sábado, maio 25, 2024
spot_img
InícioDestaquesPresos mais dois PMs do COD suspeitos de forjar confronto que deixou...

Presos mais dois PMs do COD suspeitos de forjar confronto que deixou dois mortos em Goiânia

Tenente e soldado trabalhavam no Serviço de Inteligência (PM2)

Agentes da Delegacia Estadual de Investigação de Homicídios (DIH) cumpriram na manhã desta quinta-feira (11/4), mandados de prisão contra mais dois policiais militares (PMs) do Comando de Operações de Divisas (COD) que também teriam participado de um suposto confronto que deixou dois mortos no início da semana passada, em Goiânia. Outros quatro PMs que também estavam na mesma ocorrência já haviam sido presos no sábado (6/4).

Os dois PMs presos hoje, um tenente e um soldado, trabalhavam no Serviço de Inteligência (PM2) do batalhão e estavam sem fardas durante a abordagem aos dois suspeitos de extorsão, ocorrida no dia 1° de abril, no Setor Jaó. Um deles foi filmado retirando o corpo de um dos baleados de dentro do carro.

O suposto confronto culminou nas mortes de Júnior José Aquino Leite, de 40 anos, e de Marines Pereira Gonçalves, que tinha 42 anos.

Na ocorrência registrada pela PM, a equipe do COD alegou ter sido atacada com tiros quando tentaram abordar os dois suspeitos, que estavam em um carro modelo Hyundai HB20. Um vídeo gravado pelo celular de um dos mortos, porém, mostrou que o homem que estava no banco do motorista desceu do carro com os braços para cima e sem nenhuma arma.

As imagens também mostram policiais fardados manuseando uma pistola e um revólver, que foram retirados de um saco plástico, e disparando rumo ao chão.

Nomes e idades dos dois militares presos hoje não foram divulgados. Equipes da PM acompanharam os cumprimentos dos mandados de prisão, e de busca e apreensão.

RELATED ARTICLES
- Advertisment -spot_img

Mais Populares