-flamengo-peca-nas-finalizacoes-e-ve-titulo-mais-longe-05112018

Dudu alcança marcas expressivas no Palmeiras
Data: 05/11/2018

Atacante igualou Vagner Love como o artilheiro do Palmeiras neste século e chegou ao mesmo número de jogos de Edmundo pelo clube

Contratado pelo Palmeiras no início de 2015, Dudu cada vez mais tem consolidado sua imagem no Verdão. Nesta reta final de temporada, o atacante tem sido um dos principais jogadores do time comandado por Luiz Felipe Scolari, e tem conquistado números expressivos com a camisa do Alviverde. Na noite do último sábado, o camisa 7 anotou o primeiro dos três gols palmeirenses na vitória, por 3 a 2, contra o Santos, e chegou ao seu 54º pelo clube de Palestra Itália. Desta forma, igualou Vagner Love como o artilheiro do Verdão no século 21, apesar de ter jogado muito mais que o centroavante. Além disto, Dudu alcançou a marca de jogos do ídolo Edmundo. Ambos entraram em campo em 224 oportunidades vestindo a camisa do Palmeiras. No fim de semana, enquanto o sistema de som do Allianz Parque anunciava a escalação do Palmeiras, o nome de Dudu foi o mais festejado pelos quase 40 mil torcedores que lá estiveram. Em campo, o jogador fez por merecer a euforia e teve um bom desempenho. Na reta final do Brasileirão, com seis pontos de vantagem para o vice-líder Flamengo, o Palmeiras está perto de faturar mais um título em sua história. É uma grande oportunidade para Dudu, que já ganhou a Copa do Brasil de 2015 e o Brasileirão de 2016, se consolidar ainda mais no clube que defende há quase meia década.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/lance/dudu-alcanca-marcas-expressivas-no-palmeiras-05112018

Sem evolução, Corinthians volta à estaca zero contra o Botafogo
Data: 05/11/2018

Depois de vencer o Bahia, time de Jair Ventura volta a ter pouca produção no ataque e repetir comportamento frequente no Brasileiro

O Corinthians não consegue confortar seu torcedor. Depois de uma vitória simbólica contra o Bahia na Arena, partida que marcou o ressurgimento de Danilo, o Timão não apresentou qualquer evolução contra o Botafogo e, com erros similares aos outros jogos, foi merecidamente derrotado no Engenhão. Para piorar, além do resultado, a sensação de que o time voltou à estaca zero. Principalmente no ataque. A dificuldade para criar jogadas é um fantasma na trajetória de Jair Ventura no Corinthians. Por mais que o técnico tente com alterações, foque em treinamentos durante a semana, a ineficácia segue. Desta vez, ele apostou na manutenção de Danilo, além da entrada de Araos para ajudar na organização, mas a bola pouco chegou ao camisa 20. Novamente, a equipe sentiu muito a falta de Jadson, fora por um edema na panturrilha direita. Na defesa, o time segue tomando os gols bobos que tanto os jogadores repetem que não pode acontecer. Desta vez, um erro de Ralf no escanteio (sempre ela, a bola parada) custou o tropeço ao Corinthians, que segue com risco de rebaixamento. São cinco pontos acima do primeiro do Z4. Jair Ventura tem procurado dar chance para quem entrou bem numa partida, mantendo o jogador no duelo seguinte. Já havia sido com Emerson Sheik, depois com Pedrinho, agora com Danilo. Os resultados de um jogo para o outro, porém, não aparecem. Não à toa, em 13 partidas o técnico ainda não conseguiu emplacar duas vitórias consecutivas. São seis derrotas no total. No próximo sábado, o Corinthians tem outro grande desafio, desta vez o clássico contra o São Paulo. Jair já acenou com foco em recuperar jogadores que ficaram fora desta vez, como Jadson, Sheik e Douglas. Ele deve mexer novamente para tentar sua primeira vitória contra os rivais. O torcedor espera é que o futebol mude desta vez.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/lance/futebol/sem-evolucao-corinthians-volta-a-estaca-zero-contra-o-botafogo-05112018

Rivais do São Bento, Ponte e Coritiba prestarão homenagens a Daniel
Data: 30/10/2018

Meia, que teria sido morto por motivo passional no último fim de semana, havia jogado nos dois times que enfrentam equipe sorocabana na Série B

A morte de Daniel Corrêa uniu pelo menos três adversários na Série B do Campeonato Brasileiro. O São Bento, time pelo qual o jogador que foi morto no último fim de semana atuava, enfrenta nas próximas duas rodadas a Ponte Preta e o Coritiba. O meia também havia vestido a camisa dessas duas equipes. Morte do meia Daniel tem sinais de tortura, diz Guarda Municipal Não apenas pela comoção da morte que teria tido motivação passional, segundo investiga a Polícia Civil de São José dos Pinhais, na região metropolitana de Curitiba (PR); mas também pelo fato do jogador ter atuado recentemente nas duas equipes, os clubes envolvidos devem entrar nos campos com uma faixa em homenagem ao jogador. Cosme Rimoli: O bárbaro assassinato de Daniel choca os jogadores do São Paulo As diretorias acertaram com a CBF (Confederação Brasileira de Futebol) ‘um minuto de silêncio’ em memória do jogador o jogo entre Ponte Preta e São Bento, que acontece na sexta-feira, no Moisés Lucarelli, em Campinas. A partida seguinte do São Bento, já pela 35ª rodada, acontece na terça-feira (6), no Walter Ribeiro, em Sorocaba, também com homenagens previstas. Daniel era um dos mais tímidos do futebol, diz jogador do São Bento Daniel havia chegado ao São Bento em junho deste ano. Ainda em recuperação da sua melhor forma física e buscando espaço do esquema tático da nova equipe, entrou em apenas dois jogos, tendo atuado não mais que 35 minutos. Antes disso, havia passado o primeiro semestre, sem muito destaque, na Ponte Preta. Jogador assassinado, Daniel era fã de Seedorf e tinha apelido de Messi No Coritiba, o jogador também não conseguiu emplacar uma sequência de jogos e teve pouco espaço durante toda a temporada de 2017. Ainda em luto pela morte do companheiro, o São Bento se reapresenta nesta terça-feira, em Sorocaba. Antes da atividade que será comandada pelo técnico Marquinhos Santos, os jogadores também devem prestar um minuto de silêncio.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/rivais-do-sao-bento-ponte-e-coritiba-prestarao-homenagens-a-daniel-30102018

Morte do meia Daniel tem sinais de tortura, diz Guarda Municipal
Data: 30/10/2018

Meio-campista de 24 anos, com passagens por grandes clubes, foi encontrado morto em Curitiba; descrição é de tortura e ferimento por arma branca

O corpo do meia Daniel, de 24 anos, com passagens por Botafogo, São Paulo, Coritiba e que atualmente estava jogando pelo São Bento (SP), foi encontrado no meio de uma plantação de pinos com sinais de tortura, no último sábado (27), em São José dos Pinhais, região metropolitana de Curitiba. De acordo com o Guarda Municipal Célio, o jogador foi ferido por armas brancas e brutalmente assassinado. A polícia ainda apura o caso. Leia mais: Morre Daniel, meia do São Paulo emprestado para o São Bento — Pela aparência do corpo, foi uma situação bastante violenta mesmo, a pessoa matou com muita raiva. O homem tinha dois cortes profundos no pescoço, teve a cabeça quase degolada, e a genitália foi cortada. A princípio, o órgão não foi encontrado no local. Essa estrada é um pouco deserta e já conhecida pela desova de cadáveres. No caso de hoje, tudo indica que o rapaz foi executado aqui na rua e arrastado por cerca de 30 metros, dentro de uma plantação de pinos — comentou o Guarda Municipal, em entrevista à Banda B. Célio ainda relatou que alguns moradores estavam andando pela região do crime e acabaram achando o corpo de Daniel. Leia mais: Veja as notícias do São Paulo O corpo de Daniel deu entrada no Instituto Médico Legal (IML) de Curitiba na manhã desse sábado (27), com a descrição de que houve ferimento por arma branca, indicando o assassinato do jogador. Ele foi reconhecido por parentes neste domingo. Daniel surgiu com destaque nas categorias de base do Cruzeiro. Antes de se tornar profissional, atuou pelo Botafogo em 2013, no qual teve espaço no time principal e se destacou em 2014. Em dezembro daquele ano, chegou a conversar com o Palmeiras, mas foi reprovado nos exames médicos e acabou contratado pelo São Paulo. Leia mais: Morre Daniel, meia do São Paulo emprestado para o São Bento Porém, o meio-campista acumulou lesões e não conseguiu demonstrar seu futebol no Morumbi. Ao todo, disputou 16 jogos e não fez gol. Foi emprestado para o Coritiba, no ano passado, e disputou o último Campeonato Paulista pela Ponte Preta. Tinha contrato com o São Paulo até dezembro e, em junho, foi repassado ao São Bento, de Sorocaba, para a disputa da Série B desta temporada.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/lance/morte-do-meia-daniel-tem-sinais-de-tortura-diz-guarda-municipal-29102018

Figueira ganha ânimo com vitória em clássico e busca sequência na Série B
Data: 30/10/2018

Rogério Micale conquistou seu primeiro triunfo contra o Criciúma, no último sábado. Agora, foca nos próximos duelos da competição nacional para sonhar com um possível acesso

O Figueirense ganhou ânimo nos últimos dias. Após primeira e dramática vitória do técnico Rogério Micale sobre o Criciúma por 3 a 2, a equipe ganhou força para tentar conseguir uma sequência positiva no Brasileiro da Série B. Faltam apenas cinco rodadas para o término da competição e devem ser bem aproveitadas pelo clube. Engana-se quem pensa que será uma reta final com tranquilidade. Serão três jogos diretos: Oeste, Guarani e Vila Nova, respectivamente, e consecutivos. Nas duas últimas rodadas, a equipe catarinense enfrenta Paysandu e CRB, que estão em situação delicada na competição e disputam contra a zona de rebaixamento. O Diretor de futebol do Alvinegro, Felipe Faro destacou a importância de conquistar esse objetivo nas próximas semanas. Mesmo sabendo das dificuldades e baixas chances, ele acredite que pode garantir o acesso no último suspiro. - Teremos mais cinco jogos na Série B em mais um mês de competição. O foco de todos, e nossas conversas estão sendo neste sentido, é buscar o maior número de triunfos possível para encerrarmos bem 2018. Infelizmente nossas chances de acesso são poucas, mas o elenco precisa honrar essa camisa até o fim - disse o diretor. - A diretoria tem buscando passar confiança e, principalmente, motivação ao grupo nestas últimas semanas. Esse é o principal desafio. Estamos representando um grande clube e temos que nos dedicar para terminar com vitórias este ano - completou. Destaque na vitória contra o Criciúma, Renan Mota ganhou ainda mais moral no grupo. Não só pela boa atuação e o gol, mas pela importância dentro de campo. Satisfeito com o jogador de 27 anos, o técnico Rogério Micale não poupou elogios. - O Renan é um grande reforço, um jogador de características importantes para esse elenco. O retorno dele nos fortalece muito. Tive a chance de jogar com ele somente em dois jogos, contra o São Bento e Londrina. Ele teve uma lesão e agora está retornando. Não dava para usar o tempo todo, pois está voltando de lesão, mas é um jogador que agrega muito - disse. Com os elogios do treinador, o jogador pode ganhar uma nova chance na equipe titular. Vale ressaltar, que Renan Mota é líder de assistência do time, com sete, na temporada durante a campanha da Série B. Com ou sem Renan Mota, a arrancada pode acontecer na próxima partida da Série B. O jogo acontece contra o Oeste na sexta-feira, na Arena Barueri, às 20h30, pela 34ª rodada da competição. A equipe comandada por Micale soma 44 pontos, na 11ª posição.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/lance/figueira-ganha-animo-com-vitoria-em-classico-e-busca-sequencia-na-serie-b-30102018

Na Argentina, Palmeiras e Boca iniciam luta pela final da Liberta
Data: 24/10/2018

Em semifinal de rivais ricos, o time argentino é o mais valioso da Libertadores, enquanto o Palmeiras é o que mais investiu no futebol brasileiro

A semifinal entre Boca Juniors e Palmeiras, nesta quarta-feira (24), às 21h45, no mítico estádio La Bombonera, reúne os elencos mais caros da Libertadores. De acordo com o site alemão Transfermarket, especializado em transferências internacionais, o Boca Juniors tem um time avaliado em R$ 495,1 milhões e o Palmeiras, em R$ 329,3 milhões. Embora as cifras sejam significativas no contexto sul-americano, elas estão distantes do mercado europeu. O Barcelona, por exemplo, vale R$ 1,1 bilhão, mais do que os rivais juntos. O tamanho do investimento desses dois clubes é diretamente proporcional à responsabilidade e cobrança de vencer. Antes de Felipão chegar, o Palmeiras vinha sofrendo com cobranças de campo relacionadas à quantidade de dinheiro gasto na compra de seus jogadores. Eduardo Carlezzo, advogado especialista em negociações internacionais, disse ao Estado que os dois clubes colhem os frutos esportivos de um fortíssimo investimento em atletas. “Neste ano, a Libertadores chega à fase semifinal seguindo o que ocorre na Liga dos Campeões há muito tempo: sem surpresas, com a presença dos times grandes e ricos do continente. Já nas oitavas de final, ocorreu movimento semelhante, sendo o Tucumán o único intruso entre as equipes de tradição e com melhor situação financeira”, diz Carlezzo. “O dinheiro falou mais alto, contrariando os resultados dos últimos cinco anos quando clubes pequenos avançaram às semifinais e à própria final”, lembra.O Boca se fortaleceu após a Copa da Rússia e gastou cerca de US$ 18 milhões (R$ 69 milhões) em reforços. Mauro Zárate, Sebastián Villa, Carlos Izquierdoz, Esteban Andrada e Carlos Lampe foram contratados nos últimos meses. O time é patrocinado pela empresa área Qatar Airways, que fechou acordo até 2023. Segundo a imprensa argentina, são US$ 5 milhões (R$ 18 milhões) por ano. Veja também: Palmeiras dispara no topo, e Timão na degola: veja a tabela do returno Outra parte das receitas do Boca vem dos associados. O clube possui cerca de 98 mil sócios, que geram 900 milhões de pesos anuais (R$ 90 milhões). Nas últimas duas temporadas, a equipe teve 400 milhões de pesos de lucro (R$ 40 milhões). Os investimentos não se transformam em avalanche de conquistas. Embora bicampeão nacional, o técnico Guillermo Schelotto convive com críticas. Ele é cobrado por não ter feito o time embalar. O Boca está na quinta posição na Superliga. Na Copa Argentina, foi eliminado nas oitavas pelo Gimnasia. Na Libertadores, cresceu no mata-mata após ter ajuda do Palmeiras para garantir a segunda colocação no Grupo 8.O Palmeiras também tem um patrocinador forte. A Crefisa e a Faculdade das Américas investem R$ 78 milhões anualmente, montante destinado ao contrato de patrocínio, ajuda em pagamentos de salários de jogadores e premiação. Trazida durante a gestão do presidente Paulo Nobre, em 2015, a empresa vem sendo um dos pilares desde que a parceria foi firmada. Nos últimos anos, o time contou com a parceira para trazer Dudu, Felipe Melo, Lucas Lima e Borja, entre outros. Reforços como Diogo Barbosa, Marcos Rocha, Weverton e Emerson Santos chegaram com os recursos do clube. Luiz Felipe Scolari afirmou que os altos investimentos aumentam a obrigação de conquista. Após a vitória sobre o Ceará, pelo Brasileiro, domingo, o treinador desabafou. “As dificuldades não são só para mim. Há pouco tempo, me comuniquei com o Juan Lopetegui (técnico do Real Madrid), e as dificuldades dele são idênticas. Comandamos times que precisam ser campeões, e sofremos um pouco mais com isso”, afirmou.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/futebol/na-argentina-palmeiras-e-boca-iniciam-luta-pela-final-da-liberta-24102018

Palmeiras ou Boca: quem leva a melhor na semi da Libertadores?
Data: 24/10/2018

Brasileiros e argentinos fazem nesta quarta (24), em Buenos Aires, o primeiro jogo da semifinal da Libertadores. O R7 quer saber quem ganha o jogão?

Montagem R7 Palmeiras e Boca Juniors fazem nesta quarta-feira (24), às 21h45, o primeiro jogo da semifinal da Libertares no estádio da Bombonera, em Buenos Aires, Argentina. Será o terceiro encontro entre eles em 2018, já que estavam no mesmo grupo na primeira fase da competição. Na partida em Buenos Aires, os brasileiros venceram por 2 a 0 e em São Paulo o jogo terminou empatado em 1 a 1.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/futebol/palmeiras-ou-boca-quem-leva-a-melhor-na-semi-da-libertadores-24102018

Sem Libertadores e na Série A: Corinthians se planeja para 2019
Data: 24/10/2018

Timão busca jogadores mais experientes para a próxima temporada, quando não deverá disputar a Libertadores; três reforços já foram contratados

O presidente do Corinthians, Andrés Sanchez, admitiu os riscos de rebaixamento no Campeonato Brasileiro, mas também questionou que a imprensa não comenta que ainda há chances de alcançar uma vaga na Libertadores. Internamente, porém, a diretoria alvinegra planeja 2019 com o Timão na elite nacional e fora do principal torneio sul-americano O Corinthians, inclusive, já contratou três reforços de olho na próxima temporada. O lateral-direito Michel Macedo e o atacante Gustavo treinam com o elenco, enquanto André Luiz defende a Ponte Preta e se apresentará ao Timão no início de 2019. A diretoria admite que busca mais reforços para o ano que vem, mas novamente não pretende investir em jogadores caros. Ao ser questionado sobre Diego Tardelli, por exemplo, Andrés Sanchez afirmou que não fará "loucura" e afirmou que busca atletas mais experientes para o elenco. — Desde que o jogador não queira ganhar 700 (mil), 800 (mil), 1 milhão por mês. Eu não vou fazer esse tipo de loucura. A conta um dia chega. Chegou um dia para o Corinthians, vai chegar para os outros clubes. Mas vamos procurar jogadores com um pouco mais de experiência para completar com os garotos que temos lá. Mas, não vou fazer loucura — disse Andrés.Atualmente, o Corinthians ocupa o 12º lugar do Brasileirão, com 36 pontos. Ou seja, a oito rodadas para o fim do campeonato, faltam nove pontos para o Timão chegar aos 45, número considerado suficiente para se livrar do rebaixamento. Olhando para a parte de cima da tabela, o Timão está a dez pontos do Atlético-MG, atualmente sexto colocado, última posição que dá vaga para a próxima Libertadores. Há a chance de abrir mais um lugar, caso Palmeiras ou Grêmio vença o torneio sul-americano neste ano e termine entre os seis melhores do Brasileirão.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/lance/futebol/sem-libertadores-e-na-serie-a-corinthians-se-planeja-para-2019-24102018

Famílias de vítimas de voo da Chape ainda estão sem indenização
Data: 16/10/2018

Após irem à Bolívia, familiares não receberam explicação da seguradora Bisa sobre a situação. Segundo AFP, empresa não quis comentar sobre assunto

Os membros da Associação dos Familiares e Amigos das vítimas do acidente do voo da Chapecoense, que aconteceu em 2016, foram à Bolívia tentar buscar informações sobre indenização, mas voltaram sem nenhuma resposta. De acordo com a AFP, a empresa Bisa não quis comentar o assunto. Veja mais: Rogério Ceni manda mensagem para filho de goleiro da Chape, vítima do acidente Já são quase dois anos depois do acidente, e nenhum familiar recebeu nada pelas mortes. Nem da seguradora, da empresa aérea LaMia ou demais órgãos de aviação. Segundo as famílias, a seguradora ofereceu 225 mil dólares (cerca de R$ 1 milhão) para cada família, valor que não foi aceito. - Encontramos resistência da seguradora, que não nos deu as respostas que viemos buscar - disse Fabianne Belle, viúva de Cesinha, ex-preparador físico da Chape à agência AFP. O acidente deixou 71 mortos entre jogadores, comissão técnica, jornalistas, autoridades e tripulação. Apenas seis pessoas sobreviveram. Funcionários aeroportuários e de aviação civil e da empresa Lamia, foram apontados como culpados pelo ocorrido.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/lance/familias-de-vitimas-de-voo-da-chape-ainda-estao-sem-indenizacao-16102018

Pior do que Loss, Jair tem final para mostrar reação no Corinthians
Data: 16/10/2018

Treinador obteve números piores do que antecessor no início de caminhada no clube, mas pode entrar para a história caso conquiste da Copa do Brasil

O início do técnico Jair Ventura no Corinthians foi animado pela classificação para a final da Copa do Brasil ao bater o poderoso Flamengo, mas na análise fria dos números a situação é diferente. Após novo jogos no comando do Timão. Jair tem desempenho abaixo de seu antecessor Osmar Loss, com retrospecto preocupante para as pretensões do time neste fim de temporada. Mal no Campeonato Brasileiro, inclusive com risco de queda, a equipe de Jair passa a apostar todas suas fichas na decisão contra o Cruzeiro para reagir perante os maus resultados. Desde que foi contratado, Jair Ventura disputou nove jogos com duas vitórias, três empates e quatro derrotas. O aproveitamento é de apenas 33,3% dos pontos. Isso o coloca até bem atrás de Loss, que dirigiu o Corinthians por 25 jogos com dez vitórias, dez derrotas e cinco empates, aproveitamento de 46,% dos pontos. No quesito gols marcados e sofridos, o retrospecto de Jair também é abaixo de seu antecessor. Com ele, o Timão marcou apenas cinco gols, 0,55 por partida, contra 26 de Loss em 25 jogos, ou 1,04 por jogo. Na defesa, foram nove gols sofridos por Jair, ou um por jogo, e 22 por Loss, 0,88 por partida. A diferença a favor de Jair foi o desempenho nas semifinais da Copa do Brasil. No jogo de ida no Rio de Janeiro, a equipe conseguiu se segurar diante do Flamengo e voltou para casa com um 0 a 0. Na volta, equilibrou as forças e garantiu a vaga com vitória por 2 a 1, classificação que era vista como remota internamente se o comando tivesse seguido com Loss. Nesta quarta-feira, Jair Ventura tem a oportunidade de mostrar ao Corinthians que a escolha por ele foi certa. O título da Copa do Brasil diante do Cruzeiro o colocaria na história do clube como quarto vencedor da competição e tiraria toda a pressão para terminar o Campeonato Brasileiro de forma digna. Atualmente, o Timão é o 11º colocado com 35 pontos, apenas quatro acima da zona do rebaixamento. Se perder, porém, os números negativos pesarão e o fim de ano do técnico e do clube serão complicados. Para ficar com o título, o Corinthians precisa vencer o Cruzeiro por pelo menos dois gols de diferença já que perdeu a ida por 1 a 0. Se devolver o placar por um gol de diferença, a decisão será nos pênaltis.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/lance/futebol/pior-do-que-loss-jair-tem-final-para-mostrar-reacao-no-corinthians-16102018

Ceará perde pênalti e Botafogo segura empate no Castelão
Data: 16/10/2018

Time da casa joga melhor, Saulo faz grande defesa e o 0 a 0 fica barato para a equipe carioca pela 29ª rodada do Campeonato Brasileiro

Pelo pouco que o Botafogo jogou, ficou barato. No Castelão, em Fortaleza (CE), na noite desta segunda-feira, o goleiro Saulo fez uma grande defesa, o centroavante Arthur perdeu pênalti ainda no primeiro tempo e o empate em 0 a 0 foi o melhor que poderia ter ocorrido para o Glorioso. Com o resultado, o Vozão segue na zona de rebaixamento (com um jogo a menos) e o time de Zé Ricardo fica na 12ª posição. Volume e pênalti x lentidão O Botafogo praticamente não fez o goleiro Everson trabalhar na primeira etapa. Com muita dificuldade para ir ao campo de ataque, o visitante ameaçou apenas uma vez, com Bochecha. Do outro lado, porém, o Ceará usava e abusava de Juninho Quixadá, que causava dores de cabeça a Carli e companhia. Envolvida, a defesa botafoguense cometeu pênalti por meio de Rodrigo Lindoso. O volante, apesar de experiente, cometeu falta de costas, de forma até desnecessária. Para a sorte dos cariocas, Arthur foi para a marca da cal, deslocou Saulo, mas o chute foi para fora. Evolução botafoguense Os comandados de Zé Ricardo, porém, deixaram a aparente apatia da primeira etapa no vestiário. O segundo tempo já começou com chances pela direita, pela esquerda e pelo centro. Era outra partida, equilibrada. Faltava o gol. Gol, mas não valeu Os times tinham espaços e chegavam perto do gol adversário com frequência. E quando o Glorioso buscava um contra-ataque, Luis Ricardo errou um passe e foi o Vozão quem teve nova possibilidade. Felipe Jonathan cruzou, Quixadá testou para o gol, mas o impedimento foi corretamente marcado. Grandes defesas A escola botafoguense de goleiros mostrou sorte na hora do pênalti, mas muita competência quando Saulo se esticou todo para defender o cabeceio de Ricardo Bueno. Grande defesa do camisa 1. Na reta final, o Ceará pressionou ainda mais, só que a má pontaria impediu melhor resultado. Tabela Na próxima rodada, o Vozão visita o Palmeiras, no domingo, no Pacaembu. Já o Alvinegro Carioca vai receber o Bahia, no sábado, no Estádio Nilton Santos. CEARÁ 0 X 0 BOTAFOGO Estádio: Arena Castelão, em Fortaleza (CE) Data: 15 de outubro de 2018, às 20h Árbitro: Raphael Claus (Fifa-SP) Assistentes: Danilo Ricardo Simon Manis (Fifa-SP) e Rogerio Pablos Zanardo (SP) Renda/Público: 29.394 pagantes (29.946 presentes) R$402.313,00 Cartão amarelo: Tiago Alves (CEA) Carli, Matheus Fernandes e Rodrigo Pimpão (BOT) CEARÁ: Everson; Samuel Xavier, Tiago Alves, Eduardo Brock e Felipe Jonatan; Edinho e Richardson; Juninho Quixadá (Pedro Ken, 37'/2ºT) e Calyson; Arthur (Ricardo Bueno (25'/2ºT) e Felipe Azevedo (Ricardinho, 25'/2ºT) - Técnico: Lisca. BOTAFOGO: Saulo, Luis Ricardo, Carli, Igor Rabello e Gilson; Matheus Fernandes (Marcelo Benevenuto, Intervalo), Bochecha e Rodrigo Lindoso e Bochecha (Erik, 14'/2ºT); Luiz Fernando, Kieza e Rodrigo Pimpão - Técnico: Zé Ricardo.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/lance/ceara-perde-penalti-e-botafogo-segura-empate-no-castelao-15102018

Tite elogia Arábia Saudita e diz que vai testar jogadores em amistoso
Data: 11/10/2018

Técnico falou que irá observar jogadores e destacou dificuldade de estabelecer filosofia de trabalho por conta do pouco tempo com jogadores

A seleção brasileira entra em campo nesta sexta-feira (12), às 15h (de Brasília), contra a Arábia Saudita, em Riad. É o primeiro de dois amistosos que a equipe fará em outubro. Na terça (16), o adversário será a Argentina. Em entrevista coletiva nesta quinta-feira (11), Tite falou sobre o amistoso contra os sauditas. Para o treinador, o rival tem qualidade no passe, o que pode dificultar para a seleção. fará em outubro. Na terça (16), o adversário será a Argentina. Em entrevista coletiva nesta quinta-feira (11), Tite falou sobre o amistoso contra os sauditas. Para o treinador, o rival tem qualidade no passe, o que pode dificultar para a seleção. - Traz níveis de exigência. A Arábia Saudita é um time móvel, de qualidade de passe. Não é uma equipe estática, pragmática. Isso gera grau de dificuldade maior. Ela rompe linhas, ataca espaço. Não é uma equipe pesada. É uma característica diferente. Teremos de nos adaptar. Ela me dá oportunidades de conhecer atletas diferentes, com estruturas táticas às vezes diferentes - declarou o comandante. - Sou um cara sonhador. Eu gosto de convencer para vencer. É jogar bem. Senão fica uma coisa irrisória, o resultado pelo resultado. Nós temos que ganhar, mas a Arábia Saudita também quer ganhar. Eu me atenho a um grande trabalho individual e coletivo. É um pouquinho poético, mas é como eu vejo futebol, acrescentou Tite. Análise da Arábia Saudita Auxiliar de Tite, Cleber Xavier também participou da coletiva de imprensa. Ele traçou um panorama do confronto contra a Arábia Saudita. - A Arábia Saudita tem um treinador com grande trabalho no Chile. Agora, faz um trabalho novo. A equipe joga num 4-1-4-1 bem definido. Tem transições rápidas. Joga futebol. Procura ter jogo apoiado. Aposta na qualidade dos atletas, principalmente os jogadores de meio e de frente. O primeiro volante tem um jogo qualificado. É uma equipe que fez amistosos interessantes contra Itália e Alemanha. E também mostrou na Copa uma situação equilibrada. Temos o maior respeito pela equipe da Arábia Saudita. O treinamento foi em cima da estratégia do adversário para podermos produzir e vencer. Para o duelo, Tite chamou novamente o atacante Gabriel Jesus, que ficou fora dos dois primeiros amistosos da seleção após a Copa do Mundo (Estados Unidos e El Salvador). O atacante do Manchester City havia sido criticado por não ter feito gols nas cinco partidas que disputou na competição. - Gabriel Jesus tem característica dos diferentes. Há um livro do Michael Jordan intitulado "Nunca Deixe de Tentar". Ninguém permanece em alto nível o tempo todo. Mas é questão de tempo e tranquilidade para ele retomar melhor desempenho. Meio-campo da seleção Tite falou também sobre ter novamente Renato Augusto na armação. O treinador enumerou outros jogadores que podem fazer essa função na seleção. - Alguns jogadores têm essa característica, como Renato Augusto, Arthur e Paquetá. O Fred vamos testar na função. É o jogador com a função de dar regulagem à equipe. Em alguns momentos conseguimos isso durante a Copa da Rússia. Renato Augusto agora está retomando essa condição. O Philippe Coutinho vem bem nessa função. É o momento de a gente observar, passar orientação e ver a resposta do time em campo - afirmou o treinador. Por fim, o comandante lamentou não ter mais tempo com os jogadores para passar a sua filosofia de trabalho. Veja mais: Everton é cortado da Seleção Brasileira - É muito difícil ter sentido de organização em pouco tempo. O técnico tenta manter uma estrutura-base e dar oportunidade aos atletas. Jogadores de alto nível a gente oportuniza. Mantém uma estrutura e oportuniza para que possam desenvolver melhor. O conjunto pode dar suporte para Pablo, Ederson e Fabinho produzirem bem. Temos que olhar o individual e o todo. É meu grande problema como técnico da seleção. É essa inquietude de não poder trabalhar muito tempo, destacou o treinador.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/lance/tite-elogia-arabia-saudita-e-diz-que-vai-testar-jogadores-em-amistoso-11102018

Corinthians anuncia Michel Macedo como reforço para 2019
Data: 08/10/2018

Timão anunciou a chegada do primeiro reforço para a próxima temporada; o lateral-direito assinou contrato com o clube até o final de 2021

O Corinthians já iniciou seu planejamento para 2019. Na manhã desta segunda-feira (8), o Timão anunciou de forma oficial a contratação do lateral-direito Michel Macedo. O jogador de 28 anos foi aprovado por exames médicos no fim de setembro e assinou contrato com o clube até o final de 2021. Michel só poderá vestir a camisa alvinegra na próxima temporada, já que as inscrições para o Campeonato Brasileiro e Copa do Brasil não estão mais disponíveis. Visando a montagem do elenco para as temporadas seguintes, o Sport Club Corinthians Paulista anuncia a contração do atleta Michel Macedo. Ele poderá reforçar a equipe a partir de 2019 e seu contrato tem validade até o final de 2021.#BemVindoMichel pic.twitter.com/n9feHNrXVt — Corinthians (@Corinthians) 8 de outubro de 2018 Ex-Las Palmas, da Espanha, o lateral estava sem clube e chega para ser o substituto imediato de Fagner. Atualmente, Mantuan é o único nome na posição. Michel Macedo se transferiu para o clube espanhol em 2016 e atuou 28 vezes pela equipe na última temporada. Formado no Flamengo, o carioca tem passagens pela seleção de base, mas não ficou no Brasil por muito tempo. O início de sua carreira como profissional aconteceu no Almería, também da Espanha, e de 2012 a 2014 foi emprestado ao Atlético-MG, participando de um jogo da conquista da Libertadores pelo Galo. A nova contratação já vinha sendo especulada pelo Corinthians desde a última janela de transferências. Ambas as partes ficaram próximo de um acordo, que acabou não acontecendo.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/lance/futebol/corinthians-anuncia-michel-macedo-como-reforco-para-2019-08102018

Lucas Lima ganha moral com Felipão e comemora boa fase no Palmeiras
Data: 08/10/2018

Após má fase nos tempos de Roger Machado, o meia ressurgiu sob o comando de Scolari; meia é vice-líder em assistências do Alviverde em 2018

O técnico Luiz Felipe Scolari tem variado bastante a formação titular do Palmeiras para manter o time forte tanto na Copa Libertadores quanto na Copa do Brasil. Mas um jogador que vinha até pouco tempo atrás em baixa ganhou moral com o treinador e tem sido presença constante nas partidas da equipe: Lucas Lima. Dos 13 jogos com Felipão no Brasileiro, o camisa 20 só não participou de dois. O meia foi titular em dez oportunidades, saiu do banco em uma e não foi a campo apenas duas vezes. "No Brasileirão, o professor tem me dado oportunidades. Fico muito feliz por ter aproveitado. Quando jogo assim, jogo descansado, então sempre posso dar o meu máximo", comentou. Lucas Lima tem sido um dos jogadores que mais dá passes a gol na equipe. Ele é o vice-líder do elenco em assistências, com 10 passes para gols, e fica atrás apenas de Dudu, maior garçom da equipe em 2018, tendo deixado seus companheiros cara a cara com o goleiro para marcar 14 vezes. Na vitória sobre o São Paulo por 2 a 0, Lucas Lima cobrou o escanteio que deu origem ao gol de cabeça de Gustavo Gómez, aos 33 minutos do primeiro tempo. Deyverson ampliou. Há 16 anos que o Palmeiras não vencia o São Paulo no Morumbi. "Vamos descansar, porque domingo tem outra pedreira", finalizou. O Palmeiras agora tem a semana livre para treinar e volta a campo no domingo para encarar o Grêmio, em disputa direta pela liderança. O time alviverde lidera com 56 pontos, enquanto que a equipe gaúcha ocupa a quinta colocação, com 51. O Internacional é o segundo colocado com 53 e encara na mesma rodada o São Paulo, que está em quarto, com 52. O Flamengo, que está em terceiro lugar com 52, tem o clássico contra o Fluminense, sábado, no Maracanã.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/futebol/lucas-lima-ganha-moral-com-felipao-e-comemora-boa-fase-no-palmeiras-08102018

São Paulo não vence há 30 dias, cai em semanas livres e busca motivo
Data: 08/10/2018

Após a eliminação diante do Colón na Copa Sul-Americana, Tricolor teve cinco jogos após semanas inteiras de treinamento e não venceu nenhum deles

O que parecia ser um trunfo do São Paulo na briga pelo título brasileiro virou uma estatística negativa. Depois da eliminação na Copa Sul-Americana, que aliviou o calendário, o time jogou cinco vezes após ter a semana inteira para treinar e não ganhou nenhum desses jogos. A última vitória tricolor foi há exatos 30 dias, contra o Bahia, por 1 a 0, no Morumbi. Depois disso, foram quatro partidas no Brasileirão, todas depois de semanas livres. Empates com Santos (0 a 0), América-MG (1 a 1) e Botafogo (2 a 2), além da derrota para o Palmeiras (2 a 0), no último sábado. Antes, a equipe já havia empatado por 1 a 1 com o Fluminense após treinar a semana toda. Diego Aguirre admite a queda de rendimento, mas não consegue explicá-la: - Não sei (porque o time não joga bem após semanas livres). Também fico um pouco surpreso, todos esperavam outra produção. Mas não tem uma só razão, são coisas que estão acontecendo. Estamos em um momento de resultados que não são os que nós esperávamos. Temos que rapidamente voltar a treinar e depois olhar para o próximo jogo, que é importantíssimo, em Porto Alegre, com o Inter. É tentar ganhar, isso é imediato. Cara, é uma pergunta que se a gente soubesse responder com exatidão os resultados já teriam vindo. Faz três ou quatro jogos que a gente está devendo, sim. A gente está tendo a semana para trabalhar, e estamos trabalhando, estamos conversando, estamos falando dos detalhes que precisamos acertar... Planejamos um jogo tão importante contra o Palmeiras e infelizmente as coisas não aconteceram do jeito que a gente esperava - emendou o capitão Hudson. O elenco se reapresenta nesta segunda-feira à tarde, no CT da Barra Funda, e terá mais uma semana completa de treinos antes de enfrentar o Internacional, às 16h de domingo, em Porto Alegre. Uma derrota provavelmente acabará de vez com o sonho de título. Faltando dez rodadas para o fim do torneio, o São Paulo está em quarto lugar, com quatro pontos a menos que o líder Palmeiras. Os jogos do São Paulo após a eliminação na Sul-Americana: — São Paulo 2 x 0 Chapecoense — Paraná 1 x 1 São Paulo — São Paulo 1 x 0 Ceará [SEMANA LIVRE] — São Paulo 1 x 1 Fluminense — Atlético-MG 1 x 0 São Paulo — São Paulo 1 x 0 Bahia [SEMANA LIVRE] — Santos 0 x 0 São Paulo [SEMANA LIVRE] — São Paulo 1 x 1 América-MG [SEMANA LIVRE] — Botafogo 2 x 2 São Paulo [SEMANA LIVRE] — São Paulo 0 x 2 Palmeiras

Link Notícia: https://esportes.r7.com/lance/futebol/sao-paulo-nao-vence-ha-30-dias-cai-em-semanas-livres-e-busca-motivo-08102018

Corinthians encara Flamengo em busca de semana mais tranquila
Data: 05/10/2018

Time alvinegro tenta se afastar da zona de rebaixamento nesta sexta-feira (5), na Arena, às 21h, antes de se dedicar às finais da Copa do Brasil

O Corinthians encara o Flamengo nesta sexta-feira (5), às 21 horas, em sua arena, preocupado em se distanciar mais da zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro e também em ter um período de trabalho tranquilo entre os dois jogos das finais da Copa do Brasil. Atualmente, apenas seis pontos separam o time do grupo da degola. Um eventual tropeço poderá deixar a equipe a apenas três do descenso.Na próxima quarta-feira, o Corinthians visita o Cruzeiro, no Mineirão, no primeiro jogo da decisão do torneio nacional. E no meio da outra semana, dia 17, faz o duelo de volta na Arena Corinthians. Entre uma partida decisiva e outra haverá o clássico com o Santos no Pacaembu, com torcida única do adversário. Tudo que o elenco corintiano não quer é chegar para essa partida pressionado pela ameaça de rebaixamento. Por isso, vencer o Flamengo é tão importante. Um triunfo fará a equipe respirar no Brasileirão e vai possibilitar ao técnico Jair Ventura poupar alguns titulares na rodada seguinte. O atacante Romero admitiu que não tem como esquecer a decisão com o Cruzeiro, mas lembrou da importância de somar pontos no jogo desta sexta-feira. "Vou ser mentiroso se disser que não penso nesse jogo (da final). A ansiedade é grande para jogar e ganhar um título. Mas estamos muito atrás no Brasileiro. Precisamos ganhar do Flamengo", analisou. O paraguaio também tentará encerrar o mau momento que vive na temporada - está sem marcar há 16 jogos. Além disso, ele vive a expectativa de treinar pela seleção de seu país. O Corinthians chegou a um acordo com a Associação Paraguaia de Futebol para que o jogador se apresente à seleção no dia 11 e a expectativa é de que ele retorne no dia 15. "Vou ficar à disposição para jogar a final e vou lá treinar, conhecer o treinador também. Mas quero treinar aqui um dia antes com meus companheiros para pegar as ideias do Jair para esse jogo e chegar bem." Para a partida contra o Flamengo, Jair não fez mistérios e confirmou a escalação. Sem poder contar com Fagner, que se recupera de fibrose na coxa esquerda, o treinador improvisará o volante Gabriel na direita. Outra novidade será a presença de Douglas no meio-campo. O jogador costuma ser titular, mas está suspenso do primeiro jogo da Copa do Brasil e poderia ser poupado para dar entrosamento a um substituto. O setor ofensivo será o mesmo do time que eliminou o Flamengo na semana passada por 2 a 1 e avançou à decisão do torneio mata-mata, com Romero, Jadson, Mateus Vital e Clayson. Pedrinho, que fez o gol da classificação, segue no banco. O Flamengo, além de ver o duelo como uma revanche, também precisa vencer para não perder a liderança de vista. Hoje, quatro pontos o separam do Palmeiras. Após o revés para o Corinthians, o técnico Mauricio Barbieri caiu e Dorival Junior assumiu em seu lugar. O novo treinador terá que superar dois importantes desfalques para a partida. O goleiro Diego Alves e o meia Diego estão machucados. Além disso, Lucas Paquetá e Vitinho devem jogar, mas passaram a semana em tratamento. FICHA TÉCNICA CORINTHIANS X FLAMENGO ÁRBITRO - Paulo Roberto Alves Junior HORÁRIO - 21h LOCAL - Arena Corinthians, em São Paulo (SP) CORINTHIANS - Cássio; Gabriel, Henrique, Léo Santos e Danilo Avelar; Ralf e Douglas; Romero, Jadson, Mateus Vital e Clayson. Técnico: Jair Ventura. FLAMENGO - Cesar; Pará, Léo Duarte, Réver e Trauco; Cuéllar, Willian Arão, Lucas Paquetá, Everton Ribeiro e Vitinho; Uribe. Técnico: Dorival Junior.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/futebol/corinthians-encara-flamengo-em-busca-de-semana-mais-tranquila-05102018

Inter visita o Sport em Recife para pressionar rivais paulistas
Data: 05/10/2018

Brigando pela liderança do Brasileirão, o Colorado terá três desfalques importantes: Cuesta, Edenilson e Damião, mas conta com o retorno de Patrick

O Internacional enfrenta o Sport, nesta sexta-feira (5), às 19 horas, no Recife, com três objetivos: vencer, assumir a liderança momentânea do Campeonato Brasileiro e jogar pressão sobre Palmeiras e São Paulo, que vão duelar no sábado, em clássico no Morumbi. Em caso de triunfo do Inter e empate no clássico paulista, o primeiro lugar no Brasileirão volta a ser da equipe gaúcha, que foi campeã brasileira pela última vez em 1979. O técnico Odair Hellmann vai ter três desfalques de peso na equipe. O zagueiro Víctor Cuesta e o meio-campista Edenilson estão suspensos. O atacante Leandro Damião está fora por causa de uma lesão muscular na coxa esquerda. A boa notícia é o retorno de Patrick. "É sempre difícil jogar contra o Sport na Ilha. O importante é fazermos um bom trabalho, nosso time está numa sequência positiva e quem entrar (em campo) tem que dar seu melhor para conquistarmos os três pontos aqui", disse o meio-campista. O Inter soma 53 pontos, assim como o Palmeiras, mas perde a liderança no saldo de gols (23 a 18). O São Paulo tem 52 pontos, seguido pelo Grêmio, que tem 50. O quinto lugar é do Flamengo, com 49 pontos.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/futebol/inter-visita-o-sport-em-recife-para-pressionar-rivais-paulistas-05102018

O Boca calou o Mineirão. 1 a 1. Enfrentará o Palmeiras na semifinal
Data: 05/10/2018

O Cruzeiro dominou. Saiu na frente, criou inúmeras chances. Mas pagou caro a precipitação e nova expulsão de Dedé. No fim, a eliminação da Libertadores

O Cruzeiro massacrou, encurralou o Boca Juniors no Mineirão. Mas não conseguiu reverter a desvantagem de 2 a 0, conquistada pelos argentinos em Buenos Aires. Apenas empatou em 1 a 1. O árbitro uruguaio Andrés Cunha anulou um gol de Hernan Barcos e também voltou atrás em um pênalti em Arrascaeta, marcou impedimento. Acertou nas duas decisões. Os mineiros perderam a classificação na absurda arbitragem na Bombonera. Quando Dedé foi expulso involuntário por um choque com o goleiro Andrada. Quando o Cruzeiro estava melhor, perto de um eventual segundo gol, Dedé tomou o vermelho. Desta vez de maneira justa, por chutar Pavón. E atrapalhou o time de Mano Menezes. O Cruzeiro vencia por 1 a 0, gol de Sassá. Mas, acabou sofrendo o empate aos 48 minutos, gol de Pavón, em falha de Léo, que estava sem a companhia de Dedé na zaga. A semifinal da Libertadores terá dois confrontos entre argentinos e brasileiros. Grêmio contra River Plate. Palmeiras diante do Boca Juniors. Vários jogadores do Cruzeiro deixaram o gramado chorando. Entre eles, Thiago Neves. "O choro do Thiago é o choro de todos nós. Decepção por não conseguir passar para a semifinal. O time jogou bem hoje. Nos doamos e entregamos ao máximo, mas não conseguimos. O torcedor está de parabéns. Temos que elogiar e dar parabéns. O sentimento é de decepção total", admitia Edílson. Como o Cruzeiro foi prejudicado em Buenos Aires, as acusações contra a Conmebol vieram e pesadíssimas. Principalmente por parte do presidente Wagner Pires de Sá. "Nós sabíamos que eles iam, de alguma maneira, expulsar o Dedé. Quando eles nos adoçaram a boca, eu mesmo assustei. A Conmebol proteger alguém do futebol brasileiro… Eles nunca fizeram isso. E olha que nós somos muito bem aceitos com nossos hermanos argentinos, com todo mundo. "A vagabundagem que existe nesses caras é impressionante. Ou nós nos fortalecemos ou temos que sair de uma merda dessa. Todas as vezes o futebol brasileiro é roubado e ficamos tranquilos. Quando eles aceitaram o Dedé, nós comentamos: "Eles vão aprontar dentro do Mineirão". Vocês viram a performance desse… F...-se quem é esse cara. Nem sei quem é, um vagabundo. "Até o sobrenome é de ladrão", disse o dirigente, se referindo a Andrés Cunha. "A impressão nossa é que o juiz brincou. Ele deu falta minha em um lance que eu nem encostei. Sabe o que ele falou pra mim? “Vocês perderam, vocês não fizeram para ganhar. Vocês são ruins, saíram da copa”. É vergonhosa a arbitragem. Ele falou: “A culpa foi minha?”. Eu falei: “Foi sua!”, acusou o lateral Egídio. "Quando ficou definido que íamos enfrentar o Boca, sabíamos que seriam dois jogos grandes, difíceis pela qualidade do adversário, mas que também tínhamos condições de passar. Dois grandes, um vai passar, outro vai ficar. Gostaria que só o jogo dentro de campo determinasse a passagem, pois aí estaríamos aqui parabenizando o adversário, como sempre fizemos. Há de saber perder. Mas não foi o que vimos nos 180 minutos", criticou Mano Menezes. A raiva dos cruzeirenses se aplica muito mais ao que aconteceu em Buenos Aires. No Mineirão, o time teve a iniciativa, buscou pressionar o Boca Juniors desde o início da partida. Os argentinos estavam bem postados, principalmente no primeiro tempo. Conseguiram travar a iniciativa brasileira na sua intermediária lotada. Mano Menezes deveria ter sido mais ousado e tirado um dos dois volantes ainda na primeira etapa. Exagero manter Henrique e Lucas Silva. No segundo tempo, os cruzeirenses tiveram mais consciência, utilizaram mais as triangulações pelas laterais e partiram com toda a disposição para tentar reverter a desvantagem de dois gols. Mano finalmente tirou Lucas Silva e colocou Sassá. O atacante deu sorte e no primeiro toque na bola, depois de escanteio cobrado por Arrascaeta e desvio de Léo, Sassá chutou forte de esquerda, para as redes. Cruzeiro 1 a 0, aos 12 minutos. O Cruzeiro pressionava, imprensava os argentinos, mas era precipitado nas finalizações. Os nervos estavam à flor da pele desde que o árbitro anulou gol de Barcos, depois de jogada perigosa, o famoso pé alto de Dedé. E de um impedimento que anulou pênalti em Arrascaeta. Tudo desmoronou de vez, na expulsão infantil de Dedé. Ele acertou um chute desnecessário em Pavón, aos 35 minutos. Faltando dez minutos, o Cruzeiro já estava esgotado de tanto buscar o ataque. E em uma falha de Léo, depois de Ábila ajeitar com o peito, Pavón estufou as redes de Fábio, aos 48 minutos. Era o fim de mais uma Libertadores para o Cruzeiro. E o Boca será o adversário do Palmeiras na semifinal...

Link Notícia: https://esportes.r7.com/prisma/cosme-rimoli/o-boca-calou-o-mineirao-1-a-1-enfrentara-o-palmeiras-na-semifinal-05102018

São Paulo vê rendimento no 2° turno despencar, e pressão bate à porta
Data: 01/10/2018

Campeão do 1º turno, com 71,6% de aproveitamento, Tricolor venceu só 2 de seus 8 jogos no returno e soma 45,8% dos pontos disputados de lá para cá

Campeão do Troféu Osmar Santos, prêmio oferecido pelo L! ao vencedor do primeiro turno do Campeonato Brasileiro, o São Paulo se vê em uma queda brusca de rendimento na briga pelo título da principal competição do país. Os resultados ruins na segunda metade do torneio colocam o time do técnico Diego Aguirre na parte de baixo da tabela do returno (11º colocado). Considerando as oito rodadas disputadas do segundo turno, o São Paulo soma duas vitórias, cinco empates e uma derrota, o que lhe garante 45,8% de aproveitamento. Os baixos números são os principais responsáveis pela queda na tabela e a perda da liderança do Brasileirão para o rival Palmeiras. A título de comparação, o Tricolor registrou 71,6% dos pontos disputados no primeiro turno (12 vitórias, 5 empates e 2 derrotas). A queda de rendimento, claro, passa por alguns fatores importantes. Além do crescimento natural de seus rivais diretos pelo título, o Tricolor teve desfalques importantes, como do meia-atacante Everton e o do lateral Bruno Peres. Fora isso, os comandados de Aguirre ainda tiveram de lidar com a má sorte nos jogos contra Atlético-MG, Paraná, Fluminense e Botafogo, quando jogou melhor, mas não conseguiu a vitória. - Esse grupo vem trabalhando muito, dia a dia, e é claro que não gostamos de ter perdido a liderança, por isso estamos saindo insatisfeitos com esse empate. Mas há muito campeonato pela frente e agora teremos um confronto direto na nossa casa, com o apoio do nosso torcedor. O espírito de luta continua existindo, o time tem brigado até o último minuto. Nossa equipe está bem viva - discursou o centroavante Diego Souza, um dos líderes do atual elenco do Tricolor, logo após o empate no Engenhão. Pressionado pela retomada das vitórias, o São Paulo tem, na próxima rodada, um de seus maiores desafios na temporada: o clássico com o Palmeiras, no Morumbi. Em caso de derrota, o Tricolor verá o Alviverde abrir quatro pontos de diferença na tabela, restando apenas mais dez jogos na competição. É uma decisão antecipada para o time de Diego Aguirre.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/lance/futebol/sao-paulo-ve-rendimento-no-2-turno-despencar-e-pressao-bate-a-porta-01102018

Guerrero tem recurso na justiça suíça negado e seguirá punido
Data: 01/10/2018

Atacante do Internacional não teve sucesso na sua última manobra jurídica para se livrar de pena por doping e fica impedido de atuar até 2019

O atacante peruano Paolo Guerrero seguirá sem poder jogar. Em tentativa de impôr uma nova liminar junto a justiça suíça que o reabilitasse juridicamente a entrar em campo, o pedido foi negado nessa segunda-feira (1) pela Justiça Federal do país europeu. A defesa elaborada nesse recurso se baseou essencialmente em uma inspeção feita no hotel em Buenos Aires que, segundo os advogados do atleta, teriam sido responsáveis pela contaminação de um chá ingerido por Paolo. Na amostra responsável pela condenação do jogador de 34 anos de idade, foi encontrado o metabolito benzoilecgonina, elemento também presente na composição da cocaína. Com isso, Guerrero continuará a cumprir sua suspensão por ter sido flagrado em exame antidoping do dia 5 de outubro de 2017 após Argentina x Peru pelas Eliminatórias da Copa do Mundo da Rússia. A previsão de retorno agora é em abril de 2019. Além de não poder atuar, o jogador contratado nesse ano pelo Internacional não pode sequer ficar ao lado de seus companheiros no Centro de Treinamento Parque Gigante, em Porto Alegre, para manter a forma física. Por isso, se mantem ativo Lima, capital de seu país-natal.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/lance/guerrero-tem-recurso-na-justica-suica-negado-e-seguira-punido-01102018

Após estreia, Sergio Díaz projeta Corinthians em 'lugares altos'
Data: 01/10/2018

Atacante paraguaio tem grandes planos pelo Alvinegro; após quase um ano sem jogar, Díaz lamentou resultado, mas cita continuidade do trabalho

Emprestado pelo Real Madrid, o atacante paraguaio Sergio Díaz chegou ao Corinthians em agosto, mas só estreou com a camisa do time paulista no último sábado à noite. O jogador de apenas 20 anos entrou no segundo tempo da partida contra o América-MG, neste sábado (29), no estádio Independência, em Belo Horizonte, pelo Campeonato Brasileiro. O atleta foi colocado em campo pelo técnico Jair Ventura no decorrer da etapa final, substituindo o meia Clayson, e em sua primeira jogada ofensiva assustou o goleiro adversário com um forte chute de fora da área que passou perto da meta. Ele, porém, teve pouco tempo para mostrar serviço no duelo, que terminou empatado por 0 a 0. Sergio Díaz demorou para estrear porque ficou muito tempo sem disputar uma partida e precisou recuperar a melhor condição física. Ele não disputava um jogo desde o dia 12 de novembro do ano passado, quando esteve em campo por apenas nove minutos pelo Lugo, da Espanha, em confronto válido pela segunda divisão do Campeonato Espanhol. Agora pronto para atuar, o atacante exibiu confiança de que poderá ajudar o Corinthians a conquistar feitos expressivos. O próximo almejado pelo clube é o título da Copa do Brasil, na qual enfrentará o Cruzeiro no confronto de ida da final no próximo dia 10, no Mineirão, em Belo Horizonte. O duelo de volta será no dia 17, na arena corintiana. "Voltar a campo após tanto tempo é uma alegria, mas vamos seguir trabalhando para levar o Corinthians a lugares altos", projetou o jogador depois de fazer a sua estreia na capital mineira. "Muito boa a sensação de jogar depois de tanto tempo. Não era o resultado que queríamos, mas estou muito feliz por começar essa nova etapa", disse. Depois de jogar em Belo Horizonte, o time alvinegro folgará nesta segunda-feira e só voltará aos treinos na terça, às 15h30, quando iniciará a sua preparação para enfrentar o Flamengo, na sexta, às 21 horas, na Arena Corinthians, pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro. O duelo marcará o reencontro entre os dois times após os corintianos terem vencido os flamenguistas por 2 a 1, na última quarta-feira, no mesmo estádio, no duelo de volta das semifinais da Copa do Brasil. Para atrair novamente um bom público, o clube paulista disponibilizou ingressos com preços a partir de R$ 15. O duelo decisivo da última quarta recebeu um público de 44.249 pagantes.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/futebol/apos-estreia-sergio-diaz-projeta-corinthians-em-lugares-altos-01102018

Flamengo demite Maurício Barbieri após eliminação da Copa do Brasil
Data: 28/09/2018

Depois de nove meses no cargo, o treinador foi demitido porque não conseguiu chegar à final da copa do Brasil e saiu da Libertadores nas oitavas

O técnico Maurício Barbieri não resistiu a mais uma eliminação e foi demitido do Flamengo. O clube carioca anunciou a demissão por meio do Twitter, na manhã desta sexta-feira (28). "Maurício Barbieri não é mais técnico do Flamengo. O treinador deixa o comando do time após 39 jogos, sendo 19 vitórias, 12 empates e oito derrotas. O Flamengo agradece todo empenho e profissionalismo do treinador nestes últimos nove meses." Na última quarta-feira (26) o rubro-negro foi eliminado pelo Corinthians na semifinal da Copa do Brasil. O primeiro jogo no Marcanã terminou empatado em 0 a 0. No segundo, no Itaquerão, o Timão venceu por 2 a 1. Barbieri assumiu o comando do Flamengo no Campeonato Carioca desse ano, após a demissão de Paulo César Carpegiani. De lá pra cá, o time não conseguiu atingir nenhum dos objetivos colocados pelo presidente do clube Bandeira de Mello. Não conseguiu o título do Campeonato Estadual, que ficou com o rival Botafogo. Na Libertadores, o rubro-negro foi eliminado nas oitavas de final pelo Cruzeiro. No primeiro jogo, em pleno Maracanã, o time perdeu por 2 a 0. No Mineirão, chegou a vencer por 1 a 0, mas acabo eliminado. No Brasileirão, depois de liderar por boa parte do primeiro turno, o Flamengo perdeu posições após a parada da Copa do Mundo e atualmente ocupa a 4ª colocação. Substituto O Flamengo já começou conversar contratar o técnico Dorival Júnior. O último trabalho do treinador foi no São Paulo no começo dessa temporada.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/futebol/flamengo-demite-mauricio-barbieri-apos-eliminacao-da-copa-do-brasil-28092018

Santos e Vasco ficam no empate em jogo atrasado do Brasileirão 2018
Data: 28/09/2018

Partida, adiada da terceira rodada, teve Peixe abrindo placar com Diego Pituca e cariocas empatando na etapa final. Visitantes perderam Andrey expulso

Em jogo adiado da terceira rodada do Campeonato Brasileiro, Santos e Vasco empataram por 1 a 1, com gols marcados por Diego Pituca e Andrés Ríos, na noite desta quinta-feira (27), no Pacaembu, em São Paulo. Classificação e jogos Com o resultado, o time comandado por Cuca foi para a 11ª posição na tabela. Já o rival carioca se manteve em 16º e flerta com a zona de rebaixamento.Na próxima rodada, o Santos recebe o Atlético-PR, às 16h, no domingo, na Vila Belmiro. Já o Vasco visita o Paraná, em Curitiba, na segunda, em confronto dos times da parte de baixo da classificação. O Santos abriu o placar ainda no primeiro tempo, com Pituca, após dominar boa parte do jogo. A reação do Vasco aconteceu apenas na etapa complementar, depois da entrada de Giovanni Augusto. Um vacilo da defesa santista custou muito caro e terminou em bola na rede de Andrés Ríos. No fim, Andrey ainda foi expulso por falta dura em Rodrygo. Fez por merecer... O gol do Santos só saiu aos 43 minutos do primeiro tempo, reflexo de um domínio quase total da equipe mandante diante do Vasco. Carlos Sánchez em chute frontal, Bruno Henrique em desvio perigoso, Gustavo Henrique em bola na trave... Foram ao menos três chances claríssimas de gol do Peixe no Pacaembu. No fim, méritos para Rodrygo, que cruzou a bola da direita, viu Sánchez desviar e Diego Pituca marcar seu primeiro gol como profissional no Alvinegro, em desvio na pequena área. ...Fez o que pôde O Vasco encontrou muita dificuldade para fazer a bola rodar no meio-campo, embora estivesse em superioridade numérica no setor. A melhor chance do time comandado por Alberto Valentim foi com o ex-jogador do Santos Rafael Galhardo, que bateu falta colocada e viu Vanderlei fazer ótima defesa. Com uma marcação intensa, um duelo pessoal entre Leandro Castán e Gabigol marcou a primeira parte do jogo. Enquanto isso, o Vasco sofria para conter os cruzamentos pelas alas, deixando espaços para o Peixe. Meio a meio Com a melhora de desempenho de alguns jogadores, como Henrique, pela ala, o Vasco passou a incomodar mais o Peixe na etapa complementar. Ao menos, as chegadas foram mais agudas. Enquanto isso, o Peixe deu a resposta com Bruno Henrique e Gabigol. O primeiro chutou teve boas chances tanto pela esquerda, quanto pela direita, assustando Martín Silva. Já o camisa 10 obrigou o goleiro vascaíno a espalmar um chute da entrada da grande área. Oportunismo O empate do Vasco não aconteceu no meio do segundo tempo por muito pouco. Logo depois de entrar, Giovanni Augusto achou a bola dentro da área e tocou por cima do goleiro Vanderlei. Vendido ,o camisa 1 do Peixe contou com um corte preciso de Robson Bambu, em cima da linha. Começava, então, a reação vascaína. Pikachu cruzou e, livre, Andrés Ríos mandou para o fundo das redes de Vanderlei, igualando o marcador. A partir daí, a pressão santista pouco adiantou. Antes do apito final, Andrey ainda foi expulso pelo árbitro, após falta dura em Rodrygo. SANTOS 1 X 1 VASCO Estádio: Pacaembu, em São Paulo (SP) Data/hora: 27/9/2018 - 20h (de Brasília) Árbitro: Wagner Reway (MT) Assistentes: Alessandro Alvaro Rocha de Matos (BA) e Eduardo Goncalves da Cruz (MS) Renda/público: R$ 318.336,50/11.190 pagantes Cartões amarelos: Gabriel (SAN) e Fabrício, Bruno Cosendey, Andrey (VAS) Cartão vermelho: Andrey 41'/2ºT (VAS) Gols: Diego Pituca 43'/1ºT (1-0) e Andrés Rios 33'/2ºT (1-1) SANTOS: Vanderlei, Victor Ferraz, Robson Bambu, Gustavo Henrique e Dodô; Alison (Daniel Guedes 36'/2ºT), Diego Pituca e Carlos Sánchez (Bryan Ruíz 27'/2ºT); Rodrygo, Bruno Henrique (Derlis González 26'/2ºT) e Gabriel. Técnico: Cuca. VASCO: Martin Silva, Rafael Galhardo (Marrony 25'/2ºT), Luiz Gustavo, Leandro Castan e Henrique; Willian Maranhão, Andrey, Bruno Cosendey (Giovanni Augusto 19'/2ºT), Fabrício e Yago Pikachu (Oswaldo Henríquez 39'/2ºT); Andrés Rios. Técnico: Alberto Valentim.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/lance/santos-e-vasco-ficam-no-empate-em-jogo-atrasado-do-brasileirao-2018-27092018

Flamengo chega a 40 trocas de técnicos no século XXI
Data: 28/09/2018

Na manhã desta sexta (28), o clube demitiu o técnico Maurício Barbieri após a eliminação na semifinal da Copa do Brasil para o Corinthians

Como já era esperado após mais uma eliminação, o Flamengo anunciou na manhã desta sexta-feira (28) a demissão do técnico Maurício Barbieri, que havia assumido interinamente o clube em abril deste ano e pouco depois efetivado após o bom início no Brasileirão. Depois de 39 jogos (19 vitórias, 12 empates e 8 derrotas — 59% de aproveitamento), Maurício Barbieri acabou não resistindo após duas duras eliminações (para o Cruzeiro, nas oitavas da Libertadores, e para o Corinthians, na semifinal da Copa do Brasil) e queda no Brasileirão após a parada da Copa do Mundo. Com a entrada de um novo treinador para dirigir o clube nas últimas 12 rodadas do Brasileirão (Dorival Júnior é o principal candidato), o Flamengo chegará a marca de 40 trocas de técnicos no século XXI (desde 2001). Em 18 anos, a média é superior a dois técnicos por temporada. Todos os técnicos do Flamengo no século XXI: Zagallo (2001), Carlos Alberto Torres (2001-2002), João Carlos Costa (2002), Lula Pereira (2002), Evaristo de Macedo (2002-2003), Nelsinho Baptista (2003), Oswaldo de Oliveira (2003), Waldemar Lemos (2003), Abel Braga (2004), Paulo César Gusmão (2004), Ricardo Gomes (2004), Júlio César Leal (2005), Cuca (2005), Celso Roth (2005), Andrade (2005), Joel Santana (2005), Valdir Espinosa (2006), Waldemar Lemos (2006), Ney Franco (2006-2007), Joel Santana (2007-2008), Caio Júnior (2008), Cuca (2009), Andrade (2009-2010), Rogério Lourenço (2010), Silas (2010), Vanderlei Luxemburgo (2010-2012), Joel Santana (2012), Dorival Júnior (2012-2013), Jorginho (2013), Mano Menezes (2013), Jaime de Almeida (2013-2014), Ney Franco (2014), Vanderlei Luxemburgo (2014-2015), Cristóvão Borges (2015), Oswaldo de Oliveira (2015), Muricy Ramalho (2016), Zé Ricardo (2016-2017), Reinaldo Rueda (2017). Paulo César Carpegiani (2018) e Maurício Barbieri (2018) Entre os 12 grandes clubes do futebol brasileiro, o Flamengo é o time que mais trocou de treinador neste século XXI, seguido de próximo por dois rivais do Rio. Lista dos clubes que mais trocaram de técnicos no século XXI Flamengo (40 trocas, 26 técnicos) Vasco (39 trocas, 25 técnicos) Fluminense (35 trocas, 25 técnicos) Internacional (32 trocas, 24 técnicos) Atlético-MG (32 trocas, 23 técnicos) Botafogo (32 trocas, 31 técnicos) Palmeiras (28 trocas, 25 técnicos) Corinthians (26 trocas, 20 técnicos) Cruzeiro (25 trocas, 21 técnicos) Grêmio (24 trocas, 21 técnicos) Santos (25 trocas, 19 técnicos) São Paulo (23 trocas, 19 técnicos)

Link Notícia: https://esportes.r7.com/prisma/futebol-em-numeros/flamengo-chega-a-40-trocas-de-tecnicos-no-seculo-xxi-28092018

São Paulo tem sequência mais difícil entre candidatos ao título brasileiro
Data: 25/09/2018

Time tricolor pegará adversários que fizeram mais pontos em relação outros cinco principais postulantes: Palmeiras, Inter, Flamengo, Grêmio e Galo

Faltando 12 rodadas do encerramento do Campeonato Brasileiro, dos times considerados os principais concorrentes ao título, o líder São Paulo, com 51 pontos, terá a sequência mais difícil em relação aos demais. Além de disputar mais jogos fora de casa (7) do que no Morumbi (5), o time tricolor paulista terá pela frente clubes que somaram mais pontos até a 26ª rodada em relação aos adversários de Palmeiras, Internacional, Flamengo, Grêmio e Atlético Mineiro, equipes que compõem o G-6 do Brasileirão. O São Paulo enfrentará quatro adversários na luta pelo título. Os jogos da equipe do Morumbi serão: Botafogo (fora), Palmeiras (casa), Internacional (fora), Atlético Paranaense (casa), Vitória (fora), Flamengo (casa), Corinthians (fora), Grêmio (casa), Cruzeiro (fora), Vasco (fora), Sport (casa) e Chapecoense (fora). Juntos, os 12 clubes fizeram 440 pontos na competição. O Palmeiras, vice-líder do Nacional, com 50 pontos, também terá um caminho bastante complicado até a 38ª e última rodada. O clube alviverde jogará com equipes que somaram 422 pontos, sendo quatro delas do G-6. São elas: Cruzeiro (casa), São Paulo (fora), Grêmio (casa), Ceará (casa), Flamengo (fora), Santos (casa), Atlético Mineiro (fora), Fluminense (casa), Paraná (fora), América Mineiro (casa), Vasco (casa) e Vitória (fora). Serão sete jogos em São Paulo e outros cinco como visitante. (fora). Juntos, os 12 clubes fizeram 440 pontos na competição. Modric desbanca CR7 e é eleito 'melhor do mundo' pela Fifa O Palmeiras, vice-líder do Nacional, com 50 pontos, também terá um caminho bastante complicado até a 38ª e última rodada. O clube alviverde jogará com equipes que somaram 422 pontos, sendo quatro delas do G-6. São elas: Cruzeiro (casa), São Paulo (fora), Grêmio (casa), Ceará (casa), Flamengo (fora), Santos (casa), Atlético Mineiro (fora), Fluminense (casa), Paraná (fora), América Mineiro (casa), Vasco (casa) e Vitória (fora). Serão sete jogos em São Paulo e outros cinco como visitante. Palmeiras aproveita tropeços de rivais e cola no líder do Brasileirão Já os adversários do Inter — terceiro lugar, com 50 pontos — foram os que menos conquistaram pontos (379) até essa última rodada do campeonato. Os gaúchos medirão forças apenas com dois times do G-6 e ambos em casa. O time colorado ainda terá pela frente os seguintes jogos: Vitória (casa), Sport (fora), São Paulo (casa), Santos (casa), Vasco (fora), Atlético Paranaense (casa), Ceará (fora), América Mineiro (casa), Botafogo (fora), Atlético Mineiro (casa), Fluminense (casa) e Paraná (fora). O Inter fará sete jogos no Beira-Rio e outros cinco fora. O Flamengo, que ocupa a quarta posição na tabela, com 48 pontos, vai disputar o título com adversários que já conquistaram 419 pontos no Brasileiro, três deles candidatos ao título: Bahia (fora), Corinthians (fora), Fluminense (casa), Paraná (fora), Palmeiras (casa), São Paulo (fora), Botafogo (fora), Santos (casa), Sport (fora), Grêmio (casa), Cruzeiro (fora) e Atlético Paranaense (casa). O time rubro-negro carioca será mandante em cinco partidas e visitante em outras sete. O Grêmio é o quinto colocado do Brasileiro (47 pontos) e terá quatro concorrentes ao título entre os compromissos nas próximas 12 rodadas: Fluminense (fora), Bahia (casa), Palmeiras (fora), América Mineiro (fora), Sport (casa), Atlético Mineiro (fora), Vasco (casa), São Paulo (fora), Chapecoense (casa), Flamengo (fora), Vitória (fora) e Corinthians (casa). Somados, os times já marcaram 428 pontos. O time tricolor gaúcho também será mais visitante do que mandante (5 em casa e 7 fora). Por fim, o Atlético Mineiro, com 42 pontos, é o sexto e último time do G-6. A equipe alvinegra mineira enfrentará equipes que fizeram 400 pontos no Brasileirão, entre eles, três adversários na corrida pela taça: Sport (casa), Chapecoense (fora), América Mineiro (casa), Fluminense (fora), Ceará (fora), Grêmio (casa), Palmeiras (casa), Paraná (fora), Bahia (casa), Internacional (fora), Santos (fora) e Botafogo (casa). O time mineiro terá equilíbrio entre os jogos como mandante e visitante: serão seis jogos em casa e outros seis fora.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/futebol/sao-paulo-tem-sequencia-mais-dificil-entre-candidatos-ao-titulo-brasileiro-25092018

Corinthians abre treino e repete fórmula que deu certo no passado
Data: 25/09/2018

A prática tem sido adotada desde o início de 2017; a partir de então, são três títulos, todos com episódios de presença maciça da Fiel em treinos

O Corinthians promove nesta terça-feira, às 15h30, algo que tem lhe rendido bons frutos em seu passado recente: um treino aberto aos torcedores às vésperas de uma partida decisiva. De olho no jogo contra o Flamengo, valendo vaga na final da Copa do Brasil, a equipe do técnico Jair Ventura treinará com o apoio de quase 40 mil torcedores na arena de Itaquera. Desde a temporada passada, quando faturou o Campeonato Paulista e o Campeonato Brasileiro, o Corinthians tem adotado essa prática. Com o apoio da Fiel em datas que antecedem as partidas mais importantes do clube nas competições que disputa, o time demonstrou força em campo e conseguiu resultados expressivos. Foi assim contra o Palmeiras, na primeira fase do Paulistão do ano passado, quando a equipe de Fábio Carille lidava com a descrença da opinião pública e, antes do clássico, abriu os portões de Itaquera. Em campo, o time captou os pedidos dos torcedores e venceu, por 1 a 0. No estadual deste ano, o fato se repetiu. Depois de perder, em casa, para seu maior rival na decisão do Paulista, o elenco alvinegro foi recebido nos braços de sua torcida em seu último treino antes do jogo decisivo e, mesmo jogando no Allianz Parque, levou o bicampeonato para o Parque São Jorge. Nesta tarde, não será diferente. De acordo com as informações cedidas pelo Corinthians, todos os 38 mil ingressos disponíveis para o treino antes do jogo contra o Flamengo já foram trocados por um quilo de alimento não perecível. A Fiel, mais uma vez, dará uma mostra de sua força. - Sempre é bom ter esse apoio porque a atmosfera é sensacional e a energia que eles transmitem é muito positiva. Além disso, não é comum os treinos serem abertos e os torcedores conseguem ver um pouco do nosso dia a dia e isso acaba aproximando mais o elenco da torcida - explicou o meio-campista Jadson ao LANCE!

Link Notícia: https://esportes.r7.com/lance/futebol/corinthians-abre-treino-e-repete-formula-que-deu-certo-no-passado-25092018

Felipão recupera jogadores 'esquecidos' no elenco do Palmeiras
Data: 25/09/2018

Desde que o treinador confirmou o acerto com o clube, em agosto, o elenco foi dividido em dois grupos e manteve alto nível competitivo

A reabilitação de jogadores desacreditados é uma das marcas do momento do Palmeiras neste segundo semestre. A equipe iniciou nesta segunda-feira (24), em Belo Horizonte, a preparação para a semifinal da Copa do Brasil, contra o Cruzeiro, em alta pelas vitórias recentes no Brasileirão e pelo protagonismo assumido por jogadores até então em baixa. Em boa parte, os méritos são do técnico Luiz Felipe Scolari, que chegou ao clube em agosto. Ele dividiu o elenco em dois grupos. O principal entra em campo na Copa Libertadores e Copa do Brasil, enquanto uma formação alternativa disputa o Brasileiro - saiu da sexta posição para chegar à vice-liderança no domingo. Entre os destaques da arrancada estão nomes que até pouco tempo não eram sequer lembrados pela torcida. O zagueiro Luan, por exemplo, ganhou de Felipão a braçadeira de capitão em jogos do Nacional e elogios públicos pelo nível das atuações.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/futebol/felipao-recupera-jogadores-esquecidos-no-elenco-do-palmeiras-25092018

Grêmio vence Tucumán fora e se aproxima da vaga na Libertadores
Data: 19/09/2018

Vitória por 2 a 0 sobre o Atlético Tucumán nesta terça (18), na Argentina, deixou a equipe tricolor gaúcha muito perto da semifinal do torneio

O Grêmio deu um passo importantíssimo para chegar à semifinal da Copa Libertadores ao vencer o Atlético Tucumán por 2 a 0, nesta terça-feira (18), no Estádio Monumental José Fierro, em Tucumán, na primeira partida entre ambos pelas quartas de final da competição. No próximo jogo, marcado para o dia 2 de outubro, às 21h45, em Porto Alegre, o time gremista poderá até perder por um gol de diferença e mesmo assim estará classificado para a etapa seguinte do torneio. O jogo O time local aproveitou as características acanhadas do estádio e a empolgação da torcidapara pressionar o Grêmio. Aos 2 minutos, depois de uma confusão na área gremista, o meia Acosta conseguiu finalizar com muito perigo. Para a sorte da equipe brasileira, a bola desviou na zaga e saiu pela linha de fundo. Porém, o técnico do Atlético Tucumán teve que gastar uma substituição por contusão logo aos 5 minutos de jogo. O meio-campista Noir sentiu uma lesão ao se esforçar para buscar uma bola na lateral e caiu no gramado com dores na coxa direita. O jogador não teve condições de continuar. Nuñez entrou na vaga do companheiro machucado. Aos 7 minutos, a defesa do Grêmio falhou novamente e a bola sobrou mais uma vez para Acosta, mas o jogador do time argentino chutou alto demais. O Tucumán seguiu sufocando a equipe brasileira nos primeiros minutos do duelo. Aos 13, Ramiro cortou com a mão uma jogada do ataque argentino e cedeu uma falta muito perigosa para o adversário, na entrada da área gremista. Na cobrança, Nuñez bateu colocado e obrigou o goleiro Marcelo Grohe a voar para desviar a bola pela linha de fundo. Aos 22, o meia Alisson arrancou pelo meio, limpou o zagueiro do time argentino e chutou para o gol. Porém, ao bola foi fraca e o veterano goleiro Lucchetti, de 40 anos, fez uma defesa fácil. Minutos depois, o atacante Everton tentou aproveitar um chutão de Cícero, mas apenas raspou na bola e não levou perigo para o gol do Tucumán. Aos 30 minutos, o Tucumán criou outra boa jogada ofensiva. Já dentro da área, o meio-campista Aliendro bateu para o gol, mas Cícero desviou e cedeu escanteio. Apesar de todo o volume de jogo da equipe local, o Grêmio mostrou a força da camisa e confirmou o apelido de time "copeiro". Aos 34 minutos, Alisson aproveitou um toque de cabeça de Cícero e chutou forte para vencer Lucchetti: 1 a 0. O Tucumán não se intimidou e continuou no ataque. Aos 38, Díaz recebeu passe na área e chutou para gol. Mais uma vez, a bola foi desviada pela zaga gremista. Na cobrança de escanteio, Bianchi e Kannemann se desentenderam e o árbitro Wilmar Roldán puniu ambos com o cartão amarelo. Aos 43 minutos, Nuñez fez falta em Alisson e, na sequência do lance, pisou no jogador brasileiro. Pela falta, o argentino recebeu o cartão amarelo. No entanto, o VAR (Árbitro Assistente de Vídeo, na sigla em inglês) avisou o árbitro do pisão. Roldán reviu a jogada no vídeo e expulsou Nuñez. A expulsão deixou a equipe argentina muito nervosa em campo. Antes do apito final da primeira etapa, Díaz fez falta dura e também levou o cartão amarelo. Segundo tempo Com um jogador a menos em campo, o Tucumán voltou para a segunda etapa disposto a manter o ritmo forte sobre os brasileiros. No entanto, o Grêmio demonstrou estar tranquilo e chegou ao segundo gol em um bom contra-ataque com Alisson. O meia chegou à linha de fundo pelo lado direito do ataque e cruzou para Everton tocar para as as redes. Com uma desvantagem de dois gols no placar, a equipe argentina perdeu força e passou a não conseguir mais se infiltrar na zaga gremista. Por outro lado, o time comandado por Renato Gaúcho se limitava a administrar os avanços do adversário e controlar o resultado positivo. Aos 17 minutos, o atacante Luis Rodríguez, conhecido como Pulga, foi derrubado na entrada da área. Ele mesmo cobrou a falta e acertou o canto esquerdo de Grohe, que espalmou para escanteio. O ataque do Tucumán teve outra chance de diminuir o marcador aos 30 minutos e, para tanto, contou com uma falha de Marcelo Grohe. O goleiro saiu mal do gol e quase deu a oportunidade para Acosta, que cabeceou para fora. O Grêmio ainda perdeu uma chance incrível de fazer o terceiro gol e praticamente selar o passaporte para as semifinais da competição. Aos 42, o jovem Pepê arrancou pela direita e deu um ótimo passe para Everton, que corria sozinho pelo meio, mas errou ao tentar tirar do goleiro e jogou para fora. Mas, os brasileiros souberam quebrar o ritmo do confronto, gastaram o tempo e deixaram o gramado com um exelente resultado para a sequência na Libertadores. Já os torcedores do Atlético Tucumán — time que não perdia em casa havia seis meses —, em um belo exemplo de amor à equipe, cantaram e aplaudiram o time mesmo com a derrota sacramentada. Próximo jogo O Grêmio volta a campo no domingo que vem, às 11 horas, para enfrentar o Ceará, em Porto Alegre, pela 26ª rodada do Campeonato Brasileiro. Ficha técnica ATLÉTICO TUCUMÁN 0 x 2 GRÊMIO 18/9 – Estádio Monumental José Fierro (Tucumán) Árbitro: Wilmar Roldán (Colômbia); Gols: Alisson, aos 34 minutos do 1º tempo, Everton, aos 9 minutos do 2º tempo; Cartões amarelos: Bianchi, Nuñez, Díaz (Atlético Tucumán); Kannemann, Maicon (Grêmio); Cartão vermelho: Nuñez (Atlético Tucumán) ATLÉTICO TUCUMÁN: Lucchetti; San Román, Bianchi, Cabral e Abero; Aliendro (Matos, aos 28 do 2º), Mercier, Acosta e Noir (Nuñez, aos 6 do 1º); Luis Rodríguez e Leandro Díaz (Barbona, aos 39 do 2º). Técnico: Ricardo Zielinski. GRÊMIO: Marcelo Grohe; Leonardo, Pedro Geromel, Kanemmann e Bruno Cortez; Maicon (Thaciano, aos 24 do 2º), Cícero, Ramiro, Alisson (Pepê, aos 31 do 2º) e Luan (Douglas, aos 34 do 2º); Everton. Técnico: Renato Gaúcho.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/futebol/gremio-vence-tucuman-fora-e-se-aproxima-da-vaga-na-libertadores-18092018

Com receita do Grêmio, Cruzeiro quer vencer o Boca e a Libertadores
Data: 19/09/2018

Raposa poupa titulares no Brasileirão para ter força máxima no torneio continental; duelo marca confronto de dois dos melhores ataques da copa

Atual campeão da Copa do Brasil, o Cruzeiro sabe o que quer fazer na Copa Libertadores para faturar o tricampeonato na competição — clube venceu em 1976 e 1997. De frente para o antigo algoz Boca Juniors, nesta quarta-feira (18), em La Bombonera, o time de Mano Menezes segue uma receita do Grêmio de 2017 para continuar vivo no torneio. Na temporada passada, vivo no Campeonato Brasileiro, na Copa do Brasil e na Libertadores, o Tricolor Gaúcho poupou seus melhores nomes nas competições nacionals. O técnico Renato Gaúcho encarou muitas críticas pela escolha até que a equipe fautoru o título continental, após vencer a final diante do Lanús. Com foco na Libertadores, a Raposa tem seguido a receita: frequentemente, Mano Menezes se utiliza de times mistos no Campeonato Brasileiro para ter seus titulares na melhor forma possível e chegar com força total no mata-mata continental. Nas oitavas de final, diante do Flamengo, a estratégia funcionou. Logo no jogo de ida, o Cruzeiro visitou o Fla no Maracanã e voltou do Rio de Janeiro com uma vitória por 2 a 0. Na volta, a derrota por 1 a 0 classificou a equipe mineira, que administrou a vantagem feita do primeiro jogo. Agora, os comandados de Mano terão pela frente o gigante Boca Juniors, seis vezes campeão da Libertadores (1977,1978, 2000, 2001, 2003 e 2007). O duelo desta quarta-feira marca o encontro de dois dos melhores ataques da Libertadores de 2018. De um lado, o Boca Juniors, com 14 gols em oito jogos. Carlos Tévez e Ábila, com três gols cada, são os homens-gol do Boca. Além deles, Pavón, com quatro gols e cinco assistências na competição, é um nome para se ficar de olho. O Cruzeiro, por sua vez, é o melhor ataque da competição, com 17 gols. Thiago Neves, com cinco tentos, e Sassá, com quatro, são os goleadores da Raposa na Liberta. O lateral Egídio é quem mais deu passes para gols no torneio, com seis assistências. Experiência recente no mata-mata Para bater o Boca e seguir na busca pelo tricampeonato, o Cruzeiro conta com sua experiência recente em jogos de mata-mata para seguir na competição. Na última edição da Copa do Brasil, a Raposa ficou com o título ao passar por clubes como São Paulo, Palmeiras e Grêmio, e, na final, superar o Flamengo nos pênaltis após empates por 0 a 0, na ida, e 1 a 1, na volta. Foi graças ao título nacional, inclusive, que o Cruzeiro garantiu sua vaga nesta edição da Libertadores. Coincidentemente, o Grêmio passou pela mesma situação para conquistar seu terceiro título na Liberta. Após vencer o Atlético-MG na final da Copa do Brasil de 2016, o elenco de Renato Gaúcho confirmou seu lugar na Libertadores de 2017. Na edição do ano passado, o time chegou com fama de 'cascudo' e, fase a fase, eliminou seus adversários com certa tranquilidade — no mata-mata, o time gaúcho nunca esteve em situação de derrota ou desvantagem — até a final. Na decisão, bateu o Lanús nos dois jogos (1 a 0 e 2 a 1) e coroou a aposta do treinador em poupar os titulares em outras competições. Antigo algoz pela frente Tradicionais clubes na América do Sul, Cruzeiro e Boca Juniors já se enfrentaram outras oportunidades na Libertadores, com vantagem para o Boca. A três primeiras foram válidas pela final da edição de 1977, um ano após a primeira conquista do time mineiro na competição. Após uma vitória por 1 a 0 para cada lado, o confronto teve um terceiro jogo, que terminou empatado por 0 a 0. Nos pênaltis, os argentinos venceram por 5 a 4 e ficaram com o título. Retrospecto negativo: Brasileiros sofrem com Boca Juniors em mata-matas Em 1994, eles voltaram a se encontrar na Libertadores. Ainda na fase inicial da copa, pelo Grupo 2, o Cruzeiro venceu os dois jogos — no Mineirão e em La Bombonera — por 2 a 1. Por fim, o último duelo entre a Raposa e o Boca na competição aconteceu em 2008, nas oitavas de final. Desta vez, foram os argentinos que venceram os dois jogos por 2 a 1, e assim classificaram-se às quartas. Somando todos os confrontos, há plena igualdade: são três vitórias cruzeirenses, três vitórias do 'xeneizes' e um empate. Decepções? Veja 10 atacantes com marcas 'modestas' no Brasileirão Na prática, porém, os triunfos do Cruzeiro correspondem a dois jogos de fase de grupos e um da final de 1977, que terminou com título argentino. Já do outro lado, são duas vitórias em oitavas de final e uma na mesma decisão de quatro décadas atrás, resultando na primeira de seis conquistas do Boca na Libertadores.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/futebol/com-receita-do-gremio-cruzeiro-quer-vencer-o-boca-e-a-libertadores-19092018

Com estreia de CR7 na Champions, Juve visita o Valencia pelo Grupo H
Data: 19/09/2018

Velha Senhora terá primeiro desafio contra o tradicional time espanhol fora de casa; United e Young Boys se enfrentam no outro jogo do grupo

O rei da Liga dos Campeões entrará em campo. Nesta quarta-feira, a Juventus enfrenta o Valencia, fora de casa, no Mestalla, e contará com Cristiano Ronaldo, o maior artilheiro da história da competição, para começar com o pé direito nesta edição do maior torneio do Velho Continente. PARA CHEGAR AO TOPO NOVAMENTE Não é segredo para ninguém que o objetivo da Juventus é chegar de novo ao título da Liga dos Campeões. Vice-campeã duas vezes nas últimas quatro temporadas, a Velha Senhora investiu para trazer Cristiano Ronaldo, que é atualmente tricampeão do torneio, para realizar o sonho de levantar novamente a taça mais desejada da Europa. Massimiliano Allegri, treinador da Juve, falou sobre a chegada e o impacto que o jogador causou na equipe bianconera, além de comentar um possível favoritismo ao título desta temporada. — A chegada de Cristiano aumentou a auto-estima do time. Nós temos o melhor jogador do mundo na Juve. É o jogador que vem dividindo a Bola de Ouro com o Messi há 11 anos. Nosso objetivo é sempre estar entre os quatro melhores da Champions. Se somos favoritos nessa temporada? Melhor começar vencendo amanhã e veremos o que iremos construir - disse o técnico em coletiva. PARA SURPREENDER NOVAMENTE O Valencia quer começar a Liga dos Campeões de olho em repetir o feito do início do século. Em 2000/01 e 2001/02, o clube espanhol chegou duas vezes à final da Champions, mas foi derrotado em ambas (para o Real Madrid e para o Bayern de Munique). Marcelino García Toral, treinador do Valencia, afirmou que sua equipe entrará em campo com o objetivo de querer chegar o mais longe possível na Champions, mesmo em um grupo com Manchester United e Juventus. — Nossa mentalidade é jogar todos os jogos para ganhar, não vamos desistir de nada. Sabemos o potencial das equipes que vamos enfrentar, vamos competir e tentar passar desta fase de grupos. Pensamos em ganhar da Juventus e depois vamos pensar no próximo jogo - declarou. Mesmo mostrando uma grande ambição no torneio europeu, o Valencia ainda não venceu nenhuma partida no Campeonato Espanhol. Mas segundo o treinador, isso não está na cabeça dos jogadores para o difícil confronto desta quarta-feira. — São competições diferentes. Vamos jogar com vontade de vencer. O clube, os jogadores e os torcedores se empenharam muito para aproveitar esse momento (de jogar a Liga dos Campeões) e não vamos deixar isso passar. Vamos tentar dar o máximo possível. Estamos esperando para viver a atmosfera de Mestalla, vamos competir do primeiro ao último minuto com o desejo máximo de vencer - finalizou. O QUE DISSERAM OS CAPITÃES ?Depois da saída de Gianluigi Buffon para o PSG, a braçadeira de capitão da Juventus ficou envergada no braço de Giorgio Chiellini. O zagueiro, em coletiva de imprensa, falou sobre a responsabilidade que é usar a faixa de um clube como a Juventus, e sobre o favoritismo ao título da competição — Estou muito orgulhoso de ser capitão na minha 14ª temporada no clube. Eu vivi muitos altos e baixos ao longo dos anos aqui, e agora estamos em um grande momento. Nós sentimos uma evolução como equipe. Todos os anos damos passos em frente. Ainda há um longo caminho a percorrer antes que as pessoas nos chamem de favoritos. O importante é ainda estar na Liga dos Campeões em março - disse Chiellini. Pelo lado dos donos da casa, o meio-campista Dani Parejo falou sobre como será retornar para a disputa da Liga dos Campeões enfrentando logo um dos postulantes ao título dentro do grupo. — É bem verdade que a Juventus tem uma grande equipe, é um dos times favoritos para ganhar a Liga dos Campeões, como ficou claro nos últimos anos, em que jogaram duas finais. Estamos diante de um grande time, mas será um jogo difícil, como será toda Liga dos Campeões. O OUTRO CONFRONTO DO GRUPO... Para apagar a mancha negativa que ficou depois da eliminação em casa para o Sevilla, nas oitavas de finais, na última edição da Liga dos Campeões, o Manchester United viaja até a Suiça para enfrentar o Young Boys. O clube inglês não vem apresentando o futebol que todos esperam e Jose Mourinho, treinador da equipe, vem sendo muito criticado pela imprensa e por certa parte da torcida Red Devil. Mas segundo o técnico português, sua equipe está em evolução. — Estamos melhorando. Encontramos um certo equilíbrio na equipe, especialmente com uma atitude competitiva. Estamos criando muitas chances, estamos mudando a forma como atacamos os adversários e também encontramos uma forma de nos protegermos em algumas situações defensivas específicas - disse Mou em coletiva de imprensa.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/lance/futebol/com-estreia-de-cr7-na-champions-juve-visita-o-valencia-pelo-grupo-h-18092018

Jair Ventura exalta vitória do Timão e vê semana para 'esvaziar mochila'
Data: 17/09/2018

Treinador comemorou atitude da equipe na vitória sobre o Sport; Para ele, o resultado ajudará a melhorar o astral da equipe em semana cheia

Mais do que os três pontos e a emoção da virada, a vitória por 2 a 1 do Corinthians sobre o Sport trouxe um alívio para a equipe que não vencia há quatro jogos, dois deles com Jair Ventura, que finalmente pôde comemorar desde que chegou ao clube para substituir Osmar Loss. O caminho agora, tende a ficar menos pesado do que vinha sendo, como o próprio treinador detectou em sua chegada. Corinthians bate Sport e volta a vencer no Brasileirão após 4 jogos Após a derrota para o Palmeiras, Ventura chegou a dizer que seu time estava com a 'mochila cheia', em referência à falta de confiança que, para ele, impedia melhores resultados. Diante do triunfo deste domingo, o comandante vê boas possibilidades de mudança, exaltou a atitude dos atletas com o placar adverso e projetou melhora daqui para frente. - Falei da mochila cheia quando cheguei, senti o time um pouco abatido. Essa vitória serve para elevar o alto astral. Vencer em casa é obrigação para um time como o Corinthians, mas as coisas não vinham dessa maneira. Vamos ganhar confiança. O gol dá confiança ao Avelar, que vinha sofrendo algumas críticas. Uma pena o Paulo Roberto ter saído, no outro jogo o Fagner saiu, a lesão do Paulo me atrapalhou um pouquinho, tive que colocar o Gabriel. Mas sem mais uma alteração conseguimos uma virada, que é muito difícil no Brasileiro. Na maioria das vezes que o time faz o primeiro gol sai vencedor. Tem que exaltar a virada e da maneira que foi, sem ser chutão para ver o que acontece. Insistimos pelos corredores e conseguimos a virada. Subimos duas posições na tabela, que é importante também. Sabemos que a chance clara é a Copa do Brasil, mas não podemos abrir mão do Brasileiro. Vamos encarar cada jogo como uma grande final - afirmou Jair em coletiva. O treinador do Timão chamou a atenção para a importância do resultado em casa e explicou o que tentou corrigir na equipe após o intervalo para chegar à vitória. Apesar de estar feliz com o placar, Jair ainda quer corrigir alguns detalhes importantes em sua equipe. - O objetivo de jogar em casa é sempre vencer. Vínhamos de jogos sem vencer. "Meio a zero" estaria de bom tamanho. O Corinthians teve mais posse de bola, criamos muitas chances. Teve chances que não foram no gol, mas foram claras. Conseguimos construir, tomamos um gol, o time não se desesperou. Vimos no intervalo que o Jadson estava sobrecarregado na armação. Entramos com dois meias, passamos a jogar com ele e com o Vital, para ganhar mais volume e ter um jogo de aproximação. Depois das mudanças criamos ainda mais. Pelo volume e pelas chances criadas, não foi uma vitória a qualquer custo. Foi uma vitória controlada, equilibrada. Foi no fim do jogo, mas pelas chances poderia ter sido antes. Me preocupa a quantidade de finalizações, vamos trabalhar isso. É a primeira semana cheia para implementar alguma coisa. Gradativamente vamos trabalhamos. Perdemos na minha estreia, empatamos, e esperamos que fique esse caminho de vitórias - pontuou. No próximo domingo, o Corinthians enfrentar o Internacional, na Arena. Adversário complicado, porém com semana cheia e o apoio da torcida, Jair espera conseguir outro resultado positivo dentro de casa para melhorar sua classificação no Braisleirão. - Semana cheia é bom para esvaziar a mochila, que tinha falado que estava pesado. O Inter é um adversário difícil, temos que saber jogar, e já pensando na Copa do Brasil, que é o grande objetivo. Que a torcida possa comparecer, e que a gente possa vencer nesses jogos em casa - concluiu. Veja outros trechos da coletiva de Jair Ventura após a vitória sobre o Sport: "Jadson é o 10 clássico, que está em extinção. É o 10 da bola parada, do último passe, do passe decisivo. Você a facilidade que ele tem de achar os companheiros, ele tem a qualidade do passe e da finalização. Fez um gol lindo. Claro que não vai conseguir ser decisivo em todos os jogos, mas tem a importância muito grande" "Sabemos da importância de todos os jogos no Brasileiro. Vamos sentar, gosto de trabalhar, escuto todos os setores do clube, vamos ver com nosso departamento médico e filosofia. O Ralf vai te rum descanso obrigatório pelo terceiro amarelo, vamos sentar para ver. Caso algum jogador tenha alguma situação de risco, vamos poupar, sim. Mas hoje, se você me perguntar, vamos com força máxima" "Podemos insistir com o Roger, testar outras opções. Queria colocar o Jonathas, mas o Paulo Roberto sentiu. Tudo é possível, mas temos que pensar pouco a pouco, trabalhar. Todos têm condições de jogar"

Link Notícia: https://esportes.r7.com/lance/futebol/jair-ventura-exalta-vitoria-do-timao-e-ve-semana-para-esvaziar-mochila-17092018

Palmeiras faz o pior jogo com Felipão, mas traz empate da Bahia
Data: 17/09/2018

Técnico já chegou a dizer que este fundamento era um dos pontos negativos na boa fase do Verdão. Time sentiu falta de Moisés e Deyverson

Nos últimos dez jogos pelo Brasileirão, o Palmeiras venceu sete e empatou três, o último deles no domingo (15), contra o Bahia. A partida na Fonte Nova foi a que o time encontrou mais dificuldades dentro dessa série invicta, mas graças às entradas dos titulares Dudu e Willian e o bom uso da bola parada, conseguiu voltar com um bom resultado a São Paulo (SP). Bahia e Palmeiras não saem de empate ruim para os 2 times A primeira metade do primeiro tempo foi o pior momento do Verdão no jogo. A equipe cometeu erros por desatenção, enquanto o Bahia estava ligadíssimo, marcando com intensidade e com o garoto Ramires, de 18 anos, dando muito trabalho. Por isso, o gol de Gilberto foi justo. Com Jean e Hyoran nas pontas, a equipe não tinha velocidade e as bolas quebradas para o centroavante não davam certo. Muito por conta das ausências de Deyverson, que sabe fazer esta função melhor do que Borja, e Moisés, aquele que se aproveita da segunda bola após a "casquinha". Ainda assim, o colombiano até poderia ter empatado o jogo antes do intervalo, mas cabeceou mal quando ficou livre dentro da área. A situação começou a clarear para o Palmeiras no segundo tempo. O time passou a ficar mais com a bola e pelo menos passou mais tempo no ataque, ainda que sem muitas oportunidades. As mudanças feitas por Paulo Turra, com Dudu e Willian, tornaram o Verdão um pouco mais perigoso. Mesmo que o camisa 7 tenha errado a maioria das jogadas de um contra um que tentou, foi dele o escanteio batido para Felipe Melo empatar. O lance lembrou os escanteios que o atacante cobrava para Mina ou Vitor Hugo: a bola mais viajada para o "ataque" de cabeça, desta vez do camisa 30, que comemorou muito. Com razão, diante da importância do resultado, que não deixou o São Paulo desgarrar - o time do Morumbi segue a três pontos. Bola parada já foi um motivo de preocupação de Luiz Felipe Scolari, que reclamou no último mês do baixo aproveitamento na jogada. Desta vez, foi decisiva. Outro quesito que ainda pode ser evoluído é a forma de jogar com o centroavante. Felipão tem um estilo bem definido de jogo, isto não se discute, mas as jogadas diretas para o atacante funcionam melhor com Deyverson do que com Borja. Talvez com o colombiano seja necessário explorar um pouco mais as diagonais dentro da área, que o fizeram crescer com Roger Machado.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/lance/palmeiras-faz-o-pior-jogo-com-felipao-mas-traz-empate-da-bahia-17092018

Após um mês e meio, Cuca testa jogadas ensaiadas no Santos
Data: 17/09/2018

Técnico ainda não havia tido semana cheia para trabalhar e, após folga do elenco, o santista comandou quatro dias de atividades

Após um mês e meio de Santos, o técnico Cuca começou a colocar em prática as jogadas ensaiadas. O treinador teve a semana passada livre para trabalhar e, depois de dar folga ao elenco, ele utilizou quatro dias para treinar visando o clássico. E no San-São foi possível identificar duas jogadas ensaiadas. Duas que por pouco não resultaram em gol por por passe mais forte que deveria de Gabigol e pela finalização errada de Bambu. Ambas na bola parada. Na primeira tentativa, Dodô ameaçou bater a falta, mas rolou para Victor Ferraz, que tocou rasteiro para Gabriel. O camisa 10, porem, colocou muita força na bola ao lançar pelo alto e dificultou o domínio de Rodrygo. Na segunda, em bola parada na intermediária, Carlos Sánchez, em vez de cruzar para o meio da área, lançou para Bambu por cima da barreira. A intenção era que o zagueiro tocasse de primeira para o meio, mas ele não conseguiu aproveitar e viu a bola sair pela linha de fundo. Apesar do 0 a 0 na Vila Belmiro, Cuca crê que o Alvinegro fez um 'primeiro tempo fantástico' e que merecia a vitória. No segundo o time diminuiu o ritmo e deu mais espaço para o Tricolor trabalhar, mas com sua defesa segura — inclusive, não sofre gols há oito jogos — não teve grandes problemas. - O resultado poderia ter sido vitória principalmente pelo primeiro tempo fantástico, controle, variação. Não teve grande chance, mas rondamos a área e poderíamos ter feito. São Paulo abriu um pouco mais e nos deu a velocidade. No segundo tempo, ninguém agüenta o ritmo frenético, baixou um pouco o ritmo, mas tivemos duas grandes oportunidades. Primeiro com Rodrygo, que passou pertinho, e as chances em um clássico têm que entrar - disse. Para o jogo contra o Cruzeiro, no próximo domingo, às 19h, no Mineirão, pela 26ª rodada do Brasileirão, Cuca terá nova semana livre para trabalhar. O elenco recebeu folga nesta segunda e iniciará a preparação para o jogo na tarde de terça-feira. Será que vem mais jogadas ensaiadas por ai?

