Justiça determina prisão preventiva de 4 investigados na morte de Dom e Brunov

Justiça Federal decretou a prisão preventiva de quatro investigados pelos assassinatos do jornalista britânico Dom Phillips e do indigenista Bruno Pereira. A decisão é deste sábado (9).

A determinação teve como alvos Rubens Villar Coelho, conhecido por “Colômbia”, detido pela Polícia Federal na sexta (8) com documentos falsos; e o trio Amarildo da Costa Oliveira, o “Pelado”; o irmão dele Oseney da Costa Oliveira, o “Dos Santos”; e Jefferson da Silva Lima, o “Pelado da Dinha”, presos ainda em junho.

“Todos os presos serão oportunamente transferidos para Manaus, onde permanecerão à disposição das autoridades policiais e da Justiça Federal”, diz nota da Polícia Federal.

Dom e Bruno foram assassinados no Vale do Javari, Amazonas. Eles desapareceram em 5 de junho. Os corpos foram encontrados após 11 dias de buscas, que também resultaram, inicialmente, nas prisões de Amarildo da Costa Oliveira e Oseney da Costa de Oliveira.

Jefferson foi o terceiro a ser preso. Ele se entregou em 18 de junho na delegacia de Atalaia do Norte.

Total Page Visits: 97 - Today Page Visits: 1

Recommended For You

About the Author: Robson Charles