Ex-deputado por Goiás, Alexandre Baldy é preso pela PF em São Paulo

ex-deputado federal por GoiásAlexandre Baldy foi preso na manhã desta quinta-feira (6), durante a operação Dardanários, que é uma força-tarefa da Lava Jato contra desvios na Saúde no Rio de Janeiro e de São Paulo, os quais supostamente envolvem órgãos federais. Baldy é secretário estadual de Transportes Metropolitanos de São Paulo e foi ministro das Cidades no governo de Michel Temer (MDB), nos anos de 2017 e 2018.

Além de Alexandre Baldy, a Lava Jato prendeu também Guilherme Franco Netto, pesquisador da Fiocruz. A investigação mira possível fraude entre empresários e agentes públicos em licitações de órgãos federais, em especial na área da Saúde. Alexandre Baldy ainda é presidente do Partido Progressista em Goiás.

As ordens de prisão partiram do juiz federal Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal do RJ, que expediu seis mandados de prisão e 11 de busca e apreensão em Petrópolis (RJ), São Paulo, São José do Rio Preto (SP), Goiânia e Brasília.

A operação é um desdobramento das investigações realizadas no âmbito das operações Fatura Exposta, Calicute e SOS, deflagradas pela PF, em conjunto com o Ministério Público Federal.

De acordo com a Polícia Federal, os presos responderão pelos crimes de corrupção, peculato, lavagem de dinheiro e organização criminosa. Após procedimentos de praxe, serão encaminhados ao sistema prisional e ficarão à disposição da Justiça.

Total Page Visits: 76 - Today Page Visits: 2

Recommended For You

About the Author: Robson Charles