Link Notícia: https://esportes.r7.com/lance/futebol/apos-um-mes-e-meio-cuca-testa-jogadas-ensaiadas-no-santos-17092018

São Paulo perde para o Atlético-MG e deixa liderança do Brasileirão
Data: 06/09/2018

Gol contra de Régis dá vitória ao Galo, que segue vivo no G6 do Brasileirão; no Beira-Rio, Internacional vence o Flamengo e assume a ponta por saldo de gols

O São Paulo visitou o Atlético-MG nesta quarta-feira (5), no Independência, e saiu de Belo Horizonte com a derrota por 1 a 0 e sem a liderança do Campeonato Brasileiro. Na 23ª rodada do Brasileirão, apenas uma combinação de resultados tiraria o time de Diego Aguirre da ponta da tabela: derrota em Minas Gerais e vitória do Internacional diante do Flamengo. gol da vitória atleticana foi marcado por Régis, do São Paulo, que fez contra no início do jogo. Confira: Corinthians 'demite' técnico Osmar Loss após derrota para o Ceará Com o resultado, o Galo segue em sexto e vai a 38 pontos. O Tricolor continua com 46, mas foi ultrapassado pelo Inter, que venceu o Flamengo por 2 a 1 e é líder pelo saldo de gols. Em casa, o Atlético-MG abriu o placar logo aos oito minutos de jogo. Após cruzamento de Galdezani, Ricardo Oliveira cabeceeou e Sidão fez grande defesa. A bola bateu na trave e Régis tenta cortar, mas mandou contra o próprio gol. Depois do Galo marcar, o São Paulo foi para cima e criou a primeira boa chance aos 25. Rojas fez cruzamento perigoso pela direita e Victor cortou mal. Na sequência, o goleiro atleticano afastou a bola com o pé esquerdo. Aos 34, após saída ruim de Sidão em dividida com Ricardo Oliveira, o camisa 9 do Atlético rolou para a chegada de Tomás Andrade. O meia dominou e, com espaço, chutou mal e mandou para fora. No lance seguinte, Nenê recebeu pela entrada da área e chutou bem, mas Victor fez ótima defesa. Na etapa final, São Paulo pressiona, mas não consegue empate Aos seis da etapa final, reclamação são-paulina: após cobrança de falta e desvio de cabeça de Hudson, a bola bateu no braço de Leonardo Silva e o árbitro Anderson Daronco mandou o jogo seguir. Os jogadores do Tricolor protestaram e pediram pênalti. Sílvio Lancellotti: Dois combates cruciais, e o Inter retira o São Paulo da liderança Reinaldo quase empatou aos 13 minutos. Após boa defesa de Victor em chute de Tréllez, o lateral-esquerdo pegou a sobra na entrada da área e soltou a bomba. A bola passou ao lado do ângulo, mas foi para fora. No minuto seguinte, após cruzamento de Reinaldo, Fábio Santos tentou cortar e quase fez contra. Aos 19, Galdezani teve boa oportunidade pela entrada da área e chutou com força, mas mandou para fora. O Galo perdeu uma chance para ampliar aos 26 minutos. José Welison invadiu a área e chutou na saída de Sidão, que fez boa defesa. No rebote, Leandrinho mandou para longe.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/futebol/sao-paulo-perde-para-o-atletico-mg-e-deixa-lideranca-do-brasileirao-06092018

Jogadores do São Paulo reclamam de novo da arbitragem no Brasileirão
Data: 06/09/2018

Time reclama de pênalti em lance em que bola bateu na mão de zagueiro Leonardo Silva. Na rodada passada, houve críticas à expulsão de Diego Souza

Com dois tropeços seguidos - empate em casa com o Fluminense e derrota para o Atlético-MG nesta quarta -, o São Paulo perdeu a liderança do Campeonato Brasileiro. O time tem os mesmos 46 pontos do Internacional, que bateu o Flamengo pela 23ª rodada, mas leva a pior nos critérios de desempate. A vitória mineira veio com um gol contra logo no início do duelo e os são-paulinos reclamaram bastante da arbitragem por não ter marcado um suposto pênalti quando a bola bateu no braço do zagueiro Leonardo Silva dentro da área. "Claramente fomos prejudicados novamente pela arbitragem", reclamou Reinaldo. Na rodada anterior, os jogadores ficaram revoltados com a expulsão de Diego Souza diante do Fluminense. Com um atleta a menos, o São Paulo teve muita dificuldade para empatar com o rival carioca. Desta vez, o time paulista pressionou, principalmente no segundo tempo, mas saiu derrotado. "A sensação é de que fomos prejudicados pela arbitragem. Teve pênalti, ele tinha que dar. Pressionamos, mas a bola não entrou. Foi nítido que merecíamos vencer. Mas valeu pela luta e pelo espírito do time inteiro. Temos de valorizar nossa entrega, foi assim do começo ao fim", comentou Reinaldo.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/futebol/jogadores-do-sao-paulo-reclamam-de-novo-da-arbitragem-no-brasileirao-06092018

Corinthians 'demite' técnico Osmar Loss após derrota para o Ceará
Data: 06/09/2018

Substituto de Fábio Carille, treinador não conseguiu repetir o sucesso das categorias de base. Loss perdeu metade dos jogos à frente do time principal

Corinthians "demitiu" o técnico Osmar Loss do comando da equipe após a derrota por 2 a 0 para o Ceará, no Castelão, em Fortaleza, pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro. Loss fica no clube — deverá voltar para a função de auxliar-técnico — e ainda não se sabe quem assumirá o comando no dérbi contra o Palmeiras, no próximo domingo, na arena do aversário, também pelo Brasileirão. Goleiro marca de falta e Corinthians perde para o Ceará no Brasileirão "A partir do próximo jogo já teremos um novo treinador. Ainda não temos, não tem nada acertado. Isso foi uma decisão agora no vestiário. O Corinthians a partir de amanhã volta a trabalhar com uma mudança e o Osmar volta a ser auxiliar-técnico", disse Duílio Monteiro Alves, diretor de futebol do clube, sem revelar quais os nomes dos possíveis treinadores na mira da diretoria corintiana. A derrota manteve a equipe na faixa intermediária da tabela, com 30 pontos, ainda mais distante do G6, grupo das seis equipes que garantem vaga na próxima edição da Libertadores. Osmar Loss esteve à frente do time alvinegro em 20 jogos — foram dez derrotas, seis vitórias e quatro empates. O técnico assumiu o comando após a saída de Fábio Carille — de quem era auxiliar — bicampeão paulista (2017/18) e campeão brasileiro (2017), que deixou o clube em maio deste ano para dirigir o Al Wehda-ARA. Como comandante das categorias de base do Corinthians, Loss foi extremamente bem-sucedido. Ele conquistando o bicampeonato da Copa São Paulo de Futebol Junior (2015 e 2017) e o Campeonato Brasileiro sub-20 (2014). No entanto, Osmar Loss deverá ser mantido como auxiliar na comissão técnica do clube. Copa Libertadores Uma das grandes decepções para a torcida corintiana na temporada foi a eliminação na Copa Libertadores. O time paulista caiu nas oitavas de final diante do Colo-Colo, do Chile, que tem no elenco dois ex-palmeirenses: o meia Valdívia e o atacante Lucas Barrios, autor do gol na partida de volta do mata-mata, na Arena Corinthians, que terminou empatada em 1 a 1. Copa do Brasil Apesar da fase negativa no Brasileirão e a queda na Libertadores, o Corinthians ainda luta pelo título da Copa do Brasil, torneio que oferece a maior premiação entre as demais competições. O time alvinegro enfrentará o Flamengo em uma das semifinais da competição. O primeiro jogo está marcado para o próximo dia 12, no Maracanã. A volta será disputada no dia 26 de setembro, na Arena Corinthians.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/futebol/corinthians-demite-tecnico-osmar-loss-apos-derrota-para-o-ceara-06092018

Sem elenco completo, seleção faz primeiro treino da 'nova era Tite'
Data: 04/09/2018

Já com Neymar, o elenco brasileiro se prepara para enfrentar os Estados Unidos, na sexta-feira (7), e a seleção de El Salvador, na terça-feira (11)

A seleção brasileira chegou aos Estados Unidos nesta segunda-feira (3) para dois amistosos que marcam sua volta aos campos após a eliminação na Copa do Mundo da Rússia pela Bélgica. A primeira partida será nesta sexta-feira (7) contra os donos da casa, em Nova Jersey, e o segundo jogo acontece em Washington na terça-feira (11), contra a seleção de El Salvador. O primeiro treino desta semana que antecedeu esta nova fase da seleção e do técnico Tite, que continua à frente da seleção após a desclassificação da Copa da Rússia, reuniu jogadores experientes que disputaram a Copa há dois meses e outros que foram convocados pela primeira vez - entre eles o goleiro Hugo (Flamengo), os meio-campistas Andreas Pereira (Manchester United) e Lucas Paquetá (Flamengo) e os atacantes Everton (Grêmio) e Richarlison (Everton). Outra novidade da seleção, o zagueiro Dedé (Cruzeiro) é o único dos jogadores que atua no Brasil que falta juntar-se à equipe e deve chegar amanhã. Ficaram de fora do treino desta segunda-feira também o zagueiro Felipe (3), que não chegou a tempo, e Éder Militão, que chega nesta terça-feira (4) após o almoço. Por causa de uma série de lesões, a lista inicial dos convocados por Tite em agosto acabou sendo modificada. Militão, lateral-direito que joga no Porto, ganhou a vaga de Fagner, lateral do Corinthians que teve uma lesão no músculo posterior da coxa esquerda. O atacante Richarlison entra no lugar de Pedro, jogador do Fluminense que machucou o joelho direito. O volante Renato Augusto, que também havia sido convocado por Tite, pediu para ser cortado, segundo a CBF, mas nenhum outro jogador foi chamado em seu lugar. Os primeiros jogadores a se apresentarem para a comissão técnica, ainda no domingo, foram o goleiro Alisson, os zagueiros Thiago Silva, Fabinho, Marquinhos, Filipe Luís e Alex Sandro, os meios campistas Casemiro e Douglas Costa e os atacantes Roberto Firmino e Richarlison. Na segunda-feira (3) pela manhã desembarcaram Lucas Paquetá, Éverton, Hugo e Mateus Cardoso - sub-20 que deve apenas auxiliar nos treinamentos.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/futebol/sem-elenco-completo-selecao-faz-primeiro-treino-da-nova-era-tite-04092018

Novatos de Tite comentam sobre primeira oportunidade na seleção
Data: 04/09/2018

Richarlison e Andreas Pereira, que nasceu na Bélgica, sempre sonharam em vestir camisa verde e amarela, e terão dois jogos para mostrar futebol

- Muito feliz pela oportunidade, triste pelo Pedro, um grande amigo meu, mas quero agarrar essa chance. Não quero só vestir a camisa, quero buscar a titularidade. Maravilhoso ser uma cara nova, vestir essa camisa é uma honra. Pressão sempre vai ter. Agora é fazer o que eu sei. Sou quieto, não apareço muito para as câmeras. Só quero jogar futebol - disse o atacante. - Para mim as coisas acontecem muito rápido. Há três anos e meio estava no América-MG e agora estou na Inglaterra. Nem eu esperava que tudo acontecesse tão rápido. Só tenho a agradecer por esse momento, por estar na Seleção. Quero honrar o Espírito Santo, Nova Venécia, está todo mundo torcendo muito por mim - completou.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/lance/futebol/novatos-de-tite-comentam-sobre-primeira-oportunidade-na-selecao-04092018

Fifa anuncia a tabela do Mundial de Clubes, que ocorrerá em dezembro
Data: 04/09/2018

Sorteio foi realizado nesta terça (4) e definiu os confrontos do torneio; Real Madrid vai enfrentar o vencedor de Chivas (Concacaf) e campeão da Ásia

A Fifa anunciou, na manhã desta terça-feira, em Zurique, a tabela oficial do Mundial de Clubes, que vai ser realizado entre os dias 12 e 22 de dezembro, nos Emirados Árabes. O clube que conquistar a Libertadores vai enfrentar o vencedor do duelo entre o campeão da Champions da África e Team Wellington (Nova Zelândia) ou Al-Ain, campeão dos Emirados Árabes. Veja também: Veja quem tem chance de título, Libertadores e queda no Brasileirão O Real Madrid, atual campeão do torneio, vai estrear na semifinal e vai enfrentar o campeão da Concachampions, o Chivas Guadalajara ou o vencedor da Champions da Ásia (ainda sendo disputada as quartas de final). Enquete: Libertadores: qual time brasileiro tem mais chances de ser campeão? Confira a tabela abaixo: 12/12 • 1ª partida - Al-Ain (Emirados Árabes) x Team Wellington (Nova Zelândia) 15/12 • 2ª partida - Campeão da África x Vencedor do Jogo 1 • 3ª partida - Campeão da Ásia x Chivas Guadalajara (México) 18/12 • Semifinal - Campeão da Taça Libertadores x Vencedor do Jogo 2 19/12 • Semifinal - Real Madrid x Vencedor do Jogo 3 22/12 • Disputa de terceiro lugar • Final

Link Notícia: https://esportes.r7.com/lance/futebol/fifa-anuncia-a-tabela-do-mundial-de-clubes-que-ocorrera-em-dezembro-04092018

Palmeiras perde em casa para o Cerro, mas avança na Libertadores
Data: 31/08/2018

Time teve o volante Felipe Melo expulso no início, sofreu um gol bizarro, mas está classificado para as quartas do torneio continental e enfrentará Colo-Colo

O Palmeiras perdeu em casa para o Cerro Porteño-PAR por 1 a 0, nesta quinta-feira (30), em São Paulo, mas ainda assim confirmou a classificação para as quartas de final da Copa Libertadores. Na partida de ida, há 15 dias, em Assunção, o time alviverde havia vencido por 2 a 0. Foi a primeira derrota do time desde que Luiz Felipe Scolari assumiu o comando. A equipe paraguaia sufocou o time palmeirense em pleno Allianz Parque e por pouco não chegou ao segundo gol, que levaria a decisão para a disputa de pênaltis. O Palmeiras teve dois jogadores expulsos. O volante Felipe Melo fez uma falta violenta em Víctor Cáceres no início da partida, foi expulso pelo árbitro argentino Germán Delfino e complicou bastante a estratégia montada por Felipão para a partida. Os jogadores palmeirenses reclamaram muito, mas o árbitro manteve a decisão e o time alviverde teve que atuar com um a menos a partir dos três minutos da primeira etapa. Veja também: Se a diretoria tivesse firmeza demitiria Felipe Melo No fim da partida, o atacante Deyverson, que havia entrado na segunda etapa, recebeu o cartão vermelho por comemorar um cartão amarelo que "cavou" para um jogador do Cerro. Valdívia será adversário nas quartas Na etapa seguinte do torneio continental, o Palmeiras enfrentará o Colo-Colo, que eliminou o Corinthians nas oitavas de final. O time chileno tem dois ex-palmeirenses no elenco: o atacante Lucas Barrios (campeão brasileiro de 2016) e o meia Valdívia, um dos ídolos da torcida alviverde. Chaveamento Além do duelo entre Palmeiras e Colo-Colo, também estão definidos os demais confrontos das quartas de final da Libertadores: Independiente-ARG x River Plate-ARG, Atlético Tucumán-ARG x Grêmio e Boca Juniors x Cruzeiro. O jogo Foi um dos jogos mais tumultuados da temporada. A partida mal começou e Felipe Melo e foi expulso de campo. Aos 3 minutos, o volante entrou de sola de Víctor Cáceres e recebeu o cartão amarelo. No entanto, o árbitro argentino Germán Delfino repensou e decidiu dar o cartão vermelho para o palmeirense. A confusão provocou a paralisação da partida por alguns minutos. Felipe Melo e os companheiros de time reclamaram bastante da decisão da arbitragem. Pouco depois, o atacante Churín trombou com o goleiro Weverton na área e foi advertido com o cartão amarelo. A torcida protestou e pediu a expulsão do jogador da equipe paraguaia. Aos 17 minutos, o time paraguaio assustou o goleiro Weverton, que precisou se esforçar para defender, em dois tempos, um chute de fora da área e bastante perigoso de Escobar. O Palmeiras claramente se perdeu depois do destempero de Felipe Melo no início do jogo. Nos primeiros 20 minutos, o time comandado por Luiz Felipe Scolari não conseguiu criar uma jogada de ataque sequer. A primeira jogada da equipe palmeirense aconteceu somente aos 26 minutos, quando o lateral Diogo Barboza arrancou pelo meio, carregou a bola até a intermediária e passou para Willian, que acompanhava pela esquerda. No entanto, o atacante tentou devolver a bola ao invés de chutar para o gol e perdeu o lance. Mais tarde, foi a vez de Borja disparar pela esquerda e tocar para Willian. Desta vez, o atacante tocou de primeira e obrigou o goleiro Antony Silva a fazer uma grande defesa. Aos 34, o Cerro quase abriu o placar em uma grande jogada pela direita. Ruiz cortou o zagueiro palmeirense e cruzou rasteiro para a marca do pênalti. Víctor Cáceres escorou, mas errou o alvo. PublicidadeFechar anúncio Cinco minutos depois, o Palmeiras chegou com perigo. Dudu recebeu na esquerda, limpou para o meio e bateu, mas a bola foi travada pela defesa da equipe paraguaia. Aos 46, o lateral Mayke caiu no gramado depois de um choque de cabeça com o paraguaio. Os jogadores palmeirenses cobraram o árbitro por não ter parado a partida imediatamente. Foi o desfecho de um primeiro tempo bastante tumultuado. Segundo tempo A volta do intervalo começou ainda mais tumultuada que o primeiro tempo. No primeiro minuto, o jogador Rodrigo Rojas caiu no gramado, aparentemente desacordado, após um choque de cabeça com o colombiano Borja. Os companheiros de time se desesperaram e pediram o atendimento. A ambulância de plantão foi acionada para atender o atleta. A partida ficou paralisada por cerca de cinco minutos. O meio-campista Novick entrou no lugar de Rojas. No reinício, o Palmeiras chegou perto de abrir o placar. Dudu cobrou falta na área, Edu Dracena desviou e o atacante Borja quase pegou a sobra. Mas, aos 12 minutos, o lateral Arzamendia foi à linha de fundo e cruzou. O goleiro Weverton estava mal colocado e aceitou: 1 a 0 para o time paraguaio. O gol sofrido quebrou uma longa invencibilidade da defesa palmeirense, que ainda não havia sido vazada desde a chegada de Felipão — foram nove jogos. Pouco depois do gol, Felipão fez uma mudança na equipe que demonstrava o tamanha da preocupação com a zebra. O treinador tirou Borja e colocou em campo o volante marcador Thiago Santos. Aos 21 minutos, Palau chutou de fora da área e assustou Weverton, que caiu para evitar surpresas. Na sequência, Willian aproveitou uma bola que quicou à sua frente, na entrada da área, e soltou uma bomba para o gol. Antony Silva teve que se esticar para espalmar pela linha de fundo. Aos 29, Ruiz aproveitou uma sobra, bateu para o gol e levou muito perigo para a meta de Weverton. Um minuto depois, o time palmeirense correu outro risco muito grande de levar o segundo gol, quando Ruiz invadiu a área, mas parou na saída de Weverton. Weverton salvou o Palmeiras novamente em mais um grande lance do paraguaio Óscar Ruiz, que invadiu a área e bateu forte, mas o goleiro espalmou. O ataque do Cerro não conseguiu aproveitar o rebote. Veja também: Apesar de Felipe Melo, o Palmeiras prossegue na Libertadores/2018 No fim da partida, mais confusão. Já nos acréscimos, Deyverson sofreu uma falta que provocou o cartão amarelo para o jogador paraguaio. O atacante continuou comemorando o lance, fazendo gestos para a torcida do Palmeiras, e acabou expulso de campo. O jogo terminou somente aos 56 minutos. Próximos jogos O Palmeiras voltará a jogar no próximo fim de semana pelo Campeonato Brasileiro. A equipe alviverde enfrenta a Chapecoense, no domingo, às 19 horas, na Arena Condá, em Chapecó, pela 22ª rodada da competição. O Palmeiras ocupa a quarta posição na tabela do Nacional, com 37 pontos. Ficha Técnica PALMEIRAS 0 x 1 CERRO PORTEÑO 30/8 — Allianz Parque (São Paulo) Árbitro: Germán Delfino (Argentina); Gols: Arzamendia, aos 12 do 2º; Cartões amarelos: Churín, Jorge Rojas, Novic, Escobar, Palau (Cerro Porteño); Edu Dracena (Palmeiras); Cartão vermelho: Felipe Melo, Deyverson (Palmeiras), Marcos Cáceres (Cerro Porteño) PALMEIRAS: Wewerton; Mayke, Antônio Carlos, Edu Dracena e Diogo Barboza; Felipe Melo, Bruno Henrique e Moisés (Jean, aos 35 do 2º); Willian (Deyverson, aos 30 do 2º), Dudu e Borja (Thiago Santos, aos 16 do 2º). Técnico: Luiz Felipe Scolari. CERRO PORTEÑO: Antony Silva; Raúl Cáceres, Marcos Cáceres, Escobar e Arzamendia; Víctor Cáceres (Nelson Valdez, no intervalo), Palau e Rodrigo Rojas (Novic, aos 6 do 2º), Jorge Rojas (Benitez, aos 21 do 2º) e Óscar Ruíz; Churín. Técnico: Luis Zubeldia.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/palmeiras-perde-em-casa-para-o-cerro-mas-avanca-na-libertadores-31082018

Boca elimina Libertad e pega Cruzeiro na Libertadores
Data: 31/08/2018

Time argentino venceu por 4 a 2, no Defensores Del Chaco, em Assunção, garantiu a classificação para as quartas do torneio continental

Com um gol de Carlitos Tevez, o Boca Juniors venceu o Libertad por 4 a 2 nesta quinta-feira (30), fora de casa, e garantiu vaga para as quartas de final da Libertadores. O time argentino já havia vencido o jogo de ida por 2 a 0 e se classificava com derrota por até um gol de diferença. Na próxima fase, o Boca enfrentará o Cruzeiro, que na quarta-feira despachou o Flamengo. A Conmebol ainda não divulgou as datas das partidas, mas o primeiro duelo acontecerá em Belo Horizonte e a volta será em Buenos Aires. A conquista da classificação contra o time paraguaio veio com um pequeno susto para os argentinos. Empurrado por seus torcedores, o Libertad saiu na frente com um gol de Oscar Cardozo. O atacante aproveitou um vacilo da zaga adversária e mandou para as redes. O Boca, no entanto, virou ainda no primeiro tempo. Pavón deixou tudo igual após receber lançamento e tocar na saída do goleiro. Dois minutos depois, a zaga do Libertad cochilou novamente, Zárate dominou livre e deixou os argentinos em vantagem. Carlitos Tevez entrou no segundo tempo e deixou o dele aos 30 minutos. Ele aproveitou um passe pelo lado esquerdo da área e com um toque deslocou o goleiro. O Boca ainda fez o quarto em cobrança de pênalti de Cardona. Ele deu uma cavadinha, o goleiro caiu para o lado e a bola entrou lentamente no meio do gol. Copyright © 2018 Estadão. Todos os direitos reservados

Link Notícia: https://esportes.r7.com/futebol/boca-elimina-libertad-e-pega-cruzeiro-na-libertadores-31082018

Arboleda é convocado e desfalca o São Paulo em duas partidas
Data: 31/08/2018

Zagueiro equatoriano não terá condições de enfrentar o Atlético-MG, no Independência, e o Bahia, no Morumbi, pela sequência do Brasileiro

O São Paulo terá o desfalque de um de seus principais jogadores nas partidas da 23ª e 24ª rodada do Campeonato Brasileiro. Convocado para defender a seleção equatoriana nos amistosos contra Jamaica e Guatemala, respectivamente, nos dias 7 e 11 de setembro, o zagueiro Arboleda viaja para Illinois, nos Estados Unidos, e não joga contra o Atlético-MG e o Bahia. O anúncio de sua convocação foi feito no início da tarde desta sexta e não surpreendeu os são-paulinos. Desde antes da realização da Copa do Mundo, Arboleda já integrava o selecionado equatoriano e deve participar do novo ciclo, que pretende recolocar o país sul-americano na principal competição de futebol do planeta. — Obrigado Deus por esta nova oportunidade. Obrigado a todos que acreditaram em mim. Vou dar o meu melhor para não decepcioná-los nunca mais. Obrigado, de verdade - escreveu o dono da camisa 5 do São Paulo. Embora perca um de seus pilares do sistema defensivo para o jogo no Independência e depois no Morumbi, o técnico Diego Aguirre não deve ter muitos problemas para escalar o Tricolor nestes confrontos. Isto porque, tanto Anderson Martins como Bruno Alves vivem grande fase no clube do Morumbi e costumam ser elogiados pela comissão técnica. Além da dupla, o elenco ainda conta com Rodrigo Caio, que não joga desde o início de abril por conta de uma lesão no pé esquerdo.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/lance/futebol/arboleda-e-convocado-e-desfalca-o-sao-paulo-em-duas-partidas-30082018

Liga dos Campeões da Europa tem fase de grupos definida
Data: 30/08/2018

O atual campeão, Real Madrid está no Grupo G ao lado de Roma. Cristiano Ronaldo vai enfrentar o forte Manchester United

Os confrontos da primeira fase do Liga dos Campeões da Europa 2018/19 estão decididos. A UEFA fez o sorteio dos oitos grupos da competição nesta quinta-feira (30), em Mônaco. O ex-jogadores Kaká e Diego Forlan, uruguaio, foram os convidados especiais do sorteio. O atual campeão, Real Madrid está no Grupo G ao lado da Roma. Cristiano Ronaldo e a Juventus enfrentam o grande Manchester United, da Inglaterra, no Grupo F. Veja como as 32 equipes ficaram agrupadas. Grupo A: Atletico de Madri (Espanha), Borussia Dortmund (Alemanha), Mônaco (França) e Brugge (Bélgica) Grupo B: Barcelona (Espanha), Tottenham (Inglaterra), PSV Eindhoven (Holanda) e Internazionale (Itália) Grupo C: Paris Saint-German (França), Napoli (Itália), Liverpool (Inglaterra) e Estrela Vermelha (Sérvia) Grupo D: Lokomotiv Moscou (Rússia), Porto (Portugal), Schalke 04 (Alemanha) e Galatasaray (Turquia) Grupo E: Bayern de Munique (Alemanha), Benfica (Portugal), Ajax (Holanda) e AEK Atenas (Grécia) PublicidadeFechar anúncio Grupo F: Manchester City (Inglaterra), Shakhtar Donetsk (Ucrânia), Lyon (França) e Hoffeinheim (Alemanha) Grupo G: Real Madrid (Espanha), Roma (Itália), CSKA Moscou (Rússia) e Viktoria Pilsen (República Tcheca) Grupo H: Juventus (Itália), Manchester United (Inglaterra), Valencia (Espanha) e Young Boys (Suíça) A primeira rodada da fase de grupos vai ser disputada nos dias 18 e 19 de setembro. Até o fim do ano acontecem todas as partidas da primeira etapa. As oitavas de final da Liga serão realizadas nos dias 12, 13, 19 e 20 de fevereiro (jogos de ida), e 5, 6, 12 e 13 de março (jogos de volta). As quartas de final serão nos dias 9 e 10 de abril (ida) e 16 e 17 de abril (volta). Já as semifinais serão jogadas nos dias 30 de abril e 1 de maio (ida), e 7 e 8 de maio (volta). O estádio Wanda Metropolitano, de Madri, casa do Atlético, vai receber a grande final no dia 1º de junho de 2019.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/futebol/liga-dos-campeoes-da-europa-tem-fase-de-grupos-definida-30082018

Andrés critica Conmebol e diz que dará tempo a Loss no Corinthians
Data: 30/08/2018

Presidente do Timão afirma que tenta unir os clubes brasileiros 'há dez anos' e lamenta não enfrentar o Palmeiras nas quartas de final da Libertadores

Após a eliminação do Corinthians para o Colo-Colo (CHI) nas oitavas de final da Libertadores da América, o presidente Andrés Sanchez criticou a Conmebol. Ao ser questionado sobre a polêmica com o Santos, que foi punido por ter escalado o volante Carlos Sánchez de forma irregular contra o Independiente (ARG), o dirigente do Timão tentou desconversar, mas depois afirmou que tenta unir os clubes "há dez anos" e que "jogar na Conmebol não é fácil". - Eu não vou falar, porque eu falei há sete ou oito anos o que devíamos fazer com a Conmebol e fui criticado. Melhor não falar nada, cada um que corra atrás do seu prejuízo - disse Andrés, antes de ser questionado outra vez: - Eu estou tentando unir faz dez anos. A gente não consegue unir pelo Brasileiro, Paulista, imagina na Conmebol. Tem que tocar para frente. O Santos errou, como é que coloca o cara para jogar? O cara do doping aqui hoje foi absurdo. Os jogadores estão revoltados, foi um grande jogo, mas infelizmente perdemos. O cara fala espanhol, vem aqui e os caras querem agarrar pelo pescoço, pelo braço. Jogar na Conmebol não é fácil - disparou o presidente corintiano. - Que representatividade tem a CBF na Conmebol? Nós sabemos que não tem nenhuma, ou alguém foi lá defender o Santos, independente de estar errado ou não? Eu fui o único que votou contra, aí depois me criticam. Acabou Clube dos 13 e me criticam porque acabei com o Clube dos 13 - emendou. Apesar da eliminação, Andrés disse que dará tempo para o técnico Osmar Loss. O Timão está na semifinal da Copa do Brasil e na oitava colocação do Brasileirão. Rivais não perdoam Corinthians após eliminação na Libertadores - Eu só ouço isso, parece o Tite em 2011. Vai cair, vai cair, vai cair… Vocês brigam para não derrubar treinador, mas se eu tirar vocês vão dizer que eu não dei tempo. Isso entristece. O trabalho dele tem sido muito bom, o time está crescendo de produtividade, tivemos que antecipar etapas. Isso leva um tempo - analisou. PublicidadeFechar anúncio Se o Corinthians tivesse passado para as quartas de final da Libertadores, enfrentaria provavelmente o Palmeiras, que venceu o Cerro Porteño (PAR) por 2 a 0 no Paraguai e fará o duelo de ida nesta quinta-feira. Andrés lamentou não ter Dérbi no torneio sul-americano. Flamengo é (muito) zoado após adeus à Libertadores; veja memes - Lógico (que lamento), é o maior clássico, a maior rivalidade do Brasil. Seria um grande jogo, mas infelizmente a gente caiu no meio do caminho. Vamos ver o que vem pela frente - disse Andrés. Antes do confronto com o Colo-Colo, o presidente do Timão havia dito que a prioridade para a temporada era a Copa do Brasil. Ele explicou o motivo após a queda na Liberta. - Quando eu falo de priorizar Copa do Brasil, é porque a Copa do Brasil está mais próxima. Nós queríamos ganhar os três campeonatos, mas é difícil. Agora vamos tentar avançar na Copa do Brasil e pontuar no Brasileiro - afirmou o dirigente.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/lance/futebol/andres-critica-conmebol-e-diz-que-dara-tempo-a-loss-no-corinthians-30082018

Santos terá que desembolsar R$ 40 mil para reparar o Pacaembu
Data: 30/08/2018

Confusão na noite de terça-feira (28) marcou a eliminação da equipe da Libertadores após punição da Conmebol pela atuação de Sánchez

A Secretaria Municipal de Esportes e Lazer (SEME) de São Paulo apresentou no início da noite desta quarta-feira (29) o saldo final dos estragos causados pela torcida do Santos no estádio do Pacaembu, durante o jogo contra o Independiente, na quarta, pela volta das oitavas de final da Copa Libertadores. E o clube paulista terá que desembolsar R$ 40 mil para bancar os reparos nas instalações do estádio. "O custo estimado é de 30 a 40 mil reais. Conforme cláusula de utilização do estádio, o locatário é responsável pelos danos causados ao equipamento", informou a secretaria, em comunicado. "Conforme cláusula de utilização do estádio, o locatário é responsável pelos danos causados ao equipamento." Após avaliação mais completa dos danos causados, a secretaria elevou para 100 o número de cadeiras que foram destruídas pela torcida santista no setor laranja da arquibancada. A estimativa inicial era de 60 cadeiras danificadas. "Foram destruídas cerca de 100 cadeiras, parte dos alambrados foram amassados, os banheiros tiveram as torneiras quebradas, bem como alguns banheiros químicos, que são locados, foram vandalizados. Também foi constatado que parte do gramado sofreu avarias devido aos artefatos jogados antes da partida ser interrompida", explicou a secretaria. Segundo a entidade municipal, as cadeiras foram alvo de dois tipos de danos. Metade foi completamente destruída e precisará ser trocada. A outra metade sofreu menos danos e poderá ser recuperada. "Parte dos alambrados que dividiam as torcidas também foi quebrado, assim como os sifões do banheiro", acrescentou a secretaria. A SEME informou ainda que está marcada para esta quinta-feira uma reunião com representantes do Santos. No encontro, a secretaria vai apresentar o relatório completo com todos os danos causados ao estádio, na noite de terça. Perto do fim do segundo tempo do duelo entre Santos e Independiente, que estava 0 a 0, dois sinalizadores explodiram próximos ao banco de reservas do clube argentino. O incidente levou o árbitro chileno Julio Bascuñan a paralisar o jogo e posteriormente encerrá-lo aos 37 minutos do segundo tempo, diante da dificuldade da Polícia Militar em conter a confusão. Alguns torcedores entraram em conflito com a PM, enquanto outros tentaram invadir o campo do Pacaembu, sendo que alguns deles tiveram êxito na ação, sendo posteriormente imobilizados. Além disso, cadeiras do setor laranja do estádio foram quebradas e arremessadas na direção do gramado. E, como indicou a secretaria, parte dos equipamentos internos do estádio foram depredados. Na última terça-feira, o Santos já havia indicado que assumiria a conta dos danos provocados pela sua torcida. O vice-presidente Orlando Rollo, prometeu pagar os prejuízos que a torcida causou no estádio. "Isso está previsto no contrato", disse, se referindo a dezenas de cadeiras quebradas e divisórias de metal que os torcedores destruíram no Pacaembu. De acordo com relato da Conmebol, o jogo entre Santos e Independiente foi paralisado aos 37 minutos do segundo tempo e suspenso aos 42 pela arbitragem. E o caso será analisado pelo tribunal disciplinar da entidade, o que pode provocar punições ao torcedor. A revolta dos santistas, aliás, tem relação direta com outra decisão da Conmebol. Horas antes do jogo de volta das oitavas de final da Libertadores, a entidade puniu o clube com o placar desfavorável de 3 a 0 no duelo de ida em função da escalação irregular do uruguaio Carlos Sánchez no confronto disputado em Avellaneda e que havia terminado 0 a 0. E a igualdade sem gols no Pacaembu provocou a eliminação do Santos nas oitavas de final da Libertadores.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/futebol/santos-tera-que-desembolsar-r-40-mil-para-reparar-o-pacaembu-30082018

Tite chama Richarlison para o lugar de Pedro na seleção brasileira
Data: 28/08/2018

Atacante do Everton foi convocado para os amistosos de setembro, nos Estados Unidos. Aos 21 anos, vai ser a primeira vez dele no time principal

A CBF confirmou nesta segunda-feira (27), a convocação do atacante Richarlison, do Everton, para disputar os amistosos contra El Salvador e Estados Unidos, nos dias 7 e 11 de setembro. O centroavante foi chamado para o lugar de Pedro, do Fluminense, que sofreu estiramento no ligamento do joelho direito, na derrota dos cariocas contra o Cruzeiro por 2 a 1, no último sábado. Será a primeira vez que Richarlison vai fazer parte do grupo da seleção brasileira principal. Na equipe sub-20, o atacante fez dez jogos e marcou três gols. Richarlison tem 21 anos e chegou ao Everton nesta emporada, depois de o clube inglês pagar 45 milhões de libras ao Watford. O contrato com o brasileiro é de cinco anos. Ao lado do islandês Sigurdsson, o centroavante é a contratação mais cara da história do clube. Na última rodada do Campeonato Inglês, Richarlison foi expulso e o Everton com o Bournemouth, em 2 a 2. No Brasil, o atacante jogou no América-MG e se destacou no Fluminense, quando fez 69 jogos e 19 gols.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/futebol/tite-chama-richarlison-para-o-lugar-de-pedro-na-selecao-brasileira-27082018

Ronaldo compra time da primeira divisão da Espanha, diz rádio
Data: 28/08/2018

Segundo a rádio espanhola SER, o Fenômeno gastou mais de R$ 143 milhões para se tornar o principal acionista do Real Valladolid

Desde que Ronaldo deixou os gramados em 2011, o ex-camisa 9 da seleção brasileira virou empresário. O grande mercado de trabalho dele é o futebol e o marketing esportivo. A novidade da última segunda-feira (27) é que o Fenômeno comprou o Real Valladolid, time da primeira divisão do Campeonato Espanhol. De acordo com a radio espanhola Cadena SER e o jornal AS, Ronaldo gastou cerca de R$ 143 milhões para se tornar o principal acionista do time. As publicações dizem que ele não vai virar o presidente no dia-a-dia do Vallodolid. A presidência continuará com Carlos Suarez, que ocupa do cargo desde 2001. A rádio ainda informou que este dinheiro será usado pelo clube para pagar dívidas que chegam a mais de R$ 110 milhões. A negociação deve ser confirmada em até três semanas. O ex-atacante é um dos embaixadores do Real Madrid, onde jogou de 2002 até 2007. Pelo que tudo indica, a envolvimento do brasileiro com o futebol espanhol vai voltar a ser bem intenso. O brasileiro é um dos poucos jogadores que conseguiram ser ídolos no Real Madrid e no Barcelona, onde atuou em 96 e 97. O Real Valladolid é considerado um clube pequeno na Espanha e vive no sobe-desce na primeira e segunda divisões.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/futebol/ronaldo-compra-time-da-primeira-divisao-da-espanha-diz-radio-28082018

Ex-Botafogo, Alberto Valentim assume cargo de técnico do Vasco
Data: 27/08/2018

Treinador chega o cargo deixado por Jorginho, demitido neste mês; Cruz-Maltino foi dirigido nos últimos três jogos por Valdir Bigode de forma interina

Depois de três jogos com Valdir Bigode como interino no cargo de treinador, o Vasco acertou neste domingo a contratação de Alberto Valentim como novo técnico. A negociação aconteceu durante esta semana, sendo encabeçada pelo diretor executivo de futebol Alexandre Faria. Valentim assume o posto deixado por Jorginho, demitido no início deste mês após resultados considerados insatisfatórios pela cúpula do Cruz-Maltino. Alberto Valentim foi a quarta opção de nome da diretoria do Vasco para assumir o cargo de treinador. A principal opção foi Abel Braga, único nome de consenso entre todos os envolvidos com o futebol cruz-maltino, mas o treinador recusou a oferta por não assumir trabalhos no meio da temporada. Jair Ventura e Vanderlei Luxemburgo também apareceram como preferências das alas jovem e velha do clube, respectivamente, mas não avançaram. O nome de Alberto Valentim ganhou força e acabou ganhando a concorrência após a decisão de não efetivar Valdir Bigode, que seguirá como auxiliar da comissão permanente do Vasco e sendo um dos ativos para o futuro do clube, que investirá em sua capacitação para que em uma outra oportunidade assuma de vez o cargo de treinador. O fator financeiro influenciou para a sua escolha - ele receberá cerca de R$ 100 mil pelo contrato até o fim de 2019. No Rio de Janeiro, Alberto Valentim já dirigiu o Botafogo nesta temporada. Seu último clube foi o Pyramids FC, do Egito, onde comandou a equipe por três jogos e acabou sendo demitido por não cumprir uma ordem da diretoria na escalação. No Vasco, acredita-se que o técnico pode extrair muito mais do elenco e tirar o Cruz-Maltino da situação complicada que se encontra no Campeonato Brasileiro, única competição em disputa até o término da temporada.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/lance/futebol/ex-botafogo-alberto-valentim-assume-cargo-de-tecnico-do-vasco-27082018

Em dia de festa, Vasco derrota a Chapecoense em São Januário
Data: 27/08/2018

Cruzmaltino volta a vencer no Brasileirão após 5 jogos em comemoração dos 20 anos do título do clube da Libertadores; Maxi López se destaca

Maxi López foi o destaque da vitória do Vasco sobre a Chape Divulgação/Twitter/Vasco da Gama No dia da comemoração dos 20 anos da conquista da Conmebol Libertadores de 1998, com elenco da época sendo homenageado, o Vasco derrotou a Chapecoense na noite deste domingo (26), em São Januário, por 3 a 1. Dia importante que pode marcar a virada cruz-maltina no Campeonato Brasileiro, com atuação espetacular de Maxi López - a vitória quebrou o jejum de cinco jogos da equipe carioca sem vencer na competição nacional. Cadê o ânimo? Com vários jogadores no departamento médico, Valdir Bigode repetiu diante da Chapecoense os titulares do Vasco que fizeram um dos melhores jogos do ano na rodada anterior, contra o Atlético-MG. Porém, em casa, o esquema não funcionou, dando espaços aos catarinenses e sem fazer com que o próprio meio de campo criasse. Lampejo argentino Única chance de gol dos 45 minutos iniciais saiu com o Maxi López. O argentino, no acréscimo do primeiro tempo, desviou da entrada da pequena área, com a bola passando muito perto do gol defendido por Jandrei. Primeiro tempo sem muita emoção acaba terminando sem gols. Outro jogo, amigos! O segundo tempo começou parecendo um outro jogo, completamente diferente do que foi visto na etapa inicial. O Vasco acordou e logo aos nove minutos abriu o marcador. Maxi López fez lindo lançamento para Wagner, que dominou e chutou na saída de Jandrei para fazer 1 a 0. Não valeu! Na frente do placar, o Vasco recuou um pouco, dando chances para a Chapecoense chegar. Aos 13 minutos chegou a fazer um gol com Amaral, mas anulado pelo árbitro Igor Junio Benevenuto de Oliveira que marcou falta. Mas aos 33, porém, o gol catarinense acabou valendo com Leandro Pereira, empatando: 1 a 1. Festa completa Em plena evolução com a camisa do Vasco nos últimos jogos, Maxi López fez a melhor partida desde então e foi premiado seguindo a batida do gol pela primeira vez com a camisa cruz-maltina. Aos 39, La Barbie recebeu de Andrey e não desperdiçou, 2 a 1. Ainda deu tempo para Thiao Galhardo, aos 47, fazer o 3 a 1, selar a vitória do Vasco completando a festa no aniversário dos 20 anos da conquista do clube da Libertadores. FICHA TÉCNICA VASCO 3 x 1 CHAPECOENSE Estádio: São Januário, no Rio de Janeiro (RJ) Data/hora: 26/8/2018 - 19h (de Brasília) ??Árbitro: Igor Junio Benevenuto de Oliveira (MG) Assistentes: Felipe Alan Costa de Oliveira (MG) e Ricardo Junio de Souza (MG) Renda/público: R$ 178.970,00/8.375 pagantes Cartões amarelos: Raul, Maxi López, Vinícius Araújo (VAS) e Thyere, Bruno Silva (CHA) GOLS: Wagner 9'/2ºT (1-0), Leandro Pereira 33'/2ºT (1-1), Maxi López 39'/2ºT (2-1) e Thiago Galhardo 47'/2ºT (3-1) VASCO: Martin Silva, Lenon, Luiz Gustavo, Bruno Silva e Henrique; Leandro Desábato (Vinícius Araújo intervalo), Raul e Andrey; Wagner (Bruno Cosendey 31'/2ºT) e Yago Pikachu (Thiago Galhardo 41'/2ºT); Maxi López. Técnico: Valdir Bigode. CHAPECOENSE: Jandrei, Eduardo, Thyere, Douglas e Bruno Pacheco; Canteros, Amaral (Diego Torres 14'/2ºT), Márcio Araújo e Yann (Vinícius intervalo); Leandro Pereira e Bruno Silva (Osman 28'/2ºT). Técnico: Guto Ferreira.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/futebol/em-dia-de-festa-vasco-derrota-a-chapecoense-em-sao-januario-26082018

Inter e Palmeiras ficam no 0 a 0 no Sul e se distanciam do São Paulo
Data: 27/08/2018

Em jogo movimentado, mas sem chances claras de gol, Inter e Palmeiras não abriram o placar no estádio Beira-Rio, em Porto Alegre

No confronto entre duas das melhores defesas do Brasileirão os ataques não tiveram vez. Assim, Inter e Palmeiras ficaram apenas no 0 a 0 no estádio Beira-Rio neste domingo (26), em Porto Alegre, pela 21ª rodada do Brasileirão. Com o resultado, o Inter segue na vice-liderança do Brasileirão com 42 pontos, mas se distanciou do líder São Paulo, que venceu o Ceará no jogo das 11h e foi a 45 pontos. O Palmeiras, com o empate, ganhou uma posição e entrou no G4, mas viu sua distância para o São Paulo aumentar para 8 pontos. O jogo Vindo de cinco vitórias seguidas no Brasileirão e sem sofrer gol, o Inter viu o Palmeiras entrar em campo com um tim misto, mas quem achou que o Colorado teria mais facilidade em campo acabou se enganando. Sem sua zaga titular (Edu Dracena e Antônio Carlos), o lateral esquerdo Diego Barbosa, o volante Bruno Henrique, e os atacantes Dudu, Willian e Borja, o Palmeiras foi superior durante todo o primeiro tempo. O time do técnico Felipão chegou a ter oito finalizações contra nenhum do Inter até os 35 minutos da primeira etapa. Aos 32 minutos, o atacante Deyverson acabou perdendo a principal chance de gol para o Palmeiras, após chutar para fora um chute cruzado do meia Moisés. No segundo tempo, Felipão trocou o lateral Victor Luís por Diogo Barbosa e o panorama da partida mudou também. O Internacional, mais acuado no primeiro tempo, saiu para o jogo e passou a criar mais chances de gol. Principalmente depois dos 15 minutos, quando Odair Hellmann tirou Jonatan Álves e Rossi para colocar Brenner e Camilo, respectivamente. Mas o domínio no Inter não se concretizou em chances reais de gol. Weverton, do Palmeiras, que chegou ao 9º jogo sem sofrer gol, foi um dos destaques da partida, assim como Marcelo Lomba, do Inter, que foi ao 6º jogo sem tomar gol. FICHA TÉCNICA 26/8 – BEIRA-RIO (PORTO ALEGRE-RS) INTERNACIONAL 0 x 0 PALMEIRAS Árbitro: Bruno Arleu de Araújo (RJ); Cartões amarelos: Rodrigo Moledo e Iago (Internacional); Marcos Rocha, Gustavo Gómez e Diogo Barbosa (Palmeiras) INTERNACIONAL: Marcelo Lomba, Zeca (D'Alessandro 29 do 2º), Rodrigo Moledo, Victor Cuesta e Iago; Rodrigo Dourado, Edenílson e Patrick; Nico López, Jonatan Álvez (Brenner 25 do 2º) e Rossi (Camilo 17 do 2º). Técnico: Odair Hellmann PALMEIRAS: Weverton, Marcos Rocha, Gustavo Gómez, Luan e Victor Luís (Diogo Barbosa, intervalo); Thiago Santos, Jean, Moisés e Lucas Lima (Bruno Henrique 44 do 2º); Hyoran (Willian 31 do 2º) e Deyverson. Técnico: Luiz Felipe Scolari

Link Notícia: https://esportes.r7.com/futebol/inter-e-palmeiras-ficam-no-0-a-0-no-sul-e-se-distanciam-do-sao-paulo-26082018

Tensão aumenta, mas Santos alinha defesa; Peres deve ir à Conmebol
Data: 24/08/2018

Peixe tem de apresentar defesa a respeito do caso Sánchez até a tarde desta sexta (24) e o presidente deve comparecer pessoalmente à instituição

A tarde desta sexta-feira (24) será importante para o desfecho do caso envolvendo o volante Carlos Sánchez. O presidente do Santos, José Carlos Peres, deve pessoalmente ir a Luque, no Paraguai, para apresentar a defesa do clube à Conmebol, que abriu investigação para apurar a suposta escalação irregular do jogador em partida contra o Independiente, na última terça-feira, em Avellaneda, na Argentina, pela ida das oitavas de final da Libertadores. O departamento jurídico do Peixe trabalhou em sigilo nos últimos dias para ajustar até os últimos minutos o que será apresentado à entidade. Rodrigo Gama, gerente do Alvinegro, chegou a dizer em várias entrevistas que o clube desconhecia a suspensão imposta ao jogador ainda em 2015, quando atuava pelo River Plate, após partida válida pela semifinal da Copa Sul-Americana. Na Argentina, começaram a circular imagens de um documento redigido pela Conmebol em 2016 e enviado para todas as federações que pertencem ao quadro da entidade a respeito das pendências dos jogadores. Nele, consta a obrigatoriedade de Sánchez em cumprir um jogo de suspensão - foi punido com três por agredir o gandula diante do Huracán (ARG) e teve a pena anistiada em 50%, arredondando para apenas um jogo. Nome de Sánchez consta em lista da entidade Reprodução/Lance Publicamente, a defesa do Santos fala que irá se apoiar no fato de ter consultado o sistema Comet, da Conmebol, e nele constar uma liberação do atleta. O clube vai alegar que agiu de boa fé, confiando no sistema, e que não tinha condições de saber do problema. Porém, uma decisão polêmica envolvendo o Comet aconteceu há alguns dias. Embora tenha vencido os jogos de ida e volta, o Temuco, do Chile, acabou eliminado da Copa Sul-America pelo San Lorenzo por decisão da Comissão Disciplinar da Conmebol. O clube chileno escalou Jonathan Requena de maneira irregular e foi punido com derrota por 3 a 0 no jogo de ida pela entidade. A alegação foi de que Requena já havia sido inscrito pelo Defensa y Justicia nesta edição da competição. O Temuco tentou se defender alegando que usou justamente o sistema Comet para inscrever o atleta e que nele estava tudo legal. Não deu certo...

Link Notícia: https://esportes.r7.com/lance/futebol/tensao-aumenta-mas-santos-alinha-defesa-peres-deve-ir-a-conmebol-24082018

Atlético-MG e Vasco empatam apesar de jogo movimentado
Data: 24/08/2018

Equipes criaram boas chances no Independência, mas não conseguiram alterar placar na noite desta quinta-feira, pela 20ª rodada do Brasileirão

Atlético-MG e Vasco fizeram um jogo movimentado nest quinta-feira (23), no Independência, em Minas Gerais, pelo Campeonato Brasileiro. Com equilíbrio, em um duelo bem jogado, o 0 a 0 acabou sendo o resultado final. Empate que favoreceu mais ao Cruz-Maltino do que ao Galo, que estão em lados opostos da tabela - vale lembrar que o time carioca está com dois jogos a menos na competição. Pressão do Galo Dentro de seus domínios, o Atlético-MG tirou proveito do apoio das arquibancadas para pressionar o Vasco nos minutos iniciais. Principalmente nas investidas de Ricardo Oliveira, que buscava o jogo e preparava lances para os companheiros na busca para o gol. Pikachu acorda Apagado nos últimos jogos do Vasco, Yago Pikachu voltou a se movimentar bem diante do Atlético-MG. E foi com o meia que a equipe do interino Valdir Bigode teve a primeira chance de gol. Aos 32 minutos da etapa inicial, bateu bem e a bola passou bem perto do gol de Victor. Vasco também acorda Depois de um primeiro tempo sem muita emoção, o cenário do jogo mudou de figura após o intervalo. Esta melhora foi vista principalmente pelo Vasco, que acordou no retorno ao segundo tempo. Logo aos três, a melhor chance de gol até então com Maxi López, em linda finalização, com Victor espalmando a bola que ainda bateu na trave. Aos 12, nova chance de La Barbie, que arriscou de letra e quase abriu o marcador. Galo reage Após a pressão inicial do Vasco no segundo tempo, o Atlético-MG reagiu. Aos 16, Elias tentou e o goleiro Martin Silva fez boa defesa para evitar o gol. Chará tentou aos 24, mas parou em Luiz Gustavo, em uma das suas melhores partidas pelo Cruz-Maltino, evitando o gol. Ricardo Oliveira também tentara na sequência, mas sem sorte para fazer o gol. Emoção até o fim Enganou-se quem pensava que a partida não teria emoção até o apito final. O Vasco se segurava a todo instante, enquanto o Atlético-MG tentava na força final conquistar a vitória. No último lance, aos 48 minutos, o Galo teve a melhor chance com Ricardo Oliveira, mas a trave evitou o gol e salvou o Vasco. Fim de jogo, sem gols, mas uma partida bem jogada. ATLÉTICO-MG 0 X 0 VASCO Estádio: Independência, em Belo Horizonte (MG) Data/hora: 23/8/2018 - 20h (de Brasília) ??Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (RS) Assistentes: Kleber Lucio Gil (SC) e Jorge Eduardo Bernardi (RS) Renda/público: R$ 381.840,00/22.452 presentes Cartões amarelos: Matheus Galdezani, Leonardo Silva (CAM) e Martin Silva, Lenon, Wagner, Vinícius Araújo (VAS) ATLÉTICO-MG: Victor, Emerson, Leonardo Silva, Iago Maidana e Fábio Santos; Matheus Galdezani (Denilson 41'/2ºT), Elias (Tomás Andrade 30'/2ºT), Nathan (Luan 12'/2ºT) e Cazares; Chará e Ricardo Oliveira. Técnico: Thiago Larghi. VASCO: Martin Silva, Lenon, Luiz Gustavo, Bruno Silva e Henrique; Leandro Desábato e Andrey; Wagner (Vinícius Araújo 20'/2ºT), Raul e Yago Pikachu (Ricardo Graça 47'/2ºT); Maxi López (Andrés Rios 37'/2ºT). Técnico: Valdir Bigode.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/lance/atletico-mg-e-vasco-empatam-apesar-de-jogo-movimentado-23082018

Felipão já usou 23 dos 28 atletas no Palmeiras; veja os mais utilizados
Data: 24/08/2018

Técnico rodou o elenco durante os seis jogos que fez neste retorno; escalação deve ser de novo bastante mexida diante do Internacional, no domingo (26)

Nos seis jogos à frente do Palmeiras, Luiz Felipe Scolari tem se caracterizado por usar ao máximo as opções de seu elenco, motivo de crítica em cima do antecessor Roger Machado. Desde que voltou ao clube, o técnico de 69 anos já usou 23 dos 28 jogadores no plantel. Artur foi o último a receber uma chance, no fim da vitória sobre o Botafogo. Os que ainda esperam entrar com o treinador são Fernando Prass, Nico Freire, Pedrão, Vitinho e Guerra, que estava se recuperando de uma cirurgia no pé esquerdo, ocorrida em maio. Weverton é o líder em minutos nesta "era Scolari": 533, contando acréscimos. Completam o top 10 dos que mais jogaram: Mayke (495 minutos), Bruno Henrique (425), Moisés (406), Dudu (359), Lucas Lima (327), Hyoran (324), Diogo Barbosa (314), Thiago Santos (311) e Borja (311). Felipão, basicamente, joga uma vez na semana com o "time A" e na outra com o "time B". A escalação contra o Botafogo, por exemplo, foi mais próxima daquelas que o treinador usou na Copa do Brasil e Libertadores. No Brasileiro, ele vinha escolhendo outros atletas, acompanhados de três ou quatro da equipe dos mata-matas. - Eu pretendo encaixar o Lucas (Lima no time), o Thiago Santos, que é fantástico, nunca vi alguém desarmar tanto quanto ele. Tenho de colocar o Marcos (Rocha) em condição de brigar pela posição com o Mayke. Temos um grupo muito bom e vamos vendo a cada jogo, analisando quem deve entrar - avisou o chefe. O resultado é que agora há mais opções em bom momento, e o Verdão está bem posicionado nas três competições que disputa: a seis pontos do líder no Brasileiro, classificado na Copa do Brasil à semifinal, e com a vantagem contra o Cerro Porteño (PAR) para avançar às quartas da Libertadores. - No Cruzeiro, consegui a tríplice coroa (em 2003, quando ganhou Mineiro, Copa do Brasil e Brasileiro), fazendo como estamos fazendo hoje, sem priorizar competições, usando todo o elenco. Sai um jogador, entra outro e se mantém o nível de atuação. Como o Felipão nos disse, não tem 11 titulares, e sim 28. Temos de buscar todas as competições - citou Edu Dracena. Desde a volta de Felipão, o retrospecto é de cinco vitórias, um empate, nove gols marcados e nenhum sofrido. Acrescentando-se os jogos sob o comando de Paulo Turra, seu auxiliar, e Wesley Carvalho, técnico do sub-20, são oito partidas sem ter a meta vazada, igualando marca obtida em 1965.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/lance/futebol/felipao-ja-usou-23-dos-28-atletas-no-palmeiras-veja-os-mais-utilizados-24082018

São Paulo comemora departamento médico vazio pela 1ª vez desde 2014
Data: 20/08/2018

Tricolor não teve desfalques por lesão contra a Chape, algo que não acontecia desde maio de 2014. Diego Aguirre diz que preparador físico é um 'fenômeno'

A liderança do Campeonato Brasileiro não é o único motivo de comemoração no São Paulo. Na vitória por 2 a 0 sobre a Chapecoense, que valeu o título simbólico do primeiro turno, o time não teve nenhum desfalque por lesão, algo que não acontecia desde 2014. Confira a seleção do primeiro turno do Campeonato Brasileiro de 2018 Os jogos contra Grêmio (1 a 0), Atlético-PR (2 a 2) e Atlético-MG (2 a 1), nos dias 24, 28 e 31 de maio de 2014, foram os últimos em que não houve nenhuma baixa por questões clínicas. De lá para cá, isso só havia voltado a acontecer em um amistoso contra o Orlando City (0 a 0), durante a pausa para a Copa do Mundo do mesmo ano. Após a partida de domingo, Diego Aguirre valorizou seu preparador físico, Fernando Piñatares, ao ser questionado sobre o DM vazio: — É uma coisa boa falar bem da nossa preparação, quando falo isso é de toda a comissão. Temos um preparador físico que é um fenômeno. O São Paulo não tem um jogador no DM. Valorizo muito o trabalho que é feito no dia a dia na prevenção das lesões. Destaco o Fernando (Piñatares), preparador físico. É um fenômeno e mantém os jogadores em alto ritmo e também cuida da saúde deles - disse o técnico. Além de Piñatares, o São Paulo tem mais dois preparadores físicos (Pedro Campos e Henrique Martins) e dois fisiologistas (Marco Aurélio Melo e Renan Dias), além do coordenador científico Altamiro Bottino, responsável principal por fazer a tecnologia ser usada a serviço desses profissionais. Foi com a ajuda deles que Aguirre montou duas equipes diferentes para os jogos contra Colón, pela Sul-Americana, e Chape, pelo Brasileiro. O último jogador a deixar o departamento médico foi Rodrigo Caio, que está recuperado de cirurgia no pé e ficou no banco diante da Chape. Para o jogo contra o Paraná, às 19h30 de quarta, também não há desfalques por suspensões.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/lance/futebol/sao-paulo-comemora-departamento-medico-vazio-pela-1-vez-desde-2014-20082018

Felipão lamenta posição na tabela: 'A gente ganha e não sai de sexto'
Data: 20/08/2018

Técnico lembrou do desempenho dos outros times em seus compromissos para explicar. Equipe tem vantagem de sete pontos sobre o Corinthians

O bom resultado obtido em Salvador, neste domingo, não deixou o técnico Luiz Felipe Scolari totalmente satisfeito com o Palmeiras. Após os 3 a 0 no Vitória, pelo Campeonato Brasileiro, o treinador lamentou em entrevista coletiva que o placar não foi suficiente para fazer o time ganhar posições, pois outros adversários diretos também conseguiram ganhar. "A gente ganha, ganha e ganha e não sai do sexto lugar. Os outros também estão ganhando. É uma competição muito igual, e os demais também estão bem. Vamos tentar fazer o possível para nos mantermos na parte de cima", afirmou o treinador. A equipe alviverde chegou aos 33 pontos e continua três atrás do quarto colocado, o Grêmio, porém abriu uma vantagem para quem está logo atrás. O sétimo lugar é do Corinthians, com 26 pontos. O treinador afirmou que não vai priorizar nenhuma competição neste segundo semestre, mesmo com o Campeonato Brasileiro em situação bastante equilibrada. "Vamos tentar disputar também as outras competições. Em alguns determinados jogos os atletas serão poupados, porque preciso rodar a equipe. Tenho dados que dão condição de fazer isso", disse. Mesmo com sete jogos sem tomar gol, Felipão afirmou ser necessário ter o equilíbrio para em caso de tropeço no futuro, não se desanimar. "Ficamos satisfeitos com as vitórias, mas também vamos ter dificuldades. Agora está tudo bem, mas vamos enfrentar dificuldades em jogos futuros e precisamos do mesmo ambiente. Retornar ao Palmeiras, um clube que eu adoro, que eu amo e vivi muito na minha vida foi ótimo", comentou.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/futebol/felipao-lamenta-posicao-na-tabela-a-gente-ganha-e-nao-sai-de-sexto-20082018

Por desgaste, Cuca pode voltar a poupar alguns titulares na Liberta
Data: 20/08/2018

Após boas atuações de González e Bryan Ruiz, técnico mostrou dúvidas para o time contra o Independiente; Alison já mostrou desgaste e pode ser poupado

Por conta do desgaste, Rodrygo jogou apenas 17 minutos na goleada por 3 a 0, contra o Sport, no último sábado, pelo Campeonato Brasileiro. E o técnico Cuca deve voltar a poupar alguns titulares para o duelo com o Independiente, na terça-feira (21), às 21h45, pela Copa Libertadores. Alison, por exemplo, pode ser sacado. Com 33 jogos na temporada, o meia já demonstrou cansaço e havia caído de rendimento no time. Diego Pituca e Renato são opções para a função. E com o bom rendimento de Derlis González e Bryan Ruiz no último sábado (18), Cuca se mostrou com dúvidas sobre o encaixe do time para enfrentar os argentinos. - Muitas (dúvidas). Não se trata de um jogador, não. Vamos estudar o adversário. Vamos com força, independente de quem vá jogar, fazer o nosso melhor - disse. Um provável Santos é: Vanderlei, Victor Ferraz, Lucas Veríssimo, Gustavo Henrique e Dodô; Renato (Alison), Carlos Sánchez e Pituca (Bryan Ruiz); Rodrygo, Gabigol e Bruno Henrique.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/lance/futebol/por-desgaste-cuca-pode-voltar-a-poupar-alguns-titulares-na-liberta-20082018

Com Neymar e seis estreantes, Tite convoca seleção para amistosos
Data: 17/08/2018

Tite fez a primeira convocação após a Copa do Mundo de 2018 para amistosos contra Estados Unidos e El Salvador, em setembro

O técnico fez na manhã desta sexta-feira (17), na sede da CBF, no Rio de Janeiro, a primeira convocação após a Copa do Mundo de 2018 para os amistosos da seleção brasileira contra Estados Unidos, no dia 7 de setembro, em Nova Jersey-EUA, e El Salvador, no dia 11, em Washington-EUA. Entre os 24 convocados, seis são estreantes em convocações da seleção brasileira: o goleiro Hugo (sub-20, do Flamengo), o zagueiro Felipe (Porto), os meias Andreas Pereira (Manchester United), e Lucas Paquetá (Flamengo) e os atacantes Éverton (Grêmio) e Pedro (Fluminense). Dos jogadores que estiveram na última Copa do Mundo, 13 voltaram a ser chamado por Tite: Alisson, Fágner, Filipe Luís, Marquinhos, Thiago Silva, Casemiro, Fred, Philippe Coutinho, Renato Augusto, Douglas Costa, Roberto Firmino, Neymar e Willian. O goleiro Ederson, que seria convocado, pediu liberação para a CBF alegando motivos pessoas e acabou sendo atendido pela comissão técnica da seleção. Tite, que renovou contrato com a seleção brasileira até a Copa de 2022, começa agora um novo trabalho visando a Copa América de 2019, que será realizada no Brasil entre 7 e 30 de junho. Até o fim do ano, Tite fará ainda mais duas convocações para a seleção brasileira, nos dias 21 de setembro e 26 de outubro. Para essa convocação, a comissão técnica decidiu poupar jogadores dos clubes que estão na semifinal da Copa do Brasil, convocando apenas um de cada clube. Assim, foram chamados Dedé (Cruzeiro), Fágner (Corinthians) e Lucas Paquetá (Flamengo), que devem perder o jogo de ida da semifinal no dia 12 de setembro, um após dia o amistoso contra El Salvador. Confira a lista dos convocados de Tite para os amistosos contra Estados Unidos e El Salvador, em setembro: Goleiros Alisson (Liverpool-ING) Hugo (Flamengo) Neto (Valencia-ESP) Laterais Alex Sandro (Juventus-ITA) Fabinho (Liverpool-ING) Fágner (Corinthians) Filipe Luís (Atlético de Madri-ESP) Zagueiros Dedé (Cruzeiro) Marquinhos (PSG-FRA) Thiago Silva (PSG-FRA) Felipe (Porto-POR) Meias Arthur (Barcelona-ESP) Casemiro (Real Madrid-ESP) Fred (Manchester United-ING) Andreas Pereira (Manchester United-ING) Renato Augusto (Beijing Guoan-CHN) Lucas Paquetá (Flamengo) Philippe Coutinho (Barcelona-ESP) Atacantes Douglas Costa (Juventus-ITA) Éverton (Grêmio) Roberto Firmino (Liverpool-ING) Neymar (PSG-FRA) Pedro (Fluminense)? Willian (Chelsea-ING)

Link Notícia: https://esportes.r7.com/futebol/com-neymar-e-seis-estreantes-tite-convoca-selecao-para-amistosos-17082018

Veteranos e estreantes comentam convocação e festejam ida à seleção
Data: 17/08/2018

Após seguidas lesões, Dedé comemora boa fase; com dupla nacionalidade, Andreas Pereira deixa claro opção pelo Brasil. Veja as reações dos atletas

Veteranos ou estreantes comemoraram suas convocações na primeira lista do técnico Tite após a disputa da Copa do Mundo da Rússia. Alçado à condição de titular da seleção brasileira no último Mundial, o lateral direito Fagner mostrou motivação de um novato em mensagem postada em sua conta no Instagram. Uma das novidades na equipe, o volante Arthur, do Barcelona, postou uma mensagem no mesmo tom. O jogador, que recentemente deixou o Grêmio, já havia sido convocado por Tite, mas ficou fora da Copa do Mundo, na lista de suplentes. O jogador afirmou que está com um "orgulho imenso por esse momento". O atacante Pedro, estreante na seleção brasileira, se pronunciou através do Instagram do Fluminense. "Feliz por ter mais uma oportunidade de ajudar a equipe. Esse gol não é só meu, mas de todo o time. Foi um jogo difícil. Sempre sonhei com essa chance e agora estou tendo uma boa sequência. Só tenho que agradecer a Deus", afirmou o artilheiro do Brasileirão, com dez gols. O volante Fred, que integrou a seleção brasileira na última Copa do Mundo, expressou felicidade, após se machucar durante o último mundial. "É sempre uma honra servir meu país. Muito feliz por mais uma convocação", disse o jogador do Manchester United. O meia-atacante Andreas Pereira, que também possui nacionalidade belga, mostrou estar decidido a defender o Brasil. "Uma honra que não consigo medir, uma alegria que explode o coração, um sonho que se realiza hoje", comentou. Integrante da lista de suplentes para a Copa do Mundo, o zagueiro Dedé, do Cruzeiro, comemorou o bom retorno aos gramados após uma sucessão de lesões que o deixou por um longo tempo fora do futebol. "Nem nos meus melhores sonhos eu imaginaria profissionalmente está vivendo um momento tão lindo como o de hoje, estou feliz demais e está difícil traduzir o que estou sentindo, a emoção está muito forte", escreveu.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/veteranos-e-estreantes-comentam-convocacao-e-festejam-ida-a-selecao-17082018

Clubes brasileiros festejam seus convocados para seleção de Tite
Data: 17/08/2018

Flamengo, Fluminense, Corinthians, Cruzeiro e Grêmio têm atletas chamados por Tite e desfalcam clubes que disputam semifinais da Copa do Brasil

Os clubes brasileiros, apesar de ficarem desfalcados para as semifinais da Copa do Brasil, festejaram seus convocados pelo técnico Tite para os amistosos contra Estados Unidos e El Salvador. O Corinthians, que enfrenta o Flamengo na semifinal da competição, teve chamado o lateral-direito Fagner, que disputou a Copa do Mundo. Pelo critério de Tite, de convocar apenas um jogador por clube, Cássio, que tembém foi à Copa, ficou fora da lista. O Grêmio, eliminado pelo Flamengo nas quartas de final da Copa do Brasil, festejou a convocação do atacante Everton Cebolinha. Atleta negociado pelo clube com o Barcelona, o volante Arthur, também apareceu na lista. O Flamengo, outro time envolvido nas semifinais da Copa do Brasil, comemorou dois atletas na lista de Tite. O goleiro Hugo, do sub-20, irá treinar com a seleção. Já Lucas Paquetá recebeu sua primeira convocação à seleção adulta. O Cruzeiro foi outro clube brasileiro contemplado na lista de Tite. O zagueiro Dedé retorna à seleção. O jogador esteve na lista de suplentes para a Copa do Mundo. Ele disputaria o Mundial caso algum atleta tivesse se machucado até a estreia na Rússia. Já o Fluminense publicou um vídeo emocionante, em que o elenco do clube comemora muito a convocação do atacante Pedro, artilheiro do Brasileirão, com dez gols.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/clubes-brasileiros-festejam-seus-convocados-para-selecao-de-tite-17082018

Milionária, Copa do Brasil define semifinalistas nesta quarta
Data: 15/08/2018

Na volta das quartas de final, torneio — que oferece premiação maior que a Libertadores — terá: Fla x Grêmio, Chape x Corinthians e Cruzeiro x Santos

A rodada desta quarta-feira (15) da Copa do Brasil definirá três semifinalistas do segundo campeonato do país em relevância — e que paga valores maiores em prêmios que a Copa Libertadores, objeto de desejo dos principais clubes do Brasil. Os jogos da volta das quartas de final desta noite serão os seguintes: Cruzeiro x Santos (Mineirão, às 19h30), Flamengo x Grêmio (Maracanã, às 21h45) e Chapecoense x Corinthians (Arena Condá, às 21h45). Na quinta, a rodada será completada com o duelo entre Palmeiras e Bahia (Pacaembu, às 19h15). A Copa do Brasil deverá render ao campeão cerca cerca de R$ 68,7 milhões em dinheiro, somadas as premiações pagas nas etapas anteriores. O valor é quase o dobro dos R$ 35 milhões oferecidos pela Conmebol ao vencedor da maior competição sul-americana. Campeão da edição passada, o Grêmio faturou R$ 25 milhões. Em relação ao Campeonato Brasileiro, a diferença é ainda mais acentuada: o Corinthians, campeão de 2017, recebeu da CBF, organizadora das duas competições (Copa do Brasil e Brasileirão) R$18 milhões pela conquista. A entidade decidiu valorizar o torneio que teve início em 1989. Dos oito clubes envolvidos nesta fase da Copa do Brasil, seis também disputam as etapas eliminatórias da Libertadores (Flamengo, Grêmio, Palmeiras, Cruzeiro, Santos e Corinthians). Apenas Chape e Bahia (que está nas oitavas de final da Copa Sul-Americana) estão fora. Chape x Corinthians Embalada pela vitória sobre o time corintiano no domingo passado pelo Campeonato Brasileiro, em Santa Catarina, a Chapecoense tentará reverter, novamente na Arena Condá, a desvantagem após a derrota por 1 a 0, em São Paulo, no duelo de ida entre os adversários na Copa do Brasil. O técnico Guto Ferreira está confiante, apesar de não poder contar com alguns dos reforços contratados recentemente por problemas com documentação — como o argentino Diego Torres, autor de um dos gols contra o Corinthians, e o paraguaio Edgardo Orzusa — ou por já terem atuado no torneio em outros clubes (como Leandro Pereira, que vestiu a camisa do Sport nas fases iniciais do torneio). "Temos que trabalhar muito e, se trabalhar bem, a gente pode conseguir. O que fica lá na frente é a história. Daqui a vários anos, o que vai ficar é o jogo que vencemos o Corinthians pela primeira vez no Brasileiro, com gol no último minuto, como a vitória sobre o River aqui, que a torcida encheu o estádio, que por detalhes não levamos aos pênaltis. Histórias lindas que são contadas em Chapecó. Por que não mais uma? Tudo pode acontecer", profetizou o treinador em entrevista coletiva. Guto deverá escalar o seguinte time para enfrentar o Corinthians: Jandrei; Eduardo, Rafael Thyere, Douglas e Bruno Pacheco; Márcio Araújo, Amaral, Bruno Silva e Yann Rolim; Canteros (Wellington Paulista) e Osman. No Corinthians, o atacante Clayson é a única dúvida do técnico Osmar Loss para o confronto com o time alviverde catarinense. O jogador — que se envolveu em mais uma polêmica ao jogar água em torcedores da Chape na Arena Condá — sentiu um desconforto muscular na coxa esquerda no treino desta terça. O time alvinegro deverá entrar em campo com esta formação: Cássio, Fagner, Pedro Henrique, Henrique e Danilo Avelar; Gabriel e Douglas; Pedrinho, Romero, Jadson e Clayson (Mateus Vital). Cruzeiro x Santos O time cruzeirense saiu na frente do Santos na luta por uma vaga na semifinal da Copa do Brasil. Na Vila Belmiro, a equipe celeste venceu por 1 a 0 e terá a vantagem do empate na partida desta quarta, em Belo Horizonte. O técnico Mano Menezes deverá ter força máxima para o confronto. Assim, o Cruzeiro poderá ter os seguintes jogadores para iniciar a partida: Fábio; Edílson, Léo, Dedé e Egídio; Lucas Silva, Henrique, Robinho e Thiago Neves; Arrascaeta e Barcos. No Santos, o técnico Cuca tentará reverter a má fase da equipe na temporada. O time ocupa a zona de rebaixamento do Brasileirão e terá pela frente um adversário que já o eliminou em outras duas edições da Copa do Brasil (2000 e 2014, ambas na fase semifinal). Provavelmente, os 11 titulares santistas escolhidos por Cuca para o confronto com o Cruzeiro serão: Vanderlei; Victor Ferraz, Lucas Veríssimo, Luiz Felipe e Dodô; Alison, Diego Pituca e Jean Mota; Rodrygo, Bruno Henrique e Gabigol. A diretoria do Santos anunciou, nesta terça, a ida do meio-campista argentino Emiliano Vecchio para o Al Ahli, dos Emirados Árabes Unidos. O zagueiro David Braz também deixou o clube após a chegada de Cuca. Flamengo x Grêmio O empate em 1 a 1 na partida de ida, na Arena Grêmio, em Porto Alegre, há duas semanas, deixou a luta pela vaga nas semifinais da Copa do Brasil em aberto. No Flamengo — abalado pela perda da liderança no Brasileirão e a derrota por 2 a 0 para o Cruzeiro, no Maracanã, pela Libertadores —, o técnico Maurício Barbieri reclamou do desgaste dos atletas devido ao excesso de jogos na temporada. "O calendário tem que se revisto, readequado, que não favorece os clubes, os torcedores. O calendário é feito de forma equivocada, vamos dizer assim", lamentou o treinador flamenguista em entrevista coletiva, nesta terça. Barbieri não definiu a equipe que entrará em campo, mas adiantou que o fator desgaste do elenco será levado em conta. É possível que a escolha do treinador para iniciar o jogo seja a seguinte: Diego Alves, Rodinei, Léo Duarte, Réver e Renê; Cuéllar, Lucas Paquetá, Diego, Everton Ribeiro e Vitinho; Henrique Dourado (Uribe). No Grêmio, o atacante Luan pregou atenção com o setor de meio-campo do time rubro-negro no embate. "O ponto forte do Flamengo sem dúvida é o meio de campo, tem jogadores de qualidade, o Paquetá, o Diego, o Éverton. Se a gente der bobeira, podem decidir uma partida a qualquer momento", frisou o jogador gremista em entrevista coletiva na chegada da delegação ao hotel, no Rio de Janeiro. O técnico Renato Gaúcho fez mistério sobre a escalação gremista, mas uma formação provável é a seguinte: Marcelo Grohe; Léo Moura, Geromel, Kannemann e Cortez; Maicon, Jaílson (Cícero), Ramiro, Luan e Everton; André.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/futebol/milionaria-copa-do-brasil-define-semifinalistas-nesta-quarta-15082018

Cruzeiro defende vantagem contra Santos em crise para ir à semifinal
Data: 15/08/2018

No Mineirão, equipe do técnico Cuca tem de vencer por dois gols para avançar para a semifinal da Copa do Brasil ou um para decidir nos pênaltis

Em momentos diferentes na temporada, Cruzeiro e Santos vão duelar pela segunda vez na Copa do Brasil, nesta quarta-feira, às 19h30, em disputa por vaga nas semifinais da competição. Na reestreia de Cuca pelo clube paulista e na primeira vez em que o VAR foi usado em competições da CBF, a equipe de Mano Menezes venceu por 1 a 0, fora de casa, e pode até empatar no Mineirão, em Belo Horizonte, para garantir a vaga. Uma derrota por um gol de diferença leva a decisão para a disputa de pênaltis. O Cruzeiro vive fase tranquila, conquistada graças ao triunfo sobre o Santos e à vitória por 2 a 0 sobre o Flamengo, na partida de ida das oitavas de final da Copa Libertadores, no Maracanã, no Rio de Janeiro, há uma semana. As classificações encaminhadas em torneios de mata-mata amenizaram a pressão sobre o técnico Mano Menezes, criticado por maus resultados no Brasileirão. Na competição nacional, o Cruzeiro está em oitavo lugar, com 25 pontos, 13 a menos do que o São Paulo, o líder do torneio. A equipe mineira não vence no Brasileirão há quatro partidas, das quais perdeu três e poupou jogadores titulares em todas. Na derrota por 1 a 0 para o Flamengo, no domingo, no Maracanã, só Léo e Henrique iniciaram o jogo, enquanto Robinho, Arrascaeta e Thiago Neves entraram no segundo tempo. Do time considerado titular, o único desfalque contra o Santos será Lucas Romero, lesionado. O argentino, volante de origem, costuma ser escalado por Mano Menezes na lateral direita. Desta forma, Edílson deve iniciar a partida, já que Ezequiel foi escolhido para enfrentar o Flamengo. Em contraste, o Santos não vence uma partida sequer desde antes da parada das competições de clubes para a disputa da Copa do Mundo, realizada entre 14 de junho e 15 de julho. Durante esse período, perdeu para o Monterrey e empatou com o Querétaro, em amistosos disputados no México. Em seguida, foram cinco empates e dois reveses em duelos pelo Brasileirão, e a derrota para o Cruzeiro na Copa do Brasil. O último insucesso dessa sequência foi contra o Atlético Mineiro, por 3 a 1, pela 18ª rodada do Brasileirão, resultado responsável pelo retorno do Santos à zona de rebaixamento. A equipe do técnico Cuca, contratado há duas semanas e à frente do time nas últimas quatro partidas, soma apenas 18 pontos na competição. A delegação que viajou a Belo Horizonte nem voltou da capital mineira depois do jogo de domingo e treinou no CT do América-MG na segunda e na terça-feira. As exceções foram o meia costa-riquenho Bryan Ruiz e o atacante paraguaio Derlis González, que voltaram a Santos porque não estão inscritos na Copa do Brasil, assim como o volante uruguaio Carlos Sánchez, que se recupera de dores musculares. A tendência é que a mesma equipe escalada no duelo contra o Atlético-MG seja repetida. FICHA TÉCNICA: CRUZEIRO x SANTOS HORÁRIO: 19h30 (horário de Brasília). LOCAL: Estádio Mineirão, em Belo Horizonte (MG) ÁRBITRO: Rodolpho Toski Marques (PR) CRUZEIRO: Fábio; Edílson, Léo, Dedé e Egídio; Lucas Silva, Henrique, Robinho, Thiago Neves e Arrascaeta; Barcos. Técnico: Mano Menezes SANTOS: Vanderlei; Victor Ferraz, Lucas Veríssimo, Luiz Felipe e Dodô; Alison, Diego Pituca e Jean Mota; Rodrygo, Gabriel e Bruno Henrique. Técnico: Cuca

