Trégua de Ciro até o Natal dura 10 dias e volta a criticar Lula

presidenciável Ciro Gomes (PDT), que pediu trégua até o Natal após ser hostilizado por petistas em 2 de outubro, voltou a criticar o ex-presidente Lula (PT) nesta segunda-feira (11).

“Será que Lula tem condições de governar bem hoje em dia? Digo isso porque ele não renovou as suas ideias nem aprendeu com os seus erros. É só ver que ele está se juntando com os mesmos de sempre, incluindo aqueles que derrubaram Dilma”, escreveu no Twitter.

Ainda em vídeo que acompanha a legenda, ele disse que o ex-presidente “cometeu erros terríveis”. “Se você pensa em apoiar Lula por causa do que fez no passado, talvez fosse o caso de refletir.” E ainda: “O pior é você nunca viu ele pedir perdão pelos erros.”

 

Ciro pediu trégua

Um dia depois dos atos contra Bolsonaro (sem partido) em 2 de outubro, Ciro Gomes pediu trégua após sofrer ataques de manifestantes no evento e de críticas por parte da esquerda por sua recorrente postura de atacar Lula. Na ocasião, ele declarou ser necessária uma unidade contra o atual presidente.

 

“Propomos uma amplíssima trégua de Natal. Não tem nas guerras por aí afora, onde se faz até dois dias de trégua? Quando o assunto for Bolsonaro e impeachment, a gente deve esquecer tudo e convergir para esse raríssimo consenso, que já não é fácil”, disse à época.

A trégua durou menos de dez dias…

Total Page Visits: 271 - Today Page Visits: 1

Recommended For You

About the Author: Robson Charles