Chuva de meteoros: saiba onde e como observar fenômeno no Brasil

A madrugada desta terça-feira (31) promete ser marcada por uma chuva de meteoros que poderá ser observada em diversas regiões do Brasil. O fenômeno conhecido como “Tau-Herculídeas”, está previsto para acontecer entre 0h e 2h, no horário de Brasília.

Está é a primeira vez em quase 200 anos que um fenômeno dessa magnitude poderá ser visto na Terra. A última tempestade desse nível ocorreu em 1833.

Apesar da chuva de meteoros ser visível por todo país e a olho nu, algumas regiões vão ser privilegiadas. A Rede Brasileira de Monitoramento de Meteoros (Bramon) estima que, a melhor região para observar o fenômeno será o Norte do país.

De acordo com a Bramon, a previsão de horário ainda pode variar, atrasando ou adiantando o fenômeno. Por isso, a recomendação é que a observação comece a partir das 23h da segunda-feira (30) e vá até as 3h da madrugada da terça-feira (31).

Confira a chuva de meteoros em quatro áreas de visibilidade:

Segundo as previsões da Bramon, o Brasil estará dividido em quatro áreas de visibilidade, cortando o território em diagonais. Veja:

1º faixa – (cerca de 57 mil meteoros): Acre, Roraima e oeste e centro do Amazonas;

2º faixa – (cerca de 42 mil meteoros): Rondônia, leste do Amazonas, Amapá, oeste do Mato Grosso e grande parte do Pará;

3º faixa – (cerca de 25 mil meteoros): leste do Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Goiás, Distrito Federal, Tocantins, Maranhão, Piauí, Ceará, oeste da Bahia, Pernambuco, Minas Gerais, São Paulo e Paraná;

4º faixa – (cerca de 9 mil meteoros): Rio Grande do Norte, Paraíba, Alagoas, Sergipe, Espírito Santo, Rio de Janeiro, Santa Catarina, Rio Grande do Sul e grande parte de Pernambuco, Bahia, Minas Gerais, São Paulo e Paraná.

Total Page Visits: 103 - Today Page Visits: 1

Recommended For You

About the Author: Robson Charles