Link Notícia: https://esportes.r7.com/cruzeiro-defende-vantagem-contra-santos-em-crise-para-ir-a-semifinal-15082018

Santos libera e Vecchio viaja para assinar com o Shabab Al Ahli
Data: 15/08/2018

Clubes chegaram a um denominador comum e devem fechar em 2 milhões de euros (R$ 8,7 mi) com opção de compra

O Santos acertou a negociação com o Shabab Al Ahli, do Emirados Árabes e Vecchio viajou na noite desta terça-feira (14) para fazer exames e assinar o contrato de empréstimo por uma temporada. A informação foi inicialmente publicada pela Gazeta Esportiva. Os clubes chegaram a um denominador comum e devem fechar em 2 milhões de euros (R$ 8,7 mi) com opção de compra. O contrato do argentino foi renovado até 2020. O salário será pago pelos árabes. Essa condição deu força para concretizar o negócio. O Al Jazira também havia sinalizado interesse pelo meia. Vecchio teve sequência como titular com o técnico Jair Ventura, mas perdeu espaço após a chegada de Cuca. O argentino tem 17 jogos na temporada e apenas um gol marcado.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/lance/futebol/santos-libera-e-vecchio-viaja-para-assinar-com-o-shabab-al-ahli-15082018

Palmeiras vence Cerro Porteño com dois gols de Borja na Libertadores
Data: 10/08/2018

Time alviverde ganhou por 2 a 0, em Assunção, com dois gols do atacante colombiano. Triunfo deixa Palmeiras perto da vaga nas quartas do torneio

O atacante Borja foi o grande nome do Palmeiras na grande vitória por 2 a 0 sobre o Cerro Porteño, nesta quinta-feira (9), no estádio General Pablo Dias, conhecido como La Nuova Olla, em Assunção, na primeira partida entre os times pelas oitavas de final da Copa Libetadores. O colombiano fez os dois gols da equipe e garantiu um resultado que praticamente encaminha a vaga do time alviverde para a próxima etapa da principal competição continental. O jogo da volta entre Palmeiras e Cerro Porteño será realizado no dia 30 de agosto, às 21h45, no Allianz Parque, em São Paulo. A equipe palmeirense pode até perder por um gol de diferença e mesmo assim estará classificada. O jogo A partida mal começou e o árbiro argentino Fernando Rapallini já mostrou o primeiro cartão amarelo. Com apenas 1 minuto, o meia palmeirense Moisés foi advertido depois de uma dividida com o paraguaio Cáceres. O Cerro Porteño tentou pressionar a equipe brasileira nos primeiros minutos, mas sem levar perigo para o gol de Weverton, novo titular na gestão Luiz Felipe Scolari. Já o Palmeiras procurava suportar o ímpeto inicial dos donos da casa e encaixar um contra-ataque com Borja à frente. A primeira jogada trabalhada pelo time alviverde no ataque ocorreu somente aos 10 minutos, quando a equipe trocou passes no meio de campo e Dudu lançou na área. Porém, a bola foi direto para as mãos do goleiro Antony Silva. Aos 13 minutos, Dudu dominou no meio e passou para Moisés. O meia ainda tinha espaço para avançar, mas preferiu arriscar de longe e chutou muito mal. O Palmeiras teve uma boa descida ofensiva aos 20 minutos, quando Dudu partiu em velocidade pela esquerda.O atacante cruzou, mas a zaga do time paraguaio conseguiu interceptar e cedeu o escanteio para os brasileiros. Na cobrança, a defesa afastou o perigo de vez. A primeira jogada de perigo do Cerro aconteceu aos 28 minutos. Rodrigo Rojas aproveitou um cruzamento da direita, matou no peito e bateu forte para o gol. Para a sorte do time alviverde, a bola subiu demais. Aos 30, foi a vez do Palmeiras conseguir o primeiro arremate em direção ao gol adversário. Dudu pegou o rebote de uma dividida na entrada da área e chutou de primeira. mas, o goleiro Antony da Silva agarrou com segurança. O jogo foi muito truncado primeira etapa, fraco tecnicamente e sem lances emocionantes. Segundo tempo Na volta do intervalo, o Palmeiras abriu o placar em uma cobrança de falta da esquerda logo no primeiro minuto. A bola foi alçada por Dudu, a zaga paraguaia desviou e o centroavante Borja completou para o gol: 1 a 0. Aos 4 minutos, o Cerro teve uma falta na intermediária, mas a bola parou nas mãos do goleiro Weverton, que não teve dificuldades para defender. O Cerro Porteño sentiu o gol. A equipe paraguaia passou a tentar cavar algumas faltas e também ficou mais violenta nos minutos seguintes ao gol palmeirense. Aos 8, Palau recebeu cartão amarelo por uma entrada dura em Dudu. Logo depois, Os jogadores do Cerro pediram pênalti em um suposto toque de mão do palmeirense Mayke dentro da área, mas o árbitro estava muito próximo do lance e mandou a jogada prosseguir. O duelo voltou a ficar muito truncado, cheio de disputas entre as duas intermediárias. A equipe da casa não conseguia pressionar o Palmeiras. Já o time brasileiro tratava de "cozinhar" o adversário para administrar a vantagem. Mas o Palmeiras chegou ao segundo gol, aos 25 minutos, em uma arrancada que começou com Diogo Barbosa. O lateral entrou na área, bateu forte, o goleiro defendeu, mas Moisés ficou com o rebote e deu um grande passe para Borja. O centroavante tocou na saída de Antony da Silva. O Cerro levou perigo em uma bola lançada na área do Palmeiras, aos 30 minutos. Óscar Ruiz chutou forte de perna esquerda, mas a bola subiu muito. Aos 35, a bola foi jogada novamente na área palmeirense. Edu Dracena falhou, o lance sobrou para Benítez, que tentou o chute. Mas o zagueiro Antônio Carlos chegou rasgando e afastou o perigo. O time paraguaio ainda tentou sufocar o Palmeiras para chegar ao primeiro gol e, quem sabe, buscar o empate. No entanto, a equipe alviverde administrou bem o jogo até o apito final. Ficha técnica CERRO PORTEÑO 0 x 2 PALMEIRAS 9/8 – Estádio General Pablo Dias (Assunção) Árbitro: Fernando Rapallini (Argentina); Gols: Borja, a 1 minuto e aos 25 do 2º tempo; Cartões Amarelos: Moisés, Dudu (Palmeiras); Rodrigo Rojas, Palau, Churín (Cerro Porteño). CERRO PORTEÑO: Antony Silva, Raúl Cáceres, M. Cáceres (Arzamendia, aos 39 do 2º), Juan Escobar e Marcos Acosta; Marcelo Palau, Rodrigo Rojas (Valdez, aos 29 do 2º), Hernán Novick, Jorge Rojas (Jorge Benítez, aos 9 do 2º), Óscar Ruiz; Diego Churín. Técnico: Luis Zubeldía. PALMEIRAS: Weverton; Mayke, Antônio Carlos, Edu Dracena e Diogo Barbosa; Felipe Melo, Bruno Henrique e Moisés (Thiago Santos, aos 40 do 2º); Hyoran (Jean, aos 31 do 2º), Borja (Deyverson, aos 38 do 2º) e Dudu. Técnico: Luiz Felipe Scolari.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/futebol/palmeiras-vence-cerro-porteno-com-dois-gols-de-borja-na-libertadores-09082018

Everton Felipe diz que queria jogar no São Paulo desde os 13 anos
Data: 10/08/2018

Meia conta que foi sondado pelo clube no início da carreira e que sempre teve vontade de vestir camisa tricolor. Dirigente dá detalhes da negociação

Everton Felipe recebeu a camisa 18 do São Paulo das mãos de Raí no início da tarde desta quinta-feira. Assim como havia feito na quarta-feira, em entrevista à TV oficial do clube, o jovem de 21 anos disse que o ídolo e diretor de futebol do Tricolor teve participação importante na sua decisão de deixar o Sport para jogar no atual líder do Brasileirão. Mas o desejo de usar essa camisa, segundo ele, vem desde a infância. - A sondagem do São Paulo vem desde os meus 13 anos, tinha muita vontade de jogar aqui, sempre tive aquela vontade dentro de mim. Quando o Raí ligou para falar com meu empresário, foi uma felicidade muito grande. A partir desse momento, queria o São Paulo. Tive propostas melhores para o clube e para mim, mas preferi o São Paulo - disse ele, que também estava na mira do Flamengo. - Ele citou a importância da minha ligação para ele. Mas não sei se ele sabe que essa ligação foi importante para a gente também. Na voz a gente sente a vontade de vir. A personalidade dele nos deu ainda mais segurança. Quando sentimos a postura dele, a maneira como se colocava, com 21 anos, ficamos ainda mais seguros em tê-lo no nosso projeto. Quando a gente liga e fala alguma coisa, a gente fala de um projeto. O Bruno Peres citou isso aqui também - agradeceu Raí. Número 18 O número 18 escolhido por Everton Feliz faz referência a 2018, o ano de sua chegada no São Paulo. Segundo o clube, ele fez essa opção já pensando em uma passagem longa. Alexandre Pássaro, gerente executivo do clube e um dos principais responsáveis pela negociação, explicou como o contrato de empréstimo até o fim de 2019 pode se transformar em vínculo definitivo até o fim de 2022. - A negociação do Everton tem um modelo diferente. É um empréstimo até o fim de 2019, mas com uma obrigação de compra baseada em algumas performances esportivas que a gente imagina que devem se concluir ao longo deste ano. É uma negociação extensa, com concorrência, mas durante toda a negociação a gente sempre esteve muito confiante devido ao desejo do Everton de vestir a camisa do São Paulo, que foi externado para a gente desde o primeiro dia - explicou o dirigente. Além de pagar R$ 3 milhões ao Sport agora e de pré-acordar o pagamento de mais R$ 3 milhões em janeiro, quando a obrigação de compra deve ser executada, o São Paulo repassou o empréstimo de Morato ao clube pernambucano até o fim do ano, mas mantendo a opção de comprá-lo e tê-lo de volta a partir de 2019. - Vimos na questão do Morato uma oportunidade também para o São Paulo. O Morato não é um jogador do São Paulo, ainda é vinculado ao Ituano. Fizemos um acordo em que a gente reempresta o Morato para o Sport e continuamos com opção de compra do Morato - concluiu Alexandre Pássaro. - Quando a pessoa sabe que o Raí está fazendo uma ligação para você as coisas mudam. Quando eu fiquei sabendo que ele ligou para o meu empresário, disse que eu queria ir para o São Paulo. Primeiro porque a ligação dele é muito importante para mim. Também porque o São Paulo já tinha tentado me contratar quando eu era pequeno, com o Jardine. E também tem o Diego Souza. Ele falou muitas vezes comigo, falou do elenco. Ontem eu vi que é um elenco muito bom. Eu estava um pouco tímido, mas eles me receberam muito bem - concluiu Everton Felipe. Everton Felipe tem chance de estrear contra o próprio Sport, às 16h de domingo, na Ilha do Retiro. Para isso, precisa estar no BID até sexta-feira. São Paulo e Sport estão trocando documentos para que tanto ele quanto Morato estejam disponíveis para o fim de semana, mas ainda não há certeza quanto a isso.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/lance/futebol/everton-felipe-diz-que-queria-jogar-no-sao-paulo-desde-os-13-anos-09082018

Vasco vence, luta até o fim, mas cai para a LDU na Sul-Americana
Data: 10/08/2018

Time carioca vence por 1 a 0, mas por ter perdido o jogo de ida por 3 a 1, acabou eliminado. Torcedores pediram a demissão do técnico Jorginho

Mais de 18 mil torcedores foram até São Januário na noite desta quinta-feira (9) para incentivar o Vasco na busca da classificação para a próxima fase da Conmebol Sul-Americana. A missão era complicada, o time acabou vencendo a LDU, do Equador, por 1 a 0, mas o resultado não foi o suficiente, acabando por eliminar o Cruz-Maltino da competição logo na segunda fase. A luta até os 50 minutos do segundo tempo não foi do tamanho necessário. Sobrou para o técnico Jorginho, que viu no fim a torcida pedindo a sua saída do clube. CONTRA O TEMPO Por ter perdido o jogo de ida no Equador por 3 a 1, o Vasco, para avançar no tempo normal na Sul-Americana precisava vencer por 2 a 0 ou três gols de diferença. Por conta disto, correu contra o tempo desde o apito inicial, buscando a bola nas tentativas pelos gols. TRAVE SALVA! Apesar de tentar exaustivamente, o Vasco não conseguia acertar a finalização. A LDU, por sua vez, trabalhava nos erros cruz-maltinos para ampliar a vantagem no placar agregado. Aos 27 minutos do primeiro tempo, Anderson Julio carimbou a trave direita após lançamento de Anangonó. Por pouco o gol não sai. VASCAÍNOS EMPURRAM Com os minutos passando, a dificuldade aumentava e os vascaínos nas arquibancadas empurravam cada vez mais os jogadores em campo. A animação contagiou pouco antes do intervalo, quando Gabbarini fez grande defesa em chute de Giovanni Augusto. No rebote, Andrés Rios desperdiçou e mandou para fora. PARA DAR ESPERANÇA A primeira parte do segundo tempo foi marcada por uma recuada tanto do Vasco quanto da LDU – a impressão que deu foi que as conversas nos vestiários durante o intervalo não foi tão enérgica quanto se necessitava. Na parte final do jogo, aos 41 minutos, Thiago Galhardo abriu o placar para dar uma esperança nos minutos finais. Vasco 1 a 0. NÃO FOI DESSA VEZ Nos nove minutos restantes após abrir o placar (o árbitro deu cinco de acréscimo), o Vasco foi para o tudo ou nada. Mas em campo os jogadores, já jogando mais na raça do que na técnica, não conseguiram evitar a queda do Vasco na competição. Até o fim do ano, o Cruz-Maltino focará as atenções apenas no Brasileiro na busca de dias melhores no clube. FICHA TÉCNICA VASCO 1 X 0 LDU (EQU) Estádio: São Januário, no Rio de Janeiro (RJ) Data/hora: 9/8/2018 - 19h30 (de Brasília) Árbitro: Mario Diaz de Vivar (PAR) Auxiliares: Juan Zorrilla (PAR) e Roberto Cañete (PAR) Renda/público: R$ 452.675,00/18.517 pagantes Cartões amarelos: Breno, Luiz Gustavo, Yago Pikachu (VAS) e Gabbarini, Guerrero, Intriago, Orejuela (LDU) GOL: Thiago Galhardo 41'/2ºT (1-0) VASCO: Martin Silva, Luiz Gustavo, Breno (Ricardo Graça intervalo), Henríquez (Raul 30'/1ºT) e Ramon; Leandro Desábato (Caio Monteiro 24'/2ºT) e Andrey; Yago Pikachu, Giovanni Augusto e Thiago Galhardo; Andrés Rios. Técnico: Jorginho. LDU: Gabbarini, Quintero, Guerra, Salaberry e Chalá; Orejuela e Vega; Anderson Julio, Johan Julio (Intriago 6'/2ºT) e Guerrero (Rodríguez 34'/2ºT); Anangonó (Pellerano 45'/2ºT). Técnico: Pablo Repetto.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/futebol/vasco-vence-luta-ate-o-fim-mas-cai-para-a-ldu-na-sul-americana-09082018

Guerrero não é relacionado contra o Cruzeiro e saída fica iminente
Data: 08/08/2018

Peruano encerra seu contrato com o Flamengo na próxima sexta-feira (10); Diretoria ainda busca renovação, mas pedida do jogador segue alta

O casamento entre Flamengo e o atacante Paolo Guerrero parece estar chegando ao fim. Para a partida de logo mais, contra o Cruzeiro, pelas oitavas de final da Libertadores da América, o Rubro-Negro não inscreveu o atleta, o que aumentam os rumores de saída definitiva do atacante. Flamengo e Cruzeiro se enfrentam pelas oitavas da Libertadores Em tese, o último jogo que o peruano pode disputar pela equipe carioca seria este com o Cruzeiro, visto que o vínculo do centroavante com o Flamengo vai só até a próxima sexta-feira (10). No entanto, em entrevistas, Ricardo Lomba, vice de futebol, e Eduardo Bandeira de Mello, presidente do Fla, a equipe ainda conversa com o jogador sobre uma possível renovação. Contundo, a insistência da diretoria do Flamengo em tentar a renovação com o atleta é improvável. Guerrero pediu a renovação por três temporadas e manutenção do salário, enquanto o clube da Gávea trabalha com valores menores e um vínculo de menor duração. Na última semana, Guerrero realizou exames de imagem que constataram uma lesão na coxa esquerda. Se tivesse entrado em campo na partida contra o Grêmio, no último sábado, chegaria a sete jogos pelo Flamengo no Campeonato, não podendo defender outra equipe da Série A em 2018. Na última terça-feira, o jogador não participou da atividade no Ninho do Urubu.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/lance/futebol/guerrero-nao-e-relacionado-contra-o-cruzeiro-e-saida-fica-iminente-08082018

De volta à Libertadores, Borja será a aposta de Felipão no Palmeiras
Data: 08/08/2018

Presença do colombiano, que jogou a Copa do Mundo, no Palmeiras aumenta confiança do treinador gaúcho em repetir feitos com Jardel e Oséas

O torcedor do Palmeiras terá outro retorno aguardado nesta quinta-feira (9) além de apenas ver em campo o time pela Copa Libertadores. Depois de quase três meses, o atacante Miguel Borja voltará a jogar pela equipe na competição e ser titular contra o Cerro Porteño, no Paraguai. A expectativa é de vê-lo mesclar o bom rendimento do primeiro semestre com a experiência de ter disputado uma Copa do Mundo. O técnico Luiz Felipe Scolari vai apostar em Borja como centroavante. O treinador sempre gostou de ter nos seus times jogadores com presença de área, característica importante nos dois títulos da Libertadores que conquistou na carreira. Com o Grêmio, em 1995, tinha Jardel. No Palmeiras de 1999, apostava em Oséas. A presença dele no mata-mata da Libertadores representa uma grande força para o Palmeiras. Com Willian machucado e Deyverson em má fase, o colombiano carrega a expectativa de comandar o ataque da equipe e manter o ótimo retrospecto do torneio neste ano, com seis gols em seis jogos. O camisa 9 viveu um começo de ano muito positivo no Palmeiras, com 15 gols em 24 jogos. A participação na Rússia, somada a uma cirurgia no joelho direito, afastaram o atacante dos compromissos e fizeram o time sentir falta dele. Desde a volta do calendário, com o fim da Copa do Mundo, foram seis partidas e nenhum gol marcado por atacantes. O Palmeiras cuidou do tratamento do joelho de Borja para o retorno não ser precipitado. O atacante recuperou a forma física nos treinos e viajou para Belo Horizonte, onde foi titular contra o América-MG, no último domingo, apenas para ganhar ritmo. Foram 67 minutos em campo no Independência. Borja sempre creditou o bom momento vivido em 2018 à participação do ex-técnico Roger Machado. O colombiano conta que o treinador buscou lhe dar mais atenção, transmitir mais confiança, fazer orientações individualizadas e tirar a pressão para que correspondesse. Agora com Felipão, o atacante quer ter o mesmo prestígio. Os dois conversaram bastante durante o voo para Belo Horizonte, na sexta-feira. O técnico viajava para estrear no cargo. Já o atacante voltava a se juntar à equipe palmeirense. No treino desta terça-feira Borja mostrou estar motivado para a disputa das oitavas de final. Foi um dos primeiros a entrar no gramado e demonstrou bom humor nas brincadeiras durante o aquecimento.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/futebol/de-volta-a-libertadores-borja-sera-a-aposta-de-felipao-no-palmeiras-08082018

Bahia encara a pressão do Cerro para continuar na Sul-Americana
Data: 08/08/2018

Tricolor venceu o duelo de ida contra os uruguaios por 2 a 0 e agora precisa de um simples empate para continuar vivo no torneio continental

A noite de quarta-feira (8) promete muita emoção no Uruguai. Após perder o duelo de ida por 2 a 0, o Cerro terá a dura missão de golear o Bahia e avançar na Copa Sul-Americana. Enquanto isso, o Esquadrão de Aço precisa suportar a pressão do rival para manter vivo o sonho de chegar longe no torneio continental. Na semana passada, o Cerro chegou a Salvador ostentando uma grande invencibilidade. Porém, diante da pressão Tricolor no segundo tempo, a equipe não segurou a pressão e foi derrotado. Agora, a ideia é que dentro de casa, a torcida empurre o Cerro e leve o time em direção da classificação. Sem nenhum desfalque, o técnico Fernando Correa vai manter a mesma equipe. No lado baiano o clima é de muita expectativa. Sem descanso por conta da maratona de jogos, Enderson Moreira vai com força máxima e promete uma equipe inteligente dentro de campo. Quem endossa o discurso do comandante é o capitão Tiago, que não quer o Esquadrão de Aço caindo na catimba uruguaia e perdendo a cabeça. Cerro e Bahia se enfrentam nesta quarta-feira, a partir das 21h45 (Horário de Brasília). Prováveis Escalações: Cerro: Jonathan Irrazabal; Christian Núñez, Juan Izquierdo, Torres e Leandro Zazpe; Leandro Paiva, Lucas Tamareo, Aníbal Hernández e Felipe Klein; Franco López e Nicolás González. Técnico: Fernando Correa. Bahia: Anderson; Leo, Tiago, Lucas Fonseca e Nilton; Gregore, Elton, Vinicius, Zé Rafael e Edigar Junio; Junior Brumado. Técnico: Enderson Moreira.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/lance/futebol/bahia-encara-a-pressao-do-cerro-para-continuar-na-sul-americana-08082018

Palmeiras perde pênalti e empata com Bahia na Copa do Brasil
Data: 03/08/2018

Time alviverde apenas empatou em 0 a 0, nesta quinta (2), em Salvador. Em lance que originou pênalti perdido, árbitro consultou VAR para retirar cartão

Bahia e Palmeiras empataram em 0 a 0, nesta quinta-feira (2), na Arena Fonte Nova, em Salvador, pela primeira partida entre as equipes pelas quartas de final da Copa do Brasil. O jogo foi marcado pelo nervosismo, especialmente no segundo tempo. O time alviverde perdeu uma cobrança de pênalti, feita por Bruno Henrique, no lance que teve a primeira decisão revista com o uso do VAR no Brasil. O jogo da volta entre as duas equipes está marcado para o dia 16 de agosto, às 19h15, no Allianz Parque, em São Paulo. Antes, o Palmeiras tem compromissos pelo Brasileirão e Copa Libertadores. No próximo domingo, o time alviverde joga contra o América-MG, em Belo Horizonte, pelo Nacional. Na quinta da semana que vem, a equipe brasileira enfrenta o Cerro Porteño, no Paraguai, pelas oitavas de final da Libertadores. Já o Bahia enfrenta o Fluminense, também no domingo, pela 17ª rodada do Brasileirão, no Maracanã. Depois, na quarta-feira que vem, os baianos jogam contra o Cerro, no Uruguai, no duelo da volta pela segunda fase da Copa Sul-Americana. Em Salvador, o Bahia venceu por 2 a 0. O jogo O Palmeiras, que tinha o auxiliar Paulo Turra comandando a equipe no banco de reservas — Felipão deve estrear na partida contra o América Mineiro, no domingo que vem —, quase abriu o placar no primeiro minuto. Moisés iria passar para Deyverson, que estava impedido, mas a bola bateu na zaga e sobrou para Dudu. O atacante palmeirense corria livre pela esquerda, chutou forte e rasteiro, mas o goleiro Anderson defendeu. O time alviverde seguiu pressionando o Bahia em seu campo nos primeiros minutos da partida. Aos 6, Moisés lançou na área pela esquerda e Deyverson dividiu com o goleiro do time baiano, que conseguiu afastar o perigo. Menos de um minuto depois, Dudu desceu em velocidade pela esquerda e bateu firme para o gol, mas Anderdon fez boa defesa. O Bahia só conseguiu uma jogada de ataque quase aos 8 minutos, quando Edigar Junio chegou à linha de fundo e cruzou, mas foi bloqueado pela zaga palmeirense. Aos 14 minutos, Deyverson, muito questionado por grande parte da torcida, mas prestigiado pela nova gestão de Luiz Felipe Scolari, quase marcou um golaço. Livre de marcação na área, o atacante deu uma bicicleta ao receber um cruzamento de Dudu. A bola passou muito perto da trave direita de Anderson. No lance seguinte, o Bahia levou perigo com uma bola alçada na área do Palmeiras. O goleiro Wewerton teve que sair de soco para afastar o perigo. Aos 18 minutos, Zé Rafael sofreu falta praticamente no bico direito da área adversária. Ele mesmo bateu e a bola passou raspando a trave superior de Wewerton. O Palmeiras quase marcou aos 20 minutos, depois de uma confusão na área do Bahia, Felipe Melo e Antônio Carlos, que estavam na área para aproveitar a cobrança de um escanteio, tentaram aproveitar o rebote do goleiro. Mas Anderson conseguiu tirar a bola dos palmeirenses. Aos 25 minutos, o lateral-direito Marcos Rocha chegou até a linha de fundo e cruzou para Deyverson. O atacante chutou prensado e a bola saiu em escanteio para a equipe paulista. O Bahia perdeu a melhor oportunidade de inaugurar o marcador na partida até ali aos 28 minutos. Moisés perdeu a bola no ataque, Zé Rafael dominou e disparou em altíssima velocidade. O meia passou para Gilberto, que estava completamente livre e acompanhava a jogada, mas o atacante chutou torto e perdeu o gol. A equipe da casa conseguiu ganhar as ações no meio de campo, mas procurava as bolas aéreas para tentar vencer a zaga do Palmeiras, enquanto o time paulista usava a velocidade para surpreender os adversários. Nos últimos 10 minutos do primeiro tempo, o Bahia envolveu o Palmeiras e criou alguns bons lances. Aos 43, o meio-campista Vinícius bateu falta, mas Wewerton fez boa defesa. O zagueiro Edu Dracena ainda usou a cabeça para salvar o time alviverde de sofrer o gol aos 46 minutos. Segundo tempo Na volta do intervalo, o Bahia levou perigo logo aos 50 segundos de jogo. Mena cruzou da esquerda e Gilberto cabeceou sozinho, mas errou o alvo. Aos 5 minutos, Edigard Junio recebeu na entrada da área, levou o lance para o lado direito, girou e chutou forte. A bola passou perto da trave superior de Wewerton, que apenas acompanhou o lance. Dois minutos depois, o atacante palmeirense Willian sentiu uma contusão muscular — ocorrida em um lance já no segundo tempo — e pediu para ser substituído. O jovem Arthur entrou no time paulista. Aos 9 minutos, o zagueiro Gregore quase fez um gol contra. Depois de batida de falta da intermediária, feita por Diogo Barbosa, a bola viajou até a segunda trave. O jogador do Bahia, na intenção de desviar para escanteio, cabeceou para o gol e obrigou Anderson a se esticar para evitar o prejuízo. Pouco depois, o Bahia desceu em um contra-ataque muito rápido, puxado por Edigar Junio. O atacante passou para Vinícius, que foi derrubado por Felipe Melo a um passo da grande área. Os jogadores do time tricolor baiano pediram pênalti, mas o árbitro Anderson Daronco estava muito seguro da marcação. Na cobrança, Gilberto chutou forte, mas a bola explodiu na barreira. Aos 15 minutos, a defesa palmeirense fez uma lambança que quase resultou no primeiro gol do Bahia. O atacante baiano Edigar Junio chutou cruzado da direita, Wewerton foi mal no lance e deu rebote. Porém, Antônio Carlos se atrapalhou e, ao invés de deixar o goleiro recuperar a bola, tentou tirar da área e por pouco não entregou para o adversário. Na sequência da jogada, Elton dominou do lado esquerdo do ataque e bateu com muito perigo. Wewerton fez grande defesa, mas deu novo rebote. Desta vez, a defesa do Palmeiras bloqueou bem e afastou o perigo. O Palmeiras tentava surpreender no contra-ataque e, aos 24 minutos, Arthur foi derrubado dentro da área por Gregore, que foi expulso de campo. A jogada começou com Dudu, que encontou Arthur entrando livre na área e tocou. O meia palmeirense foi empurrado pelo atleta do Bahia. No entanto, Daronco ouviu a equipe do VAR da CBF e, após mais de três minutos, retirou o cartão vermelho de Gregore e aplicou o amarelo. Do início da jogada até a cobrança do pênalti se passaram mais de cinco minutos. O volante Bruno Henrique — que marcou quatro gols nas últimas três partidas — soltou uma bomba, mas a bola explodiu na trave superior do goleiro Anderson. Aos 44 minutos, o atacante Deyverson deu uma cotovelada no chileno Mena em uma jogada na lateral do gramado. O atleta do Bahia sofreu um corte no supercílio e o palmeirense foi expulso pelo árbitro Anderson Daronco. O jogo ficou mais nervoso e tumultuado nos minutos seguintes. Devido às paradas para a consulta ao VAR e a expulsão de Deyverson, Daronco deu 9 minutos de acréscimos no segundo tempo. Porém, as equipes não conseguiam mais criar jogadas ofensivas. No fim, o empate sem gols prevaleceu em uma partida muito disputada e deixou a decisão da vaga às semifinais da Copa do Brasil para São Paulo. Ficha Técnica BAHIA 0 x 0 PALMEIRAS 2/8 – Arena Fonte Nova (Salvador) Árbitro: Anderson Daronco (Fifa); Público: 27.296 pessoas (27.014 pagantes); Cartões Amarelos: Diogo Barbosa, Felipe Melo (Palmeiras); Zé Rafael, Bruno, Tiago, Gregore (Bahia); Cartão Vermelho: Deyverson (Palmeiras). PALMEIRAS: Wewerton; Marcos Rocha, Antônio Carlos, Edu Dracena e Diogo Barboza; Felipe Melo, Bruno Henrique e Moisés (Gustavo Scarpa, aos 18 do 2º); Willian (Arthur, aos 7 do 2º), Deyverson e Dudu (Thiago Santos, aos 37 do 2º). Técnico: Paulo Turra. BAHIA: Anderson; Bruno, Tiago, Lucas Fonseca e Mena; Gregore, Elton, Vinícius, Edigar Junio (Marco Antônio, aos 35 do 2º) e Zé Rafael (Élber, aos 49 do 2º); Gilberto. Técnico: Enderson Moreira.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/futebol/palmeiras-perde-penalti-e-empata-com-bahia-na-copa-do-brasil-02082018

Árbitro expulsa jogador no Bahia x Palmeiras, mas volta atrás com VAR
Data: 03/08/2018

Anderson Daronco inicialmente havia expulsado Gregore. Depois de quase cinco minutos de revisão com auxílio da tecnologia, aplicou cartão amarelo

O VAR entrou em campo nesta quinta-feira (2) em um campeonato nacional. Os torcedores na Arena Fonte Nova puderam ver o assistente de árbitro de vídeo no lance do pênalti do Palmeiras, contra o Bahia, pelas quartas de final da Copa do Brasil. A partida terminou com o placar zerado. Aos 24 minutos do segundo tempo, Gregore derrubou Arthur na grande área. O árbitro Anderson Daronco apitou o pênalti e inicialmente expulsou o jogador do Bahia. Depois de quase cinco minutos de revisão na tela à beira do campo, Daronco retirou o cartão vermelho e aplicou o amarelo. Na cobrança, Bruno Henrique acertou o travessão. A tecnologia foi adotada para esta fase da Copa do Brasil e foi largamente utlizada nas partidas da última quarta-feira entre Corinthians x Chapecoense, Grêmio x Botafogo e Santos x Cruzeiro. Essa, no entanto, foi a primeira vez que a partida foi paralisada para tanto. O modelo de auxílio ao árbitro pela tecnologia no Brasil é similar ao utilizado na última Copa do Mundo. O funcionamento obedece os mesmos critérios de confirmação do gol, validação de pênalti, situações de cartão vermelho e identificação de jogadores. A principal diferença está no local em que os profissionais de arbitragem atuam. Na Copa do Brasil, os assistentes estão no estádio, enquanto na Copa do Mundo ficavam em uma mesma sala em Moscou. Segundo as contas da CBF (Confederação Brasileira de Futebol), a utilização da tecnologia custa cerca de R$ 50 mil para a entidade. São de 14 a 16 câmeras espalhadas por cada estádio, com uma opção mais barata para a precisão do impedimento dos jogadores. O VAR também está previsto para o Campeonato Brasileiro mas, de acordo com Sérgio Corrêa, coordenador do VAR no país, não será para esta edição.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/futebol/arbitro-expulsa-jogador-no-bahia-x-palmeiras-mas-volta-atras-com-var-02082018

São Paulo desperdiça chances e perde para Colón na Sul-Americana
Data: 03/08/2018

Tricolor criou inúmeras oportunidades apesar da retranca do time argentino, que marcou com desvio de Hudson. Jogo de acontece na quinta-feira (16)

Na briga pela liderança do Campeonato Brasileiro, o São Paulo se dividiu na noite desta quinta-feira (2) com a Copa Sul-Americana. O Tricolor até que mostrou bom futebol, mas foi castigado pela retranca do Colón e perdeu por 1 a 0, pela segunda fase da competição continental. A partida de volta acontece daqui duas quintas-feiras, em Santa Fé, na Argentina. O próximo compromisso do Tricolor, no entanto, será contra o Vasco, no domingo, no Morumbi, pela 17ª rodada do Brasileirão. As duas equipes venceram o primeiro tempo de 16ºC no gelado Morumbi na base da correria. Os primeiros 45 minutos foram alucinantes, principalmente, para os donos da casa. As principais chances de gol apareceram nos pés de Rojas e Bruno Peres. Do outro lado, os argentinos se posicionavam em retranca e saíram em contra-ataque. Alan Ruiz e Fritzler chegaram a assustar o goleiro Jean, que substituiu Sidão para a competição continental. O castigo para quem não conseguiu o gol saiu aos 34 minutos do segundo tempo. Em uma bola que parecia despretensiosa, Fritzler contou com desvio em Hudson para vencer o goleiro Jean. Os argentinos fizeram a festa fora de casa e logo passaram a irritar os são-paulinos. Já sem a tranquilidade necessária para alcançar o empate, Diego Souza entrou em confusão e chegou a chutar um adversário no meio-campo. O jovem Brenner foi expulso nos minutos finais após um empurrão em Emmanuel Oliveira. SÃO PAULO 0 X 1 COLÓN-ARG Local: Morumbi, São Paulo (SP) Data-Hora: 2/8/2018 - 19h30 ??Árbitro: Leodan González (URU) Assistentes: Miguel Nevas e Carlos Barreiro (ambos do URU) Público/renda: 35.666 pessoas/R$ 828.553,00 Cartões amarelos: Hudson, Ortiz, Diego Souza e Javier Correa Cartões vermelhos: Brenner Gols: Fritzler, aos 34'2ºT (0-1) SÃO PAULO: Jean; Bruno Peres (Shaylon, aos 17'2ºT), Bruno Alves, Anderson Martins e Reinaldo (Carneiro, aos 23'2ºT); Hudson, Militão e Nenê; Rojas (Brenner, aos 42'2ºT)), Everton e Diego Souza. Técnico: Diego Aguirre. COLÓN-ARG: Burián; Gustavo Toledo, Godoy, Guillermo Ortiz e Emanuel Oliveira; Bernardi, Fritzler, Escobar, Heredia (Sandoval, 47'2ºT) e Estigarribia; Alan Ruiz (Bernardi, aos 26'2ºT) e Javier Correa (Bastía, aos 40'2ºT). Técnico: Eduardo Dominguez.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/futebol/sao-paulo-desperdica-chances-e-perde-para-colon-na-sul-americana-02082018

Mês de agosto será decisivo para clubes brasileiros em 4 competições
Data: 01/08/2018

Dos 20 clubes da Série A, 13 estarão envolvidos em mais um ou dois torneios de mata-mata nesse mês de agosto. Confira o calendário de cada um

Passada a pausa para a Copa do Mundo de 2018, os 20 clubes da Série A já disputaram quatro rodadas em apenas duas semanas no mês de julho. Agora, terão pela frente um mês de agosto com mais quatro rodadas no Brasileirão e para 13 desses clubes, mais jogos pela Copa Libertadores, Copa do Brasil e Copa Sul-Americana. Na Copa Libertadores, seis times brasileiros estão nas oitavas de final (Flamengo, Cruzeiro, Grêmio, Corinthians, Palmeiras e Santos). Na Copa Sul-Americana, que está na Segunda Fase, estão mais seis clubes da primeira divisão do Brasileirão (São Paulo, Vasco, Fluminense, Bahia, Atlético-PR e Botafogo). Veja a tabela do Brasileirão da Série A no R7 Os seis times que disputam a Libertadores estão também na quartas de final da Copa do Brasil. Dos times da Sul-Americana, o Bahia é o único que segue brigando pelo título da Copa do Brasil. Entre os 12 grandes do futebol brasileiro, apenas Internacional e Atlético-MG estão apenas na disputa do Brasileirão. Já Chapecoense e Atlético-PR, além do Brasileirão, jogam ainda em agosto pela Copa do Brasil e Copa Sul-Americana respectivamente. Confira o calendário de cada clube envolivido em mais de uma competição nesse mês de agosto: Atlético-PR Bahia Botafogo Chapecoense Corinthians Cruzeiro Flamengo Fluminense Grêmio Palmeiras Santos São Paulo Vasco Veja os confrontos das oitavas de final da Libertadores que envolvem clubes brasileiros: 21/8 - Independiente-ARG x Santos 28/8 - Santos x Independiente-ARG 7/8 - Estudiantes-ARG x Grêmio 28/8 - Grêmio x Estudiantes-ARG 8/8 - Colo-Colo-CHI x Corinthians 29/8 - Corinthians x Colo-Colo-CHI 9/8 - Cerro Porteño-PAR x Palmeiras 30/8 - Palmeiras x Cerro Porteño-PAR 8/8 - Flamengo x Cruzeiro 29/8 - Cruzeiro x Flamengo Confira os confrontos das quartas de final da Copa do Brasil: 1/8 - Corinthians x Chapecoense 15/8 - Chapecoense x Corinthians 1/8 - Grêmio x Flamengo 15/8 - Flamengo x Grêmio 1/8 - Santos x Cruzeiro 15/8 - Cruzeiro x Santos 2/8 - Bahia x Palmeiras 16/8 - Palmeiras x Bahia Veja os confrontos da Segunda Fase da Copa Sul-Americana que envolvem clubes brasileiros: 25/7 - LDU Quito-EQU 3 x 1 Vasco 9/8 - Vasco x LDU Quito-EQU 1/8 - Nacional-PAR x Botafogo 16/8 - Botafogo x Nacional-PAR 25/7 - Bahia 2 x 0 Cerro-URU 8/8 - Cerro-URU x Bahia 26/7 - Atlético-PR 2 x 0 Peñarol-URU 7/8 - Peñarol-URU x Atlético-PR 2/8 - São Paulo x Colón-ARG 16/8 - Colón-ARG x São Paulo 2/8 - Fluminense x Defensor-URU 16/8 - Defensor-URU x Fluminense

Link Notícia: https://esportes.r7.com/futebol/mes-de-agosto-sera-decisivo-para-clubes-brasileiros-em-4-competicoes-01082018

Diante da Chape, Corinthians põe à prova seu esquema 'da sorte'
Data: 01/08/2018

Com Romero em grande fase e repetindo formação vitoriosa do Paulistão deste ano, equipe de Osmar Loss se reencontra sem centroavante fixo

Era para ter sido um grande problema, mas parece ter virado a solução do Corinthians pela segunda vez na temporada. Sem seus dois centroavantes à disposição, o time encara a Chapecoense nesta quarta-feira, às 21h45, em Itaquera, pelas quartas de final da Copa do Brasil, apostando mais uma vez na boa fase de Romero e na formação sem um homem de referência na grande área. Com Jonathas machucado e Roger impedido de jogar por já ter disputado a competição vestindo outra camisa, a do Internacional, o técnico Osmar Loss vai recorrer à escalação sem um homem de referência dentro da grande área catarinense. Em tese, se Clayson não puder participar do confronto – ele não treinou na véspera por motivos pessoais –, o quarteto ofensivo terá Pedrinho, Jadson, Mateus Vital e Romero. A ausência de um autêntico 9 chegou a ser apontada no início desta temporada como um mau a ser consertado. A solução seria contratar alguém capaz de suprir a lacuna deixada no elenco com a saída de Jô rumo ao futebol japonês. Como faltava dinheiro e o mercado não oferecia tantas opções assim, o então técnico Fábio Carille se virou com o que tinha em mãos e foi campeão paulista apostando justamente num quarteto de mais mobilidade: Rodriguinho, Jadson, Romero e Clayson (ou Mateus Vital, que chegou depois). Ou seja, na prática, Osmar Loss não está inventando a roda, apenas utilizando esquema e peças parecidas. Sem Rodriguinho, que trocou o Corinthians pelo Pyramids, do Egito, ele resgatou Jadson à formação titular e adicionou recentemente o garoto Pedrinho à equipe. Deu certo. Nas duas vezes em que jogou assim, ganhou de Cruzeiro (2 a 0) e Vasco (4 a 1), com Romero chamando a responsabilidade e marcando cinco gols nos dois confrontos. "Se tivéssemos a condição de manutenção que os europeus têm, nosso jogo seria muito mais bonito. Mas tem de se adaptar", comentou Loss, ao falar a respeito das seguidas baixas no elenco. Do outro lado. O técnico Gilson Kleina fez mistério e só liberou os 15 primeiros minutos para a imprensa na atividade realizada na Academia de Futebol palmeirense, na véspera do jogo. O técnico tem as voltas de Rafael Thyere, que não atuou na partida contra o Grêmio, na última rodada do Brasileirão. por questão contratual, além de Guilherme e Canteros, que não foram relacionados na ocasião. O principal desfalque da Chape é o centroavante Leandro Pereira, que não pode entrar em campo na Copa do Brasil por já ter atuado na competição pelo Sport. Por outro lado, Kleina contará com o recém-contratado Victor Andrade. Mesmo sem ter sido apresentado, o atleta viajou com a delegação para São Paulo. Malcom marca para Barcelona, mas Roma vira na Champions Cup FICHA TÉCNICA CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Pedro Henrique, Henrique e Danilo Avelar; Gabriel (Léo Santos) e Douglas; Pedrinho, Jadson, Romero e Mateus Vital. Técnico: Osmar Loss. CHAPECOENSE: Jandrei; Eduardo, Douglas, Nery Bareiro (Rafael Thyere) e Bruno Pacheco; Amaral, Elicarlos e Yann Rolim; Bruno Silva, Osman e Wellington Paulista. Técnico: Gilson Kleina. Juiz: Wagner do Nascimento Magalhães (RJ). Local: Arena Corinthians. Horário: 21h45. Na TV: Globo e Fox Sports.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/futebol/diante-da-chape-corinthians-poe-a-prova-seu-esquema-da-sorte-01082018

Santos e Cruzeiro se enfrentam pela Copa do Brasil na Vila
Data: 01/08/2018

Em jejum de vitórias no Brasileirão, as duas equipes buscam a estabilidade; Santos não poderá contar reforços estrangeiros recém-contratados

Em jejum de vitórias no Campeonato Brasileiro, Santos e Cruzeiro vão se enfrentar pelo jogo de ida das quartas de final da Copa do Brasil, às 19h30 desta quarta-feira (1), na Vila Belmiro, em busca de recuperação quando iniciam uma série de nove partidas em agosto, já que ambas as equipes também estão envolvidas na disputa da Copa Libertadores. Quem está em pior situação na temporada é o Santos, 17º colocado no Brasileirão, com 16 pontos somados em 15 jogos, um a menos do que a maioria das equipes do torneio por causa do adiamento de uma partida contra o Vasco. O baixo aproveitamento ao longo do ano resultou na demissão do técnico Jair Ventura, substituído por Cuca, que vai assumir um time na zona de rebaixamento e que soma uma derrota e três empates após a Copa do Mundo. Depois de passagem ruim pelo Santos em 2008, o treinador vai reestrear pelo clube contra o Cruzeiro, comandado por Cuca entre 2010 e 2011. "Não faria sentido treinar o time e assistir nas tribunas. Se já estou com o elenco, vou ao jogo. Temos a ambição de passar de fase. São equipes iguais. Quando se dirige um time grande, a qualquer momento as coisas podem mudar. Vamos acreditar, pouco a pouco resgatar a confiança. Tem de ter paciência e persistência", afirmou o técnico. Se o treinador é uma novidade, o elenco do Santos é o mesmo que vem atuando. O atacante paraguaio Derlis González assinou contrato nesta terça-feira, portanto um dia depois do fim do prazo de inscrições para a Copa do Brasil. Porém, o meio-campista uruguaio Carlos Sánchez, anunciado no dia 23, e o meia costarriquenho Bryan Ruiz, oficializado no dia 11, também não foram inscritos. Machucados, o atacante Eduardo Sasha e o zagueiro Lucas Veríssimo são desfalques certos, enquanto Rodrygo se recuperou de pancada no tornozelo e será titular. "O Santos vive um momento de instabilidade, perdeu também o último jogo, com troca de treinador. Toda mudança gera desconforto no início. Mas, temos de chegar e apresentar nosso futebol, e tentar fazer um bom resultado neste primeiro jogo", disse o volante cruzeirense Lucas Silva. O Cruzeiro, por sua vez, vive turbulência recente. O time comandado por Mano Menezes ganhou moral com a torcida por causa de goleadas aplicadas sobre Vasco e Universidad de Chile, além de vitória sobre o Racing, que garantiu o primeiro lugar do Grupo E da Copa Libertadores. Duas recentes derrotas seguidas pelo Brasileirão, porém, para São Paulo e Corinthians, deixaram a equipe mineira em oitavo lugar após 16 rodadas, com 24 pontos, dez a menos do que o Flamengo, o líder do torneio. Contra o São Paulo, Mano poupou os meias Robinho e Thiago Neves, que estarão de volta contra o Santos. Assim, Mancuello e Rafinha devem perder os lugares na equipe. Lucas Silva disputa posição no time titular com o volante argentino Ariel Cabral.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/futebol/santos-e-cruzeiro-se-enfrentam-pela-copa-do-brasil-na-vila-01082018

Cuca assina contrato com Santos pelo restante da temporada
Data: 30/07/2018

Executivo de futebol Ricardo Gomes anunciou o substituto de Jair Ventura na tarde desta segunda-feira (30); é a segunda passagem do treinador pelo Peixe

Cuca é o novo treinador do Santos. Uma semana após a demissão do técnico Jair Ventura, o Peixe acertou com o treinador que já teve passagem pelo clube em 2008. A expectativa é que sele acordo de uma temporada. A diretoria tentou nomes como Zé Ricardo, Dorival Junior, Carlos Osorio e Vanderlei Luxemburgo, mas nenhuma das negociação avançaram. O nome escolhido agrada a diretoria, que espera por respostas rápidas, pois o Alvinegro ocupa a 16ª colocação no Campeonato Brasileiro. Cuca estava desempregado desde outubro do ano passado, quando deixou o Palmeiras. Logo após deixar o clube, foi comentarista durante a Copa do Mundo na Rússia.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/lance/futebol/cuca-assina-contrato-com-santos-pelo-restante-da-temporada-30072018

PSG vence Atlético de Madri por 3 a 2 e se despede da Champions Cup
Data: 30/07/2018

Mesmo com vitória diante dos espanhóis, o Paris deixa a ICC após as duas derrotas na competição; Atlético também perde chance de título

O PSG venceu o Atlético de Madri por 3 a 2, nesta segunda-feira (30), no Singapura National Stadium, em Singapura, e se despediu da International Champions Cup. Mesmo com a vitória desta segunda, os franceses deixam a competição sem o título, já que perderam os dois jogos iniciais. O Paris se despede da competição com três pontos. Com a derrota, o Atlético, que havia vencido o Arsenal nos pênaltis em sua estreia na ICC, também fica sem chances de ganhar a competição. Os espanhóis, que têm dois pontos, ainda voltam a campo no dia 8 (quarta-feira), em Madri, para enfrentar a Inter de Milão. PSG abre o placar no 1º tempo Aos cinco minutos, Adán fez boa defesa em cobrança de falta do PSG. Três minutos depois, foi a vez de Trapp trabalhar. Após boa jogada de Gameiro, Correa foi acionado na área, mas o goleiro alemão saiu bem e ficou com a bola. Aos dez, Nkunku recebeu cruzamento de Lo Celso na área e completou de cabeça, mas a bola foi para fora. No lance seguinte, Gameiro recebeu livre pela entrada da área, preparou para o chute e mandou por cima do gol, perdendo boa chance para marcar. O primeiro gol do jogo saiu apenas aos 32 minutos. Após cruzamento e corte parcial da zaga do Atlético, Nkunku ficou com a sobra e completou para o fundo do gol. 1 a 0 para o PSG. Aos 41 minutos, após boa jogada, Rodri passou para Vietto, que finalizou no canto. Embaixo da linha, Rimane salvou o que seria o gol de empate do Atlético. No 2º tempo, PSG sofre, mas segura vitória Aos 16, Vietto perdeu grande chance: livre, o camisa 17 recebeu na área e tentou o chute, mas mandou para fora. Aos 20, o PSG quase ampliou num golaço. Diaby recebeu pela intermediária e chutou com força, mas acertou no travessão e a bola foi para fora. Os parisienses finalmente ampliaram aos 26, quando Diaby foi acionado pela esquerda e acertou chute certeiro, no canto de Adán. Pouco depois o Atleti reagiu: aos 30, após sequência de defesas de Trapp, Mollejo aproveitou o rebote para estufar a rede e diminuir o placar. Aos 41, o Atlético empatou. Borja Garcé fez boa jogada pela ponta esquerda e cruzou fechado. Bernede, do PSG, desviou contra seu próprio gol e marcou para os espanhóis. Dois minutos depois, foi a vez dos franceses reagirem. Weah mandou bomba de longe, mas Adán se esticou e fez grande defesa. O gol da vitória saiu apenas aos 47 minutos, quando Postolachi recebeu passe na área, girou para cima da marcação e chutou no cantinho, sem chances para o goleiro.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/psg-vence-atletico-de-madri-por-3-a-2-e-se-despede-da-champions-cup-30072018

Para virar a chave, Fluminense inicia preparação para a Sul-Americana
Data: 30/07/2018

Tricolor perdeu para o Ceará fora de casa no último sábado e perdeu a chance de, ao menos, dormir no G-6, e busca foco no torneio continental

A ordem no Fluminense é levantar a cabeça depois da derrota para o Ceará no Campeonato Brasileiro. Para isso, o reencontro com a torcida deve ser fundamental no duelo contra o Defensor Sporting, do Uruguai, pela segunda fase da Copa Sul-Americana. A partida será na quinta-feira (2), às 21h45 (de Brasília), no Maracanã. O técnico Marcelo Oliveira pregou a mudança de chave e destacou que é preciso ter paciência até que o time se encaixe depois das mudanças durante a Copa do Mundo. - Da mesma forma que não perdemos três jogos, não vamos agora achar que está tudo errado. Vamos mudar a chave para o jogo de quinta-feira e esperar o apoio da torcida - disse o treinador. Nos três primeiros jogos com Marcelo Oliveira no comando, o Tricolor conseguiu manter atuações com menos posse de bola e muitos lançamentos. Sem propor o jogo, conquistou duas vitórias e um empate. Quando precisou sair para a partida e ser superior, sofreu. Contra o então lanterna Ceará, os jogadores não souberam o que fazer quando tiveram a bola no pé e a falta de criatividade no meio comprometeu o desempenho ofensivo. Na primeira fase, contra o Nacional Potosí, o Flu chegava da eliminação para o Vasco na semifinal do Campeonato Carioca, depois de uma boa vitória contra o Botafogo. Depois, somou bons resultados no início do Brasileirão e, apesar da derrota na altitude, acabou classificado. Dentro de campo, dominou o duelo em casa e, depois de encaixar os chutes, abriu boa vantagem. No Uruguai, sofreu com a altitude. Se o Fluminense chegará ao jogo pressionado, o Defensor também não vive ótima fase. Irregular na temporada, a equipe chegou até a Sul-Americana depois da cair da Libertadores, onde fez apenas 4 pontos no grupo do Grêmio. Além disso, soma três vitórias nos últimos 10 jogos. Mudanças Com a mudança de fase da Sul-Americana, hoje, o Fluminense poderá fazer três alterações na lista de inscritos para a competição e a disputa será acirrada. Isso porque o Tricolor contratou novas peças para o elenco durante a janela de transferências. Para Marcelo Oliveira, o zagueiro Digão e o atacante Júnior Dutra estão certos. Porém, a terceira vaga está em aberto. Luciano, Everaldo e Bryan Cabezas são as opções até o momento. Douglas, Robinho, Luan Peres e Marlon Freitas, inscritos na primeira lista, já não estão mais no clube. Nathan Ribeiro, que não chegou a entrar entre os relacionados, também deixou o Flu.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/lance/futebol/para-virar-a-chave-fluminense-inicia-preparacao-para-a-sul-americana-30072018

Felipão vem para a guerra. Mimados do Palmeiras que se preparem
Data: 27/07/2018

Com o aval de Galiotte, o treinador virá para fazer com que jogadores e imprensa voltem a respeitar quem comanda o Palmeiras. Será uma guerra

São Paulo, Brasil A 105 dias de completar 70 anos, não há ilusão que a idade tenha amainado a alma de Luiz Felipe Scolari. Pelo contrário. Como sempre faz quando é contratado para um clube ou seleção, ele chega sorrindo, brincando, fazendo piadas, acarinhando os jornalistas que conhece. Mas basta uma semana, ou nem isso. E aflora o admirador assumido do ex-ditador chileno Augusto Pinochet. Scolari foi direto. Garantiu que ''Pinochet fez muita coisa boa também''. ''Ajeitou muitas coisas lá (no Chile). O pessoal estava meio desajeitado. Ele pode ter feito uma ou outra retaliaçãozinha aqui e ali, mas fez muito mais do que não fez", declarou à rádio Jovem Pan. O general comandou o Chile com mão de ferro, depois de um violento golpe militar. Foram 17 anos de opressão. Com fuzilamentos e desaparecimento de inimigos. Foram mais de 50 mil mortes ligadas ao seu regime, de acordo com organizações de direitos humanos. Acabou comprovado que Pinochet também desviou mais de 100 milhões de dólares, cerca de R$ 370 milhões, de dinheiro público. O treinador deveria ser melhor orientado sobre seus ídolos políticos. Ele queria demonstrar respeito à hierarquia, educação, ordem e usou um dos piores exemplos possíveis. Felipão o responsável por inúmeras regras no Palmeiras, com o auxílio de seu assessor de imprensa pessoal, Acaz Felleger. Felipão já nutria antipatia pela imprensa paulista. A via como inimiga, nos duelos históricos entre o seu Grêmio e o de Vanderlei Luxemburgo, no início dos anos 90. Acaz, ex-repórter esportivo que aceitou ser assessor da Parmalat, admirava a rigidez que os clubes europeus reservava aos jornalistas. Foi a combinação mortal para um clima bélico nos três primeiros anos de Scolari no Palmeiras. Acompanhei tudo de perto. Vi Acaz mandar pintar uma faixa ao lado do campo, onde os repórteres eram proibidos de pisar. Acabar com a liberdade dos jornalistas entrevistarem quem desejarem. "Da porta da rua para cá, é Europa. Da porta da rua para fora é Brasil", me dizia Acaz, sarcástico. Felipão teve inúmeras discussões com quem questionava seus métodos. Ficou transtornado quando um câmera colocou um microfone no vestiário e ouviu os absurdos que disse aos seus jogadores antes de um clássico contra o Corinthians. Perguntou quem iria dar "uma catarrada na cara do Edílson. Enfiar o dedo nele, porque é c..ão, covarde, cafajeste..." Estava ao seu lado quando acertou um soco na cara do então repórter do Diário de São Paulo, Gilvan Ribeiro. O crime do jornalistas foi insistir na pergunta se havia sido o treinador que impedira a torcida de acompanhar o treino. Velloso segurou Felipão para evitar o massacre, já que era duas vezes mais forte que o franzino Gilvan. Na sua segunda passagem pelo Palmeiras, em 2010, o treinador disse que a imprensa paulista estava de 'palhaçada' com ele. Como protesto, os setoristas do clube apareceram com nariz de palhaços. O treinador ficou possesso, mas pelo menos não espancou ninguém. Estas histórias verdadeiras ilustram e até animam a direção do Palmeiras. Mauricio Galiotte sabia muito bem quem estava contratando. Queria um treinador vencedor, o que conquistou a primeira e única Libertadores do clube. Mas também alguém de sangue quente, sem papas na língua, capaz de enfrentar, sem medo todos os questionamentos da imprensa sobre o Palmeiras. Galiotte se cansou do politicamente correto. De treinadores 'bonzinhos' que se submetem com calma às críticas, aos questionamentos sobre o time, sobre o clube, sobre a diretoria. Perto dos 70 anos, Felipão ainda infla o peito e parte para o confronto verbal. E até físico, se precisar. Em Portugal, ele foi considerado um herói por ter acertado um soco no zagueiro sérvio Dragutinovic, durante um jogo pelas eliminatórias da Eurocopa. Mbappé herda camisa de Lucas Moura no Paris Saint-Germain Na Seleção Brasileira de José Maria Marin, ele se viu completamente arrependido por escancarar a concentração e os treinos para a TV Globo, por ordem do ex-presidente da CBF e hoje presidiário nos Estados Unidos. E também por tentar mostrar um lado amigável demais. A Seleção já capengava e antes da partida contra a Alemanha, entre 300 jornalistas, ele escolheu seis repórteres amigos para pedir auxílio e desabafar. Criou 294 inimigos mortais, com a sua postura infantil seletiva. E foi trucidado, com mais gosto, pelos 7 a 1 diante da Alemanha. Seus jornalistas 'amigos' não o defenderam. Na China, voltou a ser o comandante. Aproveitando o respeito do país pelas autoridades, ele fez o que quis. Sem questionamento da insipiente imprensa esportiva. Os jogadores do Guangzhou Evergrande se comportavam como soldados diante de um general, quando recebiam qualquer determinação tática do técnico. Ele já havia desenvolvido esse método no Uzbequistão. Felipão é uma pessoa que se manteve saudável, fazendo ginástica, caminhando muito. Milionários, tem acesso à vitaminas, à melhor alimentação. Apesar dos 69 anos, ele aparente ter pouco mais de 50. Chegará ao Brasil na próxima semana com energia para representar o personagem Felipão, que ele tanto adora. E encarar a imprensa que mais o questiona e para quem deseja mostrar que não está ultrapassado. Manchester United quer a contratação de Mina, diz rádio Apesar do erro histórico que cometeu em de 2014. Manter o mesmo esquema tático, o 4-2-3-1, com o qual havia vencido a Copa das Confederações, em 2013. E que ingenuamente não percebeu a decadência dos adversários. Japão, México, Itália e Espanha não conseguiram sequer passar pela primeira fase do Copa do Mundo do Brasil. Pior, acreditou que não precisava mudar a estratégia. Se tornou refém de Neymar. Com a contusão do jogador e com os treinos abertos para a Globo filmar, a Alemanha fez o que quis no Mineirão. O técnico Low teve pena porque o placar teria passado dos dez gols se ele desejasse. 7 a 1 foi um presente. PublicidadeFechar anúncio Com problemas particulares, seu velho escudeiro, Flávio Teixeira, não poderá trabalhar no Palmeiras. Não no primeiro momento. O que será ruim para Felipão. É o baixinho, sósia de personagem de propaganda de cerveja, que o acalma nos momentos de crise. Quando acaba o período 'paz e amor'. Felipão é muito trabalhador. Não conseguiu acompanhar as mudanças táticas e os métodos de trabalhos modernos. Tanto que tem as portas dos grandes clubes e selecionados europeus fechados. Destaque no Pacaembu, Rodrygo se rende à Vila Belmiro: 'Até arrepia' Mas para a realidade da América do Sul poderá impor sua maneira aguerrida, montra uma equipe competitiva, que atue em bloco, tenha contragolpes em velocidade, jogadas ensaiadas em escanteios e faltas laterais. Time guerreiro, que não aceita a derrota em instante algum. Jogadores como Dudu, Lucas Lima, Gustavo Scarpa, de toques refinados, terão de se adaptar ao treinador. Não ao contrário. Lembrando que ele não tolera ser desobedecido, questionado. Basta lembrar da difícil convivência com ele e o chileno Valdivia. Os atletas atualmente estão cada vez mais egocêntricos, vaidosos. Não aceitam gritos, palavrões, socos na mesa para que façam o que o treinador definir.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/prisma/cosme-rimoli/felipao-vem-para-a-guerra-mimados-do-palmeiras-que-se-preparem-27072018

Veja a classificação da zoeira do Brasileirão após a 15ª rodada
Data: 27/07/2018

Após os oito jogos do meio de semana pelo Campeonato Brasileiro, o Humor Esportivo traz a classificação atualizada, recheada de zoeira com as equipes

São Paulo líder relâmpago, queda de Roger Machado e chegada de Felipão no Palmeiras... Confira como ficou a classificação da zoeira do Campeonato Brasileiro após os jogos do meio de semana:

Link Notícia: https://esportes.r7.com/lance/futebol/veja-a-classificacao-da-zoeira-do-brasileirao-apos-a-15-rodada-27072018

Após renovação, Edu Gaspar celebra ciclo completo até 2022 na seleção
Data: 27/07/2018

Coordenador de seleções foi às redes sociais e destacou desempenho de 82% de aproveitamento em 26 jogos com a equipe do Brasil

Após a renovação de contrato com a CBF até 2022, Edu Gaspar, coordenador de seleções, usou as redes sociais na última quarta-feira (25) para fazer uma análise do trabalho e comentar a eliminação da seleção brasileira nas quartas de final da Copa do Mundo da Rússia depois de perder por 2 a 1 para a Bélgica. "Após dois anos de trabalho, com 26 jogos e 82% de aproveitamento demos até logo ao sonho do hexa na Copa da Rússia, com uma eliminação dolorosa mas com a certeza de um trabalho e desempenho de alto nível!", escreveu o coordenador em seu perfil no Instagram. Curta a página R7 Esportes no Facebook Depois de assumir a função na seleção brasileira em 2016, praticamente na metade da preparação para a Copa, o coordenador celebrou a oportunidade de ter um ciclo completo de trabalho até a Copa do Catar. "Hoje partilho do mesmo sentimento de quando cheguei na CBF para dar início ao trabalho como Coordenador de Seleções. Porém, desta vez, vou assumir o cargo por um ciclo completo, algo talvez que possamos considerar inédito dentro do mundo do futebol", completou. Veja mais: Palmeiras anuncia retorno de Felipão; confira detalhes Edu Gaspar terá novos desafios ao lado do técnico Tite. Um deles é compartilhar as decisões de trabalho com o futuro presidente, Rogério Caboclo, sem a "carta branca" na preparação para a Copa da Rússia. Outra questão fundamental é o relacionamento com Neymar. O excesso de proteção ao craque não funcionou bem, tanto que o mais caro atleta da história deixou de figurar na lista dos dez melhores do mundo, divulgada nesta semana pela Fifa. Tite e Edu terão papel importante na recuperação. Nesse contexto, a conquista da Copa América vai se tornar uma obrigação para a próxima comissão técnica. Além de ser disputada no País, a seleção não vence a competição desde 2007. Gaspar mostrou otimismo. "Apesar da distância, que venha 2022! Porém, outros desafios mais imediatos pedem nossa atenção e profissionalismo. Que o sentimento demonstrado na Copa do Mundo continue independente de quem esteja nos cargos ou dentro do campo. Saibam que foi quase tudo lindo! Que o jogo recomece!", finalizou o coordenador de seleções.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/futebol/apos-renovacao-edu-gaspar-celebra-ciclo-completo-ate-2022-na-selecao-27072018

Brasileirão terá reencontros, líder na Vila e Corinthians desfalcado
Data: 25/07/2018

A 15ª rodada do Nacional terá o palmeirense Gustavo Scarpa contra o Flu, no Maracanã. Sem técnico, Santos pega Fla. Corinthians recebe Cruzeiro

O clássico entre Fluminense e Palmeiras, nesta quarta-feira (25), às 19h30, no Maracanã, pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro, marcará o reencontro entre o clube carioca e o meia Gustavo Scarpa, que precisou enfrentar uma guerra judicial para se desvincular do time tricolor e voltar a atuar pela equipe alviverde — o jogador obteve um habeas corpus no TST (Tribunal Superior do Trabalho). "Temos que pensar no time todo do Palmeiras. O elenco deles é muito bom. Não vamos pensar em um só jogador. O Scarpa está do outro lado. Agora é pensar em ganhar no adversário. O foco não é só nele, e sim no Palmeiras", ponderou o atacante Pedro, do Flu, artilheiro do Nacional, com nove gols. Mas este é apenas um dos ingredientes do jogo que será disputado. O Palmeiras — sexto colocado do torneio, com 23 pontos — poderá chegar ao 200º gol da história do clube no Maracanã. O número 200 também representa a marca que o atacante Dudu alcançará se entrar em campo pelo time nesta quarta. Além disso, a equipe deverá ter o retorno do meia Lucas Lima, que cumpriu suspensão automática pelo terceiro cartão amarelo. O camisa 20 foi advertido depois de marcar o gol no empate em 1 a 1 contra o Santos, ex-clube do alteta. No entanto, o técnico Roger Machado não confirmou a equipe titular para o duelo contra o Fluminense. O comandante fechou o treinamento realizado na Academia de Futebol antes da viagem para o Rio de Janeiro. A única certeza é a manutenção do goleiro Weverton como titular. No Fluminense — 11º na tabela do Brasileiro, com 18 pontos —, a novidade deverá ser a estreia do atacante Luciano, de 25 anos, que teve o nome registrado no BID (Boletim Informativo Diário) da CBF. O jogador, anunciado pela diretoria do time tricolor no fim de junho, pertence ao Leganés-ESP, mas atuava pelo Panathinaikos-GRE. Santos x Flamengo Outro confronto entre paulistas e cariocas na rodada acontecerá na Vila Belmiro, também nesta quarta, às 21h45. O Santos, ainda sem treinador, depois da demissão de Jair Ventura, receberá o Flamengo, líder do Nacional. A equipe santista será comandada de forma interina por Serginho Chulapa. Mas a equipe não será muito diferente daquela que empatou com o Palmeiras na rodada retrasada, no Pacaembu. O Santos deverá entrar em campo com: Vanderlei; Victor Ferraz, Lucas Veríssimo, Gustavo Henrique e Dodô; Alison e Diego Pituca; Gabigol, Eduardo Sasha, Rodrygo e Bruno Henrique. No time rubro-negro, o técnico Maurício Barbieri irá promover o retorno do meia Éverton Ribeiro, que não atuou na vitória por 2 a 0 sobre o Botafogo por estar suspenso. O colombiano Marlos Moreno (lesionado) e o volante Willian Arão (próximo de ser negociado) serão desfalques na equipe, que deverá iniciar o jogo com: Diego Alves; Rodinei, Réver, Léo e Renê; Cuéllar, Paquetá e Diego; Éverton Ribeiro, Matheus Savio e Paolo Guerrero. Corinthians x Cruzeiro Já o Corinthians segue tentando se estabilizar no Brasileirão diante das perdas no elenco por transferências e lesões. Contra o Cruzeiro, nesta quarta, às 21h45, em Itaquera, o técnico Osmar Loss deverá fazer quatro mudanças na equipe titular. O meia Rodriguinho foi negociado com o Pyramids-EGT e se despediu na derrota por 3 a 1 para o São Paulo, no Morumbi, na rodada passada. Além dele, o zagueiro Pedro Henrique (contundido), o volante Renê Júnior (que rompeu os ligamentos do joelho esquerdo) e o meia Marquinhos Gabriel (opção técnica) também estão fora. Desta forma, o treinador corintiano — oitavo colocado na competição, com 18 pontos — deverá começar a partida com: Cássio; Fagner, Léo Santos, Henrique e Danilo Avelar; Gabriel, Douglas, Romero, Jadson e Clayson; Jonathas. No Cruzeiro, que ocupa o quarto posto do campeonato, com 24 pontos, o técnico Mano Menezes fez mistério e fechou o treino desta terça-feira. O lateral-direito Edilson não foi a campo e fez apenas trabalhos internos. Assim, virou dúvida para a partida. Apesar de ainda não ter confirmado a equipe para o jogo contra o Corinthians, é possível que Mano escale o seguinte time titular: Fábio; Lucas Romero (Edilson), Dedé, Léo e Egídio; Henrique, Ariel Cabral; Robinho, Thiago Neves (Rafinha) e Arrascaeta; Barcos (Rafael Sobis). Atlético Mineiro x Paraná O Atlético Mineiro, ainda sob o efeito da sofrida derrota por 3 a 2 pelo Palmeiras, no Allianz Parque, com um gol sofrido no último lance da partida, terá pela frente o Paraná, que venceu o América Mineiro por 1 a 0 e luta desesperadamente para fugir da zona de rebaixamento. Presidente do Galo xinga árbitro de 'vagabundo' e diz: 'CBF é um lixo' Hoje, o time paranaense é o 18º colocado, com apenas 13 pontos. Já o Atlético Mineiro está na quinta posição, dentro do grupo que garante vaga na próxima edição da Copa Libertadores, com 23 pontos. O goleiro Victor foi poupado do treinamento, mas não deverá ser problema para o técnico atleticano, Thiago Larghi, deverá escalar: Victor; Patric, Léo Silva, Gabriel e Fábio Santos; José Welison, Elias e Tomás Andrade; Chará, Terans e Ricardo Oliveira. No Paraná, que apresentou o experiente meia-atacante Maicosuel (com passagens por Botafogo, Cruzeiro, Palmeiras, Grêmio e São Paulo), o técnico Rogério Micale poderá colocar em campo o seguinte time: Thiago Rodrigues; Júnior, Cléber Reis, Rayan e Igor (Mansur); Leandro Vilela, Caio Henrique e Nadson (Alex Santana); Silvinho, Rodolfo e Léo Itaperuna.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/futebol/brasileirao-tera-reencontros-lider-na-vila-e-corinthians-desfalcado-25072018

Dorival e Luxa ganham força; vice do Santos rejeita Zé Ricardo
Data: 25/07/2018

Empresário do ex-técnico do São Paulo espera reunião nesta quarta e Luxemburgo volta a entrar em pauta no Santos

Vice-presidente do Santos, Orlando Rollo é contra um acerto do clube com Zé Ricardo, ex-técnico do Vasco. Nesta quarta-feira (25), o dirigente deu entrevista ao Yahoo garantindo ser totalmente contrário ao que classificou como "aposta" no carioca de 47 anos, nome favorito do gerente executivo de futebol do Peixe, Ricardo Gomes. Enquanto isso, os representantes de Dorival Júnior aguardam por uma reunião na tarde desta quarta. O ex-treinador do São Paulo ganhou força nos bastidores. Outro nome ainda em pauta no Santos é o de Vanderlei Luxemburgo, que ainda não teve reunião marcada com a cúpula santista, algo que pode acontecer nas próximas horas. O técnico de 66 anos agrada uma ala importante da dirigência do clube e seria um meio-termo na "guerra fria" travada entre Rollo e José Carlos Peres. Em junho, o vice revelou ao LANCE! estar rompido com Peres. Procurado para falar a respeito do novo treinador, Rollo acredita que, neste momento, o nome favorito a assumir o cargo esteja "indefinido". Nas redes sociais, uma parte da torcida do Santos lançou uma campanha para tentar "vetar" a contratação de Zé Ricardo. Neste momento, o negócio está distante de ser concretizado, embora na última terça-feira fosse ele o nome mais provável a assumir o cargo. O carioca era uma preferência de Peres em dezembro, quando ainda nem havia sido oficializado como presidente, Na ocasião, Jair Ventura acabou sendo contratado. Embora Peres tenha dito que Gomes tem carta branca para decidir quem será o novo treinador, o conturbado momento político do clube certamente terá peso no desfecho das negociações. A nova contratação será discutida pelos oito membros do Comitê de Gestão do clube e precisará passar pela aprovação da maioria. O Santos entra em campo nesta quarta-feira, às 21h45, para enfrentar o Flamengo, na Vila Belmiro, pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/lance/futebol/dorival-e-luxa-ganham-forca-vice-do-santos-rejeita-ze-ricardo-25072018

Loss aposta em estilo 'copeiro' do Corinthians para afastar má fase
Data: 25/07/2018

Com o segundo pior aproveitamento entre os técnicos da Série A, Loss tem respaldo para dar sequência e avalia positivamente o trabalho feito

A fase do Corinthians não vive uma fase boa, seja por resultados, seja pela saída de jogadores e de elementos da comissão técnica. A pausa para a Copa do Mundo era vista como um mar de esperanças para o time, mas as perdas de Sidcley, Balbuena e Rodriguinho, além de Maycon, que já estava vendido, deixaram a vida do técnico Osmar Loss mais complicada. Nesta quarta-feira, às 21h45, diante do Cruzeiro, na Arena, o treinador tentará afastar a pressão e melhorar seus números no comando do Timão. - Eu tinha uma expectativa de logo que eu assumi ter um rendimento melhor, até porque não fiz muitas mudanças. Esperava que o time tivesse uma resposta, a gente já vinha em oscilação, mas esperava um pouco mais de resultado, não esperava perder tantos jogos no final. Tomamos gols depois dos 35 minutos. Acreditava que tivesse um rendimento melhor. E a partir de agora creio que nosso rendimento vai crescer - disse Loss em entrevista ao LANCE!. O comandante corintiano, apesar do retrospecto desfavorável à frente do time, tem confiança de que a pausa para o Mundial da Rússia já trouxe resultados para dentro de campo e é otimista ao avaliar o trabalho. - A partir do momento, pós-parada, tenho mais convicção que aquilo que eu coloco no treinamento está sendo bem recebido pelos atletas, então faço uma avaliação positiva - explicou. Loss sabe que a oitava posição no Brasileirão, com 19 pontos, preocupa e causa pressão. Por outro lado, também sabe que tem o respaldo da diretoria encabeçada por Andrés Sanchez, que costuma falar em continuidade para os treinadores. O apoio não é só dos dirigentes, como também dos jogadores. - Além da consistência de acreditar no trabalho da comissão técnica, o feedback dos atletas em relação aos trabalhos e às ideias são sempre positivos. O Corinthians já mostrou que é um time vencedor, copeiro, que chega e normalmente se posiciona bem nas decisões. Tudo isso me dá confiança de que vamos brigar por títulos - afirmou o treinador. - Talvez a grande colocação é um time que não gosta de perder, que não aceita a derrota com facilidade. Muitas vezes vamos ser derrotados, mas não vamos aceitar com facilidade, esperar o jogo terminar. Se estiver atrás, vamos correr atrás. Se estiver na frente, vamos abraçar com unhas e dentes para que a bola não entre no nosso gol - acrescentou Loss. Há algumas semanas, Corinthians e Cruzeiro se enfrentaram duas vezes em amistosos de preparação durante a Copa do Mundo, com uma vitória para o Timão, por 2 a 0, e um empate por 2 a 2. Agora, porém, a partida tem um peso maior, já que é válida pela 15ª rodada do Brasileirão. Com um time cheio de desfalques e vindo de uma derrota no clássico contra o São Paulo, o treinador acredita no espírito "copeiro" para conseguir um bom resultado em casa. É isso que a torcida espera ver nesta quarta à noite!

