Cliente se recusa a medir temperatura e agride funcionário de hotel

As câmeras de segurança de um hotel em Varginha, no sul de Minas Gerais, flagraram uma briga ocorrida no último sábado entre um cliente de 30 anos e um recepcionista de 24. A Polícia Militar foi acionada pelo funcionário, que relatou que a confusão começou após o hóspede se recusar a medir a temperatura, medida de prevenção contra o novo coronavírus. As informações são do Estado de Minas.

As imagens, que viralizaram após serem divulgadas na noite desta terça-feira, mostram que o homem discute com o atendente e, em seguida, anda em direção à porta. Segundos depois, ele volta e joga o pedestal de isolamento na direção do computador e do recepcionista. Em seguida, o hóspede arremessa também um frasco de álcool em gel no funcionário, que se defende com vários socos. Uma mulher aparece e leva o hóspede embora.

“O homem contou que estava trabalhando quando o cliente chegou. Após o preenchimento do cadastro, ele teria se exaltado quando a vítima exigiu a aferição da temperatura em virtude da Covid-19. O jovem disse que desviou das agressões e, depois, o homem fugiu de carro”, diz um trecho do relato do recepcionista no registro de ocorrência. Ele acrescentou que, após ir embora, o hóspede ligou várias vezes para ameaçá-lo.

Já o cliente alegou à polícia que, apesar de frequentador assíduo do estabelecimento, desconhece o recepcionista. “Ele teria sido tratado com grosseria pelo atendente, que ainda exigiu pagamento adiantado”, diz o RO.

Em nota, o Via Garden Hotel lamentou o episódio. “Repudiamos o acontecido e lamentamos profundamente a agressão sofrida por nosso funcionário e informamos que estamos tomando as devidas providências cabíveis”, diz o texto.

Nas redes sociais, os internautas vibraram pela reação do recepcionista. Varginha se tornou um dos assuntos mais comentados do Brasil no Twitter.

Total Page Visits: 139 - Today Page Visits: 2

Recommended For You

About the Author: Robson Charles