Após longo tempo sem jogar, Renan estreia no Atlético Goianiense e lamenta gol nos minutos finais

O treinador Marcelo Cabo realizou oito mudanças no time titular que começou enfrentando o Goiatuba na noite desta última quarta-feira (2). O duelo que aconteceu no estádio Antônio Accioly marcou a estreia do goleiro Renan, que defendeu o Ludogorets Razgrad-BUL nas últimas cinco temporadas e havia entrado em campo oficialmente pela última vez no dia 20 de fevereiro de 2021.

Nas duas primeiras rodadas, Renan ficou no banco de reservas para Luan Polli atuar, mas diante do Goiatuba foi sua vez de usar a camisa 1. Com poucas defesas realizadas, devido o baixo número de finalizações do time visitante, o goleiro não conseguiu evitar os dois gols que deram a vitória para o Azulão, que encerrou uma invencibilidade de 14 jogos do rubro-negro sob o comando de Marcelo Cabo, somando suas duas últimas passagens.

“Não era o resultado que a gente queria, e que eu queria estrear, ainda mais sofrendo gols. Particularmente acredito que fiz um bom jogo, não fui muito exigido, mas me senti bem, apesar do tempo sem jogar, agora preciso de ritmo de jogo. Lamento muito pelo grupo por sofrer um gol no final, é muito dolorido. Precisamos acertar pequenos detalhes para que isso não volte a acontecer e que voltemos a vencer”, disse o goleiro Renan para a Eleven Sports após o jogo.

Agora, a disputa entre Renan e Luan Polli segue a todo vapor para o clássico diante do Vila Nova, no OBA. O duelo acontece no próximo sábado (5), às 16h30 (horário de Brasília), e o treinador Marcelo Cabo deve definir seu camisa 1 no treinamento desta sexta-feira (4), na véspera da partida, quando terá todos do elenco à disposição.

Total Page Visits: 96 - Today Page Visits: 1

Recommended For You

About the Author: Robson Charles