Link Notícia: https://esportes.r7.com/lance/futebol/loss-aposta-em-estilo-copeiro-do-corinthians-para-afastar-ma-fase-25072018

Sem Neymar, Fifa anuncia indicados ao prêmio de melhor do mundo
Data: 24/07/2018

Entidade divulgará os três finalistas em setembro; no dia 24 do mesmo mês, em Londres, a premiação define quem foi o grande nome da temporada

A Fifa anunciou, nesta terça-feira (24), os dez indicados ao prêmio de melhor jogador do mundo na temporada. O destaque da lista ficou para a ausência de Neymar. Já esperados entre os dez nomes, Cristiano Ronaldo, Lionel Messi, Kylian Mbappé e Luka Modric compõem o grupo dos indicados. Veja também: Após queda na Copa, Neymar fecha temporada abaixo do que esperava Por ter se lesionado e perdido a reta final da temporada europeia e também pela atuação abaixo do esperado na Copa do Mundo — dois gols e queda nas quartas —, Neymar não esteve no seu melhor nível e, por certa distância, não ficará com o prêmio de melhor do mundo nesta temporada. Vote: Quem deve ser o melhor jogador do mundo de 2018? A lista com os três finalistas para a disputa do prêmio será divulgada ao início de setembro. A premiação para definir o vencedor já tem data e local: 24 de setembro, em Londres. Curta a página R7 Esportes no Facebook Confira a lista completa dos dez indicados ao prêmio de melhor do mundo: Cristiano Ronaldo (Real Madrid/Juventus – Portugal) Lionel Messi (Barcelona – Argentina) Kylian Mbappé (PSG – França) Antoine Griezmann (Atlético de Madri – França) Luka Modric (Real Madrid – Croácia) Mohamed Salah (Liverpool – Egito) Kevin De Bruyne (Manchester City – Bélgica) Eden Hazard (Chelsea – Bélgica) Raphael Varane (Real Madrid - França) Harry Kane (Tottenham – Inglaterra)

Link Notícia: https://esportes.r7.com/sem-neymar-fifa-anuncia-indicados-ao-premio-de-melhor-do-mundo-24072018

Tite está fora da disputa de prêmio da Fifa de melhor técnico do ano
Data: 24/07/2018

Fifa divulgou na manhã desta terça-feira (24) a lista dos 11 técnicos finalistas que vão concorrer ao prêmio de melhor treinador da temporada 2017/18

A Fifa divulgou na manhã desta terça-feira (24) a lista dos 11 finalistas que vão concorrer ao prêmio de melhor técnico de 2018 no próximo dia 24 de setembro. A lista, que não conta com nenhum brasileiro, tem os treinadores que chegaram à semifinal da Copa do Mundo de 2018 e apenas aqueles que se destacaram por clubes ou seleções europeias na temporada 2017/18. Da América do Sul, o único representante é o argentino Diego Simeone, técnico do Atlético de Madri. Entre os outros dez finalistas, estão três espanhóis, dois franceses, um alemão, um croata, um inglês, um italiano e um russo. PublicidadeFechar anúncio Técnicos escolhidos pela Fifa para o disputa do prêmio de melhor do ano: Massimiliano Allegri (Itália) - Juventus-ITA. Campeão italiano e da Copa da Itália Stanislav Cherchesov (Rússia) - Seleção russa. Chegou às quartas da Copa do Mundo 2018 Zlatko Dalic (Croácia) - Seleção croata. Vice-campeão da Copa do Mundo 2018 Didier Deschamps (França) - Seleção francesa. Campeão da Copa do Mundo 2018 Pep Guardiola (Espanha) - Manchester City-ING. Campeão Inglês 2017/18 Jurgen Klopp (Alemanha) - Liverpool-ING. Vice-campeão da Liga dos Campeões 2017//18 Roberto Martinez (Espanha) - Seleção belga. Terceiro colocado na Copa do Mundo 2018 Diego Simeone (Argentina) - Atlético de Madri-ESP. Campeão da Liga Europa 2017/18 Gareth Southgate (Inglaterra) - Seleção inglesa. Quarto colocado na Copa do Mundo 2018 Ernesto Valverde (Espanha) - Barcelona-ESP. Campeão espanhol e da Copa do Rei da Espanha 2017/18 Zinedine Zidane (França) - Campeão da Liga dos Campeões da Europa 2017/18

Link Notícia: https://esportes.r7.com/tite-esta-fora-da-disputa-de-premio-da-fifa-de-melhor-tecnico-do-ano-24072018

Líder Fla quer ampliar vantagem sobre São Paulo no Brasileirão
Data: 18/07/2018

Time rubro-negro enfrenta a equipe tricolor paulista nesta quarta (18), às 21h45, no Maracanã. Fla tem 4 pontos de vantagem sobre paulistas (27 a 23)

O Campeonato Brasileiro de 2018 recomeça nesta quarta-feira (18), após um mês de paralisação devido à Copa do Mundo, entre eles, o confronto entre o líder Flamengo, com 27 pontos, e o São Paulo, terceiro colocado na tabela, com 23. O clássico nacional, válido pela 13ª rodada do Brasileirão, está marcado para às 21h45, no Maracanã. O duelo promete ser disputado e de muita qualidade, pois as duas equipes estavam em ótima fase na primeira metade da temporada. O time rubro-negro poderá ter a presença do atacante Fernando Uribe, de 30 anos, contratado junto ao Toluca-MEX. O colombiano, que já treina com o grupo flamenguista, teve o nome regularizado no BID da CBF e está à disposição do técnico Maurício Barbieri. Já o peruano Paolo Guerrero está liberado pela (CAS) Corte Arbitral do Esporte e vive a expectativa de voltar a atuar pelo Flamengo — junto com Uribe, ele está na lista de relacionados para a partida. No entanto, a diretoria do clube aguarda um parecer da Fifa para reutilizar o jogador. Guerrero foi suspenso por 14 meses pela CAS, mas obteve efeito suspensivo no Tribunal Federal da Suíça que o liberou para jogar a Copa, na Rússia. No entanto, o Flamengo perdeu jogadores importantes na última janela de transferências para o exterior. Além de Vinícius Júnior, que já estava negociado com o Real Madrid e só aguardava completar 18 anos para ir embora, o clube carioca sofreu outra baixa importante no ataque: Felipe Vizeu (Udinese-ITA). O treinador Maurício Barbieri enfrentará problemas para escalar o Flamengo devido a suspensões, casos do centroavante Henrique Dourado e do volante colombiano Cuéllar. "Jogo difícil e complicado. O São Paulo vem em um bom momento e tem um elenco qualificado. Nos preparamos da melhor maneira possível nesse período que tivemos. Nos recuperamos após uma sequência dura. O Flamengo chega bem preparado, mas ciente da dificuldade que vamos ter nesse jogo. Por isso contamos com a torcida nos apoiando para sermos mais fortes como equipe", analisou o técnico do Flamengo em entrevista coletiva, nesta terça. O São Paulo também teve perdas no elenco durante a parada para a Copa do Mundo. Saíram os meias-atacantes Valdívia (Al-Ittihad-ARA), Marcos Guilherme (Al-Wehda-ARA), o lateral-esquerdo. Júnior Tavares (Sampdoria-ITA) e o volante Petros (Al-Nassr-ARA). Chegaram apenas o atacante Joao Rojas (Talleres-ARG) e o lateral-direito Bruno Peres (Roma). Por outro lado, o técnico Diego Aguirre já poderá colocar em campo Joao Rojas, que também teve o registro confirmado no BID. O reforço está relacionado para a partida, assim como Diego Souza, Nenê e Everton, três dos mais importantes integrantes do grupo e que vivem ótima fase na competição. No entanto, o treinador são-paulino tem sete jogadores pendurados com dois cartões amarelos e: Nenê, Sidão, Militão, Arboleda, Jucilei, Hudson e Everton. Todos precisam ter cuidado para não ficarem fora do clássico com o Corinthians, na próxima rodada do Nacional. Ficha Técnica 18/6 – Maracanã (Rio de Janeiro) Árbitro: Paulo Roberto Alves Júnior (Paraná) FLAMENGO: Diego Alves; Rodinei, Réver, Léo Duarte e Renê; Rômulo, Lucas Paquetá e Diego; Éverton Ribeiro, Marlos e Guerrero (Fernando Uribe). Técnico: Maurício Barbieri. SÃO PAULO: Sidão, Éder Militão, Arboleda, Anderson Martins e Reinaldo; Jucilei, Hudson e Nenê. Rojas, Éverton e Diego Souza. Técnico: Diego Aguirre.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/futebol/lider-fla-quer-ampliar-vantagem-sobre-sao-paulo-no-brasileirao-18072018

São Paulo tem oito pendurados para o clássico contra o Corinthians
Data: 18/07/2018

Sete dos 11 jogadores que serão titulares contra o Flamengo ficarão fora do clássico diante do Corinthians, no sábado (21), se receberem cartão amarelo

Ao longo de todo o período de parada do Campeonato Brasileiro durante a Copa do Mundo, Diego Aguirre definiu um time titular para o semestre que já entrará em campo nesta quarta-feira (18), contra o Flamengo, às 21h45, no Maracanã. Mas até sete jogadores dessa formação podem desfalcar a equipe no clássico diante do Corinthians, no sábado, no Morumbi. O Tricolor deve entrar em campo nesta noite com: Sidão; Militão, Arboleda, Anderson Martins e Reinaldo; Jucilei, Hudson e Nenê; Rojas, Everton e Diego Souza. De todos esses 11, somente Anderson Martins, Reinaldo, Rojas e Diego Souza não estão pendurados. Jucilei, Hudson, Nenê, Militão, Everton, Arboleda e Sidão são os titulares que jogam no Maracanã já com dois cartões amarelos acumulados. O meio-campista Liziero, reserva, é o outro pendurado entre os relacionados para a partida. A lista ainda conta com Régis, mas o lateral-direito acaba de voltar a treinar (teve seu contrato suspenso por problemas pessoais) e ainda não está à disposição para entrar em campo. Para a partida contra o Flamengo, Aguirre tem um desfalque por suspensão: Lucas Fernandes, meia que foi expulso no triunfo por 3 a 0 sobre o Vitória, em 12 de junho, no último compromisso oficial do São Paulo antes da parada do Campeonato Brasileiro para a Copa do Mundo. Depois das 12 rodadas disputadas antes do Mundial na Rússia, o Tricolor ocupa a terceira colocação da competição nacional, com 23 pontos, a quatro do Flamengo, que lidera o torneio. O clássico contra o Corinthians será o primeiro jogo no Morumbi após a Copa do Mundo e ocorrerá às 21h deste sábado.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/lance/futebol/sao-paulo-tem-oito-pendurados-para-o-classico-contra-o-corinthians-18072018

Corinthians quer reabilitação contra Botafogo de técnico novo na Série A
Data: 18/07/2018

Time corintiano vem de quatro resultados negativos no Brasileirão. Botafogo terá a estreia do técnico Marcos Paquetá, que substitui Alberto Valentim

A equipe corintiana perdeu seis jogadores durante a pausa de um mês no Brasileirão para a disputa da Copa do Mundo. Saíram: Júnior Dutra (Fluminense), Maycon (Shakhtar Donetsk-UCR), Kazim (Lobos Buap-MEX), Balbuena (West Ham), Sidcley (Dínamo de Kiev) e Léo Príncipe (Le Havre-FRA). Chegaram o lateral-esquerdo Danilo Avelar (Torino-ITA) e o Jonathas (Hannover-ALE). O lateral, recém-contratado, está entre os relacionados para o confronto. Para recuperar a boa fase no Nacional, o técnico Osmar Loss também conta com o goleiro Cássio e o lateral-direito Fagner, que retornaram da Rússia depois de servir a seleção brasileira no Mundial de 2018. No entanto, o treinador não poderá contar com o atacante Clayson, o lateral Mantuan e o volante Ralf, todos lesionados. O Botafogo fará a estreia do técnico Marcos Paquetá, que substitui Alberto Valentim, campeão carioca de 2018 que assinou contrato com o Pyramids, do Egito. O novo treinador, de 59 anos, com uma longa experiência no futebol internacional, pretende manter o mesmo esquema da equipe que vinha jogando, mas não revelou qual time colocará em campo para enfrentar o atual campeão brasileiro. "Vamos tentar manter o padrão. Com uma parada, cada jogador volta de uma maneira. A gente está buscando a melhor escalação e ter equilíbrio. Temos grandes chances de fazer um bom jogo, dando tranquilidade ao atleta para jogar", afirmou Marcos Paquetá em entrevista coletiva, nesta terça-feira. Ficha Técnica 18/6 – Arena Corinthians (São Paulo) Árbitro: Rodrigo D'alonso Ferreira (Santa Catarina) CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Pedro Henrique, Henrique e Danilo Avelar; Gabriel e Renê Júnior; Romero Rodriguinho e Mateus Vidal; Roger. Técnico: Osmar Loss. BOTAFOGO: Jefferson; Luís Ricardo, Carli, Igor Rabello e Gilson; Rodrigo Lindoso, Marcelo e Valencia; Luiz Fernando, Aguirre e Kieza. Técnico: Marcos Paquetá.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/futebol/corinthians-quer-reabilitacao-contra-botafogo-de-tecnico-novo-na-serie-a-18072018

Cristiano Ronaldo chega à Juventus e torcida recebe o craque com festa
Data: 16/07/2018

O melhor jogador do mundo passou por exames médicos, conheceu as dependências do clube e vai conceder uma entrevista ainda nesta segunda

Cristiano Ronaldo está em Turim, na Itália, para ser apresentado na Juventus. Durante a partida final da Copa da Rússia, o melhor jogador do mundo viajou e nesta segunda-feira (16) vai ser apresentado oficialmente para a imprensa. Nesta manhã, CR7 passou por exames médicos na J-Clinical, clínica médica exclusiva da Juventus. O clube registrou o vídeo em conta no Twitter. "Começaram os exames médicos de Cristiano." Depois dos exames, o melhor jogador do mundo foi cumprimentar os cerca de 800 torcedores que o esperavam na porta da clínica. O português ainda foi ao centro de treinamento da Juventus e andou nos arredores do estádio. Às 13h30, Cristiano vai dar a primeira entrevista coletiva no novo time. Cristiano Ronaldo foi contratado pela Juventus por 117 milhões de Euros e o objetivo principal do clube é voltar a conquistar a Liga dos Campeões da Europa. Os italianos foram vice-campeões em 2016/2017 e na última foram eliminados pelo Real Madrid na semifinal. A última conquista foi na temporada de 1995/1996. O atacante português tem cinco títulos na competição e fez 120 gols. Cristiano volta às férias nesta noite e se apresenta definitivamente nos Estados Unidos, onde será a pré-temporada da Juventus.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/futebol/cristiano-ronaldo-chega-a-juventus-e-torcida-recebe-o-craque-com-festa-16072018

Philippe Coutinho concorre ao prêmio do gol mais bonito da Copa
Data: 16/07/2018

Gol contra a Suíça, na estreia brasileira no Mundial, está entre os 18 escolhidos pela Fifa para votação; James Rodríguez levou prêmio em 2014

O gol de Phillipe Coutinho no empate em 1 a 1 contra a Suíça, que selou a estreia da seleção brasileira na Rússia, disputa o prêmio de gol mais bonito da Copa do Mundo com uma seleção de 17 outras bolas na rede, divulgada pela Fifa neste domingo (15). A votação vai até o dia 23 de julho (segunda-feira) e é possível votar e assistir aos gols através do site oficial da Fifa e pelo aplicativo da entidade. Curta a página R7 Esportes no Facebook O gol do camisa 11 brasileiro foi eleito o mais bonito da primeira fase do Mundial pela própria Fifa, e agora concorre com diversos belos tentos que foram anotados na Rússia. Em 2014, no Brasil, o gol do colombiano James Rodríguez contra o Uruguai faturou este prêmio e o Puskás, dado ao gol mais bonito do ano. Em 2010, o uruguaio Diego Forlán recebeu as honrarias, e em 2006, o argentino Maxi Rodriguez foi o homenageado. Confira tudo sobre Copa 2018 no R7 Esportes Confira a lista dos jogadores que concorrem ao prêmio de gol mais bonito da Copa: - Cristiano Ronaldo (Portugal): 3º gol contra a Espanha; - Nacho Fernández (Espanha): gol contra Portugal; - Phillipe Coutinho (Brasil): gol contra a Suíça; - Denis Cheryshev (Rússia): gol contra a Arábia Saudita; - Dries Mertens (Bélgica): gol contra o Panamá; - Juan Quintero (Colômbia): gol contra o Japão; - Artem Dzyuba (Rússia): gol contra o Egito; - Luka Modric (Croácia): gol contra a Argentina; - Ahmed Musa (Nigéria): 2º gol contra a Islândia; - Lionel Messi (Argentina): gol contra a Nigéria; - Toni Kroos (Alemanha): gol contra a Suécia; - Jesse Lingard (Inglaterra): gol contra o Panamá; - Ricardo Quaresma (Portugal): gol contra o Irã; - Adnan Januzaj (Bélgica): gol contra a Inglaterra; - Angel Di María (Argentina): gol contra a França; - Benjamin Pavard (França): gol contra a Argentina; - Nacer Chadli (Bélgica): gol contra o Japão; - Denis Cheryshev (Rússia): gol contra a Croácia. *Estagiário do R7, sob supervisão de Rodolfo Rodrigues

Link Notícia: https://esportes.r7.com/copa-2018/philippe-coutinho-concorre-ao-premio-do-gol-mais-bonito-da-copa-16072018

Com Vinícius Júnior e novo goleiro, Real retoma trabalhos em Madri
Data: 16/07/2018

Nesta segunda-feira (16), 14 atletas se apresentaram e passaram por exames médicos; sem Cristiano Ronaldo, vendido para a Juve, brasileiro é destaque

O Real Madrid iniciou, nesta segunda-feira (16), a preparação para a nova temporada, que terá início em agosto. Os jogadores se apresentaram e passaram por exames médicos. Vinícius Júnior, ex-atacante do Flamengo, que é uma das novidades da equipe para a temporada, marcou presença e foi festejado pelos torcedores nas redes sociais do clube espanhol.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/futebol/fotos/com-vinicius-junior-e-novo-goleiro-real-retoma-trabalhos-em-madri-16072018#!/foto/1

Róger Guedes é vendido pelo Palmeiras a clube chinês
Data: 13/07/2018

Atacante estava no Atlético-MG e é artilheiro do Brasileirão, com 9 gols. Clube mineiro tinha direito a 5% do atleta, mas anunciou que ficará com 27%

O Palmeiras acertou a venda do atacante Róger Guedes ao Shandong Luneng, da China. O jogador estava emprestado ao Atlético Mineiro até o fim do ano e rescindiu seu contrato na tarde desta quinta-feira. Em nota oficial, o clube mineiro explicou que tinha direito a 5% do valor total da venda, mas que ficará com 27% após uma "dura negociação". A diretoria do Atlético Mineiro informou que 27% correspondem a 2,5 milhões de euros, o que significa que o valor total da venda foi 9,2 milhões de euros (mais de R$ 41 milhões). O Palmeiras, dono de 25% dos direitos, e o Criciúma, que detém os outros 75%, ainda não se manifestaram sobre a divisão do valor.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/lance/roger-guedes-e-vendido-pelo-palmeiras-a-clube-chines-12072018

Inspirado em Zé Roberto, Nenê cogita encerrar carreira no Tricolor
Data: 13/07/2018

Meia de 37 anos não se vê como velho e pretende atuar por mais alguns anos antes de pendurar as chuteiras; ficar no São Paulo é uma possibilidade

Principal jogador do São Paulo neste Brasileirão, o experiente meia Nenê, de 37 anos, não descarta encerrar sua carreira defendendo as cores do Tricolor do Morumbi. No evento de apresentação das novas camisas da equipe para o segundo semestre deste ano, o meio-campista deixou claro que não pretende pendurar as chuteiras tão cedo, mas demonstrou interesse pela ideia. Questionado sobre o assunto, o camisa 7 do São Paulo brincou com os jornalistas e afirmou que ainda é um jovem jogador. Depois, mais sério, Nenê falou que pretende estender ao máximo sua carreira e que pretende repetir a façanha de Zé Roberto, que parou apenas aos 43 anos de idade. - Não pensei em nada disso ainda. Sou um cara novo ainda (risos), então não pensei nisso ainda não. Mas é uma ideia. Ainda tem muito chão pela frente. Espero que eu possa parar depois do 40 e vamos ver se eu consigo ser um segundo Zé - explicou Nenê. Depois de passar por Inglaterra, França, Catar, Espanha e defender as cores da Seleção Brasileira no passado, o meio-campista ainda projeta mais para sua carreira. A meta, agora, é conquistar um título pelo São Paulo. No segundo semestre, o Tricolor disputa o Brasileirão e a Copa Sul-Americana. No planejamento da comissão técnica, Nenê é peça fundamental, já que, além dos 10 gols em seus 29 jogos pelo clube, é o centralizador das jogadas ofensivas da equipe.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/lance/futebol/inspirado-em-ze-roberto-nene-cogita-encerrar-carreira-no-tricolor-13072018

Peruano Cueva é vendido a time russo e não joga mais pelo São Paulo
Data: 13/07/2018

Krasnodar, da Rússia, pagará 8 milhões de euros (R$ 36 milhões) pelo meia de 26 anos. Antes da Copa do Mundo, futuro no clube já era incerto

Christian Cueva, um dos destaques do Peru na Copa do Mundo, não joga mais pelo São Paulo. O jogador de 26 anos foi vendido ao Krasnodar, da Rússia, por 8 milhões de euros (cerca de R$ 36 milhões). O meia deve se despedir dos companheiros de Tricolor nesta sexta-feira (13), antes de voltar ao país onde disputou o Mundial pelo Peru. Antes da Copa, inclusive, o futuro no clube do Morumbi já era incerto. O acordo entre os representantes do meio-campista e o clube russo foi firmado no fim da tarde desta sexta. O São Paulo, que já não contava com o jogador em seu elenco desde antes do início da Copa do Mundo, aceitou os valores oferecidos pelos europeus. Negociações por Cueva O jogador foi sondado pelo Orlando City, dos Estados Unidos, e também pelo Independiente, da Argentina, nos últimos dias. Seu desejo de jogar no Velho Continente, no entanto, pesou na negociação. Contratado em junho de 2016 por R$ 8,8 milhões, Cueva fez 87 partidas oficiais e anotou 20 gols. O meio-campista chegou a ser um dos líderes do elenco, mas caiu de produção e teve problemas disciplinares com a diretoria. A conduta do peruano, que havia se reapresentado na última segunda-feira, foi determinante para sua saída.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/copa-2018/lance/peruano-cueva-e-vendido-a-time-russo-e-nao-joga-mais-pelo-sao-paulo-12072018

Um novo time para 2022. Copa América servirá como peneira
Data: 10/07/2018

Arthur, Jemerson, Guilherme Arana, Vinícius Junior, Lucas Paquetá, Rodrygo. Será obrigatória a renovação da Seleção para 2022

Moscou, Rússia Indefectíveis a cada Copa perdida pelo Brasil, são as projeções para como será o novo time no próximo MundiaI. E já começaram a chover as mais variadas equipes. O primeiro passo, lógico, precisa passar pela continuidade de Tite no cargo. Pessoas ligadas a ele dão como certo sua permanência. Depois de todas as provas de autonomia que recebeu da CBF do secretário-geral Walter Feldmann. Confira tudo sobre Copa 2018 no R7 Esportes O treinador saiu da Rússia convicto que seu esquema tático estava correto. Tendo o 4-1-4-1 como base para o 4-2-3-1 e variando ao 4-4-2. Mas ele precisará utilizá-lo com novas peças. Jogadores de sua confiança não terão idade para seguirem titulares com o futebol cada vez mais competitivo, atlético no mundo atual. Cássio (30 anos), Marcelo (30), Filipe Luís (32), Geromel (30), Thiago Silva (33), Miranda (33), Renato Augusto (30), Fernandinho (33), Fagner (29),Paulinho (33) Taison (30) e Daniel Alves, 35 anos, não estarão no Catar. "Eu sei que disputei a minha última Copa. É um momento duro, triste para mim. Mas sei que fiz de tudo para o Brasil ganhar a Copa. Mas não posso me iludir. A vez será de jogadores mais jovens no Catar", desabafou Miranda, após a eliminação diante da Bélgica. Para isso, servirão os estudos, as avaliações de novos nomes que Tite já havia pedido que fosse feito, projetando a Copa de 2022. Para ele ou para qualquer outro treinador que seguir no Mundial. Ele fez questão de fazer as fichas que não encontrou. Nenhum treinador antes dele, deixou qualquer estudo, qualquer relatório na CBF. De Dunga e do coordenador Gilmar Rinaldi não sobrou nada. Das avaliações preliminares dos observadores de Tite há vários jovens nomes. O volante Artur tem caminho aberto. O treinador é um fã do jogador, que foi sabotado por sua contusão no tornozelo esquerdo. Por isso não veio à Rússia. Marquinhos, injustiçado na Copa, deverá assumir a zaga. Não há mais como Tite não colocá-lo como titular na nova equipe. Jemerson de 25 anos tem caminho aberto, para formar uma forte dupla. Na lateral esquerda, Tite colocará suas fichas no jogador que formou no Corinthians. Guilherme Arana. Só o treinador sabe tirar o melhor do veloz, habilidoso e vertical lateral. O processo de maturação do jogador precisa ser imediato. Marcelo já deu mostras que fisicamente não consegue manter seu futebol de alto nível. Quanto mais com 34 anos. Filipe Luís terá 36 anos, sabe que seu tempo passou. Para articular as ações ofensivas, Lucas Paquetá tem um grande lobby da imprensa carioca. E tem a simpatia de Tite, por suas arrancadas e personalidade forte. Tem apenas 20 anos, a hora de investir, de formar o jogador para a Seleção é agora. Embora jovem, Gabriel Jesus terá a concorrência forte para seguir titular da Seleção. A começar pelo próprio Roberto Firmino. Tem 26 anos, assim como Neymar e Coutinho. O trio poderá chegar muito bem fisicamente e entrosado até o Catar. Tite sabe que foi injusto também com Firmino. Mas há Vinicius Júnior. Ele já chegou ao Real Madrid com todo status de nova estrela brasileira. Contratado a peso de ouro. O garoto de R$ 165 milhões fará 18 anos daqui três dias. Ele conta com grandes defensores na Comissão Técnica. Terá chance de mostrar se merece um lugar na Copa do Catar, quando terá 21 anos. Além desses jogadores que chegarão para se juntar a Alisson, Danilo, Casemiro, Coutinho, Willian, Neymar, há outras revelações que Tite pode escolher. Militão, Gabriel, Igor Rabelo, Ayrton Lucas, Maycon, Rodrygo, Pedro, Paulinho, Gustavo Blanco, Gustavo Scarpa. Ou seja, nomes não faltam para Tite. A filosofia de jogo ele já tem. E se seguir na Seleção, como já tem convite, o treinador decidiu. Fara da Copa América do Brasil, em 2019, uma grande peneira. Levará uma base competitiva da Copa da Rússia. Mas testará vários nomes pensando em 2022. Apesar da profunda tristeza que domina o técnico, ele sabe. A vida da Seleção Brasileira vai prosseguir. A própria Comissão Técnica de Tite em conversa com a cúpula da CBF já acertou. O Brasil fará pelo menos oito amistosos antes do início da Copa América, em junho de 2019. O primeiro jogo será contra os Estados Unidos, em Nova Jersey, dia 7 de setembro. Os outros adversários não estão definidos.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/prisma/copa-2018/cosme-rimoli/um-novo-time-para-2022-copa-america-servira-como-peneira-09072018

Árbitro brasileiro é candidato a apitar a final da Copa do Mundo
Data: 10/07/2018

Fifa divulgou lista de 12 árbitros para fase final do Mundial e Ricci esteve entre escolhidos; com queda do Brasil, ele pode estar na decisão

O Comitê de Árbitros da Fifa selecionou 12 árbitros, 26 assistentes e dez árbitros de vídeo para a fase final da Copa do Mundo de 2018. Entre eles está o brasileiro Sandro Meira Ricci. Confira tudo sobre Copa 2018 no R7 Esportes Ele foi mantido da lista das quartas de final, que continha 17 nomes, para a das semis, que excluiu cinco profissionais. A última partida de Ricci neste Mundial foi o jogo da classificação da Croácia para as semifinais, após vitória nos pênaltis diante da Rússia. Ele também atuou em mais dois jogos na Rússia: Dinamarca 0 x 0 França e Croácia 2 x 0 Nigéria, ambos pela fase de grupos. Nos três jogos, suas atuações foram boas e sem críticas ou decisões polêmicas. Com a seleção brasileira eliminada da Copa, o árbitro mineiro poderá apitar a semifinal entre Croácia e Inglaterra, a disputa pelo 3º lugar ou a final da competição. Isto porque somente um jogo dos quatro restantes do torneio já tem sua arbitragem definida. O uruguaio Andres Cunha, também da Conmebol — mesma confederação de Ricci — apitará França x Bélgica, válido pelas semifinais. Confira a lista dos árbitros para a fase final da Copa: AFC (Ásia): Alireza Faghani (Irã). CAF (África): Malang Diedhiou (Senegal). Concacaf (Américas do Norte e Central): Mark Geiger (EUA) e Cesar Arturo Ramos (México). Conmebol (América do Sul): Andrés Cunha (Uruguai), Néstor Pitana (Argentina) e Sandro Meira Ricci (Brasil). OFC (Oceania): Matthew Conger (Nova Zelândia). Uefa (Europa): Cuneyt Cakir (Turquia), Bjorn Kuipers (Holanda), Milorad Mazic (Sérvia) e Gianluca Rocchi (Itália).

Link Notícia: https://esportes.r7.com/copa-2018/arbitro-brasileiro-e-candidato-a-apitar-a-final-da-copa-do-mundo-09072018

À la Neymar: torcedores do Tijuana rolam em campo durante intervalo
Data: 10/07/2018

Brincadeira de imitar as simulações do craque brasileiro, que ganharam destaque na Copa, aconteceu em amistoso do time mexicano

Os mexicanos entraram na onda do "Neymar challenge", brincadeira que consiste em imitar as simulações de Neymar que está tomando conta das redes sociais, e fizeram uma versão durante o amistoso entre Tijuana e Herediano, no último domingo (8). Durante o intervalo, o time convocou alguns torcedores para disputar uma corrida diferente: rolar do meio de campo até a grande área imitando o craque brasileiro. O mundo todo está repercutindo as supostas encenações de Neymar, mas, para os mexicanos, a polêmica é ainda maior por conta do pisão de Miguel Layún no atacante, durante o duelo pelas oitavas de final da Copa do Mundo.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/copa-2018/a-la-neymar-torcedores-do-tijuana-rolam-em-campo-durante-intervalo-09072018

Marcelo e Fernandinho confirmados para o jogo contra a Bélgica
Data: 05/07/2018

Tite confirma a volta do lateral esquerdo entre os titulares e para o lugar de Casemiro suspenso por dois cartões, entra o meio-campo do Manchester City

O técnico Tite confirmou nesta quinta-feira (5), em entrevista coletiva, a volta de Marcelo à lateral esquerda da seleção brasileira para o jogo contra a Bélgica, pelas quartas da Copa do Mundo. "Conversei com o Marcelo e o Filipe Luís. Marcelo saiu por um problema clínico, não voltou por um problema físico no segundo jogo. Filipe Luís jogou muito nos dois jogos, competem os dois, deixa a cabeça do homem um trevo. E por critério volta o Marcelo." Tite explica por que Firmino não ganha vaga de Gabriel Jesus Marcelo sentiu uma contusão na coluna no jogo contra a Sérvia e precisou ser substituído aos 12 minutos de jogo. O meio-campo Fernandinho vai entrar no lugar de Casemiro, supenso por dois cartões amarelos. Existia a possibilidade de Marquinhos jogar improvisado na função. "Fernandinho agora vai jogar. Sendo específico nas possibilidades, Marquinhos pode jogar como primeiro meio-campista, já jogou assim comigo. Seu primeiro jogo no profissional foi contra o Palmeiras, como volante. Ele tem as ferramentas para jogar ali." O time que entra em campo para tentar a classificação para semifinais da Copa da Rússia será: Alisson; Fagner, Miranda, Thiago Silva e Marcelo; Fernandinho, Paulinho, Philippe Coutinho e Willian; Neymar e Gabriel Jesus.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/marcelo-e-fernandinho-confirmados-para-o-jogo-contra-a-belgica-05072018

Loss aprova atuação do Corinthians e ressalta estilo: 'Saber sofrer'
Data: 05/07/2018

Treinador ficou satisfeito com a vitória por 2 a 0 sobre o Cruzeiro em amistoso realizado no Mineirão: 'Ganhamos confiança para trabalhar'

O técnico Osmar Loss ficou satisfeito com a atuação do Corinthians na vitória por 2 a 0 sobre o Cruzeiro, em amistoso realizado na noite desta quarta-feira (4), no Mineirão. O treinador acredita que o resultado dará confiança para o Timão. - Eu gostei, acho que oscilamos ainda no decorrer do primeiro tempo, sentimos o cansaço nos últimos dez minutos, o Cruzeiro conseguiu manter mais. Achei que nos comportamos bem, controlamos bem as linhas de passes, o Cruzeiro praticamente só chegou pelos lados. Há coisas que precisamos evoluir na transição, mas fico satisfeito de ver o nível de concentração para tirar proveito e fazer aquele primeiro gol. O Walter foi muito feliz, Romero e Clayson também. É a prova que estamos com uma vivacidade boa e isso pode ser positivo no decorrer do ano - afirmou Loss, referindo-se ao gol marcado por Romero após tiro de meta rápido de Walter e toque de Clayson. Veja a tabela completa da Copa do Mundo 2018 Loss ainda apontou uma semelhança da atuação no amistoso com a equipe que conquistou o Paulistão e o Brasileirão no ano passado: o fato de saber sofrer. Corinthians e Cruzeiro tiveram escalações titulares no primeiro tempo e colocaram os reservas no segundo, e o Timão marcou um gol em cada etapa. - Sempre deixei muito claro que o rendimento é o que proporciona os resultados. Ahco que o Cruzeiro em grande parte do jogo teve volume e superioridade, mas uma característica muito marcante de 2017 foi o fato de saber sofrer. E hoje soubemos sofrer. Com o resultado, ganhamos confiança para trabalhar, conseguimos mostrar que temos um grupo, porque as duas equipes venceram, cada uma em seu tempo. Tudo isso é muito importante para o nosso ambiente - analisou Loss. O Corinthians ainda tem mais dois amistosos durante a parada por conta da Copa do Mundo: neste domingo (8), às 11h, contra o Grêmio, e na próxima quarta-feira (11), às 20h, novamente diante do Cruzeiro. Ambos os jogos serão realizados na Arena em Itaquera.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/lance/futebol/loss-aprova-atuacao-do-corinthians-e-ressalta-estilo-saber-sofrer-05072018#!/foto/1

Descobri aos 63 anos que sou filho de um campeão de Fórmula 1 e herdei milhões
Data: 05/07/2018

Herdeiro do piloto argentino Juan Manuel Fangio teve paternidade reconhecida após anos de uma longa batalha judicial

Quanto tinha 57 anos, o argentino Rubén Juan Vázquez trabalhava em um hotel no balneário de Pinamar, na Província de Buenos Aires, quando um hóspede lhe disse que ele era a cara do campeão argentino de Fórmula 1 Juan Manuel Fangio. O hóspede lhe disse ainda que Fangio, morto em 1995, teria tido um filho e Rubén deveria verificar se não era ele. Aquela conversa ocorreu poucos anos após a morte do piloto, que até hoje é apontado como referência na modalidade. Fangio venceu cinco vezes o mais importante campeonato mundial de automobilismo, recorde quebrado apenas pelo alemão Michael Schumacher décadas mais tarde. Um ícone do esporte, Fangio considerava o brasileiro Ayrton Senna seu sucessor nas pistas. A história da incrível foto do gol 'bailarino' de Paulinho A vida de Rubén pouco lembrava o glamour do ídolo. Nos anos 1990, ele perdeu o emprego em uma ferrovia e foi trabalhar para a rede hoteleira da costa argentina. De família simples, ele perguntou à sua mãe, Catalina Basili, se a suspeita do hóspede poderia ser verdadeira. Em um primeiro momento, Catalina negou. Mas, cinco anos mais tarde, quando tinha quase 90 anos e seu marido, que criara Rubén como filho, já morrera, Catalina chamou seu filho e revelou que ele era fruto de um amor proibido. Catalina e Fangio tiveram um breve romance nos anos 1940, durante um curto período de tempo em que ela esteve separada do marido. Com a história confirmada pela mãe, Rubén procurou um advogado. Catalina decidiu colaborar: registrou em cartório que Rubén era filho de Fangio e acompanhou boa parte da disputa judicial até morrer, aos 103 anos, em 2012. "Só lamento não ter convivido com ele. Mas, fora isso, só sinto orgulho e emoção", afirmou Rubén. A batalha judicial Desde criança, Rubén desconfiava ter algum laço com Fangio. Ele nasceu e foi criado em Balcarce, também cidade natal do astro automobilístico, na Província de Buenos Aires, e na adolescência chegou a lhe pedir emprego. "Quando ele entrou aqui no meu escritório e disse que era filho de Fangio, não tive dúvida. Eles são muito parecidos", disse o advogado Miguel Ángel Pierri, que defendeu Rubén no processo. Rubén já tinha então 63 anos quando foi iniciada uma batalha judicial que terminou há poucos dias, 13 anos mais tarde. A luta nos tribunais teve várias etapas. A primeira incluiu, após idas e vindas, a exumação do corpo do campeão das pistas para os exames de DNA, em 2015. Dois anos depois, com os resultados confirmados, Rubén foi autorizado a mudar seu nome no documento de identidade e passou a se chamar Rubén Juan Fangio. No caminho da investigação, até os tons de voz de Rubén e de seu pai biológico foram analisados por um especialista americano, como contou Pierre. "Também são parecidos", afirmou. A última etapa, segundo Rubén e seu advogado, foi a declaração da Justiça de que Rubén era herdeiro de Fangio. A fortuna do ex-campeão mundial é avaliada em mais de US$ 50 milhões, de acordo com os advogados que já iniciaram levantamentos sobre as terras, imóveis e automóveis deixados pelo corredor. Também entrarão na conta os valores obtidos a partir do uso da marca Fangio em diferentes produtos no mercado internacional. A partir da decisão judicial, o filho recém-confirmado deverá ter seu aval para peças publicitárias com o nome do pai. Rubén descreve o périplo judicial como "uma corrida e uma batalha longas". Ele, no entanto, não hesitou em embarcar nelas. "Depois que eu soube que era filho do Fangio, nunca mais tive dúvidas (sobre a paternidade)", afirmou. "Eu fiquei muito emocionado com a decisão da Justiça. Fiquei emocionado por ter minha identidade reconhecida. E por ser filho do piloto que foi cinco vezes campeão mundial de Fórmula 1", disse ele à BBC News Brasil. Aos 76 anos, casado, pai de três filhos e avô de sete netos, Rubén, agora aposentado, parece não gostar que lhe chamem de milionário. "Não gosto de falar destes assuntos. Mas o que posso dizer é que tudo o que está acontecendo é importante. Consegui minha identidade e estou feliz porque as coisas estão sendo feitas corretamente, como deveriam ser", respondeu. Irmãos aos 70 anos As fotos atuais de Rubén Fangio mostram como ele se parece com o corredor, conhecido na Argentina também pela vida discreta que levava fora das pistas. Oficialmente, o piloto não teve filhos. Mas exames de DNA confirmaram que outro argentino, Oscar 'Cacho' Fangio, quatro anos mais velho que Rubén, também é filho do piloto. 'Cacho' foi corredor de automóveis de Fórmula 3, conviveu com o ex-campeão e também era chamado de Fangio nas pistas. Mas só agora também está mudando seu nome nos documentos. "Fangio e a mãe de Oscar moraram juntos e existem cartas, fotos e vídeos dos dois juntos, por exemplo, nas corridas que o piloto participou na Alemanha e em outros países da Europa", disse à BBC News Brasil o advogado de Oscar, Oscar Scarcella, que trabalha em Mar del Plata, onde seu cliente mora. Hoje, os dois, Oscar e Rubén, se chamam de irmãos, mesmo tendo se conhecido depois dos 70 anos de idade. Nesta semana, contou Rubén pelo telefone, eles estão percorrendo a Espanha juntos e de lá seguem para a Inglaterra, a convite de pilotos britânicos, fãs de Fangio, para assistir ao torneio de Silverstone, neste domingo. "Estou viajando com meu irmão e estamos felizes. Estamos curtindo", disse Rubén. O advogado de Rubén, Pierri, e o advogado de Oscar, Scarcella, afirmam que os dois são, oficialmente, os únicos herdeiros reconhecidos de Fangio. BBC Brasil - Todos os direitos reservados - É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC

Link Notícia: https://esportes.r7.com/descobri-aos-63-anos-que-sou-filho-de-um-campeao-de-formula-1-e-herdei-milhoes-05072018

Brasil vence México por 2 a 0 e agora espera rival das quartas da Copa
Data: 03/07/2018

Seleção tem dificuldade no 1º tempo, mas gols de Neymar e Firmino dão vitória ao time, que agora espera vencedor de Bélgica x Japão

O Brasil venceu o México por 2 a 0 nesta segunda-feira (2), pelas oitavas de final da Copa da Rússia 2018. Os gols foram de Neymar e Firmino. O jogo foi disputado na Arena Kazan, em Kazan. Pelas quartas de final, o próximo adversário será o vencedor de Bélgica x Japão, que jogam nesta segunda-feira (2) às 15h. O duelo será disputado na próxima sexta-feira (6), na Arena Kazan, em Kazan. Primeiro tempo O México começou o jogo com marcação alta, tentando roubar a bola do Brasil no campo ofensivo. Logo aos 2', em uma dessas bolas recuperadas, Guardado cruzou da esquerda, e Lozano arrematou para o gol. Miranda bloqueou para escanteio. Aos 5', a seleção chutou pela primeira vez ao gol mexicano. Neymar experimentou de fora da área. Ochoa rebateu. Mas foi um ataque solitário. Aos poucos, o México começou a comandar as ações no meio de campo, utilizando a chamada "marcação alta", no campo de defesa do Brasil. O México, no entanto, não conseguia traduzir em chances de gol o domínio da posse de bola. Aos 9', após cobrança de escanteio, Chicharito Hernández recebeu boa bola na pequena área e finalizou cara a cara com Alisson. Mas a arbitragem marcou impedimento. Vela, aos 22', fez boa jogada pela esquerda. O atacante rolou a bola para Herrera, que driblou Miranda, mas foi travado por Thiago Silva quando tentou o chute ao gol. Confira tudo sobre Copa 2018 no R7 Esportes Brasil reage Quando o México parecia dominar, o Brasil criou suas melhores chances. Aos 25', Neymar escapou pela esquerda, driblou dois mexicanos e chutou cruzado. Ochoa defendeu. Um minuto depois, após cruzamento na área, a bola sobrou para Gabriel Jesus, que chutou em cima da zaga. Na sobra, após boa jogada do brasil, Philippe Coutinho recebeu bola na entrada da área e chutou por cima do gol. Aos 33', o Brasil voltou a fazer boa triangulação pela esquerda do ataque. Gabriel Jesus invadiu a área e chutou forte. Ochoa espalmou. Na sobra, os brasileiros não conseguiram finalizar. No primeiro lance mais violento do jogo, Álvarez recebeu o cartão amarelo após valta em Neymar pela esquerda. Na cobrança da infração, aos 40', o próprio Neymar chutou por sobre o gol mexicano. Imprima a tabela completa da Copa do Mundo 2018 Segundo tempo Para deixar o time ainda mais ofensivo, o técnico Juan Carlos Osorio tirou Rafa Márquez, que atuava de volante, para colocar Layún no intervalo. Logo a 3', Philippe Coutinho invadiu a área após cobrança de escanteio e chutou forte, no canto direito de Ochoa, que espalmou para escanteio. O México respondeu aos 5', em contra-ataque puxado por Gallardo. O lateral-esquerdo chutou de fora da área por cima do gol de Alisson. PublicidadeFechar anúncio Paulinho relembra convite de Messi, racismo na Europa e exalta Tite Gol do Brasil Mais insistente no ataque, o Brasil finalmente chegou ao seu gol aos 6'. Willian invadiu a área pela esquerda e chutou cruzado. Neymar colocou para o fundo da rede. Foi o primeiro gol do craque do PSG em mata-matas de Copa do Mundo. Pela boa atuação, Neymar foi eleito o homem do jogo pela Fifa. O México esboçou uma reação, subindo mais ao ataque, mas sem conseguir passar pela defesa brasileira, bem postada. Aos 14', o Brasil teve uma boa chance. Após cruzamento de Fagner, Paulinho finalizou para ótima defesa de Ochoa. México e Brasil no ataque Em ótimo ataque pela direita, Carlos Vela arrematou para o gol. Alisson pôs para escanteio. O Brasil respondeu com boa escapada de Willian pela direita. O meia chutou forte. Ochoa espalmou para escanteio. Aos 23', Willian puxou contra-ataque pela esquerda. O meia cruzou rasteiro para Neymar, que chutou no canto de Ochoa. A bola foi desviada pela zaga e passou muito perto do poste direito do gol mexicano. Em jogada pela lateral de campo, aos 26', Layún dá um pisão em Neymar, que já estava caído fora de campo. O árbitro preferiu fazer vistas grossas. Fernandinho e Firmino no jogo A fim de dar ritmo de jogo e melhorar a marcação no meio de campo, Tite promoveu a primeira alteração aos 35' do 2º tempo, tirando Paulinho e colocando Fernandinho. Pouco depois, aos 41', o treinador sacou Philippe Coutinho, colocando Firmino no seu lugar. A ideia do treinador foi dar mais velocidade ao contra-ataque, característica do atacante do Liverpool. Gol de Firmino E foi justamente dele o segundo gol do Brasil. Neymar escapou pela esquerda e tocou para o meio da área. Ochoa ainda desviou a gola, que sobrou para Firmino completar para o gol. O México ainda insistiu no final do jogo. Mas o Brasil estava bem postado na defesa, especialmente após a saída de Willian para a entrada de Marquinhos, aos 46' do 2º tempo. Ficha técnica 2/7 – Arena Samara (Samara) BRASIL 2X0 MÉXICO Árbitro: Gianluca Rocchi (Itália); Público: não disponível; Gols: Neymar aos 6’ e Firmino aos 43’ do 2º tempo; Cartões amarelos: Filipe Luis e Casemiro (Brasil); Álvarez, Herrera, Salcedo e Guardado (México) BRASIL: Alisson; Fagner, Miranda, Thiago Silva e Filipe Luis; Casemiro e Paulinho (Fernandinho, aos 35’ do 2º tempo); Willian (Marquinhos, aos 46’ do 2º tempo), Philippe Coutinho (Firmino, aos 41’ do 2º tempo) e Neymar; Gabriel Jesus. Técnico: Tite MÉXICO: Ochoa; Álvarez (Jonathan dos Santos, aos 10’ do 2º tempo), Ayala, Salcedo e Gallardo; Rafa Márquez (Layún, no intervalo), Herrera e Guardado; Carlos Vela, Chicharito Hernández (Jiménez, aos 15’ do 2º tempo) e Lozano. Técnico: Juan Carlos Osorio

Link Notícia: https://esportes.r7.com/brasil-vence-mexico-por-2-a-0-e-agora-espera-rival-das-quartas-da-copa-02072018

Bélgica bate Japão de virada e será adversária do Brasil nas quartas
Data: 03/07/2018

Seleção europeia leva um susto, saiu perdendo por dois gols no 2º tempo, mas vira para 3 a 2 no último lance e espanta a zebra nas oitavas do Mundial

A Bélgica levou um susto, mas venceu o Japão por 3 a 2 de virada, nesta segunda-feira (2), na Arena Rostov, e será adversária do Brasil nas quartas de final da Copa do Mundo. O jogo será realizado na próxima sexta-feira, às 15 horas (horário de Brasília), na Arena Kazan. O gol da vitória belga foi marcado pelo meio-campista Chadli em um contra-ataque no último lance do jogo. Os japoneses demonstraram ingenuidade e perderam uma classificação às quartas que seria histórica para o país asiático. Como nas demais partidas das oitavas de final da Copa da Rússia, a cautela e o equilíbrio marcaram os primeiros movimentos da partida entre belgas e japoneses. O Japão chegou à linha de fundo pela primeira vez aos 7 minutos, com Inui. O japonês tentou cruzar para a área, mas foi interceptado pela defesa da Bélgica. Já a Bélgica, conhecida pela qualidade dos seus jogadores — muitos que são protagonistas em grandes clubes europeus —, não conseguiu criar uma boa jogada nos primeiros dez minutos. A primeira jogada da seleção belga aconteceu aos 17 minutos, quando Meunier ajeitou de cabeça para Lukaju no meio da área. O atacante, mesmo pressionado pela zaga japonesa, conseguiu girar, chutou para o gol e ganhou um escanteio. Aos 25, Mertens lança na área, Lukaku dividiu com Ioshida já dentro da pequena área, mas o goleiro Kawashima conseguiu afastar o perigo. Foi um bom momento da Bélgica. Mas o time europeu ainda estava muito aquém do seu potencial. Aos 27, Hazard pegou uma bola na entrada da área, limpou e soltou uma bomba, obrigando o goleiro japonês a espalmar para o meio da área. A Bélgica deu uma blitz na área do Japão. Foram três lances de perigo e todos tendo a presença do centroavante grandalhão Romelu Lukaku na área. Ele era o homem procurado pelos armadores belgas na tentativa de abrir o placar. O Japão tentou sair do sufoco e teve um bom momento aos 31 minutos. Shinji Kagawa, que joga pelo Borussia Dortmund, carregou pela esquerda, levou para a perna direita e rolou para Nagatomo. O meio-campista cruzou para Inui, que cabeceou nas mãos de Courtois. Os japoneses desperdiçaram uma boa descida aos 35 minutos. Inui recebeu um lançamento longo e dominou bem, mas demorou para fazer o passe e a equipe perdeu a jogada. Na sequência, o belga Eden Hazard, uma das estrelas do Chelsea, apareceu desmarcado na entrada da área, mas bateu em cima do zagueiro japonês. Curta a página R7 Esportes no Facebook O time belga ganhou o domínio da bola e passou a criar mais a partir dos 25 minutos O Japão quase surpreendeu a Bélgica aos 44 minutos. Inui entrou na área e bateu, Osako tentou dominar e não conseguiu. Mas o goleiro Courtois deixou a bola passar por entre as pernas e quase tomou um frango histórico. Aos 46, Mertens tabelou com Lukaku e chutou, mas Kawashima caiu para fazer a defesa sem dificuldades. Segunda etapa Aos 3 minutos, o Japão recuperou uma bola e partiu para o contra-ataque, Kagawa lançou, o zagueiro Vertonghen falhou e a bola sobrou para Haraguchi, que bateu cruzado e venceu o goleiro Courtois: 1 a 0. Confira tudo sobre Copa 2018 no R7 Esportes Na sequência, a Bélgica desceu com perigo. Mertens passou para Eden Hazard que dominou, soltou uma bomba e carimbou a trave esquerda do goleiro japonês. Mas, aos 7 minutos, Inui recebeu de frente, bateu forte, sem chances para Courtois e fez um golaço para o surpreendente Japão: 2 a 0. A Bélgica, invicta há 22 jogos, sentiu o golpe. Os jogadores europeus estavam visivelmente irritados e se perderam nos minutos seguintes. Os japoneses aproveitavam para segurar a bola e deixar o tempo passar. Aos 20, Sakai foi à linha de fundo e cruzou, o atacante japonês dividiu com o goleiro Courtois e o Japão quase chegou ao terceiro gol. Na sequência, o treinador da Bélgica tirou Mertens e colocou em campo Fellaini. O centroavante Lukaku, autor de quatro gols na primeira fase do Mundial, reapareceu no segundo tempo somente aos 24 minutos. Ele tentou aproveitar um cruzamento da direita, mas foi interceptado pela zaga japonesa. No lance seguinte, aos 24 minutos, o zagueiro Vertonghen cabeceou para recolocar a bola na pequena área e fez o gol. O goleiro Kawashima fahou na jogada. O gol reanimou os belgas na partida. Os japoneses, ao invés de tentar administrar o resultado, não se intimidaram e continuaram no ataque. Mas o time asiático parecia ingênuo. E, aos 29 minutos, a Bélgica empatou a partida com Fellaini. Ele aproveitou um belo cruzamento de Hazard pela esquerda e cabeceou no chão, sem dar chances de defesa para o goleiro japonês. Depois do empate da Bélgica, os japoneses se encolheram por alguns minutos. Já os belgas pareciam satisfeitos com o resultado de igualdade e a consequente prorrogação. Os times até tentavam algumas jogadas, mas sem a mesma gana de antes. No entanto, o duelo voltou a ficar emocionante nos minutos finais. Aos 41 minutos, o goleiro Kawashima se redimiu da falha no segundo gol da Bélgica. Chadli cabeceou na pequena área e o goleiro espalmou. A bola voltou para a área e Lukaku testou firme, mas o goleiro japonês tirou com a ponta dos dedos. O Japão deu mais um susto nos belgas aos 43. Courtois teve que se esticar para espalmar uma bola que desviou em na defesa belga dentro da área. Já nos acréscimos, Honda bateu uma falta de longe, mas com muito perigo. Courtois voou e colocou a bola pela linha de fundo. No escanteio, o goleiro belga encaixou a bola e armou um contra-ataque para a Bélgica. Chadli tocou para as redes do Japão e garantiu a classificação do país às quartas de final da Copa. Foi um duro castigo para os japoneses, que fizeram uma grande partida e chegaram muito perto da vaga. Já os belgas, que terminaram a fase de grupos da Copa com 100% de aproveitamento, devem tirar algumas lições deste confronto para enfrentar o Brasil nas quartas de final. Ficha técnica: 2/7 – Arena Rostov (Rostov) BÉLGICA 3 x 2 JAPÃO Árbitro: Malang Diedhiou (Senegal); Gols; Haraguchi, aos 3 minutos do 2º tempo, Inui, aos 7 do 2º, Vertonghen, aos 24 minutos, Fellaini, aos 29 do 2º, Chadli, aos 49 do 2º tempo; Cartões amarelos: Shibasaki (Japão). BÉLGICA: Courtois; Alderweireld, Kompany e Vertonghen; Witsel, De Bruyne, Meunier e Carrasco (Chadli, aos 19 do 2º); Mertens (Fellaini, aos 19 do 2º), Lukaku, Eden Hazard. Técnico: Roberto Martínez. JAPÃO: Kawashima; Sakai, Yoshida, Shoji e Nagatomo; Hasebe, Shibasaki (Yamaguchi, aos 35 do 2º), Haraguchi (Honda, aos 35 do 2º), Kagawa e Inui; Osako. Técnico: Akira Nishino.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/copa-2018/belgica-bate-japao-de-virada-e-sera-adversaria-do-brasil-nas-quartas-02072018

Casemiro recebe cartão amarelo e está fora do próximo jogo da Copa
Data: 03/07/2018

O volante, que estava pendurado por um amarelo contra a Suíça, recebeu nova advertência contra o México, nas oitavas de final, e está suspenso

A seleção brasileira chegou está classificada para as quartas de final, mas Tite tem um grande problema para o próximo jogo. Casemiro está fora! O jogador recebeu dois cartões amarelos e vai ter de cumprir suspensão. A primeira punição foi na estreia contra a Suíça. A segunda aconteceu aos 14 minutos do segundo tempo, quando Casemiro parou um contra-ataque dos mexicanos. A principal opção de Tite para o lugar dele é o meio-campo Fernandinho, do Manchester City. O treinador colocou ele em campo contra o México,, aos 35 do segundo tempo no lugar de Paulinho. O Brasil volta a campo na próxima sexta-feira, às 15h, em Kazam. *Estagiário do R7, sob supervisão de Carla Canteras

Link Notícia: https://esportes.r7.com/casemiro-recebe-cartao-amarelo-e-esta-fora-do-proximo-jogo-da-copa-02072018

Veja os confrontos das oitavas de final da Copa do Mundo
Data: 29/06/2018

Após os jogos desta quinta-feira (28), ficaram definidos todos os duelos das oitavas de final do Mundial

Após a conclusão dos jogos desta quinta-feira (28), ficaram definidos todos os confrontos das oitavas de final. Grupo G x Grupo H A Bélgica, líder do Grupo G, enfrenta o Japão, que ficou em segundo no Grupo H. A partida está marcada para segunda-feira (2), às 15h, em Rostov-do-Don. Já a Inglaterra, segundo lugar no Grupo G, joga contra a Colômbia, líder do Grupo H. O jogo será na terça (3), às 15h, em Moscou. A Colômbia garantiu a classificação nesta quinta-feira (28) após vencer Senegal por 1 x 0 e eliminar a seleção africana. Já o Japão, conquistou a vaga mesmo com a derrota por 0 a 1 para a Polônia por ter levado menos cartões do que Senegal. Africanos têm o pior desempenho em Copas desde 1982 Grupo E x Grupo F O Brasil que venceu a Sérvia por 2 a 0, se classificou em primeiro lugar no grupo E e enfrenta o México, que ficou na segunda posição no Grupo F. A partida está marcada para segunda-feira (2), às 11h, em Samara. Já a Suíça, que empatou em 2 a 2 com a Costa Rica, se classificou em segundo lugar e vai jogar contra a líder do Grupo F, a Suécia. O jogo acontecerá na terça-feira (3), às 11h, em São Petesburgo. Grupo C x Grupo D A França, que se classificou em primeiro no Grupo C, enfrenta a Argentina, que ficou em segundo lugar no Grupo D. A partida ocorrerá no sábado (30), às 11h, em Kazan. Messi marca, Argentina bate Nigéria no sufoco e pega França nas oitavas Já a Croácia, que ficou em primeiro lugar no Grupo D, enfrenta a Dinamarca, segundo lugar do Grupo C. O jogo será no domingo (1º), às 15h, em Nijni Novgorod. Grupo A x B Na segunda-feira (25), com a conclusão dos jogos do Grupo B, Uruguai e Rússia conheceram seus adversários. Portugal enfrentará o Uruguai no sábado (30), às 15h, em Sochi. Já a Espanha enfrenta a anfitriã Rússia no domingo (1º), às 11h, em Moscou.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/copa-2018/veja-os-confrontos-das-oitavas-de-final-da-copa-do-mundo-28062018

Bélgica vence Inglaterra, passa em 1º e pega Japão nas oitavas da Copa
Data: 29/06/2018

Time belga, com muitos reservas — assim como os ingleses — venceu por 1 a 0, com gol de Januzaj, em Kaliningrado, e conquistou a liderança do Grupo G

A Bélgica venceu a Inglaterra por 1 a 0, nesta quinta-feira (28), em Kaliningrado, e terminou a primeira fase na liderança do Grupo G da Copa do Mundo. O gol foi marcado pelo meio-campista Januzaj, no segundo tempo da partida. Com o resultado, os belgas enfrentarão o Japão, segundo colocado do Grupo H, na próxima segunda-feira, às 15 horas, em Rostov. Já a Inglaterra, segunda colocada da chave, terá pela frente a Colômbia, na terça-feira que vem, também às 15 horas, na Arena Spartak, em Moscou. O confronto Já classificadas, as duas equipes entraram em campo com times mistos. Ambos os treinadores decidiram poupar os principais jogadores para os duelos da próxima fase do Mundial. Os artilheiros Harry Kane (Inglaterra) e Romelu Lukaku (Bélgica) começaram o jogo no banco de reservas. O jogo começou morno. Os times pareciam pouco interessados em atacar. Mas, aos 6 minutos, o goleiro inglês Pickford teve que se esticar para espalmar o belo chute de Tielemans, da Bélgica, no primeiro grande lance da partida. No entanto, aos 9 minutos, Pickford quase entregou o ouro. Thorgan Hazard fez um cruzamento e Felaini ajeitou de cabeça para Batshuayi, que estava na pequena área. Pickford se antecipou e defendeu, mas soltou na sequência e deu um susto em Cahill, que tirou em cima da linha. A Bélgica dominou os primeiros 15 minutos do duelo. Os ingleses tentaram algumas investidas, mas tiveram apenas um bom momento em uma falha do goleiro Courtois. Aos 19 minutos, Tielemans fez uma falta dura em Rose e recebeu o cartão amarelo — um dos critérios de desempate — e que poderia decidir o primeiro lugar do grupo devido ao equilíbrio entre ingleses e belgas até aquele momento. Pouco depois, Felaini dominou no peito e disparou para o gol, a bola explodiu na zaga e voltou para Tielemans, que também tentou emendar, mas não foi bloqueado. Na sequência do lance, a defesa da Inglaterra conseguiu afastar o perigo. Aos 30 minutos, o lateral-direito Alexander-Arnold recebeu na intermediária, avançou alguns metros e chutou em direção ao gol. A bola passou muito perto da trave direita de Courtois. No entanto, ficou a dúvida se a intenção do lateral inglês teria sido bater direto no gol ou fazer o cruzamento. A Inglaterra teve outra boa descida com o meio-campista Loftus-Cheek, que tentou uma cabeçada com perigo, aos 34 minutos, mas errou o alvo. Confira tudo sobre Copa 2018 no R7 Esportes PublicidadeFechar anúncio O jogo cresceu em emoção nos minutos finais da primeira etapa. Ingleses e belgas se alternaram em bons lances. Por outro lado, os dois times mostraram que a pontaria não era o forte de ambos. Talvez faltasse a presença dos artilheiros Kane e Lukaku para mudar tal panorama no segundo tempo. Etapa final Na volta do intervalo, a Inglaterra foi o primeito time a buscar o gol. Aos 2 minutos, Rashford dominou no bico esquerdo da área e tentou tocar no ângulo de Courtois, mas chutou alto demais. Porém, três minutos mais tarse, o meia Januzaj abriu o placar com um golaço em Kaliningrando. O jogador belga recebeu do lado direito da área, limpou o zagueiro inglês e bateu de esquerda, cruzado, no ângulo de Pickford: 1 a 0. Os ingleses partiram para o ataque após sofrerem o gol. Aos 21 minutos, Vardy fez um belo lançamento para Rashford. O atacante avançou sozinho e tentou tirar de Courtois, que saía do gol, mas errou o alvo. Foi uma chance incrível perdida pela Inglaterra. Veja a tabela completa da Copa do Mundo 2018 Logo após o lance, o técnico Gareth Southgate colocou o artilheiro Harry Kane no aquecimento. Do lado belga, Eden Hazard, camisa 10 e craque do time, irmão de Thorgan, também começou a se preparar para entrar. Mas nenhum deles entrou em campo. Mas as primeiras trocas não trouxeram a campo os artilheiros. Na Inglaterra, o lateral Alexander-Arnold, do Liverpool, deu lugar ao atacante Welbeck. A Inglaterra seguiu pressionando. Aos 37 minutos, um chute forte da entrada da área tinha endereço certo, mas Felaini cortou e cedeu o escanteio para os ingleses. O meia Dries Mertens, astro do Napoli, ainda teve uma grande oportunidade de ampliar. O jogador chutou forte, mas Courtois fez grande defesa. A Bélgica ainda teve mais dois ataques importantes com Felaini, mas não conseguiu marcar. O duelo entre Inglaterra e Bélgica não foi aquele esperado pelo público. Mas a partida foi bem disputada e demonstrou que as duas seleções podem surpreender os considerados favoritos ao título da Copa do Mundo. Ficha técnica 28/6 – Estádio de Kaliningrado (Kaliningrado) INGLATERRA 0 x 1 BÉLGICA Árbitro: Damir Skomina (Eslovênia); Gol: Januzaj, aos 6 minutos do 2º tempo; Cartões amarelos: Tielemans e Dendoncker (Bélgica) INGLATERRA: Pickford; Jones, Stones (Maguire, no intervalo) e Cahill; Alexsander-Arnold (Welbeck, aos 32 do 2º), Loftus-Cheek, Delph e Rose; Rashford e Vardy. Técnico: Gareth Southgate. BÉLGICA: Courtois; Dendoncker, Boyata e Vermaelen (Kompany, aos 28 do 2º); Dembelé, Felaini, Chadli e Thorgan Hazard; Januzaj (Mertens, aos 40 do 2º), Batshuayi e Tielemans. Técnico: Roberto Martinez.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/copa-2018/belgica-vence-inglaterra-passa-em-1-e-pega-japao-nas-oitavas-da-copa-28062018

Colômbia vence, garante vaga nas oitavas e elimina Senegal
Data: 29/06/2018

Vitória levou a seleção sul-americana aos seis pontos e deixou a africana com apenas quatro e mais cartões amarelos do que o Japão

A Colômbia derrotou Senegal por 1 x 0 nesta quinta-feira (28), na Arena Samara, e garantiu a vaga nas oitavas de final da Copa do Mundo. Com a vitória, a equipe também eliminou a equipe africana da competição. O resultado do confronto levou a Colômbia aos seis pontos e deixou Senegal com quatro e o mesmo saldo de gols do Japão, que garantiu a segunda vaga do Grupo H por ter levado menos cartões nas três partidas da competição. Como a falta de CO² está deixando europeus sem cerveja durante a Copa Considerada a favorita da chave, a seleção colombiana teve dificuldade, não conseguiu mostrar o bom futebol ao longo da primeira fase e sofreu com a lesão do astro e artilheiro da Copa de 2014, James Rodriguez. Agora, Colômbia aguarda pela definição do segundo colocado do Grupo G, que saíra do duelo entre Bélgica e Inglaterra, para conhecer quem vai enfrentar nas oitavas de final do Mundial. O jogo Consciente de que precisava vencer Senegal para não depender do resultado do jogo entre Japão e Polônia, a Colômbia partiu para cima e precisou ficar atenta aos fortes contra-ataques Aos 11 minutos, Falcao Garcia sofreu falta na entrada da área. James Rodriguez cobrou com perigo, no canto inferior direito, mas o goleiro N'Diaye fez boa defesa, espalmando para escanteio. Único técnico negro da Copa, Cissé perdeu 11 parentes em tragédia Com 16 minutos de bola rolando, o zagueiro colombiano Sánchez derrubou o atacante Sadio Mané e o árbitro marcou pênalti. Chamado pela equipe do VAR para revisar o lance e anulou a marcação inicial. As equipes passaram a brigam pelo espaço no meio de campo e trocavam passes com poucas chances de furar as zagas adversárias. Aos 24 minutos, Quinteiros achou Falcão Garcia na área, ele cabeceou para fora, mas o bandeirinha já sinalizava o impedimento. A principal estrela colombiana, James Rodriguez, deixou o gramado aos 30 minutos da primeira etapa, após sentir a lesão que retirou ele do primeiro jogo do Mundial. A partir daí, as duas seleções não conseguem criar nada antes do fim da primeira etapa. 2º tempo Com as duas partidas do grupo empatadas em 0 x 0, a Colômbia voltou do vestiário para o segundo tempo com a consciência de que precisava vencer para não ser eliminada. Aos 20 minutos, Cuadrado acertou um bom cruzamento na cabeça de Falcão Garcia, mas o colombiano mandou a bola por cima do gol. Poucos minutos depois, Cuadrado cobrou um escanteio na altura para o zagueiro Mina, do Barcelona, cabecear com força e abrir o placar para a Colômbia. Logo após o gol colombiano, Senegal foi a vez de Senegal buscar mais o gol. Aos 31 minutos, Niang recebeu na entrada da área, limpou e exigiu uma belíssima defesa do goleiro Ospina. Um minuto depois, o goleiro foi exigido novamente com uma cabeçada do próprio defensor colombiano. A pressão não foi suficiente para o Senegal do técnico Aliou Cissé furar o bloqueio imposto pela Colômbia, que visivelmente torcia segurava o jogo e torcia para a partida acabar. Ficha técnica SENEGAL 0 x 1 COLÔMBIA Árbitro: Milovan Ristic (Sérvia); Gol: Yerry Mina (19' do 2º); Cartões amarelos: Niang (Senegal); Mojica (Colômbia) SENEGAL: Khadim N'Diaye, Gassama, Sané, Koulibaly e Sabaly (Wagué 28' do 2º); Kouyaté, Gana, Ismaila e Mané; Keita Baldé (Konaté 34 do 2º) e Niang (Shako 41' do 2º). Técnico: Aliou Cissé COLÔMBIA: Ospina, Arias, Davinson Sánchez, Mina e Mojica; Uribe (Lerma 39' do 2º) , Carlos Sánchez, Cuadrado, Juan Quintero e James Rodríguez (Muriel 31' do 1º); Falcao García (Borja 43' do 2º) . Técnico: José Pekerman

Link Notícia: https://esportes.r7.com/copa-2018/colombia-vence-garante-vaga-nas-oitavas-e-elimina-senegal-28062018

Saiba o que cada seleção precisa para chegar às oitavas da Copa
Data: 25/06/2018

Antes da última rodada, das 32 seleções, oito já foram eliminadas, seis estão classificadas e outras 18 disputam vagas na próxima fase

Antes da última rodada da primeira fase da Copa, oito seleções foram eliminadas e seis já estão classificadas. Há ainda 18 seleções que lutam por vagas nas oitavas de final. No grupo A, com Rússia e Uruguai classificados, a Rússia joga pelo empate contra os uruguaios nesta segunda-feira (25) para ficar com a vaga. O grupo B ainda pode ter o Irã como supresa. A seleção pode eliminar Portugal, se vencê-la no confronto desta segunda. Se empatar, fica com a vaga caso a Espanha perca por dois ou mais gols do Marrocos, no mesmo horário. Em relação aos cartões, se nada mudar, a Espanha ficará com a primeira colocação se obtiver o mesmo resultado que Portugal e fizer o mesmo número de gols. A Espanha tem 1 cartão até agora e Portugal, dois. No grupo C a França já está classificada. Mas pode a perder a primeira colocação caso perca para a Dinamarca nesta terça-feira (26). Se a Austrália vencer o Peru e a Dinamarca for derrotada pelos franceses, os australianos ficam com a segunda vaga. A situação do grupo D é mais embolada. A Croácia já está classificada mas ainda não tem a primeira colocação assegurada. Ficará sem ela se perder da Islândia e a Nigéria vencer a Argentina nesta terça-feira (26) por quatro gols de diferença. PublicidadeFechar anúncio A Argentina, para ficar com a segunda vaga, precisa vencer a Nigéria nesta terça e torcer para que a Islândia não vença a Croácia. Caso isso ocorresse, não bastaria uma vitória simples da Argentina. O time de Messi precisaria vencer com um gol a mais do que os feitos pelos islandeses. No grupo do Brasil, o E, uma vitória ou empate brasileiro sobre a Sérvia garantem a classificação. Mas a primeira colocação dependerá do resultado do jogo da Suíça e de quantos gols a seleção de Shaqiri fará em uma eventual vitória sobre a Costa Rica, na quarta-feira (27). A Alemanha ganhou fôlego no grupo F. Na rodada da próxima quarta-feira (27), a Alemanha precisa vencer a Coreia do Sul e torcer para que a Suécia não vença o México por uma diferença maior que a sua. Se o México perder por um placar elástico, correria o risco até de ficar de fora. No grupo G, Inglaterra e Bélgica estão classificadas, mas a Inglaterra joga pelo empate porque até agora tem menos cartões. O Japão, na próxima quinta-feira (28) precisa pelo menos empatar com a já eliminada Polônia. Para o Senegal se classificar, precisa pelo menos empatar com a Colômbia. Se for derrotado, só se classificaria com uma vitória polonesa por pelo menos dois gols de diferença contra o Japão. A Colômbia precisa vencer Senegal para ficar com a vaga. Se empatar e o Japão perder, também se classifica, pois já tem um saldo de gols superior. O Japão tem três cartões amarelos, a Colômbia tem dois e uma expulsão e o Senegal tem cinco amarelos.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/copa-2018/saiba-o-que-cada-selecao-precisa-para-chegar-as-oitavas-da-copa-25062018

Japão e Senegal empatam em 2 a 2 e dividem liderança do Grupo H
Data: 25/06/2018

Em jogo equilibrado, os azarões Japão e Senegal empataram em Ecaterimburgo e têm agora 4 pontos no Grupo H da Copa do Mundo

O confronto das zebras do Grupo H terminou empatado. Na Arena Ecaterimburgo, Japão e Senegal, que venceram na primeira rodada, ficaram no 2 a 1 2 agora dividem a liderança do grupo com 4 pontos. A seleção africana ficou na frente duas vezes, mas o Japão buscou o empate. No primeiro tempo, Mané, meio sem querer, fez 1 a 0 aos 8 minutos. Aos 34, Inui, com um belo gol, empatou. Na segunda etapa, Wague colocou Senegal à frente outra vez, mas logo em seguida o veterano Honda empatou, dando números finais ao jogo. 1º tempo A Arena Ecaterimburgo viu um dos jogos mais equilibrados dessa Copa do Mundo. O Japão, com mais posse de bola, controlou um pouco mais as ações durante o primeiro tempo. Mas viu a rápida seleção senegalesa criar mais chances de gol. E foi dessa forma que saiu o primeiro gol do jogo, logo aos 10 minutos. Após bola cruzada pela direita, o volante Haraguchi errou o cabeceio e a bola sobrou para Sabaly, que bateu forte. O goleiro Kawashima deu rebote, a bola bateu em Mané, na pequena área e entrou: Senegal 1 a 0. Em vantagem, o time africano se recuou mais ainda, esperando a seleção japonesa e explorando mais ainda os contra-ataques. O Japão, com bom toque de bola, pressionou bastante e acabou chegando ao empate aos 34 minutos. Mas até lá perdeu boas oportunidades com Osako, aos 15, e Shibazaki, aos 20 minutos. Aos 34 minutos, Nagatomo recebeu lançamento na área e fez um ótimo domínio. Inui aproveitou o lance, pegou a bola e acertou um lindo chute no canto esquerdo do goleiro Khadim N’Diaye. Melhor em campo, a seleção japonesa quase virou aos 37, com outro bom chute de Inui. 2º tempo PublicidadeFechar anúncio Na volta do intervalo, as duas seleções voltaram com a mesma formação e o panorama do jogo seguiu parecido, com o Japão tendo mais posse e Senegal saindo nos contra-ataques. Mas a seleção japonesa, no entanto, foi quem criou mais chances de gol. Aos 3 minutos, Osako quase marcou de cabeça, mas parou no goleiro de Senegal. Aos 14 minutos, Osako recebeu cruzamento da direita de Shibazaki, mas furou na cara do gol, perdendo um gol incrível. Aos 19 minutos, num rápido ataque, o atacante Osako deu um belo toque de calcanhar para Inui, que chegou batendo bem na bola, no lado direito, e quase marcou outro belo gol. Mas a bola caprichosamente bateu no travessão. Mas Senegal, com jogadores mais técnicos, voltou a ficar à frente do placar. Aos 26 minutos, Sabaly fez boa jogada pela esquerda e cruzou. Niang errou o domínio e a bola sobrou para Wague, na direita, que encheu o pé para fazer 2 a 1 para Senegal. Aos 29 minutos, após cobrança de escanteio, Osako chutou e a bola explodiu no zagueiro Sané. O árbitro italiano Gianluca Rocchi pediu ajuda para o auxiliar de vídeo, já que a bola bateu no braço do senegalês. Mas após a revisão o juiz mandou seguir o jogo. Mas em seguida, após pressionar bastante, o Japão empatou novamente. Aos 33 minutos, Osako cruzou da direita e o goleiro Khadim N’Diaye falhou na saída pelo alto. A bola ficou com Inui na esquerda, que cruzou para a área. O experiente Honda, que entrou na segund etapa no lugar de Kagawa, aproveitou e empatou o jogo. Próximos jogos Na última rodada do Grupo H, na próxima quinta-feira (28), o Japão pega a Polônia na Arena Volgogrado. Já Senegal terá a Colômbia pela frente na Arena Kazan. Os dois jogos começam ao mesmo tempo, às 15h (horário de Brasília). Ficha técnica 24/6 – Arena Ecaterimburgo (Ecaterimburgo) JAPÃO 2 x 2 SENEGAL Árbitro: Gianluca Rocchi (Itália); Público: 32 572; Gols: Mané 11 e Inui 34 do 1º; Wague 26 e Honda 33 do 2º; Cartões amarelos: Inui e Hasebe (Japão); Niang, Sabaly e N’Doye (Senegal) JAPÃO: Kawashima, Hiroki Sakai, Yoshida, Shoji e Nagatomo; Hasebe, Shibasaki, Haraguchi (Okasaki 30 do 2º), Kagawa (Honda 27 do 2º) e Inui (Usami 42 do 2º); Osako. Técnico: Akira Nishino SENEGAL: Khadim N’Diaye, Sabaly, Koulibaly, Sane e Wague; Pape N’Diaye (N’Doye 36 do 2º), Alfred N’Diaye (Kouyate 20 do 2º); Ismaila, Niang (Diouf 40 do 2º) e Mané. Técnico: Aliou Cissé

Link Notícia: https://esportes.r7.com/copa-2018/japao-e-senegal-empatam-em-2-a-2-e-dividem-lideranca-do-grupo-h-24062018

Arábia Saudita e Egito se despedem em busca da única vitória
Data: 25/06/2018

Mais decepcionado está o Egito, do craque Mohamed Salah, considerado antes da Copa a maior esperança para sua seleção

Dois representantes típicos das origens da civilização árabe, Arábia Saudita e Egito, entram em campo nesta segunda-feira (25), na Arena Volgogrado, às 11h, para encerrar a participação na Copa do Mundo pelo menos com uma vitória. O R7 irá fazer a cobertura em tempo real deste jogo. Mais decepcionado está o Egito, do craque Mohamed Salah, considerado antes da Copa um oásis de esperança para a seleção que participa de sua terceira Copa do Mundo. Mas, ainda contundido, ele não participou da primeira partida e viu do banco sua equipe perder no fim para o Uruguai. Já a Arábia Saudita, goleada na estreia pela Rússia, melhorou no segundo jogo, mas não o suficiente para impedir nova vitória uruguaia, esta por 1 a 0. O meia Hattan Bahebri, em coletiva, afirmou que o time buscará a vitória contra os egípcios, como uma maneira de compensar a decepção pela má campanha. Equipes prováveis: PublicidadeFechar anúncio ARÁBIA SAUDITA X EGITO Data e local: segunda-feira (25), às 11h, na Arena Volgogrado Árbitro: Assistentes: Arábia Saudita: Alowais; Alburayk, Osama, Ali e Yasser; Hatan (Kanno), Salman, Otayf, Taiseer (Hussain) e Salem; Fahad (Alsahlawi). Técnico: Juan Antonio Pizzi Egito: El- Shenawy; Fathi, Gabr, Hegaxy e Abdelshafy; Hamed, Elneny (Warda), Trezeguet (Sobhi) e Abdalla; Salah e Marwan Mohsen (Kahraba). Técnico: Hector Cúper.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/copa-2018/arabia-saudita-e-egito-se-despedem-em-busca-da-unica-vitoria-25062018

Com gols nos acréscimos, Brasil vence a Costa Rica por 2 a 0
Data: 22/06/2018

Seleção brasileira criou muitas oportunidades e só marcou gols nos acréscimos na vitória por 2 a 0 sobre a Costa Rica

Foi difícil, mas a seleção brasileira conseguiu sua primeira vitória na Copa do Mundo. Com um gol de Philippe Coutinho aos 46 e outro de Neymar, aos 52 minutos do segundo tempo, o Brasil venceu a Costa Rica por a 2 a 0 pela segunda rodada do Grupo E, no estádio São Petersburgo. O resultado deixa o Brasil na liderança do Grupo E, que ainda terá mais um jogo nesta sexta-feira (22), entre Sérvia e Suíça. 1º tempo Como esperado, a seleção brasileira começou a partida com mais posse de bola e controlando o jogo. Nos minutos iniciais, no entando, quem criou a primeira grande chance de gol foi a Costa Rica. Aos 12 minutos, num rápido contra-ataque, Bryan Ruiz foi à linha de fundo e cruzou rasteiro. Borges chegou livre de marcação e bateu cruzado, mas para fora, no canto direito de Alisson. Até os 25 minutos, o Brasil não conseguiu dar uma finalização certa ao gol de Navas. Mas nos cinco minutos seguintes, fez uma pressão forte, crianco cinco chances de gol. Principalmente com jogadas pelo lado esquerdo, com Marcelo. Aos 26, o lateral esquerdo bateu cruzado, Gabriel Jesus, impedido, aproveitou e fez o gol, que foi bem anulado pelo árbitro holandês Björn Kuippers. Confira tudo sobre Copa 2018 no R7 Esportes Um minuto depois, aos 27, Casemiro deu boa enfiada de bola para Neymar, mas Navas se antecipou bem. Aos 28 minutos, Marcelo pegou uma sobra e chutou forte, cruzado, levando perigo ao gol de navas. Aos 29 minutos, após triangulação com Neymar e Marcelo, Philippe Coutinho bateu de direita, por cima do gol. Pouco depois, aos 40 minutos, Marcelo bateu de direita, mas Navas pegou bem, no primeiro chute a gol certo do Brasil no primeiro tempo, que teve 64% de posse de bola da seleção brasileira contra 36% da Costa Rica, 7 gols a gol do Brasil e 3 da Costa Rica. 2º tempo No segundo tempo, Tite tirou o apagado Willian e colocou Douglas Costa, que fez sua estreia na Copa de 2018. A mudança funcionou e o Brasil foi para cima da Costa Rica. Aos 4 minutos, Fágner crouzou e Gabriel Jesus mandou, de cabeça, no travessão de Navas. Aos 10, Paulinho fez boa jogada pela direita e Neymar cabeceou por cima, com perigo. Aos 12, Philippe Coutinho chutou bem, mas parou em Navas. Pouco depois, a pressão diminuiu, mas a seleção brasileira seguiu dominando a partida. Aos 23, o técnico Tite mudou novamente a equipe e o esquema tático, colocando o atacante Roberto Firmino no lugar do volante Paulinho. E no minuto seguinte, o Brasil quase marcou com Miranda, que mandou de cabeça por cima do gol. Aos 27, Neymar aproveitou uma sobra da zaga da Costa Rica, mas chutou para fora. Veja a tabela completa da Copa do Mundo 2018 Aos 32 minutos, Douglas Costa deu uma arrancada no meio de campo, tocou para Philippe Coutinho que abriu para Neymar. O atacante cavou um pênalti, assinalado pelo árbitro. Na consulta pelo vídeo, porém, o holandês Björn Kuippers voltou atrás e anulou a marcação. Irritado, Neymar socou a bola um minuto depois e acabou levando o cartão amarelo. Nos acréscimos, Philippe Coutinho aprovetou a sobra de bola após uma boa jogada de Roberto Firmino e, de bico, e abriu o caminho da vitória da seleção brasileira. Foi o segundo gol do atacante na Copa do Mundo de 2018 — marcou no empate contra a Suíça. Pouco depois, aos 52 minutos, Douglas Costa cruzou e Neymar bateu de primeira para definir a vitória por 2 a 0. Após o gol, Neymar se ajoelhou e chorou na comemoração. Próximos jogos Na última rodada do Grupo E, na próxima quarta-feira (27), às 15h, o Brasil vai enfrentar a Sérvia, no estádio Spartak, em Moscou, enquanto a Costa Rica pegará a Suíça, no estádio Nizhny Novgorod. Ficha técnica 22/6 – Estádio São Petersburgo (São Petersburgo) BRASIL 2 x 0 COSTA RICA Árbitro: Björn Kuippers (Holanda); Público: 64 468; Gols: Philippe Coutinho 46 e Neymar 52 do 2º; Cartões amarelos: Neymar e Philippe Coutinho (Brasil); Acosta (Costa Rica) BRASIL: Alisson, Fágner, Thiago Silva, Miranda e Marcelo; Casemiro, Paulinho (Roberto Firmino 23 do 2º), Willian (Douglas Costa, intervalo), Philippe Coutinho e Neymar; Gabriel Jesus (Fernandinho 48 do 2º). Técnico: Tite COSTA RICA: Navas, González, Acosta e Duarte; Gamboa (Calvo 30 do 2º), Guzmán (Tejeda 38 do 2º), Borges e Oviedo; Vanegas, Brian Ruiz e Ureña (Bolaños 9 do 2º). Técnico: Óscar Ramírez

Link Notícia: https://esportes.r7.com/copa-2018/com-gols-nos-acrescimos-brasil-vence-a-costa-rica-por-2-a-0-22062018

Tite sobre vitória contra Costa Rica: 'Demos aula no segundo tempo'
Data: 22/06/2018

O treinador da seleção voltou a falar em paciência com o Neymar; afirmou que o craque é ser humano e ele estará melhor nos próximos jogos

O Brasil venceu a Costa Rica por 2 a 0 nesta sexta (22), em São Petersburgo. Em entrevista coletiva após a partida o técnico Tite enaltece o segundo tempo jogado pela seleção brasileira. "Grande segundo tempo. Grande segundo tempo. Mais uma vez: grande segundo tempo. O time conseguiu botar volume, precisão, Navas jogou muito. Primeiro tempo o time teve correria, mas no segundo tempo o time deu aula.", explicou Tite. O treinador também falou sobre a atuação de Neymar. "Toda a individualidade aparece se o conjunto estiver forte, é desumano colocar a responsabilidade em um atleta. O Neymar ficou três meses e meio parado e a partida anterior foi a primeira. Ele é um ser humano, precisa de tempo para retomar o padrão alto. Mas antes de um padrão alto, precisa de um time forte, de não ser dependente." Tite tem certeza que o craque chegará a melhor forma logo. "Com certeza ele vai chegar no nível melhor. Logo!" Neymar chorou muito após a partida e Tite falou sobre isso na entrevista coletiva. "A alegria, a satisfação e o orgulho de representar a Seleção é muito grande. Ele tem a responsabilidade, a alegria, a pressão e a coragem pra externar esse sentimento."

Link Notícia: https://esportes.r7.com/tite-sobre-vitoria-contra-costa-rica-demos-aula-no-segundo-tempo-22062018

Neymar cai no choro após marcar gol na vitória contra a Costa Rica
Data: 22/06/2018

Nervoso durante a vitória contra a Costa Rica, o camisa 10 perdeu um gol, teve pênalti anulado pelo VAR e levou um cartão amarelo

O atacante Neymar caiu no choro ao final da segunda partida da seleção brasileira na Copa do Mundo da Rússia. Autor do segundo gol da vitória por 2 x 0, o craque já havia perdido um gol, sofrido um pênalti anulado pelo VAR e tomado um cartão amarelo. No duelo desta sexta-feira (22), o camisa 10 da seleção estava visivelmente nervoso nas jogadas e discutiu diversas vezes com o árbitro. Aos 33 minutos, o craque recebeu a bola de Firmino na entrada da área, limpou a marcação e, no momento do chute, caiu dentro da área. O juiz assinalou pênalti, mas quando foi consultar o sistema de vídeo, anulou a marcação. Cidade fantasma: ruas de SP ficam desertas durante jogo da seleção Poucos minutos após a anulação do pênalti, Neymar tentou um lance pela esquerda e se irritou com a marcação do juiz, jogou a bola no chão e foi advertido com o cartão amarelo. PublicidadeFechar anúncio Alvo de críticas Principal nome da seleção canarinha, Neymar foi alvo de críticas desde o início da Copa pelas diversas quedas no duelo de estreia em que o Brasil empatou em 1 x 1 com a Suíça. Fora de campo, o atacante também foi muito questionado pelos três cortes de cabelo diferentes desde a chegada da seleção à Rússia. Também no extracampo, pesa o fato de Neymar ter atravessado uma lesão há menos de três meses antes do Mundial. Com gols nos amistosos contra a Áustria e Croácia, o gol marcado nesta sexta-feira foi o primeiro em jogo oficial após a contusão. Agora, Neymar volta a campo junto com a seleção na próxima quarta-feira (27) no duelo contra a Sérvia. O duelo acontece no estádio do Spartak, em Moscou, e vai definir a colocação do Brasil no grupo E.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/copa-2018/neymar-cai-no-choro-apos-marcar-gol-na-vitoria-contra-a-costa-rica-22062018

Bélgica faz 3 a 0 e ganha fácil do estreante Panamá na Copa
Data: 18/06/2018

Os gols belgas foram de Martens e dois de Lukaku; os panamenhos ficaram muito emocionados no momento em que o hino tocou no estádio de Sochi

A Bélgica passou fácil pelo Panamá e venceu por 3 a 0. O jogo foi em Sochi, nesta segunda (18) e os gols belgas foram um de Martens e dois de Lukaku. Emoção de capitão O jogo marcou a estreia do Panamá em Mundiais. Na hora do hino do País, os jogadores panamenhos estavam bem emocionados e o capitão Román Torres chegou a chorar. O zagueiro fez o gol da classificação para a Copa do Mundo. Na partida contra a Costa Rica, que o Panamá venceu por 2 a 1 e os Estados Unidos ficaram fora da competição na Rússia. Pressão belga Já nos primeiros lances, deu para saber como que seria o jogo. A Bélgica no ataque e o Panamá fechadinho, para talvez tentar um contra-ataque. Aos seis minutos os belgas tiveram a primeira oportunidade de gol. Carrasco recebeu a bola cara-a-cara com o goleiro e chutou, mas Penedo defendeu. No lance seguinte, Hazard desceu pela direita e tocou para Martens. Ele chutou no ângulo e Penedo afastou. Román Torres recuou errado para o goleiro. Hazard chegou antes, mas chutou na rede pelo lado de fora. Aos 19 minutos, De Bruyne fez jogada ensaiada com Martens, que chutou para fora. De Bruyne tentou um chute de longe, aos 21 minutos. A bola foi para fora, mas passou pertinho do gol. A primeira vez que o Panamá desceu com algum perigo foi aos 34 minutos. Cooper tocou no fundo para Rodríguez, que tentou cruzamento e a zaga belga tirou. Aos 38 minutos, Hazard entrou na área com a bola dominada e chutou para boa defesa de Penedo. Dois minutos depois o goleirão trabalhou bem de novo. De Bruyne tocou para Lukaku tentar e Penedo pegou. Martens abre para Bélgica Foi o jogo recomeçar que a Bélgica finalmente fez o primeiro gol e um golaço. Aos dois minutos do segundo tempo, Lukaku tentou o cruzamento e Torres tirou. Martens ficou com o rebote na direita no bico da área pegou de primeira e fez um belo gol. Aos sete minutos, De Bruyne cobrou falta colocada e foi para fora. Mas passou perto! O Panamá quase empatou dois minutos depois. Murillo recebeu na cara do gol e Vertonghen bloqueou, antes da finalização. Aos 18 minutos, Vertonghen cabeceou e Penedo defendeu. O segundo gol da Bélgica saiu aos 24 minutos e passou pelos pés dos craque do time. Hazard driblou dois panamenhos, tocou para De Bruyne, que de trivela cruzou para Lukaku. O atacante fez o segundo belga. Hazard deu um passe para Lukaku na cara do gol. O maior artilheiro da seleção belga, com 38 gols, só precisou empurrar para dentro. Aos 36 minutos, após troca de passes da Bélgica, Meunier recebeu na pequena área e finaliza de letra. Penedo pegou. Próximos jogos A Bélgica vai enfrenta a Tunísia, no dia 23, no estádio Spartak, de Moscou. O Panamá terá a Inglaterra pela frente, no dia 24, em Najni Novgorod. Ficha técnica 15/6 - Estádio Fisht (Sochi) BÉLGICA 3 x 0 PANAMÁ Árbitro: Janny Sikazwe (Zâmbia); Público: 43 257; Gols: Mertens 2 e Lukaku 24 e 30 do 2º; Cartões amarelos: Meunier, Vertonghen e De Bruyne (Bélgica); Davis, Barcenas, Murillo, Cooper e Godoy BÉLGICA: Courtois, Alderweireld, Boyata e Vertonghen; Meunier, De Bruyne, Witsel (Chadli 45 do 2º), Carrasco (Dembelé 29 do 2º), Mertens (Thorgan Hazard 38 do 2º) e Eder Hazard; Lukaku. Técnico: Roberto Martínez PANAMÁ: Penedo, Murillo, Román Torres, Escobar e Davis; Gómez, Cooper, Godoy, Barcenas (Tejada 18 do 2º) e Rodríguez (Ismael Díaz 18 do 2º); Pérez (Gabriel Torres 18 do 2º). Técnico: Hernán Darío Gómez

Link Notícia: https://esportes.r7.com/copa-2018/belgica-faz-3-a-0-e-ganha-facil-do-estreante-panama-na-copa-18062018

Miranda está arrasado. Se sentindo culpado pelo empate
Data: 18/06/2018

Mas Tite não aceita a postura do zagueiro. O apoia publicamente, lembrando do empurrão do suíço. Mas, secretamente, trabalhará cruzamentos defensivos

Rostov, Rússia Os jogadores demoraram uma hora e cinquenta minutos para passarem pela zona mista e encararem os jornalistas, aqui em Rostov, após o frustrante empate com a Suíça. Como é de praxe, em clubes e seleções que têm fracos resultados, o time sai todo ao mesmo tempo. Tática para dispersar os repórteres. Vários atletas passaram e atraíam as atenções dos jornalistas mais afoitos. O alvo tinha de ser Miranda, para explicar o lance mais polêmico do 1 a 1, o gol de Zuber. O zagueiro tinha a proteção de um assessor de imprensa da CBF, que não permitiria que ele ficasse muito tempo em um só lugar, debatendo o tema. Quando mais ele ficasse passando de grupo em grupo de repórteres, mais superficial ficariam suas declarações. Também é uma estratégia antiga. Confira tudo sobre Copa 2018 no R7 Esportes Só que Miranda estava lívido, tenso, nervoso. "Talvez, se eu tivesse me jogado, poderia assinalar mais o empurrão. Tem o árbitro de vídeo, eles viram, mas não acharam que era para tanto. A vida segue", disse o zagueiro da Inter de Milão. Ele tentou repetir o que Tite havia dito para os jogadors logo após o empate. A hora e cinquenta que o time levou para encarar a imprensa teve banho, rápido jantar e aviso do técnico do Brasil. A ordem era não comprar briga com a arbitragem da Copa e não justificar o empate pelo empurrão de Zuber. Peço a Miranda para descrever o que aconteceu, com suas palavras. "Foi uma disputa de bola e iria subir para cortar a bola no escanteio. Mas o empurrão me impediu de cabecear." Ele tentava manter a calma até saber que o treinador da Suíça, Vladimir Petkovic, garantir que não houve falta. E sim falha de posicionamento da defesa brasileira. "Não houve erro algum de posicionamento. Eu estava na bola. E mais: ele deveria cuidar da sua equipe. Falar sobre a Suíça e não sobre o Brasil. Cuidar de suas coisas", rebateu, irritado, Miranda. "Mas não vou colocar a culpa na arbitragem por tudo o que aconteceu em campo. Se o Brasil não venceu foi por nossa culpa. Só por nossa culpa. Mas já passou", garantia Miranda, tenso, sendo puxado carinhosamente para outro grupo de jornalistas que faria as mesmas perguntas para as mesmas respostas. Quais os horários dos jogos do Brasil na Copa do Mundo da Rússia Na saída tensa do vestiário de ontem na Arena Rostov, Thiago Silva foi personagem importantíssimo. Ele detalhou os motivos de a Seleção Brasileira não protestar, discutir, pedir publicamente o uso do árbitro de vídeo para acabar com o dilema. Por uma falha da organização da transmissão do jogo, o lance foi mostrado pelo telão do estádio. A Fifa passsou a recomendação a todas as sedes ddo MMundial que, em caso de dúvida, nada poderá ser repetido pelo telão. "Foi incrível porque nós vimos na hora a repetição do lance. Só que eu lembrei da orientação que recebemos para não pedir publicamente o uso do árbitro de vídeo. A França já usa e todos os jogadores tomam cartão amarelo ao fazer o sinal com as mãos (em formato de tela) para os juízes. "Nós pedimos para ele olhar para o telão. Só que o juiz se recusou e olhava para o chão. Dizia que tinha convicão do que havia feitoi, confirmar o gol. Foi um enorme erro." Questionado que, se o time fosse mais 'catimbeiro' e não quisesse dar a saída de bola enquanto o juiz não olhasse para o vídeo, Silva foi direto. "O que aconteceria é que ele encheria nosso time de cartões amarelos. Não voltaria atrás e o que seria pior? Fomos no nosso limite como atletas", diz Thiago Silva. Vazou aqui na Rússia que os árbitro de vídeo não considararam o lance ilegal. E apenas disputa de espaço na área. Por isso não pediram para o juiz parar a partida, E anular o lance. Mas Tite não ficará de braços cruzados. Já está certo que haverá pelo menos um treino secreto até a segunda partida da Copa do Mundo, contra a Costa Rica, na fria São Petesburgo. E nessa movimentação, Tite deverá aprimorar ainda mais a bola parada adversária. Simulando até o contato com atacantes dispostos a empurrar os zagueiros. O treinador vai insistir em algo básico. Que ninguém, nos cruzamentos, ohe apenas para a bola e não perceba a movimentação ao seu redor. Neymar não é exceção! Veja os cabelos mais exóticos da Copa Miranda estava na frente de Zuber. E não imaginou que poderia ser desequilibrado pelo suíço quando se preparava para saltar e cabecear a bola. Mesmo aos 33 anos e sendo um dos pilares do Brasil na Copa de 2018, Miranda se mostrava arrasado. Vai precisar de muito apoio psicológico para espantar a sensção de culpa, facilmente detectável nas suas declarações. Tite, o 'psicólogo'' da Seleção começou a trabalhar ontem. O proibiu de declarar que deveria ter desabado ao chão no contato com o suíço. Nem vai querer isso no futuro. O que o treinador deseja é que ninguém fique de costas para o adversário quando a bola é levantada na área brasileira...

