Após prejuízo de quase R$ 7 mil, mulher arma flagrante contra suspeita de aplicar golpe do Pix no Acre

Após descobrir um prejuízo em compras de produtos de quase R$ 7 mil, uma empresária de Rio Branco, no Acre acionou a polícia e armou um flagrante para a suspeita de aplicar golpe do Pix. Andressa Camily Filgueira, de 19 anos, foi presa na segunda-feira (18), quando recebia as compras que tinha pedido após aplicar o golpe.

Para armar o flagrante, a lojista disse que concluiu o pedido feito pela mulher e informou à polícia sobre o caso. Os policiais foram junto com o entregador da loja até o endereço indicado pela suspeita e ela foi presa quando recebia os produtos.

A mulher teria feito outras vítimas em Rio Branco. Segundo a polícia, ela confessou o crime após ser presa em flagrante e chegou a levar os policiais até outro endereço onde estariam outros produtos furtados.

O golpe

A mulher fazia o pedido, dizia que ia pagar com Pix, mas enviava comprovante de pagamento falso para as vítimas. A primeira compra foi no dia 23 de maio, desde então, a mulher pedia praticamente todos os dias nas duas lojas da empresária, que vendem maquiagem e outros produtos para presentes.

No primeiro pedido, ela fazia uma transferência muito abaixo do preço da compra para pegar os dados da empresa e adulterava o dado referente ao valor. Depois, quando percebia que a loja não conferia se tinha caído o pagamento na conta, ela seguia aplicando o golpe.

A empresária, que preferiu não se identificar, contou ao g1 que ficou sabendo sobre o golpe no sábado (16), quando uma outra lojista avisou que uma pessoa tinha feito um Pix para ela de R$ 0,05 e entregue um comprovante falso de R$ 50. Foi então, que ela decidiu conferir os comprovantes que tinha de pagamento e descobriu o prejuízo.

Após a prisão, a golpista foi levada para a delegacia da 1ª Regional e depois para a Delegacia de Flagrantes (Defla).

 

*Com informações do portal G1

Total Page Visits: 9 - Today Page Visits: 1

Recommended For You

About the Author: Robson Charles