9,7% da população de Goiás é filiada a partidos políticos

Em Goiás, 9,7% da população é filiada a algum partido político, de acordo com dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Segundo o IBGE, no estado há cerca de 7 milhões de habitantes e 680 mil pessoas tem algum vínculo partidário.

Nesse contexto, o partido com o maior número de filiados é o MDB, com 123.077 pessoas, o que representa 18,09% do total. O PSDB que já esteve à frente da gestão estadual por muito tempo é a segunda legenda com maior número de integrantes, com 73 mil 195.

O Partido Progressista (PP), presidido pelo ex-deputado federal Alexandre Baldy, aparece em terceiro, com 54.491 membros. Em quarto o DEM, do governador Ronaldo Caiado, possui 50.322 registros. Na sequência, em sétimo, vem o PT, com 45.031.

O PL, da deputada federal Magda Mofatto é a sexta legenda com mais componentes em Goiás, 37.958 filiados. O PTB – mesmo com a saída do grupo do ex-deputado federal Jovair Arantes- ainda tem um grande número de membros, um total de 35.070, ocupando a sétima colocação no ranking.

O PDT, da deputada federal Flávia Morais, tem 26.664 membros, sendo o oitavo partido com mais filiados no estado. O PSB, presidido pelo deputado federal Elias Vaz, vem em seguida. São 20.450 filiados. A lista é encerrada com o Podemos, que aparece com 20.419 filiados, entre eles o deputado federal José Nelto.

Menos filiados

Os seis partidos com menor quantitativo de filiados em Goiás são mais ligados ao segmento da esquerda considerada mais radical. A Unidade Popular (UP) é o partido com menos membros no estado, um total de apenas 21. O PCO, que lançou nas eleições passadas candidatura para o governo estadual tem 93 pessoas nos seus quadros.

Em seguidam o PSTU que já teve vereador eleito em Goiânia, conta 235 integrantes. O tradicional PCB que sempre tem marcado presença nas disputas eleitorais em Goiânia e a nível estadual tem 397 filiados. Por fim, o Novo tem 703 integrante no estado; pouco atrás da Rede Sustentabilidade, com 805 filiados.

Goiânia

A capital tem 97.832 pessoas filiadas a partidos políticos, um total de 6.4% da população. O percentual na capital é menor do que no interior goiano, em que os números indicam que o eleitor tem um pouco mais de ligação com segmentos partidários.

Em Goiânia, a situação é semelhante à do quadro estadual, com MDB e UP nas duas pontas opostas, com mais e menos filiados, respectivamente. O primeiro acumula 24.802 filiações, cerca de 25% do total; UP tem 20, ou seja, apenas um membro do partido é morador do interior.

Brasil

Segundo dados do TSE, o Brasil tem hoje 16.499.493 pessoas filiadas a partidos políticos. Das 33 legendas registradas, o MDB é o que tem mais filiados: 2.163.450 pessoas.

Apenas outros seis partidos políticos registrados na Justiça Eleitoral contam com mais de 1 milhão de membros: Partido dos Trabalhadores (PT, 1.535.390); Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB, 1.379.564); Progressistas (PP, 1.342.038); Partido Democrático Trabalhista (PDT, 1.162.475); Partido Trabalhista Brasileiro (PTB, 1.092.195); e Democratas (DEM, 1.025.415 ).

Na outra ponta, o recém-criado Unidade Popular (UP) é a agremiação política brasileira com menos filiados, totalizando 1.116 membros.

Reduto

O estado de São Paulo é o reduto da maior parte dos filiados brasileiros, com 3.092.214; seguido do estado de Minas Gerais, com 1.724.890; e do Rio Grande do Sul, com 1.343.540.

 

Total Page Visits: 63 - Today Page Visits: 1

Recommended For You

About the Author: Robson Charles