Link Notícia: https://esportes.r7.com/prisma/copa-2018/cosme-rimoli/miranda-esta-arrasado-se-sentindo-culpado-pelo-empate-18062018

Suécia vence Coreia do Sul e deixa a Alemanha na lanterna no Grupo F
Data: 18/06/2018

Com auxílio dos árbitros de vídeo, suecos marcam em cobrança de pênalti de Granqvist e, agora, dividem a liderança da chave com o México

A Suécia venceu a Coreia do Sul por 1 a 0, nesta segunda-feira (18), em Nizhny Novgorod, e se juntou ao México na liderança do Grupo F da Copa do Mundo de 2018. O resultado veio com o gol do capitão Granqvist, de pênalti, graças ao uso da arbitragem de vídeo (VAR). Com a vitória sueca, coreanos e alemães ocupam, agora, com mesmo número de pontos (0), saldo de gols (-1) e gols sofridos (1), a lanterna da chave. Coreia começa melhor, mas Suécia reage A Coreia iniciou a partida ligeiramente melhor que a Suécia. Foram os europeus, porém, que criaram as primeiras boas oportunidades do jogo. Aos 12, após troca de passes, Berg tentou o chute e foi travado. Na sobra, Lustig cruzou e Cho Hyun-Woo defendeu. Seis minutos depois, Granqvist tentou tabela com Berg, que devolveu de letra. O volante saiu na cara do gol e quase finalizou, mas foi travado pela zaga. A melhor chance da Suécia veio aos 21 minutos. Sozinho na grande área, Berg recebe passe na cara do gol e completou de primeira, mas Cho fez belíssima defesa. Aos 43, nova jogada perigosa da Suécia: Berg se livrou da zaga, levou para a linha de fundo e chutou de direita, mas mandou para fora. PublicidadeFechar anúncio A Suécia teve outra boa oportunidade aos 47, quando Claesson recebeu cruzamento e foi no alto para cabecear para fora. No 2º tempo, superioridade sueca surte efeito Aos seis minutos, Koo recebeu cruzamento na área e cabeceou, mas mandou na rede pelo lado de fora. Aos 11, quase a Suécia marcou. Em cobrança de falta, Toivonen subiu bem e desviou de cabeça, mas Cho espalmou. O sistema de árbitro de vídeo entrou em ação mais uma vez aos 18 minutos. Kin Min-Woo deu entrada dura em Claesson. O árbitro mandou seguir, mas, na sequência do lance, pediu a utilização do VAR. Granqvist, aos 20, foi com tranquilidade para a cobrança e deslocou o goleiro sul-coreano para abrir o placar. Hwang teve oportunidade clara de gol aos 47. Após bola escorada, ele apareceu livre, no centro da área, para cabecear colocado. Mas, ele mandou para fora. 18/06 – Nihzny Novgorod (Nihzny Novgorod) Suécia 1 x 0 Coreia do Sul Árbitro: Joel Aguilar (Honduras); Público: 42 300; Gol: Granqvist 20 do 2º; Cartões amarelos: Claesson (Suécia); Kim Shin-Wook e Hwang Hee-Chan (Coreia do Sul) Suécia: Olsen, Augustinsson, Granqvist, Jansson e Lustig; Larsson (Svensson 36 do 2º), Ekdal (Hilkemark 26 do 2º), Claesson e Forsberg; Berg e Toivonen (Thelin 32 do 2º). Técnico: Janne Andersson Coreia do Sul: Jo, Yong Lee, Jang, Younggwon Kim e Park (Minwoo Kim); Ki, Jaesung Lee e Koo (Seungwoo Lee 28 do 2º); Hwang, Kim Shinwook (Jung 21 do 2º) e Son. Técnico: Taeyong Shin

Link Notícia: https://esportes.r7.com/copa-2018/suecia-vence-coreia-do-sul-e-deixa-a-alemanha-na-lanterna-no-grupo-f-18062018

Estados Unidos, Canadá e México vão sediar a Copa do Mundo de 2026
Data: 13/06/2018

Essa será a primeira vez que a competição será disputada simultaneamente em três países. Candidatura tinha Marrocos como única adversária

Estados Unidos, Canadá e México receberão a Copa do Mundo de 2026. A decisão aconteceu na manhã desta quarta-feira (13), no Expocenter, em Moscou, na véspera da abertura da Rússia 2018. Essa será a primeira vez que o Mundial será disputado simultaneamente em três países. Membros de 210 federações ligadas à Fifa puderam escolher entre a candidatura tripla e o Marrocos. Anteriormente, o processo de escolha era feito pelo Comitê Executivo da Fifa, esse mesmo que foi alvo do escândalo de corrupção na Fifa, conhecido como Fifagate. Estados Unidos, Canadá e México venceram por 134 a 65 votos entre os votos válidos. O membro da federação do Líbano votou em nenhuma das concorrentes. O Brasil optou por Marrocos contrariando o acordo da Conmebol; enquanto Cuba, Taiti e Togo se abstiveram do pleito. Na primeira escolha de Copa do Mundo depois do Fifagate, o próprio presidente Gianni Infantino mencionou o devastador “Relatório Garcia”, que apontou em 400 páginas “problemas sérios e de grande envergadura no processo de candidatura e nomeação”da Rússia 2018 e do Qatar 2022. "Claro que as reformas que introduzimos foram vitais para atingir esse status que chegamos hoje. Os princípios que introduzimos foram fundamentais para nossa sobrevivência. Nomeamos comitês independentes para nos recuperarmos”, disse Infantino. “Naquele tempo, a Fifa estava morta como organização. Mas agora, a Fifa está viva, cheia de amor pelo trabalho e com visão para o futuro.” A candidatura Unidos 2026, como vem sendo chamada até aqui, logo despontou como a favorita no processo. A experiência norte-americana de realizar eventos de grandíssimo porte era ao mesmo tempo o ponto favorável e contrário para a escolha. O fato de todos os estádios estarem praticamente prontos foi bastante batido. O medo era ter uma competição descompassada, com sedes de infraestruturas melhores que as outras. Por outro lado, a expectativa de até US$ 14 bilhões de arrecadação (mais de R$ 51 bilhões). O nome do Marrocos voltou ao Congresso da Fifa depois de tentar ser a sede africana no lugar da África do Sul 2010. Naquela época, a entidade buscava um rodízio de continentes e então levou o Mundial para o solo africano pela primeira vez. Desta vez, a candidatura se apegava em uma frágil capacidade de organização de eventos da CAF (Confederação Africana de Futebol) além da proximidade com a Europa e o fuso-horário em uma zona central. Antes da votação final, pesou também uma tabela comparativa entre as duas candidaturas apresentada pela secretária-geral da Fifa Fatma Samoura. Lado a lado, era possível lembrar que a Unidos recebeu nota 4 (de uma máxima de 5); já a Marrocos levou apenas 2,7. "O futebol hoje é o único vencedor e esse espírito que queremos passar para os times que vão competir aqui na Rússia 2018”, disse Carlos Cordeiro, presidente da federação norte-americana e quem tomou a palavra após o anúncio final.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/copa-2018/estados-unidos-canada-e-mexico-vao-sediar-a-copa-do-mundo-de-2026-13062018

Fernando Hierro vai ser treinador da Espanha na Copa do Mundo
Data: 13/06/2018

A Federação Espanhola confirmou que o ex-jogador comandará o time campeão do Mundo em 2010, no Mundial da Rússia

A Federação de Futebol da Espanha anunciou nesta quarta (13) que o ex-jogador Fernando Hierro vai ser o técnico da Espanha na Copa do Mundo da Rússia. Desde de novembro de 2017, Hierro era diretor esportivo da Federação e já estava na Rússia, o que facilitou a escolha. Como jogador, o ex-zagueiro foi à quatro Copas do Mundo: 1990, na Itália; 1994, nos Estados Unidos; 1998, na França; e 2002, na Coreia e Japão. Como treinador, Hierro trabalhou no Oviedo na temporada de 2016 e 2017, na segunda divisão do Campeonato Espanhol. Demissão Lopetegui Na manhã desta quarta, a Federação anunciou a demissão do treinador Julen Lopetegui, depois dele assumir o Real Madrid. Lopetegui tinha contrato com a seleção até 2020 e o clube espanhol pagou a multa recisória do treinador. A Espanha estreia na Copa do Mundo da Rússia no dia 15 contra Portugal, em Sochi.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/copa-2018/fernando-hierro-vai-ser-treinador-da-espanha-na-copa-do-mundo-13062018

Infantino confirma que tentará reeleição na Fifa em 2019
Data: 13/06/2018

No encerramento do 68º Congresso da entidade, atual presidente, no cargo desde 2016, declara que vai tentar continuar no posto

A Fifa realizou, nesta quarta-feira, em Moscou, a edição de número 68 de seu Congresso. O principal ponto, além da aprovação de contas, solicitações em pauta e, sobretudo, a definição sobre a sede da Copa do Mundo de 2026, vencida por México, Canadá e Estados Unidos, foi a declaração final do presidente Gianni Infantino de que concorrerá a reeleição. - Se me perguntarem sobre o tema direi sim, sou candidato a reeleição ao cargo de presidente da Fifa nas próximas eleições - declarou no discurso de encerramento do encontro. Infantino assumiu o posto de dirigente máximo da Fifa em fevereiro de 2016, após o escândalo de corrupção que caiu como uma bomba na entidade em 2015 e que resultou, entre prisões e expulsões, na queda do antigo mandatário, Joseph Blatter. A eleição para o novo presidente da Fifa já tem data para acontecer: dia 5 de junho, em Paris (FRA), onde será realizada a próxima edição do Congresso da entidade.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/copa-2018/lance/infantino-confirma-que-tentara-reeleicao-na-fifa-em-2019-13062018

Tite rasga elogios à atuação e diz: 'Não sei o limite do Neymar'
Data: 11/06/2018

Técnico se mostrou satisfeito com a seleção brasileira contra a Áustria, mas evitou dizer que usará escalação mais ofensiva contra a Suíça

Tite gostou do que viu na vitória da Seleção Brasileira por 3 a 0 sobre Áustria, em amistoso disputado neste domingo, em Viena. Com Philippe Coutinho jogando por dentro e uma escalação mais ofensiva, o técnico aprovou a postura de seus comandantes contra uma marcação mais forte, mas evitou confirmar que esta é a equipe que vai começar jogando a Copa do Mundo. Neymar, novamente titular, encantou o chefe. Esportes PUBLICIDADE inRead invented by Teads — O time para iniciar eu acho que na quinta ou sexta eu posso responder. Agora estou na adrenalina do jogo, mas na medida que se apresenta bem (o time) vai se confirmando. Não dá para já adiantar. A gente tem que se desafiar em níveis de evolução. A concentração competitiva da equipe o jogo todo foi elogiável. Eu sonho, claro, com uma Copa do Mundo, como todos, mas temos de ficar atentos ao trabalho. A equipe está amadurecendo mentalmente. Foi um jogo forte, de contato e teve grande desempenho - comemorou o técnico. Contra a Croácia, Tite escalou o meio de campo com Casemiro, Paulinho e Fernandinho. Desta forma, a equipe teve mais dificuldades com a bola, e neste domingo o último do trio deu lugar a Neymar - assim, Coutinho saiu da ponta para atuar por dentro no 4-1-4-1 brasileiro. O camisa 10, que entrou no segundo tempo contra a Croácia e fez um belo gol, neste domingo começou uma partida pela primeira vez desde o fim de fevereiro, quando lesionou o pé direito. O atacante do Paris Saint-Germain (FRA) fez outro golaço e saiu no fim da partida para evitar problemas. — Não sei nem o limite do Neymar. A capacidade técnica e criativa dele é impressionante. Quando conseguimos o acionar no último terço do campo, ele é letal. Mas ainda está procurando, readquirindo, e ele vai oscilar. Até no último lance de participação dele, falei: 'vara para o gol; abriu, finaliza'. No fim fiquei com medo de algo muscular e fiz a mudança - explicou. O Brasil agora viaja para a Rússia e a próxima partida já será na Copa do Mundo. Domingo que vem, a equipe estreia no Mundial em busca do hexacampeonato contra a Suíça, em Rostov.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/copa-2018/lance/tite-rasga-elogios-a-atuacao-e-diz-nao-sei-o-limite-do-neymar-10062018

'Sonhar não é proibido', diz Neymar sobre título da Copa do Mundo
Data: 11/06/2018

Neymar demonstrou confiança na qualidade do grupo brasileiro para a disputa do Mundial da Rússia após vitória sobre a Áustria, em Viena

Neymar demonstrou confiança ao projetar a campanha do Brasil na Copa da Rússia — a seleção estreia no Grupo E do Mundial no próximo dia 17, às 15 horas (horário de Brasília), diante da Suíça, em Rostov. Animado com o desempenho da equipe na vitória por 3 a 0 sobre a Áustria, neste domingo (10), no último teste antes da competição, o craque não se conteve e projetou o título. “Tem que confiar, que sonhar. Não tem que segurar a onda e a gente está sonhando cada vez mais. Sonhar não é proibido. Vamos fazer de tudo para manter o nosso nível, o nosso futebol”, enfatizou Neymar em entrevista coletiva na saída do estádio Ernst Happel, em Viena. Porém, o astro evitou projetar quais serão seus companheiros entre os titulares para o início da caminhada brasileira na Copa. Neymar elogiou os companheiros de meio-campo e ataque, mas lembrou que a definição da equipe será anunciada pelo comandante Tite. “(Tite) Esse cara, é o homem. É ele quem comanda. A gente fica feliz de ter tanta qualidade no nosso elenco. Você muda seis jogadores e a qualidade continua. Demonstra que somos uma grande equipe", complementou. Na comemoração do gol marcado sobre os austríacos, Neymar homenageou Romário, levantando a camisa e imitando o gesto do ex-jogador na sua despedida da seleção brasileira.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/copa-2018/sonhar-nao-e-proibido-diz-neymar-sobre-titulo-da-copa-do-mundo-10062018

Após amistoso, seleção brasileira embarca para a Rússia
Data: 11/06/2018

O atacante Neymar, que marcou um dos gols da vitória, publicou a imagem em sua conta no Twitter e avisou que os jogadores estão indo buscar o sonho

Neste domingo (10), a seleção brasileira deu um show nos gramados e venceu a Áustria por 3 a 0, em um amistoso. Após a vitória, os jogadores embarcaram para Sochi, rumo à Copa do Mundo da Rússia. A seleção aterrissou por volta das 20h30 (horário do Brasil). O atacante Neymar, que marcou um dos gols da vitória, publicou a imagem em sua conta no Twitter e avisou que os jogadores estão "indo buscar o sonho". No Instagram, o camisa 10 da seleção comparou uma de suas jogadas com uma muito semelhante do ex-jogador Denilson, na Copa do Mundo de 2002, quando o Brasil conquistou o Penta.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/copa-2018/apos-amistoso-selecao-brasileira-embarca-para-a-russia-10062018

Confira as listas finais dos convocados das 32 seleções da Copa
Data: 04/06/2018

Nesta segunda-feira (4) as 32 seleções confirmaram as listas finais dos 23 jogadores que vão disputar a Copa do Mundo de 2018 na Rússia

Nesta segunda-feira (4), as 32 seleções que vão participar da Copa do Mundo de 2018 confirmaram as listas finais dos 23 jogadores. Dessa forma, já sabemos quem são os 736 jogadores que estão no Mundial da Rússia. Entre os brasileiros, além dos 23 que irão representar a seleção de Tite, outros cinco estão confirmados na Copa de 2018: os atacantes Diego Costa e Rodrigo (Espanha), o zagueiro Pepe (Portugal), o zagueiro Thiago Cionek (Polônia) e o lateral direito Mário Fernandes (Rússia). Outra curiosidade entre os 736 convocados é que 203 já foram convocados para uma Copa do Mundo, sendo o mexicano Rafael Márquez o recordista entre eles com quatro participações. O zagueiro irá agora para a sua quinta Copa, igualando o recorde do compatriota Carbajal (goleiro) e o do alemão (Lothar Matthäus). Confira a lista final dos jogadores das 32 seleções para a Copa do Mundo de 2018: GRUPO A: RÚSSIA Igor Akinfeev (Goleiro) - CSKA Moscou (Rússia) Vladimir Gabulov (Goleiro) - Brugge (Bélgica) Andrey Lunev (Goleiro) - Zenit (Rússia) Igor Smolnikov (Lateral direito) - Zenit (Rússia) Mario Fernandes (Lateral direito) - CSKA Moscou (Rússia) Vladimir Granat (Zagueiro) - Rubin Kazan (Rússia) Sergey Ignashevich (Zagueiro) - CSKA Moscou (Rússia) Ilya Kutepov (Zagueiro) - Spartak Moscou (Rússia) Andrey Semenov (Zagueiro) - Ahmat Grozny (Rússia) Fedor Kudryashov (Lateral esquerdo) - Rubin Kazan (Rússia) Yury Gazinsky (Volante) - Krasnodar (Rússia) Alexander Golovin (Volante) - CSKA Moscou (Rússia) Alexander Erokhin (Volante) - Zenit (Rússia) Roman Zobnin (Volante) - Spartak Moscou (Rússia) Daler Kuzyaev (Volante) - Zenit (Rússia) Anton Miranchuk (Volante) - Lokomotiv Moscou (Rússia) Alan Dzagoev (Meia) - CSKA Moscou (Rússia) Yury Zhirkov (Meia) - Zenit (Rússia) Alexander Samedov (Meia) - Spartak Moscou (Rússia) Denis Cheryshev (Meia) - Villarreal (Espanha) Artem Dzyuba (Atacante) - Arsenal Tula (Rússia) Alexey Miranchuk (Atacante) - Lokomotiv Moscou (Rússia) Fedor Smolov (Atacante) - Krasnodar (Rússia) ARÁBIA SAUDITA Yasser Al-Mosailem (Goleiro) - Al Ahli (Arábia Saudita) Mohammed Al Owais (Goleiro) - Al Ahli (Arábia Saudita) Abdullah Al Maiouf (Goleiro) - Al Hilal (Arábia Saudita) Mohammed Al Burayk (Lateral direito) - Al Hilal (Arábia Saudita) Motaz Hawsawi (Zagueiro) - Al Ahli (Arábia Saudita) Ali Al Bulayhi (Zagueiro) - Al Hilal (Arábia Saudita) Osama Hawsawi (Zagueiro) - Al Hilal (Arábia Saudita) Omar Hawsawi (Zagueiro) - Al Nassr (Arábia Saudita) Mansour Al-Harbi (Lateral esquerdo) - Al Ahli (Arábia Saudita) Yasir Al-Shahrani (Lateral esquerdo) - Al Hilal (Arábia Saudita) Mohamed Kanno (Volante) - Al Hilal (Arábia Saudita) Abdullah Al Khaibari (Volante) - Al Shabab (Arábia Saudita) Hattan Babhir (Volante) - Al Shabab (Arábia Saudita) Abdullah Otayf (Volante) - Al Hilal (Arábia Saudita) Abdul Al Khaibri (Volante) - Al Hilal (Arábia Saudita) Hussain Al-Mogahwi (Volante) - Al Ahli (Arábia Saudita) Salman Al Faraj (Volante) - Al Hilal (Arábia Saudita) Yahya Al Shehri (Meia) - Leganés (Espanha) Salem Al Dawsari (Meia) - Villarreal (Espanha) Taisir Al-Jassim (Meia) - Al Ahli (Arábia Saudita) Mohammad Al-Sahlawi (Atacante) - Al Nassr (Ara) Fahad Al Muwallad (Atacante) - Levante (Espanha) Mohanad Asiri (Atacante) - Al Hilal (Arábia Saudita) EGITO Essam El-Hadary (Goleiro) - Al Taawon (Arábia Saudita) Sherif Ekramy (Goleiro) - Al Ahly (Egito) Mohamed El-Shenawy (Goleiro) - Zamalek (Egito) Ahmed Elmohamady (Lateral direito) - Aston Villa (Inglaterra) Omar Gaber (Lateral direito) - Basel (Suíça) Ahmed Fathi (Lateral direito) - Al Ahly (Egito) Ali Gabr (Zagueiro) - West Bromwich (Inglaterra) Ahmed Hegazy (Zagueiro) - West Bromwich (Inglaterra) Mahmoud Hamdi (Zagueiro) - Zamalek (Egito) Saad Samir (Zagueiro) - Al Ahly (Egito) Ayman Ashraf (Lateral esquerdo) - Al Ahly (Egito) Moha Abdel-Shafi (Lateral esquerdo) - Al Fateh (Arábia Saudita) Sam Morsy (Volante) - Wigan (Inglaterra) Tarek Hamed (Volante) - Zamalek (Egito) Mohamed El-Neny (Volante) - Arsenal (Inglaterra) Mahmoud Trezeguet (Meia) - Kasimpasa (Turquia) Amr Warda (Meia) - Atromitos (Grécia) Marwan Mohsen (Atacante) - Al Ahly (Egito) Mohamed Salah (Atacante) - Liverpool (Inglaterra) Mahmoud Kahraba (Atacante) - Al Ittihad (Arábia Saudita) Ramadan Sobhi (Atacante) - Stoke City (Inglaterra) Mahmoud Shikabala (Atacante) - Al Raed (Arábia Saudita) Abdallah Said (Atacante) - KuPS (Finlândia) URUGUAI Fernando Muslera (Goleiro) - Galatasaray (Turquia) Martín Campaña (Goleiro) - Independiente (Argentina) Martín Silva (Goleiro) - Vasco (Brasil) Maxi Pereira (Lateral direito) - Porto (Portugal) Guillermo Varela (Lateral direito) - Peñarol (Uruguai) Diego Godín (Zagueiro) - Atlético de Madri (Espanha) Sebastián Coates (Zagueiro) - Sporting (Portugal) José Giménez (Zagueiro) - Atlético de Madri (Espanha) Martín Cáceres (Lateral esquerdo) - Lazio (Itália) Gastón Silva (Lateral esquerdo) - Independiente (Argentina) Nahitan Nández (Volante) - Boca Juniors (Argentina) Carlos Sánchez (Volante) - Monterrey (México) Lucas Torreira (Volante) - Sampdoria (Itália) Matías Vecino (Volante) - Internazionale (Itália) Diego Laxalt (Meia) - Genoa (Itália) Cristián Rodríguez (Meia) - Peñarol (Uruguai) Rodrigo Bentancur (Meia) - Juventus (Itália) Giorgian de Arrascaeta (Meia) - Cruzeiro (Brasil) Luis Suárez (Atacante) - Barcelona (Espanha) Edinson Cavani (Atacante) - Paris Saint-Germain (França) Maxi Gómez (Atacante) - Celta (Espanha) Jonathan Urreta (Atacante) - Monterrey (México) Christián Stuani (Atacante) - Girona (Espanha) GRUPO B PORTUGAL Anthony Lopes (Goleiro) - Lyon (França) Rui Patrício (Goleiro) - Sporting (Portugal) Beto (Goleiro) - Goztepe (Turquia) Ricardo Pereira (Lateral direito) - Porto (Portugal) Cédric Soares (Lateral direito) - Southampton (Inglaterra) Rúben Dias (Zagueiro) - Benfica (Portugal) Bruno Alves (Zagueiro) - Rangers (Escócia) José Fonte (Zagueiro) - Dalian Yifang (China) Pepe (Zagueiro) - Besiktas (Turquia) Raphaël Guerreiro (Lateral esquerdo) - Borussia Dortmund (Alemanha) Mário Rui (Lateral esquerdo) - Napoli (Itália) Manuel Fernandes (Volante) - Lokomotiv Moscou (Rússia) William Carvalho (Volante) - Sporting (Portugal) Adrien Silva (Volante) - Leicester (Inglaterra) Bruno Fernandes (Meia) - Sporting (Portugal) João Moutinho (Meia) - Monaco (França) Bernardo Silva (Meia) - Manchester United (Inglaterra) João Mário (Meia) - West Ham (Inglaterra) André Silva (Atacante) - Milan (Itália) Cristiano Ronaldo (Atacante) - Real Madrid (Espanha) Gonçalo Guedes (Atacante) - Valencia (Espanha) Ricardo Quaresma (Atacante) - Besiktas (Turquia) Gelson Martins (Atacante) - Sporting (Portugal) ESPANHA David de Gea (Goleiro) - Manchester United (Inglaterra) Pepe Reina (Goleiro) - Napoli (Itália) Kepa Arrizabalaga (Goleiro) - Athletic Bilbao (Espanha) Dani Carvajal (Lateral direito) - Real Madrid (Espanha) Álvaro Odriozola (Lateral direito) - Real Sociedad (Espanha) César Azpilicueta (Zagueiro) - Chelsea (Inglaterra) Nacho Fernández (Zagueiro) - Real Madrid (Espanha) Gerard Piqué (Zagueiro) - Barcelona (Espanha) Sergio Ramos (Zagueiro) - Real Madrid (Espanha) Jordi Alba (Lateral esquerdo) - Barcelona (Espanha) Nacho Monreal (Lateral esquerdo) - Arsenal (Inglaterra) Andrés Iniesta (Volante) - Barcelona (Espanha) Saúl Ñíguez (Volante) - Atlético de Madri (Espanha) Sergio Busquets (Volante) - Barcelona (Espanha) Koke (Volante) - Atlético de Madri (Espanha) Isco (Meia) - Real Madrid (Espanha) Marco Asensio (Meia) - Real Madrid (Espanha) Thiago Alcântara (Meia) - Bayern Munique (Alemanha) David Silva (Meia) - Manchester City (Inglaterra) Diego Costa (Atacante) - Atlético de Madri (Espanha) Lucas Vázquez (Atacante) - Real Madrid (Espanha) Iago Aspas (Atacante) - Celta (Espanha) Rodrigo (Atacante) - Valencia (Espanha) MARROCOS Munir (Goleiro) - Numancia (Espanha) Bono (Goleiro) - Girona (Espanha) Ahmed Tagnaouti (Goleiro) - Ittihad Tanger (Marrocos) Achraf Hakimi (Lateral direito) - Real Madrid (Espanha) Manuel da Costa (Zagueiro) - Basaksehir (Turquia) Mehdi Benatia (Zagueiro) - Juventus (Itália) Hamza Mendyl (Lateral esquerdo) - Lille (França) Sofyan Amrabat (Volante) - Feyenoord (Holanda) Aït Bennasser (Volante) - Caen (França) Romain Saiss (Volante) - Wolverhampton (Inglaterra) Hakim Ziyech (Meia) - Ajax (Holanda) Amine Harit (Meia) - Schalke 04 (Alemanha) Younès Belhanda (Meia) - Galatasaray (Turquia) Fayçal Fajr (Meia) - Getafe (Espanha) Karim El Ahmadi (Meia) - Feyenoord (Holanda) Mbark Boussoufa (Meia) - Al Jazira (Emirados Árabes) Khalid Boutaib (Atacante) - Yeni Malatyaspor (Turquia) Mehdi Carcela (Atacante) - Stantard Liège (Bélgica) Ayoub El Kaabi (Atacante) - RS Berkane (Marrocos) Nabil Dirar (Atacante) - Fenerbahçe (Turquia) Nordin Amrabat (Atacante) - Leganés (Espanha) Aziz Bouhaddouz (Atacante) - St. Pauli (Alemanha) Youssef En-Nesyri (Atacante) - Málaga (Espanha) IRÃ Amir Abedzadeh (Goleiro) - Marítimo (Portugal) Moha Mazaheri (Goleiro) - Zob Ahan (Irã) Alireza Beiranvand (Goleiro) - Persepolis (Irã) Ramin Rezaeian (Lateral direito) - Oostende (Bélgica) Majid Hosseini (Lateral direito) - Esteghlal (Irã) Pejman Montazeri (Zagueiro) - Esteghlal (Irã) Roozbeh Cheshmi (Zagueiro) - Esteghlal (Irã) Eza Pouraliganji (Zagueiro) - Al Saad (Catar) Milad Mohammadi (Lateral esquerdo) - Ahmat Grozny (Rússia) Ehsan Hajsafi (Lateral esquerdo) - Olympiacos (Grécia) Ali Karimi (Volante) - Sepahan (Irã) Saeid Ezatolahi (Volante) - Amkar (Rússia) Omid Ebrahimi (Volante) - Esteghlal (Irã) Ashkan Dejagah (Meia) - Nottingham Forest (Inglaterra) Mehdi Torabi (Meia) - Saipa (Irã) Vahid Amiri (Meia) - Persepolis (Irã) Masoud Shojaei (Meia) - AEK (Grécia) Saman Ghoddos (Atacante) - Ostersunds (Suécia) Reza (Atacante) - Heerenveen (Holanda) Karim Ansarifard (Atacante) - Olympiacos (Grécia) Alireza (Atacante) - AZ Alkmaar (Holanda) Mehdi Taremi (Atacante) - Al Gharafa (Catar) Serdar Azmoun (Atacante) - Rubin Kazan (Rússia) GRUPO C FRANÇA Alphonse Aréola (Goleiro) - Paris Saint-Germain (França) Hugo Lloris (Goleiro) - Tottenham (Inglaterra) Steve Mandanda (Goleiro) - Olympique de Marselha (França) Djibril Sidibé (Lateral direito) - Monaco (França) Benjamin Pavard (Lateral direito) - Stuttgart (Alemanha) Presnel Kimpembe (Zagueiro) - Paris Saint-Germain (França) Raphaël Varane (Zagueiro) - Real Madrid (Espanha) Samuel Umtiti (Zagueiro) - Barcelona (Espanha) Adil Rami (Zagueiro) - Olympique de Marselha (França) Lucas Hernánez (Lateral esquerdo) - Atlético de Madri (Argentina) Benjamin Mendy (Lateral esquerdo) - Manchester City (Inglaterra) N´Golo Kanté (Volante) - Chelsea (Inglaterra) Steven N´Zonzi (Volante) - Sevilla (Espanha) Blaise Matuidi (Volante) - Juventus (Itália) Nabil Fékir (Meia) - Lyon (França) Paul Pogba (Meia) - Manchester United (Inglaterra) Corentin Tolisso (Meia) - Bayern Munique (Alemanha) Thomas Lemar (Meia) - Monaco (França) Olivier Giroud (Atacante) - Chelsea (Inglaterra) Antoine Griezmann (Atacante) - Atlético de Madri (Espanha) Ousmane Dembélé (Atacante) - Barcelona (Espanha) Florian Thauvin (Atacante) - Olympique de Marselha (França) Kylian Mbappé (Atacante) - Paris Saint-Germain (França) AUSTRÁLIA Mathew Ryan (Goleiro) - Brighton & Hove Albion (Inglaterra) Danny Vukovic (Goleiro) - Genk (Bélgica) Brad Jones (Goleiro) - Feyenoord (Holanda) Joshua Risdon (Lateral direito) - WS Wanderers (Austrália) Trent Sainsbury (Zagueiro) - Grasshoppers (Suíça) Milos Degenek (Zagueiro) - Yokohama Marinos (Japão) Matthew Jurman (Zagueiro) - Suwon Bluewings (Coreia do Sul) James Meredith (Lateral esquerdo) - Millwall (Inglaterra) Aziz Behich (Lateral esquerdo) - Bursaspor (Turquia) Mark Milligan (Volante) - Al Ahli (Arábia Saudita) Jackson Irvine (Volante) - Hull City (Inglaterra) Mile Jedinák (Volante) - Aston Villa (Inglaterra) Aaron Mooy (Volante) - Huddersfield Town (Inglaterra) Dimitri Petratos (Meia) - Newcastle Jets (Austrália) Massimo Luongo (Meia) - QPR (Inglaterra) Tom Rogic (Meia) - Celtic (Escócia) Jamie McLaren (Atacante) - Hibernian (Escócia) Daniel Arzani (Atacante) - Melbourne City (Austrália) Andrew Nabbout (Atacante) - Urawa Reds (Japão) Tim Cahill (Atacante) - Millwall (Inglaterra) Tomi Juric (Atacante) - Luzern (Suíça) Robbie Kruse (Atacante) - Bochum (Alemanha) Mathew Leckie (Atacante) - Hertha Berlim (Alemanha) PERU Carlos Cáceda (Goleiro) - Deportivo Municipal (Peru) Pedro Gallese (Goleiro) - Veracruz (México) José Carvallo (Goleiro) - Universidad Técnica (Peru) Miguel Araujo (Lateral direito) - Alianza Lima (Peru) Aldo Corzo (Lateral direito) - Universitario (Peru) Alberto Rodríguez (Zagueiro) - Junior (Colômbia) Christian Ramos (Zagueiro) - Veracruz (México) Miguel Trauco (Lateral esquerdo) - Flamengo (Brasil) Nilson Loyola (Lateral esquerdo) - Melgar (Peru) Luis Advíncula (Volante) - Lobos BUAP (México) Yoshimar Yotún (Volante) - Orlando City (Estados Unidos) Renato Tapia (Volante) - Feyenoord (Holanda) Wilder Cartagena (Volante) - Veracruz (México) Anderson Santamaría (Volante) - Puebla (México) Pedro Aquino (Volante) - Lobos BUAP (México) Christian Cueva (Meia) - São Paulo (Brasil) Paolo Hurtado (Meia) - Vitória de Guimarães (Portugal) Andy Polo (Atacante) - Portland Timbers (Estados Unidos) Jefferson Farfán (Atacante) - Lokomotiv Moscou (Rússia) Edison Flores (Atacante) - Aalborg (Dinamarca) Raúl Ruidíaz (Atacante) - Morelia (México) André Carrillo (Atacante) - Watford (Inglaterra) Paolo Guerrero (Atacante) - Flamengo (Brasil) DINAMARCA Frederik Ronnow (Goleiro) - Brondby (Dinamarca) Kasper Schmeichel (Goleiro) - Leicester (Inglaterra) Jonas Lossl (Goleiro) - Huddersfield Town (Inglaterra) Henrik Dalsgaard (Lateral direito) - Brentford (Inglaterra) Stryger Larsen (Lateral direito) - Udinese (Itália) Zanka Jorgensen (Zagueiro) - Huddersfield Town (Inglaterra) Jannik Vestergaard (Zagueiro) - Borussia Moenchengladbach (Alemanha) Simon Kjaer (Zagueiro) - Sevilla (Espanha) Andreas Christensen (Zagueiro) - Chelsea (Inglaterra) Jonas Knudsen (Lateral esquerdo) - Ipswich Town (Inglaterra) Lukas Lerager (Volante) - Bordeaux (França) Michael Krohn-Dehli (Volante) - La Coruña (Espanha) Lasse Schone (Volante) - Ajax (Holanda) William Kvist (Volante) - Copenhagen (Dinamarca) Thomas Delaney (Volante) - Werder Bremen (Alemanha) Christian Eriksen (Meia) - Tottenham (Inglaterra) Yussuf Poulsen (Atacante) - RB Leipzig (Alemanha) Nicolai Jorgensen (Atacante) - Feyenoord (Holanda) Andreas Cornelius (Atacante) - Atalanta (Itália) Martin Braithwaite (Atacante) - Bordeaux (França) Kasper Dolberg (Atacante) - Ajax (Holanda) Pione Sisto (Atacante) - Celta (Espanha) Viktor Fischer (Atacante) - Copenhagen (Dinamarca) GRUPO D ARGENTINA Nahuel Guzmán (Goleiro) - Tigres (México) Wilfredo Caballero (Goleiro) - Chelsea (Inglaterra) Franco Armani (Goleiro) - River Plate (Argentina) Gabriel Mercado (Lateral direito) - Sevilla (Espanha) Cristian Ansaldi (Lateral direito) - Torino (Itália) Nicolás Otamendi (Zagueiro) - Manchester City (Inglaterra) Federico Fazio (Zagueiro) - Roma (Itália) Marcos Rojo (Zagueiro) - Manchester United (Inglaterra) Nicolás Tagliafico (Lateral esquerdo) - Ajax (Holanda) Marcos Acuña (Lateral esquerdo) - Sporting (Portugal) Javier Mascherano (Volante) - Heibei Fortune (China) Lucas Biglia (Volante) - Milan (Itália) Giovani Lo Celso (Volante) - Paris Saint-Germain (França) Eduardo Salvio (Meia) - Benfica (Portugal) Ever Banega (Meia) - Sevilla (Espanha) Manuel Lanzini (Meia) - West Ham (Inglaterra) Maximiliano Meza (Meia) - Independiente (Argentina) Ángel Di María (Meia) - Paris Saint-Germain (França) Lionel Messi (Atacante) - Barcelona (Espanha) Sergio Agüero (Atacante) - Manchester City (Inglaterra) Gonzalo Higuaín (Atacante) - Juventus (Itália) Cristian Pavón (Atacante) - Boca Juniors (Argentina) Paulo Dybala (Atacante) - Juventus (Itália) ISLÂNDIA Hannes Halldórsson (Goleiro) - Randers (Dinamarca) Frederik Schram (Goleiro) - Roskilde (Dinamarca) Rúnar Rúnarsson (Goleiro) - Nordsjaelland (Dinamarca) Birkir Saevarsson (Lateral direito) - Valur (Islândia) Ragnar Sigurdsson (Zagueiro) - Rostov (Rússia) Sverrir Ingason (Zagueiro) - Rostov (Rússia) Hólmar Eyjólfsson (Zagueiro) - Levski Sofia (Bulgária) Kári Árnason (Zagueiro) - Víkingur Reykjavík (Islândia) Hordur Magnússon (Lateral esquerdo) - Bristol City (Inglaterra) Ari Skúlason (Lateral esquerdo) - Lokeren (Bélgica) Ólafur Skúlason (Volante) - Karabukspor (Turquia) Sami Fridjonsson (Volante) - Valerenga (Noruega) Aron Gunnarsson (Volante) - Cardiff City (País de Gales) Emil Hallfredsson (Volante) - Udinese (Itália) Arnór Traustason (Meia) - Malmoe (Suécia) Rúrik Gíslason (Meia) - Sandhausen (Alemanha) Jón Gudmundsson (Meia) - Burnley (Inglaterra) Birkir Bjarnason (Meia) - Aston Villa (Inglaterra) Gylfi Sigurdsson (Meia) - Everton (Inglaterra) Bjorn Sigurdarson (Atacante) - Rostov (Rússia) Jón Bodvarsson (Atacante) - Reading (Inglaterra) Alfred Finnbogason (Atacante) - Augsburg (Alemanha) Albert Gudmundsson (Atacante) - PSV Eindhoven (Holanda) PublicidadeFechar anúncio CROÁCIA Lovre Kalinic (Goleiro) - Gent (Bélgica) Danijel Subasic (Goleiro) - Monaco (França) Dominik Livakovic (Goleiro) - Dinamo Zagreb (Croácia) Sime Vrsaljko (Lateral direito) - Atlético de Madri (Espanha) Tin Jedvaj (Lateral direito) - Bayer Leverkusen (Alemanha) Dejan Lovren (Zagueiro) - Liverpool (Inglaterra) Duje Caleta-Car (Zagueiro) - Red Bull Salzburg (Áustria) Vedran Corluka (Zagueiro) - Lokomotiv Moscou (Rússia) Domagoj Vida (Zagueiro) - Besiktas (Turquia) Josip Pivaric (Lateral esquerdo) - Dynamo Kiev (Ucrânia) Ivan Strinic (Lateral esquerdo) - Milan (Itália) Milan Badelj (Volante) - Fiorentina (Itália) Filip Bradaric (Volante) - HNK Rijeka (Croácia) Ivan Rakitic (Volante) - Barcelona (Espanha) Mateo Kovacic (Meia) - Real Madrid (Espanha) Ivan Perisic (Meia) - Internazionale (Itália) Marcelo Brozovic (Meia) - Internazionale (Itália) Luka Modric (Meia) - Real Madrid (Espanha) Nikola Kalinic (Atacante) - Milan (Itália) Marko Pjaca (Atacante) - Schalke 04 (Alemanha) Mario Mandzukic (Atacante) - Juventus (Itália) Andrej Kramaric (Atacante) - Hoffenheim (Alemanha) Ante Rebic (Atacante) - Eintracht Frankfurt (Alemanha) NIGÉRIA Ike Ezenwa (Goleiro) - Enyimba (Nigéria) Daniel Akpeyi (Goleiro) - Chippa United (África do Sul) Francis Uzoho (Goleiro) - La Coruña (Espanha) Tyronne Ebuehi (Lateral direito) - ADO Den Haag (Holanda) Brian Idowu (Lateral direito) - Amkar (Rússia) Kenneth Omeruo (Zagueiro) - Kasimpasa (Turquia) Leon Balogun (Zagueiro) - Mainz (Alemanha) Troost-Ekong (Zagueiro) - Bursaspor (Turquia) Chidozie Awaziem (Zagueiro) - Nantes (França) Elderson Echiéjilé (Lateral esquerdo) - Brugge (Bélgica) John Ogu (Volante) - Hapoel Beer Sheva (Israel) Abdullahi Shehu (Volante) - Bursaspor (Turquia) Obi Mikel (Volante) - Tianjin Teda (China) Ogenyi Onazi (Volante) - Trabzonspor (Turquia) Victor Moses (Meia) - Chelsea (Inglaterra) Joel Obi (Meia) - Torino (Itália) Wilfred Ndidi (Meia) - Leicester (Inglaterra) Alex Iwobi (Atacante) - Arsenal (Inglaterra) Kelechi Iheanacho (Atacante) - Leicester (Inglaterra) Odion Ighalo (Atacante) - Changchun Yatai (China) Ahmed Musa (Atacante) - CSKA Moscou (Rússia) Peter Etebo (Atacante) - Las Palmas (Espanha) Simy Nwankwo (Atacante) - Crotone (Itália) GRUPO E BRASIL Alisson (Goleiro) - Roma (Itália) Ederson (Goleiro) - Manchester City (Inglaterra) Cássio (Goleiro) - Corinthians (Brasil) Fágner (Lateral direito) - Corinthians (Brasil) Danilo (Lateral direito) - Manchester City (Inglaterra) Thiago Silva (Zagueiro) - Paris Saint-Germain (França) Marquinhos (Zagueiro) - Paris Saint-Germain (França) Miranda (Zagueiro) - Internazionale (Itália) Geromel (Zagueiro) - Grêmio (Brasil) Marcelo (Lateral esquerdo) - Real Madrid (Espanha) Filipe Luís (Lateral esquerdo) - Atlético de Madri (Espanha) Casemiro (Volante) - Real Madrid (Espanha) Fernandinho (Volante) - Manchester City (Inglaterra) Fred (Volante) - Shakhtar Donetsk (Ucrânia) Paulinho (Meia) - Barcelona (Espanha) Renato Augusto (Meia) - Beijing Guoan (China) Willian (Meia) - Chelsea (Inglaterra) Philippe Coutinho (Meia) - Barcelona (Espanha) Neymar (Atacante) - Paris Saint-Germain (França) Gabriel Jesus (Atacante) - Manchester City (Inglaterra) Roberto Firmino (Atacante) - Liverpool (Inglaterra) Douglas Costa (Atacante) - Juventus (Itália) Taison (Atacante) - Shakhtar Donetsk (Ucrânia) SUÍÇA Roman Burki (Goleiro) - Borussia Dortmund (Alemanha) Yann Sommer (Goleiro) - Borussia Moenchengladbach (Alemanha) Yvon Mvogo (Goleiro) - RB Leipzig (Alemanha) Stephan Lichtsteiner (Lateral direito) - Juventus (Itália) Nico Elvedi (Lateral direito) - Borussia Moenchengladbach (Alemanha) Michael Lang (Zagueiro) - Basel (Suíça) Manuel Akanji (Zagueiro) - Borussia Dortmund (Alemanha) Fabian Schar (Zagueiro) - La Coruña (Espanha) Johan Djourou (Zagueiro) - Antalyaspor (Turquia) François Moubandje (Lateral esquerdo) - Toulouse (França) Ricardo Rodríguez (Lateral esquerdo) - Milan (Itália) Gelson Fernandes (Volante) - Eintracht Frankfurt (Alemanha) Denis Zakaria (Volante) - Borussia Moenchengladbach (Alemanha) Granit Xhaka (Volante) - Arsenal (Inglaterra) Valon Behrami (Volante) - Udinese (Itália) Steven Zuber (Meia) - Hoffenheim (Alemanha) Blerim Dzemaili (Meia) - Bologna (Itália) Remo Feuler (Meia) - Atalanta (Itália) Josip Drmic (Atacante) - Borussia Moenchengladbach (Alemanha) Xherdan Shaqiri (Atacante) - Stoke City (Inglaterra) Breel Embolo (Atacante) - Schalke 04 (Alemanha) Haris Seferovic (Atacante) - Benfica (Portugal) Mario Gavranovic (Atacante) - Dinamo Zagreb (Croácia) COSTA RICA Keylor Navas (Goleiro) - Real Madrid (Espanha) Patrick Pemberton (Goleiro) - Alajuelense (Costa Rica) Leonel Moreira (Goleiro) - Herediano (Costa Rica) Ian Smith (Lateral direito) - IFK Norrkoping (Suécia) Cristian Gamboa (Lateral direito) - Celtic (Escócia) Giancarlo González (Zagueiro) - Bologna (Itália) Kendall Waston (Zagueiro) - Vancouver Whitecaps (Canadá) Óscar Duarte (Zagueiro) - Espanyol (Espanha) Jhonny Acosta (Zagueiro) - Rionegro Águilas (Colômbia) Bryan Oviedo (Lateral esquerdo) - Sunderland (Inglaterra) Francisco Calvo (Lateral esquerdo) - Minnesota United (Estados Unidos) Randall Azofeifa (Volante) - Herediano (Costa Rica) Celso Borges (Volante) - La Coruña (Espanha) Yeltsin Tejeda (Volante) - Lausanne-Sport (Suíça) David Guzmán (Volante) - Portland Timbers (Estados Unidos) Ronald Matarrita (Meia) - New York City (Estados Unidos) Rodney Wallace (Meia) - New York City (Estados Unidos) Christian Bolaños (Meia) - Saprissa (Costa Rica) Bryan Ruiz (Meia) - Sporting (Portugal) Marcos Ureña (Atacante) - Los Angeles FC (Estados Unidos) Johan Venegas (Atacante) - Saprissa (Costa Rica) Daniel Colindres (Atacante) - Saprissa (Costa Rica) Joel Campbell (Atacante) - Betis (Espanha) SÉRVIA Predrag Rajkovic (Goleiro) - Maccabi Tel Aviv (Israel) Vladimir Stojkovic (Goleiro) - Partizan (Sérvia) Marko Dmitrovic (Goleiro) - Eibar (Espanha) Antonio Rukavina (Lateral direito) - Villarreal (Espanha) Branislav Ivanovic (Lateral direito) - Zenit (Rússia) Nikola Milenkovic (Zagueiro) - Fiorentina (Itália) Milos Veljkovic (Zagueiro) - Werder Bremen (Alemanha) Uros Spajic (Zagueiro) - Anderlecht (Bélgica) Dusko Tosic (Zagueiro) - Guangzhou R&F (China) Milan Rodic (Lateral esquerdo) - Estrela Vermelha (Sérvia) Aleksandar Kolarov (Lateral esquerdo) - Roma (Itália) Marko Grujic (Volante) - Cardiff City (País de Gales) Nemanja Matic (Volante) - Manchester United (Inglaterra) Luka Milivojevic (Volante) - Crystal Palace (Inglaterra) Dusan Tadic (Meia) - Southampton (Inglaterra) Andrija Zivkovic (Meia) - Benfica (Portugal) Milinkovic-Savic (Meia) - Lazio (Itália) Adem Ljajic (Meia) - Torino (Itália) Aleksandar Prijovic (Atacante) - PAOK (Grécia) Filip Kostic (Atacante) - Hamburgo (Alemanha) Aleksandar Mitrovic (Atacante) - Fulham (Inglaterra) Nemanja Radonjic (Atacante) - Estrela Vermelha (Sérvia) Luka Jovic (Atacante) - Eintracht Frankfurt (Alemanha) GRUPO F ALEMANHA Manuel Neuer (Goleiro) - Bayen Munique (Alemanha) Marc ter Stegen (Goleiro) - Barcelona (Espanha) Kevin Trapp (Goleiro) - Paris Saint-Germain (França) Joshua Kimmich (Lateral direito) - Bayern Munique (Alemanha) Matthias Ginter (Lateral direito) - Borussia Moenchengladbach (Alemanha) Niklas Sule (Zagueiro) - Bayern Munique (Alemanha) Jérôme Boateng (Zagueiro) - Bayern Munique (Alemanha) Antonio Rudiger (Zagueiro) - Chelsea (Inglaterra) Mats Hummels (Zagueiro) - Bayern Munique (Alemanha) Marvin Plattenhardt (Lateral esquerdo) - Hertha Berlim (Alemanha) Jonas Hector (Lateral esquerdo) - Colônia (Alemanha) Sebastian Rudy (Volante) - Bayern Munique (Alemanha) Sami Khedira (Volante) - Juventus (Itália) Toni Kroos (Volante) - Real Madrid (Espanha) Leon Goretzka (Meia) - Bayern Munique (Alemanha) Marco Reus (Meia) - Borussia Dortmund (Alemanha) Mesut Özil (Meia) - Arsenal (Inglaterra) Julian Draxler (Meia) - Paris Saint-Germain (França) Ilkay Gundogan (Meia) - Manchester City (Inglaterra) Mario Gómez (Atacante) - Stuttgart (Alemanha) Thomas Müller (Atacante) - Bayern Munique (Alemanha) Julian Brandt (Atacante) - Bayer Leverkusen (Alemanha) Timo Werner (Atacante) - RB Leipzig (Alemanha) MÉXICO Guillermo Ochoa (Goleiro) - Standard Liège (Bélgica) Alfredo Talavera (Goleiro) - Toluca (México) Jesús Corona (Goleiro) - Cruz Azul (México) Miguel Layún (Lateral direito) - Sevilla (Espanha) Rafa Márquez (Zagueiro) - Atlas (México) Diego Reyes (Zagueiro) - Porto (Portugal) Héctor Moreno (Zagueiro) - Real Sociedad (Espanha) Hugo Ayala (Zagueiro) - Tigres (México) Carlos Salcedo (Zagueiro) - Eintracht Frankfurt (Alemanha) Edson Álvarez (Volante) - América (México) Héctor Herrera (Volante) - Porto (Portugal) Marco Fabián (Meia) - Eintracht Frankfurt (Alemanha) Jesús Gallardo (Meia) - Pumas UNAM (México) Hirving Lozano (Meia) - PSV Eindhoven (Holanda) Javier Aquino (Meia) - Tigres (México) Jesús M. Corona (Meia) - Porto (Portugal) Jonathan dos Santos (Meia) - LA Galaxy (Estados Unidos) Andrés Guardado (Meia) - Betis (Espanha) Carlos Vela (Atacante) - Los Angeles FC (Estados Unidos) Giovani dos Santos (Atacante) - LA Galaxy (Estados Unidos) Chicharito Hernández (Atacante) - West Ham (Inglaterra) Oribe Peralta (Atacante) - América (México) Raúl Jiménez (Atacante) - Benfica (Portugal) SUÉCIA Robin Olsen (Goleiro) - Copenhagen (Dinamarca) Karl Johnsson (Goleiro) - Guingamp (França) Kristoffer Nordfeldt (Goleiro) - Swansea (País de Gales) Emil Krafth (Lateral direito) - Bologna (Itália) Mikael Lustig (Lateral direito) - Celtic (Escócia) Pontus Jansson (Zagueiro) - Leeds (Inglaterra) Filip Helander (Zagueiro) - Bologna (Itália) Andreas Granqvist (Zagueiro) - Helsinborgs (Suécia) Victor Lindelöf (Zagueiro) - Manchester United (Inglaterra) Martin Olsson (Lateral esquerdo) - Swansea (País de Gales) Ludwig Augustinsson (Lateral esquerdo) - Werder Bremen (Alemanha) Oscar Hiljemark (Volante) - Genoa (Itália) Gustav Svensson (Volante) - Seattle Sounders (Estados Unidos) Albin Ekdal (Volante) - Hamburgo (Alemanha) Viktor Claesson (Meia) - Krasnodar (Rússia) Sebastian Larsson (Meia) - Hull City (Inglaterra) Emil Forsberg (Atacante) - RB Leipzig (Alemanha) Marcus Rohdén (Atacante) - Crotone (Itália) Jimmy Durmaz (Atacante) - Toulouse (França) Marcus Berg (Atacante) - Al Ain (Emirados Árabes) John Guidetti (Atacante) - Alavés (Espanha) Isaac Thelin (Atacante) - Waasland-Beveren (Bélgica) Ola Toivonen (Atacante) - Toulouse (França) COREIA DO SUL Kim Seung-Gyu (Goleiro) - Vissel Kobe (Japão) Cho Hyun-Woo (Goleiro) - Daegu (Coreia do Sul) Kim Jin-Hyeon (Goleiro) - Cerezo Osaka (Japão) Lee Yong (Lateral direito) - Jeonbuk Motors (Coreia do Sul) Oh Ban-Suk (Zagueiro) - Jeju United (Coreia do Sul) Kim Young-gwon (Zagueiro) - Guangzhou Evergrande (China) Jang Hyun-Soo (Zagueiro) - FC Tokyo (Japão) Jung Seung-Hyeon (Zagueiro) - Sagan Tosu (Japão) Yun Young-Sun (Zagueiro) - Sangju Sangmu Phoenix (Coreia do Sul) Hong Chul (Lateral esquerdo) - Sangju Sangmu Phoenix (Coreia do Sul) Park Joo-ho (Lateral esquerdo) - Ulsan Hyundai (Coreia do Sul) Ki Sung-yueng (Volante) - Swansea (País de Gales) Ju Se-Jong (Volante) - FC Seoul (Coreia do Sul) Jung Woo-Young (Volante) - Vissel Kobe (Japão) Go Yo-han (Volante) - FC Seoul (Coreia do Sul) Seon-Min Moon (Meia) - Incheon United (Coreia do Sul) Kim Min-woo (Meia) - Sangju Sangmu Phoenix (Coreia do Sul) Koo Ja-cheol (Meia) - Augsburg (Alemanha) Lee Jae-Seong (Meia) - Jeonbuk Motors (Coreia do Sul) Son Heung-min (Atacante) - Tottenham (Inglaterra) Lee Seung-Woo (Atacante) - Hellas Verona (Itália) Hwang Hee-Chan (Atacante) - Red Bull Salzburg (Áustria) Kim Shin-wook (Atacante) - Jeonbuk Motors (Coreia do Sul) GRUPO G BÉLGICA Thibaut Courtois (Goleiro) - Chelsea (Inglaterra) Simon Mignolet (Goleiro) - Liverpool (Inglaterra) Koen Casteels (Goleiro) - Wolfsburg (Alemanha) Thomas Meunier (Lateral direito) - Paris Saint-Germain (França) Toby Alderweireld (Zagueiro) - Tottenham (Inglaterra) Vincent Kompany (Zagueiro) - Manchester City (Inglaterra) Dedryck Boyata (Zagueiro) - Celtic (Escócia) Jan Vertonghen (Zagueiro) - Tottenham (Inglaterra) Thomas Vermaelen (Lateral esquerdo) - Barcelona (Espanha) Youri Tielemans (Volante) - Monaco (França) Moussa Dembélé (Volante) - Tottenham (Inglaterra) Axel Witsel (Volante) - Tianjin Quanjian (China) Marouane Fellaini (Volante) - Manchester United (Inglaterra) Leander Dendoncker (Volante) - Anderlecht (Bélgica) Ferreira-Carrasco (Meia) - Dalian Yifang (China) Eden Hazard (Meia) - Chelsea (Inglaterra) Kevin De Bruyne (Meia) - Manchester City (Inglaterra) Dries Mertens (Atacante) - Napoli (Itália) Romelu Lukaku (Atacante) - Manchester United (Inglaterra) Michy Batshuayi (Atacante) - Borussia Dortmund (Alemanha) Thorgan Hazard (Atacante) - Borussia Moenchengladbach (Alemanha) Nacer Chadli (Atacante) - West Bromwich (Inglaterra) Adnan Januzaj (Atacante) - Real Sociedad (Espanha) PANAMÁ Jaime Penedo (Goleiro) - Dinamo Bucareste (Romênia) José Calderón (Goleiro) - Marathón (Honduras) Álex Rodríguez (Goleiro) - San Francisco (Panamá) Michael Murillo (Lateral direito) - NY Red Bulls (Estados Unidos) Adolfo Machado (Lateral direito) - Houston Dynamo (Estados Unidos) Felipe Baloy (Zagueiro) - Municipal (Guatemala) Román Torres (Zagueiro) - Seattle Sounders (Estados Unidos) Harold Cummings (Zagueiro) - San Jose Earthquakes (Estados Unidos) Fidel Escobar (Zagueiro) - NY Red Bulls (Estados Unidos) Éric Davis (Lateral esquerdo) - Dunajska Streda (Eslováquia) Luis Ovalle (Lateral esquerdo) - Olimpia (Honduras) Gabriel Gómez (Volante) - Atlético Bucaramanga (Colômbia) Aníbal Godoy (Volante) - San Jose Earthquakes (Estados Unidos) José Rodríguez (Meia) - Gent (Bélgica) Armando Cooper (Meia) - Universidad de Chile (Chile) Alberto Quintero (Meia) - Universitario (Peru) Yoel Bárcenas (Meia) - Cafetaleros de Tapachula (México) Valentin Pimentel (Atacante) - Plaza Amador (Panamá) Blas Pérez (Atacante) - Municipal (Guatemala) Abdiel Arroyo (Atacante) - Danubio (Uruguai) Gabriel Torres (Atacante) - Huachipato (Chile) Ismael Díaz (Atacante) - La Coruña (Espanha) Luis Tejada (Atacante) - Sport Boys (Peru) TUNÍSIA Aymen Balbouli (Goleiro) - Al Batin (Arábia Saudita) Farouk Ben Mustapha (Goleiro) - Al Shabab (Arábia Saudita) Moez Hassen (Goleiro) - Châteauroux (França) Hamdi Nagguez (Lateral direito) - Zamalek (Egito) Dylan Bronn (Lateral direito) - Gent (Bélgica) Rami Bedoui (Zagueiro) - Étoile du Sahel (Tunísia) Yohan Benalouane (Zagueiro) - Leicester (Inglaterra) Syam Ben Youssef (Zagueiro) - Kasimpasa (Turquia) Yassine Meriah (Zagueiro) - CS Sfaxien (Tunísia) Oussama Haddadi (Lateral esquerdo) - Dijon (França) Ali Maaloul (Lateral esquerdo) - Al Ahly (Egito) Elyes Skhiri (Volante) - Montpellier (França) Ben Amor (Volante) - Al Ahli (Arábia Saudita) Ghaylene Chaalali (Volante) - Esperance (Tunísia) Ahmed Khalil (Volante) - Club Africain (Tunísia) Seif-Eddine Khaoui (Meia) - Troyes (França) Ferjani Sassi (Meia) - Al Nassr (Arábia Saudita) Fakhreddine Ben Youssef (Atacante) - Ettifaq (Arábia Saudita) Anice Badri (Atacante) - Esperance (Tunísia) Bassem Srarfi (Atacante) - Nice (França) Wahbi Khazri (Atacante) - Rennes (França) Naim Sliti (Atacante) - Dijon (França) Sabeur Khelifa (Atacante) - Club Africain (Tunísia) INGLATERRA Nick Pope (Goleiro) - Burnley (Inglaterra) Jordan Pickford (Goleiro) - Everton (Inglaterra) Jack Butland (Goleiro) - Stoke City (Inglaterra) Kieran Trippier (Lateral direito) - Tottenham (Inglaterra) Alexander-Arnold (Lateral direito) - Liverpool (Inglaterra) Kyle Walker (Lateral direito) - Manchester City (Inglaterra) Phil Jones (Zagueiro) - Manchester United (Inglaterra) Harry Maguire (Zagueiro) - Leicester (Inglaterra) Gary Cahill (Zagueiro) - Chelsea (Inglaterra) John Stones (Zagueiro) - Manchester City (Inglaterra) Danny Rose (Lateral esquerdo) - Tottenham (Inglaterra) Fabian Delph (Lateral esquerdo) - Manchester City (Inglaterra) Eric Dier (Volante) - Tottenham (Inglaterra) Jordan Henderson (Volante) - Liverpool (Inglaterra) Ashley Young (Meia) - Manchester United (Inglaterra) Raheem Sterling (Meia) - Manchester City (Inglaterra) Dele Alli (Meia) - Tottenham (Inglaterra) Loftus-Cheek (Meia) - Crystal Palace (Inglaterra) Danny Welbeck (Atacante) - Arsenal (Inglaterra) Jesse Lingard (Atacante) - Manchester United (Inglaterra) Harry Kane (Atacante) - Tottenham (Inglaterra) Jamie Vardy (Atacante) - Leicester (Inglaterra) Marcus Rashford (Atacante) - Manchester United (Inglaterra) GRUPO H POLÔNIA Wojciech Szczesny (Goleiro) - Juventus (Itália) Lukasz Fabianski (Goleiro) - Swansea (País de Gales) Bartosz Bialkowski (Goleiro) - Ipswich Town (Inglaterra) Bartosz Bereszynski (Lateral direito) - Sampdoria (Itália) Lukasz Piszczek (Lateral direito) - Borussia Dortmund (Alemanha) Artur Jedrzejczyk (Lateral direito) - Légia Varsóvia (Polônia) Kamil Glik (Zagueiro) - Monaco (França) Michal Pazdan (Zagueiro) - Légia Varsóvia (Polônia) Thiago Cionek (Zagueiro) - SPAL 2013 (Itália) Jan Bednarek (Zagueiro) - Southampton (Inglaterra) Maciej Rybus (Lateral esquerdo) - Lokomotiv Moscou (Rússia) Grzeg Krychowiak (Volante) - West Bromwich (Inglaterra) Piotr Zielinski (Volante) - Napoli (Itália) Karol Linetty (Volante) - Sampdoria (Itália) Rafal Kurzawa (Volante) - Gornik Zabrze (Polônia) Jacek Goralski (Volante) - Ludogorets (Bulgária) Kamil Grosicki (Meia) - Hull City (Inglaterra) Slawomir Peszko (Meia) - Lechia Gdansk (Polônia) Kuba (Meia) - Wolfsburg (Alemanha) Robert Lewandowski (Atacante) - Bayern Munique (Alemanha) Arkadiusz Milik (Atacante) - Napoli (Itália) Lukasz Teodorczyk (Atacante) - Anderlecht (Bélgica) Dawid Kownacki (Atacante) - Sampdoria (Itália) SENEGAL Alfred Gomis (Goleiro) - Spal 2013 (Itália) Abdoulaye Diallo (Goleiro) - Rennes (França) Khadim N'Diaye (Goleiro) - Horoya (Guiné) Youssouf Sabaly (Lateral direito) - Bordeaux (França) Lamine Gassama (Lateral direito) - Alanyaspor (Turquia) Moussa Wagué (Lateral direito) - Eupen (Bélgica) Salif Sané (Zagueiro) - Schalke 04 (Alemanha) Kalidou Koulibaly (Zagueiro) - Napoli (Itália) Kara Mbodji (Zagueiro) - Anderlecht (Bélgica) Saliou Ciss (Lateral esquerdo) - Valenciennes (França) Gana Gueye (Volante) - Everton (Inglaterra) Cheikhou Kouyaté (Volante) - West Ham (Inglaterra) Alfred N’Diaye (Volante) - Wolverhampton (Inglaterra) Cheikh N´Doye (Meia) - Birmingham City (Inglaterra) Badou Ndiaye (Meia) - Stoke City (Inglaterra) Mame Diouf (Atacante) - Stoke City (Inglaterra) Sadio Mané (Atacante) - Liverpool (Inglaterra) M’Baye Niang (Atacante) - Torino (Itália) Diafra Sakho (Atacante) - Rennes (França) Ismaila Sarr (Atacante) - Rennes (França) Moussa Konaté (Atacante) - Amiens (França) Keita Baldé (Atacante) - Monaco (França) Moussa Sow (Atacante) - Bursaspor (Turquia) COLÔMBIA David Ospina (Goleiro) - Arsenal (Inglaterra) José Fernando Cuadrado (Goleiro) - Once Caldas (Colômbia) Camilo Vargas (Goleiro) - Deportivo Cali (Colômbia) Santiago Arias (Lateral direito) - PSV Eindhoven (Holanda) Óscar Murillo (Zagueiro) - Pachuca (México) Davinson Sánchez (Zagueiro) - Tottenham (Inglaterra) Yerry Mina (Zagueiro) - Barcelona (Espanha) Cristián Zapata (Zagueiro) - Milan (Itália) Johan Mojica (Lateral esquerdo) - Girona (Espanha) Frank Fabra (Lateral esquerdo) - Boca Juniors (Argentina) Carlos Sánchez (Volante) - Espanyol (Espanha) Abel Aguilar (Volante) - Deportivo Cali (Colômbia) Wilmar Barrios (Volante) - Boca Juniors (Argentina) Jefferson Lerma (Volante) - Levante (Espanha) James Rodríguez (Meia) - Bayern Munique (Alemanha) Juan Quintero (Meia) - River Plate (Argentina) Mateus Uribe (Meia) - América (México) Juan Cuadrado (Meia) - Juventus (Itália) José Izquierdo (Atacante) - Brighton & Hove Albion (Inglaterra) Luis Muriel (Atacante) - Sevilla (Espanha) Miguel Borja (Atacante) - Palmeiras (Brasil) Carlos Bacca (Atacante) - Villarreal (Espanha) Radamel Falcao (Atacante) - Monaco (França) JAPÃO Eiji Kawashima (Goleiro) - Metz (França) Masaaki Higashiguchi (Goleiro) - Gamba Osaka (Japão) Kosuke Nakamura (Goleiro) - Kashiwa Reysol (Japão) Hiroki Sakai (Lateral direito) - Olympique de Marselha (França) Gotoku Sakai (Lateral direito) - Hamburgo (Alemanha) Tomoaki Makino (Zagueiro) - Urawa Reds (Japão) Wataru Endo (Zagueiro) - Urawa Reds (Japão) Maya Yoshida (Zagueiro) - Southampton (Inglaterra) Gen Shoji (Zagueiro) - Kashima Antlers (Japão) Naomichi Ueda (Zagueiro) - Kashima Antlers (Japão) Yuto Nagatomo (Lateral esquerdo) - Galatasaray (Turquia) Hotaru Yamaguchi (Volante) - Cerezo Osaka (Japão) Makoto Hasebe (Volante) - Eintracht Frankfurt (Alemanha) Gaku Shibasaki (Meia) - Getafe (Espanha) Ryota Oshima (Meia) - Kawasaki Frontale (Japão) Shinji Kagawa (Meia) - Borussia Dortmund (Alemanha) Keisuke Honda (Meia) - Pachuca (México) Takashi Inui (Atacante) - Betis (Espanha) Genki Haraguchi (Atacante) - Fortuna Dusseldorf (Alemanha) Shinji Okazaki (Atacante) - Leicester (Inglaterra) Yuya Osako (Atacante) - Werder Bremen (Alemanha) Yoshinori Muto (Atacante) - Mainz (Alemanha) Takashi Usami (Atacante) - Fortuna Dusseldorf (Alemanha)

Link Notícia: https://esportes.r7.com/prisma/copa-2018/futebol-em-numeros/confira-as-listas-finais-dos-convocados-das-32-selecoes-da-copa-04062018

Guto Ferreira é demitido do Bahia após derrota em casa para o Grêmio
Data: 04/06/2018

Treinador não resistiu aos últimos resultados negativos e foi dispensado pela diretoria do time. O auxiliar Cláudio Prates assume a equipe interinamente

O técnico Guto Ferreira foi demitido pela diretoria do Bahia na noite deste domingo (3), horas depois de o time tricolor baiano ter sido derrotado por 2 a 0 pelo Grêmio, em Salvador, em jogo válido pela nona rodada do Campeonato Brasileiro, resultadou que colocou a equipe, com apenas oito pontos, na 18ª colocação, dentro da zona de rebaixamento da competição. O clube emitiu uma nota oficial na qual agradece ao treinador pelo empenho os resultados obtidos, como o título Estadual neste ano e o avanço nas demais competições em disputa. "O Esporte Clube Bahia comunica que Guto Ferreira não é mais seu treinador. Nesta segunda passagem pelo clube, Guto conquistou o Campeonato Baiano 2018, além da classificação para as semifinais da Copa do Nordeste e para a segunda fase de Copa Sul-Americana. A diretoria agradece os serviços prestados e deseja boa sorte no seguimento de sua carreira", diz o texto. Guto Ferreira, em sua segunda passagem pelo clube baiano — a primeira havia ocorrido na temporada de 2016 —, disputou 33 jogos, com 18 vitórias, seis empates e nove derrotas, números que proporcionaram a ele um aproveitamento de 60,6%. O treinador havia dito, em coletiva de imprensa após o jogo contra o Grêmio, que não se sentia pressionado no cargo e continuaria o trabalho à frente da equipe. Ele será substituído pelo auxiliar técnico fixo do clube Cláudio Prates assume o comando de forma interina, conforme o comunicado emitido pelo Bahia.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/futebol/guto-ferreira-e-demitido-do-bahia-apos-derrota-em-casa-para-o-gremio-03062018

Bélgica, México e Suíça têm mais remanescentes da Copa de 2014
Data: 04/06/2018

Dos 736 jogadores que estiveram na Copa do Mundo de 2014, no Brasil, 181 estarão novamente na disputa do Mundial da Rússia

Dos 736 jogadores que estiveram na Copa do Mundo de 2014, no Brasil, 181 estarão novamente na disputa do Mundial da Rússia. Maioria deles nas seleções do México, Suíça e Bélgica, com 15 remanescentes cada. O Brasil é uma das seleções com mais trocas em relação ao último Mundial. Dos 23 convocados por Felipão para a Copa de 2014, apenas seis estão no grupo de Tite: Thiago Silva, Marcelo, Fernandinho, Paulinho, Willian e Philippe Coutinho. O México, além dos 15 remanescentes de 2014, conta ainda com um jogador que disputou a Copa de 2010 (Carlos Vela), mas que não esteve no Brasil. Assim, soma 16 jogadores entre os 23 com experiência em Copa do Mundo. A Suíça, rival do Brasil no Grupo E, conta também com 15 remanescentes. Já a Costa Rica, outro adversário brasileiro, vem com 12 remanescentes. Já a Sérvia, que não jogou em 2014, tem três jogadores que atuaram na Copa do Mundo de 2010 na África do Sul (o goleiro Vladimir Stojkovic, o lateral-esquerdo Kolarov, e os laterais-direitos Rukavina e Ivanovic. Confira tudo sobre Copa 2018 no R7 Esportes Seleções com mais remanescentes da Copa do Mundo de 2014 no Mundial da Rússia: Bélgica (15) México (15) Suíça (15) Croácia (13) Costa Rica (12) Espanha (11) Japão (11) Colômbia (10) Uruguai (10) Alemanha (9) Coreia do Sul (8) Argentina (7) Irã (7) Austrália (6) Brasil (6) França (6) Portugal (6) Inglaterra (5) Rússia (5) Nigéria (3) Veja a tabela completa da Copa do Mundo 2018 Os remanescentes: Bélgica (15) Thibaut Courtois Simon Mignolet Toby Alderweireld Thomas Vermaelen Vincent Kompany Jan Vertonghen Moussa Dembélé Axel Witsel Marouane Fellaini Eden Hazard Kevin De Bruyne Dries Mertens Romelu Lukaku Nacer Chadli Adnan Januzaj México (15) Guillermo Ochoa Alfredo Talavera Jesús Corona Rafa Márquez Miguel Layún Diego Reyes Héctor Moreno Marco Fabián Javier Aquino Héctor Herrera Andrés Guardado Giovani dos Santos Chicharito Hernández Oribe Peralta Raúl Jiménez Veja os horários dos jogos do Brasil na Copa do Mundo Suíça (15) Roman Burki Yann Sommer Stephan Lichtsteiner Michael Lang Fabian Schar Johan Djourou Ricardo Rodríguez Gelson Fernandes Granit Xhaka Valon Behrami Blerim Dzemaili Josip Drmic Xherdan Shaqiri Haris Seferovic Mario Gavranovic Croácia (13) Danijel Subasic Sime Vrsaljko Dejan Lovren Vedran Corluka Domagoj Vida Mateo Kovacic Milan Badelj Ivan Perisic Marcelo Brozovic Luka Modric Ivan Rakitic Mario Mandzukic Ante Rebic Você conhece as bandeiras dos países da Copa? Costa Rica (12) Keylor Navas Patrick Pemberton Giancarlo González Óscar Duarte Jhonny Acosta Cristian Gamboa Christian Bolaños Celso Borges Yeltsin Tejeda Bryan Ruiz Marcos Ureña Joel Campbell Espanha (11) David de Gea Pepe Reina Jordi Alba César Azpilicueta Gerard Piqué Sergio Ramos Andrés Iniesta Sergio Busquets David Silva Koke Diego Costa Japão (11) Eiji Kawashima Hiroki Sakai Gotoku Sakai Maya Yoshida Yuto Nagatomo Hotaru Yamaguchi Makoto Hasebe Shinji Kagawa Keisuke Honda Shinji Okazaki Yuya Osako PublicidadeFechar anúncio Vai ser feriado nos dias dos jogos do Brasil na Copa? Colômbia (10) David Ospina Camilo Vargas Santiago Arias Cristián Zapata James Rodríguez Juan Quintero Carlos Sánchez Abel Aguilar Juan Cuadrado Carlos Bacca Uruguai (10) Fernando Muslera Martín Silva Maxi Pereira Martín Cáceres Diego Godín Sebastián Coates José Giménez Cristián Rodríguez Luis Suárez Edinson Cavani Alemanha (9) Manuel Neuer Jérôme Boateng Matthias Ginter Mats Hummels Sami Khedira Toni Kroos Mesut Özil Julian Draxler Thomas Müller Saiba o calendário da seleção até a estreia na Copa Coreia do Sul (8) Kim Seung-Gyu Lee Yong Kim Young-gwon Park Joo-ho Ki Sung-yueng Koo Ja-cheol Son Heung-min Kim Shin-wook Argentina (7) Marcos Rojo Javier Mascherano Lucas Biglia Ángel Di María Lionel Messi Sergio Agüero Gonzalo Higuaín Irã (7) Pejman Montazeri Ehsan Hajsafi Ashkan Dejagah Masoud Shojaei Reza Karim Ansarifard Alireza Austrália (6) Mathew Ryan Mark Milligan Mile Jedinák Massimo Luongo Tim Cahill Mathew Leckie Brasil (6) Thiago Silva Marcelo Fernandinho Paulinho Willian Neymar França (6) Hugo Lloris Raphaël Varane Paul Pogba Blaise Matuidi Olivier Giroud Antoine Griezmann Neymar afirma que ainda falta muito e reforça 'medo' da volta Portugal (6) Rui Patrício Beto Bruno Alves Pepe João Moutinho Cristiano Ronaldo Inglaterra (5) Phil Jones Gary Cahill Raheem Sterling Jordan Henderson Danny Welbeck Rússia (5) Igor Akinfeev Sergey Ignashevich Alan Dzagoev Yury Zhirkov Alexander Samedov Nigéria (3) Victor Moses Ogenyi Onazi Ahmed Musa

Link Notícia: https://esportes.r7.com/copa-2018/belgica-mexico-e-suica-tem-mais-remanescentes-da-copa-de-2014-04062018

São Paulo tem maior sequência invicta das Séries A, B e C
Data: 28/05/2018

Tricolor soma dez jogos de invencibilidade na temporada; Grêmio, de Renato Gaúcho, Fortaleza, de Ceni, e São Bento possuem marcas semelhantes

O São Paulo tem a maior série invicta entre os 60 clubes das Séries A, B e C do Campeonato Brasileiro. O time comandado pelo técnico Diego Aguirre não perde uma partida desde o dia 4 de abril, quando foi derrotado pelo Atlético-PR, por 2 a 1, na Arena da Baixada, pela Copa do Brasil. De lá para cá, foram dez jogos com quatro vitórias e seis empates. Nas três principais divisões do país há três times invictos: o São Paulo, de Diego Aguirre, o Fortaleza, comandado pelo ídolo tricolor Rogério Ceni, e o São Bento, de Sorocaba. Os dois últimos disputam a Série B do Brasileirão. Líder isolado da Segundona, a equipe cearense tem campanha até melhor que a do Tricolor, com 19 pontos ganhos em 21 disputados e mais de 90% de aproveitamento. No entanto, a invencibilidade do time de Ceni é de sete partidas. Por sua vez, o São Bento, 9º colocado na Série B, está há oito partidas sem ser derrotado. Além da dupla, o Grêmio, comandado por Renato Gaúcho, não perde há oito jogos (quatro pelo Brasileirão, três pela Libertadores e um pela Copa do Brasil). Sendo assim, o São Paulo é o time de maior invencibilidade do Brasil. Apesar dos bons números e do ingresso da equipe no grupo dos quatro primeiros do campeonato, o técnico Diego Aguirre deixou claro que não se vislumbra com a marca e que o foco de sua comissão técnica é fazer o Tricolor manter uma regularidade e apresentar um bom futebol. O discurso de Aguirre é o mesmo de seus comandados. Na opinião do volante Hudson, o São Paulo não pode se deixar levar pelo bom momento. Embora esteja a apenas um ponto do líder Flamengo, o time precisa manter a concentração dentro de campo para seguir buscando resultados positivos. PublicidadeFechar anúncio R7 Esportes no Facebook. Curta a página! - O Aguirre se preocupa muito com o dia a dia. Não tem dia que ele não cobra a gente para buscar um amadurecimento, para não se acomodar. O São Paulo não está em situação de se acomodar - disse o camisa 25 do Tricolor. Na próxima quarta (30), às 21h, a invencibilidade de dez jogos do Tricolor nesta temporada será novamente posta à prova. No Morumbi, o São Paulo encara o Botafogo pela 8ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/futebol/campeonato-brasileiro-serie-a/sao-paulo-tem-maior-sequencia-invicta-das-series-a-b-e-c-28052018

Messi dá seu palpite sobre a Argentina: ‘Não somos favoritos’
Data: 28/05/2018

Em entrevista ao Canal 13, da Argentina, Messi tirou a Argentina dos favoritos na Copa, mas disse que equipe enfrentará qualquer adversário

Astro da seleção albiceleste e do Barcelona, da Espanha, Lionel Messi opinou sobre o status da seleção argentina na Copa da Rússia: “Estamos bem e trabalhando muito, mas com tranquilidade. As pessoas têm que saber que não vamos como favoritos, mas temos um grupo de bons jogadores e vamos brigar”, disse o craque ao canal 13, da Argentina. Confira tudo sobre Copa 2018 no R7 Esportes Para completar o pensamento, o craque argentino colocou diversos times à frente da seleção albiceleste, mas ressaltou que qualquer rival será enfrentado de igual para igual na busca pelo título. “Não podemos pensar que somos os melhores, porque não somos. Neste momento há várias seleções melhores do que nós. Temos que ser realistas, mas temos que ir atrás do sonho, seja qual for o adversário”. Além de tirar a Argentina da lista dos favoritos ao título, Messi ressaltou sua opção pela seleção argentina, dizendo que a opção pela Espanha não faria sentido algum: “Um amigo disse-me que, se tivesse jogado com Espanha seria campeão do Mundo. Mas não seria o mesmo. Ser campeão pela Argentina seria algo único. Em nenhum momento me passou pela cabeça, nem a dúvida”. A Argentina, comandada pelo técnico Jorge Sampaoli, enfrentará a seleção do Haiti nesta terça-feira (29), às 20h (de Brasília), no estádio La Bombonera, em Buenos Aires, na Argentina, em amistoso de preparação para a Copa.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/copa-2018/messi-da-seu-palpite-sobre-a-argentina-nao-somos-favoritos-28052018

Loss culpa desgaste físico e diz que Corinthians pode produzir mais
Data: 28/05/2018

Técnico lembra que, antes de derrota, Corinthians atuou na última quinta-feira (24), enquanto Internacional havia entrado em campo três dias antes

O técnico Osmar Loss acredita que o tempo menor de preparação do Corinthians foi fundamental na derrota de virada por 2 a 1 para o Internacional. O Timão havia atuado na quinta-feira, contra o Millonarios (COL, na Arena, enquanto o Colorado tinha jogado apenas na última segunda (21), contra a Chapecoense. - Foi um jogo de uma equipe que treinou para jogar no domingo contra uma que jogou na quinta-feira à noite. A intensidade que o Inter aplicou no jogo foi muito elevada, conseguimos controlar de certo modo, mas o Inter fez valer a condição física - analisou Loss, em entrevista coletiva após a partida. - "São circunstâncias do jogo. Acredito que a gente pode produzir mais. Mas tem que entender esse processo de um time que jogou na quinta-feira à noite, com muita intensidade, contra outro que ficou a semana toda se preparando para jogar. São coisas que interferem radicalmente na condição de igualdade do jogo. Temos que estar preparados para isso, tínhamos uma estratégia de ficar com a bola, e cumprimos isso em vários momentos. No nosso gol, ficamos 1 minuto e 15 segundos com a bola, mas claro que esperávamos ter produzido mais" - acrescentou o treinador. Loss também disse que não pediu para seu time ficar mais recuado após abrir o placar aos quatro minutos do primeiro tempo. Ele acredita que essa postura seja natural depois de conseguir uma vantagem. - Claro que quando tem vantagem no placar, isso é em qualquer campeonato do mundo, é natural que a equipe busque ter mais proteção. Não é orientação do treinador, como a maioria das pessoas pensa. É natural de qualquer ser humano proteger sua vantagem. Acredito que o gol cedo, o que não é ruim, gostaria de iniciar todos os jogos vencendo por 1 a 0 aos quatro minutos, acabou fazendo o Internacional aumentar o nível do jogo e criar mais dificuldades ainda - afirmou Loss. O Corinthians volta a jogar na quinta-feira (31), às 18h, contra o América-MG, pela oitava rodada do Brasileirão.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/futebol/campeonato-brasileiro-serie-a/loss-culpa-desgaste-fisico-e-diz-que-corinthians-pode-produzir-mais-28052018

Vampeta: ‘Seleção é nota 7, só leva 10 se ganhar a Copa do Mundo'
Data: 25/05/2018

Pentacampeão em 2002, o ex-jogador entende que os escolhidos por Tite para representar o Brasil na Rússia ainda estão em evolução: 'Não ganharam nada'

O pentacampeão mundial pelo Brasil — e da Copa América de 1999 — Vampeta prefere não rasgar elogios à seleção brasileira antes da Copa do Mundo. Apesar da ótima campanha nas Eliminatórias e a invencibilidade de Tite no comando do time, o ex-volante e atual comentarista esportivo entende que o atual elenco ainda não provou a superioridade diante dos grandes rivais no Mundial. Confira tudo sobre Copa 2018 no R7 Esportes "Não digo que o Brasil é o favorito, mas está entre as cinco (seleções). Tem Espanha, Alemanha e Argentina. Também sempre tem uma surpresa, que pode ser Croácia ou Bélgica", avaliou. "A seleção é nota 7, só leva um 10 dez ganhar a Copa”, complementou o ex-campeão. Irreverente, Vampeta também não teve dúvidas em apontar o elenco que conquistou a Copa de 2002 como melhor que os escolhidos por Tite para representar o Brasil na Rússia. "Moleza: é a que foi campeã. Essa não ganhou nada ainda. Sou suspeito para falar, mas é só você ver quem joga mais: Rivaldo, Ronaldo, Kaká, Ronaldinho, Roberto Carlos e companhia", enfatizou. Curta a página R7 Esportes no Facebook Mas o craque — bicampeão paulista (1998/2003), brasileiro (1998/99), do Torneio Rio-São Paulo (2002), da Copa do Brasil (2002) e Mundial (2000) pelo Corinthians — considerou correta a convocação dos jogadores que atuam no meio-campo, mais especificamente os volantes, função que ele exercia quando estava em campo. "São o que tem de melhor", finalizou.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/copa-2018/vampeta-selecao-e-nota-7-so-leva-10-se-ganhar-a-copa-do-mundo-25052018

Real Madrid e Liverpool farão a final da Champions pela 2ª vez na história
Data: 25/05/2018

Espanhóis e ingleses se enfrentaram na decisão da Champions da temporada 1980/81; o Liverpool venceu por 1 a 0 e chegou ao 3º título europeu

Liverpool e Real Madrid decidirão a Liga dos Campeões da Europa neste sábado (26), às 15h45 (horário de Brasília), no estádio Olímpico de Kiev, na Ucrânia. Será a segunda vez que as duas equipes se encontram em uma decisão do principal torneio europeu. Na primeira decisão entre ambos, em 1981, ingleses e espanhóis se enfrentaram no Parque dos Príncipes, em Paris, na disputa pelo título da 26ª edição da Champions. Naquela ocasião, o Liverpool levou a melhor: venceu por 1 a 0 e chegou ao terceiro título europeu de sua história — o Real Madrid já buscava a sexta conquista. Atualmente, o Liverpool, que ganhou o último título europeu na temporada 2004/05, tem como maiores estrelas o egípcio Mohamed Salah, o brasileiro Roberto Firmino e o senegalês Saidio Mané, além do técnico alemão Jürgen Klopp. Em 1981, a equipe inglesa — bicampeã europeia e 1977/78 — era comandada em campo pelo atacante escocês Kenny Dalglish e pelo técnico Bob Paisley, primeiro treinador a conquistar a competição três vezes e que se tornou uma lenda para os torcedores do Liverpool. O gol do título foi marcado pelo lateral-esquerdo Alan Kennedy, aos 36 minutos do segundo tempo. O Real Madrid, atual bicampeão da Champions (2015/16 e 2016/17) já era uma grande equipe europeia, mas não tinha o mesmo esquadrão dos anos 1950/60, com Di Stéfano e Puskás. Um dos jogadores que atuaram naquela final foi o meio-campista Vicente Del Bosque, que seria treinador do próprio clube e campeão mundial com a seleção espanhola na Copa de 2010.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/futebol/real-madrid-e-liverpool-farao-a-final-da-champions-pela-2-vez-na-historia-25052018

Em posto de gasolina, rival do Brasil na Copa anuncia convocação
Data: 25/05/2018

Por conta de patrocinador da seleção, federação da Sérvia divulgou 27 nomes para o Mundial da Rússia; quatro deles serão cortados no dia 4 de junho

Rival da seleção brasileira no Grupo E, a Sérvia divulgou seus convocados para a Copa do Mundo da Rússia de uma maneira um tanto inusitada: em um posto gasolina. A convocação poderia ser erronamente interpretada como uma provocação ao Brasil, que vive momento crítico com a greve dos caminhoneiros por todo o país. Isto porque, na verdade, a rede de postos de gasolina é patrocinadora da seleção do Leste Europeu. Confira a lista de 27 jogadores da Sérvia: GOLEIROS - Vladimir Stojkovic (Partizan Belgrado), Marko Dmitrovic (Eibar), Predrag Rajkovic (Maccabi Tel Aviv), Aleksandar Jovanovic (Aarhus - Sérvia). DEFENSORES - Aleksandar Kolarov (Roma), Antonio Rukavina (Villarreal), Milan Rodic (Crvena Zvezda - Sérvia), Branislav Ivanovic (Zenit), Uros Spajic (Anderlecht), Milos Veljkovic (Werder Bremen), Dusko Tosic (Guangzhou R&F - China), Matija Nastasic (Schalke), Nikola Milenkovic (Fiorentina). MEIO-CAMPISTAS - Nemanja Matic (Manchester United), Luka Milivojevic (Crystal Palace), Marko Grujic (Liverpool), Nemanja Maksimovic (Valencia), Dusan Tadic (Southampton), Andrija Zivkovic (Benfica), Mijat Gacinovic (Eintracht Frankfurt), Filip Kostic (Hamburgo), Nemanja Radonjic (Estrela Vermelha), Sergei Milinkovic-Savic (Lazio), Adem Ljajic (Torino). ATACANTES - Aleksandar Mitrovic (Fulham/Newcastle), Aleksandar Prijovic (PAOK), Luka Jovic (Eintracht).

Link Notícia: https://esportes.r7.com/copa-2018/em-posto-de-gasolina-rival-do-brasil-na-copa-anuncia-convocacao-24052018

Palmeiras pega América-MG para confirmar vaga na Copa do Brasil
Data: 23/05/2018

O Palmeiras recebe o América-MG, nesta quarta-feira, às 21h45, pelas oitavas de final da Copa do Brasil, no Allianz Parque, com vantagem de um gol

Decisão de confronto eliminatório no estádio Allianz Parque, em São Paulo, com vantagem do empate, favoritismo e vitória no jogo de ida por um gol de diferença. O Palmeiras revive uma situação parecida à da decisão do Campeonato Paulista para receber o América-MG, nesta quarta-feira (23), às 21h45, pelas oitavas de final da Copa do Brasil. No primeiro mata-mata desde a derrota para o Corinthians, perder também será um fracasso. Se a derrota na decisão do Estadual ainda causa incômodo, deixar escapar a classificação diante do América-MG também poderá causar uma crise parecida. Afinal, a Copa do Brasil é a chance de título mais próxima, com encerramento em outubro e distante sete jogos de uma possível conquista. "A gente tem um fator casa muito forte, que isso venha a prevalecer. Temos de entrar concentrados e mobilizados. Temos vantagem, mas não tem nada definido", disse o atacante Willian. O time do técnico Roger Machado ganhou o jogo de ida, em Belo Horizonte, por 2 a 1. Por isso, depende de um empate para ir às quartas de final da competição. Em caso de derrota simples, a disputa da vaga irá para os pênaltis. O Palmeiras tem como principal baixa o centroavante colombiano Miguel Borja. O artilheiro do time na temporada com 15 gols viajou para defender a seleção do seu país na Copa do Mundo da Rússia e deve ser substituído por Willian. A novidade é o retorno de Dudu. Após cumprir suspensão contra o Bahia, no último sábado, pelo Campeonato Brasileiro, o atacante está liberado para o jogo. Willian afirmou nesta terça-feira não se sentir no papel de suplente do time. O jogador disse em entrevista coletiva que, pelos números que tem no clube, é uma peça importante do elenco, independentemente de começar entre os 11 ou não. "Tenho 82 jogos como atleta do clube e 62 como titular, tem de valorizar isso aí. Eu me sinto titular e importante, daqui a pouco tento compartilhar com outro companheiro que não está jogando. Tem de respeitar o momento que a gente está no banco", afirmou.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/futebol/palmeiras-pega-america-mg-para-confirmar-vaga-na-copa-do-brasil-23052018

Grêmio recebe Defensor para garantir liderança no Grupo A
Data: 23/05/2018

O Grêmio recebe o Defensor, do Uruguai, nesta quarta-feira (23), às 19h15, na Arena Grêmio, em Porto Alegre, pela Copa Libertadores

O Grêmio recebe o Defensor, do Uruguai, nesta quarta-feira (23), às 19h15, na Arena Grêmio, em Porto Alegre, com o objetivo de garantir a liderança no Grupo A da Copa Libertadores e também de consolidar a segunda colocação na classificação geral. O time tricolor lidera a chave com 11 pontos, um a mais do que o Cerro Porteño, o segundo colocado. A equipe paraguaia recebe o Monagas, da Venezuela, no mesmo horário, em Assunção. Uruguaios e venezuelanos já estão eliminados da competição. Unanimidade: Neymar é o craque do Brasil na Copa do Mundo da Rússia O técnico Renato Gaúcho falou sobre a partida e a necessidade de terminar em segundo na classificação geral e, assim, fazer o jogo de volta em Porto Alegre. "Torcedor tem que comparecer e apoiar o time porque é um jogo muito importante. É importante ter a vantagem de sempre fazer o segundo jogo em casa", disse. Para a partida, o treinador terá que superar uma série de desfalques. O lateral-esquerdo Bruno Cortez e os atacantes Jael e Hernane, que eram dúvidas, foram vetados na véspera da partida. Também já estavam fora por problema de lesão os meio-campistas Arthur, Michel, Everton e Alisson. R7 Esportes no Facebook. Curta a página! Vale lembrar também que André, recém-contratado junto ao Sport, não foi inscrito na primeira fase da competição. Com isso, Renato Gaúcho tem como principal dificuldade a escalação do ataque. A dúvida está entre a escalação do jovem Thonny Anderson ou de Cícero, que atuaria improvisado no setor. FICHA TÉCNICA GRÊMIO X DEFENSOR-URU GRÊMIO - Marcelo Grohe; Léo Moura, Bressan, Kannemann e Marcelo Oliveira; Jailson e Maicon; Ramiro, Luan e Lima; Thonny Anderson (Cícero). Técnico: Renato Gaúcho DEFENSOR-URU - Gastón Rodríguez; Suárez, Correa, Maulella (Carrera) e Cougo; Cardacio, Rabuñal, Benavídez e Cabrera; Castro e Rivero. Técnico: Eduardo Acevedo ÁRBITRO - Nicolás Gallo (COL) HORÁRIO - 19h15min (Brasília) LOCAL - Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS)

Link Notícia: https://esportes.r7.com/futebol/gremio-recebe-defensor-para-garantir-lideranca-no-grupo-a-23052018

Quem é Osmar Loss, o substituto de Carille no Corinthians
Data: 23/05/2018

Campeão brasileiro em 2017, técnico corintiano fechou com equipe da Arábia Saudita; seu auxiliar assumirá o Alvinegro Paulista já nesta semana

O técnico do Corinthians, Fábio Carille, foi confirmado nesta terça-feira (22) como novo treinador do Al-Wehda, da Arábia Saudita. Segundo nota oficial do próprio clube, o substituto no cargo será Osmar Loss, auxiliar técnico de Carille no Corinthians desde o ano passado. Esta mudança significará, mesmo com a saída do treinador campeão do Brasileiro de 2017, a manutenção da filosofia de trabalho que tem seguido o clube do Parque São Jorge. Isto porque, assim como Loss foi auxiliar de Carille, o novo treinador do Al-Wehda esteve na comissão de Tite em algumas das principais conquistas do técnico da seleção brasileira pelo clube paulista. Quem é Osmar Loss? Gaúcho de Passo Fundo e nascido em 1975, Loss treinou equipes de base de Internacional, Fluminense e Juventude antes de chegar ao Timão. No Inter, conquistou o Campeonato Brasileiro Sub-20 de 2013. Loss também treinou o Colorado interinamente entre 2011 e 2012, mas não foi efetivado. Em setembro de 2013, ele chegou ao Corinthians, se tornando o responsável pela equipe sub-20 do clube. No Alvinegro Paulista, comandou as duas últimas conquistas do clube na Copa São Paulo de Futebol Júnior: em 2015, na vitória por 1 a 0 contra o Botafogo-SP, na final, e 2017, no triunfo por 2 a 1 diante do Batatais. Ao todo, em quatro Copas SP pelo clube alvinegro (2014, 2015, 2016 e 2017), foram 33 partidas, sendo 30 vitórias, dois empates e uma derrota — um aproveitamento superior a 90%. Após a conquista da Copinha de 2017, Osmar assumiu o cargo de auxiliar da comissão técnica de Fábio Carille. No cargo, ele participou, entre outras campanhas, do título do Corinthians no último Campeonato Brasileiro, o sétimo da história do clube paulista e o primeiro de Carille.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/futebol/quem-e-osmar-loss-o-substituto-de-carille-no-corinthians-22052018

Convocados de Tite se apresentam nesta segunda na Granja Comary
Data: 21/05/2018

A 27 dias da Copa e ainda sem Marcelo, Casemiro e Firmino, elenco da seleção brasileira iniciará a preparação nesta segunda-feira (21)

A seleção brasileira começa nesta segunda-feira (21) um período de 27 dias de preparação até a estreia na Copa do Mundo da Rússia. Vinte jogadores do total dos 23 convocados por Tite são esperados na Granja Comary, em Teresópolis (RJ), sendo que três só vão chegar na terça. As ausências certas são de Casemiro e Marcelo, do Real Madrid, e Roberto Firmino, do Liverpool. O trio disputará a final da Liga dos Campeões no sábado e por isso se apresenta apenas na próxima semana, já em Londres, quando o Brasil inicia sua "fase europeia" de preparação. De acordo com a CBF, Marquinhos, Fred, Filipe Luís, Danilo, Paulinho, Gabriel Jesus, Ederson, Fágner, Neymar, Thiago Silva, Renato Augusto, Douglas Costa, Taison, Fernandinho, Willian e Geromel deverão chegar até as 14 horas desta segunda, enquanto o goleiro Cássio se apresentará no período da noite. Alisson, Philippe Coutinho e Miranda, que atuaram domingo por seus clubes na Europa, só vão chegar na terça-feira (22) na Granja Comary, até 13h. Será a primeira vez em quase dois anos à frente da seleção que Tite terá um longo período para treinar o time. E ele vibra com essa possibilidade. "Vamos conseguir trabalhar alguns detalhes, virtudes e defeitos dos adversários", ressaltou o treinador após anunciar os convocados na segunda-feira passada. "(A intenção é) usar esses atletas com o melhor nível técnico possível, estabelecendo algumas variações (táticas)." Nesta segunda e na terça-feira, os jogadores não vão trabalhar com bola. O grupo fará exames clínicos e será avaliado no novo centro de excelência, inaugurado sexta-feira pela CBF. A intenção da comissão técnica é ter um diagnóstico preciso da condição física de cada jogador, já que eles chegam em condições variadas - os que jogam em clubes europeus estão terminando a temporada, enquanto que os que atuam no País não estão nem mesmo na metade dela. metade dela. A partir dos resultados dos testes, os preparadores físicos e fisiologistas do time vão programar treinos individualizados. A ideia é fazer com que o elenco tenha uma condição mais uniforme já para a estreia na Copa do Mundo, diante da Suíça, em 17 de junho. A formação do time para o Mundial começará a ser esboçada na quarta-feira, quando Tite comandará suas duas primeiras atividades com bola em um dos gramados do CT, uma pela manhã e outra à tarde. Existe a expectativa de que o atacante Neymar consiga treinar com o grupo, ainda que com intensidade moderada. Apesar disso, a previsão da comissão é de que o atacante do Paris Saint-Germain passe definitivamente a trabalhar com bola na sexta-feira, no penúltimo dia de atividades na Granja Comary. O grupo faz um último treino no sábado e embarca domingo para Londres. Sem poder contar com pelo menos cinco jogadores - além dos três que não se apresentam, Neymar está voltando de lesão e Fagner só deve estar à disposição no fim do mês -, Tite "convocou" seis atletas das categorias de base de clubes brasileiros para o período de treinos no Rio. São eles: o zagueiro Vitão (Palmeiras), os laterais Vitinho (Cruzeiro) e Weverson (São Paulo) e os atacantes Brenner (São Paulo), Marrony e Lucas Santos (ambos do Vasco).

