Chef Érick Jacquin tem restaurante lacrado por descumprir decreto

O restaurante Président, do francês e jurado no MasterChef Érick Jacquin, foi lacrado pela prefeitura de São Paulo por descumprir as ordens do modelo de reabertura e flexibilização da quarentena, imposto no isolamento social.

A ação feita pela Subprefeitura de Pinheiros na última terça-feira (11) foi motivada por imagens feitas por fiscais no primeiro fim de semana em que os restaurantes foram autorizados a funcionar até as 22 horas. Contudo, as fotos mostravam clientes consumindo no Président, localizado no Jardins, até às 22h39.

Além do restaurante de Jacquin, outros três lugares foram lacrados na mesma operação. Os responsáveis pelos estabelecimentos terão que pagar uma multa de R$ 9231,65 para cada 250 metros quadrados.

Até a publicação desta matéria, a assessoria de Érick Jacquin ainda não tinha se posicionado sobre o caso. Na última sexta-feira (7), foram fechados 26 estabelecimentos, no sábado (8), 32. Domingo (9) 17 casas foram lacradas. Além da desobediência em relação ao horário, a principal causa é a aglomeração.

Segundo o modelo mais recente divulgado pela prefeitura de São Paulo, bares e restaurantes podem a operar entre 11 e 22 horas. O empreendedor pode fracionar o atendimento ou trabalhar direto, mas respeitando o limite de seis horas diária.

Recentemente, Érick Jacquin foi centro de outra polêmica. Após ser notificado por funcionários da prefeitura sobre o uso indevido da calçada, o chef partiu para as críticas. Confira:

Total Page Visits: 195 - Today Page Visits: 1

Recommended For You

About the Author: Robson Charles