Goiás confirma 932 casos de coronavírus em uma semana

O estado de Goiás registrou 932 casos de coronavírus na última semana, de acordo com os dados disponibilizados publicamente pela Secretaria de Estado de Saúde (SES)*. O número de confirmações saiu de 2.155 no dia 21 de maio para 3.087 nesta quinta (28). A quantidade de infectados cresceu 43,24% no período.

Os números apontam que o aumento de confirmações apresentou redução com relação à semana passada. No último levantamento semanal feito pelo Mais Goiás, que analisou os dados entre os dias 14 e 21 de maio, o percentual de aumento foi de 51,44%.

Apesar disso, o crescimento foi maior do que nas primeiras duas semanas do mês de maio, quando foram registrados aumentos de 31,49% entre os dias 30 de abril e 7 de maio; e de 39,24%, entre os dias 7 e 14 de maio.

O número de óbitos continua crescendo em um percentual menor do que o número de casos. Foram registradas 115 vítimas fatais nesta quinta, 30 a mais do que no dia 21 de maio, quando foram contabilizadas 85 mortes. O aumento foi de 35,29% no período.

O crescimento do número de mortes foi maior do que o da semana passada, que chegou a 32,81%. Entretanto, foi menor do que o registrado entre os dias 7 e 14 de maio, que foi de 45,45%. A taxa de letalidade caiu de 3,94% para 3,71% no período.

Covid-19 avança na capital

Em Goiânia, o número de casos saiu de 1.049 para 1.473. Foram 424 confirmações em uma semana, um aumento de 40,41%. Os dados mostram que a velocidade de contaminação na capital tem crescido, já que, na semana anterior, o crescimento foi de 36,91%.

O número de óbitos na cidade registrado nesta quinta foi de 49. Foram 13 mortes em uma semana, o que representa um crescimento de 36,11%. Goiânia continua sendo o epicentro da doença no estado, concentrando 47,71% dos casos e 42,60% das mortes registradas em Goiás.

Entre os três maiores municípios do estado, o que apresentou maior crescimento do coronavírus foi Aparecida de GoiâniaO número de casos confirmados saltou de 207 para 342. Foram 135 confirmações em uma semana, o que representa um aumento de 65,21%. No levantamento anterior o aumento foi de 48,92%. No período houve um novo óbito e o total agora é de 9 vítimas fatais na cidade.

Já em Anápolis houve uma forte queda no crescimento da Covid-19. Entre os dias 21 e 28 de maio, foram registrados 22 novos casos e o total chegou a 132, um aumento de 20%. No levantamento anterior o crescimento foi de 107,54%. Não foi registrado nenhum óbito no período.

Coronavírus no entorno do DF

O aumento dos casos no entorno de Brasília também desacelerou com relação ao levantamento anterior. Foram 103 confirmações de Covid-19 em uma semana e o total chegou a 375, um crescimento de 37,86% no período. Na semana anterior o aumento foi de 66,87%. O número de óbitos saiu de 14 para 21, o que representa um aumento de 50%.

Das 19 cidades que compõe a microrregião, 15 já confirmaram casos de coronavírus, contra 12 do levantamento anterior. A cidade que tem o maior número de casos continua a ser Valparaíso de Goiás, que chegou a 100 confirmações. Foram 25 novos casos em uma semana, o que representa um aumento de 33,33%. A cidade com mais mortes na região é Luziânia, com 5 vítimas fatais.

Isolamento social

O estado de Goiás hoje tem o pior índice de isolamento social, com 36,4%, de acordo com o monitoramento da empresa de georreferenciamento In Loco. O estado chegou a registrar 35,5% no dia 22 de maio, o pior índice do mês até o momento. A média nacional é de 41,2% e o recomendado pelas autoridades de saúde é de 70%.

*Os dados foram colhidos no painel digital da SES ao longo da semana. Como as informações são atualizadas a cada 30 minutos, a reportagem coletou os números, dia a dia, às 16 horas. Os dados do governo do estado podem divergir das informações divulgadas pelas prefeituras de cada cidade.

Total Page Visits: 50 - Today Page Visits: 1

Recommended For You

About the Author: Robson Charles