Link Notícia: https://esportes.r7.com/copa-2018/convocados-de-tite-se-apresentam-nesta-segunda-na-granja-comary-21052018

Zagueiro Marquinhos é o primeiro a se apresentar para Copa do Mundo
Data: 21/05/2018

Os jogadores da seleção brasileira começam nesta segunda-feira a preparação para o Mundial da Rússia; o zagueiro do PSG já se apresentou na Granja

Os jogadores da seleção brasileira se apresentam neste segunda-feira (21), na Granja Comary, no Rio de Janeiro, para começar a preparação para a Copa do Mundo da Rússia. O zagueiro titular Marquinhos é o primeiro a chegar. Os outros 15 atletas que se apresentarão até as 14h são Fred, Filipe Luís, Danilo, Paulinho, Gabriel Jesus, Ederson, Fágner, Neymar, Thiago Silva, Renato Augusto, Douglas Costa, Taison, Fernandinho, Willian e Geromel. O goleiro Cássio vai encontrar o grupo na parte da terde. o terça-feira será a vez de Alisson, Philippe Coutinho e Miranda se apresentarem. A comissão técnica completa chegou à Granja Comrary no último domingo. A seleção fica no Rio até domingo e vão para Londres. Lá, a equipe ficará completa, já que Marcelo, Casemiro e Roberto Firmino vão disputar a final da Liga dos Campeões no sábado e se juntam à seleção após a partida. Nesta semana, os jogadores passarão por avaliações físicas e exames médicos.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/copa-2018/zagueiro-marquinhos-e-o-primeiro-a-se-apresentar-para-copa-do-mundo-21052018

Da favela, não há treino secreto do Brasil de Tite, na Granja Comary
Data: 21/05/2018

As grades de ferro são inúteis. Da favela Santa Cecília, é possível ver o time e as jogadas. Fora a neblina. A Granja Comary é inviável como concentração

Teresópolis. Será o mais curto período que a Seleção Brasileira usará a Granja Comary como local de treinos para uma Copa do Mundo. Dois deles só para exames médicos. Ou seja, só quatro com os jogadores no gramado. E há um motivo muito sério para isso. Ela se tornou um imenso elefante branco. Pior, uma armadilha para os treinadores que assumem a Seleção e são obrigados a utilizá-la antes de torneios importantes. Principalmente, o maior deles, a Copa do Mundo. O problema está na origem. O almirante Heleno Nunes era o presidente, em 1978 (vale lembrar que o país estava em plena Ditadura Militar, por isso um almirante comandava o futebol). E ele era muito ligada à família Guinle. E ele resolveu acabar com dois problemas de uma vez. A então CBD procurava um lugar para a Seleção treinar. Por uma questão de bairrismo, tinha de ser no Rio de Janeiro. O clã Guinle era dono de uma área gigantesca, cerca de 149 mil metros quadrados, em Teresópolis, região montanhosa carioca. E estava em dificuldades financeiras. O almirante Nunes decidiu. Comprou o terreno enorme, na cidade mais alta do Rio de Janeiro, e decidiu que seria lá que o Brasil iria se preparar para todos os campeonatos importantes que iria disputar. Foi um enorme erro, irreparável. Muita coisa mudou nestes 40 anos. O segredo, os treinamentos fechados se tornaram obrigatórios. Trunfos básicos para qualquer técnico disposto a conquistar algo. Principalmente a Copa do Mundo. Os campos de treinamento são absolutamente vulneráveis. Porque foram construídos em um vale. Cercado de montanhas. Não existe concentração das principais seleções no mundo que fiquem tão à vista. De maneira nada discreta, a Comissão Técnica comandada por Tite resolveu tomar providência. Mandou instalar cercas de três metros de ferro. Elas serviriam como tapume para a imprensa e mesmo para a população que habita ou tem casa, nos condomínios ao lado da concentração. Tite mandou avisar que, ao contrário de Felipão que foi obrigado a fazer pelo hoje presidiário José Maria Marin, haverá treinamentos fechados para a imprensa. O que é absolutamente normal no mundo todo. O Brasil foi o único país que abriu todos os treinos na Copa de 2014, entre as 32 seleções. Mera bajulação de Marin à TV Globo, que tinha o monopólio da Copa. Bastava para os treinadores que enfrentassem o Brasil assistir ao Sportv, emissora a cabo da Globo, e veria tudo sobre o time de Scolari. Movientação dos jogadores. Posicionamento nas jogadas aéreas. Nas cobranças de escanteios ofensivos e defensivos. Os principais cobradores de faltas e pênaltis. Os reservas mais utilizados. Um absurdo. Essa rotina acompanha a Seleção desde a Copa de 1990. Só não aconteceu em 2006, porque Ricardo Teixeira vendeu a preparação do Brasil para a Copa para uma empresa na Suíça. E o time de Parreira foi treinar, com ingresso pago, com a arquibancada inundada de prostitutas, na inesquecível Weggis. Tite tratou de ser direto com o coordenador Edu Gaspar. O Brasil iria ter sua fase aguda de preparação em Londres e na Rússia. Seis dias apenas aqui em Teresópolis. O então presidente da CBF, Marco Polo del Nero, aceitou. E mesmo banido do futebol por denúncias de corrupção, suas decisões prevalecem. Mas nestes seis dias, a começar por amanhã, Tite havia reservado um único treinamento fechado à imprensa. O de sábado de manhã. Já está na programação oficial publicada no site da CBF. O técnico contava com as grades de ferro. Mas se alguém quiser assistir ao treino não será difícil. Basta pegar o carro e subir as vielas da favela Santa Cecília. Na rua Regente Feijó, há excelente ângulo para acompanhar todos os campos. Primeiro fotografei as grades e depois decidi subir até lá. As favelas crescem de maneira impressionante em Teresópolis. Ganham os morros. E do alto da favela, com meu celular simples, fiz as fotos. As grades que eram tão imponentes, na granja Comary, lá do alto, são completamente inúteis. Só há uma maneira para que os treinos, de Tite e de quem venha a assumir a Seleção Brasileira, sejam secretos. Cobrir os campos aqui de Teresópolis. O que é completamente inviável. O comando da CBF está orgulhosa do 'Centro de Excelência' que inaugurou. Com mais de 80 equipamentos voltados a trabalhos físicos e duas salas de aula para 60 alunos cada, o espaço ocupa 1.700 metros quadrados na Granja Comary. Custou R$ 17 milhões. A entidade pode inaugurar fazer o que quiser. Trazer instrutores da NASA para que os jogadores aprendam a flutuar no espaço. Enquanto os campos forem vulneráveis à observação, não dá para a Granja Comary seja levada a sério como concentração. Basta comparar onde treinam os grades clubes deste país. Em Centro de Treinamento fechados. Os campos não ficam cercados por morros. E de onde um barraco é possível acompanhar cada passo de Tite e de seus jogadores. Além da favela de Santa Cecília, há várias mansões nas montanhas de Teresópolis que também oferecem a visão dos campos. Tite está mais do que certo em ficar pouco tempo por aqui. Em Londres e na Rússia não haverá como enxergar seus treinamentos fechados.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/prisma/cosme-rimoli/da-favela-nao-ha-treino-secreto-do-brasil-de-tite-na-granja-comary-21052018

Carille admite: '‘Não sairia por um caminhão de dinheiro, mas por dois’
Data: 18/05/2018

Técnico fala sobre proposta que recebeu do Al-Hilal, da Arábia Saudita: 'Estou muito tranquilo em relação a isso, não é a primeira vez que aparece'

O técnico Fábio Carille admitiu que pode deixar o Corinthians rumo ao Al-Hilal, da Arábia Saudita. Após a goleada por 7 a 2, o treinador foi questionado por já ter afirmado que não deixará o Timão nem "por um caminhão de dinheiro". "Um caminhão, não, mas podem vir dois. Aí não é mais um. Com um não vou. Com dois, posso pensar. Vamos ter calma", afirmou Carille. O treinador voltou a dizer que não é a primeira vez que aparece uma proposta de um clube árabe. Ele ainda revelou ter recusado uma oferta que iriam dizer que ele "é louco". "Eu estou muito tranquilo em relação a isso, não é a primeira que aparece. Essa infelizmente vazou, por conta de emissora do mundo árabe. Tive uma proposta que não dei andamento, porque só podia levar um profissional. Se falar de valores, vão dizer que sou louco. Não chegou proposta nenhuma oficial, até conversei com meu empresário sobre isso. Ele disse que não teve nada, então estou tranquilo", disse Carille. Carille avisou à diretoria do Corinthians nesta quinta-feira que recebeu uma proposta do Al-Hilal. A direção alvinegra trabalha com a chance muito grande de perder o treinador já nos próximos dias.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/lance/carille-admite-nao-sairia-por-um-caminhao-de-dinheiro-mas-por-dois-18052018

Santos perde para o Luverdense, mas avança na Copa do Brasil
Data: 18/05/2018

Com falhas da defesa e sem criatividade no meio-campo, reservas do Peixe são derrotados por 2 a 1 e garantem vaga à próxima fase do torneio

O Luverdense venceu o Santos por 2 a 1 nesta quinta-feira (17), em Lucas do Rio Verde, pelas oitavas de final da Copa do Brasil. Graças à goleada no jogo de ida, foi o Peixe, porém, quem passou para a próxima fase. O técnico Jair Ventura optou por escalar o Santos com nove jogadores reservas, exceção apenas o goleiro Vanderlei e o meia Jean Mota, improvisado na lateral-esquerda, e provavelmente não gostou do que viu. No placar agregado, 6 a 3 para o Santos e vaga garantida às quartas de final da Copa do Brasil. Agora, a atenção do Santos se volta para São Paulo. A delegação retorna à capital e já fica concentrada na cidade para o jogo de domingo, contra o Tricolor Paulista, no Morumbi, pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro. O Luverdense, por sua vez, agora tem o restante da Série C do Brasileirão para disputar. Escorregão O Santos começou a partida melhor e, em determinado momento, até conseguiu impor seu ritmo na partida. Em boa jogada na linha de fundo, pela esquerda e não em sua ala de origem, o lateral Daniel Guedes cruzou e viu Paulinho empurrar contra a própria meta: 1 a 0 Peixe. Quem esperava que o Alvinegro ficasse, então, mais com a bola e administrasse bem a vantagem, enganou-se. O Peixe recuou suas linhas e passou a jogar fechado atrás. Pior para a defesa. Em pane geral da defesa, Guedes permitiu cruzamento de Paulinho, Gustavo Henrique escorregou no meio da área antes de chute de Paulo Renê e Vanderlei permitiu que a bola entrasse. Sonolento As apostas de Jair pouco funcionaram. No meio-campo, Vecchio e Diego Pituca não conseguiram dar dinâmica ao time, bem como Yuri, passando mal, acabou saindo no começo do segundo tempo. Arthur Gomes e Copete pouco tocaram na bola à frente e, quanto o fizeram, não levaram perigo. Yuri Alberto se esforçou, mas, como centroavante, não contou com o apoio dos pontas. Quase um 'Luverdazo'... O segundo gol deixou incrédulo até o goleiro Vanderlei. Com chute no ângulo cruzado do camisa 1 santista, Itaquí deu a vantagem no placar ao Luverdense para delírio dos presentes no Passo das Emas. No finalzinho, quase o segundo do time de Lucas do Rio Verde. Para sorte de Vanderlei, os jogadores que tentaram aproveitar rebote de cabeçada de Rafael Silva estavam impedidos. O goleiro foi obrigado a trabalhar, principalmente em chute de Rubinho, no apagar das luzes. FICHA TÉCNICA LUVERDENSE 2 X 1 SANTOS Local: Passo das Emas, Lucas do Rio Verde (MT) Data-Hora: 17/5/2018 - 19h15 Árbitro: Grazianni Maciel Rocha (RJ) Auxiliares: Rodrigo Figueiredo Henrique Correa (Fifa/RJ) e Daniel do Espírito Santo Parro (RJ) Público/renda: Não disponíveis Cartões amarelos: Paulo Renê (LUV), Daniel Guedes e Copete (SAN) Cartões vermelhos: - Gols: Paulinho (contra) (15'/1ºT) (0-1), Paulo Renê (31'/1ºT) (1-1), Itaqui (1'/2ºT) (2-1). LUVERDENSE: Diogo Silva; Itaqui, André Ribeiro, Kaíque e Paulinho; Moisés (Rubinho, no intervalo), Lorran e Diogo Sodré (Élton, aos 12'/2ºT); Rafael Silva, Lucas Braga e Paulo Renê (Ariel, aos 29'/2ºT). Técnico: Luizinho Vieira. SANTOS: Vanderlei; Daniel Guedes, Luiz Felipe, Gustavo Henrique e Jean Mota; Yuri (Gabriel Calabres, no intervalo), Diego Pituca e Vecchio (Vitor Bueno, aos 12'/2ºT); Arthur Gomes, Copete (Eduardo Sasha, aos 26'/2ºT) e Yuri Alberto. Técnico: Jair Ventura.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/lance/santos-perde-para-o-luverdense-mas-avanca-na-copa-do-brasil-17052018

Corinthians goleia por 7 a 2 com 3 de Jádson e avança na Libertadores
Data: 18/05/2018

Meia marcou três vezes na vitória por 7 a 2 sobre o Deportivo Lara, na Venezuela, pelo Grupo 7, resultado que classifica a equipe paulista

O meia Jádson marcou três gols e se tornou o grande destaque da goleada do Corinthians por 7 a 2 sobre o Deportivo Lara-VEN, na cidade de Cabudare, em jogo da penúltima rodada do Grupo 7 da Copa Libertadores. O lateral Sidcley e os atacants Romero e Júnior Dutra (duas vezes) completaram o placar. Com o triunfo, a equipe alvinegra garantiu um lugar nas oitavas de final da competição. O Corinthians chegou aos 10 pontos e se manteve na liderança da chave. Millonarios-COL e Independiente-ARG empataram em 1 a 1, placar que deixou os argentinos com sete pontos na tabela. O Deportivo Lara-VEN tem seis e o Millonarios é o lanterna com cinco pontos. As três equipes ainda brigam pela segunda vaga da chave. O jogo O time local teve uma boa chance Com Reyes, que invadiu a área e bateu rasteiro. Mas Cássio fez boa defesa e desviou a bola para escanteio. O Corinthians abriu o placar um minuto depois em uma jogada iniciada pelo jovem Pedrinho. O atacante dominou pela direita e tocou para Jádson, que puxou para a perna esquerda e bateu no canto do goleiro venezuelano. Na sequência, Rodriguinho foi lançado por Mantuan e ficou de frente para o gol, mas chutou muito alto e desperdiçou a chance de aumentar. O time brasileiro permanecia mais tempo com a bola no primeiro tempo e pouco foi pressionado pelo Deportivo Lara. Aos 27 minutos, Rodriguinho invadiu a área e foi tocado pelo zagueiro quando tentava limpá-lo. A arbitragem marcou pênalti. Jádson bateu e ampliou para o Corinthians. Antes da cobrança, o goleiro Curiel do time foi atingido por um objeto atirado das arquibancadas e precisou ser atendido – o jogo ficou paralisado por cerca de quatro minutos. No entanto, o Corinthians foi surpreendido pelos venezuelanos aos 45 minutos, quando o meia Reyes acertou um belo chute cruzado e diminuiu a desvantagem: 2 a 1. O gol marcado animou os donos da casa, que ainda pressionaram nos minutos de acréscimo. Mas o Corinthians segurou o resultado positivo na primeira metade da partida. Segundo tempo O time paulisa ampliou a vantagem no placar, aos 6 minutos, em mais um belo gol de Jádson. O meia pegou de primeira um cruzamento da esquerda e não deu chances de defesa para o goleiro Curiel. O Corinthians chegou ao quarto gol aos 25 minutos com o lateral-esquerdo Sidcley, que aproveitou a sobra em jogada que passou por Rodriguinho e tocou para as redes. O Lara diminuiu novamente aos 32 minutos com Jesús Hernández, que complementou um chute cruzado de Reyes, vindo da direita do ataque venezuelano. Mas o time alvinegro ainda teve duas grandes oportuniddes para chegar ao sexto gol — uma delas com Rodriguinho e outra com Romero. Nas duas vezes, o Curiel mostrou ter ótimos reflexos e tirou com as pernas em dois lances que desviaram na zaga venezuelana. Aos 54 minutos, Júnior Dutra partiu em contra-ataque, se livrou da marcação e tocou na saída de Curiel para fazer o sexto gol. O atacante feiz o sétimo em rebote do goleiro venezuelano e deu números finais ao jogo. Última rodada Na rodada final do Grupo 7 desta etapa da Libertadores, marcada para o dia 24 deste mês, o Millonarios-COL visitará o Corinthians, enquanto o Independiente-ARG recebe o Deportivo Lara-VEN.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/futebol/corinthians-goleia-por-7-a-2-com-3-de-jadson-e-avanca-na-libertadores-17052018

Quatro anos após pintar rua, Gabriel Jesus é o orgulho do Jardim Peri
Data: 16/05/2018

Em 2014, ainda garoto, atacante do Manchester City pintava as ruas do Jardim Peri; hoje, ex-vizinhos do craque torcem e se orgulham dele após convocação

A semana no Jardim Peri, em São Paulo, começou com alegria e muita emoção para os moradores do bairro da na zona norte paulistana, onde nasceu e cresceu Gabriel Jesus. Após a convocação de Tite e a confirmação da presença de Gabriel na Copa do Mundo, provavelmente como titular, o clima no local foi de comemoração, homenagens e festa. No dia seguinte, a reportagem do R7 visitou o Jardim Peri para conversar com os moradores locais e sentir o clima de expectativa do bairro a menos de um mês da Copa do Mundo. Orgulho local, Gabriel Jesus é humilde e 'tranquilão' Dona do bar onde Gabriel passou muitas de suas tardes vendo jogos, comendo doces e tomando refrigerantes durante a adolescência, Gisele Xavier conta que o atacante é motivo de orgulho em todo o bairro. "[Vê-lo convocado] é uma emoção que todos daqui têm", relata Gisele. "Ele correu atrás dos sonhos dele e conseguiu. Fez por merecer tudo o que está acontecendo com ele", diz a proprietária do Bar da Gi. "Todo o pessoal do bairro ficou feliz demais por ele", diz ela. Há quatro anos Gabriel Jesus pintava as calçadas de sua rua às vésperas da Copa do Mundo, apenas como um torcedor. O próprio atleta já relembrou o momento em suas redes sociais. Se em 2014 ele coloria sua vizinhança, desta vez foi Ellon, de 24 anos, junto de outros amigos, que pintou as calçadas. O rapaz, que conhece Gabriel antes de se tornar jogador, fala sobre o antigo colega. "[Ele] é humilde, um menino tranquilão, ‘de boa’", diz o jovem. "E continua sendo assim até hoje", completa. Prova da humildade de Gabriel Jesus, segundo Ellon, é o comportamento do craque quando está com seus antigos vizinhos: "Ele vem direto aí [no bar], toma refrigerante, conversa com todo mundo. Gosta muito de doce e bolacha. É muito gente boa."

Link Notícia: https://esportes.r7.com/copa-2018/quatro-anos-apos-pintar-rua-gabriel-jesus-e-o-orgulho-do-jardim-peri-16052018

Renato: 'Ao me cortar, Telê tirou a chance de o Brasil ganhar a Copa'
Data: 16/05/2018

Em detalhes, o mais polêmico corte na história do futebol brasileiro. Renato Gaúcho jurou: se comandar o Brasil, cortes só em último caso

Foi o corte mais polêmico da história da Seleção. Um churrasco regado a bebidas acabou com a chance real de o Brasil conquistar a Copa de 1986. Os detalhes estão explicados de maneira explícita por Renato Gaúcho, como nunca foram. Amargo, como poucas vezes se viu, ele mostrou na entrevista, sua maior frustração na carreira. Ele tinha certeza de que poderia ter feito o Brasil campeão mundial no México. "Eu havia sido o melhor jogador da Seleção nas Eliminatórias. Tinha 23 anos, estava voando fisicamente. O Brasil iria jogar no México ao meio-dia. O time já tinha algumas peças envelhecidas. Tinha certeza que seria muito importante", aposta Renato. "O Telê Santana não me puniu. Puniu um país para manter a disciplina. Me cortou e, em seguida, perdeu o Leandro, que não foi à Copa, por solidariedade", diz. "Se um dia eu chegar a comandar a Seleção, se um jogador exagerar na folga, vou punir. Mas terei bom senso. Não vou prejudicar o Brasil. Foi injusto o que aconteceu comigo. Faltavam seis meses para a Copa do Mundo. Estávamos há 30 dias trancados na Toca da Raposa. Ninguém sabe o que é isso", desabafa o técnico gremista. Com o polêmico corte do atacante, Leandro, que foi carregado para a concentração por Renato, desistiu de ir para a Copa. Por solidariedade ao amigo. A Seleção perdeu a fortíssima ala direita. E mais, Telê perdeu o grupo. Os jogadores não concordaram com o rigor do treinador. O ambiente foi péssimo no Mundial do México. Logo após a eliminação nas quartas de final, vários jogadores se reuniram para comemorar o fim do ciclo de Telê Santana na Seleção. Na famosa noite de bebedeira com a presença de jornalistas, a ausência de Renato Gaúcho e Leandro foi lamentada. "Telê foi injusto. E puniu o Brasil. Eu nunca faria o que ele fez..."

Link Notícia: https://esportes.r7.com/prisma/cosme-rimoli/renato-ao-me-cortar-tele-tirou-a-chance-de-o-brasil-ganhar-a-copa-16052018

Dez motivos para a seleção ser favorita ao hexa na Copa 2018
Data: 16/05/2018

Tite disse que o Brasil é favorito ao título na Rússia. Listamos dez motivos que mostram por que o treinador tem razão

O técnico Tite anunciou a lista dos 23 convocados da seleção para a Copa da Rússia na última segunda-feira (14). Em entrevista coletiva, o comandante disse que o Brasil é favorito ao título da Copa. E ele tem razão. Veja o por quê: 1. Alisson seguro O goleiro Alisson fez grande temporada pela Roma, ao ponto de ser especulado em times como Real Madrid e Liverpool. O arqueiro superou a desconfiança causada na Copa América e de um início na reserva na Roma, e se consolidou na meta brasileira e da equipe italiana. 2. Marcelo voando O lateral-esquerdo Marcelo vem em grande temporada pelo Real Madrid. Marcelo tem 42 jogos e cinco gols anotados, o maior número no Real Madrid, igualando o feito da temporada 2010/2011. O lateral brasileiro marcou gols nas oitavas, quartas e semifinais da Liga dos Campeões, restando a final para disputar (a partida ocorrerá em 26 de maio, às 15h45). 3. Meio campo consistente O meio-campo da seleção brasileira, sob a batuta de Tite, é polivalente. Além da contribuição na consistência defensiva, o time é responsável por (vou fazer a conta em %) dos gols, desde que Tite se tornou o técnico da equipe. 4. Neymar descansado Apesar de ter se lesionado e estar em recuperação, Neymar não joga desde 25 de fevereiro, quando atuou 31 minutos contra o Olympique de Marselha. Na temporada, Neymar jogou 30 vezes, com 28 gols anotados e 19 assistências para seus companheiros. 5. Gabriel Jesus resolve Apesar da pouca idade (21 anos) e de ter sofrido uma lesão que freou a empolgação na temporada, Gabriel Jesus manteve o status de titular com Tite e, sempre que exigido, resolveu as partidas para a seleção Canarinho. Na temporada, somando jogos pelo Manchester City e pela seleção, Gabriel Jesus somou 46 jogos e 17 gols, atuando por 2.884 minutos. 6. Penta único As seleções da Alemanha e Itália possuem quatro títulos cada. Porém, a única seleção que possui cinco troféus de campeã do mundo e também única que participou de todas as edições da Copa é a seleção brasileira. Famosa por importar craques, que foram premiados como melhores do mundo, como Romário, Rivaldo, Ronaldo e Ronaldinho, além de ser pátria de Pelé, o atleta do século XX, a camisa verde e amarela traz consigo imenso peso frente às demais equipes. 7. Uma temporada de um jogador titular da seleção no PSG Raí, destaque do São Paulo na conquista do bicampeonato da Libertadores e do Mundial, se transferiu para o PSG para o início da temporada 1993/1994, atuando por um ano no clube francês antes do título da Copa dos Estados Unidos, em 1994. Ronaldinho, que brilhou em seu início pelo Grêmio, atuou por uma temporada no PSG, em 2001/2002, antes do triunfo da Copa da Coréia e do Japão, em 2002. Neymar, estrela atual da seleção brasileira, se transferiu para o PSG para disputar a temporada 2017/2018. O que esperar na Copa da Rússia? 8. O comando de Tite Tite é um técnico que sabe extrair o melhor de seus comandados. Com talento para revelar e recuperar jogadores desde seu início, o técnico Gaúcho tem um perfil reflexivo e calmo, lidando muito bem com as pressões da imprensa (diferente de seus antecessores). Estudioso do futebol, o comandante que levou o Corinthians ao seu primeiro título continental busca agora o melhor desempenho de seus comandados para garantir à seleção brasileira o seu sexto título mundial. 9. Elenco unido Os jogadores convocados são companheiros. Mesmo havendo disputa interna pelas vagas, não há discussões ou brigas que comprometam o clima da equipe, de forma que os jogadores aceitam a condição estipulada por Tite, e fazem o melhor possível em qualquer oportunidade que se apresenta. 10. Sequência do título É possível notar uma sequência nos vencedores da Copa do Mundo. Duas vezes na história, a Itália faturou um título, seguida por uma seleção que não seja Alemanha ou Brasil. Após esta seleção suceder o triunfo italiano, a Alemanha veio a vencer a Copa do Mundo, e depois o Brasil. Em 2006, a Itália foi campeã, seguida pela Espanha, em 2010. Em 2014, a Alemanha triunfou pela quarta vez, e em 2018, apenas um campeão é possível. 1938 – Itália 1950* – Uruguai (*não houve Copa do mundo em 1942 e 1946) 1954 – Alemanha Ocidental 1958 – Brasil 1982 – Itália 1986 – Argentina 1990 – Alemanha Ocidental 1994 – Brasil 2006 – Itália 2010 – Espanha 2014 – Alemanha

Link Notícia: https://esportes.r7.com/copa-2018/dez-motivos-para-a-selecao-ser-favorita-ao-hexa-na-copa-2018-16052018

Tite anuncia os 23 jogadores que disputarão a Copa da Rússia
Data: 14/05/2018

Treinador da seleção brasileira tem vários nomes já definidos, mas ainda há espaço para surpresas na lista que será divulgada nesta segunda-feira (14)

O técnico Tite fará a convocação da seleção brasileira para a disputa da Copa do Mundo nesta segunda-feira (14), às 14 horas, na sede da CBF, no Rio de Janeiro. Serão divulgados os 23 jogadores que representarão o País na luta pelo hexacampeonato mundial. A expectativa entorno dos nomes é grande, mas ainda pode haver surpresas. A Fifa permite que as federações inscrevam até 35 atletas nesta convocação. A lista definitiva com os 23 nomes poderá ser apresentada pela CBF à entidade que comanda o futebol mundial até o dia 4 de junho. O retorno de Neymar à rotina de treinos no PSG é tranquilizador para a comissão técnica brasileira, mas a contusão de Daniel Alves, companheiro no time francês, que sofreu uma lesão no joelho direito, causou uma baixa importantíssima na lista pensada por Tite e seus auxiliares. O treinador teria 16 nomes já escolhidos para compor o grupo que viajará para a Rússia, mas a inesperada ausência do experiente lateral-direito — que recentemente se tornou o jogador mais vitorioso do futebol mundial, com 38 títulos na carreira, superando Pelé — abre mais uma vaga entre os postulantes. Até agora, os atletas que estão garantidos no Mundial são: os goleiros Alisson (Roma), Ederson (Manchester City), o lateral Marcelo (Real Madrid), os zagueiros Miranda (Inter de Milão), Marquinhos (PSG), Thiago Silva (PSG), os meio-campistas Casemiro (Real Madrid), Fernandinho (Manchester City), Paulinho (Barcelona), Renato Augusto (Beijing Guoan), Philippe Coutinho (Barcelona), Willian (Chelsea), além dos atacantes Neymar (PSG), Gabriel Jesus (Manchester City) e Roberto Firmino (Liverpool). No entanto, há atletas que ainda sonham em ver o próprio nome lido por Tite no anúncio marcado para esta segunda: Cássio (Corinthians), Danilo (Manchester City), Fágner (Corinthians), Filipe Luis (Atlético de Madri), Alex Sandro (Juventus), Gil (Shandong Luneng), Pedro Geromel (Grêmio), Giuliano (Fenerbahçe), Arthur (Grêmio), Douglas Costa (Juventus), Taison (Shakhtar Donetsk) e Luan (Grêmio). Jadson, Rodriguinho (ambos do Corinthians) e o lateral-direito Edílson (Cruzeiro) também correm por fora. Outros jogadores que figuravam na relação de possíveis convocados não mantiveram o nível das atuações na temporada e podem ter perdido terreno na preferência do treinador da seleção, casos de Diego Souza (São Paulo), Rodrigo Caio (São Paulo), Diego Ribas (Flamengo), Lucas Lima (Palmeiras) e Hernanes (Hebei Fortune). PublicidadeFechar anúncio Apresentação e preparação para a Copa A delegação brasileira deverá se apresentar no dia 20 de maio, na Granja Comary, em Teresópolis, tradicional centro de treinamento do Brasil. Os integrantes da comissão técnica devem chegar nesta data e e os atletas irão desembarcar no CT no dia seguinte. De acordo com a programação divulgada pela CBF, o técnico Tite terá seis dias de trabalho com o grupo na Granja Comary antes do embarque para a Inglaterra, marcado para o dia 27 de maio. A seleção vai realizar uma etapa de preparação para o Mundial no CT do Tottenham, em Londres. Depois, o selecionado brasileiro fará dois amistosos antes da estreia na Copa, no dia 17 de junho, às 15 horas (horário de Brasília), na Arena Rostov, diante da Suíça. A equipe de Tite enfrentará a Croácia, no dia 3 de junho, em Liverpool, além da Áustria, no dia 10, em Viena.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/copa-2018/tite-anuncia-os-23-jogadores-que-disputarao-a-copa-da-russia-14052018

Resumo da rodada: Corinthians vence, Fla tropeça e Juve é hepta
Data: 14/05/2018

Veja tudo o que ocorreu na rodada do fim de semana, que teve novo triunfo do time de Fábio Carille, com gol do talismã Rodriguinho

Em casa, na Arena Corinthians, o Corinthians voltou a mostrar superioridade e venceu o Palmeiras por 1 a 0, com gol do talismã Rodriguinho. O time é vice-líder do Brasileirão. Já o Flamengo manteve a liderança do Brasileirão, agora empatado em pontos com o Corinthians. O time caiu diante da Chapecoense, em Chapecó, em jogo em que Guerrero voltou a balançar as redes. Em casa, o Vasco foi surpreendido pelo Vitória e caiu por 3 a 2. Time baiano mostrou mais efetividade no ataque. Em Salvador, o São Paulo conseguiu, no sufoco, empatar com o Bahia. Shaylon salvou o time da derrota. Pela manhã, o Cruzeiro mostrou bom aproveitamento ofensivo e derrotou o Sport Recife por 2 a 0. O time pernambucano, que comemorava aniversário, teve um parabéns amargo. Já o Atlético-MG bateu o Atlético-PR na Arena da Baixada, em Curitiba. O Santos recebeu o Paraná, na Vila Belmiro, e voltou a vencer no campeonato. Na Itália, a Juventus ficou no empate em 0 a 0 com a Roma, em um jogo morno. Mas foi o que bastou para a equipe conquistar um inédito heptacampeonato italiano. Na Inglaterra, o Manchester City venceu, com gol de Gabriel Jesus e atingiu marca histórica. Na Espanha, o Barcelona, já campeão, perdeu a invencibilidade do Campeonato Espanhol ao cair diante do Levante em jogo em que Philippe Coutinho marcou três gols.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/resumo-da-rodada-corinthians-vence-fla-tropeca-e-juve-e-hepta-14052018

São Paulo marca no fim e empata com o Bahia, em Salvador
Data: 14/05/2018

Equipe do técnico Diego Aguirre perdia o jogo até os 47 do segundo tempo; Shaylon marcou belo gol e selou o placar de 2 a 2 na Arena Fonte Nova

O São Paulo foi até Salvador enfrentar o Bahia, neste domingo (13), e se livou de deixar a Arena Fonte Nova com uma derrota. A equipe paulista perdia o jogo, válido pela 5ª rodada do Campeonato Brasileiro, por 2 a 1, até Shaylon marcar um golaço a dois minutos do final e igualar o placar. O Tricolor Baiano iniciou a partida sofrendo para avançar do meio de campo, até que, logo aos 10 minutos, Hudson derrubou Zé Rafael dentro da área e o juiz marcou pênalti. Edigar Junior bateu no canto direito de Sidão e abriu o placar para os donos da casa. A equipe quase aumentou com Zé Rafael, que seis minutos depois acertou uma bola na trave. O São Paulo, por sua vez, não desistiu de buscar o gol e seguiu pressionando o adversário, até que, aos 30, foi coroado. Hudson abriu na direita para Nenê, que deu um excelente passe e viu Santiago Trellez, dentro da grande área, não deixar a bola cair e chutar firme no canto esquerdo de Douglas para empatar o jogo. A alegria são-paulina, no entanto, durou pouco. Aos 38 minutos, Edigar Junior aproveitou a bola desviada por Élber para chutar de primeira e marcar o segundo gol dele na partida. Durante a segunda etapa, o placar parecia decretado, até que Shaylon, aos 47, arriscou de fora da área e marcou um golaço para os paulistas. Com o resultado, o São Paulo, que enfrenta o Santos na próxima rodada, se manteve na 10ª colocação. Já o Bahia caiu para o 16º lugar e terá pela frente o Palmeiras, no Allianz Parque. FICHA DO JOGO Local: Arena Fonte Nova, Salvador (BA) Juiz: Dewson Fernando Freitas da Silva Cartões amarelos: Lucas Fonseca, Everson, Elton, Gregore e Élber, pelo Bahia. Régis Souza, Robert Arboleda e Éverton, pelo São Paulo. Gols: Edigar Junior (2x) (Bahia), Santiago Tréllez e Shaylon (São Paulo) Bahia: Douglas Friedrich; João Pedro, Lucas Fonseca, Everson, Léo; Elton, Gregore, Vinícius (Régis), Élber (Eugenio Mena), Zé Rafael; Edigar Junior, Kayke São Paulo: Sidão; Eder Militão (Régis Souza), Bruno Alves, Robert Arboleda, Reinaldo; Hudson, Jucilei, Nenê (Shaylon), Éverton, Lucas Fernandes (Valdívia); Santiago Tréllez

Link Notícia: https://esportes.r7.com/futebol/sao-paulo-marca-no-fim-e-empata-com-o-bahia-em-salvador-13052018

Daniel Alves está fora da Copa do Mundo, diz TV
Data: 11/05/2018

Resultados de exames que saíram nesta sexta confirmaram que a lesão do lateral inviabiliza participação na Copa segundo Fox Sports

O lateral-direito Daniel Alves, 35, está fora da Copa do Mundo. A informação é do Fox Sports, que confirmou com uma fonte do PSG, clube do brasileiro. Anteriormente, a história já havia sido noticiada pelo canal esportivo da Itália Premium SportHD. Nesta sexta-feira (11) saíram os resultados dos exames e foi constatado que a lesão é mais grave do que era esperado. Rodrigo Lasmar, médico da seleção brasileira, e Edu Gaspar, da comissão técnica, foram na última quinta-feira a Paris para avaliar o jogador. Titular indiscutível da seleção de Tite, o lateral sofreu uma lesão no joelho direito durante a final da Copa da França, na última quarta-feira (9), contra o Les Herbiers. Durante lance da partida, houve uma desinsercão no ligamento cruzado anterior do joelho direito. Daniel Alves também sofreu torção no joelho. A lesão é diferente da usual, de rompimento do ligamento. No entanto, exige um prazo de três semanas antes de se avaliar sobre a evolução do trauma. Com os prazos curtos, não haverá tempo suficiente de Daniel Alves estar apto a defender a seleção brasileira durante o Mundial.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/copa-2018/daniel-alves-esta-fora-da-copa-do-mundo-diz-tv-11052018

Você escolhe como deve ser o meio-campo do Brasil na Copa da Rússia
Data: 11/05/2018

Na próxima segunda-feira (14), o treinador vai convocar os 23 jogadores para o Mundial e você diz quem serão os volantes e os meia da seleção brasileira

Na próxima segunda-feira (14), o técnico Tite vai divulgar os jogadores que vão tentar o hexacampeonato na Rússia. O R7 vai montar a seleção do torcedor. Você já escolheu quem serão os goleiros, os laterais direitos, os zagueiros e os laterais esquerdos. Chegou a hora de decidir o meio-campo da seleção brasileira. São duas perguntas: uma sobre os volantes e outra sobre os meia.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/copa-2018/voce-escolhe-como-deve-ser-o-meio-campo-do-brasil-na-copa-da-russia-11052018

Geuvânio não 'encaixa' e pode perder espaço no Flamengo
Data: 11/05/2018

Titular nos últimos três jogos, camisa 23 não vai bem pelo lado direito do ataque e Maurício Barbieri pode buscar nova solução

A lesão de Diego deu a Geuvânio a tão esperada sequência entre os titulares do Flamengo. O atacante, no entanto, não conseguiu encaixar seu jogo pelo lado direito do ataque nas últimas três partidas. Em função disso, cabe ao treinador decidir se dará mais chances ao camisa 23 ou buscará uma nova solução. No empate em 0 a 0 com a Ponte Preta, no Maracanã, a atuação do Flamengo não encheu os olhos dos mais de 55 mil torcedores presentes, mas a equipe teve bons momentos ofensivos e chegou à sexta partida sem sofrer gols. A atuação de Geuvânio, por sua vez, foi abaixo dos companheiros. Alguns erros simples na hora de puxar contra-ataques promissores logo minou a relação do jogador com a torcida na quinta-feira. Quando foi substituído por Jean Lucas, aos 16 minutos da etapa final, o atacante deixou o campo sob muitas vaias. De positivo, destaca-se a determinação do atacante em recuperar a bola nos lances perdidos. A característica é observada em outros atletas e é uma das cobranças feitas e trabalhadas por Maurício Barbieri no Ninho do Urubu. Após a recuperação de Diego, a tendência é que o meia Everton Ribeiro volte para a faixa lateral do ataque, mas Barbieri tem outras opções, como Marlos Moreno, que ainda não ganhou uma sequência de jogos, nem mesmo saindo do banco. O treinador comentou a utilização de Everton Ribeiro pelos lados. - Em alguns momentos ele tem atuado mais pelos lados. É um jogador que vem crescendo. Está em numa crescente, assim como toda a equipe. Não fizemos o jogo que esperávamos. Queríamos a vitória. Mas estamos numa crescente.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/lance/geuvanio-nao-encaixa-e-pode-perder-espaco-no-flamengo-11052018

Daniel Alves celebra título em redes sociais, mas não fala sobre lesão
Data: 09/05/2018

Lateral-direito Daniel Alves aparece em comemoração do PSG e celebra o título da Copa da França nas redes sociais, mas não fala sobre lesão

O lateral-direito Daniel Alves conquistou nesta terça-feira seu 38º título na carreira, tornando-se o jogador mais vitorioso da história do futebol. Na conquista da Copa da França sobre o Les Herbiers, porém, o jogador da seleção brasileira sentiu uma lesão no joelho e precisou deixar a partida aos 35 minutos do segundo tempo. Após o jogo, porém, Daniel Alves aparece no vídeo feito pelo PSG e divulgado no facebook oficial do clube no vestiário, comemorando a conquista e sem dar sinais de estar preocupado com o lesão. Pouco depois, Daniel Alves fez uma postagem no Instragram celebrando o título da Copa da França, mas sem fazer menção à lesão. Na manhã desta quarta-feira (9), às 9h, Daniel Alves chegou ao Hospital Americano de Paris para fazer exames no joelho direito, mas sem falar com os jornalistas.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/daniel-alves-celebra-titulo-em-redes-sociais-mas-nao-fala-sobre-lesao-09052018

Atlético-MG apenas empata com San Lorenzo e cai na Sul-Americana
Data: 09/05/2018

Apesar do grande volume de jogo e chances de gol criadas, time não conseguiu transpor a defesa argentina e caiu na 1ª fase do torneio

O Atlético Mineiro apenas empatou em 0 a 0 com San Lorenzo-ARG, nesta terça-feira (8), no estádio Independência, em Belo Horizonte, resultado que eliminou o clube da Copa Sul-Americana ainda na primeira fase do torneio. O time mineiro havia perdido o primeiro jogo por 1 a 0, na Argentina. Desta forma, precisava ao menos de uma vitória pelo placar mínimo para levar a decisão para as cobranças de pênaltis. No entanto, mesmo em desvantagem no resultado agregado, o técnico atleticano, Thiago Larghi, poupou jogadores considerados titulares. Reservas e atletas da base formaram a equipe que iniciou a partida. A primeira boa jogada do Atlético Mineiro aconteceu aos 7 minutos, quando o atacante Alerrandro — um dos jovens valores da base — arriscou de fora da área e quase surpreendeu o goleiro Navarro, do San Lorenzo. O jogo estava bastante movimentado, corrido, mas sem grandes oportunidades para ambas as equipes. Aos 30, o Atlético Mineiro desceu em um contra-ataque rápido e perigoso. Roger Guedes carregou a bola até a entrada da área e tocou na esquerda para Erik. O meia-atacante cortou para o meio e bateu para o gol, mas a bola desviou na zaga e saiu pela linha de fundo. Dez minutos mais tarde, Alerrandro cabeceou da marca do pênalti, a bola passou à esquerda do gol e deu um susto em Navarro. O Atlético Mineiro voltou do vestiário disposto a conquistar a vitória e chegou perto do gol aos 2 minutos em um chute do vetereno Elias, mas o goleiro argentino se esticou para espalmar e evitar a abertura do placar pelo time brasileiro. Pouco depois, o venezuelano Otero quase surpreendeu Navarro em uma cobrança de falta. Aos 15 minutos, Elias recebeu com liberdade e de frente para o gol, mas bateu fraco demais e facilitou a defesa do argentino. Os jogadores atleticanos reclamaram muito da não parcação de um pênalti, aos 25 minutos do segundo tempo. Erik desceu pela esquerda e cruzou rasteiro. O zagueiro argentino se jogou para interceptar, mas cortou a trajetória da bola com o braço. No entanto, a arbitragem entendeu que o lance foi involuntário. Nos minutos seguintes, os brasileiros mantiveram a pressão sobre o adversário, cruzaram muitas bolas na área. Até o goleiro Victor tentou ajudar a equipe no ataque já nos acréscimos. Mas o Galo não conseguiu vencer a defesa argentina e foi eliminado do torneio continental. Após o apito final, o time foi bastante vaiado pelos torcedores atleticanos, que também criticaram o presidente Sérgio Sette Câmara por ter avalizado a decisão do treinador de ter poupado titulares em um jogo decisivo para a continuidade do clube na segundo competição mais importante da América do Sul. Próxima partida O Atlético Mineiro voltará a campo no próximo domingo pelo Campeonato Brasileiro. A equipe alvinegra visitará o Atlético Paranaense, às 16 horas, na Arena da Baixada, pela quinta rodada do Nacional.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/futebol/atletico-mg-apenas-empata-com-san-lorenzo-e-cai-na-sul-americana-08052018

São Paulo enfrenta o Rosario Central e tenta evitar trauma de 2017
Data: 09/05/2018

Nesta quarta-feira (9), o São Paulo enfrenta o Rosario Central, às 21h45, no estádio do Morumbi, decidindo uma vaga na 2ª fase da Copa Sul-Americana

Se cair nesta quarta-feira (9) diante do Rosario Central, às 21h45, no estádio do Morumbi, na capital paulista, pela primeira fase da Copa Sul-Americana, o São Paulo repetirá o traumático roteiro de eliminações da temporada passada, em que deixou em sequência o Campeonato Paulista na semifinal, a Copa do Brasil na quarta fase e o torneio continental sem avançar da primeira etapa. As equipes definem quem avança depois de um empate sem gols na Argentina. No ano passado, as quedas diante do Corinthians, Cruzeiro e Defensa y Justicia acabaram aumentando a pressão sobre o técnico Rogério Ceni, que foi demitido também em função do mau início no Brasileirão. Nesta quarta-feira, quem está à prova é o uruguaio Diego Aguirre, que encontrou um São Paulo cambaleante indo para o mata-mata do Estadual e teve pouco tempo para tentar acertar o time e evitar os tropeços diante de Corinthians, no Paulistão, e Atlético Paranaense, na Copa do Brasil. Mas há otimismo em relação ao duelo contra o Rosario Central. O time teve uma boa exibição fora de casa e, com um jogador a menos, segurou o empate. Um resultado que foi bem avaliado internamente. Agora em casa, a equipe se apoia na força da torcida e nos bons resultados recentes no estádio do Morumbi - apenas uma derrota no ano. São Paulo treinou para enfrentar Rosario Central pela Copa Sul-Americana "Não podemos errar mais, como infelizmente aconteceu nas últimas partidas", avaliou o zagueiro Anderson Martins. "Vamos buscar a classificação com o incentivo do nosso torcedor. Será um jogo difícil e que requer muita atenção. Se não sofremos gol, já será um grande passo para consolidar a vaga". O São Paulo entrará em campo com pelo menos dois desfalques garantidos: o meia-atacante Everton, por não estar inscrito nesta fase do torneio, e o zagueiro Rodrigo Caio, suspenso. FICHA TÉCNICA São Paulo x Rosario Central São Paulo: Sidão; Anderson Martins (Éder Militão), Arboleda e Bruno Alves; Régis, Jucilei, Hudson e Reinaldo; Cueva (Nenê), Valdívia e Diego Souza. Técnico: Diego Aguirre Rosario Central: J. Ledesma; P. Ferrari, M. Martinez, Oscar e A. Parot; H. da Campo, N. Ortigoza e L. Gil; Camacho, J. Pereyra e M. Ruben. Técnico: José Chamot Juiz: Eber Aquino (PAR) Local: Morumbi

Link Notícia: https://esportes.r7.com/futebol/sao-paulo-enfrenta-o-rosario-central-e-tenta-evitar-trauma-de-2017-09052018

Guerrero comemora retorno após seis meses: 'Foi um dia incrível'
Data: 07/05/2018

O centroavante Guerrero comemorou seu retorno aos gramados após seis meses e meio de afastamento por ter sido flagrado no doping

O centroavante Guerrero comemorou seu retorno aos gramados após seis meses e meio de afastamento por ter sido flagrado no doping. O jogador entrou no segundo tempo da vitória do Flamengo por 2 a 0 sobre o Internacional, no Maracanã, em duelo válido pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro. "Estou muito feliz. É muito emocionante voltar no Maracanã lotado, na nossa casa, com a nação cantando meu nome. Foi impressionante, incrível. Não tenho palavras para descrever este momento. Mereço isso tudo depois do que passei nesses seis meses. Quero jogar, pois futebol é a minha vida. Foi um dia incrível para mim", afirmou. Cerca de 60 mil torcedores rubro-negros estiveram presentes na partida e comemoraram como se fosse gol a entrada de Guerrero aos 12 minutos do segundo tempo na vaga de Henrique Dourado. "Acabou o caô, o Guerrero chegou", cantaram. Guerrero teve tempo de contribuir diretamente com a vitória ao dar assistência para o segundo gol, marcado por Everton Ribeiro. O atacante peruano voltou aos gramados depois de uma semana cansativa. Guerrero viajou à Lausanne, na Suíça, na última quarta-feira, para prestar depoimento na Corte Arbitral do Esporte (CAS, na sigla em inglês). Conseguiu treinar apenas no sábado. "Tive que antecipar o meu voo para estar aqui no Rio a tempo de treinar. Cheguei bem, descansado, tranquilo e confiante. Sei que vai dar tudo certo, pois sou inocente. Estou me preparando aqui, quero dar minha melhor condição para o Flamengo. Quero estar 100%. Consegui jogar hoje 30, 35 minutos. Foi incrível e mais ainda por termos conquistado os três pontos", disse. O resultado do julgamento deverá ser anunciado ainda nesta semana. O Tribunal avalia a apelação apresentada pela Agência Mundial Antidoping (Wada, na sigla em inglês) contra a decisão que reduziu a suspensão inicial do atacante pela metade. A entidade internacional quer que o jogador seja sancionado com pelo menos um ano de pena, já levando em conta os seis meses que ele acabou de terminar de cumprir. PublicidadeFechar anúncio Guerrero acredita que escapará de uma nova punição e ficará livre para defender o Peru na Copa do Mundo de 2018, na Rússia, assim como o Flamengo nas partidas que o time fará até o Mundial, que começa em 14 de junho. "Primeiro estou aguardando a decisão, que será importante para mim. Depois, minha expectativa é ganhar no Flamengo nos jogos que estiver aqui, participar da Copa do Mundo, que será importante para o meu país, e então voltar e ganhar essa Libertadores, que é esperada por todo rubro-negro. Tenho muitos objetivos traçados esse ano e espero conseguir todos", prosseguiu Guerrero. Após testar positivo em exame para o uso da substância benzoilecgonina, um metabólito da coca ou da cocaína, no dia 5 de outubro do ano passado, o atleta do Flamengo foi punido inicialmente com uma suspensão de um ano, mas conseguiu reduzir a pena para seis meses, em dezembro, após entrar com um recurso junto à Comissão de Apelação da Fifa. E esta sanção expirou justamente nesta quinta-feira. "O lado psicológico me afetou muito, moralmente foi bem complicado. Estar afastado por uma injustiça foi muito triste, o pior momento da minha vida. Tento pensar sempre na frente, sempre sendo objetivo", completou.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/futebol/guerrero-comemora-retorno-apos-seis-meses-foi-um-dia-incrivel-07052018

Maurício Barbieri espera avaliação para contar com Diego
Data: 07/05/2018

Mais uma vez o meia Diego não deve participar de uma partida do Flamengo, no Maracanã, depois da torcida fazer as pazes com os jogadores

Mais uma vez o meia Diego não deve participar de uma partida do Flamengo, no Maracanã, depois da torcida fazer as pazes com os jogadores. No confronto contra o América-MG, que marcou a despedida do goleiro Júlio César, ele ficou fora por um problema na panturrilha. Diante do Inter, neste domingo, um problema no joelho o deixou fora novamente. Na quinta-feira, o Flamengo recebe a Ponte Preta em confronto que pode confirmar a classificação da equipe para as quartas de final da Copa do Brasil. E o técnico Maurício Barbieri ainda não deve contar com seu futebol. - Diego é uma liderança, agrega muito em campo, mas só posso saber se conto com ele se ele tiver condições de jogo. Por enquanto, não posso contar com ele. Tenho que esperar e nosso foco é a Ponte Preta na quinta-feira, depois vamos decidir e pensar no que fazer - comentou o treinador. A última partida de Diego na temporada foi na vitória do Flamengo, sobre o Ceará, por 3 a 0, em Fortaleza. O confronto ficou marcado pelo gol do camisa 10, que tinha sido agredido por torcedores dois dias antes no Aeroporto, mas mesmo assim comemorou o seu abraçando os torcedores.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/lance/mauricio-barbieri-espera-avaliacao-para-contar-com-diego-07052018

Resumo da rodada: Fla segue líder, Grêmio goleia e Barça segura Real
Data: 07/05/2018

A 4ª rodada do Brasileirão contou com grandes jogos, goleadas e surpresas. Na Europa, destaque para o empate no clássico Barcelona x Real Madrid

Pela 4ª rodada do Campeonato Brasileiro, o líder Flamengo lotou o Maracanã (60 mil torcedores) na volta do atacante Guerrero e venceu o Internacional por 2 a 0, mantendo-se na liderança da competição. Leia mais. No Sul, o embalado Grêmio não deu chances para o Santos e aplicou uma goleada história por 5 a 1, com destaque para o volante Maicon, autor de dois gols. Leia mais. Em Curitiba, o Palmeiras venceu novamente fora de casa e acabou com a invencibilidade do Atlético-PR com a vitória por 3 a 1 na Arena da Baixada. No Mineirão, em Belo Horizonte, o Cruzeiro venceu sua primeira partida no Brasileirão ao derrotar o Botafogo por 1 a 0, gol do zagueiro Dedé. Em Salvador, o Fluminense ganhou do Vitória por 2 a 1, de virada (leia mais). No Recife, o Sport venceu a segunda seguida ao bater o Bahia, em casa, por 2 a 0 (leia mais). Já em São Paulo, no jogo das 11h da manhã, o Corinthians ficou apenas no empate contra o Ceará (leia mais). Na Europa, o destaque foi o clássico entre Barcelona x Real Madrid que terminou empatado por 2 a 2. O Barça, já campeão, jogou com um a menos no segundo tempo e conseguiu manter sua invencibilidade (leia mais). Em Portugal, o Porto sagrou-se campeão (leia mais). Já na Itália, a Juventus, com grande exibição de Douglas Costa, se aproximou do heptacampeonato.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/resumo-da-rodada-fla-segue-lider-gremio-goleia-e-barca-segura-real-07052018

Neuer volta a treinar e aumenta esperança alemã por convocação
Data: 04/05/2018

O goleiro alemão Manuel Neuer voltou aos treinamentos com a equipe do Bayern nesta quinta (3), depois de passar a semana na academia

Mesmo com a grande probabilidade de presença na Copa do Mundo que começa no dia 14 de junho, ainda existiam algumas dúvidas sobre a capacidade física de Manuel Neuer no Mundial devido a lesão que o tirou de campo desde 2017. No entanto, o goleiro voltou aos treinamentos com a equipe do Bayern nesta quinta, depois de passar a semana na academia. Segundo o jornal 'BILD', o goleiro da seleção alemã ficou em campo durante 45 minutos fazendo aquecimento com os demais atletas e depois fez um treinamento específico de goleiros. O goleiro do Bayern não atua desde 16 de setembro de 2017 em uma partida do campeonato alemão. Depois desse jogo, foi submetido a uma cirurgia em seu pé fraturado.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/lance/neuer-volta-a-treinar-e-aumenta-esperanca-alema-por-convocacao-04052018

Torcida organizada do Vasco invade treino em São Januário e cobra time
Data: 04/05/2018

Apesar da invasão, treinamento depois voltou a ser realizado após os seguranças do clube conseguirem retirar os torcedores do campo

Um grupo de cerca de 40 torcedores que fazem parte de uma organizada do Vasco invadiu o treino que o time vinha realizando na manhã desta sexta-feira (4), no gramado de São Januário, onde os jogadores da equipe foram alvo de cobranças dos seguidores vascaínos, indignados com o momento ruim vivido pelo clube. Os torcedores conseguiram ter acesso ao campo por meio da loja oficial do Vasco, que fica dentro do estádio e onde os funcionários do local não conseguiram conter os invasores. No protesto, os integrantes da organizada Força Jovem conversaram com os atletas no centro do gramado. Apesar da invasão, o treinamento depois voltou a ser realizado após os seguranças do clube conseguirem retirar os torcedores do campo, onde na última quarta-feira o time vascaíno foi goleado por 4 a 0 pelo Cruzeiro e deu adeus às chances de classificação às oitavas de final da Copa Libertadores. Do lado de fora do estádio, torcedores chegaram a conversar com um representante do Vasco nesta sexta e alguns deles reclamaram, em entrevistas aos jornalistas na porta do local, que está faltando mais raça aos jogadores nas partidas da equipe. Um dos membros da organizada vascaína garantiu que o protesto foi pacífico e que o técnico Zé Ricardo recebeu bem os torcedores durante a manifestação, mas apontou que os mesmos foram recepcionados com violência por parte de alguns seguranças do clube. Um torcedor chegou a dizer que tiros foram disparados pelos seguranças para inibir o protesto, que não contou com atos de violência contra os jogadores, mas foi recheado por xingamentos e teve como os principais alvos os zagueiros Paulão e Erazo, o volante Wellington e o meia Evander. R7 Esportes no Facebook. Curta a página! No mesmo estádio de São Januário, o Vasco voltará a jogar neste sábado, às 19 horas, contra o América-MG, pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro, no qual o time ocupa a nona posição, com quatro pontos. E a equipe disputou apenas duas partidas pela competição, na qual acumula uma vitória e um empate - o confronto com o Santos, pela terceira rodada, foi transferido para ocorrer em 16 de julho, às 20 horas, no Pacaembu, apenas um dia depois da final da Copa do Mundo de 2018, na Rússia. Apesar da invencibilidade inicial no Brasileirão, o time vascaíno somou apenas dois pontos em cinco jogos no Grupo E da Libertadores, na qual segura a lanterna da chave e fechará a sua campanha no próximo dia 22, contra a Universidad de Chile, em Santiago.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/futebol/torcida-organizada-do-vasco-invade-treino-em-sao-januario-e-cobra-time-04052018

Flamengo fica a uma vitória da vaga nas oitavas da Libertadores
Data: 04/05/2018

Flamengo garantirá vaga nas oitavas da Libertadores se derrotar o Emelec

O Flamengo está a uma vitória das oitavas de final da Copa Libertadores-2018. O River Plate-ARG venceu o Santa Fe por 1 a 0 nesta quinta-feira. O resultado coloca a vaga "nas mãos" do Rubro-Negro: basta vencer o Emelec no Maracanã, em 16 de maio, e o Grupo D estará resolvido com uma rodada de antecedência. O River Plate, com 11 pontos em cinco jogos, lidera a chave. Se derrotar o Emelec, o Flamengo chegará aos nove pontos e não poderá ser alcançado pelo clube equatoriano, que soma apenas um ponto, ou pelo Santa Fe, com quatro. A última rodada do Grupo D será no dia 23 de maio. Caso garanta a vaga de forma antecipada, o Flamengo visitará o River Plate no Monumental de Nuñez, em Bueno Aires, na briga pela primeira posição. Precisará de um triunfo na capital argentina para ter a vantagem de decidir o mata-mata no Rio de Janeiro. O Emelec fará a última partida em Guayaquil, no Equador, contra o Santa Fe. Assim, o Flamengo pode voltar às oitavas de final depois de três participações frustrantes na Libertadores. Nas edições de 2012, 2014 e 2017, o Rubro-Negro acabou eliminado ainda na fase de grupos. Em 2010, o clube da Gávea chegou ao mata-mata, sendo eliminado pela Universidad de Chile nas quartas de final. REENCONTRO COM A TORCIDA SERÁ COM CASA CHEIA O confronto com o Emelec será o terceiro como mandante do Flamengo na atual edição da Libertadores. Contra o River Plate - 2 a 2 no Nilton Santos - e contra o Santa Fe - 1 a 1 no Maracanã - os portões dos estádios estavam fechados por conta da punição imposta ao Fla pelos episódios de violência que marcaram a decisão da Sul-Americana de 2017, contra o Independiente-ARG. Assim, no duelo com o clube equatoriano que pode garantir a classificação para as oitavas de final, o time do Flamengo reencontrará a torcida no torneio. Mais de 30 mil ingressos já foram vendidos e a expectativa é de Maracanã lotado. GUERRERO REFORÇA A EQUIPE NA LIBERTADORES Enquanto a decisão da Corte Arbitral do Esporte sobre o caso de doping de Paolo Guerrero não é anunciada, o centroavante peruano reforça o Flamengo na Copa Libertadores. Apesar de suspenso pela Fifa até o dia 3 de maio, foi inscrito pelo clube na competição e pode atuar diante do Emelec, no dia 16, e contra o River Plate, no dia 23, nas últimas duas rodadas do Grupo D.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/lance/flamengo-fica-a-uma-vitoria-da-vaga-nas-oitavas-da-libertadores-04052018

De volta a São Januário, Dedé lamenta brigas na torcida do Vasco
Data: 03/05/2018

"É feio para o Brasil, para o futebol brasileiro", disse o ex-vascaíno após goleada do Cruzeiro, que eliminou equipe carioca da Libertadores

A volta de Dedé a São Januário teve fortes emoções - talvez, não muito boas. O zagueiro, querido pela torcida vascaína, ouviu elogios no estádio, mas viu brigas paralisarem a partida e protestos nas arquibancadas. Decepcionado, ele lamenta algumas atitudes, diz que os torcedores 'têm muito mais a oferecer' e dá conselhos após a goleada cruzeirense no Rio de Janeiro. "É feio para o Brasil, para o futebol brasileiro. Estamos expostos à violência. O Vasco tem muito mais a oferecer do que essas confusões. Pelo que passei aqui, vi que a torcida é muito forte, tem muita gente no país todo e o que aconteceu não é legal. Tomara que vejam isso e pensem direitinho. Todo torcedor fica chateado de perder, mas precisam pensar duas vezes antes de tomar uma atitude dessas", afirma o zagueiro. No primeiro tempo, após o terceiro gol do Cruzeiro, uma parte da torcida do Vasco atrás do gol de Martin Silva iniciou uma confusão nas arquibancadas. A polícia interveio, disparou spray e ouviu xingamentos. Parte do tumulto aconteceu por conta da revolta de alguns vascaínos, que hostilizavam a atual gestão e o ex-presidente Eurico Miranda.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/lance/de-volta-a-sao-januario-dede-lamenta-brigas-na-torcida-do-vasco-03052018

Atlético-MG recebe Chapecoense, no Independência, pela Copa do Brasil
Data: 02/05/2018

Nesta quarta-feira (2), o Atlético-MG recebe a estreante Chapecoense, às 19h30, no Independência, pelas oitavas de final da Copa do Brasil

Depois de garantir uma vitória importante sobre o Corinthians no último domingo e assumir a quarta colocação da tabela do Campeonato Brasileiro, o Atlético-MG liga suas atenções para a disputa das oitavas de final da Copa do Brasil. Nesta quarta-feira (2), a equipe recebe a estreante Chapecoense, às 19h30, no Independência. Diferente do adversário, o Galo chega à fase após passar por todas as demais etapas, sendo a primeira com empate em 1 a 1 contra o Atlético-AC. Depois, os comandados de Thiago Larghi passaram pelo Botafogo-PB com goleada e ainda bateram Figueirense e Ferroviário. Do outro lado, a Chape, que disputou a Libertadores, entra na disputa apenas nas oitavas. Para o confronto, Larghi anunciou o retorno do zagueiro Leonardo Silva, que não entra em campo desde a final do Campeonato Mineiro, no dia 8 de abril, por conta de lesão muscular. A tendência é que ele faça dupla com Gabriel, assumindo a vaga ocupada por Bremer. Cazares também pode pintar na partida. Recuperado de contusão na coxa, o jogador treinou nesta terça, mas deve ficar no banco de reservas. Já o experiente técnico Gilson Kleina indicou que deve repetir a escalação que entrou em campo contra o Palmeiras no último domingo e garantiu o empate sem gols, visto com positividade pela comissão técnica. Apesar de ter fechado o último treino antes da partida, o treinador condá terá o desfalque de Leandro Pereira, que já havia participado da competição com a camisa do Sport. A equipe chega em Belo Horizonte otimista. Na visão do lateral-direito Apodi, o objetivo da Chape é garantir boa vantagem para o confronto de volta, que acontece em Santa Catarina. - Essa primeira partida contra o Atlético será fundamental para nossa equipe. Temos que buscar um grande resultado fora de casa para ajudar no jogo de volta na Arena Condá. Vamos procurar fazer uma apresentação perfeita no Independência para sairmos de lá com um resultado positivo - declarou. OITAVAS DE FINAL DA COPA DO BRASIL - 1ª rodada ATLÉTICO-MG x CHAPECOENSE Data: 02/05/2018 Local: Independência, Belo Horizonte (MG) Árbitro: Paulo Roberto Alves Junior (PR) Assistentes: Rafael Trombeta (PR) e Pedro Martinelli Christino (PR) PROVÁVEL ATLÉTICO-MG: Victor; Patric, Leonardo Silva, Gabriel e Fábio Santos; Adilson; Otero, Gustavo Blanco, Luan e Róger Guedes; Ricardo Oliveira. Técnico: Thiago Larghi. PROVÁVEL CHAPECOENSE: Jandrei; Apodi, Rafael Thyere, Douglas e Bruno Pacheco; Amaral, Elicarlos, Márcio Araújo e Canteros; Arthur e Wellington Paulista. Técnico: Gilson Kleina.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/lance/atletico-mg-recebe-chapecoense-no-independencia-pela-copa-do-brasil-02052018

Neymar volta a Paris nesta quinta para encerrar sua recuperação
Data: 02/05/2018

Segundo a rádio 'RMC', brasileiro desembarca em Paris nesta sexta pela manhã, PSG ainda não se pronunciou oficialmente sobre o retorno do jogador

Neymar retorna a França nesta quinta-feira (03) e tem chegada prevista em Paris na manhã desta sexta-feira. O atacante segue para Paris para realizar a fase final da recuperação da lesão no pé direito. O jogador passou por uma cirurgia no quinto metatarso do pé direito há dois meses atrás e está realizando o processo de recuperação no Brasil. A informação foi dada pela rádio francesa 'RMC'. O PSG ainda não se pronunciou oficialmente sobre o retorno do craque da Seleção Brasileira a Paris. Porém, soltou uma nota oficial esta semana afirmando que o final da recuperação também aconteceria no CT do clube. Antes, os Ultras do PSG publicaram em suas redes sociais uma crítica a recuperação do jogador, da qual classificaram como indecente. Não tem nenhuma confirmação que Neymar estará presente nos últimos quatros jogos do PSG no restante da temporada, porém, de acordo com a imprensa francesa, Neymar deve estar presente na final da Copa da França, na próxima terça-feira, contra o Les Herbiers. Você é mais Neymar ou mais Gabriel Jesus? Faça agora o teste e descubra Além disso, o craque também marcaria presença em um evento de gala produzido pela Fundação PSG e em uma pequena festa, no dia 12 de maio, organizada pelo PSG antes da última partida da temporada no Parque dos Príncipes, contra o Rennes. Pela Seleção Brasileira, a apresentação do elenco convocado para a Copa do Mundo será no dia 21 de maio. Antes da estreia na Copa do Mundo, o Brasil ainda faz amistoso contra a Croácia, no dia 3 de junho, em Liverpool e contra a Áustria, em Viena, no dia 10 de junho.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/lance/neymar-volta-a-paris-nesta-quinta-para-encerrar-sua-recuperacao-02052018

Desesperado, Vasco recebe Cruzeiro para se manter vivo na Libertadores
Data: 02/05/2018

Vasco e Cruzeiro definem nesta quarta-feira (2), às 21h45 no estádio de São Januário, no Rio de Janeiro, o futuro na Copa Libertadores de 2018

Os destinos de Vasco e Cruzeiro na Copa Libertadores podem ser definidos nesta quarta-feira (2), quando eles se enfrentam às 21h45 no estádio de São Januário, no Rio de Janeiro, pela quinta e penúltima rodada da fase de grupos da competição sul-americana. Os dois integram o Grupo F do torneio e uma vitória para um dos lados deve ser decisiva para as pretensões de ambos. Mandante da partida, o Vasco está em situação bem mais delicada do que a do rival mineiro. Tem apenas dois pontos, frutos dos empates com o próprio Cruzeiro e o Racing e é o lanterna da chave. Para se classificar, precisa vencer as duas últimas partidas e torcer pelo clube argentino. Com a goleada por 7 a 0 sobre a Universidad de Chile na última rodada, além de lavar a alma, o Cruzeiro pulou para a vice-liderança com cinco pontos, a três do líder Racing, e está em situação muito mais confortável que a equipe carioca. Uma vitória no Rio de Janeiro colocaria o time do técnico Mano Menezes muito perto das oitavas de final. O Cruzeiro defende uma marca expressiva contra o Vasco em São Januário. Jogando na casa do rival, o time mineiro não perde há 12 anos. A última derrota, por 1 a 0, foi em julho de 2006, pelo Campeonato Brasileiro daquele ano. Na Libertadores são três jogos, com uma vitória para cada lado e um empate sem gols, este que aconteceu no começo deste mês, no estádio do Mineirão, em Belo Horizonte. O Vasco tem um desfalque certo e uma dúvida para o duelo que pode decidir a sua vida no torneio continental. Leandro Desábato foi expulso na última partida contra o Racing e provavelmente dará lugar a Bruno Silva. Já Wagner foi preservado do último treinamento em razão de uma forte gripe e virou dúvida. A tendência, segundo o técnico Zé Ricardo, é que o meia jogue. "Wagner teve uma gripe muito forte, estamos contando cm ele. Recuperação é para não desgastá-lo. Foi assim em outro episódio, no jogo contra a Universidad de Chile. Não quisemos expô-lo hoje (segunda-feira (1))", disse o treinador. Fora dos gramados há quase um ano em virtude de uma grave lesão nos ligamentos do joelho, o atacante Kelvin será relacionado para o confronto. Outro que não joga há muito tempo é o zagueiro Breno. Fora desde novembro, ele ainda não se recuperou completamente da lesão no menisco e permanece sem poder atuar. No lado cruzeirense também há incertezas e elas dizem respeito às presenças de Edilson e Thiago Neves em campo. O primeiro se recupera de um trauma no tornozelo e participou de apenas uma parte da última atividade do time antes do duelo. Tem boas chances de ficar fora, o que abriria um lugar para Lucas Romero na direita. Já Thiago Neves, que reclamou de dores na coxa na partida contra o Universidad de Chile, esteve presente durante todo o treinamento nesta terça-feira e não deve ser problema para Mano Menezes. Pelo bom desempenho na goleada no Mineirão, Sassá seguirá no time titular. Conhecido da torcida vascaína, o zagueiro Dedé diz que não sabe como será recepcionado pela torcida do ex-clube, mas garante que estará pronto para o que acontecer. "Em São Januário é difícil jogar, eles batalham muito pela bola. O que acontecer lá, vou saber lidar", garantiu.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/futebol/desesperado-vasco-recebe-cruzeiro-para-se-manter-vivo-na-libertadores-02052018

Desfalcado, Bayern enfrenta o Real Madrid no Santiago Bernabéu
Data: 01/05/2018

Serão cinco atletas ausentes para a equipe de Munique, que, em casa, perdeu o jogo de ida por 2 a 1; pelo lado do Real, apenas um desfalque

Com muitos desfalques! Assim chega o Bayern de Munique para o decisivo confronto diante do Real Madrid, no jogo de volta da semifinal da Liga dos Campeões. Cinco jogadores estão fora do duelo desta terça-feira (1º), no Santiago Bernabéu: Neuer, Boateng, Vidal, Coman e Robben. Do lado merengue, Carvajal é baixa certa. Além das ausências, o Bayern de Munique precisa tirar vantagem de 2 a 1 adquirida pelo espanhóis no jogo de ida, na Alemanha. Para o meia-atacante Thomas Müller, os bávaros têm condições de superar o Real Madrid. "Acredito na classificação. Sabemos o quanto e o que temos que fazer. Temos que aproveitar as oportunidades, causar danos ao Real. Acredito que teremos uma partida quente", afirmou o jogador, em entrevista coletiva. Quem também falou sobre a partida foi James Rodríguez. O meia colombiano voltará ao Santiago Bernabéu pela primeira vez desde que deixou o Real Madrid. Ele declarou que não guarda nenhum tipo de mágoa do técnico Zinedine Zidane. "Não tenho absolutamente nada contra Zidane. Nem raiva, nem de querer ganhar dele. Só quero fazer uma grande partida, que o Bayern possa passar de fase e que possa jogar uma final. Não tenho nada contra ele ou contra o clube. Gratidão a todos eles, quero fazer uma boa partida e nada mais. Não tenho que mostrar nada a ninguém", disse James, que avisou que não comemorará caso marque um gol na semifinal: "Não, pelo simples fato de ter sido muito bem tratado aqui. Foi algo que sempre quis, estar aqui. Foram três anos únicos, onde puder ganhar títulos, praticamente ganhar tudo. É uma questão de respeito por essa gente, fui feliz aqui", disse o colombiano. No Real, Zidane fez questão de afastar o favoritismo. O treinador francês não espera um Bayern frágil no jogo do Santiago Bernabéu e vai colocar o time merengue no ataque. "Não temos que especular, pensar, fazer coisas estranhas. Temos que sair para fazer gols rapidamente. Vamos tentar fazer isso. O Bayern é um grande clube, um grande time, temos que estar preparados como nunca e fazer uma grande partida. Se fizermos isso, podemos fazer grandes coisas. Não tenho dúvidas de que o Bayern vai vir sem complexo e jogar uma grande partida." Sem Carvajal, Zidane não quis confirmar a equipe que vai a campo. Para o lugar do lateral, Nacho, que se recuperou de lesão, e Lucas Vázquez são os favoritos. "Não vou dizer o time, vamos analisar com calma. O que posso dizer é que somos uma equipe, somos muitos e podemos fazer qualquer coisa. O importante é a motivação dos jogadores, querem todos jogar, mesmo de lateral. Vamos agir com tranquilidade." Ficha técnica REAL MADRID X BAYERN DE MUNIQUE Data/Hora: 01/5/2018 - às 15h45 Local: Santiago Bernabéu, Madri (ESP) Árbitro: Cüneyt Çak?r (TUR) REAL MADRID: Navas; Nacho, Varane, Sergio Ramos e Marcelo; Kroos, Casemiro, Modri? e Isco; Asensio e Ronaldo. Técnico: Zinedine Zidane BAYERN: Ulreich; Kimmich, Hummels, Süle e Alaba; Martínez e Thiago; James, Müller e Ribéry; Lewandowski. Técnico: Jupp Heynckes

Link Notícia: https://esportes.r7.com/lance/desfalcado-bayern-enfrenta-o-real-madrid-no-santiago-bernabeu-01052018

Rodrygo descarta especulações sobre Europa e prega foco no Santos
Data: 01/05/2018

Em entrevista ao R7, o jovem evitou comentar boatos sobre o Barcelona, falou do sonho de jogar com o ídolo Neymar e de vestir a camisa da seleção

Se há uma certeza em início de temporada no futebol brasileiro é que o Santos terá uma nova promessa. Foi assim com Robinho, Neymar e Gabigol, para citar apenas três joias mais recentes da base santista. O nome da vez é de Rodrygo Góes, um adolescente de 17 anos que tem ganhado espaço no time titular e já se tornou figura conhecida dos torcedores. Ele estreou no adulto no fim da temporada de 2017, já atuou em 20 jogos e fez cinco gols pela equipe, sendo um deles pela Copa Libertadores, contra o Nacional-URU, no Pacaembu. Em entrevista exclusiva, o jogador se mostra calmo e até um pouco tímido diante dos repórteres. Procura se afastar das especulações que já envolvem o nome dele em relação ao futebol do exterior. Na última sexta-feira (27), surgiu um boato de que representantes do Barcelona teriam procurado o estafe do jogador para iniciar as negociações. “Tento manter meu foco 100% no Brasileirão. Estamos bem na Libertadores e vai começar a Copa do Brasil. São três campeonatos de responsabilidade enorme. Claro que a gente pensa (na Europa), sonha com algumas coisas. Porém, temos que fazer as coisas primeiro no presente para depois pensar no futuro”, ponderou o jovem. Início de Rodrygo Rodrygo começou a jogar ainda garoto em uma escolinha de futebol de Presidente Altino, bairro do município de Osasco, na Grande São Paulo, onde morava com a família. O pai, um lateral-direito que passou por vários clubes do interior e chegou a vestir camisas conhecidas do país, como as de Criciúma e Ceará, já sabia que tinha um talento em casa. Seu sonho era um dia enfrentar o filho em campos. Mas acabou optando por antecipar o fim da carreira – ele tem hoje apenas 33 anos – para cuidar dos negócios do filho. “Lembro que, quando era pequenino, meu pai já fazia DVDs meus e mostrava para todo mundo no time (onde jogava). E diziam para ele: ‘esse moleque tem futuro’”, recordou. O talento do menino que acompanhava o pai chamou a atenção do treinador da escolinha, que trabalhava no São Paulo. Com apenas oito anos, ainda sem completar a idade mínima para realizar os testes no clube tricolor – era preciso ter nove –, o garoto foi aprovado em uma peneira. Rodrygo no Santos Primeiro, Rodrygo ingressou no futsal são-paulino. Nessa época, por volta de 2011, durante um jogo contra o próprio Santos, o garoto despertou a atenção dos olheiros do time alvinegro. “Teve um jogo de futsal contra o Santos, fui bem e me convidaram para vir. O Santos tinha Neymar e Ganso. E eu já era santista. Tinha o sonho de jogar aqui e não pensei duas vezes”, relembrou o jogador. Atrás de ídolo Neymar A adoração por Neymar, que ele conheceu quando ainda criança, na Vila Belmiro, pode inclusive influenciar as decisões futuras na carreira de Rodrygo. O adolescente não esconde o desejo de atuar ao lado do grande ídolo. “O Neymar foi um dos principais motivos para eu vir para o Santos. Você está na arquibancada, vendo o cara dentro de campo fazendo tudo aquilo que fazia. Era um sonho. Tenho que pensar em todos os motivos (para escolher o clube), o que for melhor para mim e a minha família. Mas pode pesar, sim”, admitiu. Seleção brasileira é objetivo No entanto, a mesma serenidade que Rodrygo mantém ao falar sobre os seus projetos, ele demonstra ao comentar o desejo de vestir a camisa da seleção brasileira, apesar de já ser lembrado pela ascensão meteórica no Santos. “Claro que a gente tem o sonho. Mas tenho que ser realista. Na empolgação, as pessoas falam. Agora não é o momento. Quem sabe na próxima Copa, dependendo do meu rendimento dentro de campo. É uma coisa que trabalho para acontecer, mas é muito cedo”, avaliou. A única certeza do novo xodó da Vila quando fala em Copa é sobre o nome do craque do Mundial da Rússia em sua opinião: “Neymar”, decretou.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/futebol/rodrygo-descarta-especulacoes-sobre-europa-e-prega-foco-no-santos-01052018

De olho na liderança do grupo, Grêmio recebe o Cerro Porteño-PAR
Data: 01/05/2018

Nesta terça-feira (1º), em Porto Alegre, Grêmio e Cerro Porteño entram em campo para disputar a liderança do grupo 1 da Copa Libertadores

A noite de terça-feira (1º) promete muita emoção em Porto Alegre. A partir das 19h15 (horário de Brasília) Grêmio e Cerro Porteño entram em campo para disputar a liderança do grupo 1 da Libertadores e o vencedor pode encaminhar sua vaga para a próxima fase do torneio continental. De olho no confronto decisivo, Renato Gaúcho poupou praticamente todos os titulares no fim de semana contra o Botafogo. Apenas o atacante Luan participou do jogo, mas apesar da maratona de jogos, o camisa 7 é presença certa na Arena. Com sete pontos em três jogos e líder do grupo, o Cerro Porteño quer definir sua situação na Libertadores. O técnico Luis Zubeldia não confirmou a equipe, mas afirmou na última entrevista coletiva, que a tendência é manter a mesma equipe que encarou o Grêmio, em Assunção. Após três rodadas, o Cerro lidera a chave com sete pontos, seguido de perto pelo Grêmio com cinco, Defensor com quatro e Monagas, na lanterna do grupo, com apenas três. Prováveis Escalações: Grêmio: Marcelo Grohe; Léo Moura, Geromel, Kannemann e Bruno Cortez; Arthur, Maicon e Ramiro; Luan, Everton e Jael. Técnico: Renato Gaúcho. Cerro Porteño: Antony Silva; Raúl Cáceres, Marcos Cáceres, Juan Escobar e Santiago Arzamendia; Jorge Rojas, Rodrigo Rojas, Marcelo Palau, Willian Candia e Hernán Novick; Diego Churín. Técnico: Luis Zubeldia.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/lance/de-olho-na-lideranca-do-grupo-gremio-recebe-o-cerro-porteno-par-30042018

Resumo da rodada: Cruzeiro goleia na Libertadores e Vasco se complica
Data: 27/04/2018

Pela Liga Europa, também nesta quinta-feira (26), o Arsenal recebeu o Atlético de Madri e, mesmo com um jogador a mais, tropeçou em casa

Pela Libertadores da América, o Cruzeiro massacrou a Universidad de Chile por 7 a 0 e, com o resultado, se mantém vivo na busca por vaga nas oitavas de final da competição. Os gols foram de Thiago Neves (2), Sassá (2), De Arrascaeta, Rafinha e Rafael Sóbis. Libertadores: Vasco 1 x 1 Racing-ARG No mesmo grupo do Cruzeiro, o Vasco recebeu o Racing e saiu perdendo para os argentinos, que marcaram com Martínez. O time carioca ainda perdeu Desábato, expulso, mas empatou com Wagner. Com dois pontos, a equipe de Zé Ricardo tem vida complicada na chave. Liga Europa: Arsenal 1 x 1 Atlético de Madri Nas oitavas de final da Liga Europa, o Arsenal vacilou diante do Atlético de Madri. Com um a mais, os ingleses abriram o placar com Lacazette, mas, no fim da partida, viram a equipe da capital espanhola empatar com Griezmann. Na próxima semana, o Atlético decide a classificação às quartas em casa.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/futebol/resumo-da-rodada-cruzeiro-goleia-na-libertadores-e-vasco-se-complica-27042018

Fisiculturista sobrevive à leucemia, 5 cirurgias e é campeã: 'Não desista!'
Data: 27/04/2018

Após tetracampeonato paulista, Karím Germano conquistou título na Arnold Sports South America, maior competição da modalidade na América Latina

A campeã de 2018 da categoria Body Fitness no Arnold South America — maior evento de fisiculturismo da América Latina — pode se orgulhar não somente do título garantido dentro do palco, como também de suas conquistas fora dele. Karím Germano, que faturou o troféu mais importante de sua carreira no último domingo (22), teve de encarar a leucemia (câncer do sangue ou da medula óssea) três anos atrás. “[Ganhar esse campeonato] é a maior emoção da minha vida. O sonho da minha família. Vou levar para casa. Todo o sacrifício valeu a pena”, contou Karím, emocionada, logo após a conquista, ao R7. “Se você tem um sonho, se ama o bodybuilding como eu amo, não desista.” O caminho até a conquista foi muito mais longo do que dos vestiários ao palco de competição. "Foram cinco cirurgias. Três delas foram para retirada de tumor. Mas tenho uma coisa muito forte dentro de mim. Nunca desisto, nunca desisto. O mais impossível que possa parecer, é aí que eu gosto", desabafou Karím. Curta a página R7 Esportes no Facebook Ela disputou a competição acompanhada do técnico Gustavo Pasqualotto e do irmão Ricardo Germano. O apoio foi fundamental para esculpir o corpo e o espírito da campeã de fisiculturismo. “Minha família sempre me apoiou e não deixou desistir”, conta a campeã, que também já faturou quatro vezes o título paulista. “O trabalho que fazemos é o acompanhamento diário e a restrição até para o descanso. Estou ali para dividir a marmita, dividir o tempo. É parceria. É ser irmão. Dependemos um do outro, dando esse amparo psicológico”, explica o irmão, que sempre esteve por perto nas grandes conquistas da irmã. O mais impossível que possa parecer, é aí que eu gosto Karím Germano A luta contra a leucemia O pesadelo de Karím teve início em 2015. Ela conta, em depoimento, como foi enfrentar a doença e retomar o caminho das glórias esportivas. “Tive uma lesão medular. Isso derivou alguns tumores de sangue. Então, tive que fazer várias remoções de coágulos de sangue. O primeiro foi na costela, em 2015. Foi meu segundo ano no fisiculturismo. Foram tantas [cirurgias]. Ao todo, já fiz cinco cirurgias. De remoção de tumor, foram três. O resto foi para reparar hérnia, apêndice... Tudo isso me motivou ainda mais. Tenho alguns vestígios da doença. Mas é tudo tratável. Tenho acompanhamento médico frequentemente", comenta a esportista. "Uma vez pensei que não fosse capaz. Eu me perguntava em algumas noites: Será que tenho que insistir nisso? Não é loucura da minha cabeça? Mas nunca desisti. É a única coisa que gosto de fazer. Fico emocionada com as vitórias. Tenho orgulho de todos meus os troféus", conta Karím. "O [troféu] que mais gosto, que levo no meu coração, foi o último Paulista, em que fui tetracampeã. Tem um valor sentimental muito grande pra mim. Porque tirei o meu tumor da costela e achava que nunca ia conseguir voltar ao meu físico", relembrava ela, antes de saber seria campeã do Arnold South America.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/mais-esportes/fisiculturista-sobrevive-a-leucemia-5-cirurgias-e-e-campea-nao-desista-27042018

Vasco empata com Racing em casa e se complica na Libertadores
Data: 27/04/2018

Em São Januário, resultado foi conquistado de forma heroica, com um a menos, mas coloca equipe de Zé Ricardo em situação difícil na competição

O Vasco empatou com o Racing por 1 a 1, nesta quinta-feira (26), em São Januário, e segue com a vida complicada no Grupo 5 da Copa Libertadores da América. Com o resultado, cruzmaltinos chegam a dois pontos, enquanto os argentinos estão com sete, na liderança da chave. Assim, com Cruzeiro e Universidad de Chile com cinco pontos, o Vasco terá de vencer suas duas próximas partida se quiser se classificar à s oitavas de final. Apesar de manter a equipe de Zé Ricardo distante dos adversários, o resultado foi conquistado de forma heroica. O time cruzmaltino saiu perdendo com um gol de Lautaro Martínez, e ainda ficou em desvantagem após a expulsão de Desábato. Mesmo assim, chegou ao empate no fim da partida, com Wagner. O jogo A partida começou disputada em São Januário. Aos cinco minutos, Rildo recebeu cruzamento e tentou a bicicleta, mas mandou para fora. Aos 18, Donati cobrou falta por cima do gol de Martín Silva. Sete minutos depois, após cobrança de Pikachu, Rios tentou o desvio de cabeça, mas Musso fez boa defesa. O primeiro gol do jogo veio aos 31 minutos. Centurión fez boa jogada pela direita e acionou Lautaro Martínez na grande área. O atacante chutou, mas Martín Silva espalmou. No rebote, o próprio Martínez pegou a sobra e mandou para o fundo do gol. Aos 41 minutos, o jogo foi paralisado por conta de um confronto entre os torcedores do Racing e a polícia do Rio de Janeiro. Com a ajuda dos atletas do time argentino e Eduardo Coudet, o técnico, que acalmaram a torcida, a confusão se encerrou. Três minutos depois, boa chance para o Racing: em jogada ensaiada, Lisandro López recebeu passe pela entrada da área e chutou rasteiro, mas mandou para fora. Na etapa final, após cobrança de falta de Henrique, Werley apareceu bem e fez o cabeceio, mas mandou para fora. Aos sete, perigo para o Vasco: Neri Cardozo cobrou falta, Lisandro López cruzou fechado e, quase abaixo do gol, Pikachu tirou a bola. Dois minutos depois, Pikachu cobrou falta perigosa e Soto quase marcou um gol contra. A bola passou ao lado do gol. Com de minutos da segunda etapa, os cruzmaltinos se complicaram ainda mais. Desábato fez falta com pisão em Martínez, recebeu o segundo amarelo e foi expulso do jogo. Aos 14, quase o segundo. Após cruzamento e corte parcial da zaga do Vasco, Donati pegou a sobra e chutou, mas mandou a bola para fora. Aos 25, Rildo foi acionado na área, dividiu com Soto e desabou no gramado. Os jogadores do Vasco pediram pênalti, mas o árbitro mandou o lance seguir. Cinco minutos depois, após cruzamento e bate e rebate, Riascos pegou a sobra e chutou com força, mas mandou para fora. Aos 31, Martín Silva fez grande defesa. Em contra-ataque do Racing, Martínez recebeu ótimo passe na grande área e chutou na saída do uruguaio, que fechou o gol e impediu o segundo dos argentinos. Quatro minutos depois, após muito insistir, o Vasco conseguiu um gol heroico. Pela direita, Ríos chutou cruzado, Musso espalmou e, no rebote, Wagner finalizou para o fundo do gol. Aos 42, quase a virada do Vasco. Pikachu recebeu pela intermediária, ajeitou e chutou no canto, mas Musso fez a defesa. FICHA TÉCNICA: VASCO 1 X 1 RACING VASCO - Martín Silva; Yago Pikachu, Werley, Paulão e Henrique; Wellington (Riascos), Desábato, Thiago Galhardo (Fabrício), Wagner e Rildo (Bruno Silva); Andrés Ríos. Técnico: Zé Ricardo. RACING - Musso; Saravia, Sigali (Miguel Barbieri), Donatti e Soto; Nery Domínguez, Diego González e Neri Cardozo (Zaracho); Centurión, Lautaro Martínez e Lisandro López (Mansilla). Técnico: Eduardo Coudet. GOLS - Lautaro Martínez, aos 31 minutos do primeiro tempo. Wagner, aos 36 minutos do segundo tempo. ÁRBITRO - Diego Haro (Fifa/Peru). CARTÕES AMARELOS - Henrique, Werley (Vasco); Neri Cardozo, Miguel Barbieri, Soto, Zaracho (Racing). CARTÃO VERMELHO - Desábato (Vasco). RENDA - R$ 596.528,35. PÚBLICO - 9.911 pagantes (10.379 presentes). LOCAL - Estádio São Januário, no Rio (RJ).

Link Notícia: https://esportes.r7.com/futebol/vasco-empata-com-racing-em-casa-e-se-complica-na-libertadores-26042018

Cruzeiro atropela La U com sete gols e se mantém vivo na Libertadores
Data: 27/04/2018

Equipe de Mano Menezes aplica maior goleada desta edição do torneio contra time chileno; com o resultado, Raposa assume segundo lugar do Grupo 5

O Cruzeiro goleou a Universidad de Chile por 7 a 0, nesta quinta-feira (26), no Mineirão, pela quarta rodada da fase de grupos da Libertadores da América. Com o massacre em Belo Horizonte, a equipe mineira chegou aos mesmos cinco pontos do time chileno, mas fica com a segunda colocação graças ao saldo de gols. No primeiro lugar está o Racing-ARG, com sete. Cruzeiro começa avassalador Logo aos nove minutos de jogo, após criar duas boas chances, os donos da casa abriram o placar. Em cobrança de falta, Thiago Neves finalizou colocado e superou o goleiro Johnny Herrera. A Raposa manteve o ímpeto ofensivo e ampliou aos 17: Sassá é acionado na área e toca por cobertura sobre Herrera. Ao notar que a bola ia para fora, Rafinha chegou e completou de cabeça para o fundo das redes. Após o segundo gol, a Raposa passou a administrar o resultado, e teve nova oportunidade aos 41 minutos. De Arrascaeta recebeu passe na área e foi derrubado por Vilches. O árbitro marcou o pênalti e deu o cartão amarelo para o zagueiro. Na cobrança, Sassá deslocou o goleiro chileno e fez o terceiro do time de Mano Menezes. Se a situação já estava tranquila para os donos da casa, ficou ainda mais aos 45. Vilches parou contra-ataque do Cruzeiro com falta em De Arrascaeta e recebeu o segundo cartão amarelo, sendo expulso de jogo. Na segunda etapa, Raposa mantém o ritmo e massacra os chilenos Os cruzeirenses voltaram com força no segundo tempo, mas levaram susto no primeiro minuto: Araos recebeu cruzamento e cabeceou firme, mas Fábio fez boa defesa. Aos três, a situação ficou mais fácil para o Cruzeiro. Echeverría fez falta em De Arrascaeta com empurrão e recebeu cartão amarelo — seu segundo no jogo. O defensor foi expulso. Poucos minutos depois, aos sete, a Raposa ampliou. Pela direita, Edílson fez cruzamento preciso e De Arrascaeta chutou de primeira para marcar o quarto dos mineiros no jogo. O quinto gol veio aos 16 minutos. Sassá recebeu cruzamento de Egídio e completou para o fundo do gol, marcando seu segundo tento na partida. Aos 23, a segunda boa chance dos chilenos. Araos fez bom lance individual pela direita, deixou a marcação para trás e soltou uma bomba, mas Fábio espalmou. Quatro minutos depois, quase o sexto: De Arrascaeta recebeu belo passe de Romero e tocou por cima de Herrera, mas mandou para fora. A bola passou perto. Aos 29, mais um gol cruzeirense. De Arrascaeta acionou Romero, que escorou para o meio. Thiago Neves apareceu sozinho e chutou no canto para fazer o sexto dos donos da casa. O sétimo gol veio aos 35 minutos. Egídio fez ótimo cruzamento pela esquerda e Sóbis se antecipou a Herrera para marcar o gol e fechar a conta do jogo. FICHA TÉCNICA: CRUZEIRO 7 X 0 UNIVERSIDAD DE CHILE CRUZEIRO - Fábio; Edílson (Lucas Romero), Dedé, Léo e Egídio; Lucas Silva, Henrique (Ariel Cabral), Rafinha, Thiago Neves e Arrascaeta; Sassá (Rafael Sóbis). Técnico: Mano Menezes. UNIVERSIDAD DE CHILE - Johnny Herrera; Jara, Vilches e Echeverría; Matías Rodríguez, Reyes, Pizarro (Contreras), Beausejour, Araos e Soteldo (Rafael Caroca); Plinilla (Guerra). Técnico: Guillermo Hoyos. GOLS - Thiago Neves, aos 9, Rafinha, aos 17, e Sassá, aos 43 minutos do primeiro tempo. Arrascaeta, aos 7, e Sassá, aos 16, e 35 minutos do segundo tempo. ÁRBITRO - Roddy Zambrano Olmedo (EQU). CARTÕES AMARELOS - Henrique (Cruzeiro); Vilches e Echeverría (Universidad de Chile) CARTÕES VERMELHOS - Vilches e Echeverría (Universidad de Chile). RENDA e PÚBLICO - Não disponíveis. LOCAL - Estádio do Mineirão, em Belo Horizonte (BH).

Link Notícia: https://esportes.r7.com/futebol/cruzeiro-atropela-la-u-com-sete-gols-e-se-mantem-vivo-na-libertadores-26042018

Ex-jogador do Avaí, atleta supera depressão com o fisiculturismo
Data: 27/04/2018

"Não dormia. Não comia. Tomei muitos remédios. No fisiculturismo, recuperei minha autoestima e saúde", conta Henrique Azevedo

O catarinense Henrique Azevedo, 34, é um dos bons exemplos de superação que o esporte oferece às pessoas. Ex-lateral do Avaí, ele passou por profunda depressão com o fim precoce da carreira. Só se recuperou em um novo esporte. O atleta foi vice-campeão da categoria Men's Physique (entre amadores) do Arnold Sports South America, a maior competição do fisiculturismo na América Latina. O culturismo, como também é chamado o esporte, chegou por acaso na vida de Henrique Azevedo. O sonho do jovem era ser jogador. Jogou nas categorias de base do Avaí e, aos 17 anos, se profissionalizou. Durante a carreira nos gramados, sofreu duras lesões nos joelhos, que o tiraram do esporte — temporariamente. A aposentadoria antecipada levou o atleta à depressão. Engordou 20 quilos. "Foi uma depressão bem forte mesmo. Não comia. Não dormia. Às vezes, acordava no meio da noite para ir ao banheiro ou comer algo. Já sabia que não voltaria a dormir", relata ele ao R7. "Tomei muitos remédios. Inclusive, tomo até hoje para me manter estável", completa. O fisiculturismo me curou. Devolveu minha autoestima. É o esporte que mais amo e o que mais gosto de fazer na vida Henrique Azevedo Curta a página R7 Esportes no Facebook Henrique decidiu a mudar de vida e passou a frequentar a academia para recuperar sua forma. No início de 2016, o catarinense conheceu Eduardo Corrêa, grande nome do fisiculturismo no Brasil, que aconselhou o ex-lateral-direito a se tornar um fisiculturista. "Era o Pelé do fisiculturismo me dizendo para entrar na área (risos). Obviamente eu segui o conselho dele", relembra Henrique. Hoje, com dois anos na modalidade, foi campeão catarinense duas vezes, e, na última sexta-feira (20), foi o segundo colocado da categoria Men's Physique (entre amadores) do Arnold South America. "O fisiculturismo me curou. Devolveu minha autoestima. Minha saúde. É o esporte que mais amo e a coisa que mais gosto de fazer na vida", conta o orgulhoso atleta. Fim da carreira e depressão "Desde novo vivi a competição. Comecei na base do Avaí. Joguei lá dos oito aos 17 [anos]. Fui jogar em Palma de Mallorca, na Espanha. Mas tive uma ruptura parcial no joelho direito. Precisei voltar ao Brasil, aos 19", explica o atleta. Voltou a jogar no Avaí e em outras equipes de menor expressão. PublicidadeFechar anúncio "Aos 25, rompi o ligamento cruzado e o menisco do joelho. Tive de operar. A previsão do médico era de retorno em oito meses. Mas que, se continuasse no futebol, lesionaria o outro joelho por sobrecarga", conta Henrique. "Passei a jogar numa liga amadora de Floripa. A mais importante delas. Depois disso, fui convidado pelo Avaí para jogar Futebol de 7." Com 31 anos, o ex-jogador teve a mesma ruptura parcial de 12 anos antes. Mas no outro joelho. Decidiu, portanto, parar. "Como estava no meio da Liga Metropolitana, me recuperei em três meses. Tive tempo de pegar as quartas, a semifinal e a final. Nos sagramos campeões. Então, deixei o futebol", diz o catarinense. Se hoje goza do sucesso recente no fisiculturismo, àquela época Henrique "sentia falta do ambiente competitivo do esporte". "Foi aí que tive depressão. Um momento muito complicado para mim. Mas precisava dar um basta", relembra. No depoimento a seguir, Henrique conta como foi a descoberta do fisiculturismo, o retorno ao esporte e as conquistas na nova modalidade. Retorno ao esporte e ascensão no fisiculturismo "Teve um momento em que disse 'Chega!'. Como sempre fiz exercícios na academia, decidi retomar. Mas não no futebol. De maneira mais geral. Foi intenso. Consegui perder em seis meses o peso que tinha ganhado durante a depressão. Foi lá (na academia) onde conheci o Eduardo (Corrêa, quatro vezes no pódio do Mr. Olympia, uma das maiores competições do fisiculturismo no mundo). É um cara de uma humildade absurda. Quando ele me sugeriu competir, procurei campeonatos e vi que um dos [campeonatos] locais começaria em 40 dias. Decidi entrar e fiquei em terceiro lugar. Foi ali onde tudo começou." Henrique se mostra otimista após vice-campeonato "Hoje, dois anos depois do meu começo, creio que sou um cara que está dando certo no esporte", diz ele, cheio de orgulho. Apesar da euforia pelo vice no Arnold, o ex-jogador faz questão destacar que ainda está no início da carreira: "É só o começo da caminhada. As coisas só têm a melhorar. Estou muito feliz." "Seguirei trabalhando, batalhando. Tenho outra competição na semana que vem, e vou buscar o meu lugar”, projeta o atleta de Santa Catarina.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/mais-esportes/ex-jogador-do-avai-atleta-supera-depressao-com-o-fisiculturismo-27042018

Michel Bastos pode deixar o Palmeiras e o Sport está interessado
Data: 27/04/2018

Aos 34 anos, jogador se reunirá com empresário para decidir se cumpre o contrato até dezembro ou se busca novos ares para poder jogar mais

Michel Bastos tem contrato com o Palmeiras até dezembro deste ano, mas pode sair nos próximos dias devido à falta de espaço. O empresário do jogador, que mora no exterior, está vindo ao Brasil para ajudá-lo a bater o martelo sobre o futuro. Como mostrou o Uol Esporte, há conversa com o Sport Recife. Outros clubes também fizeram sondagens. Quem convive com o jogador de 34 anos diz que tudo depende da decisão que ele vai tomar: cumprir o contrato e tentar recuperar espaço no Verdão ou buscar novos ares para jogar com mais frequência. Se a opção for sair, o Palmeiras não deve impor grandes empecilhos. Michel começou a temporada brigando por posição com Victor Luis na lateral esquerda e chegou a ter uma sequência como titular, mas ficou para trás após a derrota por 2 a 0 para o Corinthians, em Itaquera, na primeira fase do Paulistão. A situação ficou ainda mais complicada depois que Diogo Barbosa se recuperou de lesão para assumir a lateral. Sua última partida foi a derrota por 1 a 0 para o São Caetano, em 5 de março, quando Roger escalou reservas. Ultimamente, ele tem treinado como ponta pela direita. Michel chegou ao Palmeiras no início de 2017, como grande aposta de Alexandre Mattos. Ele estava em baixa no São Paulo, onde foi perseguido pela torcida e afastado pela diretoria. No Palestra Itália, são 44 jogos e dois gols marcados. Nesta temporada, participou de seis dos 23 compromissos da equipe.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/lance/michel-bastos-pode-deixar-o-palmeiras-e-o-sport-esta-interessado-26042018

Santista Diogo Vitor é flagrado no exame antidoping e é suspenso
Data: 26/04/2018

Por prevenção, o Santos suspendeu o jovem jogador de 21 anos. A substância diagnosticada no organismo do atleta não foi informada pelo clube santista.

O atacante Diogo Vitor, do Santos, foi flagrado no exame antidoping, no jogo contra o Botafogo-SP, no última dia 21 de março, válido pelo Campeonato Paulista de 2018. Por prevenção, o Peixe suspendeu o jovem jogador de 21 anos. A substância diagnosticada no organismo do atleta não foi informada pelo clube santista. Confira a nota oficial do Alvinegro na íntegra: "O Santos FC comunica que o atleta Diogo Vitor, de 21 anos, foi pego em exame de controle de dopagem. O teste, realizado no LADETEC/RJ, foi solicitado por procedimento padrão pela FPF, no dia 21/03, na partida Santos x Botafogo/SP pelo Campeonato Paulista. O atleta já está preventivamente suspenso de suas atividades como jogador profissional do Clube e aguardará o resultado da contraprova. O Santos FC, desde já, coloca-se à disposição de Diogo Vitor neste delicado momento de sua vida."

Link Notícia: https://esportes.r7.com/lance/santista-diogo-vitor-e-flagrado-no-exame-antidoping-e-e-suspenso-26042018

Federação Paulista acerta a premiação dos clubes do Paulistão
Data: 25/04/2018

A Federação Paulista de Futebol (FPF) acertou na segunda-feira (24) o pagamento das premiações do Campeonato Paulista de 2018

A Federação Paulista de Futebol (FPF) acertou na segunda-feira (24) o pagamento das premiações do Campeonato Paulista e, além dos R$ 5 milhões repassados ao Corinthians, vencedor da competição, pagou também R$ 1,65 milhão ao Palmeiras, vice-campeão e que havia dito que não aceitaria o prêmio por causa de toda a polêmica envolvendo a arbitragem na decisão do Estadual. A entidade que comanda o futebol paulista confirmou ao Estado o acerto financeiro e afirmou que o pagamento demorou um pouco para ser realizado por uma questão burocrática, já que todos os times que continuaram na Série A1 do Paulista receberão prêmio de acordo com a classificação final. Ponte Preta e Mirassol ganharam duas premiações. Uma pela posição na tabela e outra pelo primeiro e segundo lugares, respectivamente, do Troféu do Interior. Revoltado com a atuação da arbitragem no segundo jogo da final do Campeonato Paulista, o Palmeiras recusou receber a premiação em dinheiro, além de troféus e medalhas pelo vice-campeonato. A diretoria do time alviverde tenta anular o resultado da decisão por alegar interferência externa no cancelamento da marcação do pênalti de Ralf em Dudu. Após ter o primeiro pedido arquivado pelo Tribunal de Justiça Desportiva (TJD), o clube prepara uma nova investida com outras provas. Parte dos vídeos e imagens juntadas ao processo foram obtidas pela investigação da Kroll, empresa norte-americana de inteligência contratada pelo clube. O clube decidiu não participar de cerimônias relativas à final por protesto. Logo após a decisão, o time não foi ao pódio receber medalhas e os troféus . No dia seguinte, o Palmeiras também não enviou representantes para a festa de entrega dos prêmios dos melhores do Estadual, mesmo com oito jogadores na seleção do torneio e mais o técnico Roger Machado escolhido como destaque. PublicidadeFechar anúncio O Corinthians usará 70% do valor do prêmio (R$ 3,5 milhões) para pagar aos jogadores. Já o Palmeiras não informou o que fará com o dinheiro e nem se devolverá para a FPF, já que havia dito que não aceitaria o valor. A diretoria alviverde informou ao Estado que não vai se manifestar sobre o assunto. Veja os valores que cada clube recebeu da FPF por suas campanhas no Paulistão: Campeão: Corinthians - R$ 5 milhões Vice-campeão: Palmeiras - R$ 1,65 milhão 3º colocado: São Paulo - R$ 1,1 milhão 4º colocado: Santos - R$ 880 mil 5º colocado: Novorizontino - R$ 485 mil 6º colocado: Bragantino - R$ 430 mil 7º colocado: São Caetano - R$ 375 mil 8º colocado: Botafogo-SP - R$ 325 mil 9º colocado: São Bento - R$ 270 mil 10º colocado: Ituano - R$ 215 mil 11º colocado: Ferroviária - R$ 190 mil 12º colocado: Red Bull Brasil - R$ 165 mil 13º colocado: Ponte Preta - R$ 135 mil 14º colocado: Mirassol - R$ 110 mil Campeão do Interior: Ponte Preta - R$ 360 mil Vice-campeão do Interior: Mirassol - R$ 100 mil

Link Notícia: https://esportes.r7.com/futebol/federacao-paulista-acerta-a-premiacao-dos-clubes-do-paulistao-25042018

Em casa, Cuéllar exalta Flamengo e pede vitória: 'É o maior do Brasil'
Data: 25/04/2018

Colombiano volta à sua terra natal e fala sobre jogo conta o Santa Fe-COL: "Temos que tentar levar os pontos. Só pensamos nisso"

Conhecedor do futebol colombiano, o volante Gustavo Cuéllar acredita que o Flamengo tem tudo para voltar de Bogotá com os três pontos na bagagem. Nesta quarta-feira (25), o Rubro-Negro encara o Santa Fe, às 21h45, em partida pela fase de grupos da Copa Libertadores. E mesmo com toda pressão em cima do elenco, ele fez questão de exaltar a grandeza do clube e garantiu que está tranquilo para o confronto. "Pressão só de jogar no Flamengo, já existe. É o maior time do Brasil e isso é muito normal. Temos que superar isso, tentar fazer um bom jogo que vai nos deixar ainda em situação melhor", comentou. Mesmo ciente da força do Flamengo, o volante pediu cuidado com os rivais colombianos, em especial com o atacante Morello. Foi dele o gol no Maracanã, que culminou no empate na última quarta-feira. O colombiano, inclusive, é o artilheiro da Copa Libertadores com oito gols marcados. "O time deles é muito competitivo, mostrou isso no Maracanã. Fizeram um jogo inteligente para eles lá. Deixamos eles sentirem conforto, temo que aprender que não conseguimos isso. Temos que tentar levar os pontos. Só pensamos nisso", disse. O Flamengo realizou nesta terça-feira a última atividade antes do confronto e com portões fechados para a imprensa. A tendência é que Diego, que é dúvida, retorne, assim como Everton Ribeiro, que não enfrentou o América-MG, no sábado, por estar cumprindo suspensão, no Brasileiro. Cuéllar, por sua vez, fará sua segunda partida na competição continental. Nos confronto com o River Plate (ARG) e Emelec (EQU) ele cumpria suspensão resultante da final da Copa Sul-Americana do ano passado. Ele foi punido em duas partidas.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/lance/em-casa-cuellar-exalta-flamengo-e-pede-vitoria-e-o-maior-do-brasil-25042018

Grêmio deve poupar jogadores pela Copa do Brasil contra o Goiás
Data: 25/04/2018

Dividido entre o Brasileirão e a Libertadores, Grêmio terá que se preocupar também com a Copa do Brasil diante do Goiás

Antes dividido entre o Campeonato Brasileiro e a Copa Libertadores, agora o Grêmio terá que se preocupar também com a Copa do Brasil. Sem ter disputado as fases anteriores, o time gaúcho estreia já nas oitavas de final, às 19h30 desta quarta-feira (25), diante do Goiás, no estádio Serra Dourada, em Goiânia. O técnico Renato Gaúcho confirmou que vai manter o rodízio de jogadores para superar a maratona de jogos. "Nós vamos jogar a cada três dias até chegar a Copa do Mundo. Então vou fazer o que for necessário. Posso tirar alguns jogadores ou até mais se for preciso", afirmou Renato Gaúcho, sem contudo revelar a escalação e nem os possíveis poupados. O Grêmio vai para o jogo com dúvidas. A única certeza é a ausência do lateral-direito Léo Moura, que está com um desconforto muscular na coxa direita. Madson fica com a vaga. Nas outras posições, Renato Gaúcho cogita poupar alguns jogadores por conta do duelo contra o Cerro Porteño, na próxima terça-feira, em Porto Alegre, pela Libertadores. Ele ainda não definiu se fará isso contra o Goiás ou contra o Botafogo, neste sábado, no Rio de Janeiro, pelo Brasileirão. Há quem garanta que o time possa atuar completo para tentar abrir uma boa vantagem no primeiro jogo. Em princípio, Renato Gaúcho não faz distinção entre as competições e também em relação aos adversários. "Não tem jogo fácil seja pela Copa do Brasil, Brasileiro ou Libertadores. Nós vamos seguir nossa filosofia de trabalhar jogo a jogo, degrau a degrau", revelou o técnico, lembrando da estratégia utilizada com sucesso em 2016, na conquista da Copa do Brasil, e em 2017, com o título da Libertadores. Invicto no Brasileirão, com uma vitória e um empate, o Grêmio vai encontrar um adversário instável. O Goiás vive um momento delicado, com duas derrotas em dois jogos disputados pela Série B do Brasileiro. Para chegar às oitavas da Copa do Brasil, eliminou Sinop-MT, Boa, Coritiba e Avaí nas fase anteriores. Do lado do Goiás, também há mistério em relação à escalação. O técnico Hélio dos Anjos revelou apenas que fará pelo menos uma alteração no time, mas não disse qual. A tendência é que ele promova a entrada do meia Rafinha ou outro jogador de meio de campo no lugar do centroavante Lucão, em uma mudança de esquema tático. Uma clara alteração para reforçar o meio e ganhar força na marcação.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/futebol/gremio-deve-poupar-jogadores-pela-copa-do-brasil-contra-o-goias-25042018

Brasileirão feminino começa nesta quarta com clássico nacional
Data: 25/04/2018

Santos e Flamengo fazem um dos oito jogos que abrem a competição organizada pela CBF; torneio terá duas divisões com 16 clubes

O Campeonato Brasileiro de futebol feminino começa nesta quarta-feira (25) com 16 clubes na divisão principal e uma nova fórmula de disputa elaborada pela CBF, organizadora do torneio. A intenção da entidade em modificar as regras foi ampliar o número de jogos e participantes. Serão duas divisões (Séries A-1 e A-2) com o mesmo número de equipes (16). A Série A-1 terá oito clubes paulistas (Corinthians, Santos, Portuguesa, Ponte Preta, Ferroviária, São José, Audax-SP e Rio Preto), dois pernambucanos, (Sport e Vitória-PE), além de Flamengo, Pinheirense-PA, Kindermann-SC, Foz Cataratas-PR, Iranduba-AM e São Francisco-BA. Os times serão divididos em dois grupos de oito. Todos se enfrentarão em turno e returno, sendo que os quatro primeiros estarão classificados para a próxima etapa (quartas de final). Os duelos das fases eliminatórias serão disputados em ida e volta. Os dois últimos colocados da elite — um de cada chave — serão rebaixados, enquanto os dois primeiros da divisão inferior ganham o acesso para a Série A-1 no ano que vem. Nesta quarta, oito jogos abrem a primeira rodada do Brasileirão feminino: Pinheirense-PA x Ferroviária, Santos x Flamengo, Sport x São José-SP (que terá transmissão no site da CBF), Ponte Preta x Vitória-PE, Portuguesa x Rio Preto-SP, Audax-SP x Foz Cataratas-PR, Kindermann-SC x Iranduba-AM e Corinthians x São Francisco-BA Edição de 2017 O Santos venceu o Corinthians na final e foi o campeão da edição de 2017. Pinheirense-PA (campeão) e Portuguesa (vice), subiram para a Série A-1. Outros campeões O Campeonato Brasileiro de futebol feminino foi realizado em anos anteriores, mas tinha formatos diferentes do atual. entre 2013 e 2016, os campeões foram os seguintes clubes: Adeco-SP, Ferroviária-SP, Rio Preto-SP e Flamengo.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/esportes-olimpicos/brasileirao-feminino-comeca-nesta-quarta-com-classico-nacional-25042018

Messi supera Cristiano Ronaldo e é o jogador mais bem pago do mundo
Data: 23/04/2018

Segundo a revista francesa France Football, Messi tem agora o maior salário bruto do futebol, seguido por Cristiano Ronaldo e Neymar

A revista francesa France Football divulgou nesta segunda-feira sua nova edição com o seu tradicional levantamento dos maiores salários dos jogadores e técnicos do mundo e também do Campeonato Francês. Lionel Messi, astro do Barcelona e da seleção argentina, superou Cristiano Ronaldo e agora é jogador mais bem pago do mundo entre salários, premiações e contratos publicitários. O atacante do Barça tornou-se o primeiro a superar a casa dos 100 milhões de euros (421 milhões de reais), fechando a temporada 2017/18 com 126 milhões de euros de salário (cerca de 530 milhões de reais). Cristiano Ronaldo, do Real Madrid e da seleção portuguesa, caiu uma posição e com 94 milhões de euros (396 milhões de reias), tem o segundo maior salário, seguido por Neymar (81,5 milhões de euros — 343 milhões de reais). Entre os treinadores, o português José Mourinho é o mais bem pago do mundo com um salário de 26 milhões de euros (110 milhões de reais), seguido pelo italiano Marcelo Lippi, que dirige a seleção chinesa. Confira a lista dos maiores salários do mundo segundo e do campeonato francês, segundo a France Football: Top 5 mundo (jogadores): 1º Lionel Messi (ARG/Barcelona): 126 milhões de euros (R$ 530 milhões) 2º Cristiano Ronaldo (POR/Real Madrid): 94 milhões de euros (R$ 396 milhões) 3º Neymar (BRA/PSG): 81,5 milhões de euros (R$ 323 milhões) 4º Gareth Bale (GAL/Real Madrid): 44 milhões de euros (R$ 185 milhões) 5º Piqué (ESP/Barcelona): 29 milhões de euros (R$ 122 milhões) Top 5 mundo (técnicos): 1º José Mourinho (POR/Manchester United): 26 milhões de euros (R$ 110 milhões) 2º Marcelo Lippi (ITA/Seleção Chinesa): 23 milhões de euros (R$ 97 milhões) 3º Diego Simeone (ARG/Atlético de Madri): 22 milhões de euros (R$ 93 milhões) 4º Zidane (FRA/Real Madrid): 21 milhões de euros (R$ 88 milhões) 5º Pep Guardiola (ESP/Manchester City): 20 milhões de euros (R$ 84 milhões) Top 5 Campeonato Francês (jogadores): 1º Neymar (BRA/PSG): 48,9 milhões de euros (R$ 206 milhões) 2º Cavani (URU/PSG): 18,4 milhões de euros (R$ 78 milhões) 3º Mbappé (FRA/PSG): 17,5 milhões de euros (R$ 74 milhões) 4º Thiago Silva (BRA/PSG): 15,2 milhões de euros (R$ 64 milhões) 5º Falcao García (COL/Monaco): 13,8 milhões de euros (R$ 58 milhões)

Link Notícia: https://esportes.r7.com/messi-supera-cristiano-ronaldo-e-e-o-jogador-mais-bem-pago-do-mundo-23042018

Salah é eleito o melhor jogador do Campeonato Inglês 2017/18
Data: 23/04/2018

Em eleição da Associação dos Jogadores Profissionais da Inglaterra, o egípcio Mohamed Salah, foi escolhido como o melhor jogador

A Premier League nem chegou ao fim, mas já se sabe quem é o eleito o melhor jogador da competição: o egípcio Mohamed Salah, do Liverpool, de 25 anos, em eleição promovida pela FPA, a associação dos jogadores profissionais da Inglaterra. Artilheiro da competição, ele venceu a concorrência com De Bruyne, do campeão Manchester City. Outros quatro corriam por fora: Kane (Tottenham), De Gea (Manchester United); Leroy Sané e David Silva (ambos do Manchester City). Além de artilheiro, com 31 gols, desta edição da Premier League, em 35 jogos, ele bateu um recorde no último sábado: tornou-se o maior goleador do Campeonato Inglês em uma só edição da competição, igualando Cristiano Ronaldo (2007/2008), pelo United, Alan Shearer, em 95/96, pelo Blackburn Rovers) e Luis Suárez em 2013/14, também pelo Liverpool. O meia alemão Leroy Sané, de 22 anos, do Manchester City foi eleito o melhor jogador jovem da competição. A seleção foi formada por: De Gea (Manchester United), Walker (Manchester City), Vertonghen (Tottenham), Otamendi (Manchester City), Marcos Alonso (Chelsea); David Silva, Kevin De Bruyne (Manchester City), Eriksen (Tottenham); Salah (Liverpool), Agüero (Manchester City) e Kane (Tottenham). Feliz com a conquista, Salah adotou o discurso padrão e dividiu a conquista individual com os colegas de time. - Jogo para uma equipe e não só para mim. Tenho que agradecer aos meus companheiros, aos treinadores e a todos no clube pelo que está acontecendo agora. Os jogadores me ajudaram muito a estar aqui agora e a marcar os gols. Estou muito feliz por isso - comemorou.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/lance/salah-e-eleito-o-melhor-jogador-do-campeonato-ingles-201718-23042018

Vasco empata diante da Chapecoense na Arena Condá
Data: 23/04/2018

Depois de 1º tempo ruim, Cruz-Maltino muda postura e empata em 1 a 1 na Arena Condá; falhas defensivas se repetem e ataque perde chance de vitória

Em um jogo marcado por dois tempos opostos, o Vasco empatou em 1 a 1 com a Chapecoense, na Arena Condá, pela segunda rodada do Brasileirão. Se na etapa inicial o Cruz-Maltino foi muito mal, repetindo os conhecidos erros defensivos e demonstrando pouco desejo pela vitória, o segundo tempo dá maior esperança de evolução visando as decisões pela Libertadores. Wellington Paulista abriu o placar para os mandantes e Andrés Rios garantiu o empate cruz-maltino, que ainda desperdiçou chances de vencer na etapa final. Agora, a equipe de Zé Ricardo soma quatro pontos na competição nacional. Velhos problemas... Depois da goleada sofrida diante do Racing, na Argentina, era esperado uma melhora defensiva da equipe de Zé Ricardo para o Brasileirão. Contudo, a zaga continuou sofrendo em Chapecó. Primeiro, Apodi cruzou e Arthur, sozinho, cabeceou sozinho para fora. Depois, foi a vez de Vinícius Freitas chegar ao fundo e colocar na cabeça de Wellington Paulista, que não desperdiçou. Mais uma falha de Paulão, dentre as tantas ocorridas nesta temporada. A bola aérea segue sendo um tormento para o Vasco em 2018. As mudanças Com Werley na zaga, o Vasco ganhou maior velocidade e mobilidade para marcar Arthur. Contudo, Wellington dava muitos espaços e, na frente, a entrada de Rildo não deu a força esperada pelo lado esquerdo. No segundo tempo, Thiago Galhardo ganhou a oportunidade e mudou o panorama ofensivo da equipe, que não existiu no primeiro tempo. Categoria de Rios Mais ofensivo, o Vasco voltou em cima da Chape na etapa final. E o empate veio logo aos nove minutos: Thiago Galhardo recebeu pela direita e cruzou para Rios, que, com categoria, driblou Jandrei e empatou o jogo. Mais do que a parte técnica, a postura do Cruz-Maltino foi outra. Chances perdidas Melhor no segundo tempo, o Cruz-Maltino voltou a desperdiçar grandes oportunidades de gol. Em uma delas, Wagner parou em Jandrei. Na outra, Evander - que entrou na vaga de Wellington - acabou furando, sozinho, após belo passe de Rios. Inacreditável a chance desperdiçada pelo meia, com a igualdade permanecendo no placar até o final do jogo. Próximos duelos Pelo Brasileirão, o próximo compromisso do Vasco será somente em maio, no dia 5, contra o América-MG. Antes, o Cruz-Maltino decide sua vida na Libertadores. Na quinta, a equipe recebe o Racing-ARG, em São Januário. FICHA TÉCNICA:? CHAPECOENSE 1 X 1 VASCO Local: Arena Condá, em Chapecó (SC) Data-Hora: 22/4/2018, às 16h Árbitro: Luiz Flavio de Oliveira Auxiliares: Miguel Cataneo Ribeiro da Costa e Herman Brumel Vani Cartões amarelos: Wellington (VAS) Gols: Wellington Paulista, aos 18'/1ºT (1-0); Andrés Rios, aos 9'/1ºT (1-1) CHAPECOENSE: Jandrei, Apodi, Rafael Thyere, Douglas e Vinícius Freitas; Amaral, Elicarlos, Luiz Antônio (Nadson, aos 43'/1ºT) (Leandro Pereira, aos 33'/2ºT) e Canteros; Arthur e Wellington Paulista (Vinicius, aos 27'/2ºT) T: Gilson Kleina VASCO: Martin Silva, Rafael Galhardo (Thiago Galhardo, Intervalo), Paulão, Werley e Henrique; Wellington (Evander, aos 31'/2ºT), Desábato, Yago Pikachu, Wagner e Rildo (Riascos, aos 45'/2ºT); Andrés Rios T: Zé Ricardo

Link Notícia: https://esportes.r7.com/lance/vasco-empata-diante-da-chapecoense-na-arena-conda-22042018

Corinthians bate Independiente e é líder do Grupo 7 da Libertadores
Data: 19/04/2018

Equipe de Fábio Carille se segurou em Avellaneda, no Estádio Libertadores da América; próximo do fim da partida, time chegou ao gol com Jadson

O Corinthians visitou o Independiente-ARG, em Avellaneda, nesta quarta-feira (18), pela 3ª rodada da fase de grupos da Libertadores, e saiu de campo com uma valiosa vitória por 1 a 0. Com o resultado, o Alvinegro Paulista chega a sete pontos e reassume a liderança do Grupo 7 da competição. Atrás do Timão está o Millonarios-COL, com quatro pontos e saldo de três gols. A equipe argentina também tem quatro pontos, mas ocupa a terceira colocação da chave. Argentinos têm a bola, mas Corinthians mostra eficiência O jogo começou com uma ilustração do que seriam os 90 minutos: os donos da casa procurando oportunidades para marcar, e os corintianos se defendendo bem e saindo para os contra-ataques. Aos dois minutos, após cruzamento fechado, Cássio fez boa defesa. Aos 12, Maycon foi acionado pela entrada da área, cortou para a esquerda e chutou cruzado, mas o goleiro Campaña defendeu. Seis minutos depois, Romero recebeu passe por trás de Balbuena e chutou cruzado, mas mandou para fora. Com 26 minutos de jogo, Clayson recebeu enfiada de Rodriguinho, arrancou pela esquerda, cortou para o meio e bateu colocado, mas a bola desviou na zaga e saiu pela linha de fundo, levando perigo ao gol adversário. Aos 28, Verón avançou pela direita e finalizou sem força, mas a bola desviou na defesa e quase surpreendeu Cássio, que defendeu com os pés. Teste o seu conhecimento sobre a Libertadores da América Jadson teve falta próxima da área para bater, aos 33 minutos. O meia tentou o chute colocado, e a bola passou pouco acima do gol. No minuto seguinte, em contra-ataque corintiano, Romero recebeu enfiada pela direita e, com espaço, invadiu a área e chutou de chapa, mas a finalização saiu fraca e Campaña defendeu em dois tempos. O paraguaio perdeu boa chance para abrir o placar. A um minuto do fim do primeiro tempo, Domingo tabelou pela entrada da área e chutou colocado, mas mandou para fora. A bola passou perto. Logo no início da etapa final, Clayson fez boa jogada, deixou a marcação para trás e, ao invés de finalizar, tentou novo drible e perdeu a bola e uma boa chance para marcar. Aos 23 minutos, após cruzamento pela direita e corte parcial da zaga, Meza dominou na grande área e chutou com força, mas a defesa bloqueou. Dois minutos depois, Domingo arriscou chute de fora da área e Cássio defendeu em dois tempos. Após se segurar bem durante toda a partida, o Corinthians chegou ao gol aos 35 minutos. Mateus Vital recebeu pela meia esquerda e fez cruzamento fechado. Jadson apareceu bem entre a zaga e desviou de cabeça para vencer Campaña, que ainda espalmou a bola mas não evitou que a bola entrasse em sua meta. Aos 41, o Rey de Copas teve um gol mal anulado. Após cruzamento e corte da defesa corintiana, Meza chutou e Romero, em posição legal, completou para o gol, mas o bandeirinha marcou o impedimento. No último minuto, após boa troca de passes, Fernández chutou firme pela entrada da área, mas Cássio defendeu de soco.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/futebol/corinthians-bate-independiente-e-e-lider-do-grupo-7-da-libertadores-19042018

Flamengo se complica e cede empate no Maracanã sem torcida
Data: 19/04/2018

Rubro-Negro saiu na frente com gol de Henrique Dourado, mas viu Santa Fe empatar por 1 a 1 na noite desta quarta-feira (18), pela Copa Libertadores

O Flamengo bem que saiu na frente nesta quarta-feira (18), mas desperdiçou uma oportunidade diante do Santa Fe-COL e empatou por 1 a 1, em um Maracanã punido com a ausência da torcida. Ainda assim, o Rubro-Negro lidera o Grupo 4, com cinco pontos, na terceira rodada da Copa Libertadores. As duas equipes voltam a se encontrar já na próxima rodada, mas desta vez, no El Campín, na Colômbia, para definir a liderança do grupo. A partida pela quarta rodada da fase de grupos acontece já na próxima quarta. De portões fechados ainda pela confusão na final da Copa Sul-Americana, o Flamengo não pôde contar com o apoio da sua apaixonada torcida – a diretoria rubro-negra pediu a mudança de estádio, mas não foi atendida pela Conmebol. Apesar do triste cenário no Maracanã, as coisas pareciam fáceis para o time do técnico Maurício Barbieri. Logo aos 7 minutos, Diego cobrou escanteio e Henrique Dourado se antecipou ao goleiro para, de cabeça, abrir o placar. O placar, no entanto, causou o sentimento de falsa tranquilidade na equipe. Diego ainda teve uma chance em tiro indireto na pequena área, mas desperdiçou. Aos 30 minutos, o golpe veio dos pés do artilheiro Morelo. O mesmo Diego errou a saída de bola e os colombianos marcaram. Consciente da necessidade do resultado do Grupo 4, o Flamengo pressionou demais nos minutos finais Juan e Paquetá de cabeça. Faltou o último toque que empurraria a bola para as redes. Dos próximos três jogos do Rubro-Negro na fase de grupos, dois são fora de casa: Santa Fe (fora), Emelec-EQU (casa) e River Plate-ARG (fora).

Link Notícia: https://esportes.r7.com/futebol/flamengo-se-complica-e-cede-empate-no-maracana-sem-torcida-18042018

Vasco visita o Racing-ARG para se manter vivo na Copa Libertadores
Data: 19/04/2018

Vasco busca primeira vitória na fase de grupos da Libertadores, contra o Racing-ARG nesta quinta-feira (19), no estádio El Cilindro, em Avellaneda

O Vasco vai em busca da primeira vitória na atual edição da Copa Libertadores. Depois de perder na estreia e empatar na rodada seguinte, o time carioca visitará o Racing nesta quinta-feira (19), às 19h15 (de Brasília), no estádio El Cilindro, em Avellaneda, na região metropolitana de Buenos Aires, na Argentina, em duelo válido pelo Grupo E da competição continental. A equipe comandada pelo técnico Zé Ricardo ocupa a terceira colocação na chave com apenas um ponto somado e enfrentará o time argentino, que atualmente está na liderança, com quatro. Uma vitória do Vasco embola a briga pela classificação. Um tropeço dos cariocas pode deixar a vaga bem mais distante. Zé Ricardo realizou um treino em Buenos Aires, no Centro de Treinamento do Boca Juniors, antes da partida. Na movimentação tática, a equipe teve uma série de novidades em relação ao time que começou em campo na estreia do Campeonato Brasileiro, na vitória por 2 a 1 sobre o Atlético Mineiro no último domingo. O lateral-direito Rafael Galhardo deixou a equipe. Em seu lugar, Yago Pikachu foi deslocado para o setor. A vaga aberta no meio de campo será ocupada pelo volante Bruno Silva. No ataque, o argentino Andrés Ríos deve ficar com a vaga do equatoriano Riascos. O treinador pediu ao time concentração do início ao fim. "O Racing é um time que pressiona bastante e que possui dois homens de frente com muita capacidade de decisão, que são o Centurión e o Lautaro Martinez. Teremos que suportar a pressão que vão fazer, até porque o Racing colocará um pé na classificação se vencer a partida. É um jogo fundamental para nós. Precisamos estar do primeiro ao último minuto com um alto nível de concentração", afirmou. O Racing venceu o Cruzeiro na estreia da competição, em casa, pelo placar de 4 a 2 e, como Zé Ricardo afirmou, pode encaminhar a vaga para a próxima fase com um novo triunfo sobre clube brasileiro. Para a partida, o técnico Eduardo Coudet não poderá contar com o meio-campista Diego González, expulso no empate por 1 a 1 com a Universidad de Chile, na última rodada, em Santiago. Matias Zaracho será o substituto.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/futebol/vasco-visita-o-racing-arg-para-se-manter-vivo-na-copa-libertadores-19042018

Racismo: Fifa indicia Rússia por caso em amistoso com a França
Data: 17/04/2018

Torcedores imitaram som de macacos principalmente após gol de Pogba em vitória francesa por 3 a 1, em São Petersburgo

A Fifa indiciou a Rússia, sede da Copa do Mundo 2018, por caso de racismo de seus torcedores no amistoso contra a França, disputado no dia 27 de março. A investigação se dá menos de dois meses antes do início do torneio e tem relação com incidentes ocorridos em um amistoso contra a seleção francesa no dia 27 de março. Neste jogo, que foi disputado em São Petersburgo e que terminou com derrota da Rússia por 3 a 1, foram ouvidos cânticos imitando sons de macaco direcionados a jogadores negros da França, incluindo Paul Pogba. "O processo disciplinar foi aberto contra a Federação Russa de Futebol (RFU, na sigla em inglês) por este incidente", disse a Fifa. Investigação de racismo A RFU declarou que está contribuindo com as investigações da Fifa. "Um pedido foi feito ao Ministério do Interior para identificar várias pessoas que estavam envolvidos nestes incidentes", disse o diretor antidiscriminação da federação, Alexei Smertin à agência de notícias Tass. "Se a culpa das pessoas for comprovada, então há uma grande probabilidade de eles não terem permissão para assistir os jogos da Copa do Mundo e do Campeonato Russo". A Rússia foi acusada anteriormente de comportamento racista dos seus torcedores na duas últimas edições da Eurocopa. Em ambas as ocasiões, a federação do país pagou multas. Trata-se do terceiro caso de racismo nesta temporada em São Petersburgo, que receberá uma das semifinais da Copa do Mundo. Antes, o Zenit enfrentou duas denúncias por situações semelhantes em jogos da Liga Europa. Em uma delas, em dezembro, o time russo foi multado porque um torcedor exibiu uma faixa que elogiava Ratko Mladic, ex-militar sérvio, responsável pelo Massacre de Srebrenica, em julho de 1995, que resultou na morte de oito mil muçulmanos bósnios. Esse incidente se deu em duelo com o Vardar, da Macedônia. O outro caso de racismo foi contra um jogador negro do RB Leipzig e será julgado em 31 de maio pela Uefa.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/copa-2018/racismo-fifa-indicia-russia-por-caso-em-amistoso-com-a-franca-17042018

Grêmio e Cerro Porteño medem força pela liderança do Grupo 1
Data: 17/04/2018

Líderes da chave, brasileiros e paraguaios tentam encaminhar a vaga para a próxima fase com três pontos fundamentais

Um duelo que promete agitar a América do Sul, nesta terça-feira (17). Assim podemos definir o encontro do Cerro Porteño com o Grêmio na terceira rodada do Grupo 1 da Libertadores. Com seis pontos em dois jogos, o time paraguaio quer encaminhar sua vaga para a próxima fase diante do atual campeão, que sonha com três pontos para assumir a liderança da chave. O Cerro chega para o duelo empolgado. Além do bom início na Liberta, o Ciclón goleou o Nacional no clássico de Assunção no último fim de semana e encheu a torcida de expectativa. Agora, o desejo é que o time repita a atuação do sábado e mantenha a invencibilidade no certame internacional. Já o Grêmio vem em ascensão. Após um início de temporada complicado, o Tricolor evoluiu, engatou uma boa sequência de vitórias e levou os títulos da Recopa Sul-Americana e Gauchão. No Brasileirão, o clube mostrou sua força e ganhou do badalado Cruzeiro dentro de casa. Apesar da empolgação, o técnico Renato Gaúcho não vai contar com o craque Luan, que sentiu um desgaste físico devido a maratona e assiste ao duelo pela TV. Cerro Porteño e Grêmio se enfrentam a partir das 21h30 (horário de Brasília). Possíveis escalações: Cerro Porteño: Antony Silva; Raúl Cáceres, Marcos Cáceres, Ignacio Pallas e Santiago Arzamendia; Rodrigo Rojas, Juan Aguilar, Jorge Rojas e Óscar Ruíz; Alfio Oviedo e Diego Churín. Técnico: Leonel Álvarez. Grêmio: Marcelo Grohe; Léo Moura, Pedro Geromel, Kannemann e Bruno Cortez; Maicon, Arthur, Ramiro, Cícero e Everton; Jael. Técnico: Renato Gaúcho.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/lance/gremio-e-cerro-porteno-medem-forca-pela-lideranca-do-grupo-1-17042018

Palmeiras sai na frente, mas cede empate ao Botafogo no Engenhão
Data: 17/04/2018

Sob os olhares de Tite, time alviverde abriu o placar com golaço de Guerra, mas defesa falhou e cedeu o empate na estreia de ambos no Brasileirão

Palmeiras e Botafogo empataram em 1 a 1 na estreia de ambos os clubes no Campeonato Brasileiro, em jogo disputado nesta segunda-feira (16), no Engenhão, no Rio de Janeiro, que contou com a presença do técnico Tite e do coordenador da seleção brasileira Edu Gaspar. O meia colombiano Alejandro Guerra foi o autor do gol palmeirense. Igor Rabello empatou para o Botafogo. O Palmeiras começou melhor que o time mandante e mesmo com o inesperado desfalque do colombiano Borja — sentiu dores no joelho e não viajou com o grupo —, foi dono das melhores ações ofisenvas. A equipe paulista teve mais posse de bola nos primeiros 20 minutos e assustou o goleiro Gatito Fernández em duas grandes jogadas. Na primeira, aos 5 minutos, Keno fez grande jogada pela esquerda e cruzou para Willian, que mergulhou para cabecear. O goleiro botafoguense tirou a bola com os pés. No segundo lance, Lucas Lima lançou para o lateral-esquerdo Diogo Barbosa, que cruzou rasteiro para Willian, mas a bola ganhou muita força e o atacante palmeirense não conseguiu alcançá-la. O primeiro bom momento do Bofafogo ocorreu somente aos 29 minutos, quando o atacante Brenner recebeu passe na intermediária e, sem marcação, decidiu arriscar para o gol. O chute foi forte e assustou o goleiro Jailson. O lance parece ter animado o time botafoguense, que passou a ficar mais com a bola e chegar mais próximo da área palmeirense. PALMEIRAS: Roger Machado após empate com Botafogo: "Muitos erros de passes" Outra ótima oportunidade para o time da casa aconteceu logo depois com o atacante chileno Leo Vacencia, que bateu forte e que obrigou Jailson a espalmar para a linha de fundo. Em seguida, Rodrigo Lindoso desferiu outro bom chute de fora da área, mas a bola saiu pela linha de fundo. Brenner ainda teve grande chance para fazer o segundo gol, mas dominou com o braço após rebote de Jailson. Do outro lado, Guerra desperdiçou boa jogada com chute alto demais. Segundo tempo Na segunda etapa, o time paulista parece ter voltado com mais disposição. Novamente, o Palmeiras tomou conta do jogo nos primeiros minutos mas, desta vez, conseguiu marcar o gol. Aos 8 minutos, o time alviverde tramou uma grande jogada que terminou no gol do colombiano Guerra. O lance começou com um ótimo pase do atacante Keno para Dudu. O capitão da equipe alviverde dominou, tirou o zagueiro e tocou de calcanhar para a passagem do meia Guerra, que tocou na saída de Gatito: 1 a 0. Logo em seguida, o Palmeiras teve a chance de ampliar o marcador com Willian, que recebeu na área em outro passe de calcanhar, agora de Guerra, girou e bateu forte para o gol, mas Gatito conseguiu espalmar para a linha de fundo. O Botafogo tentou reagir e chegou algumas vezes ao ataque com cruzamentos e cobranças de escanteio, mas sem criar grandes problemas para a meta de Jailson. Do outro lado, o Palmeiras passou a errar muitos passes. Mas o time alvinegro quase empatou, aos 33 minutos, em jogada que começou com cruzamento vindo da direita. O centroavante Kieza, que havia acabado de entrar em campo, disputou com Jailson. Ambos trombaram, a bola ficou livre na pequena área e o atacante botafoguense furou espetacularmente. Mas a arbitragem impugnou o lance, marcando falta no goleiro palmeirense. O Botafogo insistiu e empatou a partida aos 35 em uma falha da defesa do Palmeiras. Após confusão na área, a bola sobrou para o zagueiro Igor Rabello, que furou na primeira tentativa, mas teve a sorte de pegar o rebote e chutar para as redes. Empolgados pelo gol, os botafoguenses partiram para o ataque e quase viraram o marcador com Leo Valencia, mas Jailson espalmou. Na jogada seguinte, o Palmeiras desceu em um grande contra-ataque, mas Keno se atrapalhou depois de receber passe de Dudu e deu chance para a chegada da zaga. As equipes ainda se esforçaram até o final, mas o empate prevaleceu no Rio de Janeiro. Próxima rodada O Palmeiras voltará jogar pelo Brasileirão no próximo domingo, às 16 horas, contra o Internacional, no estádio do Pacaembu, em São Paulo (o Allianz Parque receberá o show da banda inglesa Radiohead). Um dia depois, às 20 horas, o Botafogo visitará o Sport, na Ilha do Retiro, em Recife. Antes disso, o time carioca tem compromisso pela Copa Sul-Americana. Na quarta-feira, o Botafogo recebe o Audax Italiano-CHI, no Engenhão, no jogo da volta pela primeira fase do torneio continental. Na partida de ida, os brasileiros venceram por 2 a 1, de virada. BOTAFOGO 1 X 1 PALMEIRAS BOTAFOGO - Gatito Fernández; Marcinho, Carli, Igor Rabello e Gilson; Rodrigo Lindoso, Matheus Fernandes (Kieza), Gustavo (Marcos Vinícius), Leo Valencia e Leandro Carvalho (Rodrigo Pimpão); Brenner. Técnico: Alberto Valentim. PALMEIRAS - Jailson; Marcos Rocha, Antônio Carlos, Thiago Martins e Diogo Barbosa; Felipe Melo, Bruno Henrique (Moisés) e Lucas Lima (Guerra); Dudu, Keno e Willian (Deyverson). Técnico: Roger Machado. GOLS - Guerra, aos oito, e Igor Rabello, aos 31 minutos do segundo tempo. ÁRBITRO - Ricardo Marques Ribeiro (MG) CARTÕES AMARELOS - Diogo Barbosa, Marcos Rocha, Felipe Melo e Dudu. RENDA - R$ 207.880,00. PÚBLICO - 7.020 pagantes. LOCAL - Engenhão, no Rio.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/futebol/palmeiras-sai-na-frente-mas-cede-empate-ao-botafogo-no-engenhao-17042018

Cássio e Danilo entre os jogadores com mais títulos pelo Corinthians
Data: 09/04/2018

Goleiro e atacante chegam ao oitavo título oficial pelo clube, igualando marca de outros seis jogadores com mais títulos na história do Corinthians

Herói do Corinthians na conquista do bicampeonato paulista, ao defender dois pênaltis na decisão contra o Palmeiras, o goleiro Cássio chegou ao seu oitavo título pelo clube desde sua chegada, em 2012. Terceiro goleiro que mais defendeu o Corinthians na história, com 341 jogos, atrás de Ronaldo (602 partidas) e Gilmar (395), Cássio foi campeão da Libertadores (2012), Mundial de Clubes (2012), Paulista (2013), Recopa Sul-Americana (2013), Brasileiro (2015), Paulista (2017), Brasileiro (2017) e Paulista (2018), pelo Corinthians. Já o atacante Danilo, que entrou no final da partida contra o Palmeiras e converteu um dos pênaltis para o Corinthians, tem quase o mesmo número de jogos de Cássio (340), conquistou também seu 8º título pelo Corinthians. Além do Paulistão de 2018, o jogador já havia vencido o torneio em 2013, além dos Brasileiros de 2011, 2015 e 2017, da Recopa Sul-Americana de 2013, da Libertadores de 2012 e do Mundial de Clubes de 2012. Considerando apenas os jogadores que entraram em campo nas conquistas (critério adotado pelo jornalista e historiador Celso Unzelte, do Almanaque do Corinthians), Cássio e Danilo figuram agora entre os jogadores com mais títulos de competições oficiais pelo Corinthians ao lado de Neco, Del Debbio, Marcelinho Carioca, Kléber, Chicão e Alessandro. Marcelinho Carioca, que ganhou ainda dois torneios amistosos, a Copa Bandeirantes, em 1994, e o Troféu Ramón de Carranza, em 1996, é o maior campeão em número de títulos absolutos, considerando torneios oficiais e amistosos. Se consideramos jogadores que estavam no grupo, mas não entraram em campo, o goleiro Júlio César entra na lista dos maiores campeões com nove conquistas. Além de jogar e ser campeão Paulista (em 2013), Brasileiro (2005 e 2011), Série B do Brasileiro (2008) e Libertadores (2012), Júlio César ficou só no banco nos títulos Paulista (2009), Copa do Brasil (2009), Mundial de Clubes (2012) e Recopa Sul-Americana (2013). Já Danilo, que foi banco só no Paulista de 2017, também chega a sua 9ª conquista dessa forma. Jogadores com mais títulos oficiais pelo Corinthians, que entraram em campo pelo menos uma vez na campanha: Armando Del Debbio, zagueiro - campeão paulista (1922, 1923, 1924, 1928, 1929, 1930, 1937 e 1939) Neco, meia - campeão paulista (1914, 1916, 1922, 1923, 1924, 1928, 1929 e 1930) Kléber, lateral-esquerdo - campeão paulista (1999, 2001 e 2003), do Rio-São Paulo (2002), da Copa do Brasil (2002), do Brasileiro (1998 e 1999) e do Mundial de Clubes (2000) Marcelinho Carioca, meia - campeão paulista (1995, 1997, 1999 e 2001), da Copa do Brasil (1995), do Brasileiro (1998 e 1999) e do Mundial de Clubes (2000) Chicão, zagueiro - campeão paulista (1999 e 2013), da Série B (2008), da Copa do Brasil (2009), do Brasileiro (2011), da Libertadores (2012), do Mundial de Clubes (2012) e da Recopa Sul-Americana (2013) Alessandro, lateral-direito - campeão paulista (1999 e 2013), da Série B (2008), da Copa do Brasil (2009), do Brasileiro (2011), da Libertadores (2012), do Mundial de Clubes (2012) e da Recopa Sul-Americana (2013) Cássio, goleiro - campeão paulista (2013, 2017 e 2018), do Brasileiro (2015 e 2017), da Libertadores (2012), do Mundial de Clubes (2012) e da Recopa Sul-Americana (2013) Danilo, atacante - campeão paulista (2013 e 2018), do Brasileiro (2011, 2015 e 2017), da Libertadores (2012), do Mundial de Clubes (2012) e da Recopa Sul-Americana (2013)

Link Notícia: https://esportes.r7.com/prisma/futebol-em-numeros/cassio-e-danilo-entre-os-jogadores-com-mais-titulos-pelo-corinthians-09042018

Vinte estaduais serão decididos neste fim de semana pelo Brasil
Data: 06/04/2018

Três finais serão disputadas no sábado (7), enquanto no domingo (8) serão conhecidos mais dezessete campeões estaduais de 2018

Dos 27 Campeonato Estaduais de 2018, 20 serão decididos nesse próximo fim de semana. Até aqui, apenas um Estadual já conheceu seu campeão: o ABC, que foi tricampeão potiguar. No sábado (7), serão definidos os campeões do Amazonense (Manaus ou Fast), do Brasiliense (Sobradinho ou Brasiliense) e do Capixaba (Real Noroeste ou Serra). Já no domingo (8), outros 17 campeões estaduais serão definidos, com destaque para os principais campeonatos (Paulista, Carioca, Mineiro, Gaúcho, Baiano, Pernambucano, Paranaense, Catarinense, Goiano e Paraense). Após esse fim de semana, a bola ainda segue rolando em mais seis campeonatos estaduais pelo Brasil, no Amapá, Piauí, Rondônia, Roraima, Sergipe e Tocantins. Confira as datas, locais e horários das finais dos Estaduais de 2018: Campeonato Paulista Jogo de ida 31/3 (sábado) – Arena Corinthians – 16h30 Corinthians 0 x 1 Palmeiras Jogo de volta 8/4 (domingo) – Allianz Parque – 16h Palmeiras x Corinthians O Palmeiras joga pelo empate para ser campeão. Vitória do Corinthians por um gol de diferença leva a decisão para os pênaltis. Campeonato Carioca Jogo de ida 1°/4 (domingo) – Engenhão – 16h Botafogo 2 x 3 Vasco Jogo de volta 8/4 (domingo) – Maracanã – 16h Vasco x Botafogo O Vasco joga pelo empate para ser campeão. Vitória do Botafogo por um gol de diferença leva a decisão para os pênaltis. Campeonato Mineiro Jogo de ida 1°/4 (domingo) – Independência – 16h Atlético-MG 3 x 1 Cruzeiro Jogo de volta 8/4 (domingo) – Mineirão – 16h Cruzeiro x Atlético-MG O Atlético-MG pode perder por um gol de diferença para ser bicampeão. Vitória do Cruzeiro por dois gols de diferença leva a decisão para os pênaltis. Campeonato Gaúcho Jogo de ida 1°/4 (domingo) – Arena do Grêmio – 16h Grêmio 4 x 0 Brasil de Pelotas Jogo de volta 8/4 (domingo) – Bento Freitas, Caxias do Sul – 16h Brasil de Pelotas x Grêmio O Grêmio pode perder por até três gols de diferença para ser campeão. Vitória do Brasil por quatro gols de diferença leva a decisão para os pênaltis. Campeonato Baiano Jogo de ida 1°/4 (domingo) – Fonte Nova – 16h Bahia 2 x 1 Vitória Jogo de volta 8/4 (domingo) – Barradão – 16h Vitória x Bahia O Bahia joga pelo empate para ser campeao. O Vitória precisa vencer por dois gols de diferança para ser campeão. Se ganhar por um gol de diferença, leva a decisão para os pênaltis. Campeonato Pernambucano Jogo de ida 1°/4 (domingo) – Lacerdão, Caruaru – 16h Central 0 x 0 Náutico Jogo de volta 8/4 (domingo) – Arena Pernambuco – 16h Náutico x Central Quem vencer será campeão. Novo empate leva a decisão para a disputa por pênaltis. Campeonato Paranaense Jogo de ida 1°/4 (domingo) – Couto Pereira – 16h Coritiba 1 x 0 Atlético-PR Jogo de volta 8/4 (domingo) – Arena da Baixada – 16h Atlético-PR x Coritiba O Coritiba joga pelo empate para ser campeao. Vitória por um gol de diferença do Atlético-PR leva a decisão para os pênaltis. Campeonato Goiano Jogo de ida 1°/4 (domingo) – Aníbal Toledo – 16h Aparecidense 0 x 0 Goiás Jogo de volta 8/4 (domingo) – Serra Dourada – 16h Goiás x Aparecidense Quem vencer será campeao. Novo empate leva a decisão para os pênaltis. Campeonato Paraense Jogo de ida 1°/4 (domingo) – Mangueirão – 16h Paysandu 1 x 2 Remo Jogo de volta 8/4 (domingo) – Mangueirão – 16h Remo x Paysandu O Remo joga por um empate para ser campeão. Vitória por um gol de diferença do Paysandu leva a disputa para o pênaltis. Campeonato Catarinense Jogo único 8/4 (domingo) – Arena Condá - 16h Chapecoense x Figueirense Não há vantagem para nenhum time. Quem vencer fica com a taça. Empate leva a decisão para os pênaltis Campeonato Cearense Jogo de ida 4/4 (quarta-feira) – Castelão - 21h45 Ceará 2 x 1 Fortaleza Jogo de volta 8/4 (domingo) – Castelão - 16h Fortaleza x Ceará O Ceará joga empate para ser campeão. O Forteleza precisa vencer por qualquer placar para ser campeão. Campeonato Acreano Jogo de ida 4/4 (quarta-feira) – Arena da Floresta – 19h Galvez 2 x 2 Rio Branco Jogo de volta 8/4 (domingo) – Florestão – 17h Rio Branco x Galvez Não há vantagem para nenhum time. Quem vencer fica com a taça. Novo empate leva a decisão para os pênaltis. Campeonato Alagoano Jogo de ida 1°/4 (domingo) – Rei Pelé – 16h CSA 0 x 1 CRB Jogo de volta 8/4 (domingo) – Rei Pelé – 16h CRB x CSA O CRB joga empate para ser tetracampeão. O CSA precisa ganhar por dois gols de diferença. Vitória por um gol do CSA leva a decisão para os pênaltis. Campeonato Amazonense Jogo único 7/4 (sábado) – Arena da Amazônia – 15h Manaus x Fast Não há vantagem para nenhum time. Em caso de empate no tempo normal, haverá prorrogação. Persistindo o empate, a decisão será nos pênaltis. Campeonato Brasiliense Jogo de ida 31/3 (sábado) – Mané Garrincha – 16h15 Sobradinho 0 x 1 Brasiliense Jogo de volta 7/4 (sábado) – Mané Garrincha – 16h15 Brasiliense x Sobradinho O Brasiliense joga empate para ser bicampeão. O Sobradinho precisa ganhar por dois gols de diferença. Vitória por um gol do Sobradinho leva a decisão para os pênaltis. Campeonato Capixaba Jogo de ida 31/3 (sábado) – Águia Branca – 16h10 Real Noroeste 0 x 1 Serra Jogo de volta 7/4 (sábado) – Kléber Andrade – 16h10 Serra x Real Noroeste O Serra joga empate e pode até perder por um gol de diferença para para ser campeão. O Real Noroeste precisa ganhar por dois gols de diferença para levantar a taça. Campeonato Maranhense Jogo de ida 5/4 (quinta-feira) – Castelão – 21h45 Moto Club 3 x 0 Imperatriz Jogo de volta 8/4 (domingo) – Frei Epifânio – 18h30 Imperatriz x Moto Club O Moto Club pode até perder por dois gols de diferença para ser campeao. Vitória por três gols de diferença do Imperatriz leva a decisão para os pênaltis. Campeonato Mato-grossense Jogo de ida 4/4 (quarta-feira) – Municipal de Sinop – 20h45 Sinop 0 x 2 Cuiabá Jogo de volta 8/4 (domingo) – Arena Pantanal – 15h Cuaibá x Sinop O Cuiabá pode até perder por um gol de diferença para ser campeao. Vitória por dois gols de diferença do Sinop leva a decisão para os pênaltis. Campeonato Paraibano Jogo de ida 5/4 (quinta-feira) – Amigão – 20h30 Campinense 1 x 0 Botafogo Jogo de volta 8/4 (domingo) – Almeidão – 19h Botafogo x Campinense O Campinense joga pelo empate para ser campeao. Vitória por qualquer placar garante o bicampeonato ao Botafogo. Campeonato Sul-Mato-Grossense Jogo de ida 1°/4 (domingo) – Arthur Marinho – 15h Corumbaense 1 x 0 Operário-MS Jogo de volta 8/4 (domingo) – Morenão – 15h Operário-MS x Corumbaense O Corumbaense joga pelo empate para ser campeao. Vitória por qualquer placar garante o título ao Operário-MS.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/futebol/vinte-estaduais-serao-decididos-neste-fim-de-semana-pelo-brasil-06042018

Juventus e Real Madrid reeditam final da última Liga dos Campeões
Data: 03/04/2018

Um dos grandes líderes da Juve, Chiellini não enxerga partida como revanche da decisão de 2017; técnico do Real, Zidane elogia defesa adversária

Na reedição da final da última temporada, Juventus e Real Madrid se enfrentam nesta terça-feira (3), em Turim, na primeira partida das quartas de final da Liga dos Campeões. É a grande chance da Velha Senhora devolver na mesma moeda à decisão em Cardiff em 2016/17, quando os Merengues fizeram 4 a 1 e ficaram com o seu 12º título da competição. O sentimento de vingança, contudo, deve ficar apenas na torcida da Juventus. Pelo menos foi o que garantiu o experiente zagueiro Giorgio Chiellini, em entrevista coletiva nesta segunda-feira, na véspera da partida. "Eu não acho que essa partida seja uma vingança. Quando você vai longe nesta competição, mais cedo ou mais tarde você tem que enfrentar o Real Madrid ou o Barcelona, ??que são os melhores times do mundo atualmente. Felizmente também temos boas lembranças contra eles", disse Chiellini. A Juventus tem dois desfalques certos por suspensão. Bentancur e Marchisio brigam pela vaga de Pjanic. Na zaga, a dúvida fica por conta de Barzagli ou Rugani no lugar de Benatia. Além disso, Massimiliano Allegri não sabe se contará com Mandzukic e Alex Sandro, que são dúvidas. O treinador destacou ainda a boa fase de Dybala, que voltou a jogar bem após lesão. "Estou convencido de que a Dybala fará uma ótima partida. Ele jogou alguns jogos recentemente depois de recuperar de lesão e ele está em ótima forma. Alex Sandro e Mandzukic estão bem, podem ser muito úteis até no banco. Veremos." Allegri fez questão de elogiar o Real Madrid, algoz na última temporada e recordista de títulos da Liga dos Campeões. "O Real Madrid ganhou 12 Ligas dos Campeões. É uma equipe extraordinária, mas acho que a Juventus estará no mesmo nível. Enfrentar o melhor é sempre ótimo para quem trabalha no futebol. É a recompensa por alcançar as quartas ou semifinais desta competição", garantiu o treinador. A tendência é que a Juventus entre em campo com Buffon; De Sciglio, Barzagli (Rugani), Chiellini e Asamoah; Khedira, Bentancur (Marchisio) e Matuidi; Dybala, Douglas Costa e Douglas Costa. Real Madrid chega completo Após descansar alguns de seus principais jogadores contra o Las Palmas, no sábado, o Real Madrid chega completo para a encarar a Juventus. O único desfalque é o reserva Nacho, que vai ficar fora por um mês. Com os titulares à disposição, fica uma dúvida na escalação. Zinedine Zidane não adiantou o time que vai a campo contra a Juventus. Quatro jogadores brigam por um lugar na equipe titular, mas Isco e Bale saem na frente na disputa. Zidane falou, em entrevista coletiva, sobre a declaração de Isco, após amistoso contra a Argentina, quando fez três gols na goleada por 6 a 1. O meia espanhol afirmou que não tem continuidade como titular do Real Madrid. "Espero que o jogador não pense assim, porque aqui não é assim. Para mim não há substitutos, tenho 25 jogadores muito bons e vou usar todos eles. Há momentos em que alguns jogam mais. Talvez com a seleção do Isco seja diferente, pois lá tem seis, sete... oito jogos e aqui 60, sendo que jogamos a cada três dias. É meu conceito de treinamento", disse o comandante do Real. O comandante francês, mais uma vez, elogiou o sistema defensivo da Juventus, apesar da saída de Bonucci. Contudo, Zidane alertou o seus jogadores sobre o poderio ofensivo da Velha Senhora, com Dybala, Higuaín e Douglas Costa. "A defesa da Juventus sempre foi muito forte e eles estão confirmando nesta temporada também. Eles são um time completo e nós teremos que ser muito cuidadosos com sua forte defesa, mas também com seus perigosos atacantes. Como eu disse, eles são fortes em todos os setores", afirmou o treinador. "Estamos aqui para jogar um bom jogo, mas certamente a final em Cardiff não tem nada a ver com o jogo de amanhã (terça) e não vamos pensar nisso. É uma história completamente diferente", completou o francês. O Real Madrid deve ir a campo com: Navas, Carvajal, Varane, Sergio Ramos e Marcelo; Casemiro, Kroos e Modric; Isco (Bale), Benzema e Cristiano Ronaldo.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/lance/juventus-e-real-madrid-reeditam-final-da-ultima-liga-dos-campeoes-03042018

Gabriel Jesus leva ovada dos amigos Fernandinho e Ederson
Data: 03/04/2018

Atacante do Manchester City e da seleção brasileira está completando 21 anos nesta terça e Bernardo, jogador português também se deu mal

Para comemorar os 21 anos completados nesta terça-feira, Gabriel Jesus levou a tradicional ovada. A brincadeira foi comandada pelos colegas brasileiros Fernandinho e Ederson, que pode ser vista em vídeo publicado nas redes sociais do goleiro. O mais curioso é que o português Bernardo Silva, alvo constante das brincadeiras do trio brasileiro, também acabou levando ovadas já no vestiário do clube. Além da brincadeira, Gabriel Jesus recebeu também o carinho da mãe pelas redes sociais. Dona Vera fez uma bonita declaração ao filho e viajou para Manchester para passar a data especial ao lado do atacante.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/lance/gabriel-jesus-leva-ovada-dos-amigos-fernandinho-e-ederson-03042018

Palmeiras vence Santos nos pênaltis e vai à final do Campeonato Paulista
Data: 28/03/2018

Peixe bateu Verdão no tempo normal por 2 a 1; nas penalidades, Jailson defendeu cobrança de Diogo Vitor e ajudou equipe a avançar à decisão

Palmeiras e Santos se enfrentaram nesta terça-feira (27), no Pacaembu, pelo jogo de volta das semifinais do Campeonato Paulista. No tempo normal, o Peixe bateu o Verdão por 2 a 1 e levou a partida para os pênaltis. Nas penalidades, o time de Roger Machado venceu por 5 a 3 e chegou à decisão do Paulistão. Pelo Palmeiras, Dudu, Tchê Tchê, Victor Luis, Moisés e Guerra converteram. Pelo lado santista, Gabigol, Jean Mota e Arthur Gomes fizeram os seus. O meia Diogo Vitor parou na defesa de Jailson. O Palmeiras espera o vencedor de Corinthians x São Paulo, nesta quarta, no Itaquerão para saber quem será seu adversário na final, que terá o primeiro jogo neste fim de semana. Já o Santos volta a campo apenas pela Libertadores, na próxima semana. Na quinta-feira, o Peixe visita o Estudiantes, em Buenos Aires, pelo Grupo 6 da competição. O jogo começou com o Palmeiras em cima do Santos. Aos oito minutos de jogo, Keno avançou pela esquerda, levou para a linha de fundo e cruzou rasteiro com perigo, mas a defesa santista cortou. No lance seguinte, o camisa 11 palmeirense fez boa jogada pela intermediária e arriscou o chute, mas mandou para longe do gol. Aos 13 minutos, o Santos acabou com a vantagem criada pelo Palmeiras no jogo de ida. Após cruzamento de Daniel Guedes, Eduardo Sasha apareceu sozinho para cabecear com força e abrir o placar. A comemoração santista, porém, durou pouco. Com 16 minutos de jogo, após corte parcial de Alison, o volante Bruno Henrique pegou a sobra de fora da área e encheu o pé para empatar o jogo. Aos 27, Felipe Melo arriscou chute de fora da área e levou perigo a Vanderlei, mas a bola foi para fora. Sete minutos depois, o volante voltou a assustar com bomba de fora da área, que passou pouco acima do travessão. Após minutos de superioridade palmeirense, o Santos voltou à frente do placar. Aos 39, Gabriel teve boa chance e finalizou de canhota e a bola explodiu em Sasha. Na sobra, Rodrygo dominou e completou no canto de Jailson para marcar o segundo gol do Peixe. Aos 42, em cobrança de falta, Bruno Henrique mandou no ângulo, mas Vanderlei fez grande defesa. Três minutos depois, nova falta para os donos da casa. Victor Luis soltou a bomba, mas o goleiro santista defendeu mais uma vez. Na etapa final, logo aos dois minutos, o Palmeiras assustou. Willian recebeu cruzamento na área e cabeceou com perigo, mas mandou para fora. Nos minutos seguintes, o Verdão seguiu indo para cima do Peixe em busca do empate, mas encontrou pouco espaço na defesa adversária. Aos 24, quase um gol contra. Willian recebeu passe na entrada da área e tentou o giro, mas a zaga cortou e a bola passou perto da trave de Vanderlei. Aos 38, em falta pela esquerda, Dudu cruzou aberto e Vanderlei tirou de soco. Na sequência, Keno pegou a sobra, levou para o meio e chutou de canhota, mas a bola foi para fora. A um minuto do fim do tempo regulamentar, Jean Mota pegou sobra pela meia esquerda e soltou uma bomba, e a bola passou pouco acima do travessão. EsportesR7 no YouTube. Inscreva-se O Canarinho 'Pistola' é o melhor símbolo do Brasil depois do 7 a 1

Link Notícia: https://esportes.r7.com/futebol/palmeiras-vence-santos-nos-penaltis-e-vai-a-final-do-campeonato-paulista-27032018

Temer busca nome para substituir Meirelles no Ministério da Fazenda
Data: 26/03/2018

Os mais cotados são Dyogo Oliveira, ministro do Planejamento, e os secretários do Ministério da Fazenda Eduardo Guardia e Mansueto Almeida

A confirmação da saída de Henrique Meirelles do comando da Fazenda para tentar se viabilizar como candidato nas eleições à Presidência da República oficializa a corrida para quem irá sucedê-lo na liderança da pasta. Três nomes estão na disputa: o atual secretário-executivo da Fazenda, Eduardo Guardia, o secretário de Acompanhamento Fiscal do Ministério, Mansueto Almeida e o ministro do Planejamento, Dyogo Oliveira. Dos três, Dyogo Oliveira seria o menos cotado. Ele é o nome de confiança do líder do governo no Senado e presidente nacional do MDB, o senador Romero Jucá (RR). Meirelles vai se dedicar à candidatura nos próximos dias Em que pese ter sido o responsável pela estratégia de saques das contas inativas do FGTS no ano passado, celebrada por Temer como uma de suas maiores vitórias, Oliveira não teria agradado o mercado financeiro tanto quanto Mansueto e Guardia, que atualmente integram a linha de frente do Ministério da Fazenda e contariam, inclusive, com o apoio do próprio Henrique Meirelles. Tanto é assim que, na conversa com Temer em que acertou sua saída do governo, Henrique Meirelles teria sugerido ao presidente os nomes de Eduardo Guardia e de Mansueto Almeida. A avaliação do ministro é de que manter a continuidade na equipe é o melhor caminho para evitar turbulências desnecessárias nessa reta final de governo, quando o Planalto espera avançar em projetos importantes da agenda microeconômica, aproveitando uma conjuntura econômica de curto prazo muito favorável. As projeções apontam para um crescimento do PIB (Produto Interno Bruto) que pode superar as expectativas e chegar a 3,4%, arrecadação em alta, inflação baixa e juros que tendem a cair ainda mais. Meirelles diz que se for candidato só disputará Presidência Confirmação Nesta segunda-feira, 26, o presidente Michel Temer confirmou que o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, vai deixar o cargo nos próximos dias para tentar se viabilizar como candidato à Presidência da República. "Já era a intenção dele. Acertamos nesses últimos dias", afirmou Temer à Agência Estrado em rápida conversa por telefone. O presidente disse ainda não ter decidido quem substituirá Meirelles. A estratégia do MDB é ter uma opção interna, caso o projeto de reeleição do presidente Michel Temer não decole. Para começar a impulsionar o nome de Meirelles, Temer levou a tiracolo o ministro da Fazenda em um giro pelo Nordeste na semana passada. O anúncio de Temer antecipa o próprio Meirelles, cuja intenção era anunciar sua decisão somente no dia 2 de abril, em Portugal.

Link Notícia: https://noticias.r7.com/economia/temer-busca-nome-para-substituir-meirelles-no-ministerio-da-fazenda-26032018

'Carregamos o fantasma do 7 a 1 todos os dias', confessa Tite
Data: 26/03/2018

"É o principal teste emocional e psicológico que já tivemos. Por tudo o que ele representa", disse o treinador sobre jogo diante da Alemanha

Na véspera do jogo entre Brasil e Alemanha, em Berlim, nesta terça-feira (27), o técnico Tite não hesita em admitir que o resultado de 7 a 1 em 2014 continua sendo um "fantasma" e que a partida amistosa é, em seus quase dois anos no comando da seleção, o jogo mais importante até hoje em termos psicológicos. "Ele tem um componente de maturidade importante", disse o treinador, em coletiva de imprensa, nesta segunda-feira. "É importante fazer esse enfrentamento antes da Copa. Carregamos esse fantasminha todos os dias. Ele está todos os dias aqui. Por isso, aqui em Berlim, queremos passar mais uma etapa", afirmou. "Esse é o principal teste emocional e psicológico que já tivemos. Por tudo o que ele representa. Pelo resultado da semifinal de 2014, por ser pela última campeã, traz um componente emocional", afirmou, lembrando que está na casa da Alemanha. "Mentalmente, é muito importante", disse, apontando até para um "constrangimento" em tratar do assunto do 7 a 1 na coletiva de imprensa. "Mas ele é real", disse. O treinador admite que sua perna "continua tremendo", uma frase que o marcou na primeira coletiva ao assumir a seleção em 2016. "Mas mesmo tremendo eu dou passos para frente", disse. Tanto Tite como Daniel Alves, que assume a braçadeira de capitão nesta semana, se recusavam a fazer qualquer tipo de críticas aos resultados da Copa do Mundo de 2014 e ao trabalho do time do então técnico da equipe, Luiz Felipe Scolari. "São etapas", disse o treinador, pedindo "ética". "Cada um tem sua história. Aquele time de 2014 foi campeão em 2013 na Copa das Confederações. É injusto falar da Copa e não falar de 3 a 0 na final contra a Espanha", apontou.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/carregamos-o-fantasma-do-7-a-1-todos-os-dias-confessa-tite-26032018

Trinta seleções da Copa jogam amistosos nesta terça-feira (27)
Data: 26/03/2018

Segunda rodada de amistosos começou nesta segunda-feira (26) com Portugal e Uruguai em campo e terá as outras 30 seleções atuando na terça (27)

A segunda rodada de amistosos pré-Copa do Mundo das seleções será completada nesta terça-feira (27) com a presença de 30 seleções participantes do próximo Mundial na Rússia. Na segunda-feira (26), outras duas seleções jogaram amistosos também. Pela manhã, o Uruguai bateu o País de Gales por 1 a 0, com gol de Cavani, e conquistou a Copa China, torneio amistoso que contou também com China e República Tcheca. Já à tarde, Portugal pegou a Holanda. Nesta terça-feira (27), as 30 seleções estarão envolvidas em 19 jogos, sendo 11 deles confrontos diretos entre seleções classificadas para a Copa de 2018. E o principal deles acontecerá em Berlim, onde a Alemanha recebe a seleção brasileira às 15h45 (horário de Brasília), no primeiro encontro após o 7 a 1 de 2014. Outros bons jogos do dia serão Espanha x Argentina, Rússia x França e Inglaterra x Itália. Amistosos pré-Copa desta terça-feira (27): 09h20 - Japão (H) x Ucrânia - Liege-BEL 12h50 - Rússia (Grupo A) x França (Grupo C) - São Petersburgo-RUS 13h00 - Irã (B) x Argélia - Graz-AUT 14h00 - Suíça (E) x Panamá (G) - Lucerna-SUI 15h00 - Espanha (B) x Argentina (D) - Madri-ESP 15h00 - Inglaterra (G) x Itália - Londres-ING 15h00 - Tunísia (G) x Costa Rica (E) - Nice-FRA 15h00 - Senegal (H) x Bósnia e Herzegovina - Le Havre-FRA 15h00 - Grécia x Egito (A) - Zurique-SUI 15h00 - Dinamarca (C) x Chile - Aalborg-DIN 15h30 - Romênia x Suécia (F) - Craiova-ROM 15h45 - Alemanha (F) x Brasil (E) - Berlim-ALE 15h45 - Bélgica (G) x Arábia Saudita (A) - Bruxelas-BEL 15h45 - Polônia (H) x Coreia do Sul (F) - Chorzow-POL 16h00 - Colômbia (H) x Austrália (C) - Londres-ING 16h00 - Nigéria (D) x Sérvia (E) - Londres-ING 16h00 - Marrocos (B) x Uzbequistão - Casablanca-MAR 21h00 - Peru (C) x Islândia (D) - Nova Jersey-EUA 22h00 - México (F) x Croácia (D) - Texas-EUA

Link Notícia: https://esportes.r7.com/copa-2018/trinta-selecoes-da-copa-jogam-amistosos-nesta-terca-feira-27-26032018

F1 – Circuito de Abu Dhabi não terá mudanças de traçado em 2018
Data: 26/03/2018

O piloto da Mercedes, Hamilton, expressou sua preocupação depois de ter dificuldades para superar o companheiro de equipe Valtteri Bottas no final da temporada nos Emirados Árabes Unidos.

Abu Dhabi O CEO do Circuito de Yas Marina ignorou o pedido de Lewis Hamilton para fazer alterações no traçado da pista por enquanto, mas insiste que os organizadores por trás da corrida de Fórmula 1 de Abu Dhabi estejam considerando “opções para entregar um evento melhor” no futuro. O piloto da Mercedes, Hamilton, expressou sua preocupação depois de ter dificuldades para superar o companheiro de equipe Valtteri Bottas no final da temporada nos Emirados Árabes Unidos. “Se houver alguma maneira de melhorar esta pista para nos permitir ter essas disputas, você tem essas longas retas onde não pode nem chegar perto o suficiente para utilizá-las”, disse o britânico após a corrida na qual os oito primeiros terminaram na mesma ordem das suas posições de largada. “Se houver alguma maneira de nos permita ficar mais perto nesse terceiro setor, acho que isso vai melhorar o ranking do circuito”. Mas falando durante o lançamento do GP de Abu Dhabi em 2018 na segunda-feira, Al Tareq Al Ameri diz que não há planos para alterar nenhum aspecto da pista por enquanto. “Não há mudanças na pista, mas estamos sempre investigando as opções para entregar um evento melhor”, disse ele. “Se estivermos prontos para melhorar a pista e melhorar os elementos de corrida, confie em mim, vamos trabalhar nisso. Mas anunciaremos assim que tivermos uma solução adequada ao propósito e que atenda ao objetivo”.

Link Notícia: http://www.autoracing.com.br/f1-circuito-de-abu-dhabi-nao-tera-mudancas-de-tracado-em-2018/

O caso Tifanny reacendeu o debate sobre transgêneros no esporte
Data: 26/03/2018

O que é transgênero? LANCE! ouve médicos, atletas, pesquisadores, militantes da causa LGBT sobre o tema, que estará em debate em Tóquio-2020

Sexta-feira, 16 de março de 2018, a ponteira Ellen Braga sobe para a cortada, a bola bate no bloqueio, volta para a rede e cai na quadra do Vôlei Bauru. Do banco de reservas, Tifanny Abreu vê a comemoração das adversárias do Praia Clube, em Uberlândia, que fechavam ali o terceiro set e garantiam a classificação às semifinais da Superliga feminina de vôlei após ganhar os dois confrontos da série melhor de três. Guardem bem essa informação: “do banco de reservas”. Ela terá papel importante ao longo desta reportagem. Em pouco mais de três meses, Tifanny fez o Brasil prestar atenção a um tema até então pouco explorado por aqui: a presença de atletas transgêneros no esporte de alto rendimento. Ela, uma mulher trans com 1,92m de altura e potência notável nos ataques, entrou na esteira de algo que se tornou frequente, especialmente em tempos de redes sociais: a polarização. De um lado, gente se dizendo contra a presença dela na liga feminina, em virtude dos benefícios atléticos herdados de seu gênero anterior. De outro, pessoas relativizando a suposta vantagem e tentando mostrar que ela é tão falível quanto as demais competidoras. Em busca de repostas, o LANCE! foi atrás de especialistas: médicos, atletas, pesquisadores, militantes da causa LGBT, gente que já lida com o assunto em todas as suas vertentes, não apenas esportivas, mas também sociais... A meta não era criticar nem defender a ponteira do Vôlei Bauru, mas trazer à tona o debate de forma mais aprofundada. Afinal de contas, estamos a aproximadamente dois anos da Olimpíada de Tóquio, talvez, a primeira edição dos Jogos com a presença de atletas transgêneros. Uma delas, inclusive, pode ser a própria Tifanny. Mas o que é transgênero, afinal? O termo ainda causa bastante confusão. De acordo com o médico Alexandre Saadeh, professor da PUC-SP e coordenador do Amtigos (Ambulatório Transdisciplinar de Identidade de Gênero e Orientação Sexual) do Hospital das Clínicas de São Paulo, o termo diz respeito à incongruência entre a identidade de gênero – se você se percebe homem, mulher ou algo entre esses polos – e o sexo no qual nasceu. "Ou seja, você se percebe diferente do que o seu corpo mostra," explica. É diferente de homossexualidade (“diz respeito a ter desejo e querer manter atividade sexual com pessoa do mesmo sexo que o seu”) e de pessoas intersexo, antigamente chamadas de hermafroditas. "Intersexualidade diz respeito à conformação anatômica de sua genitália, que não segue os padrões costumeiros de vulva para fêmeas e pênis e escroto para machos. O desenvolvimento embrionário se dá de maneira incomum," comenta Saadeh. Tifanny fez o que no meio costuma se chamar de “transicionar”, ou seja, ela realizou a transição do gênero masculino, com o qual nunca se identificou, para o feminino. Além de se submeter a tratamento hormonal, cujo objetivo principal para mulheres trans é bloquear a produção de testosterona, ela passou por duas cirurgias de redesignação sexual. Gênero e esporte: uma velha discussão Discutir gênero no esporte de alto rendimento é falar de algo tão antigo quanto a própria história das Olimpíadas. As mulheres, vetadas da primeira edição da Era Moderna, em Atenas-1896, passaram a ter participação periférica a partir de 1900, em Paris. Mesmo quando já estavam inseridas no contexto competitivo, sofriam outros tipos de discriminação. Em Berlim-1936, por exemplo, a polonesa Stella Walsh e a americana Helen Stephens, destaques nos 100m rasos do atletismo, conviviam com boatos de que eram homens competindo entre mulheres (basicamente, em função da aparência física atrelada aos bons resultados nas pistas). Walsh, derrotada por Stephens na final, acusou publicamente a rival de estar burlando a regra. Pela primeira vez na história, o COI (Comitê Olímpico Internacional) interveio, examinou a americana e, comprovando a genitália feminina dela, encerrou a disputa. Nos anos 1960, o COI implementou de vez o exame clínico como regra para autorizar a participação das mulheres. Nas chamadas “nude parades”, as atletas eram obrigadas a ficar nuas perante médicos homens que atestavam se, de fato, elas tinham órgãos sexuais femininos. Feito o certificado, eram liberadas a participar das competições. A partir de 1968, no México, o Comitê abandonou o exame físico a passou a adotar o teste cromossômico como critério principal para diferenciar o gênero biológico de atletas. Basicamente, cromossomos XX (mulheres) e XY (homens) distinguiam os atletas. Tal regulamentação valeu ate o fim dos anos 1990, quando se passou a considerar o nível de testosterona para determinar o gênero, parâmetro utilizado até hoje. E é aí onde começa a polêmica do caso Tifanny. O que diz a regra De acordo com a mais recente regulamentação do COI, do fim de 2015, homens trans podem participar dos eventos da entidade sem nenhuma restrição. Há um consenso médico-esportivo de que a mulher que fez a transição para o gênero masculino não possui nenhum tipo de vantagem para competir entre homens cisgêneros (termo utilizado para se referir ao indivíduo que se identifica, em todos os aspectos, com o seu gênero de nascença). Já as mulheres que transicionaram, como Tifanny, precisam se declarar sob o novo gênero (reconhecimento civil) e ter a quantidade de testosterona controlada para poder competir em equipes femininas. O nível permitido é de até 10 nanomol por litro (unidade de medida que indica a quantidade da substância por litro de sangue) nos 12 meses anteriores à competição. Os testes da jogadora de Bauru, por exemplo, costumam apontar 0,2 nanomol/l. A maioria das federações segue a recomendação do COI. A FIVB (Federação Internacional de Vôlei), por exemplo, reuniu-se este ano para discutir o tema e decidiu deixar a cargo das entidades de cada país acatar ou não a norma. No Brasil, a CBV (Confederação Brasileira de Vôlei) acompanhou o voto do relator, utilizando um jargão político, e liberou a participação de Tifanny na Superliga feminina. Outros esportes também vêm dando abertura à inclusão de transgêneros. A reportagem entrou em contato com a Fifa, e a entidade que rege o futebol disse seguir orientação de um documento de 2011 intitulado “Gender Verification” (“Verificação de Gênero”, na tradução). Em linhas gerais, o atleta precisa solicitar formalmente a autorização. Um corpo médico vai analisar, então, se o gênero indicado pelo solicitante é aplicável, de acordo com histórico clínico, níveis hormonais, tratamentos feitos e resultados atuais. Levam ou não vantagem? Tifanny, atualmente com 33 anos, fez o que se chama de transição tardia – no caso dela, quando tinha 30. O período foi suficiente para, em termos clínicos, completar-se o procedimento. "Em geral, colocamos um tempo de dois anos para que todas as modificações corporais se desenvolvam. Os níveis hormonais do novo gênero são atingidos de forma mais rápida, mas isso não significa que as alterações corporais já estejam desenvolvidas", explica a doutora Karen de Marca Seidel, membro da SBEM (Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia). O principal argumento de quem é contra a presença da ponteira em competições femininas é justamente o seu chamado “benefício pregresso”, ou seja, as características masculinas herdadas do período anterior à mudança de gênero, como desenvolvimento muscular e aptidão cardiorrespiratória. O próprio coordenador da comissão médica da CBV que liberou a atleta para atuar na Superliga acredita que ela não deveria jogar entre as mulheres. A verdade é que ainda faltam estudos, principalmente envolvendo atletas trans de elite. Um dos poucos feitos até hoje reuniu corredores amadores e semiamadores e foi conduzido pela médica pesquisadora do Providence Portland Medical Center, Joanna Harper, que também é consultora do COI. Ela quantificou dados de performance antes e depois das transições de gênero e concluiu que sete dos oito participantes, incluindo ela, tiveram redução na velocidade. Em entrevista ao LANCE!, Joanna diz que é muito difícil colocar sob a mesma ótica esportes que requerem força, como salto em altura e arremesso de peso, e outros em que o tamanho da atleta será uma desvantagem, como ginástica artística. "Cada esporte deve ser livre para fazer suas próprias regras sobre atletas transgêneros. O COI precisa considerar todos os esportes por causa das Olimpíadas, mas esportes individuais podem fazer regras diferentes, tendo em mente que eles precisam considerar todas as mulheres trans e cis. Por exemplo, não seria despropositado para a Superliga feminina colocar uma regra limitando um atleta transgênero por equipe", sugere a pesquisadora, que vê vantagens e desvantagens em jogadoras como Tifanny. "As mulheres trans terão vantagens em estatura e força, mas também desvantagens. Mulheres trans perdem massa muscular e capacidade aeróbica quando fazem a transição, mas sua estrutura esquelética permanece igual. Isso significa que estarão em desvantagem em áreas como agilidade e resistência", analisa a médica americana. "No caso específico da Tifanny, ela ataca muito bem na rede, em parte por causa de suas vantagens, mas vai mal defensivamente, devido às desvantagens" - observa Joanna, que segue em busca de novos dados: "Existem muitas barreiras para mais estudos. Agora tenho dados de desempenho de vários outros atletas, incluindo Tifanny, que costumava ter uma altura de pico de 3,45 metros e, agora, pula 3,13 metros, uma perda de 32 centímetros. Também estou coletando dados de dois atletas durante a transição, um triatleta e um corredor. Espere por mais resultados publicados nos próximos meses", promete. Avanços além do esporte Por mais que ainda não haja consenso em relação ao assunto, o fato de ele ter vindo à tona com tamanha força em 2018 já é um avanço em tanto, especialmente para quem milita há mais tempo na área. É o caso de Amara Moira, primeira travesti doutora pela Unicamp, ativista LGBT e autora do livro “E Se Eu Fosse Puta”. Amara Moira, primeira travesti doutora pela Unicamp - O caso Tifanny, por exemplo, o jeito como a mídia está cobrindo, seria impensável quatro anos atrás. Basta lembrar como foi a cobertura da Edinanci, que nem era uma atleta trans, mas para pensarmos o quanto a mídia sabe ser perversa - lembra-se Amara, referindo-se ao caso da judoca brasileira Edinanci Silva, que se descobriu intersexual aos 19 anos e conviveu a carreira toda sob desconfiança e preconceito por se parecer fisicamente com um homem (ela participou dos Jogos Olímpicos de 1996, em Atenas, na Grécia). Outra conquista recente se deu no STF (Supremo Tribunal Federal), que autorizou aos transgêneros a mudança de nome sem a necessidade de realização de cirurgia de mudança de sexo. Além disso, não é mais preciso recorrer à Justiça em um processo longo que, na maioria das vezes, terminava com decisões desfavoráveis por puro preconceito. A solicitação pode ser feita em cartório. - O Supremo simplificou muito. Antigamente, a pessoa que gostaria de mudar de nome juntava certidões negativas de cartório de protesto, de processo de execução civil, criminal, da Justiça Federal, da Receita, do TRE... Porque precisava demonstrar que era uma pessoa íntegra, não devia nada para a Justiça. Além do laudo psiquiátrico que atestava que era portadora da patologia, uma declaração do psicólogo de que fazia acompanhamento. Mesmo de posse de tudo isso, havia juiz que dizia que não. Muitos processos eram negados - conta a advogada Raquel Rocha, vice-presidente da Comissão da Diversidade Sexual da OAB-SP. Claro que o caso Tifanny ainda é exceção. O próprio tratamento hormonal, procedimento necessário a quem almeja seguir carreira esportiva profissional, custa caro e é quase restrito a clínicas particulares, dado o atendimento precário no sistema público. - A fila de espera no SUS para quem deseja fazer a cirurgia de mudança de gênero é de 20 anos! Já a fila para consulta, para dar início à hormonoterapia, é de aproximadamente seis meses - afirma Renan Lucena, médico generalista pela Faculdade Pernambucana de Saúde, que trabalha e pesquisa sexualidade humana e a inserção da pauta de saúde LGBT no SUS. O que muitos transgêneros acabam fazendo é se medicarem por conta, o que traz sérios riscos à saúde. - Os tratamentos são caros. Sem contar que, além do tratamento em si, também é necessário um acompanhamento laboratorial, de consulta de rotina e avaliação dos efeitos do ponto de vista médico e também multiprofissional - elenca Lucena. Futuro a passos tímidos A carência de atletas trans de elite tem razões históricas, de preconceito e medo da exposição. Porém, casos como o da atleta do Vôlei Bauru podem inspirar uma geração mais jovem que cresce ainda cheia de receios, mas tendo agora alguém em quem se espelhar. Neste ano, por exemplo, pela primeira vez, o JUCA (Jogos Universitários de Comunicação e Artes), uma das competições universitárias mais tradicionais de São Paulo, incluiu em seu regulamento a possibilidade de participação de transgêneros. - Isso é uma demanda que surgiu já para a edição anterior, em 2017, porque a Belas Artes tem um homem trans que joga no time de handebol. Ele estava treinando já, mas para a edição de 2017 não deu tempo de discutir mais a fundo a questão - explica Yuri Zveibil, diretor de esportes da LAACA (Liga Atlética Acadêmica de Comunicação e Artes), organizadora do evento. A Liga é composta por oito atléticas: Anhembi Morumbi, Belas Artes, Cásper Líbero, ECA-USP, Mackenzie, Metodista, PUC-Campinas e PUC-SP. A participação está sujeita à declaração simples do atleta, sem a necessidade de comprovação por meio de testes de testosterona ou algo do tipo. Mesmo assim, ainda é difícil encarar a questão sem ficar com um pé atrás. Thomas Fernandes, por exemplo, estudante de letras e professor de inglês, fez a transição de gênero há quatro anos, quando tinha 20. Atualmente, pratica esportes individuais, como duatlo e triatlo, e joga rúgbi em um time LGBT. Questionado se teria facilidade de ser aceito em um time que não fosse do movimento, ele faz algumas ponderações. - Tenho facilidade de misturar nos ambientes aonde vou. Os homens trans têm essa facilidade. Quando estão no ponto mais avançado da transição, não precisam sair do armário para as pessoas. Acho que não teria tanto problema quanto a isso. Tenho homens gays no meu time que jogam em outros times que não são LGBT. Mas sempre tem uma barreira. No meu caso, teria medo de violência - conta Thomas, que não toma banho junto com os colegas de time no vestiário justamente por conta desse receio. Apesar disso, ele reconhece que falar sobre transexualidade se tornou bem mais acessível recentemente. E acredita em uma evolução do esporte de alto nível para atletas que fazem a transição. - As pessoas trans em épocas anteriores à minha tinham preocupações muito mais emergenciais do que fazer esporte. Hoje em dia, elas têm mais acesso à cidadania, então, há mais atletas jovens. Acho que quando outras questões sociais forem avançando, haverá mais atletas trans de alta performance. Por enquanto, são poucos. Nos vemos em Tóquio! Para a pesquisadora Joanna Harper, é bem provável que o Japão seja palco da inédita participação de um atleta transgênero em Jogos Olímpicos. Ela aposta na levantadora de peso neozelandesa Laurel Hubbard, medalhista de prata no Mundial de 2017. Também acredita em Tifanny (“desde que a equipe tenha a mente aberta o suficiente para aceitá-la”). Mas há outra jogadora de vôlei traçando jornada semelhante à da brasileira. A norte-americana Tia Thompson, que recebeu no ano passado autorização da federação local para participar de competições do circuito feminino. Ela se tornou a primeira atleta feminina abertamente transgênero reconhecida pela entidade. Coincidentemente, ela tem 33 anos, como Tifanny. Tia Thompson Divulgação Confira abaixo a entrevista que a jogadora, que mora em Hauula, no Havaí, concedeu ao LANCE!: Primeiro, fale um pouco sobre sua história. Desde quando você pratica esporte e quando decidiu que gostaria de competir entre as mulheres? Aloha! Comecei a jogar vôlei com 5 anos de idade. Comecei a fazer a transição aos 18 anos, iniciando a terapia hormonal aos 20. Faz mais de 12 anos que faço terapia hormonal. Comecei a competir na divisão feminina há quatro anos, em 2014, e amei essa mudança. Como os homens costumavam vê-la na quadra? Eles achavam que você era gay, algo muito comum entre os atletas trans? Você sofreu de algum tipo de preconceito? Quando eu joguei na divisão masculina, antes de 2014, as equipes contra quem jogava já me viam como uma mulher, não como um homem gay, porque eu já havia feito a transição, com cabelo comprido, seios... Eu já tinha características muito femininas. Todos usavam pronomes femininos quando se dirigiam a mim (ela, dela, etc). Meus companheiros de equipe também me respeitavam como mulher porque eu era capitã da equipe. Se você é um homem e se sente atraído por homens, você é gay. Quando você é uma mulher transgênero e se sente atraída por homens, você é considerada heterossexual. Morando no Havaí, sofri um pouco de preconceito na divisão feminina porque essas pessoas não foram educadas sobre questões de transgêneros. No entanto, acompanhei o protocolo da federação e passei pelas etapas e pelos procedimentos necessários, e acredito que isso ajudou muito a manter o foco nos meus objetivos. E quando foi a primeira vez que você entrou em uma quadra de vôlei como uma mulher trans? Qual foi o sentimento, a reação do público? Poderia falar um pouco sobre esse dia? Meu primeiro torneio oficial como jogadora feminina trans foi em julho de 2014, no maior torneio de vôlei do Havaí. Conseguimos o primeiro lugar nas eliminatórias, mas ficamos em terceiro lugar na classificação geral, perdendo na semifinal. A reação do público foi bem favorável. Na maioria das vezes, todos estavam muito animados comigo, me dando os parabéns pelo esforço da equipe no torneio. Aqui no Havaí, as atletas mulheres trans parecem atletas biológicas do sexo feminino. Não nos parecemos com homens jogando na divisão feminina e acho que isso é um fato importante para sermos aceitos no vôlei feminino. No caso de Tifanny, ela fez a transição de gênero aos 30 anos, razão pela qual muitas pessoas a acusam de se beneficiar de uma história de desenvolvimento masculina. Eu entendo por que as pessoas estão reclamando dela, que iniciou sua transição relativamente tarde. No entanto, se ela seguiu o protocolo adequado e preencheu todos os requisitos para uma atleta trans, deveria poder competir na divisão feminina sem preconceitos. Para mim, comecei a fazer a transição aos 18 anos, mais de 15 anos atrás. Além disso, nunca joguei em uma liga profissional masculina, como a Tifanny. Essa é a diferença entre nós duas. Que diferenças do ponto de vista atlético você notou após a transição? Você poderia me dar um exemplo do que você acha que melhorou ou piorou no seu jogo? Eu sempre fui um indivíduo atlético. Após a transição, não conseguia me mover tão rapidamente e pular tão alto quanto fazia antes da terapia hormonal. Isso realmente fez meu corpo pagar um preço no desempenho na quadra de vôlei. Você joga vôlei indoor e de praia. Mas o seu desejo é estar nos Jogos Olímpicos de 2020 na quadra, certo? Eu jogo principalmente vôlei de quadra. Tentei a praia duas vezes e não consegui me adaptar. Então, sim, meu objetivo é estar com a equipe olímpica feminina dos EUA em Tóquio-2020. Também espero que a Tifanny esteja na equipe do Brasil. Seria incrível competir contra ela.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/lance/o-caso-tifanny-reacendeu-o-debate-sobre-transgeneros-no-esporte-26032018

Nesta sexta (23), 27 das 32 seleções da Copa disputam amistosos
Data: 23/03/2018

As 27 seleções estarão envolvidas em 18 jogos, sendo nove deles confrontos diretos entre países que disputarão a próxima Copa do Mundo na Rússia

A menos de três meses para o início da Copa do Mundo, as seleções já começam a entrar na reta final da fase de preparação. Nesta sexta-feira (23), 27 dos 32 países classificados entrarão em campo para a disputa de primeira rodada de amistosos neste mês de março — a outra sera na próxima terça-feira (27). Entre os 18 jogos que envolvem as 27 seleções, nove deles serão confrontos diretos entre países classificados para o Mundial da Rússia. O principal deles será em Dusseldorf, na Alemanha, onde os donos da casa e atuais campeões do mundo enfrentarão a Espanha. A seleção brasileira, do técnico Tite, jogará às 13h (de Brasília) contra a Rússia, em Moscou, no estádio Luzhniki, palco da final da Copa do Mundo. Outros bons jogos desta sexta-feira serão França x Colômbia (em Saint-Denis), Itália x Argentina (em Manchester) e Holanda x Inglaterra (em Amstedã). Vale lembrar que as seleções da Itália e da Holanda não se classificaram para a Copa. No sábado, outras seleções da Copa de 2018 também entrarão em campo: Japão (contra Mali), Coreia do Sul (contra Irlanda do Norte) e Suécia (contra o Chile). Na sexta-feira (22), a Dinamarca venceu o Panamá por 1 a 0. Já a Bélgica será a única seleção classificada para o Mundial da Rússia a não jogar nessa primeira rodada de amistosos. Amistosos pré-Copa desta sexta-feira, 23 de março (horário de Brasília): 8h35 - Uruguai x República Tcheca (Nanning, China) 9h20 - Japão x Mali (Liége, Bélgica) 13h - Rússia x Brasil (Moscou, Rússia) 14h - Noruega x Austrália (Oslo, Noruega) 15h - Senegal x Uzbequistão (Casablanca, Marrocos) 15h - Grécia x Suíça (Thessaloniki, Grécia) 15h15 - Tunísia x Irã (Radés, Tunísia) 16h - Ucrânia x Arábia Saudita (Sevilla, Espanha) 16h30 - Sérvia x Marrocos (Turim, Itália) 16h45 - Alemanha x Espanha (Dusseldorf, Alemanha) 16h45 - Itália x Argentina (Manchester, Inglaterra) 16h45 - Holanda x Inglaterra (Amsterdã, Holanda) 16h45 - Polônia x Nigéria (Wroclaw, Polônia) 16h45 - Portugal x Egito (Zurique, Suíça) 16h45 - Escócia x Costa Rica (Glasgow, Escócia) 17h - França x Colômbia (Saint-Denis, França) 21h30 - Peru x Croácia (Miami, Estados Unidos) 23h - México x Islândia (San Francisco, Estados Unidos)

Link Notícia: https://esportes.r7.com/copa-2018/nesta-sexta-23-27-das-32-selecoes-da-copa-disputam-amistosos-23032018

Sem Neymar, Brasil testa sua força em amistoso contra a Rússia
Data: 23/03/2018

Sem o atacante Neymar, a seleção brasileira, do técnico Tite, enfrentará no amistoso desta sexta-feira, às 13 horas (de Brasília) a Rússia, em Moscou

Mostrar que é forte, independentemente de nomes. É isso que Tite espera da seleção brasileira no amistoso desta sexta-feira (23), às 13 horas (de Brasília) contra a Rússia, em Moscou. Na reta final para a Copa do Mundo, o desejo do treinador se explica: o time não terá sua estrela maior, o machucado Neymar. Ausência sentida, mas que abre a oportunidade de os jogadores, sobretudo os mais experientes e que vêm sendo aproveitados com regularidade, assumirem a responsabilidade de conduzir a equipe. Tite fez mudanças. Além de colocar Douglas Costa na vaga de Neymar, barrou Renato Augusto e escalou Willian. Na defesa, optou por Thiago Silva, pois Marquinhos não está bem fisicamente e será preservado para o amistoso de terça-feira contra a Alemanha, em Berlim. Ao mexer na frente, aproveitando Willian — "que está arrebentando" — e Douglas Costa, Tite pretende deixar a seleção mais "aguda", pois são dois jogadores que ele define como "verticais e ofensivos", e também com recursos para superar a defesa do time russo, esteja ela armada em linha de cinco ou de quatro jogadores. "Na fase ofensiva é 4-3-3, sem abrir mão de ter meio-campo forte. O futebol passa pela imposição do meio-campo em sua capacidade criativa, lúdica, é um jogador vai compor essa posição (de ajudar o setor)", disse Tite sobre o esquema tático. Ele quer Paulinho chegando na área, mas também ajudando Casemiro a marcar. Vai colocar Philippe Coutinho mais centralizado, Willian pela direita e Douglas Costa pela esquerda. Tite, aliás, preocupou-se em aliviar o peso sobre o atacante da Juventus. "O Douglas Costa não vai substituir o Neymar, vai ser Douglas Costa. O Neymar é insubstituível." A partida desta sexta (23) vai ser disputada no estádio Luzhniki, provavelmente sob temperatura negativa. O local será palco da decisão do Mundial da Rússia. Tite, que entre os argumentos para defender o amistoso contra a anfitriã, utilizou a importância de os jogadores sentirem o "clima de Copa", admitiu querer mesmo é voltar à arena em 15 de julho. "Quem é que não sonha? Todos da Copa do Mundo sonham estar aqui na final", considera. Mas não quer parecer precipitado. "Temos de fazer o melhor trabalho e ele está no jogo de amanhã (sexta)." A seleção brasileira vai estrear a camisa número dois que utilizará no Mundial, na cor azul. Meias e calções têm a mesma cor. O goleiro Alisson será o capitão, continuando o rodízio no posto idealizado por Tite. Ele será o 15.º jogador a desempenhar este papel em 18 jogos sob o comando do treinador. A camisa número um, amarela, vai ser usada no jogo de terça-feira com os alemães. OLHO NA COPA - O treinador convocou 25 jogadores para os amistosos contra russos e alemães. Quer observar o comportamento emocional e técnico, principalmente dos novatos, mesmo que seja apenas nos treinos e na concentração. Isso visando à elaboração do grupo final que levará ao Mundial. Ainda assim, prefere não usar a palavra teste. "Não vai ter teste. É oportunidade e quem não estiver bem terá seu substituto, mas não premedito nada", afirmou Tite. "É a capacidade de ler o jogo, o que possa ser importante e um atleta que possa contribuir. Não tenho tempo para ver como é um atleta para convocar depois." A convocação final será feita no início de maio. Tite já tem 16 nomes definidos e admite quebrar a cabeça para fechar a relação de 23 atletas, por um motivo principal. "O que mais me pressiona, isso sim me pressiona, é poder olhar todo mundo e ser justo", justificou. "Ser justo porque para o atleta também é um orgulho máximo estar aqui. Fico inquieto, chato, perturbado para avaliar todos e ser humanamente o mais justo possível." Ele reiterou considerar que chegar à seleção é o ápice da carreira de um técnico, e lembrou que muitos profissionais de nível não tiveram essa chance. "Abel e Paulo Autuori, dois campeões do mundo por seus clubes, com trajetórias lindas, não tiveram oportunidade de estarem onde estou. Sou extremamente feliz pela oportunidade."

Link Notícia: https://esportes.r7.com/futebol/sem-neymar-brasil-testa-sua-forca-em-amistoso-contra-a-russia-23032018

Fluminense empata com Flamengo e pega Botafogo na final da Taça Rio
Data: 23/03/2018

Tricolor abriu o placar com Gum, mas viu Everton fazer 1 a 1 na noite desta quinta-feira (22), no Estádio Nilton Santos; decisão acontece no domingo

A final da Taça Rio está definida. O Fluminense contou com a vantagem do empate e ficou no 1 a 1 com o Flamengo, na noite desta quinta-feira (22), no Nilton Santos, para avançar à decisão do segundo turno do Campeonato Carioca. Gum e Everton fizeram os gols do jogo no Engenhão. A decisão entre Botafogo – que passou pelo Vasco na última quarta – e Fluminense acontecerá no domingo, às 16 horas, no Maracanã. O árbitro será Bruno Arleu de Araújo. O campeão já estará em uma das semifinais do Campeonato Carioca; assim como o Flamengo, vencedor da Taça Guanabara. O gol do Fluminense saiu no último minuto do primeiro tempo. Sornoza cobrou escanteio pela esquerda, Diego Alves ficou no meio do caminho e Gum marcou de cabeça. Na volta para o segundo tempo, o Flamengo partiu para cima e, por pouco, não marcou com Vinícius Júnior, Lucas Paquetá e Jonas. De tanto ir para o ataque, deixou espaços na defesa e obrigou Júlio César a fazer grande defesa. O goleiro só não conseguiu se defender o chute de Everton, de fora da área, aos 40 minutos. Logo no lance seguinte, os jogadores das duas equipes se envolveram em confusão devido a uma lesão de Sornoza. O empate daria a classificação ao Tricolor, e o Rubro-Negro tinha pressa para voltar ao jogo. Já nos acréscimos, Diego Alves foi tentar o cabeceio na área, mas de nada adiantou. O Fluminense saiu classificado apesar do empate. FLUMINENSE 1 X 1 FLAMENGO Data-Hora: 22/03/2018 - às 20h (de Brasília) Local: Estádio Nilton Santos, Rio de Janeiro (RJ) Árbitro: Maurício Machado Coelho Junior (RJ) Auxiliares: Dibert Pedrosa Moises (RJ) e Eduardo de Souza Couto (RJ) Público/renda: 16.923 pagantes / R$ 548.310,00 Cartões amarelos: Pedro e Júlio César (FLU); Éverton Ribeiro, Jonas e Réver (FLA) Gols: Gum (46'/1ºT - 1x0) e Everton (40'/2ºT - 1x1) FLUMINENSE: Júlio César; Renato Chaves, Gum e Ibañez; Gilberto, Jádson, Richard (Douglas, 27'/2ºT), Ayrton Lucas e Sornoza; Marcos Júnior (Pablo Dyego, 12'/2ºT) e Pedro (Marlon, 39'/2ºT). Técnico: Abel Braga. FLAMENGO: Diego Alves; Rodinei, Réver, Juan e Renê (Vinicius Júnior, intervalo); Jonas, Diego e Lucas Paquetá; Everton Ribeiro (Cuéllar, 22'/2ºT), Everton e Henrique Dourado (Felipe Vizeu, 32'/2ºT). Técnico: Paulo César Carpegiani.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/futebol/fluminense-empata-com-flamengo-e-pega-botafogo-na-final-da-taca-rio-22032018

Corinthians vence Bragantino e avança às semifinais do Paulistão
Data: 23/03/2018

Alvinegro Paulista consegue vitória por dois gols de diferença, elimina o Braga e, na próxima fase, enfrentará o São Paulo

O Corinthians venceu o Bragantino por 2 a 0 nesta quinta-feira (22), no Itaquerão, pelo jogo de volta das quartas de final do Campeonato Paulista. Com o resultado, a equipe de Fábio Carille está classificada às semifinais do Estadual, e enfrentará o São Paulo. A outra semifinal será disputada entre Santos e Palmeiras, dono da melhor campanha da competição. Tendo que reverter o resultado do jogo de ida, perdido por 3 a 2, o Corinthians começou melhor no jogo. Aos 16, Clayson recebeu passe na grande área, girou para cima da zaga e chutou de canhota, mas mandou para fora. Aos 28, após cruzamento de Ralf e corte parcial da defesa, a bola ficou limpa para Júnior Dutra, que teve tempo para finalizar, mas isolou. Logo na sequência, aos 29, o Alvinegro do Parque São Jorge abriu o placar. Sidcley recebeu passe de Ralf, invadiu a área e chutou cruzado. Guilherme tentou cortar, mas não conseguiu impedir o gol do lateral-esquerdo corintiano, que balançou as redes pela primeira vez com a camisa do clube. Cinco minutos depois, o Braga quase empatou. Sozinho na área, Matheus Peixoto recebeu cruzamento e cabeceou colocado, mas mandou para fora. Aos 44, o Corinthians ampliou. Rodriguinho fez boa jogada pela direita e rolou para Maycon, que, do meio da rua, ajeitou e encheu o pé para marcar um golaço. Na etapa final, o Timão voltou no mesmo ritmo. Aos 16, Rodriguinho pegou sobra na grande área e chutou rasteiro, mas a defesa bloqueou. Dois minutos depois, Maycon recebeu passe na grande área, furou o chute e, na sobra, bateu firme, mas Alex Alves fez ótima defesa. No lance seguinte, Rodriguinho chutou forte de canhota, mas o goleiro do Bragantino impediu o gol corintiano. Aos 24, Rodriguinho recebeu passe pela entrada da área, girou e chutou de canhota. A bola passou ao lado do ângulo direito de Alex Alves. Quase um golaço. Três minutos depois, a grande oportunidade do time de Marcelo Veiga. Após falta pela meia esquerda, Lázaro recebeu cruzamento na grande área, e, mesmo sozinho, mandou para fora. Aos 36, outra boa chance para o Corinthians: Matheus Vital avançou e chutou pela entrada da área, mas Alex Alves fez outra boa defesa. Aos 40 minutos, mais uma oportunidade corintiana para ampliar. Rodriguinho recebeu passe de Júnior Dutra no meio da área, mas chutou para fora.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/corinthians-vence-bragantino-e-avanca-as-semifinais-do-paulistao-23032018

CBF define os cinco confrontos da 4ª fase da Copa do Brasil 2018
Data: 19/03/2018

CBF sorteou na manhã desta segunda-feira (19) os cinco confrontos da 4ª fase da Copa do Brasil, que definem os últimos classificados para as oitavas

A CBF divulgou na manhã desta segunda-feira (19) os cinco confrontos da 4ª fase da Copa do Brasil 2018, que serão realizados no mês de abril. Pelo sorteio, os confrontos ficaram assim: Ponte Preta x Náutico Atlético-PR x São Paulo Avaí x Goiás Internacional x Vitória Ferroviário-CE x Atlético-MG Ainda nesta segunda-feira (19), às 12h, a CBF irá divulgar os mandos de campo, os locais e os horários dos jogos de ida e volta da 4ª fase. Os cinco vencedores desses confrontos passarão para as oitavas de final, que já contam com 11 clubes pré-classificados: Cruzeiro (atual campeão), Grêmio (campeão da Libertadores), Bahia (campeão da Copa Nordeste), Luverdense (campeão da Copa Verde), América-MG (campeão da Série B), além de Corinthians, Santos, Palmeiras, Flamengo, Vasco e Chapecoense (melhores do último Brasileirão). As oitavas de final serão disputadas nos dias 25 de abril e 2, 9, 16 e 23 de maio.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/cbf-define-os-cinco-confrontos-da-4-fase-da-copa-do-brasil-2018-19032018

Jogadores do Brasil chegam à Rússia para amistoso desta sexta-feira
Data: 19/03/2018

Parte do grupo de 25 atletas convocados por Tite para os jogos contra a Rússia e a Alemanha já está em Moscou, palco do primeiro amistoso

Parte do grupo convocado por Tite para os amistosos contra Rússia e Alemanha já está em Moscou, onde o Brasil enfrentará a seleção local, na próxima sexta-feira (23). Dos 25 jogadores listados, cinco chegaram à capital russa nesta segunda-feira (19). O goleiro Alisson (Roma) e os atacantes Willian (Chelsea) e Roberto Firmino (Liverpool) foram os primeiros a se apresentar, ainda no início da manhã. Em seguida, chegaram Anderson Talisca (Besiktas) e Miranda (Inter de Milão). No domingo, já haviam se apresentado o goleiro Ederson, o meia Fernandinho e o atacante Gabriel Jesus (todos do Manchester City), que se juntaram ao goleiro Neto (Valencia), o zagueiro Rodrigo Caio (São Paulo), o lateral-esquerdo Alex Sandro (Juventus), os meio-campistas Renato Augusto (Beijing Guoan), Douglas Costa (Juventus) e o atacante Willian José (Real Sociedad). Treinos Na parte da tarde desta segunda, o técnico Tite comanda a primeira atividade em solo russo. O treino que abre a preparação para o amistoso será realizado no CT do Spartak Moscou. A partida entre Brasil e Rússia será disputada no Estádio Luzhniki, palco que também receberá a final da Copa do Mundo de 2018, às 13 horas (horário de Brasília).

Link Notícia: https://esportes.r7.com/copa-2018/jogadores-do-brasil-chegam-a-russia-para-amistoso-desta-sexta-feira-19032018

Após fraturas, João Paulo é operado com sucesso; árbitro não é afastado
Data: 19/03/2018

Após fraturas no jogo contra o Vasco, neste domingo (18), meia João Paulo, do Botafogo, é operado com sucesso; árbitro da partida não foi afastado

Primeiro passo dado. O meia João Paulo, do Botafogo, foi operado com sucesso, na noite deste domingo (18) num hospital na Zona Sul do Rio. Ele havia sofrido fraturas na fíbula e na tíbia da perna direita no início do jogo contra o Vasco, durante a tarde. A previsão para o retorno do jogador é de quatro meses, no mínimo. João Paulo foi operado pelos médicos Christiano Cinelli, Salvio Magalhães e Ricardo Bastos, todos do Botafogo. A previsão de alta hospitalar do meio-campista é para terça-feira. ARBITRAGEM ?Apesar das críticas sobre o árbitro Leonardo Garcia Cavaleiro, por ter aplicado apenas cartão amarelo a Rildo, no lance da dividida que resultou nas fraturas de João Paulo, nada mudou. O Grupo de Gerenciamento de Problema da Comissão de Arbitragem do Rio entendeu que o cartão deveria ser vermelho, mas não cabe punição. Campeonato Carioca: Botafogo 2 x 3 Vasco da Gama Confira a posição da Ferj: "O GGP (Grupo de Gerenciamento de Problema) da Comissão de Arbitragem do Rio ouviu o árbitro Leonardo Cavaleiro e decidiu pelo não afastamento. A COAF-RJ lamenta a lesão do jogador João Paulo, do Botafogo. As alegações do GGP. 1. O lance ocorreu após uma rebatida da defesa do Botafogo em direção ao meio de campo e o árbitro estava se posicionando para observar a próxima jogada e entendeu ser uma falta temerária juntamente com o assistente. 2. O árbitro não percebeu a fratura no momento da falta e, sem saber, no prosseguimento do jogo, a gravidade da lesão do atleta do Botafogo F.R. 3. O árbitro se equivocou em não aplicar o cartão vermelho para o atleta do Vasco da Gama pela forma como atingiu o seu adversário. ?Portanto, o GGP entende pelo não afastamento do árbitro, levando em consideração sua atuação durante os oitenta e oito minutos da partida, que fora disputada de forma leal pelos atletas de ambas as equipes. Nós, da COAF-RJ, lamentamos a fatalidade ocorrida com o atleta do Botafogo F.R, no entanto, entendemos que a fratura do atleta não seja responsabilidade do árbitro."

Link Notícia: https://esportes.r7.com/futebol/apos-fraturas-joao-paulo-e-operado-com-sucesso-arbitro-nao-e-afastado-19032018

Convocado por Tite, Talisca pode se transferir para o Manchester United
Data: 14/03/2018

Segundo jornal português, brasileiro que faz sucesso no Besiktas-TUR pode ser negociado pelo Benfica, clube que detém seus direitos econômicos

O meia Anderson Talista, convocado pelo técnico Tite para os amistosos da seleção brasileira contra Rússia e Alemanha, poderá atuar no Manchester United. De acordo com o site do jornal português "A Bola", a negociação para a transferência do jogador — emprestado pelo Benfica-POR ao Besiktas-TUR, onde tem feito sucesso, por duas temporadas — pode chegar a 40 milhões de euros (aproximadamente R$ 161 milhões). O valor é praticamente o dobro da cláusula de opção de compra do clube turco, que precisa depositar 21 milhões de euros nos cofres benfiquenses para ter o atleta em definitivo (somando os quatro milhões de euros já pagos pelo empréstimo). Dificilmente o Besiktas terá os recursos para a aquisição de Talisca, de 24 anos, que começou a carreira no Bahia e, em 2014, foi negociado com o futebol português. Talista também teve passagens pelas seleções sub-20, sub-21 e sub-23 do Brasil desde 2013.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/futebol/convocado-por-tite-talisca-pode-se-transferir-para-o-manchester-united-14032018

Corinthians enfrenta Deportivo Lara em Itaquera pela Libertadores
Data: 14/03/2018

O Corinthians enfrenta o Deportivo Lara nesta quarta-feira (14), às 21h45, no Itaquerão, em seu primeiro jogo em casa pela Copa Libertadores 2018

O Corinthians enfrenta o Deportivo Lara nesta quarta-feira (14), às 21h45, no Itaquerão, ciente de que precisará ter paciência para superar o adversário, que promete mais uma vez surpreender. Em sua estreia na Copa Libertadores, a equipe venezuelana derrotou o Independiente por 1 a 0, em casa. Com uma estrutura superior e tradição na competição continental bem superior ao adversário, o Corinthians não se esquiva da responsabilidade de se impor no jogo desta noite. "Jogando em casa e diante da nossa torcida, é uma obrigação vencermos. Buscamos um ponto fora de casa (contra o Millonarios) e agora precisamos somar três pontos em casa", destacou o zagueiro Henrique. Entretanto, para superar os venezuelanos, será preciso ter a paciência que tem faltado ao time de Fábio Carille quando enfrenta retranca. "Não sei explicar o motivo, talvez a gente precise de mais espaço para jogar e quando enfrentamos equipes que jogam de igual para igual, isso acontece mais", explicou Rodriguinho. O Deportivo Lara pode ser desconhecido de muitos torcedores - é um clube fundado apenas em 2009 -, mas os atletas corintianos garantem saber bem o que vão enfrentar. "É um time rápido, de qualidade, com jogadores experientes e já sabemos os pontos fortes deles", garantiu Henrique. Henrique: "Nossa obrigação é vencer" Um fato curioso é que a equipe venezuelana treinou na segunda-feira, no CT da base do Corinthians, ao lado de onde treina a equipe profissional. Em relação ao time, o desfalque é o meia Jadson, que se recupera de dores na coxa direita. Em seu lugar, Emerson Sheik será o titular. Mais uma vez, o Corinthians vai atuar sem centroavante. No Deportivo Lara, o técnico Leo González demonstra conhecimento da força e das virtudes do adversário brasileiro. "É uma equipe que triangula muito, não tem um atacante na área, mas ataca com muita gente. Tem ótimos jogadores que jogam rápido pelos lados e possuem um lateral de Seleção, que é o Fagner", analisou o treinador.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/futebol/corinthians-enfrenta-deportivo-lara-em-itaquera-pela-libertadores-14032018

São Paulo assina contrato com Régis, que estava no São Bento
Data: 14/03/2018

O jogador é o sétimo reforço são-paulino no ano, fica até abril de 2019 e pode jogar nas duas laterais, já que é ambidestro

O lateral-direito Régis será o novo reforço do São Paulo. O atleta que estava na São Bento acertou vínculo até abril de 2019 e assinará o contrato na quinta (15), após a delegação tricolor voltar de Maceió, onde enfrenta o CRB nesta quarta-feira, às 19h30, pela Copa do Brasil. O jogador já passou por exames no novo clube e é esperado para o treino de sexta-feira. Régis será a o sétimo reforço do clube tricolor para a temporada. Chega depois de Jean, Anderson Martins, Diego Souza, Nenê, Tréllez e Valdívia. O reforço estava no São Bento desde 2016 e, neste ano, deu assistência para Anderson Cavalo abrir o placar do time de Sorocaba diante do São Paulo na primeira rodada do Paulista, em que a equipe então comandada por Dorival Junior acabou derrotada por 2 a 0. Ambidestro, o atleta de 28 anos será opção para o técnico Diego Aguirre para as duas laterais e também no meio do campo, com característica mais ofensiva. Pela direita, chega na equipe tricolor para disputar vaga com Militão, zagueiro de origem, mas que conquistou confiança para atuar na direita improvisado.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/futebol/sao-paulo-assina-contrato-com-regis-que-estava-no-sao-bento-14032018

Tite convoca seleção brasileira para amistosos contra Rússia e Alemanha
Data: 12/03/2018

Sem Neymar, treinador anunciará a lista de convocados às 11h, na sede da CBF, a última antes da lista final para a Copa do Mundo de 2018 na Rússia

O técnico Tite irá convocacar a seleção brasileira para os amistosos contra Rússia, no próximo dia 23, e Alemanha, no dia 26 de março. Sem poder contar com o atacante Neymar, lesionado, Tite fará a última convocação antes de divulgar a lista final dos jogadores para a Copa do Mundo da Rússia 2018. O anúncio dos convocados para os amistoso de março será na sede da CBF, no Rio de Janeiro, às 11h. Após a convocação, Tite concederá uma entrevista coletiva. Ao site da CBF, o coordenador de seleções, Edu Gaspar, falou sobre o adiamento da convocação e o problema com os jogadores lesionados: "Temos uma situação diferente de outras convocações. São pelo menos cinco jogadores que necessitam de uma observação médica e física mais elaborada, para que possamos convocar embasados e com as informações necessárias". Além de Neymar, outros jogadores que tiveram lesões recentemente foram os zagueiros Marquinhos e Miranda, o volante Fernandinho, o lateral-esquerdo Marcelo, e o atacante Gabriel Jesus.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/copa-2018/tite-convoca-selecao-brasileira-para-amistosos-contra-russia-e-alemanha-12032018

No São Paulo, Aguirre terá desgaste e desconfiança como desafios
Data: 12/03/2018

Treinador uruguaio será apresentado nesta segunda-feira (12) com a missão de recuperar uma equipe cheia de problemas e vinda de temporada ruim

Anunciado como novo técnico do São Paulo, Diego Aguirre será apresentado nesta segunda-feira (12) com o desafio de superar superar a desconfiança em relação à equipe após o início de temporada ruim, além de recuperar um time desgastado e com departamento médico cheio. Além disso, o uruguaio precisa preparar o elenco para jogos decisivos da Copa do Brasil e das quartas de final do Campeonato Paulista. A tarefa é árdua, mas a diretoria está confiante de que Aguirre dará conta do recado. Ele ficará no Morumbi pelo menos até dezembro. O contrato curto é uma estratégia do clube para se defender do risco já especulado de que Aguirre pode assumir o comando da seleção uruguaia após a Copa do Mundo. Se isso acontecer, ele será o terceiro estrangeiro a deixar o São Paulo para dirigir um time nacional recentemente. Foi assim com Juan Carlos Osorio, que deixou o Morumbi em 2015 para comandar o México; e Edgardo Bauza, um ano depois, que trocou o time tricolor pela seleção de seu país, argentina. Aguirre assume um time que não despertava grandes esperanças no torcedor. No domingo, diante de poucos torcedores, o time levou um susto, mas conseguiu virar sobre o Red Bull por 3 a 1, com gols de Nininho (contra), Arboleda e Marcos Guilherme. Após perder Hernanes e Lucas Pratto, peças fundamentais da reação no Bcampeonato rasileiro de 2017, o São Paulo não conseguiu se acertar. Os principais reforços, Nenê e Diego Souza, ainda não conseguiram mostrar seus potenciais. Assim, a torcida que ficou marcada no ano passado pelo apoio incondicional, perdeu a paciência. Contra o Red Bull, cerca de 200 torcedores participaram de uma "marcha fúnebre" em frente ao estádio do Morumbi para protestar contra a situação: time ruim, derrotas, mudanças de técnico e diretoria. O novo comandante são-paulino terá que colocar as mãos em tudo isso para dar cara nova ao São Paulo. O pedido da diretoria é que o time volte a ter um padrão de jogo, que a oscilação dê lugar à estabilidade, com segurança defensiva sem abrir mão de propor o jogo. "Aguirre é um técnico atualizado, com grandes trabalhos e referências para o que queremos no São Paulo. Confiamos que ele tem o perfil e a metodologia de trabalho que se encaixam com o clube", destacou Raí, executivo de futebol do clube. O desgaste do elenco também já é uma preocupação para a nova comissão técnica. Contra o Red Bull, o time não teve seis titulares: Jucilei, Sidão e Reinaldo por lesão; e Cueva, Militão e Hudson (que vem sendo escalado no lugar de Jucilei), por opção. Edimar, reserva de Reinaldo, também está no Reffis. Depois do jogo, o técnico interino, André Jardine, revelou que o São Paulo entrou em campo já com sugestões de Aguirre. "Foi um pedido especial dele para poupar alguns jogadores com desgaste maior. Ele também pediu para ver o Diego Souza e o Caíque. No mais, na verdade, concordou com a maneira que estávamos pensando. O grupo tem a consciência de que precisava reagir e mostramos que somos capazes disso", contou o interino. A sequência agora é decisiva. Na quarta, o time jogará em Maceió na partida de volta da 3.ª fase da Copa do Brasil contra o CRB — defende vantagem de dois gols do jogo no Morumbi. No domingo, enfrenta o São Caetano, de Pintado, ex-auxiliar no clube, no primeiro jogo das quartas do Estadual.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/futebol/no-sao-paulo-aguirre-tera-desgaste-e-desconfianca-como-desafios-12032018

Carille prega atenção no Corinthians e elogia Bragantino: 'Time chato'
Data: 12/03/2018

Técnico avalia que adversário corintiano nas quartas do Paulistão é uma equipe de muita marcação e vai requerer atenção para avançar no Estadual

O técnico Fabio Carille prevê um confronto difícil diante do Bragantino nas quartas de final do Campeonato Paulista. Com 23 pontos, o Corinthians terminou a fase classificatória na ponta do Grupo 1 e vai enfrentar o time de Bragança, vice-líder, com 17. A decisão da vaga será na Arena Corinthians. "Agora é jogo de muita entrega. Passando o jogo da Libertadores, teremos jogo de detalhes. O Bragantino é time chato, que marca demais, seu técnico tem essa característica e a gente tem que estar atento e concentrado para fazer dois grandes jogos para passar para a semifinal", avaliou o treinador em entrevista coletiva após a vitória sobre o Botafogo, em Ribeirão Pretom neste domingo (11). Com a segunda melhor campanha, o Corinthians também viveu um período de altos e baixos no torneio. O técnico Fábio Carille parece ter resolvido a principal questão do início da temporada — o dono da camisa nove — de uma maneira pragmática. Como nenhum dos escolhidos conseguiu se firmar, o treinador simplesmente aboliu a figura da referência na área. Nos últimos jogos, o time apostou na movimentação dos meias Jadson e Rodriguinho e na versatilidade de Romero como armas ofensivas. Vem dando certo. A Federação Paulista definirá nesta terça-feira (13), em congresso técnico com dirigentes dos oito finalistas, as datas, os horários e os locais das quartas de final do Campeonato Paulista. Já é certo que os duelos serão realizados no próximo fim de semana (partidas de ida) e também no meio da semana seguinte (volta). Os times de melhor campanha decidirão em casa.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/futebol/carille-prega-atencao-no-corinthians-e-elogia-bragantino-time-chato-12032018

A 100 dias da Copa, Tite sofre por ter meio time com problemas físicos
Data: 06/03/2018

Neymar, Marquinhos e Fernandinho estão fora por lesão, enquanto Marcelo e Gabriel Jesus ainda se recuperam de lesões recententes

A cem dias do início da Copa do Mundo na Rússia, o técnico Tite precisa lidar com um fantasma que neste início de ano está assombrando a seleção brasileira: o das lesões. Mais do que conviver com a incerteza sobre as reais condições em que Neymar estará no torneio, o técnico se vê às voltas com meio time titular sofrendo com lesões musculares ou de joelho. Além disso, os principais jogadores ainda devem ter uma exaustiva reta final de temporada europeia. Operado sábado de uma fratura no quinto metatarso do pé direito, Neymar só deve voltar aos gramados em maio. Mas, se a seleção entrasse em campo hoje, Tite teria ainda mais problemas a resolver, já que precisaria escalar sua dupla de zaga, seu lateral-esquerdo, um de seus possíveis volantes e o atacante mais agudo do time sem o melhor ritmo de jogo. O grande número de lesões fez com que o técnico adiasse em dez dias a convocação para os dois últimos amistosos antes de chamar a seleção para a Copa, diante de Rússia e Alemanha, no fim do mês. A lista será divulgada na próxima semana, e Tite resolveu aproveitar esse tempo para acompanhar in loco a situação de alguns jogadores. Ele está na Europa junto com o auxiliar Sylvinho desde sábado, e nesta terça-feira estará no Parque dos Príncipes para assistir ao jogo de volta das oitavas de final da Liga dos Campeões entre Paris Saint-Germain e Real Madrid - os espanhóis venceram o jogo de ida por 3 a 1. Em Paris, Tite poderá ver como estão de fato o zagueiro Marquinhos e o lateral-esquerdo Marcelo. Os dois, titulares da seleção brasileira e que já ostentaram inclusive a braçadeira de capitão, ficaram fora dos últimos jogos do PSG e do Real Madrid devido a lesões musculares. Eles foram relacionados para o duelo e deverão iniciar a partida. Casemiro, Daniel Alves e Thiago Silva - que deve ficar no banco do time francês - também serão observados pela comissão técnica do Brasil. No domingo (4), a dupla da comissão técnica da seleção esteve em Manchester, na Inglaterra, acompanhando o confronto entre Manchester City e Chelsea. Tite viu as atuações de Willian, o provável substituto de Neymar, de Danilo e Ederson, mas teve pouco tempo para observar o atacante Gabriel Jesus, seu titular no ataque. O jogador, que ficou dois meses afastado dos campos devido a uma lesão no joelho esquerdo sofrida no fim do ano passado, entrou apenas nos minutos finais da partida. Na semana passada, diante do Arsenal, Gabriel Jesus jogou apenas por 31 minutos. O treinador também não pôde observar no domingo o volante Fernandinho - a quem considera opção para o lugar de Casemiro ou mesmo de Renato Augusto -, que se recupera de lesão na coxa esquerda sofrida há nove dias e só deve ter condições de jogo às vésperas da apresentação para os amistosos. Companheiro de Marquinhos na seleção, o zagueiro Miranda, da Inter de Milão, também ficou fora das últimas partidas do Campeonato Italiano. Com uma contusão no adutor da coxa esquerda, ele ficou duas semanas sem jogar no mês passado. Agora, voltou a ser relacionado. Outro jogador que preocupa a comissão técnica da seleção é Paulinho. O volante do Barcelona não vem de lesão, mas está há mais de um ano jogando sem tirar férias. Ele se transferiu do Guangzhou Evergrande, da China, para a Espanha em agosto do ano passado e desde então vem atuando regularmente pela equipe catalã. O temor é pelo desgaste físico, que deve se acentuar com a reta final da temporada europeia. Apesar do receio com as lesões a 100 dias do início da Copa do Mundo, o técnico Tite procura colocar esse fantasma em perspectiva, como disse na entrevista que concedeu ao Estado recentemente. "Todos os atletas que são convocados ficam entre clube e seleção. "Não posso me machucar porque tem a seleção, e é o Mundial". Eles vão trabalhar isso conforme a maturidade deles. A minha orientação é jogar de forma competitiva, tal qual se faz sempre", disse o treinador. "Jogar em alto nível até a final (da Liga dos Campeões, em 26 de maio) te dá ritmo de competição, mas te desgasta física e mentalmente. Em contrapartida você pode não ter um desgaste físico, mas você não está em ritmo de competição", continuou.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/futebol/a-100-dias-da-copa-tite-sofre-por-ter-meio-time-com-problemas-fisicos-06032018

Reservas do Palmeiras perdem para São Caetano no Paulistão 2018
Data: 06/03/2018

Verdão foi derrotado por 1 a 0, no Allianz Parque, e acumulou a quarta partida sem vitória no estadual; próxima partida é o clássico contra o São Paulo

Com um time reserva, o Palmeiras foi surpreendido nesta segunda-feira (5), no encerramento da 10ª rodada do Campeonato Paulista. A equipe perdeu por 1 a 0 para o São Caetano, em pleno Allianz Parque. Chiquinho marcou o gol da vitória dos visitantes. Classificação e jogos Apesar de classificado à próxima fase, este é o quarto jogo do Palmeiras sem vencer no Paulistão. O Verdão tem 20 pontos, na liderança isolada no Grupo C. O São Caetano alcançou os 13 pontos, na vice-liderança do Grupo B. O próximo compromisso do Palmeiras é no clássico contra o São Paulo, no Allianz Parque. Também na quinta-feira (8), o São Caetano recebe o Botafogo, no Anacleto Campanella. O time do ABC chegou ao gol logo aos 6 minutos. Alex Reinaldo cruzou na área, o lateral Fabiano se atrapalhou com a jogada aérea e a bola sobrou para Chiquinho chutar cruzado. A comemoração silenciou momentaneamente os quase 23 mil palmeirenses. A equipe do técnico Roger Machado ainda que pressionou o adversário, mas não converteu as chances em gol. O time ficou mais ofensivo com a estreia do atacante Papagaio, das categorias de base da equipe. Ainda assim, de nada adiantou. Nos minutos finais, Gustavo Scarpa cobrou falta que passou do lado da trave. A equipe acumulou a segunda derrota consecutiva, a quarta partida sem vitória. PALMEIRAS 0 X 1 SÃO CAETANO PALMEIRAS - Fernando Prass; Fabiano, Luan, Juninho e Michel Bastos; Thiago Santos, Bruno Henrique e Tchê Tchê (Willian); Gustavo Scarpa, Guerra (Papagaio) e Keno. Técnico: Roger Machado. SÃO CAETANO - Helton Leite (Paes); Alex, Sandoval, Max e Bruno Recife; Ferreira, Vinicius Kiss e Diego Rosa; Niltinho (Carlão), Chiquinho e Ermínio (Esley). Técnico: Pintado. GOL - Chiquinho, aos seis minutos do primeiro tempo. ÁRBITRO - Vinícius Furlan. CARTÕES AMARELOS - Esley, Moisés, Paes, Alex, Scarpa RENDA - R$ 1.176.356. PÚBLICO - 22.597 torcedores. LOCAL - Allianz Parque, em São Paulo. EsportesR7 no YouTube. Inscreva-se O desempenho dos brasileiros na rodada do futebol mundial

Link Notícia: https://esportes.r7.com/futebol/reservas-do-palmeiras-perdem-para-sao-caetano-no-paulistao-2018-05032018

São Paulo não vai ter Reinaldo no clássico contra Palmeiras
Data: 06/03/2018

O lateral-esquerdo sofreu um estiramento no músculo adutor da coxa esquerda no jogo contra o Linense, no domingo, pelo Campeonato Paulista

O lateral-esquerdo Reinaldo deve desfalcar o São Paulo no clássico com o Palmeiras, na próxima quinta-feira (08), pela 11ª rodada do Campeonato Paulista. Os times se enfrentarão às 20h30, no Allianz Parque. Autor do primeiro gol tricolor na vitória por 2 a 1 sobre o Linense no último domingo, ele passou por exames nesta segunda que detectaram um estiramento no músculo adutor da coxa esquerda. O jogador já iniciou a recuperação com fisioterapeutas do clube. O clube não estabelece uma data para retorno do lateral, apesar de considerar como "pequeno" o grau da lesão. Depois do clássico, o time tem pela frente o Red Bull Brasil, no domingo, em casa. Sem Reinaldo, a principal opção do técnico Dorival Junior é Edimar, que o substituiu no intervalo do jogo em Lins. Júnior Tavares também é opção. Reinaldo esteve em campo em nove partidas na temporada até aqui, e se firmou como titular da lateral-esquerda tricolor. Ele retornou para o clube em 2018, depois de duas temporadas emprestado para a Ponte Preta (em 2016) e Chapecoense (2017).

Link Notícia: https://esportes.r7.com/futebol/times/sao-paulo/sao-paulo-nao-vai-ter-reinaldo-no-classico-contra-palmeiras-05032018

Tricolor escuta Lugano e promete reforma gigante no CT
Data: 06/03/2018

Tricolor quer concluir transformação do CT ainda nesta temporada

Vestiários, Reffis, academia de musculação, sala de imprensa… O CT da Barra Funda passará por uma profunda reforma nos próximos meses, a fim de modernizar o centro de treinamento do elenco profissional do São Paulo. As mudanças já foram encomendadas a um escritório de arquitetura, que estuda como utilizar da melhor maneira o terreno de 44.472 m² na zona oeste da cidade. A revelação sobre a intenção de transformar o CT da Barra Funda foi feita por Raí, diretor-executivo de futebol do Tricolor, aos membros do Conselho Deliberativo em reunião na semana passada. A reforma é uma antiga reivindicação de Diego Lugano, contratado em 30 de janeiro como superintendente de relações institucionais do Tricolor. Durante toda a temporada passada, ainda como atleta, o uruguaio bateu na tecla de que o CT da Barra Funda estava defasado e havia ficado atrás, por exemplo, dos centros de treinamento de Corinthians e Palmeiras. O vestiário dos atletas é atualmente o principal problema da Barra Funda. A sala de musculação e o Reffis, que já foi muito utilizado para atrair jogadores machucados, também precisam de mudanças consideráveis, porque se tornaram pequenos demais. Nenhum dos dois espaços comporta o elenco inteiro simultaneamente. O Tricolor também conta com dois de seus parceiros para economizar nas obras: a MRV construtora e a Joli, empresa de materiais de construção. Vale lembrar que em dezembro do ano passado, o São Paulo viu a Câmara dos Vereadores da cidade aprovar em segunda votação a extensão da concessão do CT por mais 20 anos, prorrogáveis por outros 20 – o vínculo anterior terminaria em junho de 2022.

Link Notícia: https://esportes.yahoo.com/noticias/sao-paulo-planeja-reforma-gigante-no-ct-da-barra-funda-042352524.html

Corinthians estreia na Libertadores com empate contra Millonarios
Data: 01/03/2018

No El Campín, jogo teve boas oportunidades para colombianos e comandados de Fábio Carille, mas terminou sem gols

Corinthians e Millonarios se enfrentaram nesta quarta-feira (28), em Bogotá, pela 1ª rodada da fase de grupos da Copa Libertadores de 2018. Apesar do jogo movimentado, com boas chances para os dois lados, a partida terminou empatada por 0 a 0 e o time de Fábio Carille volta ao Brasil com um ponto conquistado. Pela outra partida do Grupo 7, o Deportivo Lara recebe o Independiente nesta quinta-feira, em jogo que pode definir o líder da chave na 1ª rodada. Na próxima rodada, no dia 14 de março, o Corinthians recebe o Deportivo Lara, no Itaquerão. O Millonarios, por sua vez, visita o Independiente, em Buenos Aires, no dia 15. A primeira etapa foi marcada pela superioridade do Millonarios, que abusaram dos cruzamentos e assustaram a defesa corintiana em diversas ocasiões. Os donos da casa, porém, pecaram nas finalizações. O time de Fábio Carille chegou com perigo pela primeira vez aos 30 minutos, quando Romero recebeu na área e chutou fraco para a defesa de Fariñez. Aos 42, o lance mais perigoso dos primeiros 45 minutos. De Los Santos recebeu cruzamento e desviou para a pequena área, mas Cássio afastou. Na sequência, após bola alçada por Silva, Del Valle surgiu sozinho, mas cabeceou para fora. Após susto, Corinthians melhora no segundo tempo Ao início da etapa final, o Corinthians quase viu o primeiro gol dos colombianos. Huérfano recebeu passe na cara do gol e tentou buscar o ângulo. No entanto, chutou para fora. Depois da chance perdida pelos adversários, os alvinegros melhoraram no jogo. Aos 17 minutos, a grande oportunidade do jogo: após cruzamento de Jadson e bate e rebate na área do Millonarios, Henrique pegou a sobra, girou e encheu o pé, mas a bola explodiu no travessão. Em contra-ataque corintiano, aos 28, Jadson passou pela zaga, levou a bola para o meio e chutou colocado, e a bola foi para fora. Aos 46, Jadson quase marcou. Livre na grande área, o camisa 10 recebeu cruzamento e chutou cruzado, mas Fariñez espalmou para fora e fez ótima defesa. O lance foi anulado por impedimento. No minuto final, mais um lance perigoso, mas desta vez para os donos da casa. De fora da área, Carrillo chutou cruzado, com força, e a bola passou ao lado do gol de Cássio. Sem Rodriguinho, Carille usou Matheus Vital Com Rodriguinho suspenso por expulsão contra o Racing na Sul-Americana de 2017, Matheus Vital substituiu o meia titular. O ex-vascaíno apareceu pouco na construção de jogadas do time de Carille, mas não comprometeu. Foi a terceira partida do jovem atleta com a camisa alvinegra. O goleiro Cássio e os volantes Renê Júnior e Gabriel foram os jogadores corintianos a levarem o cartão amarelo na partida. Cadavid, Duque e Domínguez, pelo lado dos colombianos, foram os amarelados. MILLONARIOS 0 X 0 CORINTHIANS MILLONARIOS - Fariñez; Banguero, De los Santos, Cadavid e Palacios; Domínguez, Duque e Silva (Carrilo); Huérfanos (Montoya), Quiñones (Ovelar) e Del Valle. Técnico: Miguel Ángel Russo. CORINTHIANS - Cassio; Fagner, Balbuena, Henrique e Maycon; Gabriel, Renê Júnior, Jadson, Clayson (Júnior Dutra), Mateus Vital (Sheik) e Romero (Lucca). Técnico: Fábio Carille. ÁRBITRO - Roddy Zambrano (EQU). CARTÕES AMARELOS - Renê Junior, Domínguez, Gabriel, Cadavid, Cássio e Duque. RENDA E PÚBLICO - Não disponíveis. LOCAL - Estádio El Campín, em Bogotá (COL).

Link Notícia: https://esportes.r7.com/futebol/corinthians-estreia-na-libertadores-com-empate-contra-millonarios-01032018

Flamengo e River Plate empatam na estreia da Copa Libertadores 2018
Data: 01/03/2018

Henrique Dourado e Everton deixaram Rubro-Negro na frente duas vezes, mas Rodrigo Mora e Mayada garantiram 2 a 2 no Engenhão sem torcida

Dois dos principais times do continente, Flamengo e River Plate estrearam nesta quarta-feira (28), na Copa Libertadores. O jogo sem torcida no Nilton Santos, o Engenhão, tirou um pouco do charme do confronto. Depois de um primeiro tempo ruim, as duas equipes empataram por 2 a 2. Ainda pelo Grupo 4, o Santa Fé-COL pega o Emelec-EQU, em Medellín, nessa quinta. O primeiro tempo só não foi mais assustador que o sorriso de De La Cruz após dividida com Jonas. O uruguaio do River Plate perdeu um dente após dividida com o volante. No mais, Diego Alves e Armani pouco trabalharam. O gol mesmo saiu só aos 8 minutos do segundo tempo, e de pênalti. Henrique Dourado, claro, cobrou com perfeição e abriu o placar. Mas dois minutos depois, foi a vez do River marcar, com Rodrigo Mora, de cabeça. A defesa rubro-negra reclamou de impedimento. Com o mando de campo, o Flamengo de Carpegiani partiu para cima dos argentinos. A pressão deu certo e Everton marcou aos 21 minutos, após boa jogada de Lucas Paquetá. Já nos minutos finais, o River mostrou o quanto sabe jogar a Libertadores. Mayada chutou de longe, no canto de Diego Alves e empatou a partida. Já pela segunda rodada, o Flamengo pega o Emelec em 14 de março, no Equador. O próximo compromisso do River é só em 5 de abril, contra o Santa Fé, da Colômbia, em Buenos Aires. FLAMENGO 2 x 2 RIVER PLATE FLAMENGO - Diego Alves; Pará (Rodinei), Réver, Juan e Renê; Jonas (Romulo), Lucas Paquetá, Diego e Everton Ribeiro; Everton (Willian Arão) e Henrique Dourado. Técnico: Paulo César Carpegiani. RIVER PLATE - Franco Armani; Montiel, Maidana, Martínez e Saracchi; Ponzio, Zuculini (Mayada) e Enzo Pérez (Scocco), De la Cruz (Quintero); Mora e Lucas Pratto. Técnico: Marcelo Gallardo. GOLS - Henrique Dourado (pênalti), aos 8, Mora, aos 10, Everton, aos 21, e Mayada, aos 41 minutos do segundo tempo. CARTÕES AMARELOS - Maidana, Martínez, Diego, Zuculini, Henrique Dourado, Everton, Réver. ÁRBITRO - Michel Espinoza (Fifa/Peru). RENDA E PÚBLICO - Não houve. LOCAL - Estádio do Engenhão, no Rio de Janeiro (RJ).

Link Notícia: https://esportes.r7.com/futebol/flamengo-e-river-plate-empatam-na-estreia-da-copa-libertadores-2018-01032018

Neymar chega ao Brasil e passará por cirurgia no sábado, em BH
Data: 01/03/2018

"Ainda não temos o horário certo, mas será no sábado, em Belo Horizonte"

Neymar desembarcou na manhã desta quinta-feira (1) no aeroporto do Galeão, no Rio de Janeiro, junto com o médico da seleção brasileira Rodrigo Lasmar e do cirurgião Gérard Saillant, representante do Paris Saint-Germain. O jogador será operado no sábado, em Belo Horizonte, para corrigir uma fratura no pé direito. "Ainda não temos o horário certo, mas será no sábado, em Belo Horizonte", disse Lasmar em entrevista à TV Globo. "O importante agora é ele recuperar da viagem, que foi bastante cansativa. Essa questão da logística será acordada, mas ele chegará em BH na véspera da cirurgia", complementou. Lasmar evitou dar um prognóstico específico sobre o tempo de recuperação do atleta. Mas a expectativa é que fique fora dos gramados entre dois e três meses. "Isso depende da individualidade do jogador. Depois da cirurgia, vamos acompanhar o passo a passo", informou o médico da seleção brasileira. Neymar colocará um pino para corrigir a fratura no quinto metatarso do pé direito. Ele se machucou na vitória sobre o Olympique de Marselha, domingo, pelo Campeonato Francês. Os exames iniciais não haviam apontado a fratura. Certo é que ele não entrará em campo no duelo de volta das oitavas de final contra o Real Madrid, dia 6 de março, na França, pela Liga dos Campeões. A expectativa é que o craque brasileiro volte aos gramados apenas em maio, um mês antes da Copa do Mundo. Assim, ele participaria apenas nas rodadas finais do Campeonato Francês. Ele também poderia estar disponível para as semifinais da Liga dos Campeões, caso o Paris Saint-Germain avance na competição. O jogador também ficará de fora dos amistosos da seleção brasileira contra Alemanha e Rússia, nos dias 23 e 27 de março, respectivamente. O técnico Tite adiou a convocação que aconteceria nesta sexta-feira para o dia 12.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/futebol/neymar-chega-ao-brasil-e-passara-por-cirurgia-no-sabado-em-bh-01032018

Em boa fase, Santos encara altitude de Cuzco em estreia na Libertadores
Data: 01/03/2018

O Santos entra em campo nesta quinta-feira (1) para encarar o Real Garcilaso, às 19h15 (horário de Brasília), em Cuzco, pela Copa Libertadores

O Santos entra em campo, nesta quinta-feira (1), no seu melhor momento neste início de temporada. Embalado por uma sequência de três vitórias no Campeonato Paulista e pela grande fase do seu artilheiro, o time encara o Real Garcilaso, às 19h15 (horário de Brasília), em Cuzco, para a sua estreia na fase de grupos da Copa Libertadores. Após um começo irregular do Santos em 2018, o técnico Jair Ventura conseguiu encontrar seu time-base, mesmo sem poder contar desde a primeira rodada do Paulistão com o atacante Bruno Henrique, ainda em recuperação de lesões no olho, e levou a equipe a emplacar três triunfos em sequência, um deles em clássico contra o São Paulo. Essa série foi embalada pela grande fase de Gabriel Barbosa, o Gabigol. O atacante marcou quatro gols nos quatro jogos que disputou desde que voltou ao Santos, cedido por empréstimo pela Inter de Milão. Mas acabou se tornando problema de última hora por causa de dores provocadas por uma pancada recebida no jogo de domingo com o Santo André. Não deve ser, no entanto, problema para a estreia santista na Libertadores. Se o ataque já conta com um artilheiro, o sistema defensivo também não vem mais trazendo preocupações a Jair, tanto que o time não foi vazado nesta última sequência de vitórias. E ele ainda terá retornos importantes ao time, do volante Renato e do atacante Copete, que não enfrentaram o Santo André no fim de semana. O cenário santista, portanto, é bom, mas os jogadores sabem que ainda precisam fazer muito mais para que seja possível afastar de vez a desconfiança do começo do ano, quando o time sofria com a saída de vários nomes de peso. "Ainda temos que melhorar muita coisa. Vamos trabalhar para conseguir nossos objetivos", disse David Braz. Ainda que seja apenas a estreia, o jogo com o Real Garcilaso é importante para o Santos por ser contra o único participante do Grupo 6 que nunca foi campeão da Libertadores - o uruguaio Nacional e o argentino Estudiantes completam a chave. Por isso, os duelos com o time peruano podem ser um fator desequilibrador no momento de definição dos classificados às oitavas de final. Os efeitos da altitude de cerca de 3.400 metros de Cuzco são a maior preocupação do Santos, com a comissão técnica optando por nem realizar treinos no local do jogo. O time, aliás, tem má lembrança da sua última passagem pela cidade, em 2003, quando foi eliminado pelo Cienciano nas quartas de final da Copa Sul-Americana. Naquela oportunidade, o time peruano tinha o argentino Óscar Ibáñez como seu goleiro - hoje, ele é o técnico do Real Garcilaso. Em razão da altitude, as finalizações de fora da área preocupam o Santos para o duelo desta quinta-feira. "Sabemos que o chute de fora da área parece que está na entrada da área por causa da força da altitude. São detalhes que estão no nosso conhecimento. Temos que superar tudo isso em busca de uma vitória na estreia", avisou Jair. O time peruano se classificou à Libertadores ao ser vice-campeão peruano em 2017. Mas o time não faz boa campanha neste ano, com apenas quatro pontos somados nas quatro rodadas iniciais, o que inclui a derrota para o Academia Cantolao no seu compromisso anterior. Mas o Real Garcilaso espera superar a fase irregular com uma vitória sobre um rival de peso. "Vamos enfrentar um campeão da Libertadores. Temos que jogar bem porque temos a altitude conosco", disse o meio-campista Jhonny Vidales, revelando que os efeitos do ar rarefeito serão explorados pelo Real Garcilaso, que está de volta à Libertadores após quatro anos sem disputá-la.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/futebol/em-boa-fase-santos-encara-altitude-de-cuzco-em-estreia-na-libertadores-01032018

Começa nova etapa de Libertadores com mais brasileiros ex-campeões
Data: 27/02/2018

A 59ª edição do principal torneio continental terá sete clubes brasileiros na luta pelo título e o maior número de ex-campeões entre os 47 participantes

A 59ª edição da Copa Libertadores começa, nesta terça-feira (27), com a participação do maior número de clubes brasileiros campeões do torneio. Além do Grêmio, atual campeão, lutam pelo título outras sete equipes que já tiveram o privilégio de exibir o troféu em suas galerias: Palmeiras, Corinthians, Cruzeiro, Santos, Vasco e Flamengo.Outros três grandes brasileiros campeões de Libertadores São Paulo, Internacional e Atlético não participam desta edição. Já a Chapecoense, ainda sem títulos de Libertadores, foi eliminada nas fases preliminares. Em 2018, o torneio terá 47 participantes — mesma quantidade de clubes do ano passado — e o Brasil é também o país com o maior número de representantes (8) entre as nações em disputa. Outra peculiaridade desta edição da Libertadores é possuir a maior quantidade de ex-campeões entre os participantes (17). Além dos oito brasileiros, também disputam essa edição Boca Juniors, Independiente-ARG, River Plate, Estudiantes-ARG, Racing-ARG, Peñarol, Nacional-URU, Atlético Nacional-COL, Colo-Colo e Olímpia-PAR. Premiação Sem contar com clubes mexicanos, a Libertadores 2018 terá uma premiação recorde. A Conmebol (Confederação Sul-Americana de Futebol) decidiu dobrar o prêmio para o campeão e o vice em relação ao valor pago em 2017. O vencedor deste ano ganhará seis milhões de dólares (aproximadamente R$ 20 milhões) e o vice receberá três milhões de dólares (R$ 10 milhões). Somando as cotas de participação nas fases anteriores, o campeão poderá receber mais de R$ 35 milhões em prêmios. Em 2017, o Grêmio faturou cerca de R$ 25 milhões. Brasileiros nos grupos O Grêmio (campeão em 1983, 1995 e 2017) entrará em campo, às 19h15 (horário de Brasília), para enfrentar o Defensor-URU, no estádio Luis Franzini, em Montevidéu, pelo Grupo 1. O time tricolor gaúcho terá também a companhia na chave de Cerro Porteño e Monagas-VEN. O Grupo 5 terá o Cruzeiro (campeão 1976 e 1997) e o Vasco (1998). Universidad de Chile e Racing-ARG complementam a chave. O time celeste visitará, nesta terça, o Racing, às 21h30, no estádio Presidente Perón, em Buenos Aires. Campeão em 2012, o Corinthians está no Grupo 7, no qual terá como adversários o Millionarios-COL, o Deportivo Lara-VEN e o Independiente-ARG. O goleiro Cássio, um dos heróis do título e que irá disputar a competição pela quinta vez na carreira, prega atenção e respeito com os adversários para o Corinthians chegar ao bicampeonato. "A Copa Libertadores é um campeonato bem traiçoeiro, não podemos menosprezar nenhuma equipe. Já vimos muitas equipes que eram favoritas serem eliminadas e não chegarem no objetivo. Temos que estar bem preparados, respeitar todas as equipes", projetou o goleiro em entrevista publicada no site do Corinthians. No Grupo 8, o Palmeiras, detentor do título de 1999 e equipe brasileira que mais participou da Libertadores, junto com Grêmio e São Paulo (18 edições), vai enfrentar o Boca Juniors, o Alianza Lima-PER e o Junior Barranquilla-COL. Já o Flamengo (campeão em 1981) jogará pelo Grupo 4 contra River Plate, Emelec-EQU e Santa Fé-COL. O Grupo 6 terá o tricampeão Santos (1962, 1963 e 2011) ao lado Estudiantes-ARG, Real Garcilaso-PER e Nacional-URU. Chave sem brasileiros O Grupo 2 é a única chave que não conta com a presença de brasileiros. Atlético Nacional-COL, Bolivar-BOL, Colo-Colo e Delfin-EQU lutam pelas duas vagas para a fase eliminatória do torneio.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/futebol/comeca-nova-etapa-de-libertadores-com-mais-brasileiros-ex-campeoes-27022018

Maya Gabeira, a menina que trocou o ballet pelas ondas gigantes
Data: 27/02/2018

Surfista relembrou carreira ao voltar para local em que sofreu grave acidente, mas retornou para encarar paredão equivalente a prédio de oito andares

A coragem de Maya Gabeira não cabia mais nas aulas de ballet. Aos 13 anos, a menina destemida passou a buscar a onda perfeita ao redor do mundo. Não demorou muito e se apaixonou pelas ondas gigantes. Mas Maya sofreu um acidente grave após cair de uma dessas ondas gigantes, no Canhão de Nazaré, em Portugal, em 2013. Cinco anos depois, voltou à mesma Praia do Norte, desta vez, para surfar uma onda estimada em 24 metros (aproximadamente um prédio de oito andares). A brasileira, hoje com 30 anos, briga para entrar no Guinnes Book. Confira a seguir o depoimento de Maya Gabeira ao R7: "Comecei a surfar com 13 anos, em uma escolinha de surfe no Arpoador, incentivada por um namorado da época e amigos de escola. Eu dançava, fazia ballet e fiquei um tempo procurando outro esporte. Demorou para eu me sentir confortável dentro d´água. Foi uma coisa muito minha. Fui para a Austrália, morei lá, terminei o colégio e sonhei em surfar a onda perfeita. Foi quando fui para o Havaí e pude ver as ondas gigantes, perfeitas e aquilo mexeu comigo. Logo na minha primeira temporada, decidi que queria focar naquilo, surfar os lugares que queria surfar e fui evoluindo. Ganhei meu primeiro prêmio e tive oportunidade de ter patrocinador, competir, trabalhar de garçonete no Havaí para me manter e aí comecei a ganhar dinheiro... E deu certo. Sempre sonhei com esse momento que estou vivendo agora. A gente sonha com certas coisas e não tem muito controle se vai acontecer ou não. Em certos momentos da minha vida, o sonho fez parte, mas não sabia se iria alcançá-lo.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/mais-esportes/maya-gabeira-a-menina-que-trocou-o-ballet-pelas-ondas-gigantes-27022018

Grêmio inicia defesa do título da Libertadores no Uruguai
Data: 27/02/2018

Em busca de ser o primeiro brasileiro a conquistar o tetra da competição, Grêmio estreará no Grupo 1 diante do Defensor-URU, às 19h15, em Montevidéu

O Grêmio inicia a caminhada pela defesa do título da Copa Libertadores nesta terça-feira (27). Em busca de ser o primeiro brasileiro a conquistar o tetracampeonato da competição, o time gaúcho estreará no Grupo 1 diante do Defensor, às 19h15 (de Brasília), no estádio Luis Franzini, em Montevidéu, no Uruguai. Será o retorno da equipe à Libertadores após o título conquistado em novembro do ano passado, com a histórica vitória sobre o Lanús na final. Um dos heróis daquela conquista, o goleiro Marcelo Grohe falou sobre a ambição de levar o Grêmio ao inédito tetracampeonato do torneio entre os brasileiros. "A gente sabe o quanto é difícil ganhar uma Libertadores e conseguimos este feito. Agora temos a oportunidade de transformar o Grêmio no primeiro brasileiro a ganhar quatro vezes a Libertadores. É uma longa estrada, assim como no ano passado. Mas acho que nossa equipe está preparada, ciente de todos os desafios", declarou. Depois de um início complicado de temporada, o Grêmio chega para a partida embalado. Afinal, faturou outro título continental na semana passada, quando derrotou o Independiente nos pênaltis, na Arena Grêmio, em Porto Alegre, e conquistou a Recopa Sul-Americana. Marcelo Grohe, mais uma vez, foi o herói. Se Marcelo Grohe chega para esta edição da Libertadores ainda como um dos destaques do Grêmio, o time titular terá algumas alterações em relação àquele que foi campeão no ano passado. O lateral-direito Edílson, o atacante Fernandinho e o atacante paraguaio Lucas Barrios deixaram o clube. Entraram Madson, Everton e Cícero, respectivamente. Arthur, lesionado, será substituído por Maicon. Cícero, aliás, tem sido titular no comando de ataque gremista, improvisado, mas pode ser sacado para a entrada de Jael. O atacante está mais acostumado a atuar na posição e finalmente desencantou com a camisa do clube no último sábado na vitória por 3 a 0 sobre o Novo Hamburgo, pelo Campeonato Gaúcho. Independente da escalação, o Grêmio sabe o clima que vai encontrar em Montevidéu. O Defensor tem pouca torcida na cidade e aposta em seu estilo aguerrido e no acanhado estádio para incomodar os adversários. O Luiz Franzini tem capacidade para apenas 18 mil torcedores e é localizado em uma praça na capital uruguaia. O Defensor volta à Libertadores após quatro anos de ausência. No Torneio Apertura uruguaio, ocupa a quinta colocação após quatro jogos, com sete pontos, e vem de empate por 1 a 1 com o Rampla Juniors.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/futebol/gremio-inicia-defesa-do-titulo-da-libertadores-no-uruguai-27022018

Procurado em 2012, André Villas-Boas sonha treinar o São Paulo
Data: 27/02/2018

Ex-técnico do Porto, Chelsea e Zenit, o português André Villas-Boas disse que já foi procurado pelo São Paulo em 2012 pelo então presidente Juvenal Juvêncio

André Villas-Boas é constantemente lembrado no São Paulo quando ocorre mudança ou ameaça de troca de treinador. O português, que já trabalhou no Porto e no Chelsea, entre outros, e se aventurou como piloto de rali, conta que o seu nome não surgiu em vão. Existiu e ainda existe real possibilidade de ele trabalhar no Brasil e o time do Morumbi é a sua prioridade. "Tive uma conversa com o São Paulo quando eu sai do Chelsea e ficamos muito próximo de um acerto. Fiz algumas reuniões com o Juvenal (Juvêncio, presidente na época), mas as coisas não evoluíram", contou o treinador, em entrevista ao jornal Estado de S. Paulo, em Mônaco, onde irá participar do Prêmio Laureus nesta terça-feira (27). O contato foi feito em 2012, após a demissão de Emerson Leão. O acerto só não aconteceu porque dias antes de dar o "sim" ao São Paulo, André Villas-Boas recebeu uma proposta milionária do Tottenham e decidiu permanecer na Europa por mais um período. Hoje ele é amigo do diretor de futebol Raí, mas garante que não há qualquer conversa no momento. "Deixa ele arrumar aquilo lá e no futuro a gente pode ver", afirmou, mostrando estar ciente das dificuldades que o amigo tem no comando do clube. No final de novembro, o português deixou o Shanghai SIPG, da China, para participar do Rali Dacar, uma aventura abandonada após se acidentar em uma prova. De volta ao futebol, aguarda propostas da Europa, mas sem esquecer do Brasil. "Quero ficar mais uns dois ou três anos na Europa e depois queria tentar algo no Brasil ou no Japão. O São Paulo é a prioridade por ter sido o clube brasileiro que me fez proposta", explicou. E antes mesmo de chegar, o português já tem reclamações sobre a organização do futebol no Brasil. "Eu já falei para alguns dirigentes. O calendário é muito apertado e não permite o desenvolvimento. A importância dos Estaduais não deixa que as coisas mudem e 20 equipes na primeira divisão é muita coisa. Talvez 18 fosse um número melhor", analisou. "O curioso é que mesmo assim, continuam saindo talentos", completou. Fã do compatriota José Mourinho, a quem ele diz que revolucionou a forma de treinar futebol, através de mais metodologia e ciência, André Villas-Boas não fica em cima do muro quando o assunto é Copa do Mundo. "Creio que a Alemanha é a favorita. Tem um time forte e os jovens que estão chegando também são muito competentes. Mas vale ressaltar o Brasil, do Tite, que voltou a apresentar um grande futebol", analisou. Poliglota, André Villas-Boas está sem clube, mas acredita que a partir de abril já começam a surgir propostas, pois os Europeus começam a pensar no planejamento da próxima temporada. Uma coisa é certa: ele não volta para a China. O português acredita que questões políticas estão atrapalhando o andamento do futebol chinês. "Mudaram o regulamento no meio do campeonato, diminuindo o espaço para os estrangeiros e obrigando a utilizar mais garotos, que claramente não estão preparados. O nível técnico do campeonato tende a cair", protestou.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/futebol/procurado-em-2012-andre-villas-boas-sonha-treinar-o-sao-paulo-27022018

Grêmio vence Independiente nos pênaltis e é campeão da Recopa
Data: 22/02/2018

Decisão sul-americana ficou no empate por 0 a 0 e foi definida em defesa de Marcelo Grohe, que pegou último pênalti da disputa

O Grêmio é o campeão da Recopa Sul-Americana de 2018. Na Arena, nesta quarta-feira (21), o jogo contra o Independiente ficou empatado por 0 a 0 no tempo regulamentar, e então foi à prorrogação. O placar persistiu, levando a partida para a disputa de pênaltis, decididos na última cobrança em defesa de Marcelo Grohe. Nas cobranças, 5 a 4 para o Imortal. Maicon, Cícero, Jael, Everton e Luan converteram para o Grêmio. Gaibor, Meza, Domingo e Romero fizeram para o Independiente. Na cobrança de Benítez, a última do clube de Buenos Aires e do jogo, Grohe se esticou e deu o segundo título da Recopa para o Tricolor, que já havia conquistado a taça da competição em 1996, contra o próprio Independiente. O jogo foi movimentado do início ao fim. No entanto, sem gols. Logo aos 7, Everton saiu na cara do gol, passou pelo goleiro e chutou rasteiro, mas Amorebieta tirou em cima da linha. Dois minutos depois, Grohe fez ótima defesa em chute colocado de Fernández. Na sequência, um bombardeio gremista: Everton cruzou fechado e a zaga cortou. Novo chute, novo bloqueio da defesa. Na sobra, dentro da pequena área, Alisson finalizou, mas Campaña defendeu. Aos 20, Léo Moura sentiu dores, caiu no gramado e teve de ser substituído. Paulo Miranda entrou em seu lugar. Poucos minutos depois, uma boa oportunidade de falta para cada lado: primeiro, Luan cobrou e a zaga afastou; para o Rey de Copas, Fernández cobrou colocado e mandou para fora. A chance mais clara do primeiro tempo veio aos 37, quando Luan se aproveitou de falha da zaga e saiu na cara do gol, mas perdeu a oportunidade.Aos 39, lance polêmico na Arena: Luan foi atingido por um pé alto de Amorebieta e a dividida fez uma ferida na costela do atacante, que se irritou e a mostrou para o árbitro Enrique Cáceres, que pediu a arbitragem de vídeo. Cáceres reviu o lance na telinha e deu o cartão vermelho a Amorebieta. No primeiro jogo da Recopa, em Buenos Aires, a arbitragem de vídeo já havia sido utilizada, ocasionando a expulsão de Gigliotti, aos 27 do 1º tempo. Na segunda etapa, aos 8, Everton fez boa jogada e finalizou com força, mas Campaña defendeu mais uma vez. O que se viu durante os minutos seguintes foi o Grêmio insistindo, mas parando na boa atuação do goleiro do Independiente ou falhando na pontaria. E essa foi a tônica até os 48 minutos de jogo, ao fim do tempo regulamentar. Na prorrogação, mesmo com um atleta a menos, o Independiente jogou de igual para igual com o Imortal, e as duas equipes criaram chances de perigo. Aos 3 minutos do segundo tempo da prorrogação, Jael cobrou falta, a bola desviou na barreira e quase surpreendeu Campaña, que se recuperou e fez ótima defesa. Aos 14, Maicosuel avançou pela direita, invadiu a área e chutou cruzado, mas parou no goleiro adversário, que fez grande partida.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/futebol/gremio-vence-independiente-nos-penaltis-e-e-campeao-da-recopa-22022018

Flamengo goleia Madureira na primeira rodada da Taça Rio
Data: 22/02/2018

Diego, Henrique Ceifador, Lucas Paquetá e Vinícius Júnior marcaram os gols da vitória do Rubro-Negro por 4 a 0, no Estádio Nilton Santos

Três dias depois de ser campeão da Taça Guanabara, o Flamengo estreou com uma convincente vitória na Taça Rio. O Rubro-Negro bateu o Madureira por 4 a 0 nesta quarta-feira (21), no Nilton Santos, com gols de Diego, Henrique Ceifador, Lucas Paquetá e Vinícius Júnior. Na próxima rodada, o Flamengo tem pela frente o clássico contra o Fluminense, em Cuiabá, na Arena Pantanal, no sábado (24). Na segunda, o Madureira recebe o Volta Redonda, no Conselheiro Galvão. O time do técnico Paulo César Carpegiani jogou leve e chegou aos gols com tranquilidade diante de pouco mais de 3.800 pagantes. Diego, em bela cobrança de falta aos 17 minutos, abriu o placar. Também no primeiro tempo, aos 35 minutos, Lucas Paquetá aproveitou bobeira da zaga adversária para ampliar. Um dos melhores cobradores de pênalti do Brasil, Henrique Dourado, o Ceifador, marcou naquela que também é sua especialidade, aos 9 minutos da etapa final. A partir daí, o jogo ficou ainda mais fácil apesar da vontade dos atacantes Igor Catatau e Souza. Faltava, no entanto, o da estrela Vinícius Júnior, que marcou o quarto já nos minutos finais.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/futebol/flamengo-goleia-madureira-na-primeira-rodada-da-taca-rio-21022018

Atlético Mineiro goleia Botafogo-PB e se classifica na Copa do Brasil
Data: 22/02/2018

Vitória por 4 a 0 leva Galo à terceira fase, e pegará Figueirense na próxima etapa da competição

Aparentemente, o Atlético Mineiro se encontrou sob o comando interino do auxiliar Thiago Larghi. O Galo goleou, com tranquilidade, o Botafogo-PB por 4 a 0, nesta quarta-feira (21), no estádio Almeidão, em João Pessoa, e avançou à terceira fase da Copa do Brasil. Depois da demissão de Oswaldo Oliveira há 10 dias, a equipe perdeu em casa da Caldense, mas se recuperou com vitórias no clássico contra o América-MG e agora na Paraíba. O adversário do Atlético Mineiro na terceira fase já está definido. Será o Figueirense, que nesta quarta-feira derrotou o Oeste-SP por 2 a 1, no estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis. Pelo sorteio realizado na sede da CBF, no Rio de Janeiro, o primeiro jogo será em Santa Catarina, provavelmente na próxima quarta, e o segundo no estádio Independência, em Belo Horizonte, no dia 14 de março. Esta será a primeira etapa da Copa do Brasil disputada no sistema de ida e volta. Além disso, o critério de gol qualificado (fora de casa) não vale mais. Portanto, em caso de empate, a vaga na quarta fase será decidida nos pênaltis. Antes o Atlético Mineiro volta as atenções para o Estadual - neste domingo encara o Tupi, em Juiz de Fora (MG). Em campo, o Atlético Mineiro teve problemas apenas nos primeiros 15 minutos, período em que teve dificuldades para chegar na área do time paraibano. A partir daí, o meio de campo atleticano se acertou e as jogadas apareceram. Aos 27, marcou o primeiro gol. Otero recebeu na esquerda e cruzou na cabeça de Róger Guedes, que completou para as redes. No segundo tempo, o Atlético Mineiro seguiu melhor na partida, controlando as ações do jogo. Aos 15 minutos, Cazares ampliou para o time de Belo Horizonte e não demorou muito para sair o terceiro, desta vez com o centroavante Ricardo Oliveira, aos 21. E ainda teve tempo no final, aos 36, para mais um gol com o atacante Luan.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/futebol/atletico-mineiro-goleia-botafogo-pb-e-se-classifica-na-copa-do-brasil-22022018

Vasco leva 4, mas Martín Silva pega 3 pênaltis e time vai à Libertadores
Data: 22/02/2018

Goleiro livrou equipe de vexame histórico na noite desta quarta-feira (21), após derrota no tempo normal para o Jorge Wilstermann, em Sucre, na Bolívia

O Vasco por pouco não passou por um vexame histórico e foi eliminado nesta quarta-feira (21), na terceira fase da pré-Libertadores. O time tinha uma vantagem de quatro gols, mas perdeu no tempo normal por 4 a 0 para o Jorge Wilstermann, na Bolívia, e levou a decisão para os pênaltis. Martín Silva, no entanto, garantiu a equipe na fase de grupos ao pegar três cobranças. Martín Silva pegou as cobranças de Lucas Gaúcho, Meleán e Alex Silva. Desábato e Rildo haviam perdido para o time brasileiro, mas Andrés Ríos, Yago Pikachu e Wellington. O Wilstermann não deu nem tempo para os jogadores do Vasco respirarem nos primeiros minutos de jogo. Aos 5, após cobrança de escanteio, Zenteno abriu o placar. Um minuto depois, Pedriel recebeu cruzamento na área e completou de cabeça para o fundo do gol. O time da casa seguiu pressionando para encontrar o terceiro gol. E não demorou: aos 17, Chávez recebeu cruzamento de Serginho e ampliou para o Jorge Wilstermann. Após sofrer o gol, o Vasco reagiu e tentou criar boas jogadas, mas sem sucesso. No segundo tempo, mais pressão dos bolivianos: aos 15, Lucas Gaúcho recebeu bom cruzamento e mandou para fora. O quarto gol veio dez minutos depois, quando o zagueiro Zenteno recebeu cruzamento de Serginho e fez seu segundo tento na partida. O que já estava ruim ficou ainda pior para o Vasco. Aos 38, Thiago Galhardo se irritou com Serginho e chutou a bola no adversário. O árbitro viu o lance e expulsou o meia vascaíno. Nessa altura do jogo, depois de sofrer quatro gols, o próprio Martín Silva já pedia a cobrança de pênaltis. Era como se soubesse que poderia garantir a classificação da equipe. Foi o que aconteceu ao defender as três cobranças. Com o resultado, o Vasco vai ao Grupo 5 da Libertadores, e enfrentará Cruzeiro, Racing-ARG e Universidad de Chile.

Link Notícia: https://esportes.r7.com/futebol/vasco-leva-4-mas-martin-silva-pega-3-penaltis-e-time-vai-a-libertadores-22022018